SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
CELIBATO Carta do Padre Fábio de Mello
A graça de ser só.  Ando pensando no valor de ser só. Talvez seja por causa da grande polêmica que envolveu a vida celibatária nos últimos dias. Interessante como as pessoas ficam querendo arrumar esposas para os padres. Lutam, mesmo que não as tenhamos convocado para tal, para que recebamos o direito de nos casar e constituir família.  Já presenciei discursos inflamados de pessoas que acham um absurdo o fato de padre não poder casar.
Eu também fico indignado, mas de outro modo. Fico indignado quando a sociedade interpreta a vida celibatária como mera restrição da vida sexual. Fico indignado quando vejo as pessoas se perderem em argumentos rasos, limitando uma questão tão complexa ao contexto do “pode ou não pode”.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Nunca encarei o celibato como restrição. Esta opção de vida não me foi imposta. Ninguém me obrigou ser padre, e quando escolhi o ser, ninguém me enganou. Eu assumi livremente todas as possibilidades do meu ministério, mas também todos os limites. Não há escolhas humanas que só nos trarão possibilidades. Tudo é tecido a partir dos avessos e dos direitos. É questão de maturidade.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (17)

Para Onde Caminha O Amor
Para Onde Caminha O AmorPara Onde Caminha O Amor
Para Onde Caminha O Amor
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Não mate os que você ama!
Não mate os que você ama!Não mate os que você ama!
Não mate os que você ama!
 
Egoismo em nossas vidas
Egoismo em nossas vidasEgoismo em nossas vidas
Egoismo em nossas vidas
 
Padre fábio de melo amor
Padre fábio de melo   amorPadre fábio de melo   amor
Padre fábio de melo amor
 
Fizeram A Gente Acreditar
Fizeram A Gente AcreditarFizeram A Gente Acreditar
Fizeram A Gente Acreditar
 
John Lennon Ro
John Lennon RoJohn Lennon Ro
John Lennon Ro
 
John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
John Lennon -Immagine
John Lennon -ImmagineJohn Lennon -Immagine
John Lennon -Immagine
 
John lennon help
John lennon helpJohn lennon help
John lennon help
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
Jamais perca a_dignidade
Jamais perca a_dignidadeJamais perca a_dignidade
Jamais perca a_dignidade
 
Jamais Perca A Dignidade
Jamais Perca A DignidadeJamais Perca A Dignidade
Jamais Perca A Dignidade
 
John Lenon
John LenonJohn Lenon
John Lenon
 

Semelhante a Celibato _padre_fabio_de_mel

A solidao de uma adolescente
A solidao de uma adolescenteA solidao de uma adolescente
A solidao de uma adolescente
Soraia95
 
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
Alyne Brandão
 
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa   o divorcio comeca no namoroEdson alves de sousa   o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
jneves3
 

Semelhante a Celibato _padre_fabio_de_mel (20)

Saudade
SaudadeSaudade
Saudade
 
Reflexões
ReflexõesReflexões
Reflexões
 
A solidao de uma adolescente
A solidao de uma adolescenteA solidao de uma adolescente
A solidao de uma adolescente
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
 
eucaristia.pptx
eucaristia.pptxeucaristia.pptx
eucaristia.pptx
 
10 motivos para amar de novo
10 motivos para amar de novo10 motivos para amar de novo
10 motivos para amar de novo
 
O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO capítulo 22.pptx
O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO capítulo 22.pptxO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO capítulo 22.pptx
O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO capítulo 22.pptx
 
Manual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completoManual moças 2014 completo
Manual moças 2014 completo
 
Nossa família não é problema de outra pessoa pps
Nossa família não é problema de outra pessoa ppsNossa família não é problema de outra pessoa pps
Nossa família não é problema de outra pessoa pps
 
Porque eu fiz sexo com outro.pdf
Porque eu fiz sexo com outro.pdfPorque eu fiz sexo com outro.pdf
Porque eu fiz sexo com outro.pdf
 
Leia o artigo abaixo da revista mundo jovem de 20
Leia o artigo abaixo da revista mundo jovem de 20Leia o artigo abaixo da revista mundo jovem de 20
Leia o artigo abaixo da revista mundo jovem de 20
 
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
Resumodolivroquemmerouboudemim 100101091921-phpapp01
 
Resumo Do Livro Quem Me Roubou De Mim
Resumo Do Livro Quem Me Roubou De MimResumo Do Livro Quem Me Roubou De Mim
Resumo Do Livro Quem Me Roubou De Mim
 
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa   o divorcio comeca no namoroEdson alves de sousa   o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
 
Infidelidade conjugal
Infidelidade conjugalInfidelidade conjugal
Infidelidade conjugal
 
Casamento, Duas Perspectivas: Mundo x Bíblica
Casamento, Duas Perspectivas: Mundo x BíblicaCasamento, Duas Perspectivas: Mundo x Bíblica
Casamento, Duas Perspectivas: Mundo x Bíblica
 
Continuacao do-ser-modo-de-vida
Continuacao do-ser-modo-de-vidaContinuacao do-ser-modo-de-vida
Continuacao do-ser-modo-de-vida
 
Amar pode dar_certo_-_roberto_shinyashiki
Amar pode dar_certo_-_roberto_shinyashikiAmar pode dar_certo_-_roberto_shinyashiki
Amar pode dar_certo_-_roberto_shinyashiki
 
Vol 6
Vol 6Vol 6
Vol 6
 
Família cristã saudável
Família cristã saudávelFamília cristã saudável
Família cristã saudável
 

Mais de PequeninosdoSenhor (20)

Francisco
FranciscoFrancisco
Francisco
 
O terço
O terçoO terço
O terço
 
Fotos e p._
Fotos e p._Fotos e p._
Fotos e p._
 
Pai comeca_o_comeco
Pai  comeca_o_comecoPai  comeca_o_comeco
Pai comeca_o_comeco
 
Perfeito
PerfeitoPerfeito
Perfeito
 
Perguntas
PerguntasPerguntas
Perguntas
 
Algo pequenino
Algo pequeninoAlgo pequenino
Algo pequenino
 
Consagracao do mês de maio a Maria
Consagracao do mês de maio a MariaConsagracao do mês de maio a Maria
Consagracao do mês de maio a Maria
 
Conselhos do Pai Eterno
Conselhos do Pai EternoConselhos do Pai Eterno
Conselhos do Pai Eterno
 
Queme jesus
Queme jesusQueme jesus
Queme jesus
 
Queme jesus
Queme jesusQueme jesus
Queme jesus
 
Deus, sabor de nossa vida
Deus, sabor de nossa vidaDeus, sabor de nossa vida
Deus, sabor de nossa vida
 
O cesto e_a_agua
O cesto e_a_aguaO cesto e_a_agua
O cesto e_a_agua
 
Recadinhos bem humorados_de_deus1
Recadinhos bem humorados_de_deus1Recadinhos bem humorados_de_deus1
Recadinhos bem humorados_de_deus1
 
Sermos acolhidos ao céu como Maria, nossa mãe.
Sermos acolhidos ao céu como Maria, nossa mãe.Sermos acolhidos ao céu como Maria, nossa mãe.
Sermos acolhidos ao céu como Maria, nossa mãe.
 
E Importante Que Voce Leia Isto
E Importante Que Voce Leia IstoE Importante Que Voce Leia Isto
E Importante Que Voce Leia Isto
 
Eu escolho amar e ser feliz, e você?
Eu escolho amar e ser feliz, e você? Eu escolho amar e ser feliz, e você?
Eu escolho amar e ser feliz, e você?
 
A Santíssima Trindade
A Santíssima TrindadeA Santíssima Trindade
A Santíssima Trindade
 
Simplesmente mamãe
Simplesmente mamãeSimplesmente mamãe
Simplesmente mamãe
 
Bordados da minha mãe - Bordados de Deus
Bordados da minha mãe   - Bordados de DeusBordados da minha mãe   - Bordados de Deus
Bordados da minha mãe - Bordados de Deus
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Celibato _padre_fabio_de_mel

  • 1. CELIBATO Carta do Padre Fábio de Mello
  • 2. A graça de ser só. Ando pensando no valor de ser só. Talvez seja por causa da grande polêmica que envolveu a vida celibatária nos últimos dias. Interessante como as pessoas ficam querendo arrumar esposas para os padres. Lutam, mesmo que não as tenhamos convocado para tal, para que recebamos o direito de nos casar e constituir família. Já presenciei discursos inflamados de pessoas que acham um absurdo o fato de padre não poder casar.
  • 3. Eu também fico indignado, mas de outro modo. Fico indignado quando a sociedade interpreta a vida celibatária como mera restrição da vida sexual. Fico indignado quando vejo as pessoas se perderem em argumentos rasos, limitando uma questão tão complexa ao contexto do “pode ou não pode”.
  • 4.
  • 5. Nunca encarei o celibato como restrição. Esta opção de vida não me foi imposta. Ninguém me obrigou ser padre, e quando escolhi o ser, ninguém me enganou. Eu assumi livremente todas as possibilidades do meu ministério, mas também todos os limites. Não há escolhas humanas que só nos trarão possibilidades. Tudo é tecido a partir dos avessos e dos direitos. É questão de maturidade.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.  
  • 10.