SlideShare uma empresa Scribd logo
Ministro do Evangelho
Pr. Jonas Freitas de Jesus
EVENTOS ESCATOLÓGICOS EM ORDEM CRONOLÓGICA
Hades - Inferno
2ª RESSUREIÇÃO
Seio de Abraão
1ª RESSUREIÇÃO
A Última Revolta
de satanás
INFERNO
LUCAS 16.23
O Milênio
Editado por:
Pr. Jonas Freitas de Jesus
O casamento de Cristo com a sua noiva (igreja), segue e
seguirá estritamente, com o modelo do casamento judaico.
Vamos considera os costumes judaicos relativos ao
matrimonio, é importante considerar, que, estes costumes,
variam de acordo com a nação e de tempos em tempos. O
Senhor Jesus escolheu os costumes peculiar aos judeus
quando escolheu a sua noiva. Lembremo-nos que os judeus
não existe namoro ou corte, como observamos hoje em dia,
casamento para eles era uma matéria legal, estabelecida por
contrato e, levada adiante por procedimentos lícitos e exatos.
1. Os noivos ficavam sem se ver, no espaço entre o noivado e o
casamento.
2. A iniciativa sempre deveria ser do rapaz –Jo15.16
3. Ele deveria se aproximar dela com o contrato de casamento. Lc
22.20.
4. Era oferecido um bem de alto valor (Dote).1 co 6.20.
5. Era dado a noiva um presente de alto valor, (Jo 20.22), para que a
noiva lembrasse dele enquanto estivesse ausente.
6. o noivo oferecia um cálice com vinho novo a noiva, se ela bebece,
estaria confirmando o noivado. Mt 26.27-28.
7. O noivo lhe dava uma aliança.
1. Antes de partir o noivo fazia um breve discurso,
“Eu vou preparar um lugar para você. Jo 14 : Lc.
24.51; At 1.9-11
2. De volta à casa do pai, ele deveria construir uma
câmara de núpcias, uma pequena suíte, na qual
eles teriam a sua lua de mel. João 14
1. De volta à casa do pai, ele deveria construir uma câmara de
núpcias, uma pequena suíte, na qual eles teriam a sua lua de mel.
João 14.1
2. Ele só poderia voltar para buscar a noiva, quando o pai
autorizasse, e a câmara de núpcias estivesse totalmente
concluída.
3. No período em que estavam distantes, ambos deviam se preparar
para o casamento.
4. Nesse período, o noivo se comunicava com a noiva, através de um
amigo do noivo. Ele enviava cartas e presentes, que lhes serviria
de adornos para o casamento.
5. Sempre que a noiva saísse de casa deveria usar um véu, para que
os outros rapazes soubessem que ela estava comprometida.
6. Quando o dia do casamento se aproximava a noiva,
juntamente com as suas amigas. Deveriam manter as lâmpadas
sempre acesa. Esperando a chegada do seu amado.
7. O noivo, após todos os preparativos, convidava os seus
amigos, e saía em um cortejo da casa do seu pai para a casa da
noiva, sempre entravam pela noite, afim de fazer a maior
surpresa possível.
8. O número sete é emblemático no casamento judaico. A noiva
dava sede volta arredor do noivo. Lembra as sete voltas, do
sétimo dia em Jericó, para que o muro de impedimento caíssem
por terra. As BODAS DO CORDEIRO, terá sete anos de duração.
“E eu vos destino o reino, como meu Pai mo
destinou, Para que comais e bebais à minha
mesa no meu reino,...” Lucas 22:29,30a
“Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe
glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a
sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se
vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o
linho fino são as justiças dos santos. E disse-me:
Escreve: Bem-aventurados aqueles que são
chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me:
Estas são as verdadeiras palavras de Deus.”
Apocalipse 19:7-9
UMA RENIÃO: Depois do Tribunal de Cristo, nos ares
os salvos se reunirão com o Senhor, no Céu:
“Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor
Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,” 2 Ts 2:1
Onde ocorrerão as Bodas do Cordeiro, o casamento entre
Cristo e a Igreja: No Céu, na casa do PAI! Jo 14
“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a
igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-
a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si
mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante,
mas santa e irrepreensível.” Efésios 5:25-27
Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos
tenho preparado para vos apresentar como uma virgem
pura a um marido, a saber, a Cristo. 2 Coríntios 11:2
“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus
Cristo...” Fl 3.20
A porta estará aberta para uma grande multidão
de santos, que, a uma só voz, bradarão: “Aleluia!
Salvação e glória, e honra, e poder pertencem ao
Senhor, nosso Deus” (Ap 19.1)
“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e
entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e
poderoso, o Senhor poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas
cabeças, levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem
é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” (Selá.)
Salmos 24:7-10
1. A Igreja do Senhor, a semelhança de uma
noiva, estará pronta, preparada para as
Bodas: “E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as
que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e
fechou-se a porta. Mateus 25:10”. Ela já chegará ao
local do banquete ataviada, devidamente
trajada com suas vestes nupciais.
Jesus, com grande alegria, a apresentará diante
de seu Pai e dos seus anjos:
“Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o
confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.” Mateus 10:32
O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma
riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de
meu Pai e diante dos seus anjos. Apocalipse 3:5
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem
ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Efésios
5:27
2. Haverá grande regozijo por parte dos salvos,
quando entrarem na sala do banquete: “Levou-me à sala
do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor. Cânticos 2:4”
Ali, entoar-se-ão cânticos de adoração ao cordeiro: “E
cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de
abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue nos
compraste para Deus de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E
para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a
terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos
animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e
milhares de milhares, Apocalipse 5:9-11”
A alegria que experimentaremos não
poderá ser comparada a nenhum sentimento
desta vida. Daí a razão de glorificarmos ao
Senhor em alta vozes.
“E há corpos celestes e corpos terrestres, mas uma é a glória dos
celestes e outra a dos terrestres... Semeia-se em ignomínia,
ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com
vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há
corpo natural, há também corpo espiritual.” 1 Co 15.40,43,44
3. A Noiva do Cordeiro estará VESTIDA DE LINHO
FINO, puro e resplandecente, que representa as
justiças dos santos; ou seja, ela já entrará na sala do
banquete galardoada, honrada pelo Noivo.
“E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e
resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos
santos.” Apocalipse 19:8
4. Haverá também UMA GRANDE CEIA, e os salvos
comerão à mesa do Senhor, no seu reino:
“E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que
são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-
me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.”
Apocalipse 19:9
É um tanto difícil entender como será essa
“Alimentação” no céu e o porque dela, uma vez que teremos
corpos glorificados, não mais sujeitos às leis da natureza
(Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também
esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que
transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu
corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar
também a si todas as coisas. Filipenses 3:20,21). Esperemos,
pois, a chegada daquele grande Dia, a fim de conhecermos
“a glória que em nós há de ser revelada” (Rm 8.18)
Salvos de todas as partes da Terra e de
todos os tempos reunir-se-ão com o Cordeiro de
Deus! Os servos de Deus do Antigo Testamente
conhecerão os do Novo; juntos, saudarão
efusivamente os salvos de todos os períodos da
História”. Imaginemos como será este glorioso
encontro... Glória seja dada ao Cordeiro de
Deus que tira o pecado do mundo!
“Mas chegastes ao monte Sião, e à
cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e
aos muitos milhares de anjos; À universal
assembleia e igreja dos primogênitos, que
estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de
todos, e aos espíritos dos justos
aperfeiçoados;” Hebreus 12:22,23
FIM
EVENTOS ESCATOLÓGICOS EM ORDEM CRONOLÓGICA
Hades - Inferno
2ª RESSUREIÇÃO
Seio de Abraão
1ª RESSUREIÇÃO
A Última Revolta
de satanás
INFERNO
LUCAS 16.23
O Milênio
Editado por:
Pr. Jonas Freitas de Jesus

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As bodas do cordeiro
As bodas do cordeiroAs bodas do cordeiro
As bodas do cordeiro
Francelia Carvalho Oliveira
 
As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
Márcio Martins
 
06 Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
06   Apocalipse Diz Que Jesus Voltará06   Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
06 Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
arlete.becker
 
A segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus CristoA segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus Cristo
dimas campos
 
As bodas do Cordeiro
As bodas do CordeiroAs bodas do Cordeiro
As bodas do Cordeiro
Ailton da Silva
 
A segunda vinda de Jesus
A  segunda  vinda de  JesusA  segunda  vinda de  Jesus
A segunda vinda de Jesus
Milton Panetto Junior
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
Herbert de Carvalho
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
Lição 7 - As Bodas do Cordeiro
Lição 7 - As Bodas do CordeiroLição 7 - As Bodas do Cordeiro
Lição 7 - As Bodas do Cordeiro
Andrew Guimarães
 
Lição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouroLição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouro
Erberson Pinheiro
 
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
Gerson G. Ramos
 
Lição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulaçãoLição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulação
Celso Napoleon
 
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano CLeituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
As bodas do cordeiro completo
As bodas do cordeiro   completoAs bodas do cordeiro   completo
As bodas do cordeiro completo
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 
Apocalipse 19
Apocalipse 19Apocalipse 19
Apocalipse 19
Welem C Lourenço
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
Dagmar Wendt
 
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - PortuguêsPor que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
Helio Colombe
 
Como Será Viver no Céu
Como Será Viver no CéuComo Será Viver no Céu
Como Será Viver no Céu
Walter Mendes
 

Mais procurados (20)

As bodas do cordeiro
As bodas do cordeiroAs bodas do cordeiro
As bodas do cordeiro
 
As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
 
06 Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
06   Apocalipse Diz Que Jesus Voltará06   Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
06 Apocalipse Diz Que Jesus Voltará
 
A segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus CristoA segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus Cristo
 
As bodas do Cordeiro
As bodas do CordeiroAs bodas do Cordeiro
As bodas do Cordeiro
 
A segunda vinda de Jesus
A  segunda  vinda de  JesusA  segunda  vinda de  Jesus
A segunda vinda de Jesus
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS Lição 12 Novos céus e nova Terra.
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 11.ppt
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
O arrebatamento
 
Lição 7 - As Bodas do Cordeiro
Lição 7 - As Bodas do CordeiroLição 7 - As Bodas do Cordeiro
Lição 7 - As Bodas do Cordeiro
 
Lição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouroLição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouro
 
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
 
Lição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulaçãoLição 8 a grande tribulação
Lição 8 a grande tribulação
 
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano CLeituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 2° Domingo do Tempo Comum - Ano C
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
As bodas do cordeiro completo
As bodas do cordeiro   completoAs bodas do cordeiro   completo
As bodas do cordeiro completo
 
Apocalipse 19
Apocalipse 19Apocalipse 19
Apocalipse 19
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - PortuguêsPor que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
Por que o arrebatamento da igreja deve ocorrer no ano novo judeu - Português
 
Como Será Viver no Céu
Como Será Viver no CéuComo Será Viver no Céu
Como Será Viver no Céu
 

Semelhante a 04 as bodas do cordeiro 002

As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
jonasfreitasdejesus
 
Ebd lição 7.1
Ebd lição 7.1Ebd lição 7.1
Ebd lição 7.1
Silva Soares
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Fernando Chapeiro
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
jesmioma
 
Good Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese MassGood Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese Mass
MariadaSilva95
 
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01
Welem C Lourenço
 
Noiva de Jesus
Noiva de JesusNoiva de Jesus
Noiva de Jesus
Pastor Robson Colaço
 
Noiva
NoivaNoiva
A Noiva De Jesus
A  Noiva De  JesusA  Noiva De  Jesus
A Noiva De Jesus
Pastor Robson Colaço
 
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano B
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano BLeituras: 2º Domingo do Advento - ano B
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano B
José Lima
 
Voz da paróquia dezembro 2014
 Voz da paróquia dezembro 2014 Voz da paróquia dezembro 2014
Voz da paróquia dezembro 2014
jesmioma
 
Bodas do Cordeiro.pptx
Bodas do Cordeiro.pptxBodas do Cordeiro.pptx
Bodas do Cordeiro.pptx
DavidMacedo36
 
Missa 14º Domingo do tempo comum.
Missa 14º Domingo do tempo comum.Missa 14º Domingo do tempo comum.
Missa 14º Domingo do tempo comum.
Nacreto
 
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
Jorge Alves
 
A Noiva De Jesus
A Noiva De JesusA Noiva De Jesus
A Noiva De Jesus
lucena
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
MARIADASILVA493650
 
Parábola das bodas
Parábola das bodasParábola das bodas
Parábola das bodas
Romildo Fernandes Gurgel Gurgel
 
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no TemploCelebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
José Lima
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
Gerson G. Ramos
 

Semelhante a 04 as bodas do cordeiro 002 (20)

As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
 
Ebd lição 7.1
Ebd lição 7.1Ebd lição 7.1
Ebd lição 7.1
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
 
Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011Voz da Paróquia - Outubro 2011
Voz da Paróquia - Outubro 2011
 
Good Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese MassGood Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese Mass
 
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 28º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01
 
Noiva de Jesus
Noiva de JesusNoiva de Jesus
Noiva de Jesus
 
Noiva
NoivaNoiva
Noiva
 
A Noiva De Jesus
A  Noiva De  JesusA  Noiva De  Jesus
A Noiva De Jesus
 
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano B
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano BLeituras: 2º Domingo do Advento - ano B
Leituras: 2º Domingo do Advento - ano B
 
Voz da paróquia dezembro 2014
 Voz da paróquia dezembro 2014 Voz da paróquia dezembro 2014
Voz da paróquia dezembro 2014
 
Bodas do Cordeiro.pptx
Bodas do Cordeiro.pptxBodas do Cordeiro.pptx
Bodas do Cordeiro.pptx
 
Missa 14º Domingo do tempo comum.
Missa 14º Domingo do tempo comum.Missa 14º Domingo do tempo comum.
Missa 14º Domingo do tempo comum.
 
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
Liturgia do dia 27 a 29 de novembro de 2014
 
A Noiva De Jesus
A Noiva De JesusA Noiva De Jesus
A Noiva De Jesus
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Parábola das bodas
Parábola das bodasParábola das bodas
Parábola das bodas
 
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no TemploCelebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
 

Mais de jonasfreitasdejesus

Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
jonasfreitasdejesus
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
jonasfreitasdejesus
 
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo   o caminho do mestreTreinamento de evangelismo   o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
jonasfreitasdejesus
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
jonasfreitasdejesus
 
Missoes
MissoesMissoes
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deusUsos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
jonasfreitasdejesus
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
jonasfreitasdejesus
 
Missões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um MissionárioMissões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um Missionário
jonasfreitasdejesus
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
jonasfreitasdejesus
 
Reunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do CaririReunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do Cariri
jonasfreitasdejesus
 

Mais de jonasfreitasdejesus (10)

Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
 
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo   o caminho do mestreTreinamento de evangelismo   o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
 
Missoes
MissoesMissoes
Missoes
 
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deusUsos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
 
Missões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um MissionárioMissões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um Missionário
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
 
Reunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do CaririReunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do Cariri
 

Último

PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (18)

PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

04 as bodas do cordeiro 002

  • 1. Ministro do Evangelho Pr. Jonas Freitas de Jesus
  • 2. EVENTOS ESCATOLÓGICOS EM ORDEM CRONOLÓGICA Hades - Inferno 2ª RESSUREIÇÃO Seio de Abraão 1ª RESSUREIÇÃO A Última Revolta de satanás INFERNO LUCAS 16.23 O Milênio Editado por: Pr. Jonas Freitas de Jesus
  • 3. O casamento de Cristo com a sua noiva (igreja), segue e seguirá estritamente, com o modelo do casamento judaico. Vamos considera os costumes judaicos relativos ao matrimonio, é importante considerar, que, estes costumes, variam de acordo com a nação e de tempos em tempos. O Senhor Jesus escolheu os costumes peculiar aos judeus quando escolheu a sua noiva. Lembremo-nos que os judeus não existe namoro ou corte, como observamos hoje em dia, casamento para eles era uma matéria legal, estabelecida por contrato e, levada adiante por procedimentos lícitos e exatos.
  • 4. 1. Os noivos ficavam sem se ver, no espaço entre o noivado e o casamento. 2. A iniciativa sempre deveria ser do rapaz –Jo15.16 3. Ele deveria se aproximar dela com o contrato de casamento. Lc 22.20. 4. Era oferecido um bem de alto valor (Dote).1 co 6.20. 5. Era dado a noiva um presente de alto valor, (Jo 20.22), para que a noiva lembrasse dele enquanto estivesse ausente. 6. o noivo oferecia um cálice com vinho novo a noiva, se ela bebece, estaria confirmando o noivado. Mt 26.27-28. 7. O noivo lhe dava uma aliança.
  • 5. 1. Antes de partir o noivo fazia um breve discurso, “Eu vou preparar um lugar para você. Jo 14 : Lc. 24.51; At 1.9-11 2. De volta à casa do pai, ele deveria construir uma câmara de núpcias, uma pequena suíte, na qual eles teriam a sua lua de mel. João 14
  • 6. 1. De volta à casa do pai, ele deveria construir uma câmara de núpcias, uma pequena suíte, na qual eles teriam a sua lua de mel. João 14.1 2. Ele só poderia voltar para buscar a noiva, quando o pai autorizasse, e a câmara de núpcias estivesse totalmente concluída. 3. No período em que estavam distantes, ambos deviam se preparar para o casamento. 4. Nesse período, o noivo se comunicava com a noiva, através de um amigo do noivo. Ele enviava cartas e presentes, que lhes serviria de adornos para o casamento. 5. Sempre que a noiva saísse de casa deveria usar um véu, para que os outros rapazes soubessem que ela estava comprometida.
  • 7. 6. Quando o dia do casamento se aproximava a noiva, juntamente com as suas amigas. Deveriam manter as lâmpadas sempre acesa. Esperando a chegada do seu amado. 7. O noivo, após todos os preparativos, convidava os seus amigos, e saía em um cortejo da casa do seu pai para a casa da noiva, sempre entravam pela noite, afim de fazer a maior surpresa possível. 8. O número sete é emblemático no casamento judaico. A noiva dava sede volta arredor do noivo. Lembra as sete voltas, do sétimo dia em Jericó, para que o muro de impedimento caíssem por terra. As BODAS DO CORDEIRO, terá sete anos de duração.
  • 8. “E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou, Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino,...” Lucas 22:29,30a
  • 9. “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” Apocalipse 19:7-9
  • 10. UMA RENIÃO: Depois do Tribunal de Cristo, nos ares os salvos se reunirão com o Senhor, no Céu: “Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,” 2 Ts 2:1 Onde ocorrerão as Bodas do Cordeiro, o casamento entre Cristo e a Igreja: No Céu, na casa do PAI! Jo 14 “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando- a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.” Efésios 5:25-27 Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo. 2 Coríntios 11:2 “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo...” Fl 3.20
  • 11. A porta estará aberta para uma grande multidão de santos, que, a uma só voz, bradarão: “Aleluia! Salvação e glória, e honra, e poder pertencem ao Senhor, nosso Deus” (Ap 19.1) “Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças, levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” (Selá.) Salmos 24:7-10
  • 12. 1. A Igreja do Senhor, a semelhança de uma noiva, estará pronta, preparada para as Bodas: “E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. Mateus 25:10”. Ela já chegará ao local do banquete ataviada, devidamente trajada com suas vestes nupciais.
  • 13. Jesus, com grande alegria, a apresentará diante de seu Pai e dos seus anjos: “Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.” Mateus 10:32 O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. Apocalipse 3:5 Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Efésios 5:27
  • 14. 2. Haverá grande regozijo por parte dos salvos, quando entrarem na sala do banquete: “Levou-me à sala do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor. Cânticos 2:4” Ali, entoar-se-ão cânticos de adoração ao cordeiro: “E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue nos compraste para Deus de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, Apocalipse 5:9-11”
  • 15. A alegria que experimentaremos não poderá ser comparada a nenhum sentimento desta vida. Daí a razão de glorificarmos ao Senhor em alta vozes. “E há corpos celestes e corpos terrestres, mas uma é a glória dos celestes e outra a dos terrestres... Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual.” 1 Co 15.40,43,44
  • 16. 3. A Noiva do Cordeiro estará VESTIDA DE LINHO FINO, puro e resplandecente, que representa as justiças dos santos; ou seja, ela já entrará na sala do banquete galardoada, honrada pelo Noivo. “E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.” Apocalipse 19:8
  • 17. 4. Haverá também UMA GRANDE CEIA, e os salvos comerão à mesa do Senhor, no seu reino: “E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse- me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” Apocalipse 19:9
  • 18. É um tanto difícil entender como será essa “Alimentação” no céu e o porque dela, uma vez que teremos corpos glorificados, não mais sujeitos às leis da natureza (Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas. Filipenses 3:20,21). Esperemos, pois, a chegada daquele grande Dia, a fim de conhecermos “a glória que em nós há de ser revelada” (Rm 8.18)
  • 19. Salvos de todas as partes da Terra e de todos os tempos reunir-se-ão com o Cordeiro de Deus! Os servos de Deus do Antigo Testamente conhecerão os do Novo; juntos, saudarão efusivamente os salvos de todos os períodos da História”. Imaginemos como será este glorioso encontro... Glória seja dada ao Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!
  • 20. “Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos; À universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;” Hebreus 12:22,23
  • 21. FIM
  • 22. EVENTOS ESCATOLÓGICOS EM ORDEM CRONOLÓGICA Hades - Inferno 2ª RESSUREIÇÃO Seio de Abraão 1ª RESSUREIÇÃO A Última Revolta de satanás INFERNO LUCAS 16.23 O Milênio Editado por: Pr. Jonas Freitas de Jesus