PSD RIO TINTO                                                                            E D I Ç Ã O n º 1       j u n h o...
Página          2                                          Centralidade para a CIDADE!       Crónica                      ...
EDIÇÃOnº1             junho      2012                                                                                Págin...
Nova Comissão Política PSD Rio TintoNo passado dia 15 de junho realizou-se o jantar de Tomada de Posse da Comissão Polític...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Newsletter 1 junho 2012

381 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Newsletter 1 junho 2012

  1. 1. PSD RIO TINTO E D I Ç Ã O n º 1 j u n h o 2 0 1 2 Editorial Presidente Alfredo CorreiaNesta edição: Caros(as) Companheiros(as), Vimos à vossa presença através desta newsletter ( a número 1) e esforçar-nos-emos para queEditorial tenha uma periodicidade mensal, onde informaremos toda a comunidade sobre a nossa ação emDeputados PSD 1 prol da defesa dos direitos dos cidadãos riotintenses.Instantâneos No passado dia 15, tomou posse a nova comissão política do núcleo do PSD de Rio Tinto sob a máxima tríade, Rigor, Trabalho e Progresso para a nossa terra. 2Crónica Estaremos aqui, atentos e ativos a trabalhar para e pelos cidadãos como nós, ávidos de justiça, mais solidariedade, mais oportunidades para fazer crescer o empreendedorismo e a economia emAtividades Rio Tinto. 3-Jantar de Tomada deposse Queremos a cidade de Rio Tinto mais Forte, mais Cultural, mais Social, mais Viva e mais-Visitas Criativa!Nova Comissão 4 Devido aos problemas financeiros que todos atravessamos, este nosso boletim estará disponívelPolítica online, embora, pensando nos mais idosos, os que não têm acesso à Internet e para eles imprimi- remos em suporte de papel para que possam também estar informados sobre a nossa ação e aAgenda 4 nossa vontade de Crescer e fazer Crescer Rio Tinto! Precisamos de todos pois com Todos vamos Mudar Rio Tinto para Melhor! Até Julho, antes das férias voltaremos ao v/contacto com mais novidades. Um abraço solidário, Vozes do PSD na Assembleia de Freguesia Alfredo Correia Teófilo Pereira Ana Rodrigues Fernando Salgado Instantâneos  Centralidade para a CIDADE! (crónica)  Rio Tinto—Uma Cidade de Desafios. (tertúlia)  Nova Comissão Política. ( grupo de trabalho)
  2. 2. Página 2 Centralidade para a CIDADE! Crónica RIO TINTO, Cidade há 17 anos! Quem diria?! Aos 17 anos um adolescente está a entrar na idade adulta. Se foi bem orientado des- de os seus primeiros meses de vida, se o Meio não lhe foi deveras hostil e se a Hereditarie- dade não o fez herdar uma adversidade maléfica, estará então, no centro de um caminho a seguir possuindo já pilares fortes para a edificação do adulto seguro, capaz, decidido, com um projeto para cumprir, uma estrutura à volta da qual irá crescer e desenvolver-se como ser autónomo e único que é. Será assim com a adolescente cidade de Rio Tinto?Maria José Guimarães - Não é o que observo, o que sinto, o que vivencio aqui, todos os dias, nesta cidade que é também- Licenciada em Ensino de Português e Francês minha! - Onde estão os Pilares fortes desta minha, nossa cidade?- Mestre em Relações Inter- culturais -Nos seus HABITANTES, sem dúvida. Mas, os Riotintenses, lutadores, na sua qualidade de residentes urbanos, não merecem uma cidade MELHOR? Uma cidade que tenha ao seu leme agentes capazes de a tornar uma cidade com um caráter único (porque o tem), uma cidade que seja orientada para um cresci- mento/desenvolvimento sustentável? Então, precisamos, para que RIO TINTO – Cidade- possa entrar na Maioridade com determi- nação, de um dinamismo concentrado na sua condição de urbanidade, de uma maior aber- tura às cidades circundantes, como Porto, Maia, Valongo, estabelecendo protocolos, novos encontros intergeracionais, que promovam movimentos ativos onde as relações sociais e as diferenças sejam constantemente negociadas e moldadas, promotoras, portan- to, de inclusão, de novos projetos… Não será assim, uma nova conceção de Cidade, interativa, conectada ao exterior, aberta à Mudan- ça, atenta aos seus cidadãos, centrada nas suas necessidades e nos seus desafios, envol- vendo a sua gente e acolhendo e desenvolvendo parcerias que a cidade se vai tornar mais P S D R I O T I N T O atrativa, mais autónoma? A nossa cidade não é uma cidade dormitório, aqui há vida própria, há estruturas económico- financeiras capazes de fazer crescer esta Cidade, não as deixemos afundar, é preciso revitalizar a nossa indústria, o comércio, os serviços… É certo que não podemos tratar as cidades todas da mesma forma, mas não falta em Rio Tinto uma CENTRALIDADE? Um espaço dentro da cidade, que a caraterize? Onde os seus habi- tantes possam sentir, “este é o centro da minha cidade,” aqui, eu tenho a Biblioteca, aqui é o Centro Cultural, aqui é o Polidesportivo, aqui temos o Parque Natural, com as margens verdejantes do Rio Tinto, onde as crianças podem correr… ou, mostrar aos amigos de outras paragens, os visitantes da cidade, “aqui é o Centro de Rio Tinto…” Precisamos, portanto, arregaçar as mangas e fazer crescer Rio Tinto no sentido do Progresso, recorrendo a uma metodologia multidisciplinar e inovadora onde se pense em primeiro lugar nas pessoas. Para tal, temos de trabalhar os instrumentos existentes, torná-los vivos, sustentáveis, operacionais, incrementar medidas e levantar a auto estima dos cidadãos Riotintenses para, juntos, acreditarem que é possível tornar RIO TINTO uma cidade de Bem -estar onde dá gosto viver e abrir assim a estrada às novas gerações, ávidas de esperança para prosseguir o projeto da (RE) construção da sua Terra: RIO TINTO -Cidade – Tem de CRESCER BEM! PSD RIO TINTO
  3. 3. EDIÇÃOnº1 junho 2012 Página 3PSD visita as Coletividades... Objetivos das nossas Grupo Dramático Beneficente de Grupo Folclórico Infantil Nossa visitas: Rio Tinto Sra. da Lapa Esta coletividade surgiu do firme pro- Desde 1983 esta Associação “dá a - Dar a conhecer a nova pósito de “socorrer os mais pobres” conhecer danças e costumes do comissão política do por parte de um grupo de jovens em Douro Litoral”. núcleo do PSD de Rio 1936. Nesta visita pudemos constatar Tinto; A nossa visita revelou-nos que muito que apesar das dificuldades finan- - Transmitir a visão do do espírito e dos objetivos inicialmente ceiras este grupo continua empe- núcleo face ao trabalho traçados continuam ainda hoje a ser nhado em manter viva a tradição das coletividades; perseguidos. do folclore. - Sentir os anseios e os A atividade artística, seja pela dança, Atualmente, o grupo embora hete- projetos das coletivida- seja pelo teatro, são rogéneo, conta na sua maioria com des; uma constante que jovens e crianças, o que é sinal de dignifica Rio Tinto. continuidade... - Perspetivar possibili- dades futuras… -Contamos consigo!Caro(a) Companheiro(a),A nossa Newsletter é mensal , o nº1 em Junho. O nº 2 sairá em Julho, bem antes das férias. Contamosconsigo para nos dar sugestões e assim podermos ter uma comunicação atual, ativa , crítica e interventi-va...Ficamos a aguardar ideias e sugestões para o email: cp.psd.riotinto@gmail.com
  4. 4. Nova Comissão Política PSD Rio TintoNo passado dia 15 de junho realizou-se o jantar de Tomada de Posse da Comissão Política do Núcleo do PSD de Rio Tinto.O evento contou com mais de uma centena de militantes e simpatizantes, com os representantes dos núcleos das freguesias limítro-fes, bem como, elementos da Concelhia e da Distrital.O jantar realizou-se no Restaurante Madureiras Grill em Rio Tinto, onde uma extraordinária família laranja deu as boas vindas ànova Comissão Política.Sendo assim, a nova Comissão Política tem a seguinte composição: Presidente: Vogais: Alfredo Correia Manuel Martins Ana Rodrigues Vice-presidente(s): Delmira Queirós Maria Espirito Santo Maria José Guimarães Carlos Ferreira Luís Araújo Bruno Pinto José Alba Tesoureiro: Gustavo Ferreira Carlos Teixeira Fernando Delindro Pedro Sardinha Tiago PintoTemos vontade , força, determinação e acreditámos que podemos fazer o melhor trabalho possível pela nossa freguesia. Comissão Política PSD Rio Tinto Ag e n d a Comissão Política 5 de Julho—21:00 h PSD RIO TINTO Tertúlia: “Rio Tinto—uma cidade de desafios” Local: Café City Jovem na Cidade Jovem http://psdriotinto.blogspot.com Procurar PSD Rio Tinto 6 de Julho http://twitter.com/psdriotinto Visita à Banda Marcial de S. Cristóvão Telemóvel: 91 2298719/ 93 3289801 Mês de Julho E-mail: cp.psd.riotinto@gmail.com Visitas na freguesiaFicha Técnica:Diretor: Dr. Alfredo Correia (Licenciado em Economia) Disponível online em:Redação: Dra. Maria José Guimarães (Licenciada em Ensino de Português e Francês e Mestre em Relações Interculturais)Design Gráfico: Dr. Carlos Ferreira (Licenciado em Geografia — Ramo Educacional) e Dr. Gustavo Ferreira, Mestre em Contabilidade)Colaboradores: Dr. Fernando Sardinha (Licenciado em Economia e Sr. Carlos Teixeira (Diretor Comercial)

×