Fiat code

2.778 visualizações

Publicada em

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
134
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fiat code

  1. 1. SISTEMA IIMMMMOOBBIILLIIZZEERR // FFIIAATT CCOODDEE GENERALIDADES Visando maior proteção tentativas de furto, os veículos foram dotados de um dispositivo eletrônico de travamento do motor, denominado sistema “CODE” que se ativa automaticamente retirando-se a chave do comutador de ignição. As chaves são dotadas de um dispositivo que transmite um sinal em código para a central de “CODE” que somente se reconhecido permite a partida do motor. 1. CONSTITUIÇÃO: O sistema CODE (immobilizer) é constituído por: 1) Indicador ótico CODE (painel). 2) Antena específica no comutador de ignição; 3) Central CODE; 4) Chaves eletrônicas (três ou quatro, de acordo com o modelo do veículo) que contém o dispositivo que transmite um código eletrônico; 5) Central de injeção eletrônica do motor (A – álcool e gasolina; B e C – diesel) e linha serial de comunicação com a central de CODE; 6) CODE CARD com o código secreto para o procedimento de partida de emergência; Localização da Central CODE Abaixo da coluna de direção, opcional nos 1.0/1.5 e de linha em todos 1.6 A partir de 2000 em todos 2. FUNCIONAMENTO O sistema CODE habilita o funcionamento da central de injeção eletrônica mediante uma troca de códigos. Quando a chave esta em MARCHA (+15) a central de injeção envia uma solicitação de código a central CODE; esta responde e envia um código secreto somente após ter reconhecido (mediante a antena) uma chave eletrônica, introduzida no comutador de ignição. Recebido o código, a central de injeção compara-o com o código principal (Master CODE) memorizado. Se o controle do código for positivo, a central de injeção comuta para a condição de permissão de partida do motor.
  2. 2. D É taxativamente proibido efetuar trocas de centrais de injeção eletrônica entre veículos para verificar sua eficiência. D Durante o diagnóstico, antes de substituir a central de injeção, certificar-se que a mesma esteja realmente ineficiente, visto que, uma vez alimentada, a nova central memoriza o código principal, tornando-a inutilizável em outros veículos. 3. MEMORIZAÇÃO DAS CHAVES O sistema permite a memorização de no mínimo 2 (duas) e no máximo 7 (sete) chaves, além da chave MESTRA. O procedimento de memorização das chaves é dividido em duas fases na seqüência: Primeiramente o código secreto das chaves eletrônicas é memorizado na central de CODE e em seguida, automaticamente, a central CODE comanda a memorização do código principal na Centralina do sistema de injeção. A seguir, detalhamos os quatro procedimentos passo a passo de memorização das chaves: A . COM SISTEMA VIRGEM (E.C.U IAW e CODE): Por sistema virgem entende-se a presença simultânea, no veículo, de uma central de injeção e uma central de CODE que não tem nenhum código gravado. - Procedimento passo a passo de memorização das chaves D Neste momento, devem ser memorizados TODAS as chaves em poder do usuário 1. Introduzir no comutador de ignição a chave MESTRA na disposição STOP; 2. Girar a chave MESTRA na posição Marcha (+15). O indicador ótico CODE se acende por 0,7 Seg.; 3. Ao apagar o indicador ótico CODE, girar a chave MESTRA na posição STOP; Dentro de 10 segundos: 4. Retirar a chave MESTRA do comutador de ignição; 5. Introduzir uma nova chave (azul) na ignição e gira-la para posição MARCHA (+15). O indicador ótico CODE acende por 0,7 Seg. 6. Ao apagar o indicador ótico CODE, girar a chave na posição STOP;Dentro de 10 segundos: 7. Retirar a chave do comutador de ignição; 8. Introduzir uma nova chave (azul) na ignição e gira-la para posição MARCHA (+15) O indicador ótico CODE acende por 0,7 Seg. 9. Ao apagar o indicador ótico CODE, girar a chave na posição STOP; 10. Introduzir todas as outras chaves a serem memorizadas, repetindo este procedimento; 11. Após girar a última chave a ser codificada para a posição STOP; Dentro de 10 segundos: 12. Retirar a chave do comutador de ignição: 13. Introduzir a chave MESTRA na ignição e gira-la para a posição MARCHA (+15). O indicador ótico CODE acende por 0,7 Seg. 14. Ao apagamento do indicador ótico CODE, girar a chave MESTRA na posição STOP. Após este procedimento, complete a memorização da seguinte forma: 15. Girar a chave MESTRA na posição MARCHA (+15) e mante-la nesta posição por cerca de 3 segundos: · O indicador ótico CODE se acende por 0,7 seg., e apaga definitivamente, indicando que o procedimento de memorização das chaves foi realizado corretamente; · O indicador ótico CODE se acende por 0,7 seg. e começa a piscar após cerca de 2 segundos, indicando que o procedimento não foi realizado corretamente. Neste caso, repetir o procedimento desde o inicio. O procedimento de memorização das chaves com sistema virgem não obterá resultado positivo nos seguintes casos: · Introdução de uma mesma chave por 2 vezes consecutivas;
  3. 3. · Uma fase de chave em marcha (+15) durar mais que 2 seg. , após o indicador ótico CODE apagar; · Uma fase de chave em stop durar mais que 10 segundos. Após a memorização, certificar-se que todas as chaves dêem partida no motor. Se alguma chave não funcionar, repetir o procedimento de memorização das chaves. B. COM CENTRAL DE CODE VIRGEM E CENTRAL DE INJEÇÃO NÃO VIRGEM Para este procedimento de memorização repetir o procedimento descrito anteriormente C. COM CENTRAL DE CODE E CENTRAL DE INJEÇÁO NÃO VIRGENS Para este procedimento de memorização repetir o procedimento descrito anteriormente, e deve ser realizado quando da substituição de alguma chave. O procedimento permite a memorização de até 08 chaves. D Ao adicionar uma nova chave, é necessário a rememorização de todas as chaves já existentes, uma vez que as chaves não utilizadas durante este procedimento serão canceladas da memória. D. COM CENTRAL DE CODE NÃO VIRGEM E CENTRAL DE INJEÇÃO VIRGEM Para este procedimento de memorização basta girar uma chave na posição MARCHA (+15), após ter controlado a correta funcionabilidade da central CODE. 4. DIAGNOSE Quando o indicador ótico CODE permanecer aceso continuamente com chave de ignição em MARCHA (+15), os problemas podem ser os seguintes: ® Chave não reconhecida pela central de CODE; ® Linha serial não ligada; ® Procedimento de rememorização das chaves feito incorretamente (ou interrompido). · Diagnose com CHECK-UP 1 Através do CHECK-UP 1 é possível levantar os seguintes parâmetros: ® PARTIDA PERMITIDA / NÃO PERMITIDA Indica que a central de injeção eletrônica reconheceu (ou não) o código, permitindo (ou não) a partida do motor. ® ESTADO DE CHAVE ELETRÔNICA PROGRAMADA / NÃO PROGRAMADA A indicação NÃO PROGRAMADA, significa que ambas as centrais de injeção e CODE não possuem nenhum código memorizado – ECU não codificada. ® ERRO DE CHAVE ELETRÔNICA Quando é diagnosticado, o erro pode ser distinguido em presente ou intermitente. Prosseguindo no diagnóstico, é possível discriminar se o erro é devido a trocas de centrais de injeção ou mal funcionamento dos componentes do sistema. ® PARTIDA DE EMERGÊNCIA O procedimento de partida de emergência permite ligar o motor se por acaso existirem problemas no sistema CODE (central CODE defeituosa, chaves inutilizáveis, etc.) Tal procedimento pode ser efetuado com o CHECK-UP 1 ou via pedal do acelerador. - CODE CARD No code card, que é fornecido com o veículo, está gravada o eletronic code. Este código de 5 dígitos deverá ser utilizado para o procedimento de partida de emergência, com CHECK-UP 1 ou através do pedal do acelerador.
  4. 4. A. PARTIDA DE EMERGÊNCIA COM CHECK-UP 1 O procedimento é ativado digitando-se nas teclas do CHECK-UP 1, o código de 5 dígitos (ELETRONIC CODE), gravado no CODE CARD. Após uma partida de emergência, colocando a chave em STOP, a central de injeção retorna à condição de travamento da partida do motor. Portanto, para uma nova partida no motor, é necessário realizar novamente o procedimento de partida de emergência. B. PARTIDA DE EMERGÊNCIA COM O PEDAL DO ACELERADOR 1. Ler no code card o código eletrônico de 5 dígitos 2. Colocar a chave de ignição em marcha, pressionar e manter pressionado o pedal do acelerador; o indicador ótico da injeção acende por 4 seg. e em seguida se apaga e se acende por outros 4 seg. 3. Quando o indicador ótico se apagar, soltar o pedal do acelerador; 4. Soltando o pedal do acelerador, o indicador ótico começa a lampejar; 5. Após um número de lampejos igual ao primeiro digito do código lido no code card, pressionar a fundo e manter pressionado o pedal do acelerador; 6. O indicador ótico da injeção se acende novamente por 4 seg. para depois apagar-se (primeiro digito aceito) 7. Quando o indicador ótico apaga, soltar o pedal do acelerador; 8. Repetir as operações dos pontos 4,5,6 e 7 para os dígitos restantes do código. 9. Soltando o pedal após o último digito, o indicador ótico lampejará por 4 seg. para indicar que o código foi aceito, ou permanecerá aceso indicando que o código foi rejeitado, neste caso retornar a chave ao STOP e repetir todas as operações. D Após o código ter sido aceito, a central eletrônica permite a partida do motor por um período de 10 min. D Se não for observada a partida do motor, a ECU retorna à posição de CODE ATIVADO. 6. ESQUEMA ELÉTRICO · LEGENDA DOS COMPONENTES 15 – MASSA DA BATERIA 17 – BATERIA 26 – NÓ DE DERIVAÇÃO 39 – CENTRAL DE DERIVAÇÃO (CAIXA DE FUSÍVEL) 50 – QUADRO DE INSTRUMENTOS V – INDICADOR ÓTICO DE CODE 51 – COMUTADOR DE IGNIÇÃO 184 – MASSA DE POTÊNCIA 185 – MASSA ELETRÔNICO 216 – CENTRAL DE INJEÇÃO-IGNIÇÃO IAW 231 – CONECTOR DO CHICOTE CIANTEIRO COM O CHICOTE DA INJEÇÃO (1995) 270 – CONECTOR DO CHICOTE DIANTEIRO COM O CHICOTE DA INJEÇÃO (1756) 295 – CONECTOR DO CHICOTE DIANTEIRO COM O CHICOTE DO PAINEL 455 – CENTRAL DO FIAT CODE 456 – ANTENA DO FIAT CODE ND – NÓ DE DERIVAÇÃO.
  5. 5. FIAT CODE FIAT CODE: CODIFICAÇÃO DA CHAVE ELETRÔNICA FIAT 1 - Reuna todas as chaves que se deseja que dêem partida ao motor (mínimo de 3 chaves sendo, 2 azuis e a mestra chave vermelha); 2 - Insira a chave VERMELHA e vire a chave para a posição MAR;. 3 - A lâmpada indicadora CODE irá se acender e logo em seguida se apagará; 4 - Logo que a lâmpada CODE se apague, retire a chave VERMELHA num prazo máximo de dois segundo (2s); 5 – Retire a chave VERMELHA, insira 1 chave AZUL e vire a chave de ignição para a posição MAR em um prazo máximo de dez segundos (10s); 6 - A lâmpada indicadora CODE irá se acender e logo em seguida se apagará; 7 - Remova a 1º chave e insira a 2a chave obedecendo os prazos de tempo: 2s para remover a chave e 10s para inserir a próxima chave; 8 - Vire a chave: a lâmpada indicadora CODE irá se acender e logo em seguida se apagará 9 - Repita o procedimento 7 e 8 para as demais chaves até um máximo de sete chaves; 10 - Após a última chave a ser codificada, insira novamente a CHAVE VERMELHA e vire a chave para a posição MAR 11 - A lâmpada indicadora CODE irá se acender e logo em seguida se apagará. encerrando a codificação; 12 - Teste todas as chaves
  6. 6. SUBSTITUIÇÀO DO CILINDRO DE IGNIÇÃO DE UM VEÍCULO FIAT COM SISTEMA IMOBILIZADOR (Fiat CODE) Para este procedimento, será necessário ter em mãos a chave mestra (chave vermelha ou marrom ) que acompanha o sistema code. · Proceda normalmente a substituição do cilindro de ignição; · Reuna todas as novas chaves do veículo (1 chave vermelha que servirá de chave mestra e 2 novas chaves azuis); · Abra, com o auxilio de urna pequena chave de fenda, a futura chave mestra. No interior você verá uma pequena peça em cor grafite, é o transponder - retire-o e guarde em algum local; · Retire o transponder da antiga chave mestra e monte na futura chave mestra tomando o cuidado de manter a posição de montagem. · Feche a nova chave mestra e proceda a codificação das novas chaves.
  7. 7. TESTE DE CENTRAL DE INJEÇÃO COM SISTEMA FIAT CODE INSTALADO-MUITO CUIDADO! Se você possui em sua oficina um veículo FIAT' com sistema imobilizador (existe uma lâmpada CODE no painel de instrumentos). E pretende substituir a U.C.E. da injeção eletrônica, pois suspeita de urna falha, é aconselhável que siga este procedimento: 1) Remova o fusível de proteção do sistema CODE ou para maior segurança em caso de dúvida, desconecte eletricamente a unidade CODE; 2) Proceda a substituição da U.C.E. da injeção eletrônica por outra virgem ou sem código e laça um teste de funcionamento do veículo; 3) Caso tenha confirmado a falha da U.C.E. reconecte a central CODE. A primeira partida codificará a nova central.

×