Coletiva – Mercado de Capitais15 de dezembro de 2011                                 Classificação da Informação: Pública
AgendaMercado Total (Doméstico + Externo)Mercado Doméstico  Consolidado  Renda Variável  Renda FixaMercado Externo        ...
Mercado Total                Classificação da Informação: Pública
Mercado Total - Evolução                           Total de Ofertas - Mercado Doméstico (RV e RF) + Mercado Externo (RF)  ...
Mercado DomésticoConsolidado                    Classificação da Informação: Pública
Mercado Doméstico Consolidado - EvoluçãoEquity                                                                            ...
Mercado Doméstico – Tipo de Instrumento                                          2009      %T    2010     %T      Até     ...
Mercado Doméstico – Destaque das maiores emissõesAté Nov/11 IPOs:                       R$ bilhões    % Total de RV       ...
Mercado DomésticoRenda Variável                    Classificação da Informação: Pública
Emissões de Renda Variável – Volume (R$ milhões)Pipeline com 3 ofertas na CVM                    Percentual do Número de O...
Emissões de Renda Variável - Perfil dos Investidores *     Em 2010 o volume dos     Institucionais foi influenciado     pe...
Emissões de Renda Variável - Setorial                 Setorial - Volume (Até Nov/11)                          Setorial - N...
Emissões de Renda Variável – Níveis de Governança                             Volume (R$ bilhões)                         ...
Emissões de Renda Variável – Destinação de Recursos                                   Investimento em Infraestrutura apare...
Mercado DomésticoRenda Fixa                    Classificação da Informação: Pública
Emissões de Renda Fixa – Volume (R$ milhões) Debêntures sem leasings Fontes: CVM e ANBIMA                          16
Emissões de Renda Fixa – Volume (R$ milhões) Debêntures sem leasings                           Número de Operações Fontes:...
Debêntures e Notas Promissórias – Ofertas ICVM/476Empresas Fechadas e Abertas                              Debêntures     ...
Debêntures – Ofertas ICVM/476Empresas Fechadas e Abertas                                                                  ...
Debêntures - Perfil dos Investidores* Volume das Ofertas EncerradasDebêntures sem leasingsFonte: ANBIMA                   ...
Debêntures – Prazos Finais (1ª Repactuação)         Prazo Final Ponderado por Volume (Anos)                               ...
Debêntures – Remunerações              Indexadores - Participação por Volume *Até Nov/11               53,0%              ...
Debêntures – Distribuição Setorial                  Setorial - Volume (Até Nov/11)                                        ...
Debêntures – Garantias                                   Aumentam as emissões de debêntures quirografárias                ...
Debêntures – Destinação de Recursos                                   Refinanciamento de passivo aumentou 11,9 pontos     ...
CRI - Perfil dos Investidores                                                   Número de Pessoas Físicas                 ...
Mercado Externo                  Classificação da Informação: Pública
Emissões no Mercado Externo - EvoluçãoEquity                                                                              ...
Emissões no Mercado Externo                                    Emissões de Bônus e MTNs (US$ milhões)                     ...
Emissões no Mercado Externo – Renda Fixa – Inst. Financeiras Volume R$ 12,2 bi - Jan a Nov/11                             ...
Emissões no Mercado Externo – Renda FixaEmpresas Não FinanceirasSetorial Empresas – Até Nov/11Setor                       ...
Emissões no Mercado Externo – Renda Fixa                                   Coupons com Frequência Semestral              1...
COLETIVA COM JORNALISTAS                      Gerência de InformaçõesSão Paulo - Av. das Nações Unidas, 8501 - 21º andar -...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Coletiva sobre Mercado de Capitais (15 dez 2011)

415 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o desempenho do mercado de capitais brasileiro durante o ano de 2011. Traz informações sobre as emissões das empresas brasileiras nos mercados doméstico e externo.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coletiva sobre Mercado de Capitais (15 dez 2011)

  1. 1. Coletiva – Mercado de Capitais15 de dezembro de 2011 Classificação da Informação: Pública
  2. 2. AgendaMercado Total (Doméstico + Externo)Mercado Doméstico Consolidado Renda Variável Renda FixaMercado Externo Classificação da Informação: Pública
  3. 3. Mercado Total Classificação da Informação: Pública
  4. 4. Mercado Total - Evolução Total de Ofertas - Mercado Doméstico (RV e RF) + Mercado Externo (RF) Volume (R$ milhões) T = 313.493 T = 292.018 70.509 67.794 92.699 75.438 T = 159.864 T = 151.493 T = 136.781 49.034 T = 115.735 22.975 54.796 T = 93.983 T = 98.137 T = 81.824 39.752 38.307 11.231 T = 65.616 63.699 150.285 148.786 52.539 69.953 52.024 77.715 44.676 38.550 75.499 9.148 17.393 26.435 47.131 31.307 34.882 2.723 9.673 15.009 18.982 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Renda Variável Renda Fixa (Doméstico) Renda Fixa ( Externo)*Debêntures sem leasings* Valores convertidos em R$ na data de emissãoFontes: CVM e ANBIMA 4
  5. 5. Mercado DomésticoConsolidado Classificação da Informação: Pública
  6. 6. Mercado Doméstico Consolidado - EvoluçãoEquity Equity Sem Petrobras 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Até Nov/10 Até Nov/11 2.723 9.673 15.009 31.307 75.500 34.882 47.131 150.285 148.786 18.982 28.538 18.982 255% 55% 109% 141% -54% 35% 219% -87,2% -33,5% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10Dívida 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 9.148 17.393 26.435 44.676 38.307 52.024 63.699 92.699 75.438 77.715 90% 52% 69% -14% 36% 22% 46% 3% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10 (Equity + Dívida) Total Sem Petrobras 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Até Nov/10 Até Nov/11 11.871 27.066 41.444 75.983 113.806 86.906 110.830 242.984 224.224 96.697 103.976 96.697 128% 53% 83% 50% -24% 28% 119% -56,9% -7% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10Debêntures sem leasingsR$ milhõesFontes: CVM e ANBIMA 6
  7. 7. Mercado Doméstico – Tipo de Instrumento 2009 %T 2010 %T Até Até Valores em R$ bilhões Nov/11 Nov/10 Secundária - Ações 17,1 6,8 4,8 15,5% 2,8% 6,7Equity Primária - Ações 30,0 143,5 14,1 27,1% 59,1% 142,1 Debêntures 27,7 52,4 21,5% 41,0 42,0 24,9% Notas Promissórias 22,6 18,7 20,4% 7,7% 15,4 14,9Dívida FIDC 10,2 13,8 9,2% 5,7% 10,4 11,7 CRI 3,2 7,7 2,9% 3,2% 11,0 6,8 TOTAL 110,8 242,9 96,7 224,2 Debêntures sem leasingsFontes: CVM e ANBIMA 7
  8. 8. Mercado Doméstico – Destaque das maiores emissõesAté Nov/11 IPOs: R$ bilhões % Total de RV Follow-ons: R$ bilhões % Total de RV ► QGEP Part 1,5 8,0% ► Gerdau 5,5 29,2% ► Qualicorp 1,1 5,7% ► TIM 1,7 9,1% Total RV ► EDP Energias do Brasil 0,8 4,3% 50% R$ 19,0 bi ► Magazine Luiza 0,9 4,9% 24% ► Arezzo 0,6 3,0% ► BRMalls 0,7 3,9% ► T4F Entretenimento 0,5 2,8% ► BR Properties 0,7 3,6% Debêntures: R$ bilhões % Total de Deb. + Notas Notas Promissórias: R$ bilhões % Total de Deb. + Notas ► Redecard 2,0 3,5% ► NCF Part. 2,3 4,1% ► Tele Norte Leste Part. 1,5 2,7% ► Concessionária Rodoanel 1,8 3,2% Total Deb + ► TAESA 1,2 2,1% 12% NP ► Rio Iaco 1,7 2,9% 15% R$ 56,4 bi ► Valepar 1,0 1,8% ► Tele Norte Leste Part 1,5 2,7% ► Concessionária 1,0 1,7% ► CPFL Comerc. Brasil 1,3 2,3% Anhanguera BandeirantesDebêntures sem leasingsFonte: ANBIMA 8
  9. 9. Mercado DomésticoRenda Variável Classificação da Informação: Pública
  10. 10. Emissões de Renda Variável – Volume (R$ milhões)Pipeline com 3 ofertas na CVM Percentual do Número de Ofertas Acima de R$ 1 bilhão Ano IPO Follow-on Até Nov/11 Até Nov/10 2005 9 15 IPO 18,2% 40,0% 2006 26 17 Follow-on 16,7% 50,0% 2007 64 12 TOTAL 17,4% 45,5% 2008 4 11 2009 5 19 2010 11 13 Até Nov/10 10 12 Até Nov/11 11 12 3 Número total de operações Ofertas em análiseFontes: CVM e ANBIMA 10
  11. 11. Emissões de Renda Variável - Perfil dos Investidores * Em 2010 o volume dos Institucionais foi influenciado pela captação da Petrobras* Volume das Ofertas Encerradas R$ milhões Fonte: ANBIMA 11
  12. 12. Emissões de Renda Variável - Setorial Setorial - Volume (Até Nov/11) Setorial - Número (Até Nov/11) Adm Shoppings 6,5% Adm Shoppings 8,8% Alimentos e Bebidas 2,5% Alimentos e Bebidas 4,2% Assistência Médica 8,2% Assistência Médica 8,8% Autopeças 4,3% Autopeças 8,8% Comércio e Indústria 2,4% Comércio e Indústria 4,2% Comércio Varejista 7,9% Comércio Varejista 8,8% Construção Civil 8,7% Construção Civil 17,4% Educacional 4,5% Educacional 8,8% Energia Elétrica 4,4% Energia Elétrica 8,8% Metalurgia e Siderurgia 30,7% Metalurgia e Siderurgia 8,8% Outros 2,8% Outros 4,2% Petróleo e Gás 8,0% Petróleo e Gás 4,2% Ti e Telecom 9,1% Ti e Telecom 4,2% Destaque em volume para Metalurgia e Siderurgia com 30,7% e em número para Construção Civil, com 17,4%Fonte: ANBIMA 12
  13. 13. Emissões de Renda Variável – Níveis de Governança Volume (R$ bilhões) T = 150,3 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/11 Novo Mercado 67,4% 67,1% 46,6% 83,3% 87,5% 82,6% Nível 2 16,3% 9,2% 6,7% 16,7% 4,2% 8,7% Nível 1 9,3% 13,2% 26,6% - - 8,7% T = 75,5 Tradicional 2,3% 2,6% 6,7% - 8,3% - 5,4 BDR 4,7% 7,9% 6,7% - - - 120,3 2,5 Bovespa Mais - - 6,7% - - - T = 31,3 8,3 T = 34,9 4,5 0,1 T = 47,2 1,6 0,1 0,4 16,7 T = 18,9 4,5 54,8 0,2 Número de Ofertas 5,9 23,9 5,6 30,5 29,8 T = 76 19,2 0,5 0,8 10,0 12,5 6 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/11 2 10 T = 43 Novo Mercado Nível 2 Nível 1 Tradicional BDR Bovespa Mais 7 2 1 4 T = 24 T = 23 7 T = 15 2 T = 24 2 51 1 1 2 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/11 1 4Novo Mercado 61,5% 72,5% 28,7% 64,6% 19,9% 66,2% 1 29 4 20 21 19Nível 2 18,8% 6,0% 1,4% 35,4% 0,1% 4,5% 1 7Nível 1 14,2% 11,0% 68,5% - - 29,3%Tradicional 0,4% 3,3% - - 80,0% - 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/11BDR 5,1% 7,2% 1,1% - - - Novo Mercado Nível 2 Nível 1 Tradicional BDR Bovespa MaisBovespa Mais - - 0,3% - - - Fonte: ANBIMA 13
  14. 14. Emissões de Renda Variável – Destinação de Recursos Investimento em Infraestrutura aparece em 2011 com 27,4% das destinações de recursos. Até novembro de 2010 havia sido destinado apenas 1,8% dos recursos para esta atividadePercentuais em relação ao volume Fonte: ANBIMA 14
  15. 15. Mercado DomésticoRenda Fixa Classificação da Informação: Pública
  16. 16. Emissões de Renda Fixa – Volume (R$ milhões) Debêntures sem leasings Fontes: CVM e ANBIMA 16
  17. 17. Emissões de Renda Fixa – Volume (R$ milhões) Debêntures sem leasings Número de Operações Fontes: CVM e ANBIMA 17
  18. 18. Debêntures e Notas Promissórias – Ofertas ICVM/476Empresas Fechadas e Abertas Debêntures Até Nov/11 Volume - R$ bilhões Número Empresas Fechadas 19,5 71 Empresas Abertas 18,5 53 TOTAL 38,0 124 Notas Promissórias Até Nov/11 Volume - R$ bilhões Número Empresas Fechadas 5,6 51 Empresas Abertas 9,8 22 TOTAL 15,4 73 Debêntures sem leasings Fontes: CVM e ANBIMA 18
  19. 19. Debêntures – Ofertas ICVM/476Empresas Fechadas e Abertas Até Out/11 Volume* - R$ bilhões Empresas Fechadas 19,0 Distribuição à Mercado 1,9 Instituições Intermeriárias Participantes 17,1 Empresas Abertas 18,0 Distribuição à Mercado 8,5 Instituições Intermeriárias Participantes 9,5 TOTAL 37,0 Instituições intermediárias participantes do consórcio de distribuição subscreveram 90% do volume de debêntures emitidas por empresas fechadas * Volume das Ofertas Iniciadas e Encerradas em 2011 Debêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 19
  20. 20. Debêntures - Perfil dos Investidores* Volume das Ofertas EncerradasDebêntures sem leasingsFonte: ANBIMA 20
  21. 21. Debêntures – Prazos Finais (1ª Repactuação) Prazo Final Ponderado por Volume (Anos) 6,3 5,8 5,8 5,8 5,0 5,0 5,2 5,1 A média do prazo final em 2011 4,0 apresentou-se estável em relação à 2010 2,7 Prazo Final das Debêntures - Número por Série2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Até T = 44 T = 52 T = 37 T = 91 T = 192 T = 163 Nov/10 Nov/11 4,4% 4,5% 3,9% 7,3% 6,1% 2,2% 18,9% 10,9% 13,5% Média dos Prazos Finais por Faixa de Volume 27,3% 36,5% 10,8% (Anos) 36,3% 5,0 56,8% 56,4%Até Nov/11 5,5 48,7% 4,3 56,8% 50,0% 57,1% 5,1 2010 4,9 21,6% 25,0% 23,9% 11,4% 9,6% 5,7 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/11 Até R$ 500 MM R$ 501 MM até R$ 1 bi Acima de R$ 1 bi Até 3 anos De 4 a 6 anos De 7 a 9 anos Mais de 10 anos Debêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 21
  22. 22. Debêntures – Remunerações Indexadores - Participação por Volume *Até Nov/11 53,0% 40,9% 0,4% 4,1% 1,6% 2010 22,3% 58,2% 11,7% 0,2% 7,6% 94% das taxas das debêntures estão atreladas ao DI, seguindo a mesma 2009 63,2% 20,5% 11,0% 0,1% 5,2% tendência dos anos anteriores 2008 66,5% 25,6% 0,3% 0,1% 5,2% 2,3% 2007 72,4% 19,1% 0,1% 1,2% 3,4% 3,8% 2006 80,9% 14,2% 2,9% 1,2% 0,8% Remunerações das Debêntures Indexadas pelo DI 180,0% DI DI + Spread PTAX IGPM TJLP IPCA OUTROS 170,0% 160,0% 150,0% 140,0% 130,0% Em 2011, maior concentração 120,0% na faixa de 108% a 121% do DI 110,0% 100,0% jan-10 mar-10 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 mai-11 ago-11 nov-11 *As remunerações - PTAX, IGPM, TJLP, IPCA e outros – possuem um spread adicional Debêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 22
  23. 23. Debêntures – Distribuição Setorial Setorial - Volume (Até Nov/11) Setorial - Número ( Até Nov/11) Adm Shopping Centers 1,5% Adm Shopping Centers 1,5% Agronegócios 1,0% Agronegócios 1,5% Alimentos e Bebidas 2,3% Alimentos e Bebidas 3,0%Assist. Médica/Prod. Farmacêuticos 5,1% Assist. Médica/Prod. Farmacêuticos 3,8% Aviação e Aeronáutica 2,0% Aviação e Aeronáutica 1,5% Bens de Consumo 1,0% Bens de Consumo 0,8% Cimentos 1,5% Cimentos 0,8% Comércio e Indústria 1,3% Comércio e Indústria 4,5% Comércio Varejista 7,0% Comércio Varejista 6,1% Construção Civil 14,3% Construção Civil 18,2% Educacional 1,2% Educacional 1,5% Empr. e Part. 6,7% Empr. e Part. 3,8% Energia Elétrica 18,9% Energia Elétrica 21,2% Financeiro 2,2% Financeiro 3,0% Metalurgia e Siderurgia 7,4% Metalurgia e Siderurgia 3,0% Mídia 1,6% Mídia 2,3% Outros 1,4% Outros 5,3% Petróleo e Gás 0,5% Petróleo e Gás 1,5% Química e Petroquímica 0,1% Química e Petroquímica 0,8% Saneamento 3,3% Saneamento 2,3% TI e Telecomunicações 8,2% TI e Telecomunicações 5,3% Transporte e Logística 11,6% Transporte e Logística 8,3% Debêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 23
  24. 24. Debêntures – Garantias Aumentam as emissões de debêntures quirografárias com garantias adicionais em 27,1 pontos percentuaisPercentuais em relação ao volumeDebêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 24
  25. 25. Debêntures – Destinação de Recursos Refinanciamento de passivo aumentou 11,9 pontos percentuaisPercentuais em relação ao volumeDebêntures sem leasings Fonte: ANBIMA 25
  26. 26. CRI - Perfil dos Investidores Número de Pessoas Físicas Subscritores de CRIs Subscritores 476 2009 2010 Até Out/11 2009 2010 Até Out/11 1.122 1.243 3.693 178 126 233 Subscritores de CRI – Volume (R$ milhões)** Volume das Ofertas EncerradasFonte: ANBIMA 26
  27. 27. Mercado Externo Classificação da Informação: Pública
  28. 28. Emissões no Mercado Externo - EvoluçãoEquity Equity Sem Petrobras 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Até Nov/10 Até Nov/11 305 1.286 1.422 1.316 4.472 4.346 5.929 13.302 13.302 1.106 3.285 1.106 322% 11% -7% 240% -3% 36% 124% -92% -66% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10Dívida 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 23.388 13.336 21.972 18.262 11.609 6.731 26.254 40.370 38.773 33.377 -43% 65% -17% -36% -42% 290% 24% -14% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10 (Equity + Dívida) Total Sem Petrobras 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Até Nov/10 Até Nov/11 23.692 14.622 23.394 19.578 16.081 11.077 32.183 53.672 52.075 34.483 42.058 34.483 -38% 60% -16% -18% -31% 191% 67% -34% -18% 04 vs 03 05 vs 04 06 vs 05 07 vs 06 08 vs 07 09 vs 08 10 vs 09 Até Nov/11 vs Até Nov/10Valores previstos para NovembroUS$ milhõesFontes: CVM e ANBIMA 28
  29. 29. Emissões no Mercado Externo Emissões de Bônus e MTNs (US$ milhões) T = 40.370 T = 38.773 1.953 1.953 T = 33.376 2.818 245 2.818 1.650 T = 26.254 1.000 21.374 20.029 4.100 T = 18.157 19.493 5.253 T = 11.109 T = 6.481 17.882 2.883 1.000 10.991 525 14.225 13.973 11.988 6.980 3.140 1.913 1.246 1.816 3.272 2006 2007 2008 2009 2010 Até Nov/10 Até Nov/11 Instituições Financeiras Empresas República Banco de Fomento Redução de 13,9% no volume captado até novembro de 2011, comparado ao mesmo período de 2010Fonte: ANBIMA 29
  30. 30. Emissões no Mercado Externo – Renda Fixa – Inst. Financeiras Volume R$ 12,2 bi - Jan a Nov/11 Volume R$ 15,9 bi - Jan a Nov/10 Itaú Unibanco 288 Banco do Brasil 500 nov/11 Banco Nordeste 300 Safra 513 ago/11 Santander 350 Banco Bonsucesso 125 nov/10 BNDES 245 Bicbanco 400 BTG Pactual 500 jul/11 Banco do Brasil 660 out/10 Itau Unibanco 500 Itau Unibanco 1.000 Banco Cruzeiro do Sul 400 Santander 200 BNDES 953 set/10 Santander 178 jun/11 Bradesco 1.100 Banco do Brasil 1.500 Banco BMG 250 Banco Panamericano 300 ago/10 Bradesco 1.350 Banco Mercantil do Brasil 50 Safra 300 Banco Votorantim 400 Banco Votorantim 619 Banco Mercantil do Brasil 200 Banco Cruzeiro do Sul 200 jul/10 Banco Fibra 175 mai/11 Banco Fibra 200 Banco Cruzeiro do Sul 150 Bicbanco 300 Banco BMG 300 50,0% Panamericano 500 abr/11 Banco do Brasil 450 Banco Votorantim 500 Bradesco 250 Banco BMG 300 mar/11 Itau Unibanco 1.000 Banco Votorantim 750 Banco ABC Brasil 300 Santander 500 abr/10 Banco BVA 45 fev/11 BES 500 Itaú Unibanco 250 Bradesco 750 mar/10 Daycoval 300 Daycoval 300 Banco Cruzeiro do Sul 250 Safra 500 Banco Votorantim 500 Banco do Brasil 1.009 Banco Pine 125 fev/10 Banco Cruzeiro do Sul 400 Banco do Brasil 1.000 Banco Votorantim 750 Santander 650 Bicbanco 275 Bradesco 500 BNDES 1.000 jan/11 jan/10US$ milhõesFonte: ANBIMA 30
  31. 31. Emissões no Mercado Externo – Renda FixaEmpresas Não FinanceirasSetorial Empresas – Até Nov/11Setor Volume (US$ - milhões) %T Número %TAdm Shoppings 280,00 1,4% 2 8,3%Agronegócio 500,00 2,6% 2 8,3%Alimentos e Bebidas 1.400,00 7,2% 2 8,3%Aviação e Aeronáutica 500,00 2,6% 1 4,2%Bens de Consumo 750,00 3,8% 1 4,2%Cimentos 850,00 4,4% 2 8,3%Construção Civil 835,00 4,3% 3 12,5%Energia Elétrica 2.453,32 12,6% 4 16,7%Papel e Celulose 750,00 3,8% 1 4,2%Petroleo e Gas 9.263,00 47,5% 3 12,5%Química e Petroquímica 1.250,00 6,4% 2 8,3%TI e Telecomunicações 662,05 3,4% 1 4,2% 50,0%Total 19.493,4 100,0% 24 100,0% Maiores Captações US$ bilhões Até Nov/11 Até Nov/10 ► Petrobras 6,0 Odebrecht 1,5 ► OGX 2,6 Gerdau 1,3 ► Eletrobrás 1,7 Fibria 1,1 Empresas não financeiras captaram em ► Fibria / Votorantim Cim. 0,7* Vale 1,0 dívida US$ 19,5 bi até nov/11 Marfrig / Hypermarcas / Braskem Votorantim Cim. 1,0* Valor por emissãoFonte: ANBIMA 31
  32. 32. Emissões no Mercado Externo – Renda Fixa Coupons com Frequência Semestral 16,0% 13,0% 10,0% O coupon médio em 2011 ficou em torno de 7,0% 6,68% 4,0% 1,0% jan-07 set-07 jun-08 fev-09 out-09 jul-10 mar-11 nov-11 EMBI + Risco Brasil 700 50,0% 600 O EMBI+Brasil ficou 500 próximo dos 200 400 pontos no final de novembro de 2011 300 200 100 0 jan-07 set-07 mai-08 fev-09 out-09 jun-10 mar-11 nov-11US$ milhõesFonte: ANBIMA 32
  33. 33. COLETIVA COM JORNALISTAS Gerência de InformaçõesSão Paulo - Av. das Nações Unidas, 8501 - 21º andar - CEP 05425-070 (11) 3471-4240 | anbima@anbima.com.br www.anbima.com.br

×