SlideShare uma empresa Scribd logo
Agrupamento Vertical de Escolas Dr.Garcia Domingues – Silves




                               Professor : Tito Romeu
                               Aluno : Elena Marjineanu nº6
                                       Rodrigo Martins nº17
                                                              9ºA
                               Disciplina : EMRC


                   Ano Lectivo 2010/2011
Objectivos:

 Luta contra o VIH/SIDA;
 Luta contra a Malária;
 Depósito de Medicamentos;
 Criação de Lares.
O porquê?

 Foi criado com o objectivo para ajudar as
  pessoas a desenvolverem as suas capacidades
   e para haver um desenvolvimento humano
  também.
 Queremos que no futuro, estas populações,
  que são as mais pobres do mundo, que
  adquiram acesso à prestação de cuidados
  básicos e a melhoria da qualidade de vida.
Como Trabalhamos?!

 Somos uma equipa bem preparada para estas
  “missões”;
 A nossa equipa é separada em vários grupos, que
  actuam nas diferentes cidades:
     Moçambique;
     Guiné-Bissau;
     África do Sul.
 Fazemos chegar às aldeias medicamentos, e
  tentamos dar as condições mínimas que cada um
  precisa, e às vezes, se possível, ajudamos na
  construção de lares, etc..
Recursos Necessários

 A realização deste projecto é a base de
  doações feita pela população.
 Cada pessoa escolhe em qual das cidades
  acima referias quer aplicar a sua doação.
 Em colaboração com as parcerias:
     Mini Zebra;
     Mercaditee;
     Banco Banana.
Avaliação:

 Este processo será avaliado pelo “chefe” de
  cada grupo.
 Esse mesmo chefe é elegido à sorte antes da
  partida dos grupos para África.
Contrapartidas:

 Como todos os projectos este também tem
  as suas contrapartidas.
 Tais como se algum membro dos grupos ficar
  doente, ou pior tiver um acidente mortal.
 Todos os nossos grupos têm seguro para
  estas situações.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Cuadros conceptuales alexis
Cuadros conceptuales alexisCuadros conceptuales alexis
Cuadros conceptuales alexis
alexdalaiton950317
 
Palacio da Justiça
Palacio da JustiçaPalacio da Justiça
Palacio da Justiça
Lucas19
 
Historia y evolucion de la pc
Historia y evolucion de la pcHistoria y evolucion de la pc
Historia y evolucion de la pc
juandavidlenis
 
Aprentacao projetor
Aprentacao projetorAprentacao projetor
Aprentacao projetor
NTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Six Sigma y otras herramientas
Six Sigma y otras herramientasSix Sigma y otras herramientas
Six Sigma y otras herramientas
alex_caradura
 
simbolos raciais
simbolos raciaissimbolos raciais
simbolos raciais
guest45a271
 
Redes
RedesRedes
Redes
nticxjb
 
Informatica lunes tabla ruth
Informatica lunes tabla ruthInformatica lunes tabla ruth
Informatica lunes tabla ruth
daylinsojo1
 
Dinâmica 2
Dinâmica 2Dinâmica 2
Dinâmica 2
SEEDUC-RJ
 
Informe sobre rentabilidad bankimia
Informe sobre rentabilidad bankimiaInforme sobre rentabilidad bankimia
Informe sobre rentabilidad bankimia
CrediMarket
 
Jeremy Rifkin em Curitiba
Jeremy Rifkin  em CuritibaJeremy Rifkin  em Curitiba
Jeremy Rifkin em Curitiba
augustodefranco .
 
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-FinalArtigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
thiago.lenz
 
Feliz Natal 1197389316121379 4
Feliz Natal 1197389316121379 4Feliz Natal 1197389316121379 4
Feliz Natal 1197389316121379 4
leljab
 
Grupo 02 Objetos
Grupo 02   ObjetosGrupo 02   Objetos
Grupo 02 Objetos
Josefa Araujo
 
La dinámica
La dinámicaLa dinámica
La dinámica
Juan Silva Villa
 
Signos de puntuación
Signos de puntuaciónSignos de puntuación
Signos de puntuación
Stephanie Carozzi
 
Gupo 01 ExpressãO Humana
Gupo 01   ExpressãO HumanaGupo 01   ExpressãO Humana
Gupo 01 ExpressãO Humana
Josefa Araujo
 
Capela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
Capela Nossa Senhora Aparecida Para TombamentoCapela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
Capela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
Angelo Rigon
 
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez RoccaENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
Adolfo Vasquez Rocca
 

Destaque (20)

Cuadros conceptuales alexis
Cuadros conceptuales alexisCuadros conceptuales alexis
Cuadros conceptuales alexis
 
Palacio da Justiça
Palacio da JustiçaPalacio da Justiça
Palacio da Justiça
 
Historia y evolucion de la pc
Historia y evolucion de la pcHistoria y evolucion de la pc
Historia y evolucion de la pc
 
Aprentacao projetor
Aprentacao projetorAprentacao projetor
Aprentacao projetor
 
Six Sigma y otras herramientas
Six Sigma y otras herramientasSix Sigma y otras herramientas
Six Sigma y otras herramientas
 
simbolos raciais
simbolos raciaissimbolos raciais
simbolos raciais
 
Curso
CursoCurso
Curso
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Informatica lunes tabla ruth
Informatica lunes tabla ruthInformatica lunes tabla ruth
Informatica lunes tabla ruth
 
Dinâmica 2
Dinâmica 2Dinâmica 2
Dinâmica 2
 
Informe sobre rentabilidad bankimia
Informe sobre rentabilidad bankimiaInforme sobre rentabilidad bankimia
Informe sobre rentabilidad bankimia
 
Jeremy Rifkin em Curitiba
Jeremy Rifkin  em CuritibaJeremy Rifkin  em Curitiba
Jeremy Rifkin em Curitiba
 
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-FinalArtigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
Artigo_Thiago_Lenz_versao2.3-Final
 
Feliz Natal 1197389316121379 4
Feliz Natal 1197389316121379 4Feliz Natal 1197389316121379 4
Feliz Natal 1197389316121379 4
 
Grupo 02 Objetos
Grupo 02   ObjetosGrupo 02   Objetos
Grupo 02 Objetos
 
La dinámica
La dinámicaLa dinámica
La dinámica
 
Signos de puntuación
Signos de puntuaciónSignos de puntuación
Signos de puntuación
 
Gupo 01 ExpressãO Humana
Gupo 01   ExpressãO HumanaGupo 01   ExpressãO Humana
Gupo 01 ExpressãO Humana
 
Capela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
Capela Nossa Senhora Aparecida Para TombamentoCapela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
Capela Nossa Senhora Aparecida Para Tombamento
 
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez RoccaENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
ENSAYOS SOBRE SARTRE Y EL EXISTENCIALISMO Dr. Adolfo Vásquez Rocca
 

Semelhante a Projecto vida

8 jeitos criancas
8 jeitos criancas8 jeitos criancas
8 jeitos criancas
Vanessa Reis
 
8 jeitos_criancas.pdf
8 jeitos_criancas.pdf8 jeitos_criancas.pdf
8 jeitos_criancas.pdf
André Luiz Panegalli
 
8 jeitos de mudar o mundo para crianças
8 jeitos de mudar o mundo para crianças8 jeitos de mudar o mundo para crianças
8 jeitos de mudar o mundo para crianças
Marisa Seara
 
Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade
karolkrater
 
Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDAPortfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
Victor S. Gomez
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedade
blog9e
 
8 jeitos de mudar o mundo
8 jeitos de mudar o mundo8 jeitos de mudar o mundo
8 jeitos de mudar o mundo
Marisa Seara
 
Guia do Ativador
Guia do AtivadorGuia do Ativador
Guia do Ativador
Andreia Andrade
 
A.M.I assistência medica internacional
A.M.I assistência medica internacionalA.M.I assistência medica internacional
A.M.I assistência medica internacional
Neguinho Chocolatado
 
Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
Espaço Emrc
 
Allan e Guilherme 721
Allan e Guilherme 721Allan e Guilherme 721
Allan e Guilherme 721
Patrícia Siffert
 
Trabalho de historia 2º f vespetino balbino
Trabalho de historia 2º f vespetino balbinoTrabalho de historia 2º f vespetino balbino
Trabalho de historia 2º f vespetino balbino
Jorgelgl
 
(Transformar) Impacto_I
(Transformar) Impacto_I(Transformar) Impacto_I
(Transformar) Impacto_I
Ink_conteudos
 
(Transformar) Impacto_II
(Transformar) Impacto_II(Transformar) Impacto_II
(Transformar) Impacto_II
Ink_conteudos
 
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio aOrganizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
R C
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
Cristinapg
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
Cristinapg
 
Catalogo de estratégias comunitarias
Catalogo de estratégias comunitariasCatalogo de estratégias comunitarias
Catalogo de estratégias comunitarias
Alinebrauna Brauna
 

Semelhante a Projecto vida (20)

8 jeitos criancas
8 jeitos criancas8 jeitos criancas
8 jeitos criancas
 
8 jeitos_criancas.pdf
8 jeitos_criancas.pdf8 jeitos_criancas.pdf
8 jeitos_criancas.pdf
 
8 jeitos de mudar o mundo para crianças
8 jeitos de mudar o mundo para crianças8 jeitos de mudar o mundo para crianças
8 jeitos de mudar o mundo para crianças
 
Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade
 
Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..
 
Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..
 
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDAPortfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
Portfolio Association Enfants d’Amazonie - AEDA
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedade
 
8 jeitos de mudar o mundo
8 jeitos de mudar o mundo8 jeitos de mudar o mundo
8 jeitos de mudar o mundo
 
Guia do Ativador
Guia do AtivadorGuia do Ativador
Guia do Ativador
 
A.M.I assistência medica internacional
A.M.I assistência medica internacionalA.M.I assistência medica internacional
A.M.I assistência medica internacional
 
Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
 
Allan e Guilherme 721
Allan e Guilherme 721Allan e Guilherme 721
Allan e Guilherme 721
 
Trabalho de historia 2º f vespetino balbino
Trabalho de historia 2º f vespetino balbinoTrabalho de historia 2º f vespetino balbino
Trabalho de historia 2º f vespetino balbino
 
(Transformar) Impacto_I
(Transformar) Impacto_I(Transformar) Impacto_I
(Transformar) Impacto_I
 
(Transformar) Impacto_II
(Transformar) Impacto_II(Transformar) Impacto_II
(Transformar) Impacto_II
 
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio aOrganizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
 
Catalogo de estratégias comunitarias
Catalogo de estratégias comunitariasCatalogo de estratégias comunitarias
Catalogo de estratégias comunitarias
 

Mais de Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes

Trabalho de grupo 5ºa
Trabalho de grupo 5ºaTrabalho de grupo 5ºa
Silves cristã
Silves cristãSilves cristã
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
áGua
áGuaáGua
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silvesA arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silves
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Arte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºaArte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºa
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Joao arez e pedro
Joao arez e pedroJoao arez e pedro
Historia do rock
Historia do rockHistoria do rock
O nosso planeta
O nosso planetaO nosso planeta
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Apresentação moral
Apresentação   moralApresentação   moral
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Religião
ReligiãoReligião
Monoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmoMonoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmo
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
Projecto vida
Projecto vidaProjecto vida
Projecto ines costa 9 a
Projecto  ines costa 9 aProjecto  ines costa 9 a
Projecto ines costa 9 a
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
O preconceitoines
O preconceitoinesO preconceitoines
O preconceito joão ramalho
O preconceito joão ramalhoO preconceito joão ramalho
O preconceito joão ramalho
Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes
 
O preconceito ruben
O preconceito rubenO preconceito ruben

Mais de Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes (20)

Trabalho de grupo 5ºa
Trabalho de grupo 5ºaTrabalho de grupo 5ºa
Trabalho de grupo 5ºa
 
Silves cristã
Silves cristãSilves cristã
Silves cristã
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da água
 
áGua
áGuaáGua
áGua
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da água
 
A arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silvesA arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silves
 
Arte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºaArte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºa
 
Joao arez e pedro
Joao arez e pedroJoao arez e pedro
Joao arez e pedro
 
Historia do rock
Historia do rockHistoria do rock
Historia do rock
 
O nosso planeta
O nosso planetaO nosso planeta
O nosso planeta
 
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
 
Apresentação moral
Apresentação   moralApresentação   moral
Apresentação moral
 
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
 
Religião
ReligiãoReligião
Religião
 
Monoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmoMonoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmo
 
Projecto vida
Projecto vidaProjecto vida
Projecto vida
 
Projecto ines costa 9 a
Projecto  ines costa 9 aProjecto  ines costa 9 a
Projecto ines costa 9 a
 
O preconceitoines
O preconceitoinesO preconceitoines
O preconceitoines
 
O preconceito joão ramalho
O preconceito joão ramalhoO preconceito joão ramalho
O preconceito joão ramalho
 
O preconceito ruben
O preconceito rubenO preconceito ruben
O preconceito ruben
 

Projecto vida

  • 1. Agrupamento Vertical de Escolas Dr.Garcia Domingues – Silves Professor : Tito Romeu Aluno : Elena Marjineanu nº6 Rodrigo Martins nº17 9ºA Disciplina : EMRC Ano Lectivo 2010/2011
  • 2. Objectivos:  Luta contra o VIH/SIDA;  Luta contra a Malária;  Depósito de Medicamentos;  Criação de Lares.
  • 3. O porquê?  Foi criado com o objectivo para ajudar as pessoas a desenvolverem as suas capacidades e para haver um desenvolvimento humano também.  Queremos que no futuro, estas populações, que são as mais pobres do mundo, que adquiram acesso à prestação de cuidados básicos e a melhoria da qualidade de vida.
  • 4. Como Trabalhamos?!  Somos uma equipa bem preparada para estas “missões”;  A nossa equipa é separada em vários grupos, que actuam nas diferentes cidades:  Moçambique;  Guiné-Bissau;  África do Sul.  Fazemos chegar às aldeias medicamentos, e tentamos dar as condições mínimas que cada um precisa, e às vezes, se possível, ajudamos na construção de lares, etc..
  • 5. Recursos Necessários  A realização deste projecto é a base de doações feita pela população.  Cada pessoa escolhe em qual das cidades acima referias quer aplicar a sua doação.  Em colaboração com as parcerias:  Mini Zebra;  Mercaditee;  Banco Banana.
  • 6. Avaliação:  Este processo será avaliado pelo “chefe” de cada grupo.  Esse mesmo chefe é elegido à sorte antes da partida dos grupos para África.
  • 7. Contrapartidas:  Como todos os projectos este também tem as suas contrapartidas.  Tais como se algum membro dos grupos ficar doente, ou pior tiver um acidente mortal.  Todos os nossos grupos têm seguro para estas situações.