18 projeto -ar_condicionado_2015-07-14_14_48_23

212 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
212
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

18 projeto -ar_condicionado_2015-07-14_14_48_23

  1. 1. REVISÃO 00 DATA DA REVISÃO 04/08/2014 VISTO OBRA THERMOPLAN Nº 4264 (fumaça) FOLHA 1 CÁLCULO DE VAZÃO DE AR PARA CONTROLE DE FUMAÇA OBRA: TEATRO OPERA DE CAMPINAS LOCAL: Rodovia Heitor Penteado - Campinas / SP DATA: 04/08/2014 1 - DADOS DO AMBIENTE 1.1 Ambiente Palco 1.2Área Palco - Maior acantonamento 388 m² 1.3 Proteção Exaustão de Fumaça 2 - DADOS DE PROJETO 2.1 Normatização utilizada Instrução técnica nº 15/2011 – Controle de fumaça do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2.2 Classificação segundo Tabela 7, Anexo G, Parte 4 Ocupação: F5 - Arte cênica e auditório - Teatros em geral
  2. 2. REVISÃO 00 DATA DA REVISÃO 04/08/2014 VISTO OBRA THERMOPLAN Nº 4264 (fumaça) FOLHA 2 2.3 Dimensão do incêndio segundo Tabela 9, Parte 5 Categoria de risco = Médio (de 300 a 1.200 MJ/m²) para fogo estável. Anexo A - IT14/2011 - tamanho do incêndio: 4,0x4,0 m (para fogo estável), - perímetro: 16 m (para fogo estável), - área: 16 m² (para fogo estável). 2.4 Taxa de liberação de calor segundo Tabela 10, Parte 5 - Tipo de ocupação: Comercial - Taxa de liberação de calor: 500 W/m². 3 - DIMENSIONAMENTO 3.1 Carga total de liberação de calor (Q) Q =500 W/m² x16 m² = 8000 kW. 3.2 Altura da camada de fumaça adotada (Z) Z = 3 m. 3.3 Tempo para a fumaça atingir a altura de projeto Conforme equação (2), da IT-15/2011, Parte 5, temos: Z/H = 1,11 – 0,28 ln [(T x Q 1/3 / H 4/3 ) / (A/H 2 )] onde Z = altura da camada de fumaça = 3 m H = altura do teto = 25 m T = tempo (s) Q = carga de liberação de calor = 8000 Kw A = área de acantonamento = 388 m² logo T = 77,9 tempo (s) sem nenhum sistema funcionar
  3. 3. REVISÃO 00 DATA DA REVISÃO 04/08/2014 VISTO OBRA THERMOPLAN Nº 4264 (fumaça) FOLHA 3 3.4 Altura da chama Pela equação (3) da IT-15/2011, Parte 5, temos: ZI = 0,166 x Qc 2/5 onde ZI = altura da chama (m) Qc = porção convectiva da carga de liberação de calor=Q x 0,7= 5600 kW logo ZI = 5,2 m , portanto Z<ZL 3.5 Cálculo da massa de fumaça Para ZI > Z, adotar a equação (5) da IT-15/2011, Parte 5: M = 0,0208 x Qc 3/5 x Z onde M = vazão mássica da fumaça (kg/s) Qc = porção convectiva da carga de liberação de calor = 5600 kW Z = altura da fumaça = 3 m logo, M = 11,07 kg/s. 3.6 Cálculo de vazão volumétrica para atender ao descrito no item 9.3.1 da IT-15/2004, Parte 5 Vazão de ar exaurido Pela equação (6) da IT-15/2011 - Parte 5, temos: V = M/d onde V = volume produzido de fumaça M =vazão mássica da coluna de fumaça = 11,07 kg/s d =dens. do ar para temp. de 70ºC e altitude de Campinas - SP - 720m=0,94kg/m³ logo V = 11,8 m³/s. (70ºC) Vazão de ar insuflado Conforme item 11.22.2 da IT-15/2011, parte 5, temos: Vazão insuf. = vazão de exaustão x 0,6 Vinsuf = 7,08 m³/s. (70ºC) 3.7 Vazões de ar adotadas Adotaram-se as vazões de: m³/s ≈ 42500 m³/h (70ºC), para exaustão, e m³/s ≈ 25500 m³/h (70ºC), para insuflação.
  4. 4. REVISÃO 00 DATA DA REVISÃO 04/08/2014 VISTO OBRA THERMOPLAN Nº 4264 (fumaça) FOLHA 4 4 - EQUIPAMENTO Exaustão - 50000 m3/h - E-5A e E-5B (1 Reserva) __________________________________ THERMOPLAN Engenharia Térmica Ltda. Engº Eduardo Léo Kayano CREA nº 0601143833

×