Hornero: El Mejor Arquitecto  Uruguayo: O joãO-de- barro VAI CLICANDO
Fotografado por  Daniel Carajal  no Uruguai é muito sugestiva. Observe a solidez da construção.  Ele conta que os pássaros...
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA: O joão-de-barro ( Furnarius rufus ) encontra-se desde Minas  Gerais e Mato Grosso até a Argentina...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hornero constructor mr

3.729 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Hornero constructor mr

  1. 1. Hornero: El Mejor Arquitecto Uruguayo: O joãO-de- barro VAI CLICANDO
  2. 2. Fotografado por Daniel Carajal no Uruguai é muito sugestiva. Observe a solidez da construção. Ele conta que os pássaros curiosamente não trabalhavam aos domingos. Ficaram 3 meses na construção, trabalhando de 8 a 10 horas por dia.
  3. 31. DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA: O joão-de-barro ( Furnarius rufus ) encontra-se desde Minas Gerais e Mato Grosso até a Argentina e Uruguai, onde é conhecido como Hornero. Um outra espécie habita o norte do Brasil e é conhecida como maria-de-barro, oleiro ou amassa-barro. É admirável a habilidade com que esta ave constrói a sua casa nos postes, nas traves das porteiras ou nos galhos de árvores. O ninho consiste em uma bola de barro, dividida em dois compartimentos. A porta, que permite ao pássaro entrar sem se abaixar, impede que o vento atinja o interior, pois é sempre voltada para o norte. Macho e fêmea ocupam-se ativamente da construção, transportando grandes bolas de barro que são amassadas com os bicos e com os pés. No compartimento maior, forrado com musgo, cabelos e penas, a fêmea deposita de 3 a 4 ovos, três vezes ao ano. O joão-de-barro é pouco menor que um sabiá, porém mais delgado. Sua cor é cor de terra, com a garganta branca e a cauda avermelhada. É uma ave alegre que gosta de conviver com o homem. Vivem em casais e passam os dias a gritar em curiosos duetos. MITO DA FLORESTA O João de Barro é tido como passarinho trabalhador e inteligente. Seu canto parece uma gargalhada (no Sul dizem que, quando ele canta, é sinal de bom tempo) e é amigo de todos, lutando para salvar seu ninho, sua casa. A fêmea, conhecida como "Joaninha-de-barro", ajuda na construção do ninho, mas parece não ser muito fiel, abandonando o macho. Conta a lenda que o João-de-Barro, que é fiel até o fim e por isso, quando percebe que a fêmea mudou de amor, tampa a abertura da casa, fechando-a para sempre. Miguel - migueldurante@gmail.com

×