O slideshow foi denunciado.

Apresentando o OpsWorks - Bemobi

470 visualizações

Publicada em

Apresentação interna sobre o OpsWorks em 02/04/2015. O conteúdo aborda uma introdução sobre a cultura devops, infraestrutura ágeil, aspectos técnicos, e em seguida traz conceitos, funcionalidades e visão geral sobre o OpsWorks

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentando o OpsWorks - Bemobi

  1. 1. OpsWorks Bemobi
  2. 2. Visão geral sobre cultura DevOps Introdução sobre Infraestrutura Ágil O que é o OpsWorks Conceitos do OpsWorks Demo Roteiro
  3. 3. O que é DevOps?
  4. 4. DevOps – designing processes for coordinating software development teams with IT operations teams. - IBM …modern applications, running in the cloud, still need to be resilient and fault tolerant, still need monitoring, still need to adapt to huge swings in load, etc. But those features, formerly provided by the IT/operations infrastructures, now need to be part of the application, particularly in “platform as a service” environments. Operations doesn’t go away, it becomes part of the development. And rather than envision some sort of uber developer, who understands big data, web performance optimization, application middleware, and fault tolerance in a massively distributed environment, we need operations specialists on the development teams. The infrastructure doesn’t go away – it moves into the code; and the people responsible for the infrastructure, the system administrators and corporate IT groups, evolve so that they can write the code that maintains the infrastructure. Rather than being isolated, they need to cooperate and collaborate with the developers who create the applications. This is the movement informally known as “DevOps”. - Mike Loukides DevOps is the practice of operations and development engineers participating together in the entire service lifecycle, from design through the development process to production support. - The Agile Admin Manifesto Ágil - http://agilemanifesto.org/iso/ptbr/principles.html Agile Infrasctrucure Agile Development Dev & Ops Cooperation The problem are the machines! The problem aren't the machines, but the code! At my machine works! Infrastructure as a code
  5. 5. “ Este é futuro. Em um ambiente com dezenas, centenas ou milhares de máquinas virtuais, vários SOs e várias linguagens de programação usadas pelos desenvolvedores, o método de trabalho “na unha” está morto. Aprender Ruby, Python e tecnologias Cloud não é mais opcional, mas mandatório. Times de infra protegem o valor do negócio. Times de desenvolvimento aumentam o valor do negócio. É preciso eliminar conflitos entre times de Desenvolvimento e Operações para que ambos cooperem para o negócio fluir. Isto é DevOps! “Infrastructure as Code”
  6. 6. Pilares da Cultura DevOps - Cultura - Colaboração - Fim das divisões - Relação saudável entre as áreas - Mudança de comportamento - Automação - Deploy - Controle - Monitoração - Gerência de Configuração - Orquestração
  7. 7. Pilares da Cultura DevOps - Avaliação - Métricas - Medições - Performance - Logs e Integração - Compartilhamento - O feedback é tudo - Boa comunicação entre a equipe
  8. 8. - Infraestrutura como código - Orquestração de servidores - Gerência de configurações - Provisionamento dinâmico de ambientes Aspectos técnicos
  9. 9. - Controle de versões - Ambientes de desenvolvimento, homologação e produção (no mínimo) - TDD/TDI: Desenvolvimento e Infraestrutura guiado por testes onde novas funcionalidades/ambientes iniciam com a criação de testes - Infra participando nos projetos deste o início Aspectos técnicos
  10. 10. - Infra em reuniões de dev - Dev em reuniões de infra - Ambiente de entrega contínua [1] - Os desenvolvedores devem conseguir fazer o deploy sem interferência da infra - no mundo perfeito [2] Aspectos técnicos
  11. 11. Time de Infraestrutura ágil - Versionamento do código e arquivos de configuração (git) - Organização de atividades de forma visual (KANBAN BOARD) - Trabalho em pares
  12. 12. Time de Infraestrutura ágil - Divisão das atividades em sprints - Reuniões ágeis diárias (standup meeting de 10 minutos - em pé) - Reuniões ágeis periódicas (retrospectiva e planejamento de sprints).
  13. 13. Ferramentas de Infraestrutura Ágil 1. Orquestradores 2. Gerenciamento de Configuração 3. Bootstrapping e Provisionamento
  14. 14. 1. Orquestradores Execução de comandos e controle de instâncias. Fabric Capistrano Mcollective Foreman Mina
  15. 15. 2. Gerenciamento de Configuração Centralização de configurações e facilidade na administração de ambientes. Puppet Chef Cfengine Salt Ansible Vagrant
  16. 16. 3. Bootstrapping e Provisionamento Instalação do sistema operacional (Físico/Virtual/Cloud). Kickstart Cobbler Satellite
  17. 17. Opsworks = All In One - Orquestração - Gerência de Configuração - Bootstrappping
  18. 18. O que é OpsWorks
  19. 19. “O OpsWorks é a ferramenta que permite criar e gerenciar stacks e aplicações. Com ele você pode provisionar recursos na AWS, gerenciar a configuração e fazer o deploy de aplicações.
  20. 20. - Baseado no Chef (http://chef.io) - Cookbooks - Default (Github) - Custom - Receitas OpsWorks - Introdução
  21. 21. - Stack A base de um ambiente. Pode ser entendido como se fosse um container para os recursos (instâncias, ebs, rds, eip). Auxilia a gerenciar e organizar os recursos como um grupo. OpsWorks - Conceitos
  22. 22. - Layer Onde os componentes da stack são definidos, assim como seus papéis e funções dentro do ambiente. Por exemplo, layer de servidores web, layer de proxy, layer de servidores de backend, frontend, etc. OpsWorks - Conceitos
  23. 23. - Layer Na layer estão as configurações para todos os integrantes com a mesma função, por exemplo, as recipes, configurações de rede (elb, pip, eip), volumes ebs e security groups. OpsWorks - Conceitos
  24. 24. - Recipes O cookbook é um conjunto de receitas, que podem ser utilizadas de modo customizado ou default. As receitas são onde definimos como queremos que determinado recurso seja criado/instalado/configurado no nosso ambiente. OpsWorks - Conceitos
  25. 25. - Recipes Default: Utiliza as recipes do OpsWorks no Github Custom: Você cria suas receitas e as utiliza. OpsWorks - Conceitos
  26. 26. - LifeCycle: São eventos de execução de tarefas e recipes nas layers - Setup - Configure - Deploy - Undeploy - Shutdown OpsWorks - Conceitos
  27. 27. - Instâncias Representa um recurso computacional, como uma instância EC2. Define configuração básica como SO e tamanho. OpsWorks - Conceitos
  28. 28. - Instâncias - Tipos: - 24x7 - Load based - Time-Based * Auto-Heal * Integração EC2 fora do OpsWorks * Integração On-Premise OpsWorks - Conceitos
  29. 29. - Apps Aplicações à serem disponibilizadas no ambiente. Cada uma é representada por um app, que especifica o tipo de aplicação e contém informações para que o OpsWorks realize o deploy. OpsWorks - Conceitos
  30. 30. - Apps No deploy de uma app, as recipes do lifecycle de Deploy são executadas na instância através da realização do download da app do repositório para a instância. * O repositório pode ser no Git, S3, SVN ou um link HTTP ** As receitas do lifecycle de deploy também podem realizar tarefas de configuração ou restart de serviços. OpsWorks - Conceitos
  31. 31. Demo
  32. 32. Obrigado! Perguntas? Ricardo Martins

×