FOTONOVELA   Orientador :Prof.Donizete Soares Curso: Pedagogia – IPEN2 BETÂNIA  – RA 0721881 ELISANGELA - RA 0721777 JAQUE...
Discriminado da Sociedade FOTONOVELA   Cena a Cena,  os momentos serão marcantes Jaqueline –  (A mendiga) Ediwirges Amuda ...
Rom, Ronc,  Ronc, Rom  Já amanheceu Vou me arrumar! Já amanheceu! Outro dia daqueles...
Vou me arrumar.. Olhe o meus cabelos como estão?! Preciso tomar  banho e comer. Tá triste essa Juba! Oh! vida... um dia mu...
Vou no bar pedi uma  dosinha pra passar a fome... Pois não! O que quer? Quero uma dá boa.  Hamham..
No bar ela, ganhou bebida de graça...  E ela bebeu muito ... O que quer mais, a garrafa?  Ham,Ham
Ela ganhou a garrafa de vinho. Ai, meu Deus! O que fiz?! Valeu. Indo embora para o seu cantinho...
Desconsolada, sem comer, foi fazer sua prece para a vida melhorar...  Atente-me, oh Deus! Me ajuda ... O desespero !!
Uma ajuda, Moça! Moedinha... Aqui está. Vou guardar  aqui a minha trouxa.
Vou me arrumar e vou lá no  escritório... Tô linda! Faço justo o meu nome  Ediwirges Amuda... Lá me vou...
Lá foi ela ao escritório (Departamento do RH) ... em busca de trampo...
Vai embora  daqui Não me empurra... Ah, vai pra P&#@*&¨£ Não olhe. Não  dê confiança a ela. Vamos embora. Vocês viram? Me ...
Vou no bar pedir rango. A bebida, ela já me deu.  Mas estou com fome... O bar tá aberto. Olha a moça lá !
Moça tô cum fome! Pode me dá um pão? Olhe , o patrão brigou comigo no outro dia que te dei a bebida...
Sara não deu nada de comer... Escondeu o pão, e a mendiga se foi...
Sem comida, o negócio é beber todas...
 
Meu Deus! Tô na manguaça... Ai, vou dormir um pouco...  Amanhã mudo de vida... Chega de ficar mendigando... Ahahahahahah, ...
Ediwirges Amuda dormiu e sonhou que tinha mudado de vida.
Tô feliz à beça! Não comi, tomei um porre, eheh... Sonhei, que tinha mudado de vida, uau! Vou esperar...
De manhã, Sara trabalha no escritório e à tarde, no bar . Olha, é a moça do bar, ahaha!!! Ela me deu moedas... Está aqui. ...
Acabei de dar dinheiro a ela. Ela vai ficar mal  acostumada...  Todo dia não dá...
Sara, que foi? Está triste? Estou!
No departamento do RH  Amiga diga por que você está triste. Vamos... Sabe, Joana... Eu trabalho lá no bar e vejo todos os ...
Sara! Está com a consciência pesada? É. Estou, amiga.
Próximo da igreja Consolação  Não é sua culpa. Você  recebe ordens. . Corta o meu coração, essa situação...
Chegando do almoço...  Sabe, aquela mulher é a mesma que colocamos para  fora daqui. E naquele outro dia, não demos uma mo...
Saímos do escritório... Estávamos tristes por nossa atitude de desprezo com a mendiga...
No final da tarde...  Tive uma Idéia, amiga... O quê?
Lá está ela... vamos convidá-la para ir a igreja conosco... . Que bom ! meu coração já ficou alegre!
Nós a ajudamos...
Ela estava assustada...
Mostramos a ela que é possível sair daquela situação... Quer levantar a sua auto estima? Quer mudar de vida?
Ela ficou feliz quando a convidamos...  Agora!!!
Conversamos muito com ela...  Você vai tomar Banho e comer, tudo bem? Vamos te ajudar! Aham, Aham..
Deixe a garrafa aí, está bem?
Ela se despediu da bebida...
Nós a ajudamos se levantar... Estávamos felizes pela sua atitude de coragem...
Ela também estava muito feliz, brincalhona... Percebemos que não vale a pena rejeitar pessoas de outra classe social, pois...
Fomos até a praça para conversar e nos apresentar...
Ela estava feliz com a nossa ajuda...
Nós a levamos para tomar um banho...
E ela tomou...
Cortar o cabelo? Pintar? É! mudar o  visual...
Vou cortar, pintar e fazer uma escova no seu cabelo.
Bem que eu sonhei... Nem acredito... Mas estou com fome...
No Bar do Zeca, com o diretor do escritório onde Sara trabalha...  Estou feliz em te ver mudada. Suco e lanche  Muito grat...
Vá até o  escritório. Temos uma vaga lá... Estou surpresa com sua atitude... Obrigada por tudo!  Você conseguiu dar um gra...
Que fome! Olha o desespero...
Nós a levamos até a Igreja, para resgatar a sua auto estima...
Ela estava feliz! Afinal, já estava acontecendo um milagre na sua vida.
Ediwirges Amuda estava na igreja, ouvindo a palavra de Deus, abrindo o seu coração para um momento novo na sua vida...
Lá estava Ediwirges Amuda, com toda a sua fé ouvindo atentamente.
A oportunidade...
Que bom, você veio e trouxe o currículo. Está aqui.
Ela chegou. Temos uma vaga.
Pode entrar ali, por aquela porta...
Licença...
Na entrevista com o diretor, Sr.Getúlio Souza Pinto... Seu nome? Ediwirges Amuda.
Prazer!
Está precisando de uma oportunidade? Já passou maus momentos, não é? É, fui mendiga. Passei fome, frio, mas Sara e Joana m...
Aguarde lá fora, por favor.
Na sala de espera...  Essa vaga é minha, meu Deus...
Sara, dê a vaga para ela. Vamos apoiá-la... Sim, Sr.
Na recepção... Parabéns,  Ediwirges!!! Ai!!! Obrigado!!!
Na recepção, assinando sua ficha de funcionária...
Pegue o seu cartão de ponto. Tá bom!
Passando o cartão de ponto:  1º. dia no trabalho...
 
Valeu a pena acreditar... Eu consegui!
Estou empregada. FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Discriminado da sociedade

1.892 visualizações

Publicada em

Fotonovela realizada pelos meus alunos e alunas de Tecnologia Educacional, do Curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, unidade Imirim, fevereiro de 2008

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Discriminado da sociedade

  1. 1. FOTONOVELA Orientador :Prof.Donizete Soares Curso: Pedagogia – IPEN2 BETÂNIA – RA 0721881 ELISANGELA - RA 0721777 JAQUELINE – RA 0721913 PARTICIPAÇÃO ESPECIAL Profº.José Cordeiro da Silva PARTICIPAÇÕES DE FIGURANTES (NA IGREJA)
  2. 2. Discriminado da Sociedade FOTONOVELA Cena a Cena, os momentos serão marcantes Jaqueline – (A mendiga) Ediwirges Amuda Elisângela – (Joana) Betânia – (Sara) Participação especial: José Cordeiro – (Diretor do Escritório)
  3. 3. Rom, Ronc, Ronc, Rom Já amanheceu Vou me arrumar! Já amanheceu! Outro dia daqueles...
  4. 4. Vou me arrumar.. Olhe o meus cabelos como estão?! Preciso tomar banho e comer. Tá triste essa Juba! Oh! vida... um dia muda...
  5. 5. Vou no bar pedi uma dosinha pra passar a fome... Pois não! O que quer? Quero uma dá boa. Hamham..
  6. 6. No bar ela, ganhou bebida de graça... E ela bebeu muito ... O que quer mais, a garrafa? Ham,Ham
  7. 7. Ela ganhou a garrafa de vinho. Ai, meu Deus! O que fiz?! Valeu. Indo embora para o seu cantinho...
  8. 8. Desconsolada, sem comer, foi fazer sua prece para a vida melhorar... Atente-me, oh Deus! Me ajuda ... O desespero !!
  9. 9. Uma ajuda, Moça! Moedinha... Aqui está. Vou guardar aqui a minha trouxa.
  10. 10. Vou me arrumar e vou lá no escritório... Tô linda! Faço justo o meu nome Ediwirges Amuda... Lá me vou...
  11. 11. Lá foi ela ao escritório (Departamento do RH) ... em busca de trampo...
  12. 12. Vai embora daqui Não me empurra... Ah, vai pra P&#@*&¨£ Não olhe. Não dê confiança a ela. Vamos embora. Vocês viram? Me empurraram do escritório...
  13. 13. Vou no bar pedir rango. A bebida, ela já me deu. Mas estou com fome... O bar tá aberto. Olha a moça lá !
  14. 14. Moça tô cum fome! Pode me dá um pão? Olhe , o patrão brigou comigo no outro dia que te dei a bebida...
  15. 15. Sara não deu nada de comer... Escondeu o pão, e a mendiga se foi...
  16. 16. Sem comida, o negócio é beber todas...
  17. 18. Meu Deus! Tô na manguaça... Ai, vou dormir um pouco... Amanhã mudo de vida... Chega de ficar mendigando... Ahahahahahah, humm...
  18. 19. Ediwirges Amuda dormiu e sonhou que tinha mudado de vida.
  19. 20. Tô feliz à beça! Não comi, tomei um porre, eheh... Sonhei, que tinha mudado de vida, uau! Vou esperar...
  20. 21. De manhã, Sara trabalha no escritório e à tarde, no bar . Olha, é a moça do bar, ahaha!!! Ela me deu moedas... Está aqui. Deus te abençoe...
  21. 22. Acabei de dar dinheiro a ela. Ela vai ficar mal acostumada... Todo dia não dá...
  22. 23. Sara, que foi? Está triste? Estou!
  23. 24. No departamento do RH Amiga diga por que você está triste. Vamos... Sabe, Joana... Eu trabalho lá no bar e vejo todos os dias aquela mulher... Ontem ela pediu comida eu não dei... Só que há 2 dias passados ela pediu bebida e eu dei...
  24. 25. Sara! Está com a consciência pesada? É. Estou, amiga.
  25. 26. Próximo da igreja Consolação Não é sua culpa. Você recebe ordens. . Corta o meu coração, essa situação...
  26. 27. Chegando do almoço... Sabe, aquela mulher é a mesma que colocamos para fora daqui. E naquele outro dia, não demos uma moeda a ela? Xi!!! Meu Deus!
  27. 28. Saímos do escritório... Estávamos tristes por nossa atitude de desprezo com a mendiga...
  28. 29. No final da tarde... Tive uma Idéia, amiga... O quê?
  29. 30. Lá está ela... vamos convidá-la para ir a igreja conosco... . Que bom ! meu coração já ficou alegre!
  30. 31. Nós a ajudamos...
  31. 32. Ela estava assustada...
  32. 33. Mostramos a ela que é possível sair daquela situação... Quer levantar a sua auto estima? Quer mudar de vida?
  33. 34. Ela ficou feliz quando a convidamos... Agora!!!
  34. 35. Conversamos muito com ela... Você vai tomar Banho e comer, tudo bem? Vamos te ajudar! Aham, Aham..
  35. 36. Deixe a garrafa aí, está bem?
  36. 37. Ela se despediu da bebida...
  37. 38. Nós a ajudamos se levantar... Estávamos felizes pela sua atitude de coragem...
  38. 39. Ela também estava muito feliz, brincalhona... Percebemos que não vale a pena rejeitar pessoas de outra classe social, pois com ela aprendemos que todos precisam uns dos outros. Hoje ela precisa de nós, mas amanhã podemos precisar dela.
  39. 40. Fomos até a praça para conversar e nos apresentar...
  40. 41. Ela estava feliz com a nossa ajuda...
  41. 42. Nós a levamos para tomar um banho...
  42. 43. E ela tomou...
  43. 44. Cortar o cabelo? Pintar? É! mudar o visual...
  44. 45. Vou cortar, pintar e fazer uma escova no seu cabelo.
  45. 46. Bem que eu sonhei... Nem acredito... Mas estou com fome...
  46. 47. No Bar do Zeca, com o diretor do escritório onde Sara trabalha... Estou feliz em te ver mudada. Suco e lanche Muito grata por tudo! Estou feliz!!!
  47. 48. Vá até o escritório. Temos uma vaga lá... Estou surpresa com sua atitude... Obrigada por tudo! Você conseguiu dar um grande passo...
  48. 49. Que fome! Olha o desespero...
  49. 50. Nós a levamos até a Igreja, para resgatar a sua auto estima...
  50. 51. Ela estava feliz! Afinal, já estava acontecendo um milagre na sua vida.
  51. 52. Ediwirges Amuda estava na igreja, ouvindo a palavra de Deus, abrindo o seu coração para um momento novo na sua vida...
  52. 53. Lá estava Ediwirges Amuda, com toda a sua fé ouvindo atentamente.
  53. 54. A oportunidade...
  54. 55. Que bom, você veio e trouxe o currículo. Está aqui.
  55. 56. Ela chegou. Temos uma vaga.
  56. 57. Pode entrar ali, por aquela porta...
  57. 58. Licença...
  58. 59. Na entrevista com o diretor, Sr.Getúlio Souza Pinto... Seu nome? Ediwirges Amuda.
  59. 60. Prazer!
  60. 61. Está precisando de uma oportunidade? Já passou maus momentos, não é? É, fui mendiga. Passei fome, frio, mas Sara e Joana me encontraram e depois encontrei o Sr... Lá no bar, elas me falaram da vaga... Eu me interesso...
  61. 62. Aguarde lá fora, por favor.
  62. 63. Na sala de espera... Essa vaga é minha, meu Deus...
  63. 64. Sara, dê a vaga para ela. Vamos apoiá-la... Sim, Sr.
  64. 65. Na recepção... Parabéns, Ediwirges!!! Ai!!! Obrigado!!!
  65. 66. Na recepção, assinando sua ficha de funcionária...
  66. 67. Pegue o seu cartão de ponto. Tá bom!
  67. 68. Passando o cartão de ponto: 1º. dia no trabalho...
  68. 70. Valeu a pena acreditar... Eu consegui!
  69. 71. Estou empregada. FIM

×