SlideShare uma empresa Scribd logo
Roupa Nova De Milton Nascimento  Esta é a história de Pinduca. Pinduca era o chefe de uma estação de trem no interior e que... De uma maneira atípica, tinha um compromisso de fé, com os maquinistas, e assim...
Todos os dias, toda manhã   Todos os dias, todas as manhãs
Sorriso aberto e roupa nova   Feliz, ele se aprontava com seu uniforme de trabalho, impecavelmente...
Passarim preto de terno branco Um contraste de homem negro com roupa branca.
Pinduca vai esperar o trem E seguia para a estação aguardar o trem que se aproximava.
Todos os dias, toda manhã   Sistemático; diariamente ele repetia aquela mesma atividade...
Ele sozinho na plataforma Só que ela estava vazia naquela hora, todos sabiam, porque não era um trem programado para parar.
Ouve o apito, sente a fumaça Mas... Em certo momento que só ele sabia, sentia no ar a sua presença, se colocava de prontidão.
E vê chegar o amigo trem Pronto, lá vinha a Maria-Fumaça se aproximando da plataforma à toda velocidade.
Que acontece que nunca parou Que passava e prosseguia sem mesmo se dar conta de onde estava e que ali...
Nessa cidade de fim de mundo Era como se estivessem no meio de lugar algum.
E quem viaja pra capital Era o trem-expresso que seguia para a Capital.
Não tem olhar para o braço que acenou Os de bordo nem sequer se davam ao trabalho de observa Pinduca de pé em sua posição, braço erguido acenando para o maquinista e passageiros.
O gesto humano fica no ar Mas o que tem isso de importante...
O abandono fica maior Eles se foram deixando um ar de vazio...
E lá na curva desaparece com sua fé E a curva acabava com a sua fé e compromisso, que seriam renovados no dia seguinte .
Homem que é homem não perde a esperança não Certa vez perguntaram a Pinduca o por quê daquela rotina diária. Tenho um compromisso firmado comigo mesmo, respondeu.
Ele vai parar De que um dia o trem irá parar por algum motivo e que o maquinista irá precisar do meu auxílio, mesmo que não fosse minha obrigação estar lá.
Quem é teimoso não sonha outro sonho não E quando isso acontecer, lá estarei para prestar a ajuda que for necessária, completou.
Qualquer dia ele para Qualquer dia ele para e tenho fé de que isto irá acontecer, acrescentou – eis o seu sonho e compromisso de ser prestativo.
E assim Pinduca toda manhã E é por isso que na manhã seguinte...
Sorriso aberto e roupa nova Com aquele mesmo sorriso de sempre, vestido impecavelmente como sempre...
Passarim preto de terno branco Aquele simpático negro vestido de branco...
Vem renovar a sua fé Renova o seu compromisso com a sua fé, na plataforma da estação do trem...
Homem que é homem não perde a esperança não
O trem vai parar De que um dia o trem irá parar por algum motivo e que o maquinista irá precisar do seu auxílio, mesmo que não fosse sua obrigação de estar lá.
Quem é teimoso não sonha outro sonho não E quando isso acontecer, lá ele estará para prestar a ajuda que for necessária.
Qualquer dia ele para Qualquer dia ele para e ele tem fé de que isto um dia irá acontecer – seu sonho e compromisso de ser prestativo.
E assim Pinduca toda manhã E é por isso que na manhã seguinte...
Sorriso aberto e roupa nova Com aquele mesmo sorriso de sempre, vestido impecavelmente como sempre...
Passarim preto de terno branco Aquele simpático negro vestido de branco...
Vem renovar a sua fé Renova o seu compromisso com a sua fé, na plataforma da estação do trem...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A noite em que os hoteis
A noite em que os hoteisA noite em que os hoteis
A noite em que os hoteis
Mensagens Virtuais
 
La Boheme
La BohemeLa Boheme
La Boheme
Marilia Brasil
 
Sonhos
SonhosSonhos
Sonhos
SonhosSonhos
Ousadia pausa protocolada
Ousadia pausa protocoladaOusadia pausa protocolada
Ousadia pausa protocolada
Rosana Sales
 
1º cap banksy_issuu
1º cap banksy_issuu1º cap banksy_issuu
1º cap banksy_issuu
Luara Schamó
 
Caixa preta
Caixa pretaCaixa preta
#VerdadesDeCM
#VerdadesDeCM#VerdadesDeCM
#VerdadesDeCM
Anita Baggiano
 
Essa é de doer
Essa é de doerEssa é de doer
Essa é de doer
site curiosidades
 
Convido para uma churrascada !
Convido para uma churrascada !Convido para uma churrascada !
Convido para uma churrascada !
Umberto Pacheco
 
Metropolis
MetropolisMetropolis
Metropolis
guest923a6a
 
Desculpe o transtorno estou em construçao
Desculpe o transtorno estou em construçaoDesculpe o transtorno estou em construçao
Desculpe o transtorno estou em construçao
pietra bravo
 

Mais procurados (12)

A noite em que os hoteis
A noite em que os hoteisA noite em que os hoteis
A noite em que os hoteis
 
La Boheme
La BohemeLa Boheme
La Boheme
 
Sonhos
SonhosSonhos
Sonhos
 
Sonhos
SonhosSonhos
Sonhos
 
Ousadia pausa protocolada
Ousadia pausa protocoladaOusadia pausa protocolada
Ousadia pausa protocolada
 
1º cap banksy_issuu
1º cap banksy_issuu1º cap banksy_issuu
1º cap banksy_issuu
 
Caixa preta
Caixa pretaCaixa preta
Caixa preta
 
#VerdadesDeCM
#VerdadesDeCM#VerdadesDeCM
#VerdadesDeCM
 
Essa é de doer
Essa é de doerEssa é de doer
Essa é de doer
 
Convido para uma churrascada !
Convido para uma churrascada !Convido para uma churrascada !
Convido para uma churrascada !
 
Metropolis
MetropolisMetropolis
Metropolis
 
Desculpe o transtorno estou em construçao
Desculpe o transtorno estou em construçaoDesculpe o transtorno estou em construçao
Desculpe o transtorno estou em construçao
 

Destaque

Regivam bem estudado
Regivam bem  estudadoRegivam bem  estudado
Regivam bem estudado
pptmeirelles
 
EJA INICIAL A
EJA INICIAL AEJA INICIAL A
EJA INICIAL A
theresinhatp
 
As politicas da globalização apresentação-final1
As politicas da globalização apresentação-final1As politicas da globalização apresentação-final1
As politicas da globalização apresentação-final1
20014
 
Thalia passos
Thalia passosThalia passos
Thalia passos
pptmeirelles
 
Andreia e vivivane
Andreia e vivivaneAndreia e vivivane
Andreia e vivivane
pptmeirelles
 
requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
 requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
Juridicos Asociados
 
Apresentação apimec sp – maio 2010
Apresentação apimec sp – maio 2010Apresentação apimec sp – maio 2010
Apresentação apimec sp – maio 2010
BrasilEcodiesel
 
Manual de identidade undersound
Manual de identidade   undersoundManual de identidade   undersound
Manual de identidade undersound
Sara Santos
 
JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”
JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”
Walkthrough no Facebook
Walkthrough no FacebookWalkthrough no Facebook
Walkthrough no Facebook
Lenin Bernardes
 
Anorexia
AnorexiaAnorexia
Anorexia
pptmeirelles
 
830
830830
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursiva
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursivaPc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursiva
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursivaLucas Vitorino
 
9 charges
9   charges9   charges
9 charges
pptmeirelles
 
Gripe e resfriado
Gripe e resfriadoGripe e resfriado
Gripe e resfriado
pptmeirelles
 
Apresentação apimec sp – agosto 2010
Apresentação apimec sp – agosto 2010Apresentação apimec sp – agosto 2010
Apresentação apimec sp – agosto 2010
BrasilEcodiesel
 
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos EducativosApresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Edilson Freitas
 
Biomas mateus jeff 6c
Biomas mateus jeff 6cBiomas mateus jeff 6c
Biomas mateus jeff 6c
pptmeirelles
 
Izaque
IzaqueIzaque
Izaque
pptmeirelles
 
Lorrane karolaine
Lorrane karolaineLorrane karolaine
Lorrane karolaine
pptmeirelles
 

Destaque (20)

Regivam bem estudado
Regivam bem  estudadoRegivam bem  estudado
Regivam bem estudado
 
EJA INICIAL A
EJA INICIAL AEJA INICIAL A
EJA INICIAL A
 
As politicas da globalização apresentação-final1
As politicas da globalização apresentação-final1As politicas da globalização apresentação-final1
As politicas da globalização apresentação-final1
 
Thalia passos
Thalia passosThalia passos
Thalia passos
 
Andreia e vivivane
Andreia e vivivaneAndreia e vivivane
Andreia e vivivane
 
requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
 requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
requisitos por tipo de juicio civil y/o familiar
 
Apresentação apimec sp – maio 2010
Apresentação apimec sp – maio 2010Apresentação apimec sp – maio 2010
Apresentação apimec sp – maio 2010
 
Manual de identidade undersound
Manual de identidade   undersoundManual de identidade   undersound
Manual de identidade undersound
 
JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”
JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”
JORNADA SOBRE ELS AVANTATGES DEL “NÚVOL”
 
Walkthrough no Facebook
Walkthrough no FacebookWalkthrough no Facebook
Walkthrough no Facebook
 
Anorexia
AnorexiaAnorexia
Anorexia
 
830
830830
830
 
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursiva
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursivaPc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursiva
Pc ba resultado_provis__rio_da_prova_discursiva
 
9 charges
9   charges9   charges
9 charges
 
Gripe e resfriado
Gripe e resfriadoGripe e resfriado
Gripe e resfriado
 
Apresentação apimec sp – agosto 2010
Apresentação apimec sp – agosto 2010Apresentação apimec sp – agosto 2010
Apresentação apimec sp – agosto 2010
 
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos EducativosApresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
 
Biomas mateus jeff 6c
Biomas mateus jeff 6cBiomas mateus jeff 6c
Biomas mateus jeff 6c
 
Izaque
IzaqueIzaque
Izaque
 
Lorrane karolaine
Lorrane karolaineLorrane karolaine
Lorrane karolaine
 

Mais de pptmeirelles

4 producao de_texto
4 producao de_texto4 producao de_texto
4 producao de_texto
pptmeirelles
 
3 producao de_texto
3 producao de_texto3 producao de_texto
3 producao de_texto
pptmeirelles
 
2 producao de_texto
2 producao de_texto2 producao de_texto
2 producao de_texto
pptmeirelles
 
1 portugues
1 portugues1 portugues
1 portugues
pptmeirelles
 
5 producao de_texto
5 producao de_texto5 producao de_texto
5 producao de_texto
pptmeirelles
 
Patricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michellePatricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michelle
pptmeirelles
 
Thainamaria 6°b
Thainamaria 6°bThainamaria 6°b
Thainamaria 6°b
pptmeirelles
 
Ciências mauricio1
Ciências   mauricio1Ciências   mauricio1
Ciências mauricio1
pptmeirelles
 
Patricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michellePatricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michelle
pptmeirelles
 
Ciências mauricio1
Ciências   mauricio1Ciências   mauricio1
Ciências mauricio1
pptmeirelles
 
Uanderson & jhonatan
Uanderson & jhonatanUanderson & jhonatan
Uanderson & jhonatan
pptmeirelles
 
Thaina maria nº35 6°b
Thaina maria nº35 6°bThaina maria nº35 6°b
Thaina maria nº35 6°b
pptmeirelles
 
Amandinha
AmandinhaAmandinha
Amandinha
pptmeirelles
 
Nome
NomeNome
Karina stefanie
Karina stefanieKarina stefanie
Karina stefanie
pptmeirelles
 
Danilo e iolanda
Danilo e iolandaDanilo e iolanda
Danilo e iolanda
pptmeirelles
 
Renato e rodrigo
Renato e rodrigoRenato e rodrigo
Renato e rodrigo
pptmeirelles
 
Folclore patricia
Folclore   patriciaFolclore   patricia
Folclore patricia
pptmeirelles
 
Leonnardo e richard
Leonnardo e richardLeonnardo e richard
Leonnardo e richard
pptmeirelles
 
Gripe e resfriado
Gripe e resfriadoGripe e resfriado
Gripe e resfriado
pptmeirelles
 

Mais de pptmeirelles (20)

4 producao de_texto
4 producao de_texto4 producao de_texto
4 producao de_texto
 
3 producao de_texto
3 producao de_texto3 producao de_texto
3 producao de_texto
 
2 producao de_texto
2 producao de_texto2 producao de_texto
2 producao de_texto
 
1 portugues
1 portugues1 portugues
1 portugues
 
5 producao de_texto
5 producao de_texto5 producao de_texto
5 producao de_texto
 
Patricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michellePatricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michelle
 
Thainamaria 6°b
Thainamaria 6°bThainamaria 6°b
Thainamaria 6°b
 
Ciências mauricio1
Ciências   mauricio1Ciências   mauricio1
Ciências mauricio1
 
Patricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michellePatricia , uanderson, michelle
Patricia , uanderson, michelle
 
Ciências mauricio1
Ciências   mauricio1Ciências   mauricio1
Ciências mauricio1
 
Uanderson & jhonatan
Uanderson & jhonatanUanderson & jhonatan
Uanderson & jhonatan
 
Thaina maria nº35 6°b
Thaina maria nº35 6°bThaina maria nº35 6°b
Thaina maria nº35 6°b
 
Amandinha
AmandinhaAmandinha
Amandinha
 
Nome
NomeNome
Nome
 
Karina stefanie
Karina stefanieKarina stefanie
Karina stefanie
 
Danilo e iolanda
Danilo e iolandaDanilo e iolanda
Danilo e iolanda
 
Renato e rodrigo
Renato e rodrigoRenato e rodrigo
Renato e rodrigo
 
Folclore patricia
Folclore   patriciaFolclore   patricia
Folclore patricia
 
Leonnardo e richard
Leonnardo e richardLeonnardo e richard
Leonnardo e richard
 
Gripe e resfriado
Gripe e resfriadoGripe e resfriado
Gripe e resfriado
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 

Trem aranhashow

  • 1. Roupa Nova De Milton Nascimento Esta é a história de Pinduca. Pinduca era o chefe de uma estação de trem no interior e que... De uma maneira atípica, tinha um compromisso de fé, com os maquinistas, e assim...
  • 2. Todos os dias, toda manhã Todos os dias, todas as manhãs
  • 3. Sorriso aberto e roupa nova Feliz, ele se aprontava com seu uniforme de trabalho, impecavelmente...
  • 4. Passarim preto de terno branco Um contraste de homem negro com roupa branca.
  • 5. Pinduca vai esperar o trem E seguia para a estação aguardar o trem que se aproximava.
  • 6. Todos os dias, toda manhã Sistemático; diariamente ele repetia aquela mesma atividade...
  • 7. Ele sozinho na plataforma Só que ela estava vazia naquela hora, todos sabiam, porque não era um trem programado para parar.
  • 8. Ouve o apito, sente a fumaça Mas... Em certo momento que só ele sabia, sentia no ar a sua presença, se colocava de prontidão.
  • 9. E vê chegar o amigo trem Pronto, lá vinha a Maria-Fumaça se aproximando da plataforma à toda velocidade.
  • 10. Que acontece que nunca parou Que passava e prosseguia sem mesmo se dar conta de onde estava e que ali...
  • 11. Nessa cidade de fim de mundo Era como se estivessem no meio de lugar algum.
  • 12. E quem viaja pra capital Era o trem-expresso que seguia para a Capital.
  • 13. Não tem olhar para o braço que acenou Os de bordo nem sequer se davam ao trabalho de observa Pinduca de pé em sua posição, braço erguido acenando para o maquinista e passageiros.
  • 14. O gesto humano fica no ar Mas o que tem isso de importante...
  • 15. O abandono fica maior Eles se foram deixando um ar de vazio...
  • 16. E lá na curva desaparece com sua fé E a curva acabava com a sua fé e compromisso, que seriam renovados no dia seguinte .
  • 17. Homem que é homem não perde a esperança não Certa vez perguntaram a Pinduca o por quê daquela rotina diária. Tenho um compromisso firmado comigo mesmo, respondeu.
  • 18. Ele vai parar De que um dia o trem irá parar por algum motivo e que o maquinista irá precisar do meu auxílio, mesmo que não fosse minha obrigação estar lá.
  • 19. Quem é teimoso não sonha outro sonho não E quando isso acontecer, lá estarei para prestar a ajuda que for necessária, completou.
  • 20. Qualquer dia ele para Qualquer dia ele para e tenho fé de que isto irá acontecer, acrescentou – eis o seu sonho e compromisso de ser prestativo.
  • 21. E assim Pinduca toda manhã E é por isso que na manhã seguinte...
  • 22. Sorriso aberto e roupa nova Com aquele mesmo sorriso de sempre, vestido impecavelmente como sempre...
  • 23. Passarim preto de terno branco Aquele simpático negro vestido de branco...
  • 24. Vem renovar a sua fé Renova o seu compromisso com a sua fé, na plataforma da estação do trem...
  • 25. Homem que é homem não perde a esperança não
  • 26. O trem vai parar De que um dia o trem irá parar por algum motivo e que o maquinista irá precisar do seu auxílio, mesmo que não fosse sua obrigação de estar lá.
  • 27. Quem é teimoso não sonha outro sonho não E quando isso acontecer, lá ele estará para prestar a ajuda que for necessária.
  • 28. Qualquer dia ele para Qualquer dia ele para e ele tem fé de que isto um dia irá acontecer – seu sonho e compromisso de ser prestativo.
  • 29. E assim Pinduca toda manhã E é por isso que na manhã seguinte...
  • 30. Sorriso aberto e roupa nova Com aquele mesmo sorriso de sempre, vestido impecavelmente como sempre...
  • 31. Passarim preto de terno branco Aquele simpático negro vestido de branco...
  • 32. Vem renovar a sua fé Renova o seu compromisso com a sua fé, na plataforma da estação do trem...