ENERGIA SOLAR
Introdução: Essa apresentação tem como objetivo explicar o que é energia
solar, como e onde é utilizada, os tipos de energ...
ONDE SE UTILIZA: Numa visão geral e ampla, a energia solar é a fonte absoluta de vida do nosso
planeta, mas, avaliando seu...
ENERGIA FOTOTERMICA: Este tipo de energia está relacionado ao aquecimento de líquidos ou gases
pela absorção dos raios sol...
- Vantagens:
· A energia solar não polui durante seu uso. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários...
ENERGIA SOLAR NO BRASIL: Hoje, no Brasil, a aplicação em maior escala da energia que vem do sol está no uso de
aquecedor s...
Conclusão: A energia solar é uma energia renovável, e pode ser considerada inesgotável à escala humana,
podemos também con...
Energia solar
Energia solar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Energia solar

216 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre energia solar, o que é, como se utiliza, suas vantagens e desvantagens e seu uso no Brasil e no mundo.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia solar

  1. 1. ENERGIA SOLAR
  2. 2. Introdução: Essa apresentação tem como objetivo explicar o que é energia solar, como e onde é utilizada, os tipos de energia solar, suas vantagens e desvantagens e seu uso no Brasil e no mundo. Energia solar é um termo que se refere à energia proveniente da luz e do calor do Sol. É utilizada por meio de diferentes tecnologias em constante evolução, como o aquecimento solar, a energia solar fotovoltaica, a energia heliotérmica, a arquitetura solar e a fotossíntese artificial. Tecnologias solares são amplamente caracterizadas como ativas ou passivas, dependendo da forma como captura, converte e distribui a energia solar. Entre as técnicas solares ativas estão o uso de painéis fotovoltaicos, concentradores solares térmicos das usinas heliotérmicas e os aquecedores solares. Entre as técnicas solares passivas estão a orientação de um edifício para o Sol, a seleção de materiais com massa térmica favorável ou propriedades translúcidas e projetar espaços que façam o ar circular naturalmente.
  3. 3. ONDE SE UTILIZA: Numa visão geral e ampla, a energia solar é a fonte absoluta de vida do nosso planeta, mas, avaliando seu aproveitamento no armazenamento cotidiano para o uso doméstico/ comercial/ industrial, ela pode chegar a substituir qualquer outro sistema de energia convencional, com a diferença de não agredir o meio ambiente por ser totalmente natural. Com sistemas fototérmicos, o uso desta alternativa energética se estende a residências, piscinas, hotéis, indústrias, propriedades rurais, grandes obras em geral ou onde houver a necessidade de aquecimento de água. TIPOS DE ENERGIA SOLAR: Os métodos de captura da energia solar classificam-se em Diretos ou Indiretos ou Sistemas Passivos ou Sistemas Ativos: · Direto: significa que há apenas uma transformação para fazer da energia solar um tipo de energia utilizável pelo homem. · Indireto: significa que precisará haver mais de uma transformação para que surja energia utilizável. Exemplo: Sistemas que controlam automaticamente cortinas, de acordo com a disponibilidade de luz do Sol. · Sistemas passivos: são geralmente diretos, apesar de envolverem (algumas vezes) fluxos em convecção, que é tecnicamente uma conversão de calor em energia mecânica. · Sistemas ativos: são sistemas que apelam ao auxílio de dispositivos elétricos, mecânicos ou químicos para aumentar a efetividade da coleta. Sistemas indiretos são quase sempre também ativos.
  4. 4. ENERGIA FOTOTERMICA: Este tipo de energia está relacionado ao aquecimento de líquidos ou gases pela absorção dos raios solares ocasionando seu aquecimento. O coletor pode ser classificado em dois tipos, coletor concentrador, que usa dispositivos para concentrar a radiação solar, ou coletor plano, que são as conhecidas placas solares. COLETOR CONCENTRADOR; COLETOR PLANO;
  5. 5. - Vantagens: · A energia solar não polui durante seu uso. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável utilizando as formas de controles existentes atualmente. · As centrais necessitam de manutenção mínima. · Os painéis solares são a cada dia mais potentes ao mesmo tempo que seu custo vem decaindo. Isso torna cada vez mais a energia solar uma solução economicamente viável. · A energia solar é excelente em lugares remotos ou de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga a enormes investimentos em linhas de transmissão. · Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território, e, em locais longe dos centros de produção energética, sua utilização ajuda a diminuir a demanda energética nestes e consequentemente a perda de energia que ocorreria na transmissão. - Desvantagens: · Um painel solar consome uma quantidade enorme de energia para ser fabricado. A energia para a fabricação de um painel solar pode ser maior do que a energia gerada por ele. · Os preços são muito elevados em relação aos outros meios de energia. · Existe variação nas quantidades produzidas de acordo com a situação atmosférica (chuvas, neve), além de que durante a noite não existe produção alguma, o que obriga a que existam meios de armazenamento da energia produzida durante o dia em locais onde os painéis solares não estejam ligados à rede de transmissão de energia. · Locais em latitudes médias e altas (Exemplos: Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile) sofrem quedas bruscas de produção durante os meses de inverno devido à menor disponibilidade diária de energia solar. Locais com frequente cobertura de nuvens (Curitiba, Londres), tendem a ter variações diárias de produção de acordo com o grau de nebulosidade. · As formas de armazenamento da energia solar são pouco eficientes quando comparadas, por exemplo, aos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), a energia hidroelétrica (água) e a biomassa (bagaço da cana ou bagaço da laranja).
  6. 6. ENERGIA SOLAR NO BRASIL: Hoje, no Brasil, a aplicação em maior escala da energia que vem do sol está no uso de aquecedor solar para substituir o chuveiro elétrico. Mesmo assim a utilização ainda é pequena perto do potencial oferecido, pois o custo do aquecedor é elevado comparado com o preço do chuveiro elétrico. No Brasil, existem cerca de 30 fabricantes de aquecedor solar. Os aparelhos oferecidos são desenvolvidos com tecnologia nacional, mas ainda depende de material importado. Nos últimos dois anos, 600 mil metros quadrados de coletores foram instalados no país. Só em Belo Horizonte 860 prédios funcionam com aquecimento solar. São 250 sistemas coletivos de médio e grande porte, capazes de aquecer acima de 2 mil litros de água por dia, em residências, hospitais e hotéis. O modelo exige altos investimentos para o aproveitamento ideal, em contrapartida, apresenta muitas vantagens: contribui diretamente na redução de demanda de eletricidade no horário de pico, minimiza o impacto ambiental e mantém o abastecimento contínuo de água quente, pelo fato da energia solar não precisar ser transportada. Essa fonte renovável de energia oferece, ainda, entre outros benefícios, economia nos investimentos governamentais. ENERGIA SOLAR NO MUNDO: Em 2004 a capacidade instalada mundial de energia solar era de 2,6 GW, cerca de 18% da capacidade instalada de Itaipu. Os principais países produtores, curiosamente, estão situados em latitudes médias e altas. O maior produtor mundial era o Japão (com 1,13 GW instalados), seguido da Alemanha (com 794 MWp) e Estados Unidos (365 MW). Entrou em funcionamento em 27 de Março de 2007 a Central Solar Fotovoltaica de Serpa (CSFS), a maior unidade do gênero do Mundo. Fica situada na freguesia de Brinches, Alentejo, Portugal, numa das áreas de maior exposição solar da Europa. Tem capacidade instalada de 11 MW, suficiente para abastecer cerca de oito mil habitações. Entretanto existe outra central com cerca de seis vezes a capacidade de produção desta, também no Alentejo, em Amareleja, conselho de Moura. Muito mais ambicioso é o projeto australiano de uma central de 154 MW, capaz de satisfazer o consumo de 45 000 casas. Esta se situa em Victoria e entrou em funcionamento em 2013, com o primeiro estágio pronto em 2010. A redução de emissão de gases de estufa conseguida por esta fonte de energia limpa é de 400 000 toneladas por ano.
  7. 7. Conclusão: A energia solar é uma energia renovável, e pode ser considerada inesgotável à escala humana, podemos também concluir que Portugal é um país com uma localização geográfica favorável a produção de energia solar, tem seus pontos positivos e negativos, e é muito utilizada no Brasil e em todo o mundo. Referências: http://www.portalsolar.com.br/energia-solar-no-brasil.html https://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_solar http://www.portal-energia.com/teoria-funcionamento-energia-solar-fotovoltaic http://www.infoescola.com/desenvolvimento-sustentavel/energia-solar-fototermica-x-fotovoltaica

×