Apresentação
Carlos Duarte

da

autora

por

Lisboa, 07 de Novembro de 2013

João
“NDAPANDULA MAMA ÁFRICA”
África !

… raízes de
Foi neste mosaico inesquecível de cores…
… de paisagens estonteantes e de horizontes de perder de vista….
de raras belezas…
… de fauna e flora únicas!
De música e de danças…
..onde nasceu a 1.460 m de altitude no coração do planalto central de
Angola, província do Bié, na localidade de nome ANDU...
Desde muito cedo, (Setembro de 1968) que partilhou a sua vivência num colégio
interno, na cidade de Silva Porto, hoje Kuit...
Alunas do colégio de Nossa Senhora da Paz em Silva Porto com o uniforme de
gala.
Afável e de cariz sociável desde muito cedo, consegui granjear o respeito e amizade
de muitas das suas amigas.
26 Setembro de 1975

O mundo português desmonora-se e, apanhada na voragem dos acontecimentos que
antecederam a independên...
Já no Brasil frequentou a Universidade Estadual de Campinas (Estado de Sao Paulo) onde se
formou em Economia.
Edição Brasileira

Edição Portuguesa
Vários momentos da vida da Dulce no Brasil
Na apresentação de “Sabor de Maboque” em Portugal,(versão portuguesa).
SABOR A MABOQUE é um regresso emocionante ao vivo e a cores onde a autora
, retrata fielmente, os acontecimentos despoleta...
1975

1975

2010

Fotos que o tempo não esquece!

2012
1º encontro com o passado ao fim de 35 anos
Foi este o ”…baú que abriu devagarzinho para que assim eu pudesse resgatar, costurar cada retalho dessa
memória por vezes ...
A todos os meus agradecimentos,

Dulce Braga

José Rodrigues

Paula Amaro

Tema musical :
“Ngidifangana”, NANUTO
João Carl...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

"Ndapandula, Mama África", de Dulce Braga. Apresentação de JoCaDu 07-11-2013

449 visualizações

Publicada em

O livro "Ndapandula, Mama África, Obrigada Mãe África", de Dulce Braga, foi apresentado no passado dia 07 de Novembro, na Livraria Barata em Lisboa !
Com as belíssimas ilustrações de Martha Clemente, este novo livro da Dulce Braga é um regresso pela mão de 3 crianças "Aranti", "Quim" e Lunguki" à cascata de sabores, cheiros e cores tropicais!

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
449
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"Ndapandula, Mama África", de Dulce Braga. Apresentação de JoCaDu 07-11-2013

  1. 1. Apresentação Carlos Duarte da autora por Lisboa, 07 de Novembro de 2013 João
  2. 2. “NDAPANDULA MAMA ÁFRICA” África ! … raízes de
  3. 3. Foi neste mosaico inesquecível de cores…
  4. 4. … de paisagens estonteantes e de horizontes de perder de vista….
  5. 5. de raras belezas…
  6. 6. … de fauna e flora únicas!
  7. 7. De música e de danças…
  8. 8. ..onde nasceu a 1.460 m de altitude no coração do planalto central de Angola, província do Bié, na localidade de nome ANDULO. A sua infância foi vivida na bonita vila da N’HAREA.
  9. 9. Desde muito cedo, (Setembro de 1968) que partilhou a sua vivência num colégio interno, na cidade de Silva Porto, hoje Kuito, capital da actual província do BIÉ.
  10. 10. Alunas do colégio de Nossa Senhora da Paz em Silva Porto com o uniforme de gala.
  11. 11. Afável e de cariz sociável desde muito cedo, consegui granjear o respeito e amizade de muitas das suas amigas.
  12. 12. 26 Setembro de 1975 O mundo português desmonora-se e, apanhada na voragem dos acontecimentos que antecederam a independência de Angola, a família Tavares viaja para o Brasil onde em Campinas , Estado de São Paulo, reconstroem a vida.
  13. 13. Já no Brasil frequentou a Universidade Estadual de Campinas (Estado de Sao Paulo) onde se formou em Economia.
  14. 14. Edição Brasileira Edição Portuguesa
  15. 15. Vários momentos da vida da Dulce no Brasil
  16. 16. Na apresentação de “Sabor de Maboque” em Portugal,(versão portuguesa).
  17. 17. SABOR A MABOQUE é um regresso emocionante ao vivo e a cores onde a autora , retrata fielmente, os acontecimentos despoletados e vividos no ano de 1975 na província angolana do Bié. A emoção toma conta de nós ao ponto de integrarmos as personagens do próprio livro.
  18. 18. 1975 1975 2010 Fotos que o tempo não esquece! 2012
  19. 19. 1º encontro com o passado ao fim de 35 anos
  20. 20. Foi este o ”…baú que abriu devagarzinho para que assim eu pudesse resgatar, costurar cada retalho dessa memória por vezes carregada de alegrias , outras por vezes de dor, mas sempre filigranados por belos momentos de vários ciclos da minha vida que agora desejo compartilhar usando palavras como forma de perpetuá-los.” Braga, Dulce. Sabor de Maboque.
  21. 21. A todos os meus agradecimentos, Dulce Braga José Rodrigues Paula Amaro Tema musical : “Ngidifangana”, NANUTO João Carlos Duarte 07-11-2013

×