SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Normas para a produção e publicação de
trabalhos científicos na Universidade
Rovuma
Montepuez, 16 de Janeiro de 2021
Estrutura de apresentação
1. CONTEXTUALIZAÇÃO
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
3. ASPECTOS GRÁFICOS DOS TRABALHOS
4. CITAÇÕES
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
6. EXEMPLOS
7. CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. CONTEXTUALIZAÇÃO
Criação da Universidade Rovuma, gera a necessidade de rever alguns instrumentos
normativos.
As Normas para a produção e publicação de trabalhos científicos na Universidade
Rovuma visam garantir rigor, qualidade, sistematicidade e ética tanto na produção
como na partilha dos resultados da pesquisa.
Modelo das Normas da American Psycologcal Association (APA).
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Projecto de pesquisa
1. Tema 8. Metodologia
2. Delimitação 9. Orçamentação
3. Problematização 10. Cronograma
4. Justificativa 11. Bibliografia.
5. Objectivos
6. Hipóteses
7. Revisão de literatura ou Teoria de base
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Monografia, Dissertação e Tese
Elementos pré-textuais
 Capa: nome do autor, o título, subtítulo (caso haja), volume, nome da universidade,
local (cidade), ano do depósito.
 Folha do rosto: todos os elementos da capa e acresce-se a descrição da
finalidade/natureza do trabalho.
 Folha de aprovação: inserida depois da defesa do trabalho, deve conter o nome do
autor, título (e subtítulo, se houver), natureza, objectivos, nome da instituição, área
de concentração, data da aprovação, nome, titulação, assinatura dos membros do
júri e as instituições a que fazem parte.
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Monografia, Dissertação e Tese
Elementos pré-textuais
 Sumário: enumeração e indicação das páginas das principais divisões, secções e
outras partes de um documento, na mesma ordem em que a matéria nele se
sucede.
 Declaração: é manifestada a autoria do trabalho.
 Dedicatória (opcional): deve ser breve e colocada à margem direita inferior da
folha.
 Agradecimentos (opcional): constam as notas de agradecimento do autor a todas
as pessoas que contribuíram na elaboração do trabalho.
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Monografia, Dissertação e Tese
Elementos pré-textuais
 Epígrafe (opcional): é uma citação directa escolhida pelo autor destacada no
trabalho como inspiradora. A localização fica a critério da estética do autor do
trabalho, podendo estar nas folhas de abertura das secções primárias.
 Resumo em língua oficial e em língua estrangeira (inglês ou francês): texto (e não
tópicos) que represente um resumo conciso do trabalho, com máximo de 250
palavras.
 Lista (s) (figuras, tabelas, siglas, símbolos e abreviatura) – apresentados
separadamente, consiste na indicação do nome da ilustração e a página onde se
encontra.
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Monografia, Dissertação e Tese
Elementos textuais
 Introdução – formulação clara e simples do tema investigado, a apresentação
sintética da questão, a justificativa, o objecto e os objectivos, a importância da
metodologia utilizada, a estrutura do trabalho e rápida referência a trabalhos
anteriores realizados sobre o mesmo assunto.
 Desenvolvimento – ocorre a fundamentação lógica do trabalho de pesquisa e é
apresentada e desenvolvida toda a pesquisa.
 Conclusão – resumo completo, mas sintetizado, da argumentação dos dados e dos
exemplos constantes das duas primeiras partes do trabalho. O autor avalia os
resultados obtidos e propondo soluções e aplicações práticas.
2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS
 Monografia, Dissertação e Tese
Elementos pós-textuais
 Referências: indicação de documentos, publicações.
 Anexos (se achar necessário): material elaborado por terceiros, que devem ser
identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e respectivos títulos.
 Apêndices: material suplementar elaborados pelo autor.
 Glossário (opcional): consiste na explicação dos termos técnicos, verbetes ou
expressões que constam do texto.
 Índice (s) (opcional): contém a relação pormenorizada dos assuntos, nomes,
pessoas etc., observando a ordem alfabética acompanhados das páginas em que
são comentados dentro do trabalho.
3. ASPECTOS GRÁFICOS DOS TRABALHOS
Tipo de letra: Times New Roman ou Arial
Tamanho: 12
Espaçamento entre linhas: 1.5
Alinhamento: Justificado
Margens superior e esquerda: 3cm
Margens inferior e direita: 2cm.
N.B. Excepção para resumo, citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé.
4. CITAÇÕES
A citação comporta a referência no texto a uma ideia de um autor com a finalidade de
robustecer os nossos argumentos ou discuti-los (Normas para Produção e Publicação
de Trabalhos Científicos da Universidade Rovuma, 2020)
Modelo Autor-data. Deve-se indicar o autor, o ano e a página ou número do parágrafo
para material sem paginação.
4. CITAÇÕES
Organização dos elementos
 Um autor: Apelido (data), no início ou (Apelido, data), no fim da citação.
 Dois a três autores: Apelido1 e Apelido2 (data), no início ou (Apelido1 & Apelido2,
data), no fim da citação.
 Quatro a sete ou cinco autores: Autor et al (data) ou (Autor et al, data), quando
citados repetidas vezes. Caso contrário aplica-se a regra de até três autores.
 Seis a sete autores: Autor et al (data)… (página) ou (Autor et al, data, página)
 Com oito ou mais autores: colocam-se os primeiros seis autores, seguido de três
pontos com espaço entre eles (. . .) e acrescenta-se o nome do último autor.
Contudo na citação insere-se o nome do primeiro autor, seguida a expressão et al.
4. CITAÇÕES
Aspectos gráficos a considerar nas citações.
 Citação directa até três linhas: o texto fica entre aspas (“) ou, quando a citação já
tem aspas, entre aspas simples (‘), tamanho da letra 12, espaço entre linhas 1,5,
devendo especificar a(s) página(s), através de p. (para uma página) e pp. (para
várias páginas).
 Citações directas com mais de três linhas: o tamanho da letra deve ser 11, recuada
a 1,25cm e o espaço entre linhas simples (1cm). O texto não fica entre aspas.
 Citação em língua estrangeira: deve-se especificar no fim do texto traduzido que é
“tradução nossa” e em nota de rodapé vai a citação na língua original.
4. CITAÇÕES
Diversidade de documentos/obras citados
 Mesmo autor, mesma data de publicação, mas títulos diferentes: diferenciar as
obras em letras a, b, c…
 Diversos autores no mesmo parágrafo: separam-se os autores e datas por ponto e
vírgula e são organizados em ordem alfabética.
 Autores com mesmo apelido e mesma data de publicação: são diferenciados pelo
primeiro nome.
 Obra sem indicação de autoria: usam-se as primeiras letras do título ou todo (se
não for grande), usam-se aspas duplas no título do artigo ou capítulo e itálico no
título do periódico (revista científica), folheto ou relatório.
 Documentos jurídicos: nome do documento e data. Deve estar em itálico.
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 Um autor: Apelido, Nomes (abreviaturas) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local:
Editora.
 Até 3 autores: Apelido, Nome(abreviado); Apelido, Nome & Apelido, Nome (Data).
Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.
 Quatro a cinco autores: Apelido, Nome1 (abreviado), Apelido, Nome2 (abreviado),
Apelido, Nome3 (abreviado), Apelido, Nome4 (abreviado), Apelido, Nome5
(abreviado) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.
 Seis a sete autores: adopta norma similar a de 4 a 5 autores
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 Mais de 8 autores: Apelido, Nome1 (abreviado), Apelido, Nome2 (abreviado),
Apelido, Nome3 (abreviado), Apelido, Nome4 (abreviado), Apelido, Nome5
(abreviado), Apelido, Nome6 (abreviado) (. . .) Apelido, Nome do último
autor(abreviado) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.
 Capítulo de livro: Apelido, Nome (Data). Capítulo. In Nome, Apelido, Título do livro,
Local: editora.
 Artigo em Revista: Apelido, Nome (abreviado) (data). Título: subtítulo. Revista.
Volume, número, meses, data, páginas.
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 Documento sem indicação do autor: Título: subtítulo (se tiver) (data).
Entidade/Organização. Páginas
 Livros electrónico: Apelido(s), Nome (Data) . Título : subtítulo (se tiver) . Disponível
em:
 Artigo electrónico: Apelido, Nome (abreviado) (data). Título: subtítulo. Revista.
Volume, némro, meses, data, páginas. Disponível em:
6. EXEMPLOS
 Um autor
Citação: Ngoenha (2017), … (p.15) ou …(Ngoenha, 2017, p. 15)
Referência bibliográfica: Ngoenha, S. E (2017). Resistir a Abadon. Maputo: Paulinas.
 Dois autores
Citação: Cuco e Santos (2019), … ou …(Cuco & Santos, 2019)
Referência bibliográfica: Santos, M. J.C. B. dos & Cuco, A. F. (2019). Disputas
identitárias, imprensa e Democracia: olhares sobre os processos de construção do
“Nós”. Maputo: CIEDIMA.
6. EXEMPLOS
 Até 3 autores
Citação: LeDuc, Niemi e Norris (2002), ... Ou …(LeDuc, Niemi & Norris, 2002).
Referência bibliográfica: LeDuc, L; Niemi, R. G; Norris, P (2002). Comparing
democracies 2: new challenges in the study of election and voting. London: SAGE
Publications.
6. EXEMPLOS
 Quatro a sete autores
Citação: Cuinica et al, (2013), … ou …(Cuinica et al, 2013).
N.B.: Na primeira vez que se citam 4 ou 5 autores devem ser inseridos nomes de todos
os autores.
Referência bibliográfica: Cuinica, G. C., Abreu, I., Gomes, C.R & Silva, J. C.G. E (2013).
Exposure of Betula pendula Roth pollen to atmospheric pollutants CO, O3 and SO2.
Revista Grana, vol. 52, nº 4 p. 299-304. Disponível em: (indicar a página de internet
onde recuperou a informação).
6. EXEMPLOS
 Oito ou mais autores
Citação: Castiano et al. (2019), … ou …(Castiano et al, 2019)
Referência bibliografia: Castiano, J.P., Raboco, R., Pereira, D. M. P., Muianga, S.,
Morais, M.J., Pedro, F. A., . . .3 Tendai, T. (2019). Moçambique neoliberal:
perspectivas críticas teóricas e da práxis. Quelimane: Ethale Publishing & Editora
Educar.
7. CONSIDERAÇÕES FINAIS
Mudança de MAIUSCULAS para Maiúsculas só no início do apelido do autor;
mudanças na inserção do ano e ordem entre editora e local.
Há aspectos que precisam ser descritos tendo em conta as especificidades de cada
departamento e curso.
Para outras formas de citação/referenciar não descritas nas Normas para produção e
publicação de trabalhos científicos, deve-se consultar as Normas APA, 6ª edição ou
seguinte (sempre que houver actualização).
O processo de socialização deve-se verificar também nas turmas, sobretudo nas do
quarto ou quinto anos, de modo que se possam familiarizar-se com os novos
procedimentos de concepção de trabalhos científicos.
Normas para a produção e publicação de
trabalhos científicos na Universidade
Rovuma
Montepuez, 16 de Janeiro de 2021

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE 2020 (1).pptx

Diretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigosDiretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigos
direito_profsmartins
 
Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?
sousamendes
 
Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6
Beacarol
 
Normas Artigo Design
Normas Artigo DesignNormas Artigo Design
Normas Artigo Design
martha
 
Www.unifra.br temp resumoexpandido
Www.unifra.br temp resumoexpandidoWww.unifra.br temp resumoexpandido
Www.unifra.br temp resumoexpandido
xiko22
 

Semelhante a NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE 2020 (1).pptx (20)

MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.docMODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
 
guiatcc
guiatccguiatcc
guiatcc
 
Diretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigosDiretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigos
 
Relatório científico
Relatório científicoRelatório científico
Relatório científico
 
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
 
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptxV Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
V Grupo A-Normas APA 7ed.pptx
 
Como fazer citações bibliográficas
Como fazer citações bibliográficasComo fazer citações bibliográficas
Como fazer citações bibliográficas
 
Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?Como fazer citações bibliográficas?
Como fazer citações bibliográficas?
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
 
FORMATAÇÃO Norma ABNT Brasil 20231.pptx
FORMATAÇÃO Norma ABNT Brasil  20231.pptxFORMATAÇÃO Norma ABNT Brasil  20231.pptx
FORMATAÇÃO Norma ABNT Brasil 20231.pptx
 
Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6Referencias bibliograficas apa6
Referencias bibliograficas apa6
 
Artigo cientifico
Artigo cientificoArtigo cientifico
Artigo cientifico
 
Resumo normas abnt
Resumo normas abntResumo normas abnt
Resumo normas abnt
 
Normas tecnicas
Normas tecnicasNormas tecnicas
Normas tecnicas
 
Introdução aula 4
Introdução   aula 4Introdução   aula 4
Introdução aula 4
 
Elaboração de um projeto
Elaboração de um projetoElaboração de um projeto
Elaboração de um projeto
 
Normas Artigo Design
Normas Artigo DesignNormas Artigo Design
Normas Artigo Design
 
Artigos cientificos
Artigos cientificosArtigos cientificos
Artigos cientificos
 
Orientacao resenha
Orientacao resenhaOrientacao resenha
Orientacao resenha
 
Www.unifra.br temp resumoexpandido
Www.unifra.br temp resumoexpandidoWww.unifra.br temp resumoexpandido
Www.unifra.br temp resumoexpandido
 

NORMAS PARA PRODUCAO E PUBLICACAO UNIROVUMA - CAPACITACAO DOCENTE II SEMESTRE 2020 (1).pptx

  • 1. Normas para a produção e publicação de trabalhos científicos na Universidade Rovuma Montepuez, 16 de Janeiro de 2021
  • 2. Estrutura de apresentação 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS 3. ASPECTOS GRÁFICOS DOS TRABALHOS 4. CITAÇÕES 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 6. EXEMPLOS 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 3. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO Criação da Universidade Rovuma, gera a necessidade de rever alguns instrumentos normativos. As Normas para a produção e publicação de trabalhos científicos na Universidade Rovuma visam garantir rigor, qualidade, sistematicidade e ética tanto na produção como na partilha dos resultados da pesquisa. Modelo das Normas da American Psycologcal Association (APA).
  • 4. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Projecto de pesquisa 1. Tema 8. Metodologia 2. Delimitação 9. Orçamentação 3. Problematização 10. Cronograma 4. Justificativa 11. Bibliografia. 5. Objectivos 6. Hipóteses 7. Revisão de literatura ou Teoria de base
  • 5. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Monografia, Dissertação e Tese Elementos pré-textuais  Capa: nome do autor, o título, subtítulo (caso haja), volume, nome da universidade, local (cidade), ano do depósito.  Folha do rosto: todos os elementos da capa e acresce-se a descrição da finalidade/natureza do trabalho.  Folha de aprovação: inserida depois da defesa do trabalho, deve conter o nome do autor, título (e subtítulo, se houver), natureza, objectivos, nome da instituição, área de concentração, data da aprovação, nome, titulação, assinatura dos membros do júri e as instituições a que fazem parte.
  • 6. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Monografia, Dissertação e Tese Elementos pré-textuais  Sumário: enumeração e indicação das páginas das principais divisões, secções e outras partes de um documento, na mesma ordem em que a matéria nele se sucede.  Declaração: é manifestada a autoria do trabalho.  Dedicatória (opcional): deve ser breve e colocada à margem direita inferior da folha.  Agradecimentos (opcional): constam as notas de agradecimento do autor a todas as pessoas que contribuíram na elaboração do trabalho.
  • 7. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Monografia, Dissertação e Tese Elementos pré-textuais  Epígrafe (opcional): é uma citação directa escolhida pelo autor destacada no trabalho como inspiradora. A localização fica a critério da estética do autor do trabalho, podendo estar nas folhas de abertura das secções primárias.  Resumo em língua oficial e em língua estrangeira (inglês ou francês): texto (e não tópicos) que represente um resumo conciso do trabalho, com máximo de 250 palavras.  Lista (s) (figuras, tabelas, siglas, símbolos e abreviatura) – apresentados separadamente, consiste na indicação do nome da ilustração e a página onde se encontra.
  • 8. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Monografia, Dissertação e Tese Elementos textuais  Introdução – formulação clara e simples do tema investigado, a apresentação sintética da questão, a justificativa, o objecto e os objectivos, a importância da metodologia utilizada, a estrutura do trabalho e rápida referência a trabalhos anteriores realizados sobre o mesmo assunto.  Desenvolvimento – ocorre a fundamentação lógica do trabalho de pesquisa e é apresentada e desenvolvida toda a pesquisa.  Conclusão – resumo completo, mas sintetizado, da argumentação dos dados e dos exemplos constantes das duas primeiras partes do trabalho. O autor avalia os resultados obtidos e propondo soluções e aplicações práticas.
  • 9. 2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS  Monografia, Dissertação e Tese Elementos pós-textuais  Referências: indicação de documentos, publicações.  Anexos (se achar necessário): material elaborado por terceiros, que devem ser identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e respectivos títulos.  Apêndices: material suplementar elaborados pelo autor.  Glossário (opcional): consiste na explicação dos termos técnicos, verbetes ou expressões que constam do texto.  Índice (s) (opcional): contém a relação pormenorizada dos assuntos, nomes, pessoas etc., observando a ordem alfabética acompanhados das páginas em que são comentados dentro do trabalho.
  • 10. 3. ASPECTOS GRÁFICOS DOS TRABALHOS Tipo de letra: Times New Roman ou Arial Tamanho: 12 Espaçamento entre linhas: 1.5 Alinhamento: Justificado Margens superior e esquerda: 3cm Margens inferior e direita: 2cm. N.B. Excepção para resumo, citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé.
  • 11. 4. CITAÇÕES A citação comporta a referência no texto a uma ideia de um autor com a finalidade de robustecer os nossos argumentos ou discuti-los (Normas para Produção e Publicação de Trabalhos Científicos da Universidade Rovuma, 2020) Modelo Autor-data. Deve-se indicar o autor, o ano e a página ou número do parágrafo para material sem paginação.
  • 12. 4. CITAÇÕES Organização dos elementos  Um autor: Apelido (data), no início ou (Apelido, data), no fim da citação.  Dois a três autores: Apelido1 e Apelido2 (data), no início ou (Apelido1 & Apelido2, data), no fim da citação.  Quatro a sete ou cinco autores: Autor et al (data) ou (Autor et al, data), quando citados repetidas vezes. Caso contrário aplica-se a regra de até três autores.  Seis a sete autores: Autor et al (data)… (página) ou (Autor et al, data, página)  Com oito ou mais autores: colocam-se os primeiros seis autores, seguido de três pontos com espaço entre eles (. . .) e acrescenta-se o nome do último autor. Contudo na citação insere-se o nome do primeiro autor, seguida a expressão et al.
  • 13. 4. CITAÇÕES Aspectos gráficos a considerar nas citações.  Citação directa até três linhas: o texto fica entre aspas (“) ou, quando a citação já tem aspas, entre aspas simples (‘), tamanho da letra 12, espaço entre linhas 1,5, devendo especificar a(s) página(s), através de p. (para uma página) e pp. (para várias páginas).  Citações directas com mais de três linhas: o tamanho da letra deve ser 11, recuada a 1,25cm e o espaço entre linhas simples (1cm). O texto não fica entre aspas.  Citação em língua estrangeira: deve-se especificar no fim do texto traduzido que é “tradução nossa” e em nota de rodapé vai a citação na língua original.
  • 14. 4. CITAÇÕES Diversidade de documentos/obras citados  Mesmo autor, mesma data de publicação, mas títulos diferentes: diferenciar as obras em letras a, b, c…  Diversos autores no mesmo parágrafo: separam-se os autores e datas por ponto e vírgula e são organizados em ordem alfabética.  Autores com mesmo apelido e mesma data de publicação: são diferenciados pelo primeiro nome.  Obra sem indicação de autoria: usam-se as primeiras letras do título ou todo (se não for grande), usam-se aspas duplas no título do artigo ou capítulo e itálico no título do periódico (revista científica), folheto ou relatório.  Documentos jurídicos: nome do documento e data. Deve estar em itálico.
  • 15. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Um autor: Apelido, Nomes (abreviaturas) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.  Até 3 autores: Apelido, Nome(abreviado); Apelido, Nome & Apelido, Nome (Data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.  Quatro a cinco autores: Apelido, Nome1 (abreviado), Apelido, Nome2 (abreviado), Apelido, Nome3 (abreviado), Apelido, Nome4 (abreviado), Apelido, Nome5 (abreviado) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.  Seis a sete autores: adopta norma similar a de 4 a 5 autores
  • 16. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Mais de 8 autores: Apelido, Nome1 (abreviado), Apelido, Nome2 (abreviado), Apelido, Nome3 (abreviado), Apelido, Nome4 (abreviado), Apelido, Nome5 (abreviado), Apelido, Nome6 (abreviado) (. . .) Apelido, Nome do último autor(abreviado) (data). Título: subtítulo (se tiver). Local: Editora.  Capítulo de livro: Apelido, Nome (Data). Capítulo. In Nome, Apelido, Título do livro, Local: editora.  Artigo em Revista: Apelido, Nome (abreviado) (data). Título: subtítulo. Revista. Volume, número, meses, data, páginas.
  • 17. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Documento sem indicação do autor: Título: subtítulo (se tiver) (data). Entidade/Organização. Páginas  Livros electrónico: Apelido(s), Nome (Data) . Título : subtítulo (se tiver) . Disponível em:  Artigo electrónico: Apelido, Nome (abreviado) (data). Título: subtítulo. Revista. Volume, némro, meses, data, páginas. Disponível em:
  • 18. 6. EXEMPLOS  Um autor Citação: Ngoenha (2017), … (p.15) ou …(Ngoenha, 2017, p. 15) Referência bibliográfica: Ngoenha, S. E (2017). Resistir a Abadon. Maputo: Paulinas.  Dois autores Citação: Cuco e Santos (2019), … ou …(Cuco & Santos, 2019) Referência bibliográfica: Santos, M. J.C. B. dos & Cuco, A. F. (2019). Disputas identitárias, imprensa e Democracia: olhares sobre os processos de construção do “Nós”. Maputo: CIEDIMA.
  • 19. 6. EXEMPLOS  Até 3 autores Citação: LeDuc, Niemi e Norris (2002), ... Ou …(LeDuc, Niemi & Norris, 2002). Referência bibliográfica: LeDuc, L; Niemi, R. G; Norris, P (2002). Comparing democracies 2: new challenges in the study of election and voting. London: SAGE Publications.
  • 20. 6. EXEMPLOS  Quatro a sete autores Citação: Cuinica et al, (2013), … ou …(Cuinica et al, 2013). N.B.: Na primeira vez que se citam 4 ou 5 autores devem ser inseridos nomes de todos os autores. Referência bibliográfica: Cuinica, G. C., Abreu, I., Gomes, C.R & Silva, J. C.G. E (2013). Exposure of Betula pendula Roth pollen to atmospheric pollutants CO, O3 and SO2. Revista Grana, vol. 52, nº 4 p. 299-304. Disponível em: (indicar a página de internet onde recuperou a informação).
  • 21. 6. EXEMPLOS  Oito ou mais autores Citação: Castiano et al. (2019), … ou …(Castiano et al, 2019) Referência bibliografia: Castiano, J.P., Raboco, R., Pereira, D. M. P., Muianga, S., Morais, M.J., Pedro, F. A., . . .3 Tendai, T. (2019). Moçambique neoliberal: perspectivas críticas teóricas e da práxis. Quelimane: Ethale Publishing & Editora Educar.
  • 22. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS Mudança de MAIUSCULAS para Maiúsculas só no início do apelido do autor; mudanças na inserção do ano e ordem entre editora e local. Há aspectos que precisam ser descritos tendo em conta as especificidades de cada departamento e curso. Para outras formas de citação/referenciar não descritas nas Normas para produção e publicação de trabalhos científicos, deve-se consultar as Normas APA, 6ª edição ou seguinte (sempre que houver actualização). O processo de socialização deve-se verificar também nas turmas, sobretudo nas do quarto ou quinto anos, de modo que se possam familiarizar-se com os novos procedimentos de concepção de trabalhos científicos.
  • 23. Normas para a produção e publicação de trabalhos científicos na Universidade Rovuma Montepuez, 16 de Janeiro de 2021

Notas do Editor

  1. O projecto de pesquisa é o documento no qual se delineiam aspectos fundamentais condutores de uma pesquisa. É uma antevisão da pesquisa, devendo responder às seguintes questões: O que se vai pesquisar; Por que se vai pesquisar? Como efectuar a pesquisa? Que recursos serão necessários para a realização da pesquisa? Onde se vai realizar a pesquisa? Quanto tempo durará a pesquisa e quais serão os custos da pesquisa? Quem serão os responsáveis pela pesquisa?
  2. A monografia trata de temas circunscritos com abordagem que implica análise, crítica, reflexão e aprofundamento por parte do autor sob orientação de um supervisor. Este tipo de produção científica visa a obtenção do grau de licenciatura. A dissertação é um trabalho académico que se destina à obtenção do grau académico de mestre. Este tipo de trabalho não precisa abordar necessariamente temas nem métodos inéditos. O estudante de mestrado, sob orientação de um supervisor, deve demonstrar a habilidade em realizar estudos científicos e em seguir linhas mestras na área de formação escolhida. A tese é um trabalho académico com objectivo de contribuir de forma inédita para o conhecimento com vista a obtenção do grau académico de doutor. O doutorando deve defender uma ideia, um método, uma descoberta, uma conclusão obtida a partir de uma exaustiva pesquisa e trabalho científicos sob orientação de supervisor e um co-supervisor.
  3. A monografia trata de temas circunscritos com abordagem que implica análise, crítica, reflexão e aprofundamento por parte do autor sob orientação de um supervisor. Este tipo de produção científica visa a obtenção do grau de licenciatura. A dissertação é um trabalho académico que se destina à obtenção do grau académico de mestre. Este tipo de trabalho não precisa abordar necessariamente temas nem métodos inéditos. O estudante de mestrado, sob orientação de um supervisor, deve demonstrar a habilidade em realizar estudos científicos e em seguir linhas mestras na área de formação escolhida. A tese é um trabalho académico com objectivo de contribuir de forma inédita para o conhecimento com vista a obtenção do grau académico de doutor. O doutorando deve defender uma ideia, um método, uma descoberta, uma conclusão obtida a partir de uma exaustiva pesquisa e trabalho científicos sob orientação de supervisor e um co-supervisor.
  4. A monografia trata de temas circunscritos com abordagem que implica análise, crítica, reflexão e aprofundamento por parte do autor sob orientação de um supervisor. Este tipo de produção científica visa a obtenção do grau de licenciatura. A dissertação é um trabalho académico que se destina à obtenção do grau académico de mestre. Este tipo de trabalho não precisa abordar necessariamente temas nem métodos inéditos. O estudante de mestrado, sob orientação de um supervisor, deve demonstrar a habilidade em realizar estudos científicos e em seguir linhas mestras na área de formação escolhida. A tese é um trabalho académico com objectivo de contribuir de forma inédita para o conhecimento com vista a obtenção do grau académico de doutor. O doutorando deve defender uma ideia, um método, uma descoberta, uma conclusão obtida a partir de uma exaustiva pesquisa e trabalho científicos sob orientação de supervisor e um co-supervisor.