SlideShare uma empresa Scribd logo
“ Os olhos de quem vê”
U m dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres.
O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde cedo passar esses valores  para  seu herdeiro.
Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo.
Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho: - E aí, filhão, como foi a viagem para você ? - Muito boa, papai, respondeu o pequeno. - Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza ? - Sim pai ! Retrucou o filho,  p ensativamente. - E o que você aprendeu, com tudo o que viu nesses dias, naquele lugar tão paupérrimo  ?
O menino respondeu: -  É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.
Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu. Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha. Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas !
O filho suspirou e continuou: - E além do mais papai, observei que eles rezam antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios, dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto !
No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.
Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós.  Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.
Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefato, sem graça e envergonhado. O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou: -  Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres !
MORAL DA HISTÓRIA  Não é o que você é, o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto !  Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza.
Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas ,  então...
Você tem tudo!             Desconheço a Autoria

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Marcadores de Natal
Marcadores de Natal Marcadores de Natal
Marcadores de Natal
Maria Meinedo
 
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhosHistoria do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Alice Lirio
 
Feliz dia dos pais
Feliz dia dos paisFeliz dia dos pais
Feliz dia dos pais
Marcelo De Oliveira
 
DèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo HqDèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo Hq
guest579fa6
 
Homenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos PaisHomenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos Pais
Eduk On
 
Avo&avo
Avo&avoAvo&avo
Avo&avo
Andre Lenz
 

Mais procurados (6)

Marcadores de Natal
Marcadores de Natal Marcadores de Natal
Marcadores de Natal
 
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhosHistoria do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
 
Feliz dia dos pais
Feliz dia dos paisFeliz dia dos pais
Feliz dia dos pais
 
DèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo HqDèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo Hq
 
Homenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos PaisHomenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos Pais
 
Avo&avo
Avo&avoAvo&avo
Avo&avo
 

Semelhante a Os Olhos de Quem Vê

O rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoceO rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoce
Presentepravoce SOS
 
Mensagem riqueza e pobreza
Mensagem   riqueza e pobrezaMensagem   riqueza e pobreza
Mensagem riqueza e pobreza
Central Do Trabalho RH
 
Riqueza e-pobreza d+++
Riqueza e-pobreza  d+++Riqueza e-pobreza  d+++
Riqueza e-pobreza d+++
siaromjo
 
Riqueza na-pobreza
Riqueza na-pobrezaRiqueza na-pobreza
Riqueza na-pobreza
siaromjo
 
Riqueza e pobreza
Riqueza e pobrezaRiqueza e pobreza
Riqueza e pobreza
radioportal
 
Ensino religioso 2
Ensino religioso 2Ensino religioso 2
Ensino religioso 2
Atividades Diversas Cláudia
 
Riqueza
RiquezaRiqueza
Riqueza
Anjovison .
 
A Verdadeira Riqueza
A Verdadeira RiquezaA Verdadeira Riqueza
A Verdadeira Riqueza
JNR
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
ProfCalazans
 
Riqueza e Pobreza
Riqueza e PobrezaRiqueza e Pobreza
Riqueza e Pobreza
Alfweb Sistemas
 
Riqueza E Pobreza
Riqueza E PobrezaRiqueza E Pobreza
Riqueza E Pobreza
VVCX
 
Rezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em famíliaRezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em família
Fraternitas Movimento
 
A riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobrezaA riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobreza
Mensagens Virtuais
 
Ano das estrelas 01-08-2013
Ano das estrelas  01-08-2013Ano das estrelas  01-08-2013
Ano das estrelas 01-08-2013
Mãos Sem Fronteiras Brasil
 
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 2516827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
Ana Cristina Freitas
 
A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos
SabrinaVieira43
 
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
Ajudaris 2017   AE ArcozeloAjudaris 2017   AE Arcozelo
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
AEA-BE
 
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
Alice Lirio
 
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as criançasComo trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Maraiza Gomes Meireles
 
Relatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionáriaRelatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionária
Bruno Da Montanha
 

Semelhante a Os Olhos de Quem Vê (20)

O rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoceO rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoce
 
Mensagem riqueza e pobreza
Mensagem   riqueza e pobrezaMensagem   riqueza e pobreza
Mensagem riqueza e pobreza
 
Riqueza e-pobreza d+++
Riqueza e-pobreza  d+++Riqueza e-pobreza  d+++
Riqueza e-pobreza d+++
 
Riqueza na-pobreza
Riqueza na-pobrezaRiqueza na-pobreza
Riqueza na-pobreza
 
Riqueza e pobreza
Riqueza e pobrezaRiqueza e pobreza
Riqueza e pobreza
 
Ensino religioso 2
Ensino religioso 2Ensino religioso 2
Ensino religioso 2
 
Riqueza
RiquezaRiqueza
Riqueza
 
A Verdadeira Riqueza
A Verdadeira RiquezaA Verdadeira Riqueza
A Verdadeira Riqueza
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
 
Riqueza e Pobreza
Riqueza e PobrezaRiqueza e Pobreza
Riqueza e Pobreza
 
Riqueza E Pobreza
Riqueza E PobrezaRiqueza E Pobreza
Riqueza E Pobreza
 
Rezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em famíliaRezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em família
 
A riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobrezaA riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobreza
 
Ano das estrelas 01-08-2013
Ano das estrelas  01-08-2013Ano das estrelas  01-08-2013
Ano das estrelas 01-08-2013
 
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 2516827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
 
A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos
 
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
Ajudaris 2017   AE ArcozeloAjudaris 2017   AE Arcozelo
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
 
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
 
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as criançasComo trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as crianças
 
Relatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionáriaRelatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionária
 

Mais de Centro Espírita Humildes com Jesus

O Tijolo
O TijoloO Tijolo
O Pacote de Biscoito
O Pacote de BiscoitoO Pacote de Biscoito
O Barbeiro
O BarbeiroO Barbeiro
Necessidades
NecessidadesNecessidades
Hospital Divino
Hospital DivinoHospital Divino
Guimarães Rosa e o Esperanto
Guimarães Rosa e o EsperantoGuimarães Rosa e o Esperanto
Guimarães Rosa e o Esperanto
Centro Espírita Humildes com Jesus
 
Deus
DeusDeus
Aniversario De Jesus
Aniversario De JesusAniversario De Jesus
Acordar
AcordarAcordar
Abraços
AbraçosAbraços
A Entrevista
A EntrevistaA Entrevista
Vocabulario
VocabularioVocabulario
extos de Gabriel Garcia Marques
extos de Gabriel Garcia Marquesextos de Gabriel Garcia Marques
extos de Gabriel Garcia Marques
Centro Espírita Humildes com Jesus
 
As Sete Maravilhas
As Sete MaravilhasAs Sete Maravilhas
Derramando Pétalas
Derramando PétalasDerramando Pétalas
O Preço de um Milagre
O Preço de um MilagreO Preço de um Milagre
O Preço de um Milagre
Centro Espírita Humildes com Jesus
 
Oração Do Amigo
Oração Do AmigoOração Do Amigo
Loja De Deus
Loja De DeusLoja De Deus
A Terra Em Miniatura
A Terra Em MiniaturaA Terra Em Miniatura
Ser Feliz
Ser FelizSer Feliz

Mais de Centro Espírita Humildes com Jesus (20)

O Tijolo
O TijoloO Tijolo
O Tijolo
 
O Pacote de Biscoito
O Pacote de BiscoitoO Pacote de Biscoito
O Pacote de Biscoito
 
O Barbeiro
O BarbeiroO Barbeiro
O Barbeiro
 
Necessidades
NecessidadesNecessidades
Necessidades
 
Hospital Divino
Hospital DivinoHospital Divino
Hospital Divino
 
Guimarães Rosa e o Esperanto
Guimarães Rosa e o EsperantoGuimarães Rosa e o Esperanto
Guimarães Rosa e o Esperanto
 
Deus
DeusDeus
Deus
 
Aniversario De Jesus
Aniversario De JesusAniversario De Jesus
Aniversario De Jesus
 
Acordar
AcordarAcordar
Acordar
 
Abraços
AbraçosAbraços
Abraços
 
A Entrevista
A EntrevistaA Entrevista
A Entrevista
 
Vocabulario
VocabularioVocabulario
Vocabulario
 
extos de Gabriel Garcia Marques
extos de Gabriel Garcia Marquesextos de Gabriel Garcia Marques
extos de Gabriel Garcia Marques
 
As Sete Maravilhas
As Sete MaravilhasAs Sete Maravilhas
As Sete Maravilhas
 
Derramando Pétalas
Derramando PétalasDerramando Pétalas
Derramando Pétalas
 
O Preço de um Milagre
O Preço de um MilagreO Preço de um Milagre
O Preço de um Milagre
 
Oração Do Amigo
Oração Do AmigoOração Do Amigo
Oração Do Amigo
 
Loja De Deus
Loja De DeusLoja De Deus
Loja De Deus
 
A Terra Em Miniatura
A Terra Em MiniaturaA Terra Em Miniatura
A Terra Em Miniatura
 
Ser Feliz
Ser FelizSer Feliz
Ser Feliz
 

Último

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (14)

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

Os Olhos de Quem Vê

  • 1. “ Os olhos de quem vê”
  • 2. U m dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres.
  • 3. O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde cedo passar esses valores para seu herdeiro.
  • 4. Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo.
  • 5. Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho: - E aí, filhão, como foi a viagem para você ? - Muito boa, papai, respondeu o pequeno. - Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza ? - Sim pai ! Retrucou o filho, p ensativamente. - E o que você aprendeu, com tudo o que viu nesses dias, naquele lugar tão paupérrimo ?
  • 6. O menino respondeu: - É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.
  • 7. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu. Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha. Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas !
  • 8. O filho suspirou e continuou: - E além do mais papai, observei que eles rezam antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios, dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto !
  • 9. No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.
  • 10. Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós. Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.
  • 11. Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefato, sem graça e envergonhado. O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou: - Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres !
  • 12. MORAL DA HISTÓRIA Não é o que você é, o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto ! Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza.
  • 13. Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas , então...
  • 14. Você tem tudo! Desconheço a Autoria