SlideShare uma empresa Scribd logo
“A Igreja necessita de santos. Todos estamos chamados à santidade,
e só os santos podem renovar a humanidade”. ( Papa Bento XVI)
ANO 40 - 424	 		 NOVEMBRO/17
Mensagem do Diretor Espiritual
Santidade: processo contínuo de conversão
No dia 01 de Novembro a Igreja celebra a Solenidade de todos os Santos, momento ímpar para refletirmos sobre
a Santidade nos tempos atuais, e como podemos nos espelhar naqueles que nos precederam na glória de Deus.
Todos somos chamados à santidade e este processo é gradual e contínuo. Mas, quando se inicia este caminho?
Para compreendermos esta dimensão essencial da nossa vida, ressaltemos em primeiro lugar o processo de conversão,
onde experimentamos a misericórdia do Senhor, aceitando o convite à reconciliação. Isso chama-se também justificação.
O segundo passo necessário a ser dado é a busca da Santificação, num processo contínuo de busca da salvação
e de experimentar na Terra, apesar das fragilidades e fraquezas humanas, um pedaço do Céu.
A Salvação é o caminho que tanto almejamos, o caminhar para o Céu, vislumbrar o Senhor face a face. Quantos
já tiveram a oportunidade de cumprir a sua missão neste mundo, peregrinaram e hoje já estão próximos ou face a
face com o próprio Cristo? Inclusive muitos de nossos irmãos, parentes, amigos, que viveram uma vida na busca pela
Santificação e que fizeram da vida uma entrega a Deus.
Os santos são, antes de mais nada, pessoas de carne e osso, com os pés no chão e o rosto suado, pessoas que
travam duras lutas consigo mesmas. Dom Helder Câmara, por exemplo, levantava de madrugada e rezava durante
duas horas, porque dizia: “eu conheço o meu temperamento”. Depois se dedicava inteiramente a Jesus, com uma forte
sensibilidade para com os pobres, condição necessária para um verdadeiro processo de santidade.
No dia de todos os Santos não só veneramos os muitos e muitos santos canonizados pela Igreja e sim aqueles
que nem são canonizados oficialmente, mas que foram cristãos verdadeiros, viveram com autenticidade a vida cristã
e estão em comunhão com o próprio Cristo.
Você conhece pessoas santas? Homens e mulheres que sangram por dentro, lutando com seus afetos, e que
conseguem se manter fiéis no matrimônio, numa sociedade onde o adultério deixou de ser exceção e passou a ser regra
? Pessoas simples, pobres, excluídas da sociedade de consumo, que levam uma vida anônima, mas trazem no rosto
uma serenidade e uma alegria que são de dar inveja em qualquer um? Crianças e jovens que nasceram e cresceram
num ambiente de violência, mas que não se deixaram corromper e se tornaram adultos íntegros e honestos? Aquele
marido (ou aquela mulher), cujo cônjuge está há anos doente, sobre uma cama, e que cuida dele todos os dias, e se
mantém fiel ao compromisso conjugal, sacrificando seu próprio “direito” a uma vida sexual ativa? Com certeza temos
inúmeros exemplos de pessoas que estão a caminho da santificação.
E você quando está vivendo este processo? Quando defende uma pessoa que está sendo injustiçada e sofre
perseguição por causa disso. Quando não aceita suborno preferindo levar uma vida mais simples, ganhando dinheiro
de maneira limpa, ao invés de se enriquecer corrompendo-se. Quando, a exemplo de Jesus, você ama até o fim e não
somente até que a beleza acabe, até que o corpo se deforme, até que a doença chegue, até que o dinheiro acabe, até
que não encontre alguém mais “interessante”.
Para concluir esta reflexão permitam-me tomar um texto do século XII, de São Bernardo, texto da Liturgia das
Horas que rezamos no Ofício das leituras no dia 1.º de novembro. Um texto apropriado para aprofundarmos o tema da
Santidade e nossa Veneração pelos Santos que hoje celebramos.
Diz São Bernardo: “Para que louvar os santos, para que glorificá-los? Para que, enfim, esta solenidade de hoje?
Que lhes importam as honras terrenas, a eles que, segundo a nossa promessa do Filho, o mesmo Pai celeste glorifica?
De que lhes servem nossos elogios? Os santos não precisam de nossas homenagens, nem lhes vale nossa devoção. Se
veneramos os Santos, sem dúvida nenhuma, o interesse é nosso, não deles. Eu, confesso, ao recordar-me deles, sinto
acender-se um desejo veemente do Céu”.
Guardemos este pensamento de São Bernardo. Quando vemos a santificação acontecida na vida de muitos que
nos precederam na glória somos estimulados veementemente ao desejo do Céu.
Que aqueles que celebramos, os santos e santas de Deus, intercedam por nossas necessidades, elevem o nosso
coração para um desejo de estar com Deus e sobretudo que a nossa vida esteja voltada para a realidade celeste.
Pe. Mauricio Gomes dos Anjos
Reitor do Santuário Sagrado Coração de Jesus e Diretor Espiritual do Apostolado da Oração.
Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976
lourdespimentapereira@gmail.com - apostoladodaarquidiocesectba.blogspot.com.br
Telefone: (41) 3289-0299
“NOSSO ENCONTRO”Página 2
Rezemos com o Papa
Intenção de Oração para o mês de novembro
TESOURO ESPIRITUAL DO CORAÇÃO DE JESUS
Oferecimento Diário_______ Missas_______ Culto Dominical_______ Visitas ao Santíssimo_______
Terços de Maria_______ Terço da Misericórdia_______ Atos de Caridade_______
Oferecimento diário
Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras,
minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de teu Filho, Jesus, que
continua a oferecer-se a ti na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja
meu guia e meu amparo neste dia, para que eu possa ser testemunha do teu amor. Com Maria, mãe de Jesus
e da Igreja, rezo especialmente pelas intenções do Santo Padre para este mês: pelos cristãos da Ásia, para
que, testemunhando o Evangelho com palavras e obras, favoreçam o diálogo, a paz e a compreensão
recíproca, sobretudo com aqueles que pertencem a outras religiões.
Intenção Universal
Neste mês, o Papa Francisco nos pede para rezar pelos cristãos da Ásia. Vasto continente e com um grande
número de religiões e tradições de antigas culturas, que durante anos foram vítimas de conflitos e perseguições.
Rezemos para que haja sempre o diálogo e o respeito, caminhando sempre na busca da unidade e da paz, eliminando
qualquer tipo de opressão ou violência.
Sugestão de comentário inicial para missa do Sagrado Coração de Jesus do dia 03/11/2017
Reunidos para honrar o Sacratíssimo Coração de Jesus, somos convidados a contemplar as virtudes, o amor e
a grande misericórdia que brota deste Coração, peçamos a graça de um coração renovado, para que assim possamos
ter um coração semelhante do Coração de Jesus, abertos às necessidades do outro e desta forma, manifestar o amor
ao próximo em ações de solidariedade, acolhida, respeito e comunhão fraterna.. Com grande alegria iniciemos...
Lourdes Pimenta Pereira da Silva
Coordenadora Arquidiocesana do AO
NOSSO ENCONTRO
Boletim Mensal do
Apostolado da Oração
FUNDADO EM OUTUBRO DE 1976
Diretor:
Pe. Mauricio Gomes dos Anjos
Av. Água Verde, n.º 1018
Água Verde
80.620-200 - Curitiba - Paraná
Tel.: (41) 3242-4174
Presidente:
Lourdes Pimenta Pereira da Silva
Rua Otávio Afonso da Silva, 486
Curitiba - Paraná
tel: (41) 3289-0299
E-mail:
lourdespimentapereira@gmail.com
Vice-presidente:
Tereza de Jesus Porega
Tel: (41) 3347-7867
Revisão ortográfica:
Lúcia Nascimento
Participação:
Coordenação Geral do AO de Curitiba,
padres, religiosos e leigos da
arquidiocese.
Impressão: Efetagraf
Assinatura Anual:...................R$ 8,00
Assinatura Benfeitor..............R$ 15,00
N.º avulso.............................R$ 0,80
Tema:
“Família e Apostolado da Oração como caminhos para a Salvação”.
Lema:
“Tendes em vós os mesmos sentimentos do Coração de Jesus “ (Fl 2, 5).
Dia:
03 dezembro de 2017
Horário:
das 9:00 h às 16:00 h
Pregador:
Pe. Mauricio Gomes dos Anjos
Local:
Ginásio da PUC – Curitiba
Programação:
Acolhida das bandeiras, Palestras, Santa Missa, Terço Mariano,
Exposição e Benção com o Santíssimo Sacramento.
Transporte para o local:
Inter Bairros I e 5 e Raquel Prado sentido bairro.
Haverá sorteios de cestas de Natal. Adquira os cupons com a
presidente do seu centro de Apostolado da Oração.
“NOSSO ENCONTRO” Página 3
DEUS NOS AMA...
Hora Santa – novembro/2017
Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invocando a Santíssima Trindade.
Todos – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Dirig. – Em união com todos os consagrados ao Sagrado Coração de Jesus, dizemos:
Todos – Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje...
Dirig. – Cantemos.
Todos – Coração Santo, Tu reinarás...
Dirig. – O mês de novembro, para nós católicos é um mês significativo, pois comemoramos a festa de todos os
santos e santas de Deus. Os Membros do Apostolado da Oração são convidados neste mês de novembro a refletir
sobre a santidade a que cada um é chamado e também a recordar todos os fiéis falecidos. A Santidade é dom do
amor de Deus e resposta do homem à iniciativa divina. Portanto, a santidade não é o fruto do esforço humano, que
procura alcançar a Deus com suas forças, e mesmo com heroísmo. É Jesus Cristo que transmite a sua santidade à
Igreja por meio dos sacramentos, que trazem ao homem a vida de Deus.
Todos – “Louvor, Glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder e força pertencem ao nosso Deus pelos
séculos dos séculos. Amém.”
Leitor 1 – Esta doutrina era tão viva nos primeiros séculos que os membros da Igreja não hesitavam em se chamar
“os santos” e a própria Igreja era chamada “comunhão dos santos”. Esta expressão que nós recitamos no Creio, tem
sua origem na assembleia eucarística, durante a qual, os santos participam das coisas santas. A santidade cristã
manifesta-se, pois, como uma participação na vida de Deus, que se realiza com os meios que a Igreja nos oferece,
particularmente com os sacramentos.
Leitor 2 – Pensemos que a oferta de si mesmo que Jesus fez, morrendo na cruz em obediência ao Pai, é a
grande prova do amor de Deus por nós. Esta prova torna-se mais evidente e ao mesmo tempo impressionante se a
considerarmos, como nos sugere São Paulo, no contexto da situação e da experiência histórica do ser humano: uma
situação de extrema fragilidade moral, de afastamento de Deus, de dureza de coração e, até mesmo, de rebeldia
a Ele. Ora, Deus respondeu a esta situação, que não merecia de forma alguma sua benevolência, com a maior
demonstração de amor que se possa imaginar.
Todos – Deus doa seu Filho, para fazer de nós - que estávamos distantes, obstinados e rebeldes -
membros da sua família, filhos seus.
Leitor 3 – Nós do Apostolado da Oração temos como obrigação visitar os doentes e moribundos e rezar com eles
e confortá-los na sua dor. Agora, diante do Santíssimo Sacramento lembremo-nos desses doentes que visitamos,
pedindo o conforto para suas dores e sofrimentos. Lembremos também das pessoas do AO que morreram neste ano,
confiando ao Sagrado Coração de Jesus às suas almas. Rezemos:
Todos – Pai Nosso que estais nos céus...
Leitor 1 – “Deus demonstra o seu amor para conosco exatamente nisto: quando ainda éramos pecadores, Cristo
morreu por nós”. Lendo esta Palavra no seu contexto não é difícil entender o ensinamento que ela nos quer dar. Se o
amor de Deus por nós é tão grande, não temos mais nenhum motivo para temer. Mesmo com todas as nossas faltas
e a nossa fraqueza, devemos ter a certeza de que Deus nos ama Devemos ficar completamente em paz, certos de
que Ele, uma vez que iniciou a obra da nossa salvação, também a completará. Rezemos:
Todos – Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor...
Leitor 2 – Pelo Batismo também todos fomos marcados com a vocação à santidade. Os mesmos auxílios da graça
divina que fortaleceram os santos que nos precederam, no seu caminho da santidade, são igualmente oferecidos a
cada um de nós. A galeria dos santos da Igreja é muito rica, por isso a Igreja orgulha-se de seus filhos que passaram
por este mundo conservando a integridade de sua fé e trabalharam sem cessar pela implantação do Reino de Deus
entre os homens. E que até hoje nos servem de exemplo e estímulo ao nosso caminho à santidade. Pedindo à Maria
que nos ensine a sermos santos, dizemos:
Todos – Ave Maria cheia de graça...
Dirig. – Tão sublime Sacramento... (Bênção com o Santíssimo Sacramento)
Todos – Canto final (sugestão Hino do Apostolado da Oração)
Lenir Pontoni Wachowicz
Palavras do Papa Francisco
“Este ‘caminhar’: a santidade é um caminho, a santidade não se compra e nem se vende. Nem se pode presentear.
A santidade é um caminho na presença de Deus, que eu devo fazer: ninguém o faz em meu nome. Posso rezar
para que o outro seja santo, mas é ele que deve fazer o caminho, não eu. Caminhar na presença de Deus, de
modo irrepreensível. Usarei hoje algumas palavras que nos ensinam como é a santidade de todo dia, a santidade
– digamos – anônima. Primeira: coragem. O caminho rumo à santidade requer coragem”.
“O Reino dos Céus de Jesus, , é para aqueles que têm a coragem de ir avante e a coragem, é
movida pela esperança, a segunda palavra da viagem que leva à santidade. A coragem que
espera num encontro com Jesus. Depois, há o terceiro elemento, quando Pedro escreve:
“colocai toda a vossa esperança na graça”:
“A santidade não podemos fazê-la sozinhos. Não, é uma graça. Ser bom, ser santo, avançar
a cada dia um passo na vida cristã é uma graça de Deus e devemos pedi-la. Coragem,
um caminho. Um caminho que se deve fazer com coragem, com a esperança e com a
disponibilidade de receber esta graça. E a esperança: a esperança do caminho. (Trecho da
homilia do Papa Francisco 24/05/2017).
“NOSSO ENCONTRO”Página 4
É uma verdade rotineira, um depoimento profético que circula no meio jornalístico e social, de um século
para cá.
“Com o advento da televisão a imprensa escrita vai ser banida e desterrada definitivamente da face da
Terra. Já podem comprar o caixão mortuário para enterrar o mundo do livro, da revista e do jornal no cemitério
do esquecimento”.
Ledo equívoco, errônea e precipitada profecia federal... Na verdade, os veículos de comunicação de ontem
e de hoje se completam reciprocamente, sabem conviver lado a lado, servindo alegremente seu respectivo
público, próximo ou distante.
Acompanhei a estatística nacional que revelou um fenômeno surpreendente e significativo: Entre os dez
filmes brasileiros de melhor bilheteria, em 2013, oito foram comédias leves, hilariantes, sem grande violência,
sem pornografia, sem dramaticidade exagerada...
Analisando o panorama universal da tevê, no Brasil e no mundo, com serenidade e sem preconceito,
concordo com a definição que lhe atribuem os entendidos em matéria. “A televisão é e continua sendo um
diamante não lapidado”.
O panorama da novela brasileira é tão carregado de intriga familiar e social, de tanto triângulo amoroso,
despudorado, de tanto Big Brother Brasil, baixaria nacional... que muita gente desliga a tevê para saborear
algum valor mais profundo e confortador: a leitura de um livro de autoajuda ou da Bíblia Sagrada, dialogar com
familiares ou visitar o vizinho próximo. Quem sabe curtir um filme-comédia no cinema da cidade.
Poderosa e próxima, ao alcance da mão. Polivalente em sua programação variada, e dentro da nossa
casa, dia e noite. Diamante não lapidado, sim, pela rica potencialidade que enfeixa e possui, mas desperdiça e
negligência ingloriamente.
Existe um Salmo bíblico que reza assim: “Sábio e bem-aventurado é o cristão que tem paladar espiritual
para saborear a graça divina”.
Deus seja louvado! Sem proclamá-lo abertamente, você possui o precioso paladar pelo mundo religioso,
espiritual, que o Salmista relembra. Lembremos nesse mês dos nossos queridos falecidos e dos Santos e Santas
de Deus. Obrigado , de coração, estimado devoto do Sagrado Coração de Jesus.
Pe. Roque Schneider, SJ
Compromissos
• 03 de novembro, 1.ª sexta feira, Sagrado Coração de Jesus.
• 08 de novembro, reunião com a coordenação arquidiocesana na Catedral.
• 09 de novembro, às 15 h, Adoração Eucarística na Igreja da Ordem.
• 10 de novembro, às 20 h, Adoração Noturna no Cenáculo.
• 11 de novembro, às 14h, tarde de formação do AO para todas as paróquias e capelas do Setor Santa Felicidade.
Local: Paróquia N.ª S. ª do Bom Conselho.
• 29 de novembro, às 14h, reunião geral de presidentes de todas as capelas e paróquias do Apostolado da Oração
no Colégio das Irmãs da Sagrada Família, Rua Emiliano Perneta, 640 - Centro.
Notícias
• No dia 20 de setembro, aconteceu a tarde de formação para presidentes, com a presença de 210 pessoas onde
a coordenadora arquidiocesana falou sobre questões práticas para o bom andamento dos grupos de Apostolado da
Oração. Obrigada pela presença!
• No dia 29 de setembro, aconteceu a tarde de formação para todas as paróquias e capelas do Setor Cabral na
Paróquia Santo Antônio, com a palavra e presença do frei Claudemir Rodrigues da Silva, pároco e da coordenadora
arquidiocesana.
• Faleceu no dia 29/06, aos 99 anos, a Sr. ª Ercília Wrublefkai, pertencente ao Apostolado da Oração da Paróquia
São José - Vila Oficinas. Obrigada, Sofia.
• Faleceu no dia 30/09, aos 59 anos a Sr. ª Vera Lucia Vicentim, pertencente ao Apostolado da Oração da Paróquia
São José - Vila Oficinas. Obrigada, Sofia.
• Faleceu no dia 02/09, a Sr. ª Ida Luiza Salvaro Dolata, fervorosa devota do Coração de Jesus e fundadora do
Apostolado da Oração da Paróquia Sant’Ana - Abranches, Setor Almirante Tamandaré.
Nossos sentimentos às famílias enlutadas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

384
384384
Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014
Charlie Maria
 
Jornal dezembro 2015 janeiro 2016
Jornal dezembro 2015    janeiro 2016Jornal dezembro 2015    janeiro 2016
Jornal dezembro 2015 janeiro 2016
saojosepascom
 
429
429429
Jornal junho 2015
Jornal junho 2015Jornal junho 2015
Jornal junho 2015
saojosepascom
 
55 ecovida 2016 final
55 ecovida 2016 final55 ecovida 2016 final
55 ecovida 2016 final
Lada vitorino
 
Jornal abril 2016
Jornal abril 2016Jornal abril 2016
Jornal abril 2016
saojosepascom
 
Jornal novembro 2015
Jornal novembro 2015Jornal novembro 2015
Jornal novembro 2015
saojosepascom
 
Ofício da Novena de Natal 2010
Ofício da Novena de Natal 2010Ofício da Novena de Natal 2010
Ofício da Novena de Natal 2010
Bernadetecebs .
 
ECOVIDA
ECOVIDAECOVIDA
ECOVIDA
Lada vitorino
 
Jornal maio 2014
Jornal maio 2014Jornal maio 2014
Jornal maio 2014
saojosepascom
 
Jornal outubro 2014
Jornal outubro 2014Jornal outubro 2014
Jornal outubro 2014
saojosepascom
 
404
404404
Jornal março 2016
Jornal março 2016Jornal março 2016
Jornal março 2016
saojosepascom
 
Jornal setembro 2014
Jornal setembro 2014Jornal setembro 2014
Jornal setembro 2014
saojosepascom
 
Jornal abril 2014
Jornal abril 2014Jornal abril 2014
Jornal abril 2014
saojosepascom
 
427 abril
427 abril427 abril
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
ParoquiaDeSaoPedro
 
Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015
saojosepascom
 
Jornal setembro 2015
Jornal setembro 2015Jornal setembro 2015
Jornal setembro 2015
saojosepascom
 

Mais procurados (20)

384
384384
384
 
Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014
 
Jornal dezembro 2015 janeiro 2016
Jornal dezembro 2015    janeiro 2016Jornal dezembro 2015    janeiro 2016
Jornal dezembro 2015 janeiro 2016
 
429
429429
429
 
Jornal junho 2015
Jornal junho 2015Jornal junho 2015
Jornal junho 2015
 
55 ecovida 2016 final
55 ecovida 2016 final55 ecovida 2016 final
55 ecovida 2016 final
 
Jornal abril 2016
Jornal abril 2016Jornal abril 2016
Jornal abril 2016
 
Jornal novembro 2015
Jornal novembro 2015Jornal novembro 2015
Jornal novembro 2015
 
Ofício da Novena de Natal 2010
Ofício da Novena de Natal 2010Ofício da Novena de Natal 2010
Ofício da Novena de Natal 2010
 
ECOVIDA
ECOVIDAECOVIDA
ECOVIDA
 
Jornal maio 2014
Jornal maio 2014Jornal maio 2014
Jornal maio 2014
 
Jornal outubro 2014
Jornal outubro 2014Jornal outubro 2014
Jornal outubro 2014
 
404
404404
404
 
Jornal março 2016
Jornal março 2016Jornal março 2016
Jornal março 2016
 
Jornal setembro 2014
Jornal setembro 2014Jornal setembro 2014
Jornal setembro 2014
 
Jornal abril 2014
Jornal abril 2014Jornal abril 2014
Jornal abril 2014
 
427 abril
427 abril427 abril
427 abril
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Janeir...
 
Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015
 
Jornal setembro 2015
Jornal setembro 2015Jornal setembro 2015
Jornal setembro 2015
 

Semelhante a 424

419
419419
428 maio
428 maio428 maio
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
Lada vitorino
 
423
423423
405
405405
425
425425
388
388388
Ecovida set-out 2108
Ecovida   set-out 2108Ecovida   set-out 2108
Ecovida set-out 2108
Lada vitorino
 
389
389389
Solenidade de todos os santos
Solenidade de todos os santosSolenidade de todos os santos
Solenidade de todos os santos
Unidad de Espiritualidad Eudista
 
150 anos de paróquia caminhando com a juventude
150 anos de paróquia caminhando com a juventude150 anos de paróquia caminhando com a juventude
150 anos de paróquia caminhando com a juventude
Marcos Santos
 
420
420420
Folha Diocesana - Junho
Folha Diocesana - JunhoFolha Diocesana - Junho
Folha Diocesana - Junho
ParoquiaStaCruz
 
384
384384
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
Liliane Jornalista
 
401
401401
401
401401
401
401401
Jornal outubro
Jornal outubroJornal outubro
Jornal outubro
saojosepascom
 
390
390390

Semelhante a 424 (20)

419
419419
419
 
428 maio
428 maio428 maio
428 maio
 
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
 
423
423423
423
 
405
405405
405
 
425
425425
425
 
388
388388
388
 
Ecovida set-out 2108
Ecovida   set-out 2108Ecovida   set-out 2108
Ecovida set-out 2108
 
389
389389
389
 
Solenidade de todos os santos
Solenidade de todos os santosSolenidade de todos os santos
Solenidade de todos os santos
 
150 anos de paróquia caminhando com a juventude
150 anos de paróquia caminhando com a juventude150 anos de paróquia caminhando com a juventude
150 anos de paróquia caminhando com a juventude
 
420
420420
420
 
Folha Diocesana - Junho
Folha Diocesana - JunhoFolha Diocesana - Junho
Folha Diocesana - Junho
 
384
384384
384
 
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
Sagrada Notícias Online - 11° Edição 23/03 a 06/03 (A4)
 
401
401401
401
 
401
401401
401
 
401
401401
401
 
Jornal outubro
Jornal outubroJornal outubro
Jornal outubro
 
390
390390
390
 

Mais de apostoladoarquidiocesano

422 (1)
422 (1)422 (1)
421
421421
422 (1)
422 (1)422 (1)
Flyer 405 fevereiro 2016
Flyer 405   fevereiro 2016Flyer 405   fevereiro 2016
Flyer 405 fevereiro 2016
apostoladoarquidiocesano
 
Flyer 405 janeiro 2016
Flyer 405   janeiro 2016Flyer 405   janeiro 2016
Flyer 405 janeiro 2016
apostoladoarquidiocesano
 
Flyer 405 fevereiro 2016
Flyer 405   fevereiro 2016Flyer 405   fevereiro 2016
Flyer 405 fevereiro 2016
apostoladoarquidiocesano
 
Flyer 404
Flyer 404Flyer 404
Flyer 403
Flyer 403Flyer 403
403
403403
Flyer 402
Flyer 402Flyer 402
402
402402
Flyer 401
Flyer 401Flyer 401
oferecimento diário
oferecimento diáriooferecimento diário
oferecimento diário
apostoladoarquidiocesano
 
Nosso encontro outubro
Nosso encontro outubroNosso encontro outubro
Nosso encontro outubro
apostoladoarquidiocesano
 
393
393393
Flyer (5)
Flyer (5)Flyer (5)
391
391391

Mais de apostoladoarquidiocesano (17)

422 (1)
422 (1)422 (1)
422 (1)
 
421
421421
421
 
422 (1)
422 (1)422 (1)
422 (1)
 
Flyer 405 fevereiro 2016
Flyer 405   fevereiro 2016Flyer 405   fevereiro 2016
Flyer 405 fevereiro 2016
 
Flyer 405 janeiro 2016
Flyer 405   janeiro 2016Flyer 405   janeiro 2016
Flyer 405 janeiro 2016
 
Flyer 405 fevereiro 2016
Flyer 405   fevereiro 2016Flyer 405   fevereiro 2016
Flyer 405 fevereiro 2016
 
Flyer 404
Flyer 404Flyer 404
Flyer 404
 
Flyer 403
Flyer 403Flyer 403
Flyer 403
 
403
403403
403
 
Flyer 402
Flyer 402Flyer 402
Flyer 402
 
402
402402
402
 
Flyer 401
Flyer 401Flyer 401
Flyer 401
 
oferecimento diário
oferecimento diáriooferecimento diário
oferecimento diário
 
Nosso encontro outubro
Nosso encontro outubroNosso encontro outubro
Nosso encontro outubro
 
393
393393
393
 
Flyer (5)
Flyer (5)Flyer (5)
Flyer (5)
 
391
391391
391
 

Último

controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 

Último (14)

controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 

424

  • 1. “A Igreja necessita de santos. Todos estamos chamados à santidade, e só os santos podem renovar a humanidade”. ( Papa Bento XVI) ANO 40 - 424 NOVEMBRO/17 Mensagem do Diretor Espiritual Santidade: processo contínuo de conversão No dia 01 de Novembro a Igreja celebra a Solenidade de todos os Santos, momento ímpar para refletirmos sobre a Santidade nos tempos atuais, e como podemos nos espelhar naqueles que nos precederam na glória de Deus. Todos somos chamados à santidade e este processo é gradual e contínuo. Mas, quando se inicia este caminho? Para compreendermos esta dimensão essencial da nossa vida, ressaltemos em primeiro lugar o processo de conversão, onde experimentamos a misericórdia do Senhor, aceitando o convite à reconciliação. Isso chama-se também justificação. O segundo passo necessário a ser dado é a busca da Santificação, num processo contínuo de busca da salvação e de experimentar na Terra, apesar das fragilidades e fraquezas humanas, um pedaço do Céu. A Salvação é o caminho que tanto almejamos, o caminhar para o Céu, vislumbrar o Senhor face a face. Quantos já tiveram a oportunidade de cumprir a sua missão neste mundo, peregrinaram e hoje já estão próximos ou face a face com o próprio Cristo? Inclusive muitos de nossos irmãos, parentes, amigos, que viveram uma vida na busca pela Santificação e que fizeram da vida uma entrega a Deus. Os santos são, antes de mais nada, pessoas de carne e osso, com os pés no chão e o rosto suado, pessoas que travam duras lutas consigo mesmas. Dom Helder Câmara, por exemplo, levantava de madrugada e rezava durante duas horas, porque dizia: “eu conheço o meu temperamento”. Depois se dedicava inteiramente a Jesus, com uma forte sensibilidade para com os pobres, condição necessária para um verdadeiro processo de santidade. No dia de todos os Santos não só veneramos os muitos e muitos santos canonizados pela Igreja e sim aqueles que nem são canonizados oficialmente, mas que foram cristãos verdadeiros, viveram com autenticidade a vida cristã e estão em comunhão com o próprio Cristo. Você conhece pessoas santas? Homens e mulheres que sangram por dentro, lutando com seus afetos, e que conseguem se manter fiéis no matrimônio, numa sociedade onde o adultério deixou de ser exceção e passou a ser regra ? Pessoas simples, pobres, excluídas da sociedade de consumo, que levam uma vida anônima, mas trazem no rosto uma serenidade e uma alegria que são de dar inveja em qualquer um? Crianças e jovens que nasceram e cresceram num ambiente de violência, mas que não se deixaram corromper e se tornaram adultos íntegros e honestos? Aquele marido (ou aquela mulher), cujo cônjuge está há anos doente, sobre uma cama, e que cuida dele todos os dias, e se mantém fiel ao compromisso conjugal, sacrificando seu próprio “direito” a uma vida sexual ativa? Com certeza temos inúmeros exemplos de pessoas que estão a caminho da santificação. E você quando está vivendo este processo? Quando defende uma pessoa que está sendo injustiçada e sofre perseguição por causa disso. Quando não aceita suborno preferindo levar uma vida mais simples, ganhando dinheiro de maneira limpa, ao invés de se enriquecer corrompendo-se. Quando, a exemplo de Jesus, você ama até o fim e não somente até que a beleza acabe, até que o corpo se deforme, até que a doença chegue, até que o dinheiro acabe, até que não encontre alguém mais “interessante”. Para concluir esta reflexão permitam-me tomar um texto do século XII, de São Bernardo, texto da Liturgia das Horas que rezamos no Ofício das leituras no dia 1.º de novembro. Um texto apropriado para aprofundarmos o tema da Santidade e nossa Veneração pelos Santos que hoje celebramos. Diz São Bernardo: “Para que louvar os santos, para que glorificá-los? Para que, enfim, esta solenidade de hoje? Que lhes importam as honras terrenas, a eles que, segundo a nossa promessa do Filho, o mesmo Pai celeste glorifica? De que lhes servem nossos elogios? Os santos não precisam de nossas homenagens, nem lhes vale nossa devoção. Se veneramos os Santos, sem dúvida nenhuma, o interesse é nosso, não deles. Eu, confesso, ao recordar-me deles, sinto acender-se um desejo veemente do Céu”. Guardemos este pensamento de São Bernardo. Quando vemos a santificação acontecida na vida de muitos que nos precederam na glória somos estimulados veementemente ao desejo do Céu. Que aqueles que celebramos, os santos e santas de Deus, intercedam por nossas necessidades, elevem o nosso coração para um desejo de estar com Deus e sobretudo que a nossa vida esteja voltada para a realidade celeste. Pe. Mauricio Gomes dos Anjos Reitor do Santuário Sagrado Coração de Jesus e Diretor Espiritual do Apostolado da Oração. Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976 lourdespimentapereira@gmail.com - apostoladodaarquidiocesectba.blogspot.com.br Telefone: (41) 3289-0299
  • 2. “NOSSO ENCONTRO”Página 2 Rezemos com o Papa Intenção de Oração para o mês de novembro TESOURO ESPIRITUAL DO CORAÇÃO DE JESUS Oferecimento Diário_______ Missas_______ Culto Dominical_______ Visitas ao Santíssimo_______ Terços de Maria_______ Terço da Misericórdia_______ Atos de Caridade_______ Oferecimento diário Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de teu Filho, Jesus, que continua a oferecer-se a ti na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu amparo neste dia, para que eu possa ser testemunha do teu amor. Com Maria, mãe de Jesus e da Igreja, rezo especialmente pelas intenções do Santo Padre para este mês: pelos cristãos da Ásia, para que, testemunhando o Evangelho com palavras e obras, favoreçam o diálogo, a paz e a compreensão recíproca, sobretudo com aqueles que pertencem a outras religiões. Intenção Universal Neste mês, o Papa Francisco nos pede para rezar pelos cristãos da Ásia. Vasto continente e com um grande número de religiões e tradições de antigas culturas, que durante anos foram vítimas de conflitos e perseguições. Rezemos para que haja sempre o diálogo e o respeito, caminhando sempre na busca da unidade e da paz, eliminando qualquer tipo de opressão ou violência. Sugestão de comentário inicial para missa do Sagrado Coração de Jesus do dia 03/11/2017 Reunidos para honrar o Sacratíssimo Coração de Jesus, somos convidados a contemplar as virtudes, o amor e a grande misericórdia que brota deste Coração, peçamos a graça de um coração renovado, para que assim possamos ter um coração semelhante do Coração de Jesus, abertos às necessidades do outro e desta forma, manifestar o amor ao próximo em ações de solidariedade, acolhida, respeito e comunhão fraterna.. Com grande alegria iniciemos... Lourdes Pimenta Pereira da Silva Coordenadora Arquidiocesana do AO NOSSO ENCONTRO Boletim Mensal do Apostolado da Oração FUNDADO EM OUTUBRO DE 1976 Diretor: Pe. Mauricio Gomes dos Anjos Av. Água Verde, n.º 1018 Água Verde 80.620-200 - Curitiba - Paraná Tel.: (41) 3242-4174 Presidente: Lourdes Pimenta Pereira da Silva Rua Otávio Afonso da Silva, 486 Curitiba - Paraná tel: (41) 3289-0299 E-mail: lourdespimentapereira@gmail.com Vice-presidente: Tereza de Jesus Porega Tel: (41) 3347-7867 Revisão ortográfica: Lúcia Nascimento Participação: Coordenação Geral do AO de Curitiba, padres, religiosos e leigos da arquidiocese. Impressão: Efetagraf Assinatura Anual:...................R$ 8,00 Assinatura Benfeitor..............R$ 15,00 N.º avulso.............................R$ 0,80 Tema: “Família e Apostolado da Oração como caminhos para a Salvação”. Lema: “Tendes em vós os mesmos sentimentos do Coração de Jesus “ (Fl 2, 5). Dia: 03 dezembro de 2017 Horário: das 9:00 h às 16:00 h Pregador: Pe. Mauricio Gomes dos Anjos Local: Ginásio da PUC – Curitiba Programação: Acolhida das bandeiras, Palestras, Santa Missa, Terço Mariano, Exposição e Benção com o Santíssimo Sacramento. Transporte para o local: Inter Bairros I e 5 e Raquel Prado sentido bairro. Haverá sorteios de cestas de Natal. Adquira os cupons com a presidente do seu centro de Apostolado da Oração.
  • 3. “NOSSO ENCONTRO” Página 3 DEUS NOS AMA... Hora Santa – novembro/2017 Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invocando a Santíssima Trindade. Todos – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dirig. – Em união com todos os consagrados ao Sagrado Coração de Jesus, dizemos: Todos – Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje... Dirig. – Cantemos. Todos – Coração Santo, Tu reinarás... Dirig. – O mês de novembro, para nós católicos é um mês significativo, pois comemoramos a festa de todos os santos e santas de Deus. Os Membros do Apostolado da Oração são convidados neste mês de novembro a refletir sobre a santidade a que cada um é chamado e também a recordar todos os fiéis falecidos. A Santidade é dom do amor de Deus e resposta do homem à iniciativa divina. Portanto, a santidade não é o fruto do esforço humano, que procura alcançar a Deus com suas forças, e mesmo com heroísmo. É Jesus Cristo que transmite a sua santidade à Igreja por meio dos sacramentos, que trazem ao homem a vida de Deus. Todos – “Louvor, Glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder e força pertencem ao nosso Deus pelos séculos dos séculos. Amém.” Leitor 1 – Esta doutrina era tão viva nos primeiros séculos que os membros da Igreja não hesitavam em se chamar “os santos” e a própria Igreja era chamada “comunhão dos santos”. Esta expressão que nós recitamos no Creio, tem sua origem na assembleia eucarística, durante a qual, os santos participam das coisas santas. A santidade cristã manifesta-se, pois, como uma participação na vida de Deus, que se realiza com os meios que a Igreja nos oferece, particularmente com os sacramentos. Leitor 2 – Pensemos que a oferta de si mesmo que Jesus fez, morrendo na cruz em obediência ao Pai, é a grande prova do amor de Deus por nós. Esta prova torna-se mais evidente e ao mesmo tempo impressionante se a considerarmos, como nos sugere São Paulo, no contexto da situação e da experiência histórica do ser humano: uma situação de extrema fragilidade moral, de afastamento de Deus, de dureza de coração e, até mesmo, de rebeldia a Ele. Ora, Deus respondeu a esta situação, que não merecia de forma alguma sua benevolência, com a maior demonstração de amor que se possa imaginar. Todos – Deus doa seu Filho, para fazer de nós - que estávamos distantes, obstinados e rebeldes - membros da sua família, filhos seus. Leitor 3 – Nós do Apostolado da Oração temos como obrigação visitar os doentes e moribundos e rezar com eles e confortá-los na sua dor. Agora, diante do Santíssimo Sacramento lembremo-nos desses doentes que visitamos, pedindo o conforto para suas dores e sofrimentos. Lembremos também das pessoas do AO que morreram neste ano, confiando ao Sagrado Coração de Jesus às suas almas. Rezemos: Todos – Pai Nosso que estais nos céus... Leitor 1 – “Deus demonstra o seu amor para conosco exatamente nisto: quando ainda éramos pecadores, Cristo morreu por nós”. Lendo esta Palavra no seu contexto não é difícil entender o ensinamento que ela nos quer dar. Se o amor de Deus por nós é tão grande, não temos mais nenhum motivo para temer. Mesmo com todas as nossas faltas e a nossa fraqueza, devemos ter a certeza de que Deus nos ama Devemos ficar completamente em paz, certos de que Ele, uma vez que iniciou a obra da nossa salvação, também a completará. Rezemos: Todos – Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor... Leitor 2 – Pelo Batismo também todos fomos marcados com a vocação à santidade. Os mesmos auxílios da graça divina que fortaleceram os santos que nos precederam, no seu caminho da santidade, são igualmente oferecidos a cada um de nós. A galeria dos santos da Igreja é muito rica, por isso a Igreja orgulha-se de seus filhos que passaram por este mundo conservando a integridade de sua fé e trabalharam sem cessar pela implantação do Reino de Deus entre os homens. E que até hoje nos servem de exemplo e estímulo ao nosso caminho à santidade. Pedindo à Maria que nos ensine a sermos santos, dizemos: Todos – Ave Maria cheia de graça... Dirig. – Tão sublime Sacramento... (Bênção com o Santíssimo Sacramento) Todos – Canto final (sugestão Hino do Apostolado da Oração) Lenir Pontoni Wachowicz Palavras do Papa Francisco “Este ‘caminhar’: a santidade é um caminho, a santidade não se compra e nem se vende. Nem se pode presentear. A santidade é um caminho na presença de Deus, que eu devo fazer: ninguém o faz em meu nome. Posso rezar para que o outro seja santo, mas é ele que deve fazer o caminho, não eu. Caminhar na presença de Deus, de modo irrepreensível. Usarei hoje algumas palavras que nos ensinam como é a santidade de todo dia, a santidade – digamos – anônima. Primeira: coragem. O caminho rumo à santidade requer coragem”. “O Reino dos Céus de Jesus, , é para aqueles que têm a coragem de ir avante e a coragem, é movida pela esperança, a segunda palavra da viagem que leva à santidade. A coragem que espera num encontro com Jesus. Depois, há o terceiro elemento, quando Pedro escreve: “colocai toda a vossa esperança na graça”: “A santidade não podemos fazê-la sozinhos. Não, é uma graça. Ser bom, ser santo, avançar a cada dia um passo na vida cristã é uma graça de Deus e devemos pedi-la. Coragem, um caminho. Um caminho que se deve fazer com coragem, com a esperança e com a disponibilidade de receber esta graça. E a esperança: a esperança do caminho. (Trecho da homilia do Papa Francisco 24/05/2017).
  • 4. “NOSSO ENCONTRO”Página 4 É uma verdade rotineira, um depoimento profético que circula no meio jornalístico e social, de um século para cá. “Com o advento da televisão a imprensa escrita vai ser banida e desterrada definitivamente da face da Terra. Já podem comprar o caixão mortuário para enterrar o mundo do livro, da revista e do jornal no cemitério do esquecimento”. Ledo equívoco, errônea e precipitada profecia federal... Na verdade, os veículos de comunicação de ontem e de hoje se completam reciprocamente, sabem conviver lado a lado, servindo alegremente seu respectivo público, próximo ou distante. Acompanhei a estatística nacional que revelou um fenômeno surpreendente e significativo: Entre os dez filmes brasileiros de melhor bilheteria, em 2013, oito foram comédias leves, hilariantes, sem grande violência, sem pornografia, sem dramaticidade exagerada... Analisando o panorama universal da tevê, no Brasil e no mundo, com serenidade e sem preconceito, concordo com a definição que lhe atribuem os entendidos em matéria. “A televisão é e continua sendo um diamante não lapidado”. O panorama da novela brasileira é tão carregado de intriga familiar e social, de tanto triângulo amoroso, despudorado, de tanto Big Brother Brasil, baixaria nacional... que muita gente desliga a tevê para saborear algum valor mais profundo e confortador: a leitura de um livro de autoajuda ou da Bíblia Sagrada, dialogar com familiares ou visitar o vizinho próximo. Quem sabe curtir um filme-comédia no cinema da cidade. Poderosa e próxima, ao alcance da mão. Polivalente em sua programação variada, e dentro da nossa casa, dia e noite. Diamante não lapidado, sim, pela rica potencialidade que enfeixa e possui, mas desperdiça e negligência ingloriamente. Existe um Salmo bíblico que reza assim: “Sábio e bem-aventurado é o cristão que tem paladar espiritual para saborear a graça divina”. Deus seja louvado! Sem proclamá-lo abertamente, você possui o precioso paladar pelo mundo religioso, espiritual, que o Salmista relembra. Lembremos nesse mês dos nossos queridos falecidos e dos Santos e Santas de Deus. Obrigado , de coração, estimado devoto do Sagrado Coração de Jesus. Pe. Roque Schneider, SJ Compromissos • 03 de novembro, 1.ª sexta feira, Sagrado Coração de Jesus. • 08 de novembro, reunião com a coordenação arquidiocesana na Catedral. • 09 de novembro, às 15 h, Adoração Eucarística na Igreja da Ordem. • 10 de novembro, às 20 h, Adoração Noturna no Cenáculo. • 11 de novembro, às 14h, tarde de formação do AO para todas as paróquias e capelas do Setor Santa Felicidade. Local: Paróquia N.ª S. ª do Bom Conselho. • 29 de novembro, às 14h, reunião geral de presidentes de todas as capelas e paróquias do Apostolado da Oração no Colégio das Irmãs da Sagrada Família, Rua Emiliano Perneta, 640 - Centro. Notícias • No dia 20 de setembro, aconteceu a tarde de formação para presidentes, com a presença de 210 pessoas onde a coordenadora arquidiocesana falou sobre questões práticas para o bom andamento dos grupos de Apostolado da Oração. Obrigada pela presença! • No dia 29 de setembro, aconteceu a tarde de formação para todas as paróquias e capelas do Setor Cabral na Paróquia Santo Antônio, com a palavra e presença do frei Claudemir Rodrigues da Silva, pároco e da coordenadora arquidiocesana. • Faleceu no dia 29/06, aos 99 anos, a Sr. ª Ercília Wrublefkai, pertencente ao Apostolado da Oração da Paróquia São José - Vila Oficinas. Obrigada, Sofia. • Faleceu no dia 30/09, aos 59 anos a Sr. ª Vera Lucia Vicentim, pertencente ao Apostolado da Oração da Paróquia São José - Vila Oficinas. Obrigada, Sofia. • Faleceu no dia 02/09, a Sr. ª Ida Luiza Salvaro Dolata, fervorosa devota do Coração de Jesus e fundadora do Apostolado da Oração da Paróquia Sant’Ana - Abranches, Setor Almirante Tamandaré. Nossos sentimentos às famílias enlutadas.