SlideShare uma empresa Scribd logo
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Quais são os
representantes do Reino
Plantae?
Talófitas
Ou Vegetais
inferiores
Criptógamas
ou Vegetais
intermediários
Fanerógamas
ou vegetais
superiores
Algas
Pluricelulares
Briófitas
Pteridófitas
Gimnospermas
Angiospermas
Clorofíceas ou algas verdes
Rodofíceas ou algas vermelhas
Feofíceas ou algas pardas
ex: Musgos e hepáticas
ex: Samambaias e avencas
ex: Pinheiro do Paraná
qualquer planta que produz
fruto (ex: mangueira, cajueiro,
laranjeira, abacateiro...)
Briófitas
musgos
musgos
hepáticas
musgos
musgos musgos
líquens
hepáticas
musgos
samambaias
samambaia
soros da samambaia
Samambaiaçu
Pteridófitas
soros da avenca
Avenca (pteridófita)
Pteridófitas
Pinheiro do Paraná
pinha fecundada
semente semente ou
pinhão
Gimnospermas
Pinha ou estróbilo
Sequóia
Angiospermas
Maracujazeiro
Limoeiro
Qual foi a seqüência evolutiva dos vegetais?
Algas
Verdes
(1º)
Briófitas
(2º)
Pteridófitas
(3º)
Gimnospermas
(4º)
Angiospermas
(5º)
Briófitas
Quais são as principais características das briófitas?
• São plantas criptógamas (não produzem flor, semente ou fruto)
• Foram as primeiras plantas que ocuparam o ambiente terrestre;
• Vivem em ambientes úmidos, pois dependem da água do meio ambiente para a fecundação;
• São as únicas plantas avasculares, ou seja, sem tecidos condutores de seivas (xilema e floema).
Devido a esta característica apresentam um pequeno porte (alguns centímetros) e o
transporte das seivas é realizado lentamente de uma célula para outra, por difusão ou por
osmose;
• São seres haplodiplobiontes, onde a fase gametofítica(n) é duradoura e a esporofítica(2n) é
passageira;
• Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações;
• Neste grupo o gametófito é dióico (“sexo separado”,ou seja, tem o gametófito masculino
separado do gametófito feminino);
• Nas briófitas a fase de esporófito(2n) é dependente do gametófito(n) feminino quanto a
nutrição.
Esporófito(2n)
Gametófito(n)
Pteridófitas
Quais são as principais características das pteridófitas?
 São plantas criptógamas; (plantas sem flores)
 Foi o terceiro grupo vegetal na escala evolutiva das plantas, e o primeiro a possuir vasos
condutores de seivas, ou seja, são vasculares;
 A presença da vascularidade permitiu a elas crescerem mais que as briófitas;
 Também vivem em ambientes úmidos, pois assim como as briófitas necessitam da ajuda da
água do meio para a fecundação;
 Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações;
 Neste grupo o gametófito(n) é monóico ou hermafrodita (possui os dois aparelhos
reprodutores no mesmo indivíduo);
 A fase de gametófito ou gametofítica é chamada de prótalo (parece um coração de bigode).
caule do
tipo rizoma
soros
gametófito
hermafrodita(n)
( PRÓTALO)
Quais são as principais semelhanças
entre as briófitas e as pteridófitas?
• São plantas criptógamas, ou seja, não produzem flor,
semente ou fruto;
• Vivem em ambientes úmidos, pelo fato de ambas
dependerem da água como meio para a reprodução;
• Reproduzem-se por metagênese.
Quais são as principais diferenças
entre as briófitas e as pteridófitas?
1º. Briófitas:
- São avasculares,
- A fase gametofítica(n) é duradoura e a
esporofítica(2n) é passageira;
- O gametófito(n) é dióico;
- O esporófito(2n) depende do gametófito(n)
feminino quanto a nutrição.
2º. Pteridófitas:
- São vasculares;
- A fase gametofítica(n) é passageira e a
esporofítica(2n) é duradoura;
- O gametófito(n) é monóico ou hermafrodita
(lembrar do prótalo ou “coração de bigode”);
- Neste grupo o esporófito não depende do
gametófito quanto a nutrição, pois ambos
fazem fotossíntese.
Gimnospermas
Pinheiro do Paraná
estróbilo ou pinha
ou flor do pinheiro
Sequóia gigante
Sequóia gigante
Quais são as principais características das
gimnospermas?
• São plantas fanerógamas, ou seja, produzem flor e semente, duas estruturas que aparecem pela
primeira vez na evolução das plantas;
• Suas flores denominam-se estróbilos ou pinhas, elas não possuem elementos de atração para os
polinizadores, por isso são polinizadas pelo vento.
• Foram as primeiras plantas a conquistarem definitivamente o ambiente terrestre, pois não
dependem mais da água do ambiente para a fecundação e seu “filhote ou bebê” fica protegido em
uma estrutura que possui reservas e uma capa que o protege contra a desidratação, ou seja, estou
falando da semente;
• São plantas vasculares, sendo a maioria árvores lenhosas (de grande porte);
• São plantas espermatófitas (produtoras de sementes);
• São plantas sifonógamas, ou seja , produzem grão de pólen e tubo polínico;
• São seres haplodiplobiontes, onde a fase de esporófito(2n) é duradoura e a de gametófito(n) é
passageira;
• Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações, assim como todas as plantas.
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Angiospermas
Quais são as principais características das
angiospermas?
• São plantas fanerógamas (produzem flor e semente);
• São espermatófitas (produtoras de sementes);
• São as únicas plantas que produzem semente protegida por fruto;
• Geralmente produzem flores coloridas, cheirosas, que produzem néctar, por isso são polinizadas
por animais, tais como, insetos (abelhas, borboletas, formigas...), passarinhos (ex:beija-flor) ou até
mesmo algumas espécies de mamíferos voadores (ex: morcegos nectívoros);
• É o grupo vegetal mais recente e mais abundante da Terra. Esse sucesso na dispersão se deve ao
fato de serem as únicas plantas que produzem fruto, uma estrutura que além de proteger a
semente serve de elemento de atração para os animais dispersores de sementes, ou seja, aqueles
que comem o fruto e eliminam as sementes através das fezes;
• Também não dependem mais da água do meio para a reprodução, pois produzem grão de pólen
e tubo polínico;
• Como é um grupo muito numeroso foi subdividida em dois outros grupos, as angiospermas
monocotiledôneas e as angiospermas dicotiledôneas;
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
O androceu é o aparelho
reprodutor masculino, ele é
formado pelos estames
O gineceu ou pistilo
Ou carpelo é o aparelho
Reprodutor feminino
ovário
óvulo
fruto
semente
Gineceu ou pistilo
ou carpelo: é formado pelo
estigma, estilete,
ovário e óvulo.
Androceu: é formado pelos
estames, sendo cada estame
formado por um filete e por uma
antera.
(local onde se produz
os grãos de pólen)
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
1: Triploceras . 2: Micrasterias 3:Staurastrum 4: Cosmocladium 5:Pleurotaenium
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Spirogyra
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Classificação das Algas
Cianóbactérias (Antes : Algas Azuis ou Cianofíceas).
• Unicelulares, coloniais de várias formas e filamentosas.
• Ausência de núcleo diferenciado (Monera).
• Gêneros: Oscilatoria ; Anabaena ; Scytonema ; Nostoc ; etc.
• 1400 espécies
• Reserva : Amido das Cianofíceas (semelhante ao Glicogênio).
Classificação das Algas
Euglenófitas (Algas Flageladas Verdes)
• Unicelulares de vida livre
• Movem-se por 1 a 3 flagelos
• Citoplasma: Pirenóides com grãos de Paramilo e Plastos com clorofila a e b.
• 1 classe, 1 ordem, 6 famílias, e 25 gêneros.
• Gêneros: Euglena ; Phacus ; Euglenamorpha ; Colacium ; Trachelomonas
etc.
• 900 espécies. Gênero Euglena: 800 sp
Clorófitas (Algas Verdes)
• Unicelulares (isoladas, com ou sem movimentos)
• Colônias filamentosas, livres ou fixas
• Parede celular de celulose e pectina
• Pigmentos fotossintéticos (Plastos): Clorofila a e b.
• 1 classe, 9 ordens, 54 famílias, 260 gêneros
• Gêneros: Volvox ; Pandorina ; Eudorina ; Gonium ; Chlamidomonas ;
Chlorela ; Ulotrix ; Ulva ; Trentepholia ; Scenedesmus ; Oedogonium ;
Acetabularia ; Zygnema ; Spirogyra ; Desmidium ; Cosmarium ;
Staurastrum ; Micrasteria ; Closterium, etc.
• 17.000 espécies.
Classificação das Algas
Classificação das Algas
Pirrófitas (Dinoflagelados)
• Unicelulares, vida livre, movem-se por 2 flagelos
• Parede celular pode ser de celulose
• Núcleo grande e volumoso vacúolo central.
• Plastos: clorofila a e c.
• 4 classes, 16 ordens, 41 famílias e 150 gêneros.
• Gêneros: Exuviella ; Porella ; Cryptomonas ; Tetragonidium;
Gymnodinium, Peridinium, etc.
• 4.000 espécies.
Crisófitas (Algas Douradas)
• Unicelulares, isoladas ou colônias filamentosas, Ramificadas ou não,
vida livre.
• Movem-se por flagelos ou são imóveis (Unicelulares)
• Parede celular de pectina, impregnada de Sílica. Formada por duas
valvas que se encaixam.
• Pigmentos: Plastos: Clorofila a ( c ou e ).
• Reserva: Leucosina, óleos, nunca amido.
• 3 classes, 19 ordens, 63 famílias e 300 gêneros.
• Gêneros: Rhizochloris ; Triceratium ; Dinobryum ; Tabellaria ; Denticula ;
Pinnularia etc.
• 1000 espécies
Classificação das Algas
Bacillariófitas ( Algas Diatomáceas)
• Unicelulares (maioria) ou coloniais
• Importantes componentes do Fitoplancton
• Responsáveis por 25% da produtividade primária total.
• Representam a maior biomassa e diversidade de espécies.
• Pigmentos: Ausentes ou Clorofila a e c, fucoxantina
• Reserva: Crisolaminarina
• Parede celular: Sílica
• Estima-se 250 gêneros e 100.000 espécies
Classificação das Algas
Carófitas (Algas em Candelabro)
• Filamentos multicelulares de organização especial.
• Plastos: Clorofila a e b
• Vacúolo alongado
• Reserva: amido
• 1 classe, 1 ordem, 3 famílias, 6 gêneros.
• Gêneros: Nitella ; Chara ; Tolypella ; Nitelopsis ; Lychnothamus e
Lamprothamus.
• 200 espécies
Classificação das Algas
Feófitas (Algas Pardas)
• Multicelulares filamentosas ou laminares
• Grandes dimensões e organização mais complexa
• Parede: Celulose; pode conter ácido Algínico
• Plastos: Clorofila a e c
• Reserva Laminarina; Manitol
• 3 classes 11 ordens, 37 famílias e 240 gêneros
• Gêneros: Alaria ; Ectocarpus ; Cutleria ; Laminaria ; Macrocystis ;
Nereocystis ; Sargassum, etc.
• 1500 espécies.
Classificação das Algas
Rodófitas (Algas vermelhas)
• Multicelulares, filamentosas ou laminares, raramente unicelulares
• Parede: Celulose + substâncias pécticas, como o Ágar, sendo
frequentemente impregnadas de sais de cálcio.
• Plastos: Clorofila a e d
• Reserva: Amido das florídeas
• 2 classes, 11 ordens, 51 famílias e 500 gêneros.
• Gêneros : Porphyra ; Bangia ; Battrachospermum ; Digenia ; Sphaerococcus
; Gracilaria ; Ceramium, etc.
• 4000 - 6000 espécies
Classificação das Algas
Alga
• Termo coletivo para um grupo de indivíduos
extremamente heterogêneo
• A difícil definição de Algae é devido a: enorme
variação de estrutura; reprodução e ciclos de vida
exibidos
• a) formas unicelulares  multicelulares
• b) reprodução: os mais primitivos métodos de
propagação  ate os mais evoluídos com auto grau
de complexidade.
• c) ciclos: todas as variantes possíveis
Funções
• fabricação cerca de 1/3 da matéria orgânica do planeta
 50bilhoes de tonelada/ano
• base de muitas cadeias alimentares
• equilíbrio na composição de gases na atmosfera
(fotossíntese 90% O2)
Critérios de diferenciação dos grupos
de algas
Podemos reconhecer 5 critérios:
• Pigmentos Fotossintetizantes
• Natureza das substancias de Reserva
• Natureza dos componentes da Parede celular
• Presença, Tipo, Posição e Numero de Flagelos
• Alguns detalhes da estrutura celular
Morfologia
• TALO : corpo das algas: unicelular ou pluricelular
• TALO unicelular: móvel, imóvel, isolado ou colonial
• TALO multicelular: filamentoso unisseriado (simples ou
ramificado) ou multisseriado
Tamanho
• Bastante variável : desde 2 um ate 35 metros
• Em agua doce: 2 metros (caraceas)
• Agua salgada: gêneros Macrocystis e Nereocystis
(Feofíceas) atingem +- 100 metros
Ambiente
• Dominantemente aquáticos: desde agua doces ate
supersalinas (35% de salinidade): Mar: 3% de
salinidade. Acima ‘e considerado hipersalino.
• Ex: Dunaliella – hipersalina
• Existem em todas as latitudes, longitudes, altitudes;
abaixo e acima do nível do mar, polos, linha do
equador: Desde que haja UMIDADE.
• Somente no deserto não se encontram Algas.
Ambiente
• Solo: Desde que haja um fio de agua podem ser
encontrados ate 2 metros de profundidade.
• Rochas: São reconhecidos:
• Algas Endolíticas – interior de rochas
• Algas Cosmoliticas – Fendas e Frestas de Rochas.
• Interior de Animais Ex: Hidra viridis (celenterado) –
Alga Chlorococcum.
Pigmentos – Determinam a Cor das
Algas.
• Clorofila: a, b, c, d, e
• Carotenos (5 ou 6) Ex: luteína, fucoxantina A e B
• Carotenoides (centenas) – ao redor de 100 em algas.
• Ficobilinas – a bile das algas - 6 ou 7 ficobilinas
diferentes (ficoeritrina, ficocianina).
Reserva
• Amido – boa parte das algas acumula amido
• Paramilo – Euglenas
• Amido das Florídeas – Rodofíceas
• Leucosina – Crisofíceas e Diatomáceas
• Laminarina – Feofíceas
• Manitol – Feofíceas marinhas
Reprodução
• Vegetativa – Ocorre por divisão celular (mitose) ou
fragmentação do Talo
• Assexuada – Forma estruturas especializadas chamadas
esporos.
• Sexuada – Fusão de Gametas: 3 tipos: Isogamia,
Anizogamia e Oogamia.
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Chlamydomonas
Chlorella sp.
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Ulotrix sp.
Scenedesmus sp.
Desmidiáceas
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Closterium sp.
Micrasteria sp.
Ulva lactuca
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Euglena sp.
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Diatomaceas centrícas
Diatomaceas penadas
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Ceratium spp.
Gymnodinium sp.
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
Importância e Ecologia
• Das rodófitas são retirados os ágares da parede celular usados em
meios de cultura, como geleificantes, espessantes e base para
produção de diversos cosméticos.
• São essênciais para a cimentação, indipensável para a formação e
sobrevivência dos recifes de corais (revestem-se de carbonato de
cálcio CaCO3 tornando-se rígidas. Nestes casos confunden-se com os
corais que são celenterados.
Porphyra nori
- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx
DIVISÃO CHAROPHYTA
• Representados principalmente pela ordem Charales.
• Algas de água doce e as vezes salobras
• Desmembrados da divisão Charophyta, portanto com as mesmas
características.
• Forma de crscimento apical, ereto, com talos diferenciados em
regiões nodais e internodais.
• Gêneros representativos: Chara e Nitella
Gênero Chara
Gênero Nitella

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a - Criptógamas Biologia e Pesca.pptx

www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
Aulas Apoio
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
Manuela Mendes
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
Anna Paula
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
SEMED de Santarém/PA
 
Grupos Vegetais
Grupos VegetaisGrupos Vegetais
Grupos Vegetais
ilk Sala4
 
Classificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino VegetalClassificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino Vegetal
lindana01
 
Classificação do reino plantae
Classificação do reino plantaeClassificação do reino plantae
Classificação do reino plantae
francisco sergio costa e souza
 
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdfCaracterísticas-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
GhostPhantom4
 
Grupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médioGrupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médio
Pedro Alberto Machado
 
7º ano cap 9 pteridófitas
7º ano cap 9   pteridófitas7º ano cap 9   pteridófitas
7º ano cap 9 pteridófitas
ISJ
 
Semi reino vegetal
Semi reino vegetalSemi reino vegetal
Semi reino vegetal
aulasdotubao
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
diasferraciolli
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
tiago.ufc
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
guest78da28
 
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetaisTaxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Heitor de Oliveira Braga
 
Reino protista novo
Reino protista  novoReino protista  novo
Reino protista novo
paula aragao
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
familiaestagio
 
GRUPOS DE PLANTAS.pptx
GRUPOS DE PLANTAS.pptxGRUPOS DE PLANTAS.pptx
GRUPOS DE PLANTAS.pptx
LorenaCmara4
 
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
Giovani de Oliveira Arieira
 

Semelhante a - Criptógamas Biologia e Pesca.pptx (20)

www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Grupos Vegetais
Grupos VegetaisGrupos Vegetais
Grupos Vegetais
 
Classificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino VegetalClassificação do Reino Vegetal
Classificação do Reino Vegetal
 
Classificação do reino plantae
Classificação do reino plantaeClassificação do reino plantae
Classificação do reino plantae
 
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdfCaracterísticas-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
Características-Briófitas-Filo-Bryophyta.pdf
 
Grupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médioGrupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médio
 
7º ano cap 9 pteridófitas
7º ano cap 9   pteridófitas7º ano cap 9   pteridófitas
7º ano cap 9 pteridófitas
 
Semi reino vegetal
Semi reino vegetalSemi reino vegetal
Semi reino vegetal
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
 
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
Excelente material para ministra aulas sobre vegetais indico aos colegas.
 
Reino Protista
Reino ProtistaReino Protista
Reino Protista
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
 
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetaisTaxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
 
Reino protista novo
Reino protista  novoReino protista  novo
Reino protista novo
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
 
GRUPOS DE PLANTAS.pptx
GRUPOS DE PLANTAS.pptxGRUPOS DE PLANTAS.pptx
GRUPOS DE PLANTAS.pptx
 
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
Microbiologia Agrícola UFMT - Aula 003
 

- Criptógamas Biologia e Pesca.pptx

  • 2. Quais são os representantes do Reino Plantae?
  • 3. Talófitas Ou Vegetais inferiores Criptógamas ou Vegetais intermediários Fanerógamas ou vegetais superiores Algas Pluricelulares Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas Clorofíceas ou algas verdes Rodofíceas ou algas vermelhas Feofíceas ou algas pardas ex: Musgos e hepáticas ex: Samambaias e avencas ex: Pinheiro do Paraná qualquer planta que produz fruto (ex: mangueira, cajueiro, laranjeira, abacateiro...)
  • 7. soros da avenca Avenca (pteridófita) Pteridófitas
  • 8. Pinheiro do Paraná pinha fecundada semente semente ou pinhão Gimnospermas Pinha ou estróbilo Sequóia
  • 10. Qual foi a seqüência evolutiva dos vegetais? Algas Verdes (1º) Briófitas (2º) Pteridófitas (3º) Gimnospermas (4º) Angiospermas (5º)
  • 12. Quais são as principais características das briófitas? • São plantas criptógamas (não produzem flor, semente ou fruto) • Foram as primeiras plantas que ocuparam o ambiente terrestre; • Vivem em ambientes úmidos, pois dependem da água do meio ambiente para a fecundação; • São as únicas plantas avasculares, ou seja, sem tecidos condutores de seivas (xilema e floema). Devido a esta característica apresentam um pequeno porte (alguns centímetros) e o transporte das seivas é realizado lentamente de uma célula para outra, por difusão ou por osmose; • São seres haplodiplobiontes, onde a fase gametofítica(n) é duradoura e a esporofítica(2n) é passageira; • Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações; • Neste grupo o gametófito é dióico (“sexo separado”,ou seja, tem o gametófito masculino separado do gametófito feminino); • Nas briófitas a fase de esporófito(2n) é dependente do gametófito(n) feminino quanto a nutrição.
  • 15. Quais são as principais características das pteridófitas?  São plantas criptógamas; (plantas sem flores)  Foi o terceiro grupo vegetal na escala evolutiva das plantas, e o primeiro a possuir vasos condutores de seivas, ou seja, são vasculares;  A presença da vascularidade permitiu a elas crescerem mais que as briófitas;  Também vivem em ambientes úmidos, pois assim como as briófitas necessitam da ajuda da água do meio para a fecundação;  Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações;  Neste grupo o gametófito(n) é monóico ou hermafrodita (possui os dois aparelhos reprodutores no mesmo indivíduo);  A fase de gametófito ou gametofítica é chamada de prótalo (parece um coração de bigode).
  • 17. Quais são as principais semelhanças entre as briófitas e as pteridófitas? • São plantas criptógamas, ou seja, não produzem flor, semente ou fruto; • Vivem em ambientes úmidos, pelo fato de ambas dependerem da água como meio para a reprodução; • Reproduzem-se por metagênese.
  • 18. Quais são as principais diferenças entre as briófitas e as pteridófitas?
  • 19. 1º. Briófitas: - São avasculares, - A fase gametofítica(n) é duradoura e a esporofítica(2n) é passageira; - O gametófito(n) é dióico; - O esporófito(2n) depende do gametófito(n) feminino quanto a nutrição. 2º. Pteridófitas: - São vasculares; - A fase gametofítica(n) é passageira e a esporofítica(2n) é duradoura; - O gametófito(n) é monóico ou hermafrodita (lembrar do prótalo ou “coração de bigode”); - Neste grupo o esporófito não depende do gametófito quanto a nutrição, pois ambos fazem fotossíntese.
  • 21. Pinheiro do Paraná estróbilo ou pinha ou flor do pinheiro Sequóia gigante
  • 23. Quais são as principais características das gimnospermas? • São plantas fanerógamas, ou seja, produzem flor e semente, duas estruturas que aparecem pela primeira vez na evolução das plantas; • Suas flores denominam-se estróbilos ou pinhas, elas não possuem elementos de atração para os polinizadores, por isso são polinizadas pelo vento. • Foram as primeiras plantas a conquistarem definitivamente o ambiente terrestre, pois não dependem mais da água do ambiente para a fecundação e seu “filhote ou bebê” fica protegido em uma estrutura que possui reservas e uma capa que o protege contra a desidratação, ou seja, estou falando da semente; • São plantas vasculares, sendo a maioria árvores lenhosas (de grande porte); • São plantas espermatófitas (produtoras de sementes); • São plantas sifonógamas, ou seja , produzem grão de pólen e tubo polínico; • São seres haplodiplobiontes, onde a fase de esporófito(2n) é duradoura e a de gametófito(n) é passageira; • Reproduzem-se por metagênese ou alternância de gerações, assim como todas as plantas.
  • 26. Quais são as principais características das angiospermas? • São plantas fanerógamas (produzem flor e semente); • São espermatófitas (produtoras de sementes); • São as únicas plantas que produzem semente protegida por fruto; • Geralmente produzem flores coloridas, cheirosas, que produzem néctar, por isso são polinizadas por animais, tais como, insetos (abelhas, borboletas, formigas...), passarinhos (ex:beija-flor) ou até mesmo algumas espécies de mamíferos voadores (ex: morcegos nectívoros); • É o grupo vegetal mais recente e mais abundante da Terra. Esse sucesso na dispersão se deve ao fato de serem as únicas plantas que produzem fruto, uma estrutura que além de proteger a semente serve de elemento de atração para os animais dispersores de sementes, ou seja, aqueles que comem o fruto e eliminam as sementes através das fezes; • Também não dependem mais da água do meio para a reprodução, pois produzem grão de pólen e tubo polínico; • Como é um grupo muito numeroso foi subdividida em dois outros grupos, as angiospermas monocotiledôneas e as angiospermas dicotiledôneas;
  • 28. O androceu é o aparelho reprodutor masculino, ele é formado pelos estames O gineceu ou pistilo Ou carpelo é o aparelho Reprodutor feminino ovário óvulo fruto semente
  • 29. Gineceu ou pistilo ou carpelo: é formado pelo estigma, estilete, ovário e óvulo. Androceu: é formado pelos estames, sendo cada estame formado por um filete e por uma antera. (local onde se produz os grãos de pólen)
  • 64. 1: Triploceras . 2: Micrasterias 3:Staurastrum 4: Cosmocladium 5:Pleurotaenium
  • 69. Classificação das Algas Cianóbactérias (Antes : Algas Azuis ou Cianofíceas). • Unicelulares, coloniais de várias formas e filamentosas. • Ausência de núcleo diferenciado (Monera). • Gêneros: Oscilatoria ; Anabaena ; Scytonema ; Nostoc ; etc. • 1400 espécies • Reserva : Amido das Cianofíceas (semelhante ao Glicogênio).
  • 70. Classificação das Algas Euglenófitas (Algas Flageladas Verdes) • Unicelulares de vida livre • Movem-se por 1 a 3 flagelos • Citoplasma: Pirenóides com grãos de Paramilo e Plastos com clorofila a e b. • 1 classe, 1 ordem, 6 famílias, e 25 gêneros. • Gêneros: Euglena ; Phacus ; Euglenamorpha ; Colacium ; Trachelomonas etc. • 900 espécies. Gênero Euglena: 800 sp
  • 71. Clorófitas (Algas Verdes) • Unicelulares (isoladas, com ou sem movimentos) • Colônias filamentosas, livres ou fixas • Parede celular de celulose e pectina • Pigmentos fotossintéticos (Plastos): Clorofila a e b. • 1 classe, 9 ordens, 54 famílias, 260 gêneros • Gêneros: Volvox ; Pandorina ; Eudorina ; Gonium ; Chlamidomonas ; Chlorela ; Ulotrix ; Ulva ; Trentepholia ; Scenedesmus ; Oedogonium ; Acetabularia ; Zygnema ; Spirogyra ; Desmidium ; Cosmarium ; Staurastrum ; Micrasteria ; Closterium, etc. • 17.000 espécies. Classificação das Algas
  • 72. Classificação das Algas Pirrófitas (Dinoflagelados) • Unicelulares, vida livre, movem-se por 2 flagelos • Parede celular pode ser de celulose • Núcleo grande e volumoso vacúolo central. • Plastos: clorofila a e c. • 4 classes, 16 ordens, 41 famílias e 150 gêneros. • Gêneros: Exuviella ; Porella ; Cryptomonas ; Tetragonidium; Gymnodinium, Peridinium, etc. • 4.000 espécies.
  • 73. Crisófitas (Algas Douradas) • Unicelulares, isoladas ou colônias filamentosas, Ramificadas ou não, vida livre. • Movem-se por flagelos ou são imóveis (Unicelulares) • Parede celular de pectina, impregnada de Sílica. Formada por duas valvas que se encaixam. • Pigmentos: Plastos: Clorofila a ( c ou e ). • Reserva: Leucosina, óleos, nunca amido. • 3 classes, 19 ordens, 63 famílias e 300 gêneros. • Gêneros: Rhizochloris ; Triceratium ; Dinobryum ; Tabellaria ; Denticula ; Pinnularia etc. • 1000 espécies Classificação das Algas
  • 74. Bacillariófitas ( Algas Diatomáceas) • Unicelulares (maioria) ou coloniais • Importantes componentes do Fitoplancton • Responsáveis por 25% da produtividade primária total. • Representam a maior biomassa e diversidade de espécies. • Pigmentos: Ausentes ou Clorofila a e c, fucoxantina • Reserva: Crisolaminarina • Parede celular: Sílica • Estima-se 250 gêneros e 100.000 espécies Classificação das Algas
  • 75. Carófitas (Algas em Candelabro) • Filamentos multicelulares de organização especial. • Plastos: Clorofila a e b • Vacúolo alongado • Reserva: amido • 1 classe, 1 ordem, 3 famílias, 6 gêneros. • Gêneros: Nitella ; Chara ; Tolypella ; Nitelopsis ; Lychnothamus e Lamprothamus. • 200 espécies Classificação das Algas
  • 76. Feófitas (Algas Pardas) • Multicelulares filamentosas ou laminares • Grandes dimensões e organização mais complexa • Parede: Celulose; pode conter ácido Algínico • Plastos: Clorofila a e c • Reserva Laminarina; Manitol • 3 classes 11 ordens, 37 famílias e 240 gêneros • Gêneros: Alaria ; Ectocarpus ; Cutleria ; Laminaria ; Macrocystis ; Nereocystis ; Sargassum, etc. • 1500 espécies. Classificação das Algas
  • 77. Rodófitas (Algas vermelhas) • Multicelulares, filamentosas ou laminares, raramente unicelulares • Parede: Celulose + substâncias pécticas, como o Ágar, sendo frequentemente impregnadas de sais de cálcio. • Plastos: Clorofila a e d • Reserva: Amido das florídeas • 2 classes, 11 ordens, 51 famílias e 500 gêneros. • Gêneros : Porphyra ; Bangia ; Battrachospermum ; Digenia ; Sphaerococcus ; Gracilaria ; Ceramium, etc. • 4000 - 6000 espécies Classificação das Algas
  • 78. Alga • Termo coletivo para um grupo de indivíduos extremamente heterogêneo • A difícil definição de Algae é devido a: enorme variação de estrutura; reprodução e ciclos de vida exibidos • a) formas unicelulares  multicelulares • b) reprodução: os mais primitivos métodos de propagação  ate os mais evoluídos com auto grau de complexidade. • c) ciclos: todas as variantes possíveis
  • 79. Funções • fabricação cerca de 1/3 da matéria orgânica do planeta  50bilhoes de tonelada/ano • base de muitas cadeias alimentares • equilíbrio na composição de gases na atmosfera (fotossíntese 90% O2)
  • 80. Critérios de diferenciação dos grupos de algas Podemos reconhecer 5 critérios: • Pigmentos Fotossintetizantes • Natureza das substancias de Reserva • Natureza dos componentes da Parede celular • Presença, Tipo, Posição e Numero de Flagelos • Alguns detalhes da estrutura celular
  • 81. Morfologia • TALO : corpo das algas: unicelular ou pluricelular • TALO unicelular: móvel, imóvel, isolado ou colonial • TALO multicelular: filamentoso unisseriado (simples ou ramificado) ou multisseriado
  • 82. Tamanho • Bastante variável : desde 2 um ate 35 metros • Em agua doce: 2 metros (caraceas) • Agua salgada: gêneros Macrocystis e Nereocystis (Feofíceas) atingem +- 100 metros
  • 83. Ambiente • Dominantemente aquáticos: desde agua doces ate supersalinas (35% de salinidade): Mar: 3% de salinidade. Acima ‘e considerado hipersalino. • Ex: Dunaliella – hipersalina • Existem em todas as latitudes, longitudes, altitudes; abaixo e acima do nível do mar, polos, linha do equador: Desde que haja UMIDADE. • Somente no deserto não se encontram Algas.
  • 84. Ambiente • Solo: Desde que haja um fio de agua podem ser encontrados ate 2 metros de profundidade. • Rochas: São reconhecidos: • Algas Endolíticas – interior de rochas • Algas Cosmoliticas – Fendas e Frestas de Rochas. • Interior de Animais Ex: Hidra viridis (celenterado) – Alga Chlorococcum.
  • 85. Pigmentos – Determinam a Cor das Algas. • Clorofila: a, b, c, d, e • Carotenos (5 ou 6) Ex: luteína, fucoxantina A e B • Carotenoides (centenas) – ao redor de 100 em algas. • Ficobilinas – a bile das algas - 6 ou 7 ficobilinas diferentes (ficoeritrina, ficocianina).
  • 86. Reserva • Amido – boa parte das algas acumula amido • Paramilo – Euglenas • Amido das Florídeas – Rodofíceas • Leucosina – Crisofíceas e Diatomáceas • Laminarina – Feofíceas • Manitol – Feofíceas marinhas
  • 87. Reprodução • Vegetativa – Ocorre por divisão celular (mitose) ou fragmentação do Talo • Assexuada – Forma estruturas especializadas chamadas esporos. • Sexuada – Fusão de Gametas: 3 tipos: Isogamia, Anizogamia e Oogamia.
  • 154. Importância e Ecologia • Das rodófitas são retirados os ágares da parede celular usados em meios de cultura, como geleificantes, espessantes e base para produção de diversos cosméticos. • São essênciais para a cimentação, indipensável para a formação e sobrevivência dos recifes de corais (revestem-se de carbonato de cálcio CaCO3 tornando-se rígidas. Nestes casos confunden-se com os corais que são celenterados.
  • 157. DIVISÃO CHAROPHYTA • Representados principalmente pela ordem Charales. • Algas de água doce e as vezes salobras • Desmembrados da divisão Charophyta, portanto com as mesmas características. • Forma de crscimento apical, ereto, com talos diferenciados em regiões nodais e internodais. • Gêneros representativos: Chara e Nitella