Proteger a mãe natureza

433 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Proteger a mãe natureza

  1. 1. Grupo do Conservatório de Música do Porto Proteger a Mãe Natureza.Porque tudo o que possuímos é obra sua.
  2. 2. IntroduçãoNeste trabalhoverão imagensde um terreno,há muitos anospropriedade daminha família,onde apenas seouve e se respiraa Natureza.
  3. 3. Junto a um rio, ali apenas se ouve o rumor daságuas que deslizam mansamente rumo ao mar.
  4. 4. No meio do rio, alguns troncos nustestemunham ainda a voracidade das chamasque por vezes engolem parte da vida existente neste maravilhoso lugar paradisíaco.
  5. 5. Contudo, a Natureza é demasiado forte para sedeixar vencer e, tal como a Fénix, renasce das cinzas.
  6. 6. Carvalhos centenários, autênticos monarcas da floresta, mantêm-se de cabeça erguida, orgulhosamente verticais.
  7. 7. E sob estes gigantes pulsa a vida selvagem e indomável.
  8. 8. Com sorte, além das borboletas, podem ser vistos lobos, esquilos, coelhos, javalis,aranhas, e várias espécies de aves: perdizes, pica-paus, rolas, cucos, pardais,…
  9. 9. Contudo, o fogo deixa marcas indeléveis: onde outrora verdejavam pinheiros, crescem agora plantas rasteiras, como urzes, giestas, tojos, carquejas, entre outros.
  10. 10. E até casas que não sobreviveram aos incêndios para contar a história.
  11. 11. Porém, os pinheiros teimam em renascer.
  12. 12. Como é que nós, alunos numa grandecidade, podemos ajudar a proteger a floresta?
  13. 13. Há várias coisas que podemos fazer para evitar adesflorestação.-Reciclar e reutilizar materiais que são feitos à base demadeira, como, por exemplo, papel (vamos lá usartodas as páginas dos nossos cadernos…).-Plantar árvores ou participar em campanhas cujoobjectivo seja a reflorestação.-Criar sites e páginas que influenciem as consciênciaspara o crescente problema que é a desflorestação e assuas consequências devastadoras.
  14. 14. O que podemos fazer para evitar incêndios?- Devemos ter cuidados quando realizamos osnossos pic-nics: escolher um dia nem muitohúmido nem muito seco, isolar a fogueira compedras e ter cuidado com o vento para que ofogo não alastre.- Outra coisa, é nunca deixar objectos de vidrono chão, porque, se eles fizerem de lupa e se ofoco atingir o solo haverá decerto umincêndio.
  15. 15. Os exemplos que eu expus são uma pequena fracção das medidas que podem ser tomadas em defesa da floresta.E eu peço-vos: por favor, sempre que tomarem decisões que possam afectar o ambiente, pensem nas borboletas, nos riachos, em tudo o que há de bom e que pode ser destruído. Pensem duas vezes, porque as florestas dão vida e valem a pena.
  16. 16. Grato pela vossa atenção, Pedro Marques, nº 15, 8ºB

×