SlideShare uma empresa Scribd logo
Trabalho de Advento /Natal
                          INTRODUÇÃO
1. Uma ideia: Paróquia em Família, Casa de Comunhão


Estamos a viver este ano pastoral, procurando valorizar o papel evangelizador da
“família”, enquanto Igreja Doméstica a construir, dia a dia, como verdadeira “Casa de
Comunhão”. Ao mesmo tempo que cresce cada família, como “Igreja Doméstica”,
edifica-se também a Igreja, como “grande família”, tornando-se assim a Paróquia uma
verdadeira «família de famílias».

Se há um tempo litúrgico e cultural propício à família é o Natal. Basta ver como vêm de
longe, e para longe se encaminham tantos homens e mulheres, pais, filhos, netos e
avôs, ao encontro com as raízes, porque é Natal. Neste tempo, o apelo da família é
mais forte. A imagem de marca do Natal é a de uma família simples, unida por um amor
profundo e original entre Maria e José, tocada pelo dom e pelo mistério divinos,
visitada pela surpresa de um Menino, que é o Filho de Deus. A família humana tornou-
se, desde o Natal de Jesus, o lugar por excelência da manifestação da Vida e do Amor
que vêm de Deus. Assim o Natal é, para nós todos, a Festa da Família e uma bela Família
torna-se para nós o maior presente de Deus!

Neste sentido, vamos preparar o Natal, tão conhecido por ser “a festa da família”
propondo às próprias famílias, (pais e filhos, avós) a construção de um verdadeiro
conjunto da verdadeira comunhão. Na pressão da competitividade e na violência das
tempestades económicas e sociais, a família é realmente a primeira e insubstituível rede
de apoio e de proximidade, abrigo e refúgio.

2. Um símbolo: um prato com velas

No intuito de materializar a ideia da família, como casa de comunhão, pensamos num
objecto simples, como um prato com 5 velas, com uma estrutura muito interessante.

3. Uma dinâmica em rede de famílias

A acompanhar o gesto, está sempre uma proposta de:

a) Leitura brevíssima da bíblia (cf. 2ª coluna – texto tirado da liturgia dominical)
b) Leitura breve de um pensamento, a partir do Magistério da Igreja sobre os valores
   familiares (3ª coluna)
c) Atitudes a propor, para serem vividas na pequena família (em casa) e na grande
   família (paróquia) (cf. 4ª coluna)
                                           I.
II.




                        I.      UMA LUZ DE IDEIAS, PARA O NATAL DE 2011

1. festa dos Avós (3º advento)
A Paróquia poderá organizar, no seu próprio espaço, uma Festa dedicada aos idosos. Eles
são muitas vezes, “esquecidos”. Quando o Sol brilha para uns, para os mais novos, os
idosos são postos de lado, esquecidos e ignorados, que esquecemos, porque já não nos faz
falta (pensamos ser os mais importantes, não precisámos deles). Não devemos esquecer
que o Natal não é «a festa das crianças». Mesmo sendo a Festa do nascimento de «uma
criança» é impossível contar esta história, ignorando os anciãos. Nos preparativos da Festa
do Natal, estão as figuras anciãs de Isabel e Zacarias (pais de João Baptista, o percursor). E
a quadra natalícia conclui-se com a apresentação do Menino Jesus no Templo, em que
Simeão e Ana, que recebem Cristo no Templo, aí O acolhem como Luz das Nações (Lc.2,21-
40).

Ter em casa, à porta, ou na família, um idoso, é uma graça que nem sempre sabemos
apreciar. Livres da pressa e do rendimento do trabalho, ensinam-nos a apreciar as coisas
com gratidão e sabedoria. Marcados pela vida, guardam na memória ensinamentos do
passado que previnem erros do futuro. São, no seu testemunho de oração constante e de
resistência pacífica, uma escola de evangelho. Bem podiam ser o fiel da balança, no
equilíbrio de gerações.

A ideia d’ “A Vela que um dia deixou de brilhar” poderá lembrar-nos a sua importância. “O
guarda-chuva esquecido” poderia também ser o título de um conto de Natal, a promover
através de um concurso.
Propomos que se realize uma Festa de Natal, no encerramento do 1º período. Os
catequizandos poderão explorar a temática do Natal e da Família, através de uma dança, de
um sketch, de uma mímica em sombras chinesas, com um apropriado instrumental, ou de
um jogral colectivo.

4. Uma família à chuva: uma imagem possível do Natal dos «sem-abrigo».

Diz São Lucas, a quando do nascimento de Jesus, que «não havia lugar para eles na
hospedaria» (Lc.2,7). E São Mateus recorda-nos a “ordem de despejo”, no presépio de
Belém: “Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egipto” (Mt.2,139) Podemos
imaginar a Sagrada Família à chuva, na condição dos actuais «sem abrigo», mas podemos
também contar com os cuidados de Maria e José que não faltaram ao abrigo, que era
preciso dar ao Menino.
 (http://www.youtube.com/watch?v=1sgd6NuBq8w)

5. Um filme: A história do nascimento de Jesus! (The Nativity Story)
Estaremos perante um grande empobrecimento cultural e espiritual se crianças começarem
a pensar que o Natal é só compras e prendas, e já nada souberem do menino nascido em
Belém há 2000 anos e que veio realizar a maior revolução de que há memória no coração da
humanidade. Se nós já não sabemos contar a história, haverá com certeza cada vez mais só
compras, prendas, doces e sorrisos, e pais-natais nos hipermercados, mas o milagre não
acontecerá. E Natal sem milagre, que Natal é?
Propomos, por isso, organizar o visionamento do filme sobre a história do nascimento de
Jesus. A publicidade ao filme estreado no Natal de 2006 não podia dizer, nem em mais, nem
em melhores palavras, o essencial deste magnífico e prodigioso acontecimento: “Uma
família. Uma viagem. Uma criança, que mudaria o mundo. Para sempre”. São tópicos, para
uma conversa ou debate, depois de se ver filme.

6. Presépios, sob a forma de luz
7. Outra proposta: semana do anúncio (cantar os reis)
Conselhos paroquiais ou representantes da catequese, da pastoral familiar e de outros
grupo paroquiais…
Dia do anúncio: uma marcha pela família, nosso abrigo


No domingo, dia 18 de dezembro, no final da Missa (11h) faremos uma marcha pela família,
nosso abrigo. O grupo de Jovens e outros acompanham esta iniciativa.
No sábado iniciamos às 20h a nossa caminhada para a Igreja da Visitação…

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºanoReunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
InfanciaSaoJose
 
Boletim 515 - 25/12/16
Boletim 515 - 25/12/16Boletim 515 - 25/12/16
Boletim 515 - 25/12/16
stanaami
 
Trabalho do natal
Trabalho do natalTrabalho do natal
Trabalho do natal
josesolidario
 
Boletim 463 - 27/12/15
Boletim 463 - 27/12/15Boletim 463 - 27/12/15
Boletim 463 - 27/12/15
stanaami
 
Feliz natal
Feliz natalFeliz natal
Feliz natal
Jackeline Cruz
 
O papai noel origem e tradição
O papai noel origem e tradiçãoO papai noel origem e tradição
O papai noel origem e tradição
Luzia Gabriele
 
Idpc mensagem natal
Idpc mensagem natalIdpc mensagem natal
Idpc mensagem natal
sidneicunha
 
pascoa
pascoapascoa
pascoa
danielawinda
 
Pascoa
PascoaPascoa
Pascoa
danielawinda
 
Simbolos do Natal
Simbolos do Natal Simbolos do Natal
Simbolos do Natal
escolamaxcolin
 
Natal
NatalNatal
Beatriz 6º M
Beatriz 6º MBeatriz 6º M
Beatriz 6º M
evazmila
 
Dia 11-12
Dia 11-12Dia 11-12
Dia 11-12
Lidiane Teixeira
 
Simbolos de Natal
Simbolos de NatalSimbolos de Natal
Simbolos de Natal
eb1pepsol
 
Pascoa final
Pascoa finalPascoa final
Pascoa final
__DexDiogo__
 
S. martinho[1]
S. martinho[1]S. martinho[1]
S. martinho[1]
Nuno Bessa
 
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
Comunidades Vivas
 
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Bruno Da Montanha
 
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
Pascom Paroquia Nssc
 
Informativo Luterano
Informativo LuteranoInformativo Luterano
Informativo Luterano
Congregação da Paz
 

Mais procurados (20)

Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºanoReunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
Reunioes de Pais novembro 2018 - 2ºano
 
Boletim 515 - 25/12/16
Boletim 515 - 25/12/16Boletim 515 - 25/12/16
Boletim 515 - 25/12/16
 
Trabalho do natal
Trabalho do natalTrabalho do natal
Trabalho do natal
 
Boletim 463 - 27/12/15
Boletim 463 - 27/12/15Boletim 463 - 27/12/15
Boletim 463 - 27/12/15
 
Feliz natal
Feliz natalFeliz natal
Feliz natal
 
O papai noel origem e tradição
O papai noel origem e tradiçãoO papai noel origem e tradição
O papai noel origem e tradição
 
Idpc mensagem natal
Idpc mensagem natalIdpc mensagem natal
Idpc mensagem natal
 
pascoa
pascoapascoa
pascoa
 
Pascoa
PascoaPascoa
Pascoa
 
Simbolos do Natal
Simbolos do Natal Simbolos do Natal
Simbolos do Natal
 
Natal
NatalNatal
Natal
 
Beatriz 6º M
Beatriz 6º MBeatriz 6º M
Beatriz 6º M
 
Dia 11-12
Dia 11-12Dia 11-12
Dia 11-12
 
Simbolos de Natal
Simbolos de NatalSimbolos de Natal
Simbolos de Natal
 
Pascoa final
Pascoa finalPascoa final
Pascoa final
 
S. martinho[1]
S. martinho[1]S. martinho[1]
S. martinho[1]
 
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
Folha Dominical - 22.12.13 Nº 502
 
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017Relatório de missões brasil  nordeste são miguel rn nov 2017
Relatório de missões brasil nordeste são miguel rn nov 2017
 
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
Jornal Novos horizontes ed. dezembro 2015
 
Informativo Luterano
Informativo LuteranoInformativo Luterano
Informativo Luterano
 

Destaque

Programa
ProgramaPrograma
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
NovembroNovembro
Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)
Paróquia Graça
 
Genero narrativoolga machado
Genero narrativoolga machadoGenero narrativoolga machado
Genero narrativoolga machado
olgayanethmachado
 
T1 MUSICA
T1 MUSICAT1 MUSICA
Presentación2 (2)
Presentación2 (2)Presentación2 (2)
Presentación2 (2)
Jes_16
 
Aportes
Aportes Aportes
Aportes
anto1991
 
Ica exposicion
Ica exposicionIca exposicion
Ica exposicion
Jonasito Hernandez
 
Roberto Arias - Twitter
Roberto Arias - Twitter Roberto Arias - Twitter
Roberto Arias - Twitter
Roberto Arias
 
Investigacion de herramientas
Investigacion de herramientasInvestigacion de herramientas
Investigacion de herramientas
rigoberto27421
 
Nu 3ab Con$$ 08
Nu 3ab Con$$ 08Nu 3ab Con$$ 08
Nu 3ab Con$$ 08
diana.escuelas
 
20080926 Some Hints On Study Skills 72s
20080926   Some Hints On Study Skills   72s20080926   Some Hints On Study Skills   72s
20080926 Some Hints On Study Skills 72s
viswanadham vangapally
 
Informatica forence
Informatica forenceInformatica forence
Informatica forence
sujeytorresgarcia
 
ppttRegl orgfunc
ppttRegl orgfuncppttRegl orgfunc
ppttRegl orgfunc
rosabellas
 
Fish oil may help you burn fat
Fish oil may help you burn fatFish oil may help you burn fat
Fish oil may help you burn fat
Tabitha Edmonds
 

Destaque (20)

Programa
ProgramaPrograma
Programa
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)Semana da evangelização (cartaz)
Semana da evangelização (cartaz)
 
Genero narrativoolga machado
Genero narrativoolga machadoGenero narrativoolga machado
Genero narrativoolga machado
 
T1 MUSICA
T1 MUSICAT1 MUSICA
T1 MUSICA
 
Presentación2 (2)
Presentación2 (2)Presentación2 (2)
Presentación2 (2)
 
Aportes
Aportes Aportes
Aportes
 
Ica exposicion
Ica exposicionIca exposicion
Ica exposicion
 
Roberto Arias - Twitter
Roberto Arias - Twitter Roberto Arias - Twitter
Roberto Arias - Twitter
 
Investigacion de herramientas
Investigacion de herramientasInvestigacion de herramientas
Investigacion de herramientas
 
Airbus1
Airbus1Airbus1
Airbus1
 
Nu 3ab Con$$ 08
Nu 3ab Con$$ 08Nu 3ab Con$$ 08
Nu 3ab Con$$ 08
 
20080926 Some Hints On Study Skills 72s
20080926   Some Hints On Study Skills   72s20080926   Some Hints On Study Skills   72s
20080926 Some Hints On Study Skills 72s
 
Informatica forence
Informatica forenceInformatica forence
Informatica forence
 
ppttRegl orgfunc
ppttRegl orgfuncppttRegl orgfunc
ppttRegl orgfunc
 
Fish oil may help you burn fat
Fish oil may help you burn fatFish oil may help you burn fat
Fish oil may help you burn fat
 

Semelhante a Actividade

Jp pag 1 de 4
Jp pag 1 de 4Jp pag 1 de 4
Jp pag 1 de 4
jornaldepederneiras
 
555 an 24 dezembro_2015.ok
555 an 24 dezembro_2015.ok555 an 24 dezembro_2015.ok
555 an 24 dezembro_2015.ok
Roberto Rabat Chame
 
O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal
Ricardo Azevedo
 
411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok
Roberto Rabat Chame
 
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
Roberto Rabat Chame
 
História do natal
História do natalHistória do natal
História do natal
Luciane Warick
 
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
Comunidades Vivas
 
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o NatalContato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
Spiritualibrary
 
Contato - Deus se Supera!
Contato - Deus se Supera!Contato - Deus se Supera!
Contato - Deus se Supera!
Spiritualibrary
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
grupoacontece
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
brunoebalto
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
brunoebalto
 
Contato - Nosso Jesus.pdf
Contato - Nosso Jesus.pdfContato - Nosso Jesus.pdf
Contato - Nosso Jesus.pdf
Spiritualibrary
 
Semeando dezembro 2012
Semeando dezembro 2012Semeando dezembro 2012
Semeando dezembro 2012
conceicaoborges
 
Contato - A Maravilha do Natal
Contato - A Maravilha do NatalContato - A Maravilha do Natal
Contato - A Maravilha do Natal
Spiritualibrary
 
Trabalho de grupo de moral
Trabalho de grupo de moralTrabalho de grupo de moral
Trabalho de grupo de moral
Carla Gonçalves
 
Natal e seus Significados
Natal e seus SignificadosNatal e seus Significados
Natal e seus Significados
ThiagoPereiraSantos2
 
Boletim 462 - 20/12/15
Boletim 462 - 20/12/15Boletim 462 - 20/12/15
Boletim 462 - 20/12/15
stanaami
 
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
Comunidades Vivas
 
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
Comunidades Vivas
 

Semelhante a Actividade (20)

Jp pag 1 de 4
Jp pag 1 de 4Jp pag 1 de 4
Jp pag 1 de 4
 
555 an 24 dezembro_2015.ok
555 an 24 dezembro_2015.ok555 an 24 dezembro_2015.ok
555 an 24 dezembro_2015.ok
 
O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal
 
411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok
 
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
 
História do natal
História do natalHistória do natal
História do natal
 
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
Folha Dominical - 20.11.11 Nº 399
 
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o NatalContato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
Contato - A lista de pedidos de Jesus para o Natal
 
Contato - Deus se Supera!
Contato - Deus se Supera!Contato - Deus se Supera!
Contato - Deus se Supera!
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Contato - Nosso Jesus.pdf
Contato - Nosso Jesus.pdfContato - Nosso Jesus.pdf
Contato - Nosso Jesus.pdf
 
Semeando dezembro 2012
Semeando dezembro 2012Semeando dezembro 2012
Semeando dezembro 2012
 
Contato - A Maravilha do Natal
Contato - A Maravilha do NatalContato - A Maravilha do Natal
Contato - A Maravilha do Natal
 
Trabalho de grupo de moral
Trabalho de grupo de moralTrabalho de grupo de moral
Trabalho de grupo de moral
 
Natal e seus Significados
Natal e seus SignificadosNatal e seus Significados
Natal e seus Significados
 
Boletim 462 - 20/12/15
Boletim 462 - 20/12/15Boletim 462 - 20/12/15
Boletim 462 - 20/12/15
 
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
Folha Dominical - 26.02.12 Nº 413
 
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
Jornal a "Chama" - Janeiro 2010
 

Mais de Paróquia Graça

1
11
Novembro
NovembroNovembro
Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011
Paróquia Graça
 
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre ruiAniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Paróquia Graça
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
Paróquia Graça
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
Paróquia Graça
 
1
11
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Paróquia Graça
 
Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2
Paróquia Graça
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Paróquia Graça
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Paróquia Graça
 
Festa da graça
Festa da graçaFesta da graça
Festa da graça
Paróquia Graça
 
Visitas pascais
Visitas pascaisVisitas pascais
Visitas pascais
Paróquia Graça
 
123
123123
Folha da desobriga 2011
Folha da desobriga 2011Folha da desobriga 2011
Folha da desobriga 2011
Paróquia Graça
 
Marco 11
Marco 11Marco 11
Cartaz 28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
Cartaz   28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouroCartaz   28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
Cartaz 28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
Paróquia Graça
 
Boletim Março
Boletim MarçoBoletim Março
Boletim Março
Paróquia Graça
 
Reuniao do conselho pastoral elementos
Reuniao do conselho pastoral elementosReuniao do conselho pastoral elementos
Reuniao do conselho pastoral elementos
Paróquia Graça
 

Mais de Paróquia Graça (20)

1
11
1
 
Novembro
NovembroNovembro
Novembro
 
Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011Peregrinação a Lourdes 2011
Peregrinação a Lourdes 2011
 
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre ruiAniversário sacerdotal do sr. padre rui
Aniversário sacerdotal do sr. padre rui
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
 
Departamento da catequese
Departamento da catequeseDepartamento da catequese
Departamento da catequese
 
2
22
2
 
1
11
1
 
Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011Comentario ao trabalho de crisma 2011
Comentario ao trabalho de crisma 2011
 
Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2Encerramento da catequese certo2
Encerramento da catequese certo2
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
 
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maioRelato da celebraçao do dia 13 de maio
Relato da celebraçao do dia 13 de maio
 
Festa da graça
Festa da graçaFesta da graça
Festa da graça
 
Visitas pascais
Visitas pascaisVisitas pascais
Visitas pascais
 
123
123123
123
 
Folha da desobriga 2011
Folha da desobriga 2011Folha da desobriga 2011
Folha da desobriga 2011
 
Marco 11
Marco 11Marco 11
Marco 11
 
Cartaz 28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
Cartaz   28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouroCartaz   28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
Cartaz 28 março. paróquia igreja em missão. bodas de ouro
 
Boletim Março
Boletim MarçoBoletim Março
Boletim Março
 
Reuniao do conselho pastoral elementos
Reuniao do conselho pastoral elementosReuniao do conselho pastoral elementos
Reuniao do conselho pastoral elementos
 

Actividade

  • 1. Trabalho de Advento /Natal INTRODUÇÃO 1. Uma ideia: Paróquia em Família, Casa de Comunhão Estamos a viver este ano pastoral, procurando valorizar o papel evangelizador da “família”, enquanto Igreja Doméstica a construir, dia a dia, como verdadeira “Casa de Comunhão”. Ao mesmo tempo que cresce cada família, como “Igreja Doméstica”, edifica-se também a Igreja, como “grande família”, tornando-se assim a Paróquia uma verdadeira «família de famílias». Se há um tempo litúrgico e cultural propício à família é o Natal. Basta ver como vêm de longe, e para longe se encaminham tantos homens e mulheres, pais, filhos, netos e avôs, ao encontro com as raízes, porque é Natal. Neste tempo, o apelo da família é mais forte. A imagem de marca do Natal é a de uma família simples, unida por um amor profundo e original entre Maria e José, tocada pelo dom e pelo mistério divinos, visitada pela surpresa de um Menino, que é o Filho de Deus. A família humana tornou- se, desde o Natal de Jesus, o lugar por excelência da manifestação da Vida e do Amor que vêm de Deus. Assim o Natal é, para nós todos, a Festa da Família e uma bela Família torna-se para nós o maior presente de Deus! Neste sentido, vamos preparar o Natal, tão conhecido por ser “a festa da família” propondo às próprias famílias, (pais e filhos, avós) a construção de um verdadeiro conjunto da verdadeira comunhão. Na pressão da competitividade e na violência das tempestades económicas e sociais, a família é realmente a primeira e insubstituível rede de apoio e de proximidade, abrigo e refúgio. 2. Um símbolo: um prato com velas No intuito de materializar a ideia da família, como casa de comunhão, pensamos num objecto simples, como um prato com 5 velas, com uma estrutura muito interessante. 3. Uma dinâmica em rede de famílias A acompanhar o gesto, está sempre uma proposta de: a) Leitura brevíssima da bíblia (cf. 2ª coluna – texto tirado da liturgia dominical) b) Leitura breve de um pensamento, a partir do Magistério da Igreja sobre os valores familiares (3ª coluna) c) Atitudes a propor, para serem vividas na pequena família (em casa) e na grande família (paróquia) (cf. 4ª coluna) I.
  • 2. II. I. UMA LUZ DE IDEIAS, PARA O NATAL DE 2011 1. festa dos Avós (3º advento) A Paróquia poderá organizar, no seu próprio espaço, uma Festa dedicada aos idosos. Eles são muitas vezes, “esquecidos”. Quando o Sol brilha para uns, para os mais novos, os idosos são postos de lado, esquecidos e ignorados, que esquecemos, porque já não nos faz falta (pensamos ser os mais importantes, não precisámos deles). Não devemos esquecer que o Natal não é «a festa das crianças». Mesmo sendo a Festa do nascimento de «uma criança» é impossível contar esta história, ignorando os anciãos. Nos preparativos da Festa do Natal, estão as figuras anciãs de Isabel e Zacarias (pais de João Baptista, o percursor). E a quadra natalícia conclui-se com a apresentação do Menino Jesus no Templo, em que Simeão e Ana, que recebem Cristo no Templo, aí O acolhem como Luz das Nações (Lc.2,21- 40). Ter em casa, à porta, ou na família, um idoso, é uma graça que nem sempre sabemos apreciar. Livres da pressa e do rendimento do trabalho, ensinam-nos a apreciar as coisas com gratidão e sabedoria. Marcados pela vida, guardam na memória ensinamentos do passado que previnem erros do futuro. São, no seu testemunho de oração constante e de resistência pacífica, uma escola de evangelho. Bem podiam ser o fiel da balança, no equilíbrio de gerações. A ideia d’ “A Vela que um dia deixou de brilhar” poderá lembrar-nos a sua importância. “O guarda-chuva esquecido” poderia também ser o título de um conto de Natal, a promover através de um concurso.
  • 3. Propomos que se realize uma Festa de Natal, no encerramento do 1º período. Os catequizandos poderão explorar a temática do Natal e da Família, através de uma dança, de um sketch, de uma mímica em sombras chinesas, com um apropriado instrumental, ou de um jogral colectivo. 4. Uma família à chuva: uma imagem possível do Natal dos «sem-abrigo». Diz São Lucas, a quando do nascimento de Jesus, que «não havia lugar para eles na hospedaria» (Lc.2,7). E São Mateus recorda-nos a “ordem de despejo”, no presépio de Belém: “Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egipto” (Mt.2,139) Podemos imaginar a Sagrada Família à chuva, na condição dos actuais «sem abrigo», mas podemos também contar com os cuidados de Maria e José que não faltaram ao abrigo, que era preciso dar ao Menino. (http://www.youtube.com/watch?v=1sgd6NuBq8w) 5. Um filme: A história do nascimento de Jesus! (The Nativity Story) Estaremos perante um grande empobrecimento cultural e espiritual se crianças começarem a pensar que o Natal é só compras e prendas, e já nada souberem do menino nascido em Belém há 2000 anos e que veio realizar a maior revolução de que há memória no coração da humanidade. Se nós já não sabemos contar a história, haverá com certeza cada vez mais só compras, prendas, doces e sorrisos, e pais-natais nos hipermercados, mas o milagre não acontecerá. E Natal sem milagre, que Natal é? Propomos, por isso, organizar o visionamento do filme sobre a história do nascimento de Jesus. A publicidade ao filme estreado no Natal de 2006 não podia dizer, nem em mais, nem em melhores palavras, o essencial deste magnífico e prodigioso acontecimento: “Uma família. Uma viagem. Uma criança, que mudaria o mundo. Para sempre”. São tópicos, para uma conversa ou debate, depois de se ver filme. 6. Presépios, sob a forma de luz 7. Outra proposta: semana do anúncio (cantar os reis) Conselhos paroquiais ou representantes da catequese, da pastoral familiar e de outros grupo paroquiais… Dia do anúncio: uma marcha pela família, nosso abrigo No domingo, dia 18 de dezembro, no final da Missa (11h) faremos uma marcha pela família, nosso abrigo. O grupo de Jovens e outros acompanham esta iniciativa. No sábado iniciamos às 20h a nossa caminhada para a Igreja da Visitação…