SlideShare uma empresa Scribd logo
E SE JESUS
VOLTASSE AGORA?
?
Terminaria o período da Igreja – a Dispensação da Graça;
Cumpriria o que está predito da Bíblia Sagrada;
Começaria o desfecho final da história da redenção;
Os mortos ressuscitariam incorruptíveis;
Os Salvos seriam transformados;
Aconteceria o arrebatamento da Igreja, o evento mais
esperado pela Igreja;
Dar-se-ia o início da maior balbúrdia de todos os tempos.
Os justos desapareceriam em razão de segundos;
Os ímpios e os crentes infiéis ficariam;
Começaria uma fase completamente desconhecida para a
humanidade;
Cessariam os modelos de cultos atuais
E SE JESUS VOLTASSE AGORA?
AS SETE DISPENSAÇÕES
Dispensação Abrangência Referência Desobediência Juízo
1
Inocência
Da criação à
queda
Gn1.26-28,
2.15.
Dúvidas à Palavra de Deus, Gn 3.1. Sentenças, promessas e expulsão
2
Consciência
Da queda ao
dilúvio
Gn 6.9, 11.1
A corrupção do gênero humano.
A geração de Caim a Lameque
Dilúvio
3
Governo humano
Do dilúvio ate
Abraão
Gn 9.1-15
Idéia imperialista de Ninrode. Projeto
de
construção da Torre
Dispersão Babel, confusão
4
Promessa
De Abraão ao
Êxodo
Gn 15 Aliança com outros povos Pragas sobre o Egito, Ex 7 a 12
5
Lei
Do Sinai ao
Calvário
Ex
19.20-25,
8.30
Descumprimento generalizado Rejeição de Deus, perda do reino.
6
Graça
Da crucificação
até o
arrebatamento
Jo 3.16 Descrédito arbitrário Arrebatamento;Grande Tribulação
7
Milênio
Da 2ª Vinda de
Cristo até o
Trono
Branco
Ap. Possibilidade de descrédito, Ap 20. 7-8 Prisão de satanás Livro da Vida.
Inocência
Abrangência Referência Desobediência Juízo
Da criação à
queda
Gn1.26-28, 2.15 Dúvidas à Palavra
de Deus, Gn 3.1
Sentenças,
promessas e
expulsão
Consciência
Abrangência Referência Desobediênci
a
Juízo
queda ao
dilúvio
Gn 6.9, 11.1 A corrupção do
gênero
humano.
Dilúvio
Governo humano
Abrangência Referência Desobediênci
a
Juízo
Do dilúvio ate
Abraão
Gn 9.1-15 Idéia
imperialista
de
Ninrode.
Projeto de
construção da
Torre
Dispersão
Babel, confusão
Promessa ou patriarcal
Abrangênci
a
Referência Desobediên
cia
Juízo
De Abraão
ao Êxodo
Gn 15 Aliança com
outros povos
Pragas
sobre o
Egito, Ex 7 a
12
Lei
Abrangênci
a
Referência Desobediên
cia
Juízo
Do Sinai ao
Calvário
Ex
19.20-25,
8.30
Descumprim
ento
generalizado
Rejeição de
Deus, perda
do reino
912 e se jesus voltasse agora 1
Graça
Abrangênci
a
Referência Desobediên
cia
Juízo
Da
crucificação
até o
arrebatamen
to
Jo 3.16 Descrédito
arbitrário
Arrebatamen
to;Grande
Tribulação
912 e se jesus voltasse agora 1
OS TIPOS DE ARREBATAMENTO
Arrebatamento Pré-tribulacional
Arrebatamento pré-ira – Ensina que todos os crentes serão levados no
Arrebatamento aproximadamente depois de decorridos ¾ de anos da
tribulação.
Midi-tribulacionismo – Todos os crentes serão levados no Arrebatamento
que acontecerá na metade – depois dos primeiros três anos e meio – da
Tribulação.
Arrebatamento Parcial – Ensinam que o Arrebatamento ocorre antes da
Tribulação, mas só serão levados os crentes espirituais, os outros
permanecerão na terra durante a tribulação (sendo arrebatado em outras
“levas”)
Pré-tribulacionismo – Ensina que todos os crentes serão levados no
Arrebatamento, que acontecerá antes da Grande Tribulação.
Ensina-se que a Igreja será arrebatada antes do período de sete anos
chamado de Grande Tribulação. As evidências sobre esta forma são
várias. Em Ap. 3.10, a Igreja de Filadélfia tem a promessa de ser
poupada da hora da tentação que há de vir sobre o mundo. Também
uma maneira de se separar os eventos arrebatamento e a Segunda
Vinda de Cristo à terra, 2 pe 3.1-14.
Segundo Thomas Ice e Timothy Demy existem cinco posições
principais dentro do pré-milenismo com respeito à ocasião do
arrebatamento em relação ao período da tribulação.
E
T
E
R
N
I
D
A
D
E
SEGUNDA VINDA
ARREBATAMENTO
IGREJA
GRANDE
TRIBULAÇAO
7 ANOS 1000 ANOS
MILÊNIO
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONAL
912 e se jesus voltasse agora 1
Milênio
Abrangênci
a
Referência Desobediên
cia
Juízo
Da 2ª Vinda
de
Cristo até o
Trono
Branco
Ap Possibilidade
de
descrédito,
Ap 20. 7-8
Prisão de
satanás
Livro da
Vida.
912 e se jesus voltasse agora 1
1 – Nasceu depois de Cristo, Em Pentecostes Mt 16.18 (edificarei);
é chamada de corpo de Cristo, Cl 1.18 e admite este corpo através
do batismo no Espírito, 1 Co 12.13.
2 – A ressurreição e ascensão de Cristo foram essenciais para o
estabelecimento da Igreja. Cristo tornou-se cabeça depois de ser
assunto ao céu, Ef 1.20-23.
3 - O caráter de mistério da Igreja que veio a ser revelado no Novo
Testamento, Ef 3. 3-5,9. os quatro mistérios:
Judeus e gentios organicamente juntos, Ef 3.1-12;
A doutrina de Cristo habitando no crente, Cl 1.24-27;
A Igreja como noiva de Cristo, Ef 5.22-33
O arrebatamento da Igreja, 1 Co 15. 50-58.
4 – Durante a presente era, Deus está salvando remanescentes
judeus e gentios e combinando-os num objeto inteiramente novo:
A Igreja, tida como um novo homem, Ef 2.15.
O ARREBATAMENTO DA IGREJA
Evidências:
O ARREBATAMENTO DA IGREJA
Acontecimentos em tempo igual a um “abrir e fechar de olhos”, 1 Co 15.52.
A trombeta de Deus soará alertando os fiéis para a partida, “...num momento, num abrir e fechar
de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão
incorruptíveis, e nós seremos transformados, 1 Co 15.52”.
Os mortos em cristo ressuscitarão primeiro em corpo incorruptível, “Porquanto o Senhor
mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus,
descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, 1 Ts 4.16”; “... num momento,
num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos
ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados, 1 co 15.52”.
A seguir vivos são transformados, “eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas
transformados seremos todos, 1Co 15.51; “...num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar
da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos
transformados, 1 Co 15.52”.
Todos juntos serão arrebatados. “...depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos
arrebatados juntamente com eles (os ressuscitados), entre nuvens, para o encontro do Senhor
nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor, 1 Ts 4.17”;
A encontrar com o SENHOR nos ares, . “...depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos
arrebatados juntamente com eles (os ressuscitados), entre nuvens, para o encontro do Senhor
nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor, 1 Ts 4.17”;
Para estar para sempre com o SENHOR, 1 Ts 4.17.
“De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor
Jesus Cristo”, 1Co 1.7;
“Se alguém não ama o Senhor Jesus Cristo, seja anátema; maranata!” 1Co 16.22;
“Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor
Jesus Cristo”, Fp 3.20;
“Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor”. Fp 4.5;
“Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios”. 1Ts 5.6;
“...que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até aparição de nosso
Senhor Jesus Cristo”; 1Tm 6.14;
“Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”.
Ap 3.11;
“Sede, pois, irmãos, pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o
precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã
e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei o vosso corpo, porque já a vinda do
Senhor está próxima. Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não
sejais condenados. Eis que o juiz está à porta” Tg 5.7-9.
Iminente: Que ameaça acontecer breve; que está sobranceiro; que está em via de
efetivação imediata; impendente. Dr. Aurélio.
DOUTRINA DA IMINÊNCIA
“Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem,
para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança.
Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante
Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.
Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que
ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.
Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e
ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão
primeiro;
depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente
com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos
para sempre com o Senhor.
Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras”, 1 Ts 4.13-18.
A IGREJA APÓSTÓLICA JÁ AGUARDAVA A VOLTA DE CRISTO
Alguns sinais que sinalizam o tempo do fim :
Falsos Cristos enganando a muitos, guerras, rumores de guerras, Nação contra Nação,
reino contra reino, haverá fomes, terremotos em vários lugares, tribulação,
assassinato, cristãos odiados por causa do nome de Jesus, muitos se escandalizarão,
traição, ódio uns dos outros falsos profetas que enganarão a muitos, por se multiplicar a
iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos, Mt 24.5-12.
SINAIS DA VOLTA DE CRISTO
DOIS SINAIS A MANIFESTAR NO EXTREMO FIM:
Apostasia e presença do Anti-Cristo, 2 Ts 2. 1-8:
“Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com
ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos
perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de
nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. Ninguém, de nenhum modo, vos engane,
porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o
homem da iniqüidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se
chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus,
ostentando-se como se fosse o próprio Deus. Não vos recordais de que, ainda convosco,
eu costumava dizer-vos estas coisas? E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja
revelado somente em ocasião própria. Com efeito, o mistério da iniqüidade já opera e
aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então, será, de fato,
revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá
pela manifestação de sua vinda”.
Deve ser alcançado pela Graça de Deus
“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus”,Ef
2.8.
Deve aceitar a Jesus como Salvador “Portanto,
todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu
Pai, que está nos céus”, Mt 10.32.
Deve apresentar-se arrependido “Porque
a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar;
mas a tristeza do mundo produz morte”, 2 Co 7.10. “Se dissermos que não temos pecado
nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos
os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda
injustiça, 1 Jo 1.8-9”.
Deve ser santo
“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”, Hb 12. 14.
Deve pertencer à Igreja de Cristo “Agora,
me regozijo nos meus sofrimentos por vós; e preencho o que resta das aflições de Cristo, na
minha carne, a favor do seu corpo, que é a igreja”, Cl 1.24.
Deve vigiar “Vigiai,
pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de
suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem”, Lc 21.36.
PERFIL DO PARTICIPANTE DO ARREBATAMENTO
E SE JESUS
VOLTASSE AGORA?
?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
Joel Silva
 
O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3
Fabio Renato Ventura Pinto
 
O Arrebatamento da Igreja - a Contagem
O Arrebatamento da Igreja - a ContagemO Arrebatamento da Igreja - a Contagem
O Arrebatamento da Igreja - a Contagem
Wilson Oliveira
 
Lição 3 esperando a volta de jesus
Lição 3   esperando a volta de jesusLição 3   esperando a volta de jesus
Lição 3 esperando a volta de jesus
Andrew Guimarães
 
Aula 05 - O arrebatamento da Igreja
Aula 05 - O arrebatamento da IgrejaAula 05 - O arrebatamento da Igreja
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
Leonam dos Santos
 
O arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igrejaO arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igreja
7amigo521
 
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte IIU.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
Ramón Zazatt
 
Parousia o arrebatamento da igreja
Parousia   o arrebatamento da igrejaParousia   o arrebatamento da igreja
Parousia o arrebatamento da igreja
jonasfreitasdejesus
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
Rubens Bastos
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
Dagmar Wendt
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
Moisés Sampaio
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Daniel de Carvalho Luz
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamento
danyelle souza
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
dudafilha10
 
O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja   O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja
lcsmbr
 
U.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria FinalU.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria Final
Ramón Zazatt
 

Mais procurados (20)

EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
 
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
 
O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3O arrebatamento da 3
O arrebatamento da 3
 
O Arrebatamento da Igreja - a Contagem
O Arrebatamento da Igreja - a ContagemO Arrebatamento da Igreja - a Contagem
O Arrebatamento da Igreja - a Contagem
 
Lição 3 esperando a volta de jesus
Lição 3   esperando a volta de jesusLição 3   esperando a volta de jesus
Lição 3 esperando a volta de jesus
 
Aula 05 - O arrebatamento da Igreja
Aula 05 - O arrebatamento da IgrejaAula 05 - O arrebatamento da Igreja
Aula 05 - O arrebatamento da Igreja
 
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTOARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
ARREBATAMENTO E SEGUNDA VOLTA DE CRISTO
 
O arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igrejaO arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igreja
 
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte IIU.XII - Salvação em Cristo - Parte II
U.XII - Salvação em Cristo - Parte II
 
Parousia o arrebatamento da igreja
Parousia   o arrebatamento da igrejaParousia   o arrebatamento da igreja
Parousia o arrebatamento da igreja
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
EBD CPAD lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 2 Sinais que antecedem a vol...
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamento
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 
O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja   O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja
 
U.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria FinalU.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria Final
 

Destaque

Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
Francisco_Edinaldo
 
Estudo08 novo ceu-nova_terra
Estudo08 novo ceu-nova_terraEstudo08 novo ceu-nova_terra
Estudo08 novo ceu-nova_terra
Hezir Henrique
 
Eventos escatológicos
Eventos escatológicosEventos escatológicos
Eventos escatológicos
Gilberto Dos Santos
 
Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4
Fabio Renato Ventura Pinto
 
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
Pr. Andre Luiz
 
08 o anticristo
08 o anticristo08 o anticristo
08 o anticristo
Carlos Roberto de Lima
 
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTOESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
Leonam dos Santos
 
Anticristo
AnticristoAnticristo
Anticristo
ESTUDANTETEOLOGIA
 
Lição 15 - Novo céu e Nova Terra
Lição 15 - Novo céu e Nova TerraLição 15 - Novo céu e Nova Terra
Lição 15 - Novo céu e Nova Terra
Sergio Silva
 
Novos Céus e Nova terra
Novos Céus e  Nova terraNovos Céus e  Nova terra
Novos Céus e Nova terra
Márcio Martins
 
Como Será Viver no Céu
Como Será Viver no CéuComo Será Viver no Céu
Como Será Viver no Céu
Walter Mendes
 
A Grande Tribulação
A Grande TribulaçãoA Grande Tribulação
A Grande Tribulação
Márcio Martins
 

Destaque (12)

Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
Analisando+os+problemas+teológicos+causados+pelo+sistema+escatológico+pré tri...
 
Estudo08 novo ceu-nova_terra
Estudo08 novo ceu-nova_terraEstudo08 novo ceu-nova_terra
Estudo08 novo ceu-nova_terra
 
Eventos escatológicos
Eventos escatológicosEventos escatológicos
Eventos escatológicos
 
Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4Agrande tribulação 4
Agrande tribulação 4
 
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
As Bodas do Cordeiro - Lição 07 - 1ºTrimestre de 2016
 
08 o anticristo
08 o anticristo08 o anticristo
08 o anticristo
 
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTOESCATOLOGIA - ANTICRISTO
ESCATOLOGIA - ANTICRISTO
 
Anticristo
AnticristoAnticristo
Anticristo
 
Lição 15 - Novo céu e Nova Terra
Lição 15 - Novo céu e Nova TerraLição 15 - Novo céu e Nova Terra
Lição 15 - Novo céu e Nova Terra
 
Novos Céus e Nova terra
Novos Céus e  Nova terraNovos Céus e  Nova terra
Novos Céus e Nova terra
 
Como Será Viver no Céu
Como Será Viver no CéuComo Será Viver no Céu
Como Será Viver no Céu
 
A Grande Tribulação
A Grande TribulaçãoA Grande Tribulação
A Grande Tribulação
 

Semelhante a 912 e se jesus voltasse agora 1

Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
Vanessa Matuda
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
roberto bueno
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Erberson Pinheiro
 
Escatologia bíblica
Escatologia bíblicaEscatologia bíblica
Escatologia bíblica
Marcos Kinho
 
As dez virgens ou o clamor da meia-noite
As dez virgens ou o clamor da meia-noiteAs dez virgens ou o clamor da meia-noite
As dez virgens ou o clamor da meia-noite
portaltestemunho
 
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptxESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
Reniery Almeida Chagas
 
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas CoisasLicao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Adriano Silva
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximoLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
Natalino das Neves Neves
 
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo   ilustradoSinais que antecedem a vinda de cristo   ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
Sandra Dias
 
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisasLição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Pr. Gerson Eller
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
Esdras Santana Soares
 
Escatologia 4
Escatologia 4Escatologia 4
Escatologia 4
Jovens Do Caminho
 
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJALIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
Lourinaldo Serafim
 
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
05 - O arrebatamento da igreja
05 - O arrebatamento da igreja05 - O arrebatamento da igreja
05 - O arrebatamento da igreja
Ailton da Silva
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Wander Sousa
 
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan finalEscatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Jeronimo Nunes
 
Lição 12 acontecimentos futuros
Lição 12   acontecimentos futurosLição 12   acontecimentos futuros
Lição 12 acontecimentos futuros
ajcm3110
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
subcongregaadcr
 

Semelhante a 912 e se jesus voltasse agora 1 (20)

Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
 
Escatologia bíblica
Escatologia bíblicaEscatologia bíblica
Escatologia bíblica
 
As dez virgens ou o clamor da meia-noite
As dez virgens ou o clamor da meia-noiteAs dez virgens ou o clamor da meia-noite
As dez virgens ou o clamor da meia-noite
 
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptxESCATOLOGIA AULA 7.pptx
ESCATOLOGIA AULA 7.pptx
 
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas CoisasLicao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
Licao01 - Escatologia, o Estudo das Ultimas Coisas
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximoLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 13 - O tempo de deus está próximo
 
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo   ilustradoSinais que antecedem a vinda de cristo   ilustrado
Sinais que antecedem a vinda de cristo ilustrado
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
 
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisasLição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
Lição 01 escatologia, o estudo das últimas coisas
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
 
Escatologia 4
Escatologia 4Escatologia 4
Escatologia 4
 
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJALIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
 
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
 
05 - O arrebatamento da igreja
05 - O arrebatamento da igreja05 - O arrebatamento da igreja
05 - O arrebatamento da igreja
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
 
Escatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan finalEscatologia bíblica jin 17 jan final
Escatologia bíblica jin 17 jan final
 
Lição 12 acontecimentos futuros
Lição 12   acontecimentos futurosLição 12   acontecimentos futuros
Lição 12 acontecimentos futuros
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 

912 e se jesus voltasse agora 1

  • 2. Terminaria o período da Igreja – a Dispensação da Graça; Cumpriria o que está predito da Bíblia Sagrada; Começaria o desfecho final da história da redenção; Os mortos ressuscitariam incorruptíveis; Os Salvos seriam transformados; Aconteceria o arrebatamento da Igreja, o evento mais esperado pela Igreja; Dar-se-ia o início da maior balbúrdia de todos os tempos. Os justos desapareceriam em razão de segundos; Os ímpios e os crentes infiéis ficariam; Começaria uma fase completamente desconhecida para a humanidade; Cessariam os modelos de cultos atuais E SE JESUS VOLTASSE AGORA?
  • 3. AS SETE DISPENSAÇÕES Dispensação Abrangência Referência Desobediência Juízo 1 Inocência Da criação à queda Gn1.26-28, 2.15. Dúvidas à Palavra de Deus, Gn 3.1. Sentenças, promessas e expulsão 2 Consciência Da queda ao dilúvio Gn 6.9, 11.1 A corrupção do gênero humano. A geração de Caim a Lameque Dilúvio 3 Governo humano Do dilúvio ate Abraão Gn 9.1-15 Idéia imperialista de Ninrode. Projeto de construção da Torre Dispersão Babel, confusão 4 Promessa De Abraão ao Êxodo Gn 15 Aliança com outros povos Pragas sobre o Egito, Ex 7 a 12 5 Lei Do Sinai ao Calvário Ex 19.20-25, 8.30 Descumprimento generalizado Rejeição de Deus, perda do reino. 6 Graça Da crucificação até o arrebatamento Jo 3.16 Descrédito arbitrário Arrebatamento;Grande Tribulação 7 Milênio Da 2ª Vinda de Cristo até o Trono Branco Ap. Possibilidade de descrédito, Ap 20. 7-8 Prisão de satanás Livro da Vida.
  • 4. Inocência Abrangência Referência Desobediência Juízo Da criação à queda Gn1.26-28, 2.15 Dúvidas à Palavra de Deus, Gn 3.1 Sentenças, promessas e expulsão
  • 5. Consciência Abrangência Referência Desobediênci a Juízo queda ao dilúvio Gn 6.9, 11.1 A corrupção do gênero humano. Dilúvio
  • 6. Governo humano Abrangência Referência Desobediênci a Juízo Do dilúvio ate Abraão Gn 9.1-15 Idéia imperialista de Ninrode. Projeto de construção da Torre Dispersão Babel, confusão
  • 7. Promessa ou patriarcal Abrangênci a Referência Desobediên cia Juízo De Abraão ao Êxodo Gn 15 Aliança com outros povos Pragas sobre o Egito, Ex 7 a 12
  • 8. Lei Abrangênci a Referência Desobediên cia Juízo Do Sinai ao Calvário Ex 19.20-25, 8.30 Descumprim ento generalizado Rejeição de Deus, perda do reino
  • 10. Graça Abrangênci a Referência Desobediên cia Juízo Da crucificação até o arrebatamen to Jo 3.16 Descrédito arbitrário Arrebatamen to;Grande Tribulação
  • 12. OS TIPOS DE ARREBATAMENTO Arrebatamento Pré-tribulacional Arrebatamento pré-ira – Ensina que todos os crentes serão levados no Arrebatamento aproximadamente depois de decorridos ¾ de anos da tribulação. Midi-tribulacionismo – Todos os crentes serão levados no Arrebatamento que acontecerá na metade – depois dos primeiros três anos e meio – da Tribulação. Arrebatamento Parcial – Ensinam que o Arrebatamento ocorre antes da Tribulação, mas só serão levados os crentes espirituais, os outros permanecerão na terra durante a tribulação (sendo arrebatado em outras “levas”) Pré-tribulacionismo – Ensina que todos os crentes serão levados no Arrebatamento, que acontecerá antes da Grande Tribulação.
  • 13. Ensina-se que a Igreja será arrebatada antes do período de sete anos chamado de Grande Tribulação. As evidências sobre esta forma são várias. Em Ap. 3.10, a Igreja de Filadélfia tem a promessa de ser poupada da hora da tentação que há de vir sobre o mundo. Também uma maneira de se separar os eventos arrebatamento e a Segunda Vinda de Cristo à terra, 2 pe 3.1-14. Segundo Thomas Ice e Timothy Demy existem cinco posições principais dentro do pré-milenismo com respeito à ocasião do arrebatamento em relação ao período da tribulação. E T E R N I D A D E SEGUNDA VINDA ARREBATAMENTO IGREJA GRANDE TRIBULAÇAO 7 ANOS 1000 ANOS MILÊNIO ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONAL
  • 15. Milênio Abrangênci a Referência Desobediên cia Juízo Da 2ª Vinda de Cristo até o Trono Branco Ap Possibilidade de descrédito, Ap 20. 7-8 Prisão de satanás Livro da Vida.
  • 17. 1 – Nasceu depois de Cristo, Em Pentecostes Mt 16.18 (edificarei); é chamada de corpo de Cristo, Cl 1.18 e admite este corpo através do batismo no Espírito, 1 Co 12.13. 2 – A ressurreição e ascensão de Cristo foram essenciais para o estabelecimento da Igreja. Cristo tornou-se cabeça depois de ser assunto ao céu, Ef 1.20-23. 3 - O caráter de mistério da Igreja que veio a ser revelado no Novo Testamento, Ef 3. 3-5,9. os quatro mistérios: Judeus e gentios organicamente juntos, Ef 3.1-12; A doutrina de Cristo habitando no crente, Cl 1.24-27; A Igreja como noiva de Cristo, Ef 5.22-33 O arrebatamento da Igreja, 1 Co 15. 50-58. 4 – Durante a presente era, Deus está salvando remanescentes judeus e gentios e combinando-os num objeto inteiramente novo: A Igreja, tida como um novo homem, Ef 2.15. O ARREBATAMENTO DA IGREJA Evidências:
  • 18. O ARREBATAMENTO DA IGREJA Acontecimentos em tempo igual a um “abrir e fechar de olhos”, 1 Co 15.52. A trombeta de Deus soará alertando os fiéis para a partida, “...num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados, 1 Co 15.52”. Os mortos em cristo ressuscitarão primeiro em corpo incorruptível, “Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, 1 Ts 4.16”; “... num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados, 1 co 15.52”. A seguir vivos são transformados, “eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, 1Co 15.51; “...num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados, 1 Co 15.52”. Todos juntos serão arrebatados. “...depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles (os ressuscitados), entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor, 1 Ts 4.17”; A encontrar com o SENHOR nos ares, . “...depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles (os ressuscitados), entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor, 1 Ts 4.17”; Para estar para sempre com o SENHOR, 1 Ts 4.17.
  • 19. “De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo”, 1Co 1.7; “Se alguém não ama o Senhor Jesus Cristo, seja anátema; maranata!” 1Co 16.22; “Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo”, Fp 3.20; “Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor”. Fp 4.5; “Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios”. 1Ts 5.6; “...que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até aparição de nosso Senhor Jesus Cristo”; 1Tm 6.14; “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”. Ap 3.11; “Sede, pois, irmãos, pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei o vosso corpo, porque já a vinda do Senhor está próxima. Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não sejais condenados. Eis que o juiz está à porta” Tg 5.7-9. Iminente: Que ameaça acontecer breve; que está sobranceiro; que está em via de efetivação imediata; impendente. Dr. Aurélio. DOUTRINA DA IMINÊNCIA
  • 20. “Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras”, 1 Ts 4.13-18. A IGREJA APÓSTÓLICA JÁ AGUARDAVA A VOLTA DE CRISTO
  • 21. Alguns sinais que sinalizam o tempo do fim : Falsos Cristos enganando a muitos, guerras, rumores de guerras, Nação contra Nação, reino contra reino, haverá fomes, terremotos em vários lugares, tribulação, assassinato, cristãos odiados por causa do nome de Jesus, muitos se escandalizarão, traição, ódio uns dos outros falsos profetas que enganarão a muitos, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos, Mt 24.5-12. SINAIS DA VOLTA DE CRISTO DOIS SINAIS A MANIFESTAR NO EXTREMO FIM: Apostasia e presença do Anti-Cristo, 2 Ts 2. 1-8: “Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus. Não vos recordais de que, ainda convosco, eu costumava dizer-vos estas coisas? E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja revelado somente em ocasião própria. Com efeito, o mistério da iniqüidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda”.
  • 22. Deve ser alcançado pela Graça de Deus “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus”,Ef 2.8. Deve aceitar a Jesus como Salvador “Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus”, Mt 10.32. Deve apresentar-se arrependido “Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar; mas a tristeza do mundo produz morte”, 2 Co 7.10. “Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça, 1 Jo 1.8-9”. Deve ser santo “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”, Hb 12. 14. Deve pertencer à Igreja de Cristo “Agora, me regozijo nos meus sofrimentos por vós; e preencho o que resta das aflições de Cristo, na minha carne, a favor do seu corpo, que é a igreja”, Cl 1.24. Deve vigiar “Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem”, Lc 21.36. PERFIL DO PARTICIPANTE DO ARREBATAMENTO