SlideShare uma empresa Scribd logo
Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.098 R$ 2,00QUINTA-FEIRA, 2 DE FEVEREIRO DE 2017
www.grupocorreiodosul.com.br
31º 23º
Pancadas de Chuva - Chuva de curta duração
e pode ser acompanhada de trovoadas a
qualquer hora do dia.
Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense
COMEÇA CADASTRAMENTO PARA
RECEBER SMS DA DEFESA CIVIL
PRAIA GRANDE
REATIVA SECRETARIA
E CRIA ESPAÇO ÚNICO
PARA AGRICULTOR
ARARANGUÁ Pag 13
Operação conjunta
encontra dinheiro
enterrado em
galinheiro
Pagina 11
Pagina 13
Valorização
POLICIA
PMDBdoSuledoNortetravambrigavelada
Queda brusca
Prefeitura de Meleiro começou o ano
com o pé esquerdo, no que diz respeito
as suas finanças. Em janeiro deste ano o
executivo recebeu R$ 170 mil a menos,
em repasses do Governo Federal e Esta-
dual, do que havia recebido em janeiro de
2016. “Se tivéssemos recebido o mesmo
valor já seria muito ruim, afinal de contas
tivemos aumento de custeio e inflação
de mais de 7% neste período. Este valor
a menor acabou deixando inviabilizados
aqueles projetos mais caseiros que preten-
díamos realizar neste primeiro trimestre”,
comentou o prefeito Eder Matos (PSB).
A realidade de Meleiro foi sentida por
quase todas as demais administrações
municipais da região, que ainda depen-
dem essencialmente de repasses federais
e estaduais.
Tiro no pé
Decisão do deputado estadual Ricardo
Guidi (PSD) de disputar a Câmara Federal,
em princípio, soa como um tiro no pé. Ma-
rinheiro de primeira viagem naAssembleia
Legislativa, em 2014 Ricardo Guidi conse-
guiu fazer pouco mais de 30 mil votos na
busca de uma cadeira no parlamento cata-
rinense.Avotação foi menor que a metade
dos votos recebidos por outros candidatos a
deputado estadual do PSD naquele pleito,
como Zé Nei Ascari, Ismael dos Santos e
Milton Hobus, e quatro vezes menor que a
de Gelson Merísio.Afora isto, César Souza
(PSD), que foi o último mais votado de
seu partido à Câmara Federal, fez 110 mil
votos em 2014. Na prática, Ricardo teria
que, no mínimo, quadruplicar sua votação
para conseguir entrar no Congresso Nacio-
nal pela porta da frente. Tendo apenas Zé
Nei Ascari para fazer dobradinha, além
de mais uma ou duas buchas de canhão,
que o PSD deverá lançar como candidato
a estadual no Sul do Estado, a missão é
quase impossível.
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
“Por conta das eternas contradições da vida, geralmente
aqueles que sabem pouco falam muito, ao passo que aqueles
que sabem muito falam pouco”
Jean Jacques Rousseau (1712/1778)
Filósofo francês
N
ão é de hoje que o PMDB
de Santa Catarina está
dividido em relação ao
governo de Raimundo Colombo
(PSD). Divisão que foi principiada já
em 2010, quando o então governador
Luiz Henrique da Silveira (PMDB)
bancou a eleição de Colombo ao
governo, mesmo a contragosto do
PMDB do Norte do Estado. Para
se fortalecer internamente, Luiz
Henrique se aliou definitivamente
ao PMDB do Sul, abrindo espaços
nunca antes conquistados por Edu-
ardo Moreira e seus aliados.
Em 2014, diante do projeto de
reeleição de Colombo, o PMDB do
Norte, sob a batuta do deputado fe-
deral Mauro Mariani, foi à loucura,
ameaçando ruptura. Usando toda sua
influência, Luiz Henrique conseguiu
se impor, graças a conivência do
PMDB do Sul do Estado. Poucos
meses após a reeleição de Raimundo
Colombo, no entanto, Luiz Henrique
acabou falecendo, o que, de certa
forma, deu autonomia para que o
PMDB do Norte catarinense pudesse
se realinhar.
Aqui no Sul esta briga interna
do PMDB nunca foi muito sentida,
mesmo porque os peemedebistas
ligados a Moreira, e o próprio Mo-
reira, sempre tiveram trânsito livre
dentro do governo. Este trânsito,
no entanto, não é tão livre assim no
que diz respeito ao partido no Norte
catarinense.
Para 2018 o que se prevê é uma
intensa queda de braços entre estes
dois grupos políticos do partido. É
que fatalmente Mauro Mariani irá
querer se impor como candidato ao
governo, o que atinge diretamente
os interesses de Eduardo Moreira.
O apoio de Moreira a um projeto
como este pode acabar deslocando
radicalmente o comando de seu par-
tido do Sul para o Norte do Estado,
apagando, em pouco tempo, com a
figura de sua liderança e diminuindo
sensivelmente a influência que a ala
sulina do partido tem junto ao gover-
no catarinense.
Não é à toa que Eduardo Moreira
nunca referenciou Mauro Maria-
ni como um candidato natural do
PMDB ao governo, ainda que ele seja
o que reúne as melhores condições
para isto, a começar pelo fato de estar
inserido no maior colégio eleitoral
do Estado. Na mesma lógica, o gru-
po de Mariani nunca fez questão de
dar notoriedade à figura de Moreira,
mesmo ele sendo vice-governador
e presidente estadual do PMDB. O
PMDB do Norte, na verdade, funcio-
na como uma espécie de irmandade
secreta dentro da política estadual.
O acirramento de ânimos entre
as duas alas é apenas uma questão
de tempo, já que seus principais
líderes não se bicam, e o início das
articulações visando o pleito estadual
de 2018 já está postado no horizonte.
Notadamente, esta rota de colisão
é prevista principalmente porque o
PMDB deixou de ter a figura de um
líder estadualizado, como era Luiz
Henrique da Silveira. Vale lembrar,
que além de Moreira e Mariani, o
senador Dário Berger e o PMDB do
Oeste catarinense também tentam se
impor como tutores do partido.
A tal legenda
Não é à toa que o eleitor comum fica in-
dignado com a tal da legenda partidária,
que acaba permitindo com que candidatos
menos votados se elejam, enquanto outros
mais votados deixem de ser eleitos. Em
nosso último pleito estadual, nada menos
do que 32 candidatos fizeram mais votos
que Claiton Salvaro (PSB), que acabou
sendo eleito com menos de 15 mil votos.
Na lista dos que não foram eleitos estão
Dóia Guglielmi (PSDB) com 41 mil votos,
Luiz Fernando Vampiro (PMDB) com 35
mil, Manoel Mota (PMDB) com 31 mil e
por aí afora. A tal injustiça se estende tam-
bém à Câmara dos Deputados. Edinho Bez
(PMDB), por exemplo, fez 102 mil votos
em sua tentativa de reeleição a deputado
federal e não se elegeu. Já Geovânia de Sá
(PSDB) fez 52 mil e se elegeu.
Na campanha
A partir de hoje Santa Catarina tem seu
primeiro pré-candidato a governador em
campanha. Trata-se do deputado estadual
Gelson Merísio (PSD), que deixou ontem
a Presidência daAssembleia Legislativa.A
intenção de Merísio é continuar cumprindo
sua agenda de compromissos durante a
semana, em Florianópolis, e nos finais de
semana se embrenhar pelo interior do Esta-
do, mantendo, num primeiro momento, um
contato mais direto com os líderes locais
de seu partido, e depois com a sociedade
como um todo. Ao longo dos últimos dois
anos ele pavimentou bem seu caminho
com vistas ao Palácio Santa Catarina. Fez
questão de passar a impressão de austeri-
dade. Cortou pela metade a quantidade de
funcionários da Assembleia e só no ano
passado devolveu mais de R$ 100 milhões
aos cofres do governo, que poderiam ter
sido usados pelos deputados. Também fez
questão de estreitar relações com o judi-
ciário, com o Ministério Público e com a
imprensa do interior.
Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787
POLÍTICA
3
Para SMS
Geral
A
Defesa Civil de
Santa Catarina
está implantan-
do um novo serviço de alerta
por mensagem de telefone
via SMS para moradores em
áreas de risco de desastres
naturais, como enchente.
Para receber o alerta de
forma gratuita, o morador
deve enviar um SMS para
o número 40199 com o
número do CEP de sua rua,
o cadastro começou a valer
ontem, dia 1º, porém o alerta
Gislaine Fontoura
Araranguá
Região
só começará a ser enviado na
próxima terça-feira, dia 7.
O objetivo é informar
a população sobre situa-
ções eminentes de desastres,
emergência e/ou estado de
calamidade pública, através
de mensagens divulgadas
pelo Centro Nacional de
Gerenciamento de Riscos e
Desastres (Cenad). Em todo
o estado 20 municípios,
incluindo Araranguá na re-
gião Sul de Santa Catarina,
já estão no programa, que
é piloto em todo o país. A
reportagem enviou um SMS
para o número 40199 e ve-
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
ComeçacadastrodaDefesaCivil
Aberto das 19h00 às 00h00
de Quarta à Domingo
Av. Nereu Ramos, 1082
Parque das Avenidas - Sombrio
Credija realiza pré-assembleia em 11 cidades
Para informar seus mais
de 32 mil associados sobre o
desempenho da cooperativa
em 2016 e quais os projetos
que estão sendo organizados
para este ano, o Sicoob Credija
realizará as tradicionais pré-
-assembleias. Os encontros,
que acontecem entre fevereiro
e março, serão realizados nas
11 cidades onde a cooperativa
atua.
Em 2017, a Credija apre-
sentará para seus associados
um resultado recorde de quase
R$12 milhões de sobras (que
corresponde ao lucro no siste-
ma financeiro privado), valor
querepresentaumcrescimento
de 35% em relação ao ano an-
terior.Outrosnúmerostambém
se destacam pelo crescimento
positivo, somente no quadro
social a cooperativa cresceu
14%, encerrando o ano com
mais de 32 mil associados, que
juntos somam R$75 milhões
de patrimônio líquido.
Para o vice-presidente da
cooperativa, Donato Sempre-
bon, os números crescentes
demonstram a confiança das
pessoas no trabalho que vem
sendo desenvolvido. “Nesses
25 anos a Credija sempre
esteve ao lado dos associa-
dos, impulsionando a região
e contribuindo com a vida
financeira das pessoas”, co-
menta. O presidente do Sicoob
Credija, Wolni José Walter,
também destaca as sobras e
os projetos sociais como parte
do diferencial. “Todo o nosso
crescimento está pautado na
confiança dos associados, que
acreditam em nossos projetos
sociais, utilizam os serviços e
participam da distribuição das
sobras, algo que só o coopera-
Pedro Joel já enfrentou mais de 20 enchentes e controla a cheia do rio pela aproximação da água nos fundos do terreno
Pré-assembleias informam associados sobre os resultados
rificou como é fácil realizar
o cadastro. Assim que o
SMS é enviado com o CEP,
a pessoa recebe a resposta
de confirmação do cadastro
com a seguinte mensagem:
“Cadastro realizado com
sucesso. O celular está apto
a receber alertas e recomen-
dações da Defesa Civil. Para
cancelar envie SAIR e o CEP
para 40199”.
O funcionário público
Pedro Joel da Silva Gomes,
de 57 anos, morador da lo-
calidade de Baixadinha há
27 anos, já perdeu a conta
de por quantas enchentes
passou com a família, mas
calcula que sejam mais de
20. Em uma das primeiras
perdeu os móveis e atual-
mente tem uma peça no piso
superior da casa, onde colo-
ca a mobília. “A gente não
estava preparado, quando
vimos a água já tinha tomado
conta da casa”, disse.
Para não ser pego de
surpresa, o funcionário pú-
blico verifica a régua que
mede o nível do Rio Ara-
ranguá e também cuida dos
fundos de sua casa, que tem
uma área grande de mata.
“Quando a água vem cer-
cando, a gente já sabe que
vai entrar e colocamos os
móveis para a parte de cima,
ou também levamos para
fora com caminhão. Nós já
temos poucos móveis dentro
de casa, que é para se perder,
perdermos pouco”, revela.
Quando a enchente atin-
ge a casa de Pedro ele vai
com a família para abrigos da
prefeitura, como sua mulher
é doente é ele quem limpa a
casa sozinho. “Normalmente
ficamos uns três dias no abri-
go e quando a água baixa,
que dá para limpar a casa, eu
venho na frente e limpo tudo,
higienizo, para só depois
trazer a família”, conta.
O funcionário público
acredita que o aviso da De-
fesa Civil será útil em locais
onde a água vem muito rápi-
do, porém ele, que ainda não
fez o cadastro, afirma que
consegue saber se a água vai
chegar até sua casa apenas
observando o pátio e o Rio
Araranguá. “Eu pretendo me
cadastrar, para ajudar outra
pessoa, porque nós aqui não
temos problema de enchente
vir rápido”, fala.
Pedro está construindo
uma parte mais alta nos
fundos de sua casa, exclu-
sivamente para colocar os
móveis em caso de cheias.
“Aquela parte ali, em cima
da garagem, vai ser só para
colocar os móveis quando
vier a enchente”, mostra.
tivismo consegue promover”,
pontua.
No dia 10 de março, em
Jacinto Machado, acontecerá
a Assembleia Geral com o
sorteio de um carro zero quilô-
metro entre os associados que
capitalizaram na cooperativa.
“Essa será mais uma oportu-
nidadedepodermosapresentar
os resultados positivos e retri-
buir a confiança das pessoas
entregando um automóvel”,
destaca Wolni.
Henrique reativa Setor de Agricultura
Arlindo Rocha analisa primeiro mês
Volta do legislativo
SD recebe punição
“Ainda há gente que faz o bem pelo simples motivo de ajudar, sem querer nada como recom-
pensa e com pessoas assim é possível formar uma equipe coesa, dedicada e que vai administrar
esta cidade com uma nova visão, voltada ao serviço público e ao bem comum. De outra parte,
ainda existe muita gente querendo se dar bem, levar vantagem e, alguns, apostando no quanto
pior para o município, melhor para eles”.Adeclaração é do prefeito de Maracajá,Arlindo Rocha,
ao analisar os primeiros 30 dias de sua administração.
Dos grupos que ‘desenhou’, Arlindo se sente mais à vontade e dedica maior tempo aos pri-
meiros. “Tenho cumprimentado diariamente a nossa equipe e os servidores que nos rodeiam; as
dificuldades são imensas, falta dinheiro às necessidades mais elementares e cada um encontra
alternativas, surgem propostas inovadoras e vamos vencendo os desafios que sabíamos seriam
grandes, mas que se mostram maiores que nossa imaginação”, acrescenta o prefeito.
Rocha previa que teria que pagar duas folhas de pagamento de salários dos servidores e
se enganou. A administração anterior quitou os salários, mas, segundo o novo gestor, deixou
heranças que somam mais que duas folhas de pagamento: a dívida com o fundo de previdência
dos servidores municipais chegou a quase R$ 800 mil, os ‘restos a pagar’ totalizaram em torno
de R$ 300 mil e um aditivo a convênio de pavimentação contabilizou outros quase R$ 300 mil.
“E surpresas aparecem todos os dias”, diz Rocha.
O prefeito de Maracajá estima que serão necessários de três a quatro meses para que a admi-
nistração municipal esteja em condições de por em prática, efetivamente, os princípios norteadores
que a conduziram a vitória na campanha eleitoral do ano passado.
O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina desaprovou as contas do exercício financeiro de 2014 do diretório estadual do
Partido Solidariedade (SD), suspendendo o repasse de cotas do Fundo Partidário pelo período de 4 meses. Além disso, foi determinado o reco-
lhimento ao erário do valor de R$ 1.150,00 e a aplicação, no ano seguinte ao trânsito em julgado da decisão, de 7,5% do Fundo Partidário na
criação e manutenção de programa de promoção e difusão da participação
política da mulher.
O relator do processo, desembargador Antonio do Rêgo Monteiro Rocha,
explicou que o diretório partidário não apresentou os extratos bancários rela-
tivos ao exercício financeiro, o que tem justificado a fixação da penalidade
entre quatro a seis meses.
O
prefeito de Praia Gran-
de, Henrique Maciel
(PSDB), um mês após
tomar posse, já fez uma revolução
nos setores da administração e
está cheio de planos e ideias. Em
um evento na prefeitura na tarde
desta quarta-feira, ele falou da
alegria por reativar a Secretaria de
Agricultura do município. “Dis-
seram que eu seria o homem da
agricultura, e é isso mesmo que eu
quero ser, um prefeito do campo”,
enfatizou.
Além disso, Henrique também
está fazendo reuniões semanais nas
comunidades. Começou em Pedra
Branca, e na semana que vem, irá
visitar Mãe dos Homens e Rio do
Boi. Ao todo serão 16 encontros.
“Nossa proposta de campanha é
ouvir as pessoas, e é isso que faze-
mos na reunião”, declarou.Autori-
dades de peso, como o secretário
adjunto de agricultura do estado
elogiam o trabalho de Henrique.
“É bom ver um prefeito recém-
-chegado estar empolgado desta
forma”, completou Airton Spies.
Prefeito de Araranguá Mariano Mazzucco, vice
Primo Júnior e secretários municipais, participaram na
noite desta quarta-feira da reabertura dos trabalhos do
legislativo.
A Câmara está sob o comando do vereador Daniel
Viriato Afonso, que já foi o homem forte da primeira
administração muncipal de Mariano Mazzucco.
Jabson MullerJabson Muller
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
(48) 99955.5313
POLÍTICA
jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br
C.S. Empresa Jornalística LTDA.
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
Jabson Muller
l48l 9955.5313
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
correiodosul@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
editor@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
5Geral Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Com independência e harmonia
S
em surpresas a eleição de ontem para a presidência da Assembleia Le-
gislativa. Com a unanimidade dos votos dos 38 deputados estaduais
presentes, o deputado Silvio Dreveck (PP) e o deputado Aldo Schnei-
der (PMDB) foram confirmados, respectivamente, para a presidência e a
vice-presidência do Parlamento estadual para o ano de 2017. A composi-
ção da Mesa também teve chapa de consenso e, portanto, sem disputa. O
deputado Mario Marcondes (PSDB) ficou com a segunda vice-presidência,
enquanto Kennedy Nunes (PSD), Dirce Heiderscheidt (PMDB), Ana Pau-
la Lima (PT) e Maurício Eskudlark (PR), responderão, pela ordem, com
a primeira, segunda, terceira e quarta secretarias. A posse foi prestigiada
por deputados licenciados e que estão como secretários de Estado. Moacir
Sopelsa (Agricultura), Valmir Comin (Assistência Social) e Carlos Chiodini
(Desenvolvimento Sustentável) marcaram presença. Em sua primeira ma-
nifestação, Dreveck fez um agradecimento ao deputado Gelson Merisio,
“o grande protagonista dessa sucessão, que permitiu que chegássemos ao
dia de hoje com chapa única”. Afirmou que vai conduzir as atividades da
Casa com independência, mas de forma harmônica com os demais poderes
e também com entidades. Ao mesmo tempo, deixou claro que não vai re-
cuar diante de temas polêmicos. “Os estados que não tiveram coragem de
votar matérias polêmicas estão pagando os salários de seus servidores com
atraso ou em parcelas”, justificou o novo presidente da Assembleia.
Faltaram dois A unanimidade plena
na votação da Mesa da Assembleia só não
foi obtida pela ausência, justificada, dos
deputados Serafim Venzon (PSDB) - em
viagem - e Nilson Berlanda (PR) - em
exames médicos. Votos que não fariam
falta mesmo sem consenso, uma vez que
a composição inicial, lançada ainda em
novembro pelo PP, PMDB e PSD, já ga-
rantiria a eleição da chapa. De lá para cá,
com muita conversa, os demais partidos se
agregaram.
Matemática pura Chamou a atenção
a presença de Leonel Pavan em Plenário.
Não como secretário de Estado de Turis-
mo, Cultura e Esporte, cargo que ocupa
desde o início do ano, mas como deputado
mesmo. Chegou a haver especulação de
que a suspensão temporária da licença da
Assembleia pudesse ser um recado para
uma ala do PSDB, seu partido. Entre-
tanto, ele mesmo explicou à Coluna Pelo
Estado que não passou de uma questão
Matemática. Sem a sua presença na vota-
ção, o PSDB teria quatro deputados e a
presidência de apenas duas comissões. Já
com seu voto, o partido poderá presidir
três comissões.
Aperto Dreveck e Schneider assumem
em momento de queda de receita e, por-
tanto, de pouco dinheiro. Não pretendem
fazer grandes obras na Casa e tampouco
lançar edital para concurso público. A pre-
ocupação será até com os com centavos.
Presenças Entre os presentes à sessão
de ontem na Assembleia estavam a pre-
feita de São José e presidente da Federa-
ção Catarinense de Municípios (Fecam),
Adeliana Dal Pont, o prefeito de Tubarão,
Joares Ponticelli, e o prefeito de Rio Ne-
grinho, Julio Ronconi.
Telão O retorno ao trabalho em Plená-
rio veio acompanhado de uma novidade
tecnológica as telas instaladas nas laterais
do espaço foram substituídos por telões de
LED, com alta resolução e muito maiores
que os anteriores, medindo 3 metros de
largura por 2,10 metros de altura.
Com o Sebrae
todo mundo pode.
Por Andréa Leonora
redacao@peloestado.com.br
02/Fev/2017
Impressão digital
Durante a coletiva à imprensa, logo de-
pois da sessão de posse, Silvio Dreveck
(D) e Aldo Schneider (E) reiteraram
várias vezes que vão fazer uma “admi-
nistração compartilhada” nos dois anos,
cumprindo o acordo que levará o atual
vice à presidência em 2018. De acordo
com Schneider, cada decisão e encami-
nhamento terá a impressão digital dos
dois. A começar pelas prioridades. Am-
bos concordam que deve ser logo vota-
da a proposta de extinção da Cohab-SC,
Bescor e Codesc, encaminhada no ano
passado pelo Executivo. Mas isso ainda
dependerá da formação das 19 comissões permanentes, em fase de negocia-
ção e também com tendência de consenso, indicada pelas conversas com os
líderes das bancadas. Dreveck explicou que, pelo Regimento Interno, o pra-
zo para definição das comissões é de cinco sessões, a contar da que acontece
hoje. Schneider, por sua vez, fez uma observação sobre o consenso: “Os 38
votos (que receberam para presidente e vice) não são por acaso”.
FábioQueiroz/AgênciaAL
6 PublicidadeJornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
7Geral Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Deixa Saudade
C
om alegria e tris-
teza, as irmãs
Laís e Isis Simon
Olivo estão se despedindo
do promissor projeto que as
envolveu apesar da distância.
Laís, morando em Dublin
(capital da Irlanda), teve a
ideia de promover uma feira
de livros. Mas não apenas
Aline Bauer
Turvo
Balneário Gaivota
uma troca, um evento isola-
do.Ainiciativa era abrir uma
sala onde “todos pudessem
se expressar culturalmente e
ainda incentivasse a leitura”,
conta. Depois de juntar al-
guns livros, arranjar algumas
estantes e arregaçar as man-
gas, Isis, a irmã que estava
no Brasil, abriu uma sala no
centro de Turvo em maio
de 2016. “Éramos nós duas
no início e mais meninas se
Projeto de leitura planta semente
Sombrio Moda Shopping faz ação ambiental
Bazar de livros está fechando as portas depois de se tornar uma iniciativa com adeptos
Com incentivo das irmãs Olivo muita gente está lendo mais
Equipe entregou sacolas aos banhistas para recolhimento do lixo durante fim de semana
voluntariaram depois. Tinha
bazar todo mês e saraus, e
nosso balanço é muito posi-
tivo”, continua Laís. No en-
tanto, o projeto foi encerrado
nesta quarta-feira. De acordo
com as irmãs, não é por falta
de pessoas procurando co-
nhecimento e diversão.Elas
estão de mudança para Malta
(pequeno país europeu), onde
Isis vai estudar inglês e Laís
irá trabalhar. “Não vamos
Nada combina mais com
o verão do que aquele dia de
praia, com cadeira, guarda-
-sol e algumas horas à bei-
ra mar, ouvindo o barulho
das ondas e aproveitando
tudo que o litoral tem para
oferecer. E nesse clima de
férias, é impossível não se
integrar à natureza e refletir
COMUNICADO
“O Jornal Correio do Sul, em atendimento à
decisão proferida nos autos de nº. 0002857-
76.2014.8.24.0004/0001, comunica que a au-
toria das fotografias indevidamente reproduzi-
das nas folhas 2,3,4 e 7, no caderno especial
constante da edição 4.390 são de autoria do
fotógrafo Enio Frassetto”
sobre a preservação das nos-
sas praias. E, objetivando
conscientizar moradores e
veranistas de que os atribu-
tos naturais são a principal
riqueza da nossa região, um
shopping resolveu incentivar
as pessoas a recolherem o seu
lixo enquanto estiverem nas
praias, permitindo que mais
pessoas compartilhem de
boas experiências nos nossos
balneários.
Patrocinador Master do
AGS Open de Surf, com-
petição realizada durante o
último final de semana em
Balneário Gaivota, o Som-
brio Moda Shopping decidiu
inovar em suas ações pro-
mocionais. Além de banners
e bandeiras que indicavam
sua participação no evento
que atraiu grande número de
competidores e espectadores,
o empreendimento que tem
seu foco no público regional
resolveu levar a conscientiza-
ção aos milhares de visitantes
que desfrutaram o sábado
e o domingo nas areias do
balneário.
Durante os dois dias de
competição de surf, promo-
ters distribuíram sacolas e
folders para que as pessoas
recolhessem os seus resíduos
quando deixassem a praia.
“Cem por cento das pessoas
que nos visitam durante a
temporada estão aqui para
desfrutar das nossas praias;
então, seria contraditório que
elas não cuidassem desse am-
biente. O que estamos fazen-
do é auxiliando-as a manter
tudo limpo”, declarou um dos
representantes do Sombrio
Moda Shopping que acom-
panhou a ação promocional.
Centenas de sacolas fo-
ram entregues diretamente
aos veranistas, que também
foram convidados a conhecer
as dependências do Sombrio
Moda Shopping, localizado
no Centro de Sombrio, às
margens da BR-101, no km
435.Além de apoiar a prática
de esportes como o surf, o
empreendimento também
organiza com frequência en-
contros e exposições, como
o de veículos antigos, reali-
zado no final de outubro no
estacionamento do shopping.
conseguir tocar o projeto,
mas somos apaixonadas por
termos feito isso e se voltás-
semos atrás, faríamos tudo
de novo. Estamos tristes e
felizes por que deu tudo cer-
to, porém temos que parar.As
pessoas estão se engajando,
inserindo em suas mentes a
vontade de ler, troquem ex-
periências, por que isso des-
perta o interesse”, incentiva
Laís. Ela ainda diz que mui-
tas pessoas estão sabendo da
ação só agora, também pelo
fato de ela dar aulas de inglês
voluntariamente no mesmo
espaço. E para esses, que não
tiveram tempo de renovar o
acervo pessoal ou não sabiam
do projeto, uma novidade
para a cidade turvense que
possui cada vez mais adeptos
à leitura. Uma biblioteca,
que receberá o acervo que
as irmãs Olivo conseguiram
juntar, pode abrir no municí-
pio. A ideia está em fase de
análise, e gente empolgada
com a iniciativa é o que não
falta. “Queremos que as
pessoas continuem lendo,
aprendendo mais”, declara
Laís. Pessoas como Débora
Arcaro Marques, que traba-
lha na sala em frente de onde
a feira estava funcionando, se
ainda não liam, aprenderam
como é bom viajar
através dos livros.
“Muito boa a ideia.
Não temos o costu-
me aqui e o projeto
inspirou muita gente
a participar.Ajuda a fomentar
a leitura, e eu queria ler e
não tinha a oportunidade de
trocar, pagar preços acessí-
veis. Com essa ideia, só não
lê quem não quer”,
garante Débora.
Ao avaliar esses
dez meses de mui-
tas trocas de livros
e rodas de leitura, a
sensação é de que para fazer
a diferença, basta uma ideia
colocada em prática.
P
atrick entrega uma in-
denização à família de
Wagner. Hirô se recusa
a falar para Tanaka sobre as
condições da empresa. Ralf
e Damasceno conseguem
entrar na casa de Sinhá e
se surpreendem com o que
encontram no quarto de Cé-
sar. Ralf envia para Mario as fotos que Damasceno tirou
do quarto de César. Alice se aflige com a quantidade de
clientes perdidos. Sinhá conta para Mocinha que Tanaka
é herdeiro de uma fortuna.
EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão
Cruzadinha Novelas
D
iana afirma a Gordo
que eles precisam de
Léo na gravadora. Gui
termina sua nova música e
todosficamanimados.Bianca
ouve Lázaro ameaçar Léo
e conta para um colunista
de jornal. Nicolau pede para
conversarcomLuana.Yasmin
é dispensada por Zac. JF convence Luana a reatar com
ele. Lorena se preocupa com o comportamento de Alex.
Marisa conta para Lázaro que a 4.4 gravará um clipe com
um amigo de Gordo.
T
iago decide seguir Mari-
na. Magnólia tenta con-
vencer Sílvia a deixá-la
morar em sua casa. Magnólia
procura Salete. Tiago se im-
pressiona com a habilidade
de Marina na piscina e se con-
vence de que ela é Isabela.
Luciane não deixa Hércules
ajudar Magnólia. Elio consegue o material de Marina para
fazer o exame de DNA. Edu chama Flávia para ir a sua
festa de aniversário. Pedro acredita que Ciro foi ameaçado
por Magnólia. Yara vê Misael beijar Flávia.
Sol Nascente -18h
A Lei do Amor -21h
Rock Story -19h
Rapidinhas
Áries 21/03 a 20/04
21/04 a 20/05
21/05 a 20/06
21/06 a 20/07
21/07 a 20/08
21/08 a 20/09
21/09 a 20/10
21/10 a 20/11
21/11 a 20/12
21/12 a 20/01
21/01 a 20/02
21/02 a 20/03
Leão
HoróscopoHoróscopo
Sagitário
Gêmeos Libra Aquário
Touro
Confusões acontecerão dentro das relações
interpessoais. Os números decimais influencia-
rão juntamente com o elemento fogo para esta
situação. Tome a iniciativa das situações que
você pode e deve controlar.
Estará em alta a sua perseverança e determi-
nação. A terra irá lhe ajudar neste excelente
processo. Sofrerá pouca interferência de plutão
e marte o que te deixará mais tranquilo. Mesmo
assim não deve ceder ao sentimento de posse.
Será um dia em que se mostrará muito taga-
rela. Porém o elemento ar favorecerá a sua
inteligência. Utilize esta condição para as suas
realizações profissionais. Neste campo marte
irá lhe ajudar e muito.
Alguns momentos te farão agir de forma mais
cautelosa que o habitual. Deve se sentir um
pouco mais tímido e dependente.Aágua poderá
lhe ajudar a superar este momento um pouco
instável.
Resplandecerá no seu coração uma vontade
inexplicável de viver. Tudo indica que a passa-
gem de Netuno em sol com ajuda de fogo serão
os motivos. Não deixe esse momento passar em
branco faça algo do qual se orgulhe.
A explanação dos seus sentimentos serão
favorecidas por Netuno. A coerência dos seus
pensamentos tendem a influenciar a opinião
dos outros. Use o seu senso crítico para avaliar
aquele que só querem agradar por interesse.
Será um importante dia para a diplomacia.
Tente mediar as ideias entre os seus amigos e
familiares. Não desvie a sua atenção para as
coisas superficiais. Vênus lhe ajudará a fazer as
escolhas que melhor condizem com a situação.
Os fatores da paixão irão mexer muito com seu
coração. Urano favorecerá um relacionamento
mais apaixonante. Embora a lua tente tirar isso
de você e deixa-lo mais desconfiado, tende se
manter mais carinhoso e transformador.
Estará com a mente aberta para novas ideias.
Sua constelação juntamente com Júpiter, lhe
dará o humor e a sabedoria para seguir em
frente.As suas escolhas estarão ligadas as suas
relações que obtiverem com o tempo.
A lua pode influenciar um pouco as suas ideias.
O que pode fazer com que você seja manipulado
por outras pessoas. Não deixe o pessimismo
tomar conta de você.
Algumas perdas transformarão o seu dia muito
por conta da atividade em mercúrio seguido de
fogo. As cores podem influenciar pessoas ao
seu lado o que pode lhe atrapalhar. Sentirá um
pouco o peso das mudanças.
O seu sistema linfático irá influenciar positi-
vamente o seu dia. Sua constelação não irá
interferir muito assim como seu planeta regente,
Netuno. Deixe o romantismo fluir na sua vida e
abra o seu coração.
Virgem Capricórnio
Câncer Escorpião Peixes
Beyoncé está grávida!Acantora surpreendeu
seus seguidores do Instagram na tarde desta
quarta-feira, 1, ao anunciar que será novamente
mamãe. “Gostaríamos de compartilhar nosso
amor e felicidade. Fomos abençoados duas ve-
zes. Estamos extremamente gratos que a nossa
família vai crescer por dois, e nós agradecemos
por seus desejos de bem. - Os Carters”, escreveu
a diva do pop na web.
Foram 60 dias de cama, 8kg a menos em sua
forma física, dores, muitas dores e a incerteza se
iria voltar a andar ou não. No meio disso tudo,
Mayra Cardi, que se submeteu a uma cirurgia
de hérnia de disco em outubro passado, só
tinha uma preocupação: não deixar sua mente
esmorecer.
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
www.melhoresdosul.com
Poder Legislativo
Aprimeira sessão da Câmara deVereadores
deAraranguáaconteceuontem!Nesseman-
dato houve uma renovação de 66,6% das
cadeiras e 5 vereadores foram reeleitos. O
presidentedacasaovereadorDanielViriato
Afonsodesejaimplantarumagestãobaseada
emausteridade,planejamentoedinamismo.
Hospital São Roque de Jacinto Machado
realizouoprimeirodiadabelezaaosilustres
hóspedes.Comcarinhoaequipecuidoudos
cabelos, unhas...
Melhores Festas
*Capanna Bar e Restaurante no Morro dos
Conventos hoje com o melhor da MPB,
Lony Rosa, Paulo Ferreira e Neto Nunes
fazem o som. E na sexta o show é com Gui-
lherme Ribeiro da Banda John Bala Jones e
mais Ruan Machado e Paulo Ferreira.
*Boteco da Praia noArroio, hoje show com
Elis Cardoso.
*FestaemHonraaPadroeiraNossaSenhora
dos Navegantes hoje em Balneário Arroio
do Silva.
*NoiteGospelreúnegruposreligiososneste
sábadonocentrodoArroiocomaparticipa-
ção de diversos músicos e artistas da região.
*CamarãoExpresscelebraumanodesuces-
so no Center Shopping Araranguá. Nesta
sexta os primeiros clientes ganharão um
chope e vão curtir o saxofonista Gustavo
Henrique.
*Festa “Os Loucos Anos 80” acontece
neste sábado no Billy´s Pub Bar no Ar-
roio do Silva com show da Banda Flor de
Lotus e na discotecagem Dj Billy Knight.
*Bicho a Festa que reúne muita gente
legal para curtir amigos e o chope Saint
Bier no Morro dos Conventos no próximo
dia 11. Sobem ao palco as bandas: Jazz
Trio, Tomarrock e PedroAraújo.Afesta é
Open Beer e Food e o som é com os Dj’s
Richard e Belada.
14,90 18,90
MARGARETH SILVA
SocialSocialmargareth.silvaa@yahoo.com.br margareth.silvaa@yahoo.com.br
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Arquiteto de prestigio Checo do Canto
com sua amada Geórgia no Capanna.
Juarez Esmeraldino e Rosi emoldu-
rando o filho João aprovado no ves-
tibular de Direito Unisul. Parabéns!
Marta Grechi curtindo o neto Caio Almeida.
Presidente do CDL
Araranguá Clesio Motta
e o presidente da OAB
Laércio Machado Junior
emoldurando o nosso
prefeito Mariano Mazzu-
co Neto.
Denise deu uma palhinha, e também levou
aplausos no show da Banda Mistura Fina.
David Machado e Tainara Becker curtindo o
Capanna, música ao vivo de quinta a sábado.
Sophia Zanette recebe os aplausos neste
sábado no primeiro aninho, no close com a
dinda Dra. Maria Elisa. Felicidades!
João e Thais Baran hoje celebram o primeiro aninho do
filho Benjamin no Salão de FestasAnimaniaks (Help).
10 PublicidadeJornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
11Geral Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Valorização
A
tarde foi de cele-
bração e agrade-
cimento na pre-
feitura de Praia Grande nesta
quarta-feira. Em uma cerimô-
nia simples, a Secretaria de
Agricultura foi reativada de-
pois de mais de dez anos sem
funcionar, um caminhão foi
entregue a uma cooperativa
através do programa SC Rural
e ainda foram inaugurados
os escritórios da Epagri e da
Cidasc dentro do complexo da
prefeitura. Quem estava mais
radiante com as novidades era
o prefeito, Henrique Maciel.
“Teremos agora mais organi-
zação, além disso, o agricultor
não precisará mais rodar a ci-
dade para fazer documentos,
pegar brincos para o gado
e outras atividades. Em um
município basicamente agrí-
cola, é preciso dar a assistên-
cia que o agricultor precisa.
Nós queremos valorizar as
pessoas”, comentou. Assim
como ele, outras autoridades
estiveram no local, como o
secretário adjunto de estado
daAgricultura e Pesca,Airton
Spies, que expressou sua ale-
gria pelo trabalho realizado
em prol dos produtores rurais,
principalmente a entrega do
caminhão à Coopervida e à
Acepam, cooperativas da re-
gião. Para ele, o programa SC
Rural é uma alavanca que im-
pulsiona a uma vida com mais
qualidade. “Este trabalho vem
fomentar essa associação,
estimulando maior ganho. É
como dar a partida para um
Aline Bauer
Praia Grande
Cooperativas
Jacinto Machado
projeto que poderá andar com
as próprias pernas”, declarou.
O diretor de extensão
rural da Epagri, PauloArruda,
agradeceu pelo esforço praia-
grandense, que quer melhorar
sua arrecadação incentivando
o crescimento do meio rural.
“Agradecemos a iniciativa
que facilita a vida do agri-
cultor. E estamos orgulhosos
de estar aqui entregando esse
patrimônio. Queremos atin-
gir ainda mais famílias com
novos programas”, disse du-
rante sua fala. Concordando
com ele, o gerente regional
do órgão, Reginaldo Ghe-
lere, também vibrou com o
novo espaço e a aquisição do
caminhão, com verba de R$
190 mil, sendo que metade
do recurso é do governo e
o restante, custeado pelos
produtores. “Tudo o que é da
agricultura será centralizado,
e essa parceria ainda renderá
muito. Antes a produção era
levada com caminhão da
prefeitura, o que era caro,
por que o veículo era grande
para a quantidade de frutas
vendidas”, relata. Ainda se-
gundo ele, esse recurso é só
o começo. “Ainda virão as
fases de capacitação e treina-
mentos, que buscam ajudar os
agricultores a produzir mais e
melhor”, completa.
O presidente da Cooper-
vida, Cooperativa dos Produ-
tores Orgânicos Catarinenses,
Ezequiel Matias dos Santos,
disse que são mais de 30
famílias beneficiadas direta
Agricultura tem dia de conquistas
CDC Cooperja começa com ampla programação
Começou ontem e segue
hoje, em Jacinto Machado,
mais um CDC – Campo
Demonstrativo Cooerja, reu-
nindo produtores rurais de
toda a região.
A 13ª edição do encon-
tro levou a comunidade de
Picadão, onde fica a grande
estrutura do CDC, várias
lideranças do meio rural,
como o presidente da Ocesc/
Sescoop Luis Vicente Su-
zim, que elogiou a abertura
da Cooperja para outras cul-
turas, como o maracujá. “A
cooperativa abriu seu leque
de atuação, incentivando a
diversificação e isso é muito
importante”, disse. Suzim
lembrou que as cooperativas
cresceram mesmo em meio a
crise financeira que atingiu o
país. “Não teve desemprego
nas cooperativas, que até
contrataram”, comemorou.
São esses bons resulta-
dos que animam o prefeito
João Batista Mezari, o Gaio-
la, que ressaltou o orgulho
pelo município contar com
a parceria da Cooperja e as
demais cooperativas. “A
Cooperja recebe destaque
nacional, e é um orgulho
que seja de Jacinto Macha-
do”, disse. Na sua opinião,
o CCDC leva conhecimento
ao agricultor e ajuda a desen-
volver o setor, aumentando a
produção e reduzindo custos.
Outro prefeito que esteve no
CDC foi Tiago Zilli de Tur-
vo. Ele foi prestigiar a Coo-
perja e também estimular a
Espaço que vai receber órgãos voltados a agricultura foi inaugurado ontem com a reativação da secretaria municipal
Cooperativa recebeu caminhão para transporte de banana
Foto de arquivo: Grande estrutura é montada todo ano para receber Campo Demonstrativo
e indiretamente, facilitando a
comercialização da produção
de bananas. “Veio em uma
boa hora. Nós tínhamos essa
necessidade de um veículo
para levar nosso produto ao
comerciante final. A equipe
local ajudou muito e é um
momento importante para
nós”, comenta. A Cooper-
vida recebe a banana dos
aproximação do homem do
campo com as tecnologias.
Para dar uma ideia da relevâ-
nia da agricultura turvense,
o prefeito ressaltou que 24
milhões de quilos de arroz
por mês são industrilizados
no município, que contém
também sete sementeiras
que trabalham até com ex-
portação. “Acrise financeira
nos faz parar, analisar e
programar as atividades e
assim deve ser também na
agricultura, o motor do pais”,
disse Zilli.
Para o presidente da
Cooperja Vanir Zanatta a
expectativa aumenta a cada
ano de CDC. Nos últimos
anos, há uma clara tentativa
de atrair mais as mulheres e
os jovens, que têm grande
força na propriedade. Por
isso, a programação dos dois
dias de Campo Demonstrati-
vo está cada vez mais variada
e abrangente.
associados, faz a maturação e
distribui nos grandes centros,
fase em que mais precisava
de um veículo adequado.
Também comemorando o
novo desafio, o secretário de
agricultura do município, se
disse à disposição na nova
sala, que teve inclusive, des-
cerramento de placa. Adenir
Oliveira Martins, conhecido
comoAlemão, declarou, con-
fiante, que a jornada será de
muito trabalho. “O começo
é difícil, e é algo novo. Mas
tenho certeza de que daremos
conta.Aagricultura é bastante
importante, e por isso temos
que dar uma atenção maior
aos produtores”, disse. Para o
secretário, é preciso trabalhar
mais na maior dificuldade
enfrentada por quem planta
em terras praiagrandenses. “O
maior desafio é a infraestru-
tura para que eles possam se
deslocar, tirar a produção da
lavoura. Para melhorar isso,
criaremos um programa onde
quanto mais notas tirarem,
faremos a troca de horas-
-máquina, para que aqueles
que não possuem recursos,
possam fazer obras em suas
propriedades e melhorar suas
condições de trabalho”, com-
pletou. Onde antes funciona-
vam as secretarias de turismo
e esportes na prefeitura de
Praia Grande, na tarde de on-
tem as salas cheiravam a tinta
fresca e disposição a serviço
do campo.
Foto:Oesc
12 PublicidadeJornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
13Segurança Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Resultado
A
s polícias da
região não es-
tão dando tré-
gua para a bandidagem e
o trabalho conjunto entre
policiais civis e militares
vem dando certo. Não foi di-
ferente na tarde desta quarta-
-feira, quando uma operação
conjunta derrubou mais uma
casa do tráfico na Cohab da
zona sul de Balneário Gai-
vota, próximo a Interpraias.
Na residência de núme-
ro 1106 da Rua W4, onde
moram velhos conhecidos
da polícia, foi cumprido um
mandado de busca a apreen-
são. Ao chegar os policiais
encontraram Alex de Paula
da Costa, Luan Weslei Rosa
Leguissamo, Jéssica da Silva
de Faveri e uma criança
de aproximadamente cinco
anos, filha de Jéssica. Foi
acionado o Conselho Tute-
lar para atender a menor e
os adultos foram colocados
detidos em frente a residên-
cia enquanto a polícia fazia
buscas no interior e no pátio.
Segundo relato dos policiais,
Balneário Gaivota
Turvo
Gislaine Fontoura
Araranguá
foi observado que os três
ficavam nervosos ao ver a
busca na parte de trás do
terreno, onde supostamente
teria material ilegal escon-
dido.
Os setores de investi-
gação da Polícia Civil e de
Inteligência da PM tinham
informações que a droga
poderia estar enterrada pró-
ximo às cercas. Os policiais
começaram a cavar e pri-
meiramente foi encontrado
um pote com duas porções
de maconha e seis pedras de
crack. A busca continuou no
pátio com escavações em
locais suspeitos e supreen-
dentemente, dentro de um
galinheiro foi encontrada
uma bolsa marcada com
potes de plástico contendo
R$ 280,00 em espécie. Em
revista pessoal em Alex, a
polícia encontrou mais R$
200,00.
O trio recebeu voz de
prisão e foi conduzido para a
delegacia de Balneário Gai-
vota e as drogas e dinheiro
aprendidos.
O delegado Luís Otá-
vio Pohlmann ressaltou que
Operação derruba casa do tráfico
Dono recupera carro após 4 anos
Crianças se envolvem em incêndio e acidente
Na tarde de terça-feira a
reportagem do Jornal Correio
do Sul encontrou o jovem Fe-
lipe Júlio Felisberto Silvério,
na delegacia deTurvo. Mora-
dor do município de Cocal do
Sul, ele estava em Turvo para
reencontrar seu Ford Escort
decorcinzaescuro,comprado
em 2013 e com o qual andou
apenas por quatro meses. Na-
quele ano, uma manhã Felipe
acordou e não encontrou mais
o carro na frente de casa, pois
tinha sido furtado.
O rapaz diz que acio-
nou a polícia e durante uma
semana procurou o veículo
em vários locais de Cocal do
Sul e cidades vizinhas. Como
não encontrou, se deu por
vencido, acreditando nunca
mais encontrar o Escort, que
poderia ter ido parar em al-
gum desmanche, o que é o
mais comum.
Na última semana, po-
rém, Felipe teve uma surpre-
sa. Após quatro anos do furto
policiais de Jacinto Machado
e Turvo entraram em contato
dizendoqueoseucarrofoien-
contrado. O automóvel tinha
sido recolhido pela polícia e
levado para o pátio de depó-
sito de carros apreendidos. O
funcionário do pátio, ao fazer
Por volta das 21 horas de
terça-feira, um incêndio atin-
giu uma residência no bairro
Vila São José, emAraranguá.
O Corpo de Bombeiros foi
acionado via telefone de
emergência – 193 e imedia-
tamente se dirigiu até o local.
Chegando na casa, os com-
batentes do fogo verificaram
que as chamas já haviam sido
controladas por um vizinho,
o qual utilizou um balde e
uma piscina cheia de água
no combate.
No interior da residência,
logo no início do incêndio,
havia duas crianças que es-
tavam sozinhas, uma com
14 e outra com nove anos,
as mesmas informaram que
o fogo iniciou em uma pa-
nela de arroz, que a menor
os documentos referentes
a apreensão detectou que a
placa que estava sendo usada
não batia com o número do
chassi. Ele avisou a polícia,
que em consulta ao sistema
de veículos descobriu que
o Escort estava com placas
falsas, tinha registro de furto
e pertencia ao proprietário de
Cocal do Sul.
Ainformação é de que o
Escort chegou a rodar duran-
te muito tempo em Jacinto
Machado e teria sido com-
prado já com a placa falsa
por pessoas que não tinham
conhecimento do furto.
Felipe que tem em seu
havia colocado no fogão para
aquecer e esqueceu. Ao per-
ceberam o incêndio, as duas
conseguiram sair sozinhas da
casa e pediram por socorro,
um cachorro, já com dificul-
dade respiratória, permanecia
no imóvel e foi retirado pelos
Dois homens e uma mulher foram detidos depois de operação contra o tráfico de drogas
Escort foi furtado em 2013 e encontrado somente agora
Casa onde estavam adolescente e criança pegou fogo por panela esquecida no fogão
Jéssica e Alex estavam tra-
ficando na casa e Luan já
há algum tempo tinha sido
preso por tráfico de drogas.
sobrenome Felisberto, ficou
feliz por ter reencontrado seu
carro, apesar de que nestes
anos todos já comprou e
pagou um outro e e nem
sabe se vale a pena retirar o
Escort do depósito, devido
aos custos para deixá-lo
em condições de uso. “Vou
tentar fazer algum negócio
e vendê-lo, o bom é saber
que nem tudo está perdido
pois eu achei que nunca mais
veria este carro e hoje estou
aqui para rencontrar o meu
Escort. Isso é uma lição de
vida para que nunca se perca
a esperança, finaliza o rapaz
com risos.
bombeiros.
Já por volta das 22 horas
um menino, de 11 anos, con-
duzia uma bicicleta pelas ruas
do bairro Mato Alto, quando
foi atropelado por uma Parati,
o motorista do carro nada
sofreu, já o menino foi con-
duzido pelos socorristas ao
Hospital Regional deAraran-
guá consciente, orientado e
com os sinais vitais normais.
O garoto sofreu escoriações
na face, abdômen, braços e
pernas e havia a suspeita de
fratura na perna direita.
14 PublicidadeJornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
15Publicidade Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
16 GeralJornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2017
O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO torna público para conhecimento dos
interessados que no dia 15/02/2017 às 08h30min horas estará realizando a reunião de
recebimento das propostas referente ao PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2017, objetivando
a AQUISIÇÃO DE FRALDAS GERIÁTRICAS E INFANTIS PARA MANTER AS ATIVIDADES DA
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E POSTOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO NO EXERCÍCIO DE
2017. A íntegra do Edital e maiores informações poderá ser obtida na Prefeitura Municipal de
Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371 – Meleiro/SC, no horário das 07h30min às 11h30min
horas e das 13h00min as 17h00min horas de Segunda a Sexta-Feira pelo fone 048-3537-8400
ou através da disponibilização do edital na íntegra no site do município www.meleiro.sc.gov.br.
Meleiro/SC, 01 de fevereiro de 2017.
EDER MATTOS
Prefeito Municipal
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 07/2017
DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 05/2017
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA
RATIFICAÇÃO E AUTORIZAÇÃO
Objeto: Prestação de serviços médicos especializados e exames complementares não prestados
no Município de Balneário Arroio do Silva, para atendimento da população local, durante o exercício
de 2017, conforme relação de itens em anexo, através do Consórcio Intermunicipal de Saúde da
AMESC (CIS-AMESC). Fornecedor: Consórcio Intermunicipal de Saúde daAMESC. Fundamentação
legal: A presente dispensa de licitação encontra fundamento nos incisos VIII e XXVI, do artigo 24 da
Lei nº 8.666/93; parecer da Consultoria Geral do Tribunal de Contas nº COG/638/00 de 16/11/00,
no Processo de Consulta nº COM-00/06009549, que resultou no pré-julgado nº 0944; art. 2°, § 1°,
inciso III da Lei n° 11.107/05 e art. 18, do Decreto n° 6.017/07. Justificativa da contratação:Adispensa
de licitação, no caso em questão, encontra justificativa na autorização legislativa que permite a
contratação de serviços públicos, por intermédio de consórcio público. Na presente situação, será
contratado o Consórcio Intermunicipal de Saúde da AMESC (CIS-AMESC), para fornecimento de
serviços e produtos da área da saúde aos municípios consorciados, com preços notoriamente abaixo
dos praticados no mercado.Assim sendo, a dispensa da presente licitação encontra amparo no artigo
24, inciso XXVI da Lei nº 8.666/93, e justifica-se pela obediência a todos os requisitos estabelecidos
pelo dispositivo mencionado. Justificativa do preço: O valor global estimado dos serviços importa
em R$ 433.875,00 (quatrocentos e trinta e três mil oitocentos e setenta e cinco reais), que serão
pagos conforme fornecimento do objeto. Da dotação orçamentária: As despesas decorrentes desta
aquisição correrão por conta das seguintes dotações: 3.3.90.32.02.00.00.00 (8); 3.3.90.32.02.00.00.00
(21). Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017.
GRAZIELA MINATTO DE SOUZA
Gestora do Fundo Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO
CONVITE
EDER MATTOS, Prefeito Municipal, vem por meio deste convidar Vossa Senhoria para Audiência Pública
no dia 22.02.2017, às 18:00 hs, na dependência da Câmara Municipal de Meleiro, para demonstração
das metas fiscais do 3º Quadrimestre de 2016, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal nº
101/2000.
Certo de seu comparecimento antecipo agradecimento.
Meleiro (SC), 27 de Janeiro de 2017.
EDER MATTOS
Prefeito Municipal
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE SOMBRIO
EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº. 004/2017
CONCURSO PÚBLICO – EDITAL 001/2015 (ADMINISTRAÇÃO)
Pelo presente Edital, O PREFEITO MUNICIPAL DE SOMBRIO, Senhor Zênio Cardoso, vem a público
convocar os candidatos aprovados no Concurso Público – Edital nº 001/2015 (Administração) para os cargos
de: Enfermeiro, abaixo relacionados, sendo que os referidos candidatos deveram comparecer no prazo
de 30 (trinta) dias, no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Sombrio, munido
dos documentos exigidos pelo Edital do Concurso Público nº. 001/2015, (Administração) para tomar posse:
ENFERMEIRO
POSIÇÃO............................................................................INSCRIÇÃO CANDIDATO
3.........................................................................................99180 Elida Silveira da Rosa
4.........................................................................................96006 Andrea Simon Martins
Município de Sombrio – SC, 01 de fevereiro de 2017.
Zênio Cardoso
Prefeito Municipal
17Publicações Legais Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
EDITAL DE INTIMAÇÃO
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS
desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP
88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que
o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido
o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou
por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados.
Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que
não impedirá a lavratura do protesto.
PROT. .................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ
Prot: 154790; Devedor(es): GENILDO DASILVA- 547.313.800-49, End: Rua Tubarão, S/N, Balneario
Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA
ME; Sac: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Tit: 49666 ; Apr: FCDL; VEN: 28/10/2016;
Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 15,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$
87,89.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução
R$ 20,74 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 87,89.
Prot: 154791; Devedor(es): GENILDO DASILVA- 547.313.800-49, End: Rua Tubarão, S/N, Balneario
Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA
ME; Sac: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Tit: 49568 ; Apr: FCDL; VEN: 25/10/2016;
Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 35,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$
84,68.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução
R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,68.
Prot: 154793; Devedor(es): JAILSON BAUER VIEIRA - 000.055.209-75, End: Rua Pedro João
Godinho, 812, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ODILSON BARRIN; Sac: ;
Tit: 850006 ; Apr: ODILSON BARRIN; VEN: 22/11/2016; Esp: Cheque; Val: R$ 234,80 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência
R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58.
Prot: 154844; Devedor(es): LEANDRO ANTONIO ROQUE - 076.206.449-89, End: Rua Martin
Bernardino Ferreira, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DANILO
COMÉRCIO DE MADEIRAS; Sac: DANILO COMÉRCIO DE MADEIRAS; Tit: 101120162 ; Apr:
CAIXAECONÔMICAFEDERAL; VEN: 10/01/2017; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação;
Val: R$ 240,70 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 66,06. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85
- Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 16,56 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 66,06.
Prot: 154848; Devedor(es): MARIA DONADEL PANATO ME - 06.274.962/0001-15, End: Rua Padre
João Reitz, 209, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COMAPREIS LTDA EPP;
Sac: COMAPREIS LTDA EPP; Tit: 38620/04 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 25/01/2017; Esp:
Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 312,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$
56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução
R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58.
Prot: 154767; Devedor(es): WILLIAM MACHADO DA SILVA - 082.458.819-37, End: Rua 418, S/N,
Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: SULTAN IND COM LTDA; Sac: SULTAN
IND COM LTDA; Tit: 228101/01 ; Apr: BANCO BRADESCO S A; VEN: 18/01/2017; Esp: Duplicata
de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 256,11 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 66,06.
Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$
16,56 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 66,06.
Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 02/02/2017.
Sombrio - SC, 02/02/2017
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA
DECRETO N° 24, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2017.
NOMEIAA SENHORA FERNANDA MAGALI DE OLIVEIRA SCHEFER, PARA EXERCER O CARGO DE
PROVIMENTO EM COMISSÃO DE ASSESSORA JURÍDICA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
O PREFEITO JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES, no uso das atribuições legais conferidas no disposto
dos Incisos I, II, XXII e XXVI, do Artigo 58 da Lei Orgânica do Município,
D E C R E T A:
Art. 1º Fica nomeada a Senhora FERNANDAMAGALI DE OLIVEIRASCHEFER, brasileira, maior, casada,
nascida em 28 de novembro de 1975, portadora do RG nº 3.037.830 - SSP/SC, inscrita no Cadastro das
Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda - CPF sob o n° 904.980.389-04, OAB/SC 20.158, para exercer
o Cargo de Provimento em Comissão de Assessora Jurídica, vinculada a Assessoria Jurídica, do Poder
Executivo Municipal, com direito a percepção do vencimento equivalente ao Código DAS-04, constantes
dos Anexos IV e V, da Lei Complementar Municipal nº 006, de 28 de dezembro de 2001, com Jornada de
Trabalho de tempo integral, 40 horas semanal e em regime de dedicação exclusiva.
Art. 2ºAServidora Pública ocupante do Cargo de Provimento em Comissão deAssessora Jurídica nomeada
nos termos deste Decreto é assegurada à filiação ao Regime Geral de Previdência Social – RGPS,
conforme legislação federal pertinente, cujas despesas correrão à conta das dotações orçamentárias
correspondentes e constantes da Lei Orçamentária vigente.
Art. 3º Fica o Departamento de Pessoal encarregado de proceder às anotações e aos procedimentos
administrativos que se façam necessários ao cumprimento do presente.
Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação.
Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva, em 1º de fevereiro de 2017.
JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES
Prefeito Municipal
Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria deAdministração e Finanças, em 1º de fevereiro
de 2017.
FELIPE KELLER
Secretário de Administração e Finanças
ESTADO DE SANTA CATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA
DECRETO N° 25, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2017.
NOMEIA PAULA DE BEM, PARA EXERCER O CARGO DE PROVIMENTO EM COMISSÃO DE
ASSESSORA JURÍDICA PARAA DÍVIDAATIVA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
O PREFEITO JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES, no uso das atribuições legais conferidas no disposto
dos Incisos I, II, XXII e XXVI, do Artigo 58 da Lei Orgânica do Município,
D E C R E T A:
Art. 1º Fica nomeada PAULA DE BEM, brasileira, maior, solteira, nascida em 16 de novembro de 1986,
portadora do RG nº 5.367.894 - SSP/SC, inscrita no Cadastro das Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda
- CPF sob o n° 010.857.079-70, OAB/SC 47.460, para exercer o Cargo de Provimento em Comissão de
Assessora Jurídica para a Dívida Ativa, vinculada a Assessoria Jurídica, do Poder Executivo Municipal,
com direito a percepção do vencimento equivalente ao Código DAS-04, constantes dos Anexos IV e V,
da Lei Complementar Municipal nº 006, de 28 de dezembro de 2001, com Jornada de Trabalho de tempo
integral, 40 horas semanal e em regime de dedicação exclusiva.
Art. 2º A Servidora Pública ocupante do Cargo de Provimento em Comissão de Assessora Jurídica para a
DívidaAtiva nomeada nos termos deste Decreto é assegurada à filiação ao Regime Geral de Previdência
Social – RGPS, conforme legislação federal pertinente, cujas despesas correrão à conta das dotações
orçamentárias correspondentes e constantes da Lei Orçamentária vigente.
Art. 3º Fica o Departamento de Pessoal encarregado de proceder às anotações e aos procedimentos
administrativos que se façam necessários ao cumprimento do presente.
Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação.
Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva, em 1º de fevereiro de 2017.
JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES
Prefeito Municipal
Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria deAdministração e Finanças, em 1º de fevereiro
de 2017.
FELIPE KELLER
Secretário de Administração e Finanças
ESTADO DE SANTA CATARINA
FUNDO MUNICIPALDE SAÚDE DE BALNEÁRIOARROIO DO SILVA
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 08/2017
PREGÃO PRESENCIAL Nº 03/2017
(FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE)
OBJETO: Aquisição parcelada de material de consumo e procedimento para atendimento das
necessidades do Fundo Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva/SC, para o exercício de
2017, conforme especificações contidas no Anexo I do Edital.
TIPO DE JULGAMENTO: Menor preço por item.
REGIME LEGAL: Mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei
nº 10.520/2002 e Lei nº 8.666/1993, e suas alterações.
ABERTURA DOS ENVELOPES: Iniciará às 14 horas, do dia 15 de fevereiro de 2017, na sala de
Reuniões, na Sede da Prefeitura Municipal, situada na Avenida Santa Catarina, nº 1122, Centro, na
Cidade de Balneário Arroio do Silva/SC.
INFORMAÇÕES: Pessoalmente ou telefone: (48) 3526-1445. Email: licitacao@arroiodosilva.sc.gov.br
Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017.
GRAZIELA MINATTO DE SOUZA
Gestora do Fundo Municipal de Saúde
ESTADO DE SANTA CATARINA
FUNDO MUNICIPALDE SAÚDE DE BALNEÁRIOARROIO DO SILVA
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 09/2017
PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2017
(FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE)
OBJETO: Aquisição parcelada de medicamentos, suplementos e materiais para suprir a demanda no
ano de 2017, das decisões judiciais recebidas pela Secretaria Municipal de Saúde, movidas contra
o Município de Balneário Arroio do Silva, conforme especificações contidas no Anexo I do Edital.
TIPO DE JULGAMENTO: Menor preço por Item.
REGIME LEGAL: Mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei
10.520/2002, Lei nº 8.666/1993 e suas alterações, e Lei Complementar nº 123/2006.
ABERTURA DOS ENVELOPES: Iniciará às 14 horas, do dia 16 de fevereiro de 2017, na sala de
Reuniões, na Sede da Prefeitura Municipal, situado na Avenida Santa Catarina, nº 1122, Centro, na
Cidade de Balneário Arroio do Silva/SC.
INFORMAÇÕES: Pessoalmente ou telefone: (48) 3526-1445. Email: licitacao@arroiodosilva.sc.gov.br
Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017.
GRAZIELA MINATTO DE SOUZA
Gestora do Fundo Municipal de Saúde
Duas cores e uma paixão sem fim
Maxiequatroreforços:confira
a 1ª lista de relacionados do
Grêmio em 2017
Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Gaúcho
Araranguá
Arroio do Silva
O Grêmio estreia no
Campeonato Gaúcho nesta
quinta-feira, contra o Ypi-
ranga, às 21h15, na Arena.
E a primeira lista de rela-
cionados da temporada foi
divulgada pelo clube gaúcho
com quatro dos reforços
contratados. Além de Beto
da Silva, que ainda não
está regularizado, Edílson
é ausência por problemas
físicos.
O rol tem jogadores
como Fernandinho e Maxi
Rodríguez, que retornaram
de empréstimo, e quatro
dos contratados para a atual
temporada: os laterais Le-
onardo e Bruno Cortez, o
volante Michel e o centroa-
vante Jael. O primeiro será
titular, já que Edílson ficou
fora da lista e se recupera
da cirurgia feita no joelho
direito nas férias.
Beto da Silva ainda
não foi regularizado pelo
Tricolor e, por isso, fica fora
de ação. O outro reforço
ausente é Léo Moura, que
ainda faz um trabalho físi-
co especial sob o comando
do fisioterapeuta Henrique
Valente.
A outra novidade no
time será Jailson, na vaga
do negociado Walace. A
escalação terá: Marcelo
Grohe; Leonardo, Geromel,
Kannemnann e Marcelo
Oliveira; Jailson, Maicon,
Ramiro, Douglas e Pedro
Rocha; Luan.
E
i, ei, estamos aí
(pro que der e
vier) Ei, ei, esta-
mos aí (pro que der e vier)
A fim de saber a verdadeira
verdade.Você que luta para se
manter,Você que pede pra so-
breviver, Você que olha com
toda curiosidade, A fim de
saber a verdadeira verdade.
Quem não lembra dessa
música na final da Copa
Santa Catarina, quando o
Araranguá Esporte Clube foi
campeão em cima do Inter-
nacional de Lages no ano de
1992? Um torcedor apaixo-
nado guarda na memória o
título, a música e o capitão
Aroldo erguendo a taça.
Este torcedor é Cleiton
Michels, mais conhecido
por Flaec, um apaixonado
pelas cores amarela e azul
do Araranguá, e que tem de
tudo um pouco na sua coleção
sobre o clube que para ele não
tem dinheiro que pague. Ali
estão desde camisas dos anos
1986 até as atuais, quando o
AEC voltou a disputar com-
petições.
São mais de 60 camisas
usadas por ex jogadores nas
finais, e em outras partidas
pelo Araranguá. O AEC está
no coração, na casa, e em
todos os lugares da vida de
Cleiton, que em dia de jogos
chora, grita e torce o tempo
todo pelo mais querido do sul.
A paixão continuou mesmo
quando o time acabou em
1995, e a empolgação de
Flaec incentivou muitos a se
mobilizar pela volta do clube
que hoje disputa a Larm e o
catarinense de máster, onde
foi vice campeão.
Flaec coleciona também
camisetas da sua segunda
paixão,o Flamengo, com
camisas de jogadores como
Leandro Damião, Muralha
entre outros, além de camisas
de vários times das sériesAe
B do Catarinense.
Porém, o maior sonho
do torcedor é ver Araranguá
voltando a disputar o campe-
onato catarinense de futebol,
e quem sabe uma Copa do
Brasil ou Brasileirão sendo
série D para ir subindo, como
fez a Chapecoense, que no
passado já perdeu para o
Araranguá.
“Sou apaixonado pelo
AEC, tenho ciúmes das mi-
nhas camisetas do nosso
time, não vendo e não troco
por nada desse mundo. Quero
ainda ver o nosso Araranguá
voltar para o lugar de onde
nunca deveria ter saído, na
vitrine do futebol catarinense,
disputando títulos como os
Copa Santa Catarina em 91 e
92 e o catarinense 2º divisão
em 1988”, diz Michels.
13-42-64-73-80CONCURSO
4.297
QUINA 28/01
01-09-10-11-12-29
08-10-15-18-26-30 CONCURSO
1.601
DUPLA SENA
28/01
12-34-45-53-55-58
CONCURSO
1.898
MEGA SENA
28/01
No reencontro com o Beira-Rio, Inter
vence Brasil-Pel com gols de atacantes Catarinense
19Esportes Jornal Correio do Sul
Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
Araranguá
D
epois de um
2016 em que
os atacantes
eram meros espectado-
res nas partidas, o Inter
fez o primeiro jogo de
2017 no Beira-Rio com
vitória e redenção dos
homens de frente. Com
gols de Nico López e
Brenner, o time de An-
tônio Carlos Zago bateu
o Brasil de Pelotas por 2
a 1 na noite desta quar-
ta-feira, no Beira-Rio,
pela primeira rodada da
Primeira Liga. Bruno
Lopes descontou para o
Xavante.
C o m a v i t ó r i a , o
Colorado se iguala ao
Fluminense na primeira
colocação do Grupo A,
com três pontos. Os dois
times voltam a jogar pela
Primeira Liga na semana
que vem. O Inter joga
novamente no Beira-Rio,
na quarta-feira, contra o
Fluminense, às 19h30. O
Brasil recebe o Criciú-
ma, em Pelotas, na terça,
também às 19h30.
QUINTA-FEIRA, 2 DE FEVEREIRO DE 2017
IMAGEMILUSTRATIVA.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15 12-17
Jornal digital 15 12-17Jornal digital 15 12-17
Jornal digital 15 12-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 08-18
Jornal digital 30 08-18Jornal digital 30 08-18
Jornal digital 30 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 de janeiro de 2017
Jornal digital   30 de janeiro de 2017Jornal digital   30 de janeiro de 2017
Jornal digital 30 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital qui 03 11 16
Jornal digital qui 03 11 16Jornal digital qui 03 11 16
Jornal digital qui 03 11 16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4915_qua_11052016
Jornal digital 4915_qua_11052016Jornal digital 4915_qua_11052016
Jornal digital 4915_qua_11052016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 26 06-18
Jornal digital 26 06-18Jornal digital 26 06-18
Jornal digital 26 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4907_sex_29042016
Jornal digital 4907_sex_29042016Jornal digital 4907_sex_29042016
Jornal digital 4907_sex_29042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 01-18
Jornal digital 05 01-18Jornal digital 05 01-18
Jornal digital 05 01-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 10-2018
Jornal digital 30  10-2018Jornal digital 30  10-2018
Jornal digital 30 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16-02-17
Jornal digital 16-02-17Jornal digital 16-02-17
Jornal digital 16-02-17
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016Jornal digital 4904_ter_26042016
Jornal digital 4904_ter_26042016
 
Jornal digital 15 12-17
Jornal digital 15 12-17Jornal digital 15 12-17
Jornal digital 15 12-17
 
Jornal digital 30 08-18
Jornal digital 30 08-18Jornal digital 30 08-18
Jornal digital 30 08-18
 
Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016Jornal digital 4973_ter_02082016
Jornal digital 4973_ter_02082016
 
Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16
 
Jornal digital 30 de janeiro de 2017
Jornal digital   30 de janeiro de 2017Jornal digital   30 de janeiro de 2017
Jornal digital 30 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016Jornal digital 4878_qui_17032016
Jornal digital 4878_qui_17032016
 
Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18
 
Jornal digital qui 03 11 16
Jornal digital qui 03 11 16Jornal digital qui 03 11 16
Jornal digital qui 03 11 16
 
Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162Jornal digital 4969_qua_270720162
Jornal digital 4969_qua_270720162
 
Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17Jornal digital 24-04-17
Jornal digital 24-04-17
 
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4915_qua_11052016
Jornal digital 4915_qua_11052016Jornal digital 4915_qua_11052016
Jornal digital 4915_qua_11052016
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
 
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016
 
Jornal digital 26 06-18
Jornal digital 26 06-18Jornal digital 26 06-18
Jornal digital 26 06-18
 
Jornal digital 4907_sex_29042016
Jornal digital 4907_sex_29042016Jornal digital 4907_sex_29042016
Jornal digital 4907_sex_29042016
 
Jornal digital 05 01-18
Jornal digital 05 01-18Jornal digital 05 01-18
Jornal digital 05 01-18
 
Jornal digital 30 10-2018
Jornal digital 30  10-2018Jornal digital 30  10-2018
Jornal digital 30 10-2018
 
Jornal digital 16-02-17
Jornal digital 16-02-17Jornal digital 16-02-17
Jornal digital 16-02-17
 

Destaque

Classificado 02-02-17
Classificado 02-02-17Classificado 02-02-17
Classificado 02-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Composición del Sistema Nervioso Autónomo
Composición del Sistema Nervioso AutónomoComposición del Sistema Nervioso Autónomo
Composición del Sistema Nervioso Autónomo
Alexander Tenecota
 
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
Margarita Lavides
 
ERP
ERPERP
Jerri Ann Long-updated resume'
Jerri Ann Long-updated resume'Jerri Ann Long-updated resume'
Jerri Ann Long-updated resume'
Jerri Long
 
Trabajo catedra
Trabajo catedraTrabajo catedra
Trabajo catedra
auraguerra01
 
Telegram инструкция
Telegram инструкцияTelegram инструкция
Telegram инструкция
Abay Aben
 
Catalogo héctor torres
Catalogo héctor torresCatalogo héctor torres
Catalogo héctor torres
Hector Torres
 
Trabajo final presentacion psicopedagogia
Trabajo final presentacion psicopedagogiaTrabajo final presentacion psicopedagogia
Trabajo final presentacion psicopedagogia
juan carlos alarcon
 
Magnum44
Magnum44Magnum44
Actividad
ActividadActividad
JANDM Profile - email-tes
JANDM Profile - email-tesJANDM Profile - email-tes
JANDM Profile - email-tes
Johnny and Mary Publishing
 
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
Abhinab Boruah
 
E safetylabel ic_tdag 23112015jdc
E safetylabel ic_tdag 23112015jdcE safetylabel ic_tdag 23112015jdc
E safetylabel ic_tdag 23112015jdc
Jan De Craemer
 
Randstad research informe tendencias salariales 2017
Randstad research informe tendencias salariales 2017Randstad research informe tendencias salariales 2017
Randstad research informe tendencias salariales 2017
LUIS VALLEJO APARICIO
 

Destaque (15)

Classificado 02-02-17
Classificado 02-02-17Classificado 02-02-17
Classificado 02-02-17
 
Composición del Sistema Nervioso Autónomo
Composición del Sistema Nervioso AutónomoComposición del Sistema Nervioso Autónomo
Composición del Sistema Nervioso Autónomo
 
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
MNLavides Ford IFP Fellow in page 33
 
ERP
ERPERP
ERP
 
Jerri Ann Long-updated resume'
Jerri Ann Long-updated resume'Jerri Ann Long-updated resume'
Jerri Ann Long-updated resume'
 
Trabajo catedra
Trabajo catedraTrabajo catedra
Trabajo catedra
 
Telegram инструкция
Telegram инструкцияTelegram инструкция
Telegram инструкция
 
Catalogo héctor torres
Catalogo héctor torresCatalogo héctor torres
Catalogo héctor torres
 
Trabajo final presentacion psicopedagogia
Trabajo final presentacion psicopedagogiaTrabajo final presentacion psicopedagogia
Trabajo final presentacion psicopedagogia
 
Magnum44
Magnum44Magnum44
Magnum44
 
Actividad
ActividadActividad
Actividad
 
JANDM Profile - email-tes
JANDM Profile - email-tesJANDM Profile - email-tes
JANDM Profile - email-tes
 
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
Class 10 isomers{Diphu_ Abhinab Boruah}
 
E safetylabel ic_tdag 23112015jdc
E safetylabel ic_tdag 23112015jdcE safetylabel ic_tdag 23112015jdc
E safetylabel ic_tdag 23112015jdc
 
Randstad research informe tendencias salariales 2017
Randstad research informe tendencias salariales 2017Randstad research informe tendencias salariales 2017
Randstad research informe tendencias salariales 2017
 

Semelhante a Jornal digital 02 02-17

Jornal digital 13 06-18
Jornal digital 13 06-18Jornal digital 13 06-18
Jornal digital 13 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09-02-17
Jornal digital 09-02-17Jornal digital 09-02-17
Jornal digital 09-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4924_ter_24052016
Jornal digital 4924_ter_24052016Jornal digital 4924_ter_24052016
Jornal digital 4924_ter_24052016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 06-17
Jornal digital 14 06-17Jornal digital 14 06-17
Jornal digital 14 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 05-18
Jornal digital 04 05-18Jornal digital 04 05-18
Jornal digital 04 05-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4860_seg_22022016
Jornal digital 4860_seg_22022016Jornal digital 4860_seg_22022016
Jornal digital 4860_seg_22022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 10-2018
Jornal digital 18 10-2018Jornal digital 18 10-2018
Jornal digital 18 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 08-18
Jornal digital 13 08-18Jornal digital 13 08-18
Jornal digital 13 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 03-17
Jornal digital 04 03-17Jornal digital 04 03-17
Jornal digital 04 03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 07-03-17
Jornal digital 07-03-17Jornal digital 07-03-17
Jornal digital 07-03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17
Jornal Correio do Sul
 

Semelhante a Jornal digital 02 02-17 (20)

Jornal digital 13 06-18
Jornal digital 13 06-18Jornal digital 13 06-18
Jornal digital 13 06-18
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
 
Jornal digital 09-02-17
Jornal digital 09-02-17Jornal digital 09-02-17
Jornal digital 09-02-17
 
Jornal digital 4924_ter_24052016
Jornal digital 4924_ter_24052016Jornal digital 4924_ter_24052016
Jornal digital 4924_ter_24052016
 
Jornal digital 14 06-17
Jornal digital 14 06-17Jornal digital 14 06-17
Jornal digital 14 06-17
 
Jornal digital 04 05-18
Jornal digital 04 05-18Jornal digital 04 05-18
Jornal digital 04 05-18
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18
 
Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17
 
Jornal digital 4860_seg_22022016
Jornal digital 4860_seg_22022016Jornal digital 4860_seg_22022016
Jornal digital 4860_seg_22022016
 
Jornal digital 18 10-2018
Jornal digital 18 10-2018Jornal digital 18 10-2018
Jornal digital 18 10-2018
 
Jornal digital 13 08-18
Jornal digital 13 08-18Jornal digital 13 08-18
Jornal digital 13 08-18
 
Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18Jornal digital 12 06-18
Jornal digital 12 06-18
 
Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018
 
Jornal digital 04 03-17
Jornal digital 04 03-17Jornal digital 04 03-17
Jornal digital 04 03-17
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
 
Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18
 
Jornal digital 07-03-17
Jornal digital 07-03-17Jornal digital 07-03-17
Jornal digital 07-03-17
 
Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17
 

Mais de Jornal Correio do Sul

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018
Jornal Correio do Sul
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 
Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018Jornal digital 20 11-2018
Jornal digital 20 11-2018
 

Jornal digital 02 02-17

  • 1. Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.098 R$ 2,00QUINTA-FEIRA, 2 DE FEVEREIRO DE 2017 www.grupocorreiodosul.com.br 31º 23º Pancadas de Chuva - Chuva de curta duração e pode ser acompanhada de trovoadas a qualquer hora do dia. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense COMEÇA CADASTRAMENTO PARA RECEBER SMS DA DEFESA CIVIL PRAIA GRANDE REATIVA SECRETARIA E CRIA ESPAÇO ÚNICO PARA AGRICULTOR ARARANGUÁ Pag 13 Operação conjunta encontra dinheiro enterrado em galinheiro Pagina 11 Pagina 13 Valorização POLICIA
  • 2. PMDBdoSuledoNortetravambrigavelada Queda brusca Prefeitura de Meleiro começou o ano com o pé esquerdo, no que diz respeito as suas finanças. Em janeiro deste ano o executivo recebeu R$ 170 mil a menos, em repasses do Governo Federal e Esta- dual, do que havia recebido em janeiro de 2016. “Se tivéssemos recebido o mesmo valor já seria muito ruim, afinal de contas tivemos aumento de custeio e inflação de mais de 7% neste período. Este valor a menor acabou deixando inviabilizados aqueles projetos mais caseiros que preten- díamos realizar neste primeiro trimestre”, comentou o prefeito Eder Matos (PSB). A realidade de Meleiro foi sentida por quase todas as demais administrações municipais da região, que ainda depen- dem essencialmente de repasses federais e estaduais. Tiro no pé Decisão do deputado estadual Ricardo Guidi (PSD) de disputar a Câmara Federal, em princípio, soa como um tiro no pé. Ma- rinheiro de primeira viagem naAssembleia Legislativa, em 2014 Ricardo Guidi conse- guiu fazer pouco mais de 30 mil votos na busca de uma cadeira no parlamento cata- rinense.Avotação foi menor que a metade dos votos recebidos por outros candidatos a deputado estadual do PSD naquele pleito, como Zé Nei Ascari, Ismael dos Santos e Milton Hobus, e quatro vezes menor que a de Gelson Merísio.Afora isto, César Souza (PSD), que foi o último mais votado de seu partido à Câmara Federal, fez 110 mil votos em 2014. Na prática, Ricardo teria que, no mínimo, quadruplicar sua votação para conseguir entrar no Congresso Nacio- nal pela porta da frente. Tendo apenas Zé Nei Ascari para fazer dobradinha, além de mais uma ou duas buchas de canhão, que o PSD deverá lançar como candidato a estadual no Sul do Estado, a missão é quase impossível. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “Por conta das eternas contradições da vida, geralmente aqueles que sabem pouco falam muito, ao passo que aqueles que sabem muito falam pouco” Jean Jacques Rousseau (1712/1778) Filósofo francês N ão é de hoje que o PMDB de Santa Catarina está dividido em relação ao governo de Raimundo Colombo (PSD). Divisão que foi principiada já em 2010, quando o então governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) bancou a eleição de Colombo ao governo, mesmo a contragosto do PMDB do Norte do Estado. Para se fortalecer internamente, Luiz Henrique se aliou definitivamente ao PMDB do Sul, abrindo espaços nunca antes conquistados por Edu- ardo Moreira e seus aliados. Em 2014, diante do projeto de reeleição de Colombo, o PMDB do Norte, sob a batuta do deputado fe- deral Mauro Mariani, foi à loucura, ameaçando ruptura. Usando toda sua influência, Luiz Henrique conseguiu se impor, graças a conivência do PMDB do Sul do Estado. Poucos meses após a reeleição de Raimundo Colombo, no entanto, Luiz Henrique acabou falecendo, o que, de certa forma, deu autonomia para que o PMDB do Norte catarinense pudesse se realinhar. Aqui no Sul esta briga interna do PMDB nunca foi muito sentida, mesmo porque os peemedebistas ligados a Moreira, e o próprio Mo- reira, sempre tiveram trânsito livre dentro do governo. Este trânsito, no entanto, não é tão livre assim no que diz respeito ao partido no Norte catarinense. Para 2018 o que se prevê é uma intensa queda de braços entre estes dois grupos políticos do partido. É que fatalmente Mauro Mariani irá querer se impor como candidato ao governo, o que atinge diretamente os interesses de Eduardo Moreira. O apoio de Moreira a um projeto como este pode acabar deslocando radicalmente o comando de seu par- tido do Sul para o Norte do Estado, apagando, em pouco tempo, com a figura de sua liderança e diminuindo sensivelmente a influência que a ala sulina do partido tem junto ao gover- no catarinense. Não é à toa que Eduardo Moreira nunca referenciou Mauro Maria- ni como um candidato natural do PMDB ao governo, ainda que ele seja o que reúne as melhores condições para isto, a começar pelo fato de estar inserido no maior colégio eleitoral do Estado. Na mesma lógica, o gru- po de Mariani nunca fez questão de dar notoriedade à figura de Moreira, mesmo ele sendo vice-governador e presidente estadual do PMDB. O PMDB do Norte, na verdade, funcio- na como uma espécie de irmandade secreta dentro da política estadual. O acirramento de ânimos entre as duas alas é apenas uma questão de tempo, já que seus principais líderes não se bicam, e o início das articulações visando o pleito estadual de 2018 já está postado no horizonte. Notadamente, esta rota de colisão é prevista principalmente porque o PMDB deixou de ter a figura de um líder estadualizado, como era Luiz Henrique da Silveira. Vale lembrar, que além de Moreira e Mariani, o senador Dário Berger e o PMDB do Oeste catarinense também tentam se impor como tutores do partido. A tal legenda Não é à toa que o eleitor comum fica in- dignado com a tal da legenda partidária, que acaba permitindo com que candidatos menos votados se elejam, enquanto outros mais votados deixem de ser eleitos. Em nosso último pleito estadual, nada menos do que 32 candidatos fizeram mais votos que Claiton Salvaro (PSB), que acabou sendo eleito com menos de 15 mil votos. Na lista dos que não foram eleitos estão Dóia Guglielmi (PSDB) com 41 mil votos, Luiz Fernando Vampiro (PMDB) com 35 mil, Manoel Mota (PMDB) com 31 mil e por aí afora. A tal injustiça se estende tam- bém à Câmara dos Deputados. Edinho Bez (PMDB), por exemplo, fez 102 mil votos em sua tentativa de reeleição a deputado federal e não se elegeu. Já Geovânia de Sá (PSDB) fez 52 mil e se elegeu. Na campanha A partir de hoje Santa Catarina tem seu primeiro pré-candidato a governador em campanha. Trata-se do deputado estadual Gelson Merísio (PSD), que deixou ontem a Presidência daAssembleia Legislativa.A intenção de Merísio é continuar cumprindo sua agenda de compromissos durante a semana, em Florianópolis, e nos finais de semana se embrenhar pelo interior do Esta- do, mantendo, num primeiro momento, um contato mais direto com os líderes locais de seu partido, e depois com a sociedade como um todo. Ao longo dos últimos dois anos ele pavimentou bem seu caminho com vistas ao Palácio Santa Catarina. Fez questão de passar a impressão de austeri- dade. Cortou pela metade a quantidade de funcionários da Assembleia e só no ano passado devolveu mais de R$ 100 milhões aos cofres do governo, que poderiam ter sido usados pelos deputados. Também fez questão de estreitar relações com o judi- ciário, com o Ministério Público e com a imprensa do interior. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA
  • 3. 3 Para SMS Geral A Defesa Civil de Santa Catarina está implantan- do um novo serviço de alerta por mensagem de telefone via SMS para moradores em áreas de risco de desastres naturais, como enchente. Para receber o alerta de forma gratuita, o morador deve enviar um SMS para o número 40199 com o número do CEP de sua rua, o cadastro começou a valer ontem, dia 1º, porém o alerta Gislaine Fontoura Araranguá Região só começará a ser enviado na próxima terça-feira, dia 7. O objetivo é informar a população sobre situa- ções eminentes de desastres, emergência e/ou estado de calamidade pública, através de mensagens divulgadas pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad). Em todo o estado 20 municípios, incluindo Araranguá na re- gião Sul de Santa Catarina, já estão no programa, que é piloto em todo o país. A reportagem enviou um SMS para o número 40199 e ve- Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 ComeçacadastrodaDefesaCivil Aberto das 19h00 às 00h00 de Quarta à Domingo Av. Nereu Ramos, 1082 Parque das Avenidas - Sombrio Credija realiza pré-assembleia em 11 cidades Para informar seus mais de 32 mil associados sobre o desempenho da cooperativa em 2016 e quais os projetos que estão sendo organizados para este ano, o Sicoob Credija realizará as tradicionais pré- -assembleias. Os encontros, que acontecem entre fevereiro e março, serão realizados nas 11 cidades onde a cooperativa atua. Em 2017, a Credija apre- sentará para seus associados um resultado recorde de quase R$12 milhões de sobras (que corresponde ao lucro no siste- ma financeiro privado), valor querepresentaumcrescimento de 35% em relação ao ano an- terior.Outrosnúmerostambém se destacam pelo crescimento positivo, somente no quadro social a cooperativa cresceu 14%, encerrando o ano com mais de 32 mil associados, que juntos somam R$75 milhões de patrimônio líquido. Para o vice-presidente da cooperativa, Donato Sempre- bon, os números crescentes demonstram a confiança das pessoas no trabalho que vem sendo desenvolvido. “Nesses 25 anos a Credija sempre esteve ao lado dos associa- dos, impulsionando a região e contribuindo com a vida financeira das pessoas”, co- menta. O presidente do Sicoob Credija, Wolni José Walter, também destaca as sobras e os projetos sociais como parte do diferencial. “Todo o nosso crescimento está pautado na confiança dos associados, que acreditam em nossos projetos sociais, utilizam os serviços e participam da distribuição das sobras, algo que só o coopera- Pedro Joel já enfrentou mais de 20 enchentes e controla a cheia do rio pela aproximação da água nos fundos do terreno Pré-assembleias informam associados sobre os resultados rificou como é fácil realizar o cadastro. Assim que o SMS é enviado com o CEP, a pessoa recebe a resposta de confirmação do cadastro com a seguinte mensagem: “Cadastro realizado com sucesso. O celular está apto a receber alertas e recomen- dações da Defesa Civil. Para cancelar envie SAIR e o CEP para 40199”. O funcionário público Pedro Joel da Silva Gomes, de 57 anos, morador da lo- calidade de Baixadinha há 27 anos, já perdeu a conta de por quantas enchentes passou com a família, mas calcula que sejam mais de 20. Em uma das primeiras perdeu os móveis e atual- mente tem uma peça no piso superior da casa, onde colo- ca a mobília. “A gente não estava preparado, quando vimos a água já tinha tomado conta da casa”, disse. Para não ser pego de surpresa, o funcionário pú- blico verifica a régua que mede o nível do Rio Ara- ranguá e também cuida dos fundos de sua casa, que tem uma área grande de mata. “Quando a água vem cer- cando, a gente já sabe que vai entrar e colocamos os móveis para a parte de cima, ou também levamos para fora com caminhão. Nós já temos poucos móveis dentro de casa, que é para se perder, perdermos pouco”, revela. Quando a enchente atin- ge a casa de Pedro ele vai com a família para abrigos da prefeitura, como sua mulher é doente é ele quem limpa a casa sozinho. “Normalmente ficamos uns três dias no abri- go e quando a água baixa, que dá para limpar a casa, eu venho na frente e limpo tudo, higienizo, para só depois trazer a família”, conta. O funcionário público acredita que o aviso da De- fesa Civil será útil em locais onde a água vem muito rápi- do, porém ele, que ainda não fez o cadastro, afirma que consegue saber se a água vai chegar até sua casa apenas observando o pátio e o Rio Araranguá. “Eu pretendo me cadastrar, para ajudar outra pessoa, porque nós aqui não temos problema de enchente vir rápido”, fala. Pedro está construindo uma parte mais alta nos fundos de sua casa, exclu- sivamente para colocar os móveis em caso de cheias. “Aquela parte ali, em cima da garagem, vai ser só para colocar os móveis quando vier a enchente”, mostra. tivismo consegue promover”, pontua. No dia 10 de março, em Jacinto Machado, acontecerá a Assembleia Geral com o sorteio de um carro zero quilô- metro entre os associados que capitalizaram na cooperativa. “Essa será mais uma oportu- nidadedepodermosapresentar os resultados positivos e retri- buir a confiança das pessoas entregando um automóvel”, destaca Wolni.
  • 4. Henrique reativa Setor de Agricultura Arlindo Rocha analisa primeiro mês Volta do legislativo SD recebe punição “Ainda há gente que faz o bem pelo simples motivo de ajudar, sem querer nada como recom- pensa e com pessoas assim é possível formar uma equipe coesa, dedicada e que vai administrar esta cidade com uma nova visão, voltada ao serviço público e ao bem comum. De outra parte, ainda existe muita gente querendo se dar bem, levar vantagem e, alguns, apostando no quanto pior para o município, melhor para eles”.Adeclaração é do prefeito de Maracajá,Arlindo Rocha, ao analisar os primeiros 30 dias de sua administração. Dos grupos que ‘desenhou’, Arlindo se sente mais à vontade e dedica maior tempo aos pri- meiros. “Tenho cumprimentado diariamente a nossa equipe e os servidores que nos rodeiam; as dificuldades são imensas, falta dinheiro às necessidades mais elementares e cada um encontra alternativas, surgem propostas inovadoras e vamos vencendo os desafios que sabíamos seriam grandes, mas que se mostram maiores que nossa imaginação”, acrescenta o prefeito. Rocha previa que teria que pagar duas folhas de pagamento de salários dos servidores e se enganou. A administração anterior quitou os salários, mas, segundo o novo gestor, deixou heranças que somam mais que duas folhas de pagamento: a dívida com o fundo de previdência dos servidores municipais chegou a quase R$ 800 mil, os ‘restos a pagar’ totalizaram em torno de R$ 300 mil e um aditivo a convênio de pavimentação contabilizou outros quase R$ 300 mil. “E surpresas aparecem todos os dias”, diz Rocha. O prefeito de Maracajá estima que serão necessários de três a quatro meses para que a admi- nistração municipal esteja em condições de por em prática, efetivamente, os princípios norteadores que a conduziram a vitória na campanha eleitoral do ano passado. O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina desaprovou as contas do exercício financeiro de 2014 do diretório estadual do Partido Solidariedade (SD), suspendendo o repasse de cotas do Fundo Partidário pelo período de 4 meses. Além disso, foi determinado o reco- lhimento ao erário do valor de R$ 1.150,00 e a aplicação, no ano seguinte ao trânsito em julgado da decisão, de 7,5% do Fundo Partidário na criação e manutenção de programa de promoção e difusão da participação política da mulher. O relator do processo, desembargador Antonio do Rêgo Monteiro Rocha, explicou que o diretório partidário não apresentou os extratos bancários rela- tivos ao exercício financeiro, o que tem justificado a fixação da penalidade entre quatro a seis meses. O prefeito de Praia Gran- de, Henrique Maciel (PSDB), um mês após tomar posse, já fez uma revolução nos setores da administração e está cheio de planos e ideias. Em um evento na prefeitura na tarde desta quarta-feira, ele falou da alegria por reativar a Secretaria de Agricultura do município. “Dis- seram que eu seria o homem da agricultura, e é isso mesmo que eu quero ser, um prefeito do campo”, enfatizou. Além disso, Henrique também está fazendo reuniões semanais nas comunidades. Começou em Pedra Branca, e na semana que vem, irá visitar Mãe dos Homens e Rio do Boi. Ao todo serão 16 encontros. “Nossa proposta de campanha é ouvir as pessoas, e é isso que faze- mos na reunião”, declarou.Autori- dades de peso, como o secretário adjunto de agricultura do estado elogiam o trabalho de Henrique. “É bom ver um prefeito recém- -chegado estar empolgado desta forma”, completou Airton Spies. Prefeito de Araranguá Mariano Mazzucco, vice Primo Júnior e secretários municipais, participaram na noite desta quarta-feira da reabertura dos trabalhos do legislativo. A Câmara está sob o comando do vereador Daniel Viriato Afonso, que já foi o homem forte da primeira administração muncipal de Mariano Mazzucco. Jabson MullerJabson Muller Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 (48) 99955.5313 POLÍTICA jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br
  • 5. C.S. Empresa Jornalística LTDA. Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br 5Geral Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Com independência e harmonia S em surpresas a eleição de ontem para a presidência da Assembleia Le- gislativa. Com a unanimidade dos votos dos 38 deputados estaduais presentes, o deputado Silvio Dreveck (PP) e o deputado Aldo Schnei- der (PMDB) foram confirmados, respectivamente, para a presidência e a vice-presidência do Parlamento estadual para o ano de 2017. A composi- ção da Mesa também teve chapa de consenso e, portanto, sem disputa. O deputado Mario Marcondes (PSDB) ficou com a segunda vice-presidência, enquanto Kennedy Nunes (PSD), Dirce Heiderscheidt (PMDB), Ana Pau- la Lima (PT) e Maurício Eskudlark (PR), responderão, pela ordem, com a primeira, segunda, terceira e quarta secretarias. A posse foi prestigiada por deputados licenciados e que estão como secretários de Estado. Moacir Sopelsa (Agricultura), Valmir Comin (Assistência Social) e Carlos Chiodini (Desenvolvimento Sustentável) marcaram presença. Em sua primeira ma- nifestação, Dreveck fez um agradecimento ao deputado Gelson Merisio, “o grande protagonista dessa sucessão, que permitiu que chegássemos ao dia de hoje com chapa única”. Afirmou que vai conduzir as atividades da Casa com independência, mas de forma harmônica com os demais poderes e também com entidades. Ao mesmo tempo, deixou claro que não vai re- cuar diante de temas polêmicos. “Os estados que não tiveram coragem de votar matérias polêmicas estão pagando os salários de seus servidores com atraso ou em parcelas”, justificou o novo presidente da Assembleia. Faltaram dois A unanimidade plena na votação da Mesa da Assembleia só não foi obtida pela ausência, justificada, dos deputados Serafim Venzon (PSDB) - em viagem - e Nilson Berlanda (PR) - em exames médicos. Votos que não fariam falta mesmo sem consenso, uma vez que a composição inicial, lançada ainda em novembro pelo PP, PMDB e PSD, já ga- rantiria a eleição da chapa. De lá para cá, com muita conversa, os demais partidos se agregaram. Matemática pura Chamou a atenção a presença de Leonel Pavan em Plenário. Não como secretário de Estado de Turis- mo, Cultura e Esporte, cargo que ocupa desde o início do ano, mas como deputado mesmo. Chegou a haver especulação de que a suspensão temporária da licença da Assembleia pudesse ser um recado para uma ala do PSDB, seu partido. Entre- tanto, ele mesmo explicou à Coluna Pelo Estado que não passou de uma questão Matemática. Sem a sua presença na vota- ção, o PSDB teria quatro deputados e a presidência de apenas duas comissões. Já com seu voto, o partido poderá presidir três comissões. Aperto Dreveck e Schneider assumem em momento de queda de receita e, por- tanto, de pouco dinheiro. Não pretendem fazer grandes obras na Casa e tampouco lançar edital para concurso público. A pre- ocupação será até com os com centavos. Presenças Entre os presentes à sessão de ontem na Assembleia estavam a pre- feita de São José e presidente da Federa- ção Catarinense de Municípios (Fecam), Adeliana Dal Pont, o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, e o prefeito de Rio Ne- grinho, Julio Ronconi. Telão O retorno ao trabalho em Plená- rio veio acompanhado de uma novidade tecnológica as telas instaladas nas laterais do espaço foram substituídos por telões de LED, com alta resolução e muito maiores que os anteriores, medindo 3 metros de largura por 2,10 metros de altura. Com o Sebrae todo mundo pode. Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 02/Fev/2017 Impressão digital Durante a coletiva à imprensa, logo de- pois da sessão de posse, Silvio Dreveck (D) e Aldo Schneider (E) reiteraram várias vezes que vão fazer uma “admi- nistração compartilhada” nos dois anos, cumprindo o acordo que levará o atual vice à presidência em 2018. De acordo com Schneider, cada decisão e encami- nhamento terá a impressão digital dos dois. A começar pelas prioridades. Am- bos concordam que deve ser logo vota- da a proposta de extinção da Cohab-SC, Bescor e Codesc, encaminhada no ano passado pelo Executivo. Mas isso ainda dependerá da formação das 19 comissões permanentes, em fase de negocia- ção e também com tendência de consenso, indicada pelas conversas com os líderes das bancadas. Dreveck explicou que, pelo Regimento Interno, o pra- zo para definição das comissões é de cinco sessões, a contar da que acontece hoje. Schneider, por sua vez, fez uma observação sobre o consenso: “Os 38 votos (que receberam para presidente e vice) não são por acaso”. FábioQueiroz/AgênciaAL
  • 6. 6 PublicidadeJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 7. 7Geral Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Deixa Saudade C om alegria e tris- teza, as irmãs Laís e Isis Simon Olivo estão se despedindo do promissor projeto que as envolveu apesar da distância. Laís, morando em Dublin (capital da Irlanda), teve a ideia de promover uma feira de livros. Mas não apenas Aline Bauer Turvo Balneário Gaivota uma troca, um evento isola- do.Ainiciativa era abrir uma sala onde “todos pudessem se expressar culturalmente e ainda incentivasse a leitura”, conta. Depois de juntar al- guns livros, arranjar algumas estantes e arregaçar as man- gas, Isis, a irmã que estava no Brasil, abriu uma sala no centro de Turvo em maio de 2016. “Éramos nós duas no início e mais meninas se Projeto de leitura planta semente Sombrio Moda Shopping faz ação ambiental Bazar de livros está fechando as portas depois de se tornar uma iniciativa com adeptos Com incentivo das irmãs Olivo muita gente está lendo mais Equipe entregou sacolas aos banhistas para recolhimento do lixo durante fim de semana voluntariaram depois. Tinha bazar todo mês e saraus, e nosso balanço é muito posi- tivo”, continua Laís. No en- tanto, o projeto foi encerrado nesta quarta-feira. De acordo com as irmãs, não é por falta de pessoas procurando co- nhecimento e diversão.Elas estão de mudança para Malta (pequeno país europeu), onde Isis vai estudar inglês e Laís irá trabalhar. “Não vamos Nada combina mais com o verão do que aquele dia de praia, com cadeira, guarda- -sol e algumas horas à bei- ra mar, ouvindo o barulho das ondas e aproveitando tudo que o litoral tem para oferecer. E nesse clima de férias, é impossível não se integrar à natureza e refletir COMUNICADO “O Jornal Correio do Sul, em atendimento à decisão proferida nos autos de nº. 0002857- 76.2014.8.24.0004/0001, comunica que a au- toria das fotografias indevidamente reproduzi- das nas folhas 2,3,4 e 7, no caderno especial constante da edição 4.390 são de autoria do fotógrafo Enio Frassetto” sobre a preservação das nos- sas praias. E, objetivando conscientizar moradores e veranistas de que os atribu- tos naturais são a principal riqueza da nossa região, um shopping resolveu incentivar as pessoas a recolherem o seu lixo enquanto estiverem nas praias, permitindo que mais pessoas compartilhem de boas experiências nos nossos balneários. Patrocinador Master do AGS Open de Surf, com- petição realizada durante o último final de semana em Balneário Gaivota, o Som- brio Moda Shopping decidiu inovar em suas ações pro- mocionais. Além de banners e bandeiras que indicavam sua participação no evento que atraiu grande número de competidores e espectadores, o empreendimento que tem seu foco no público regional resolveu levar a conscientiza- ção aos milhares de visitantes que desfrutaram o sábado e o domingo nas areias do balneário. Durante os dois dias de competição de surf, promo- ters distribuíram sacolas e folders para que as pessoas recolhessem os seus resíduos quando deixassem a praia. “Cem por cento das pessoas que nos visitam durante a temporada estão aqui para desfrutar das nossas praias; então, seria contraditório que elas não cuidassem desse am- biente. O que estamos fazen- do é auxiliando-as a manter tudo limpo”, declarou um dos representantes do Sombrio Moda Shopping que acom- panhou a ação promocional. Centenas de sacolas fo- ram entregues diretamente aos veranistas, que também foram convidados a conhecer as dependências do Sombrio Moda Shopping, localizado no Centro de Sombrio, às margens da BR-101, no km 435.Além de apoiar a prática de esportes como o surf, o empreendimento também organiza com frequência en- contros e exposições, como o de veículos antigos, reali- zado no final de outubro no estacionamento do shopping. conseguir tocar o projeto, mas somos apaixonadas por termos feito isso e se voltás- semos atrás, faríamos tudo de novo. Estamos tristes e felizes por que deu tudo cer- to, porém temos que parar.As pessoas estão se engajando, inserindo em suas mentes a vontade de ler, troquem ex- periências, por que isso des- perta o interesse”, incentiva Laís. Ela ainda diz que mui- tas pessoas estão sabendo da ação só agora, também pelo fato de ela dar aulas de inglês voluntariamente no mesmo espaço. E para esses, que não tiveram tempo de renovar o acervo pessoal ou não sabiam do projeto, uma novidade para a cidade turvense que possui cada vez mais adeptos à leitura. Uma biblioteca, que receberá o acervo que as irmãs Olivo conseguiram juntar, pode abrir no municí- pio. A ideia está em fase de análise, e gente empolgada com a iniciativa é o que não falta. “Queremos que as pessoas continuem lendo, aprendendo mais”, declara Laís. Pessoas como Débora Arcaro Marques, que traba- lha na sala em frente de onde a feira estava funcionando, se ainda não liam, aprenderam como é bom viajar através dos livros. “Muito boa a ideia. Não temos o costu- me aqui e o projeto inspirou muita gente a participar.Ajuda a fomentar a leitura, e eu queria ler e não tinha a oportunidade de trocar, pagar preços acessí- veis. Com essa ideia, só não lê quem não quer”, garante Débora. Ao avaliar esses dez meses de mui- tas trocas de livros e rodas de leitura, a sensação é de que para fazer a diferença, basta uma ideia colocada em prática.
  • 8. P atrick entrega uma in- denização à família de Wagner. Hirô se recusa a falar para Tanaka sobre as condições da empresa. Ralf e Damasceno conseguem entrar na casa de Sinhá e se surpreendem com o que encontram no quarto de Cé- sar. Ralf envia para Mario as fotos que Damasceno tirou do quarto de César. Alice se aflige com a quantidade de clientes perdidos. Sinhá conta para Mocinha que Tanaka é herdeiro de uma fortuna. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas D iana afirma a Gordo que eles precisam de Léo na gravadora. Gui termina sua nova música e todosficamanimados.Bianca ouve Lázaro ameaçar Léo e conta para um colunista de jornal. Nicolau pede para conversarcomLuana.Yasmin é dispensada por Zac. JF convence Luana a reatar com ele. Lorena se preocupa com o comportamento de Alex. Marisa conta para Lázaro que a 4.4 gravará um clipe com um amigo de Gordo. T iago decide seguir Mari- na. Magnólia tenta con- vencer Sílvia a deixá-la morar em sua casa. Magnólia procura Salete. Tiago se im- pressiona com a habilidade de Marina na piscina e se con- vence de que ela é Isabela. Luciane não deixa Hércules ajudar Magnólia. Elio consegue o material de Marina para fazer o exame de DNA. Edu chama Flávia para ir a sua festa de aniversário. Pedro acredita que Ciro foi ameaçado por Magnólia. Yara vê Misael beijar Flávia. Sol Nascente -18h A Lei do Amor -21h Rock Story -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Confusões acontecerão dentro das relações interpessoais. Os números decimais influencia- rão juntamente com o elemento fogo para esta situação. Tome a iniciativa das situações que você pode e deve controlar. Estará em alta a sua perseverança e determi- nação. A terra irá lhe ajudar neste excelente processo. Sofrerá pouca interferência de plutão e marte o que te deixará mais tranquilo. Mesmo assim não deve ceder ao sentimento de posse. Será um dia em que se mostrará muito taga- rela. Porém o elemento ar favorecerá a sua inteligência. Utilize esta condição para as suas realizações profissionais. Neste campo marte irá lhe ajudar e muito. Alguns momentos te farão agir de forma mais cautelosa que o habitual. Deve se sentir um pouco mais tímido e dependente.Aágua poderá lhe ajudar a superar este momento um pouco instável. Resplandecerá no seu coração uma vontade inexplicável de viver. Tudo indica que a passa- gem de Netuno em sol com ajuda de fogo serão os motivos. Não deixe esse momento passar em branco faça algo do qual se orgulhe. A explanação dos seus sentimentos serão favorecidas por Netuno. A coerência dos seus pensamentos tendem a influenciar a opinião dos outros. Use o seu senso crítico para avaliar aquele que só querem agradar por interesse. Será um importante dia para a diplomacia. Tente mediar as ideias entre os seus amigos e familiares. Não desvie a sua atenção para as coisas superficiais. Vênus lhe ajudará a fazer as escolhas que melhor condizem com a situação. Os fatores da paixão irão mexer muito com seu coração. Urano favorecerá um relacionamento mais apaixonante. Embora a lua tente tirar isso de você e deixa-lo mais desconfiado, tende se manter mais carinhoso e transformador. Estará com a mente aberta para novas ideias. Sua constelação juntamente com Júpiter, lhe dará o humor e a sabedoria para seguir em frente.As suas escolhas estarão ligadas as suas relações que obtiverem com o tempo. A lua pode influenciar um pouco as suas ideias. O que pode fazer com que você seja manipulado por outras pessoas. Não deixe o pessimismo tomar conta de você. Algumas perdas transformarão o seu dia muito por conta da atividade em mercúrio seguido de fogo. As cores podem influenciar pessoas ao seu lado o que pode lhe atrapalhar. Sentirá um pouco o peso das mudanças. O seu sistema linfático irá influenciar positi- vamente o seu dia. Sua constelação não irá interferir muito assim como seu planeta regente, Netuno. Deixe o romantismo fluir na sua vida e abra o seu coração. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Beyoncé está grávida!Acantora surpreendeu seus seguidores do Instagram na tarde desta quarta-feira, 1, ao anunciar que será novamente mamãe. “Gostaríamos de compartilhar nosso amor e felicidade. Fomos abençoados duas ve- zes. Estamos extremamente gratos que a nossa família vai crescer por dois, e nós agradecemos por seus desejos de bem. - Os Carters”, escreveu a diva do pop na web. Foram 60 dias de cama, 8kg a menos em sua forma física, dores, muitas dores e a incerteza se iria voltar a andar ou não. No meio disso tudo, Mayra Cardi, que se submeteu a uma cirurgia de hérnia de disco em outubro passado, só tinha uma preocupação: não deixar sua mente esmorecer. Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 9. www.melhoresdosul.com Poder Legislativo Aprimeira sessão da Câmara deVereadores deAraranguáaconteceuontem!Nesseman- dato houve uma renovação de 66,6% das cadeiras e 5 vereadores foram reeleitos. O presidentedacasaovereadorDanielViriato Afonsodesejaimplantarumagestãobaseada emausteridade,planejamentoedinamismo. Hospital São Roque de Jacinto Machado realizouoprimeirodiadabelezaaosilustres hóspedes.Comcarinhoaequipecuidoudos cabelos, unhas... Melhores Festas *Capanna Bar e Restaurante no Morro dos Conventos hoje com o melhor da MPB, Lony Rosa, Paulo Ferreira e Neto Nunes fazem o som. E na sexta o show é com Gui- lherme Ribeiro da Banda John Bala Jones e mais Ruan Machado e Paulo Ferreira. *Boteco da Praia noArroio, hoje show com Elis Cardoso. *FestaemHonraaPadroeiraNossaSenhora dos Navegantes hoje em Balneário Arroio do Silva. *NoiteGospelreúnegruposreligiososneste sábadonocentrodoArroiocomaparticipa- ção de diversos músicos e artistas da região. *CamarãoExpresscelebraumanodesuces- so no Center Shopping Araranguá. Nesta sexta os primeiros clientes ganharão um chope e vão curtir o saxofonista Gustavo Henrique. *Festa “Os Loucos Anos 80” acontece neste sábado no Billy´s Pub Bar no Ar- roio do Silva com show da Banda Flor de Lotus e na discotecagem Dj Billy Knight. *Bicho a Festa que reúne muita gente legal para curtir amigos e o chope Saint Bier no Morro dos Conventos no próximo dia 11. Sobem ao palco as bandas: Jazz Trio, Tomarrock e PedroAraújo.Afesta é Open Beer e Food e o som é com os Dj’s Richard e Belada. 14,90 18,90 MARGARETH SILVA SocialSocialmargareth.silvaa@yahoo.com.br margareth.silvaa@yahoo.com.br Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Arquiteto de prestigio Checo do Canto com sua amada Geórgia no Capanna. Juarez Esmeraldino e Rosi emoldu- rando o filho João aprovado no ves- tibular de Direito Unisul. Parabéns! Marta Grechi curtindo o neto Caio Almeida. Presidente do CDL Araranguá Clesio Motta e o presidente da OAB Laércio Machado Junior emoldurando o nosso prefeito Mariano Mazzu- co Neto. Denise deu uma palhinha, e também levou aplausos no show da Banda Mistura Fina. David Machado e Tainara Becker curtindo o Capanna, música ao vivo de quinta a sábado. Sophia Zanette recebe os aplausos neste sábado no primeiro aninho, no close com a dinda Dra. Maria Elisa. Felicidades! João e Thais Baran hoje celebram o primeiro aninho do filho Benjamin no Salão de FestasAnimaniaks (Help).
  • 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 11. 11Geral Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Valorização A tarde foi de cele- bração e agrade- cimento na pre- feitura de Praia Grande nesta quarta-feira. Em uma cerimô- nia simples, a Secretaria de Agricultura foi reativada de- pois de mais de dez anos sem funcionar, um caminhão foi entregue a uma cooperativa através do programa SC Rural e ainda foram inaugurados os escritórios da Epagri e da Cidasc dentro do complexo da prefeitura. Quem estava mais radiante com as novidades era o prefeito, Henrique Maciel. “Teremos agora mais organi- zação, além disso, o agricultor não precisará mais rodar a ci- dade para fazer documentos, pegar brincos para o gado e outras atividades. Em um município basicamente agrí- cola, é preciso dar a assistên- cia que o agricultor precisa. Nós queremos valorizar as pessoas”, comentou. Assim como ele, outras autoridades estiveram no local, como o secretário adjunto de estado daAgricultura e Pesca,Airton Spies, que expressou sua ale- gria pelo trabalho realizado em prol dos produtores rurais, principalmente a entrega do caminhão à Coopervida e à Acepam, cooperativas da re- gião. Para ele, o programa SC Rural é uma alavanca que im- pulsiona a uma vida com mais qualidade. “Este trabalho vem fomentar essa associação, estimulando maior ganho. É como dar a partida para um Aline Bauer Praia Grande Cooperativas Jacinto Machado projeto que poderá andar com as próprias pernas”, declarou. O diretor de extensão rural da Epagri, PauloArruda, agradeceu pelo esforço praia- grandense, que quer melhorar sua arrecadação incentivando o crescimento do meio rural. “Agradecemos a iniciativa que facilita a vida do agri- cultor. E estamos orgulhosos de estar aqui entregando esse patrimônio. Queremos atin- gir ainda mais famílias com novos programas”, disse du- rante sua fala. Concordando com ele, o gerente regional do órgão, Reginaldo Ghe- lere, também vibrou com o novo espaço e a aquisição do caminhão, com verba de R$ 190 mil, sendo que metade do recurso é do governo e o restante, custeado pelos produtores. “Tudo o que é da agricultura será centralizado, e essa parceria ainda renderá muito. Antes a produção era levada com caminhão da prefeitura, o que era caro, por que o veículo era grande para a quantidade de frutas vendidas”, relata. Ainda se- gundo ele, esse recurso é só o começo. “Ainda virão as fases de capacitação e treina- mentos, que buscam ajudar os agricultores a produzir mais e melhor”, completa. O presidente da Cooper- vida, Cooperativa dos Produ- tores Orgânicos Catarinenses, Ezequiel Matias dos Santos, disse que são mais de 30 famílias beneficiadas direta Agricultura tem dia de conquistas CDC Cooperja começa com ampla programação Começou ontem e segue hoje, em Jacinto Machado, mais um CDC – Campo Demonstrativo Cooerja, reu- nindo produtores rurais de toda a região. A 13ª edição do encon- tro levou a comunidade de Picadão, onde fica a grande estrutura do CDC, várias lideranças do meio rural, como o presidente da Ocesc/ Sescoop Luis Vicente Su- zim, que elogiou a abertura da Cooperja para outras cul- turas, como o maracujá. “A cooperativa abriu seu leque de atuação, incentivando a diversificação e isso é muito importante”, disse. Suzim lembrou que as cooperativas cresceram mesmo em meio a crise financeira que atingiu o país. “Não teve desemprego nas cooperativas, que até contrataram”, comemorou. São esses bons resulta- dos que animam o prefeito João Batista Mezari, o Gaio- la, que ressaltou o orgulho pelo município contar com a parceria da Cooperja e as demais cooperativas. “A Cooperja recebe destaque nacional, e é um orgulho que seja de Jacinto Macha- do”, disse. Na sua opinião, o CCDC leva conhecimento ao agricultor e ajuda a desen- volver o setor, aumentando a produção e reduzindo custos. Outro prefeito que esteve no CDC foi Tiago Zilli de Tur- vo. Ele foi prestigiar a Coo- perja e também estimular a Espaço que vai receber órgãos voltados a agricultura foi inaugurado ontem com a reativação da secretaria municipal Cooperativa recebeu caminhão para transporte de banana Foto de arquivo: Grande estrutura é montada todo ano para receber Campo Demonstrativo e indiretamente, facilitando a comercialização da produção de bananas. “Veio em uma boa hora. Nós tínhamos essa necessidade de um veículo para levar nosso produto ao comerciante final. A equipe local ajudou muito e é um momento importante para nós”, comenta. A Cooper- vida recebe a banana dos aproximação do homem do campo com as tecnologias. Para dar uma ideia da relevâ- nia da agricultura turvense, o prefeito ressaltou que 24 milhões de quilos de arroz por mês são industrilizados no município, que contém também sete sementeiras que trabalham até com ex- portação. “Acrise financeira nos faz parar, analisar e programar as atividades e assim deve ser também na agricultura, o motor do pais”, disse Zilli. Para o presidente da Cooperja Vanir Zanatta a expectativa aumenta a cada ano de CDC. Nos últimos anos, há uma clara tentativa de atrair mais as mulheres e os jovens, que têm grande força na propriedade. Por isso, a programação dos dois dias de Campo Demonstrati- vo está cada vez mais variada e abrangente. associados, faz a maturação e distribui nos grandes centros, fase em que mais precisava de um veículo adequado. Também comemorando o novo desafio, o secretário de agricultura do município, se disse à disposição na nova sala, que teve inclusive, des- cerramento de placa. Adenir Oliveira Martins, conhecido comoAlemão, declarou, con- fiante, que a jornada será de muito trabalho. “O começo é difícil, e é algo novo. Mas tenho certeza de que daremos conta.Aagricultura é bastante importante, e por isso temos que dar uma atenção maior aos produtores”, disse. Para o secretário, é preciso trabalhar mais na maior dificuldade enfrentada por quem planta em terras praiagrandenses. “O maior desafio é a infraestru- tura para que eles possam se deslocar, tirar a produção da lavoura. Para melhorar isso, criaremos um programa onde quanto mais notas tirarem, faremos a troca de horas- -máquina, para que aqueles que não possuem recursos, possam fazer obras em suas propriedades e melhorar suas condições de trabalho”, com- pletou. Onde antes funciona- vam as secretarias de turismo e esportes na prefeitura de Praia Grande, na tarde de on- tem as salas cheiravam a tinta fresca e disposição a serviço do campo. Foto:Oesc
  • 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 13. 13Segurança Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Resultado A s polícias da região não es- tão dando tré- gua para a bandidagem e o trabalho conjunto entre policiais civis e militares vem dando certo. Não foi di- ferente na tarde desta quarta- -feira, quando uma operação conjunta derrubou mais uma casa do tráfico na Cohab da zona sul de Balneário Gai- vota, próximo a Interpraias. Na residência de núme- ro 1106 da Rua W4, onde moram velhos conhecidos da polícia, foi cumprido um mandado de busca a apreen- são. Ao chegar os policiais encontraram Alex de Paula da Costa, Luan Weslei Rosa Leguissamo, Jéssica da Silva de Faveri e uma criança de aproximadamente cinco anos, filha de Jéssica. Foi acionado o Conselho Tute- lar para atender a menor e os adultos foram colocados detidos em frente a residên- cia enquanto a polícia fazia buscas no interior e no pátio. Segundo relato dos policiais, Balneário Gaivota Turvo Gislaine Fontoura Araranguá foi observado que os três ficavam nervosos ao ver a busca na parte de trás do terreno, onde supostamente teria material ilegal escon- dido. Os setores de investi- gação da Polícia Civil e de Inteligência da PM tinham informações que a droga poderia estar enterrada pró- ximo às cercas. Os policiais começaram a cavar e pri- meiramente foi encontrado um pote com duas porções de maconha e seis pedras de crack. A busca continuou no pátio com escavações em locais suspeitos e supreen- dentemente, dentro de um galinheiro foi encontrada uma bolsa marcada com potes de plástico contendo R$ 280,00 em espécie. Em revista pessoal em Alex, a polícia encontrou mais R$ 200,00. O trio recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de Balneário Gai- vota e as drogas e dinheiro aprendidos. O delegado Luís Otá- vio Pohlmann ressaltou que Operação derruba casa do tráfico Dono recupera carro após 4 anos Crianças se envolvem em incêndio e acidente Na tarde de terça-feira a reportagem do Jornal Correio do Sul encontrou o jovem Fe- lipe Júlio Felisberto Silvério, na delegacia deTurvo. Mora- dor do município de Cocal do Sul, ele estava em Turvo para reencontrar seu Ford Escort decorcinzaescuro,comprado em 2013 e com o qual andou apenas por quatro meses. Na- quele ano, uma manhã Felipe acordou e não encontrou mais o carro na frente de casa, pois tinha sido furtado. O rapaz diz que acio- nou a polícia e durante uma semana procurou o veículo em vários locais de Cocal do Sul e cidades vizinhas. Como não encontrou, se deu por vencido, acreditando nunca mais encontrar o Escort, que poderia ter ido parar em al- gum desmanche, o que é o mais comum. Na última semana, po- rém, Felipe teve uma surpre- sa. Após quatro anos do furto policiais de Jacinto Machado e Turvo entraram em contato dizendoqueoseucarrofoien- contrado. O automóvel tinha sido recolhido pela polícia e levado para o pátio de depó- sito de carros apreendidos. O funcionário do pátio, ao fazer Por volta das 21 horas de terça-feira, um incêndio atin- giu uma residência no bairro Vila São José, emAraranguá. O Corpo de Bombeiros foi acionado via telefone de emergência – 193 e imedia- tamente se dirigiu até o local. Chegando na casa, os com- batentes do fogo verificaram que as chamas já haviam sido controladas por um vizinho, o qual utilizou um balde e uma piscina cheia de água no combate. No interior da residência, logo no início do incêndio, havia duas crianças que es- tavam sozinhas, uma com 14 e outra com nove anos, as mesmas informaram que o fogo iniciou em uma pa- nela de arroz, que a menor os documentos referentes a apreensão detectou que a placa que estava sendo usada não batia com o número do chassi. Ele avisou a polícia, que em consulta ao sistema de veículos descobriu que o Escort estava com placas falsas, tinha registro de furto e pertencia ao proprietário de Cocal do Sul. Ainformação é de que o Escort chegou a rodar duran- te muito tempo em Jacinto Machado e teria sido com- prado já com a placa falsa por pessoas que não tinham conhecimento do furto. Felipe que tem em seu havia colocado no fogão para aquecer e esqueceu. Ao per- ceberam o incêndio, as duas conseguiram sair sozinhas da casa e pediram por socorro, um cachorro, já com dificul- dade respiratória, permanecia no imóvel e foi retirado pelos Dois homens e uma mulher foram detidos depois de operação contra o tráfico de drogas Escort foi furtado em 2013 e encontrado somente agora Casa onde estavam adolescente e criança pegou fogo por panela esquecida no fogão Jéssica e Alex estavam tra- ficando na casa e Luan já há algum tempo tinha sido preso por tráfico de drogas. sobrenome Felisberto, ficou feliz por ter reencontrado seu carro, apesar de que nestes anos todos já comprou e pagou um outro e e nem sabe se vale a pena retirar o Escort do depósito, devido aos custos para deixá-lo em condições de uso. “Vou tentar fazer algum negócio e vendê-lo, o bom é saber que nem tudo está perdido pois eu achei que nunca mais veria este carro e hoje estou aqui para rencontrar o meu Escort. Isso é uma lição de vida para que nunca se perca a esperança, finaliza o rapaz com risos. bombeiros. Já por volta das 22 horas um menino, de 11 anos, con- duzia uma bicicleta pelas ruas do bairro Mato Alto, quando foi atropelado por uma Parati, o motorista do carro nada sofreu, já o menino foi con- duzido pelos socorristas ao Hospital Regional deAraran- guá consciente, orientado e com os sinais vitais normais. O garoto sofreu escoriações na face, abdômen, braços e pernas e havia a suspeita de fratura na perna direita.
  • 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 15. 15Publicidade Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017
  • 16. 16 GeralJornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2017 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO torna público para conhecimento dos interessados que no dia 15/02/2017 às 08h30min horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas referente ao PREGÃO PRESENCIAL N.º 004/2017, objetivando a AQUISIÇÃO DE FRALDAS GERIÁTRICAS E INFANTIS PARA MANTER AS ATIVIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E POSTOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO NO EXERCÍCIO DE 2017. A íntegra do Edital e maiores informações poderá ser obtida na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371 – Meleiro/SC, no horário das 07h30min às 11h30min horas e das 13h00min as 17h00min horas de Segunda a Sexta-Feira pelo fone 048-3537-8400 ou através da disponibilização do edital na íntegra no site do município www.meleiro.sc.gov.br. Meleiro/SC, 01 de fevereiro de 2017. EDER MATTOS Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 07/2017 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 05/2017 FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA RATIFICAÇÃO E AUTORIZAÇÃO Objeto: Prestação de serviços médicos especializados e exames complementares não prestados no Município de Balneário Arroio do Silva, para atendimento da população local, durante o exercício de 2017, conforme relação de itens em anexo, através do Consórcio Intermunicipal de Saúde da AMESC (CIS-AMESC). Fornecedor: Consórcio Intermunicipal de Saúde daAMESC. Fundamentação legal: A presente dispensa de licitação encontra fundamento nos incisos VIII e XXVI, do artigo 24 da Lei nº 8.666/93; parecer da Consultoria Geral do Tribunal de Contas nº COG/638/00 de 16/11/00, no Processo de Consulta nº COM-00/06009549, que resultou no pré-julgado nº 0944; art. 2°, § 1°, inciso III da Lei n° 11.107/05 e art. 18, do Decreto n° 6.017/07. Justificativa da contratação:Adispensa de licitação, no caso em questão, encontra justificativa na autorização legislativa que permite a contratação de serviços públicos, por intermédio de consórcio público. Na presente situação, será contratado o Consórcio Intermunicipal de Saúde da AMESC (CIS-AMESC), para fornecimento de serviços e produtos da área da saúde aos municípios consorciados, com preços notoriamente abaixo dos praticados no mercado.Assim sendo, a dispensa da presente licitação encontra amparo no artigo 24, inciso XXVI da Lei nº 8.666/93, e justifica-se pela obediência a todos os requisitos estabelecidos pelo dispositivo mencionado. Justificativa do preço: O valor global estimado dos serviços importa em R$ 433.875,00 (quatrocentos e trinta e três mil oitocentos e setenta e cinco reais), que serão pagos conforme fornecimento do objeto. Da dotação orçamentária: As despesas decorrentes desta aquisição correrão por conta das seguintes dotações: 3.3.90.32.02.00.00.00 (8); 3.3.90.32.02.00.00.00 (21). Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017. GRAZIELA MINATTO DE SOUZA Gestora do Fundo Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO CONVITE EDER MATTOS, Prefeito Municipal, vem por meio deste convidar Vossa Senhoria para Audiência Pública no dia 22.02.2017, às 18:00 hs, na dependência da Câmara Municipal de Meleiro, para demonstração das metas fiscais do 3º Quadrimestre de 2016, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal nº 101/2000. Certo de seu comparecimento antecipo agradecimento. Meleiro (SC), 27 de Janeiro de 2017. EDER MATTOS Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SOMBRIO EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº. 004/2017 CONCURSO PÚBLICO – EDITAL 001/2015 (ADMINISTRAÇÃO) Pelo presente Edital, O PREFEITO MUNICIPAL DE SOMBRIO, Senhor Zênio Cardoso, vem a público convocar os candidatos aprovados no Concurso Público – Edital nº 001/2015 (Administração) para os cargos de: Enfermeiro, abaixo relacionados, sendo que os referidos candidatos deveram comparecer no prazo de 30 (trinta) dias, no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Sombrio, munido dos documentos exigidos pelo Edital do Concurso Público nº. 001/2015, (Administração) para tomar posse: ENFERMEIRO POSIÇÃO............................................................................INSCRIÇÃO CANDIDATO 3.........................................................................................99180 Elida Silveira da Rosa 4.........................................................................................96006 Andrea Simon Martins Município de Sombrio – SC, 01 de fevereiro de 2017. Zênio Cardoso Prefeito Municipal
  • 17. 17Publicações Legais Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. .................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 154790; Devedor(es): GENILDO DASILVA- 547.313.800-49, End: Rua Tubarão, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Sac: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Tit: 49666 ; Apr: FCDL; VEN: 28/10/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 15,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 87,89.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 20,74 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 87,89. Prot: 154791; Devedor(es): GENILDO DASILVA- 547.313.800-49, End: Rua Tubarão, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Sac: J K MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA ME; Tit: 49568 ; Apr: FCDL; VEN: 25/10/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 35,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 84,68.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 84,68. Prot: 154793; Devedor(es): JAILSON BAUER VIEIRA - 000.055.209-75, End: Rua Pedro João Godinho, 812, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: ODILSON BARRIN; Sac: ; Tit: 850006 ; Apr: ODILSON BARRIN; VEN: 22/11/2016; Esp: Cheque; Val: R$ 234,80 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 154844; Devedor(es): LEANDRO ANTONIO ROQUE - 076.206.449-89, End: Rua Martin Bernardino Ferreira, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DANILO COMÉRCIO DE MADEIRAS; Sac: DANILO COMÉRCIO DE MADEIRAS; Tit: 101120162 ; Apr: CAIXAECONÔMICAFEDERAL; VEN: 10/01/2017; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 240,70 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 66,06. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 16,56 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 66,06. Prot: 154848; Devedor(es): MARIA DONADEL PANATO ME - 06.274.962/0001-15, End: Rua Padre João Reitz, 209, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COMAPREIS LTDA EPP; Sac: COMAPREIS LTDA EPP; Tit: 38620/04 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 25/01/2017; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 312,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 154767; Devedor(es): WILLIAM MACHADO DA SILVA - 082.458.819-37, End: Rua 418, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: SULTAN IND COM LTDA; Sac: SULTAN IND COM LTDA; Tit: 228101/01 ; Apr: BANCO BRADESCO S A; VEN: 18/01/2017; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 256,11 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 66,06. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 16,56 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 66,06. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 02/02/2017. Sombrio - SC, 02/02/2017 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA DECRETO N° 24, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2017. NOMEIAA SENHORA FERNANDA MAGALI DE OLIVEIRA SCHEFER, PARA EXERCER O CARGO DE PROVIMENTO EM COMISSÃO DE ASSESSORA JURÍDICA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES, no uso das atribuições legais conferidas no disposto dos Incisos I, II, XXII e XXVI, do Artigo 58 da Lei Orgânica do Município, D E C R E T A: Art. 1º Fica nomeada a Senhora FERNANDAMAGALI DE OLIVEIRASCHEFER, brasileira, maior, casada, nascida em 28 de novembro de 1975, portadora do RG nº 3.037.830 - SSP/SC, inscrita no Cadastro das Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda - CPF sob o n° 904.980.389-04, OAB/SC 20.158, para exercer o Cargo de Provimento em Comissão de Assessora Jurídica, vinculada a Assessoria Jurídica, do Poder Executivo Municipal, com direito a percepção do vencimento equivalente ao Código DAS-04, constantes dos Anexos IV e V, da Lei Complementar Municipal nº 006, de 28 de dezembro de 2001, com Jornada de Trabalho de tempo integral, 40 horas semanal e em regime de dedicação exclusiva. Art. 2ºAServidora Pública ocupante do Cargo de Provimento em Comissão deAssessora Jurídica nomeada nos termos deste Decreto é assegurada à filiação ao Regime Geral de Previdência Social – RGPS, conforme legislação federal pertinente, cujas despesas correrão à conta das dotações orçamentárias correspondentes e constantes da Lei Orçamentária vigente. Art. 3º Fica o Departamento de Pessoal encarregado de proceder às anotações e aos procedimentos administrativos que se façam necessários ao cumprimento do presente. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação. Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva, em 1º de fevereiro de 2017. JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria deAdministração e Finanças, em 1º de fevereiro de 2017. FELIPE KELLER Secretário de Administração e Finanças ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA DECRETO N° 25, DE 1º DE FEVEREIRO DE 2017. NOMEIA PAULA DE BEM, PARA EXERCER O CARGO DE PROVIMENTO EM COMISSÃO DE ASSESSORA JURÍDICA PARAA DÍVIDAATIVA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES, no uso das atribuições legais conferidas no disposto dos Incisos I, II, XXII e XXVI, do Artigo 58 da Lei Orgânica do Município, D E C R E T A: Art. 1º Fica nomeada PAULA DE BEM, brasileira, maior, solteira, nascida em 16 de novembro de 1986, portadora do RG nº 5.367.894 - SSP/SC, inscrita no Cadastro das Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda - CPF sob o n° 010.857.079-70, OAB/SC 47.460, para exercer o Cargo de Provimento em Comissão de Assessora Jurídica para a Dívida Ativa, vinculada a Assessoria Jurídica, do Poder Executivo Municipal, com direito a percepção do vencimento equivalente ao Código DAS-04, constantes dos Anexos IV e V, da Lei Complementar Municipal nº 006, de 28 de dezembro de 2001, com Jornada de Trabalho de tempo integral, 40 horas semanal e em regime de dedicação exclusiva. Art. 2º A Servidora Pública ocupante do Cargo de Provimento em Comissão de Assessora Jurídica para a DívidaAtiva nomeada nos termos deste Decreto é assegurada à filiação ao Regime Geral de Previdência Social – RGPS, conforme legislação federal pertinente, cujas despesas correrão à conta das dotações orçamentárias correspondentes e constantes da Lei Orçamentária vigente. Art. 3º Fica o Departamento de Pessoal encarregado de proceder às anotações e aos procedimentos administrativos que se façam necessários ao cumprimento do presente. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação. Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva, em 1º de fevereiro de 2017. JUSCELINO DA SILVA GUIMARÃES Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria deAdministração e Finanças, em 1º de fevereiro de 2017. FELIPE KELLER Secretário de Administração e Finanças ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPALDE SAÚDE DE BALNEÁRIOARROIO DO SILVA AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 08/2017 PREGÃO PRESENCIAL Nº 03/2017 (FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE) OBJETO: Aquisição parcelada de material de consumo e procedimento para atendimento das necessidades do Fundo Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva/SC, para o exercício de 2017, conforme especificações contidas no Anexo I do Edital. TIPO DE JULGAMENTO: Menor preço por item. REGIME LEGAL: Mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei nº 10.520/2002 e Lei nº 8.666/1993, e suas alterações. ABERTURA DOS ENVELOPES: Iniciará às 14 horas, do dia 15 de fevereiro de 2017, na sala de Reuniões, na Sede da Prefeitura Municipal, situada na Avenida Santa Catarina, nº 1122, Centro, na Cidade de Balneário Arroio do Silva/SC. INFORMAÇÕES: Pessoalmente ou telefone: (48) 3526-1445. Email: licitacao@arroiodosilva.sc.gov.br Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017. GRAZIELA MINATTO DE SOUZA Gestora do Fundo Municipal de Saúde ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPALDE SAÚDE DE BALNEÁRIOARROIO DO SILVA AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 09/2017 PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2017 (FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE) OBJETO: Aquisição parcelada de medicamentos, suplementos e materiais para suprir a demanda no ano de 2017, das decisões judiciais recebidas pela Secretaria Municipal de Saúde, movidas contra o Município de Balneário Arroio do Silva, conforme especificações contidas no Anexo I do Edital. TIPO DE JULGAMENTO: Menor preço por Item. REGIME LEGAL: Mediante as especificações e condições previstas no Edital, sob a regência da Lei 10.520/2002, Lei nº 8.666/1993 e suas alterações, e Lei Complementar nº 123/2006. ABERTURA DOS ENVELOPES: Iniciará às 14 horas, do dia 16 de fevereiro de 2017, na sala de Reuniões, na Sede da Prefeitura Municipal, situado na Avenida Santa Catarina, nº 1122, Centro, na Cidade de Balneário Arroio do Silva/SC. INFORMAÇÕES: Pessoalmente ou telefone: (48) 3526-1445. Email: licitacao@arroiodosilva.sc.gov.br Balneário Arroio do Silva/SC, 01 de fevereiro de 2017. GRAZIELA MINATTO DE SOUZA Gestora do Fundo Municipal de Saúde
  • 18. Duas cores e uma paixão sem fim Maxiequatroreforços:confira a 1ª lista de relacionados do Grêmio em 2017 Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Gaúcho Araranguá Arroio do Silva O Grêmio estreia no Campeonato Gaúcho nesta quinta-feira, contra o Ypi- ranga, às 21h15, na Arena. E a primeira lista de rela- cionados da temporada foi divulgada pelo clube gaúcho com quatro dos reforços contratados. Além de Beto da Silva, que ainda não está regularizado, Edílson é ausência por problemas físicos. O rol tem jogadores como Fernandinho e Maxi Rodríguez, que retornaram de empréstimo, e quatro dos contratados para a atual temporada: os laterais Le- onardo e Bruno Cortez, o volante Michel e o centroa- vante Jael. O primeiro será titular, já que Edílson ficou fora da lista e se recupera da cirurgia feita no joelho direito nas férias. Beto da Silva ainda não foi regularizado pelo Tricolor e, por isso, fica fora de ação. O outro reforço ausente é Léo Moura, que ainda faz um trabalho físi- co especial sob o comando do fisioterapeuta Henrique Valente. A outra novidade no time será Jailson, na vaga do negociado Walace. A escalação terá: Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Kannemnann e Marcelo Oliveira; Jailson, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan. E i, ei, estamos aí (pro que der e vier) Ei, ei, esta- mos aí (pro que der e vier) A fim de saber a verdadeira verdade.Você que luta para se manter,Você que pede pra so- breviver, Você que olha com toda curiosidade, A fim de saber a verdadeira verdade. Quem não lembra dessa música na final da Copa Santa Catarina, quando o Araranguá Esporte Clube foi campeão em cima do Inter- nacional de Lages no ano de 1992? Um torcedor apaixo- nado guarda na memória o título, a música e o capitão Aroldo erguendo a taça. Este torcedor é Cleiton Michels, mais conhecido por Flaec, um apaixonado pelas cores amarela e azul do Araranguá, e que tem de tudo um pouco na sua coleção sobre o clube que para ele não tem dinheiro que pague. Ali estão desde camisas dos anos 1986 até as atuais, quando o AEC voltou a disputar com- petições. São mais de 60 camisas usadas por ex jogadores nas finais, e em outras partidas pelo Araranguá. O AEC está no coração, na casa, e em todos os lugares da vida de Cleiton, que em dia de jogos chora, grita e torce o tempo todo pelo mais querido do sul. A paixão continuou mesmo quando o time acabou em 1995, e a empolgação de Flaec incentivou muitos a se mobilizar pela volta do clube que hoje disputa a Larm e o catarinense de máster, onde foi vice campeão. Flaec coleciona também camisetas da sua segunda paixão,o Flamengo, com camisas de jogadores como Leandro Damião, Muralha entre outros, além de camisas de vários times das sériesAe B do Catarinense. Porém, o maior sonho do torcedor é ver Araranguá voltando a disputar o campe- onato catarinense de futebol, e quem sabe uma Copa do Brasil ou Brasileirão sendo série D para ir subindo, como fez a Chapecoense, que no passado já perdeu para o Araranguá. “Sou apaixonado pelo AEC, tenho ciúmes das mi- nhas camisetas do nosso time, não vendo e não troco por nada desse mundo. Quero ainda ver o nosso Araranguá voltar para o lugar de onde nunca deveria ter saído, na vitrine do futebol catarinense, disputando títulos como os Copa Santa Catarina em 91 e 92 e o catarinense 2º divisão em 1988”, diz Michels. 13-42-64-73-80CONCURSO 4.297 QUINA 28/01 01-09-10-11-12-29 08-10-15-18-26-30 CONCURSO 1.601 DUPLA SENA 28/01 12-34-45-53-55-58 CONCURSO 1.898 MEGA SENA 28/01
  • 19. No reencontro com o Beira-Rio, Inter vence Brasil-Pel com gols de atacantes Catarinense 19Esportes Jornal Correio do Sul Quinta-Feira, 2 de Fevereiro de 2017 Araranguá D epois de um 2016 em que os atacantes eram meros espectado- res nas partidas, o Inter fez o primeiro jogo de 2017 no Beira-Rio com vitória e redenção dos homens de frente. Com gols de Nico López e Brenner, o time de An- tônio Carlos Zago bateu o Brasil de Pelotas por 2 a 1 na noite desta quar- ta-feira, no Beira-Rio, pela primeira rodada da Primeira Liga. Bruno Lopes descontou para o Xavante. C o m a v i t ó r i a , o Colorado se iguala ao Fluminense na primeira colocação do Grupo A, com três pontos. Os dois times voltam a jogar pela Primeira Liga na semana que vem. O Inter joga novamente no Beira-Rio, na quarta-feira, contra o Fluminense, às 19h30. O Brasil recebe o Criciú- ma, em Pelotas, na terça, também às 19h30.
  • 20. QUINTA-FEIRA, 2 DE FEVEREIRO DE 2017 IMAGEMILUSTRATIVA.