A morte e a velha Eduarda de Oliveira Padilha 4ºB EMEF Padre Reus
Era uma vez uma bela velhinha. Ela estava em sua casa quando a morte apareceu e chamou ela para ir. -Eu não vou. Disse a v...
A morte perguntou:  - Quantos anos você tem? - Eu tenho 80 anos. A morte então falou: - 80 anos? Faltam 20 anos! Droga! A ...
- Se eu fizer uma padaria, você deixa eu viver até eu ter forças para trabalhar? A morte pensou, pensou e falou: - Feito! ...
- É claro que sim. E ela começou a trabalhar e ficou feliz. Então a morte foi ver a velhinha depois de alguns anos e a sua...
-Eu tenho que trabalhar, os trabalhadores não podem parar. Então não vou parar de trabalhar. Mesmo não querendo ir, não te...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eduarda

305 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
305
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eduarda

  1. 1. A morte e a velha Eduarda de Oliveira Padilha 4ºB EMEF Padre Reus
  2. 2. Era uma vez uma bela velhinha. Ela estava em sua casa quando a morte apareceu e chamou ela para ir. -Eu não vou. Disse a velhinha. - É muito cedo, eu só quero ir com 100 anos.
  3. 3. A morte perguntou: - Quantos anos você tem? - Eu tenho 80 anos. A morte então falou: - 80 anos? Faltam 20 anos! Droga! A velhinha então bolou um plano.
  4. 4. - Se eu fizer uma padaria, você deixa eu viver até eu ter forças para trabalhar? A morte pensou, pensou e falou: - Feito! Assim eu concordo. - Então está bem. Eu posso começar a trabalhar?
  5. 5. - É claro que sim. E ela começou a trabalhar e ficou feliz. Então a morte foi ver a velhinha depois de alguns anos e a sua força estava bem fraquinha. A morte falou: -Eu acho que você precisa descansar. A velhinha disse:
  6. 6. -Eu tenho que trabalhar, os trabalhadores não podem parar. Então não vou parar de trabalhar. Mesmo não querendo ir, não teve jeito... A morte levou a velhinha embora.

×