SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
Jesus Ressuscitou,
e daí?
sábado, 6 de julho de 13
Jesus Ressuscitou, e daí?
Ele Veio para Morrer e foi por
nós
sábado, 6 de julho de 13
Jesus Ressuscitou,
e daí?
Sábado Depois da Morte
Esperança em Meio a Desesperança
sábado, 6 de julho de 13
“Após a travessia, uma imensa multidão formou-se
à beira-mar. Um dos líderes da sinagoga, chamado
Jairo, foi falar com Jesus. Ajoelhou-se diante dele e
suplicou: “Minha filhinha está à beira da morte.
Vem comigo e impõe as mãos sobre ela para que
melhore”. Jesus foi com ele, e a multidão inteira os
acompanhou, apertando-o e empurrando-o.”
sábado, 6 de julho de 13
Enquanto ele ainda falava, algumas pessoas
chegaram da casa do líder da sinagoga e
informaram: “Sua filha morreu. Por que continuar
incomodando o Mestre?”. Ouvindo o que diziam,
Jesus tranquilizou o homem: “Não dê atenção a
eles, apenas confie em mim”. Ele não permitiu que
ninguém fosse com ele, exceto Pedro, Tiago e
João. Entraram na casa, abrindo caminho entre os
fofoqueiros, sempre ávidos por uma novidade, e
pelos vizinhos, que haviam trazido comida. Jesus
foi ríspido com eles:
sábado, 6 de julho de 13
“Por que todo esse falatório e essa choradeira sem
sentido? A criança não está morta; está dormindo!” As
pessoas na casa zombavam dele, achando que ele não
sabia o que estava dizendo. Contudo, Jesus dispensou
todos eles, chamou o pai e a mãe da criança e seus
companheiros e entrou no quarto da menina. Segurando a
mão dela, ordenou: “Talita cumi”, que significa: “Menina,
levante-se!” Ela se levantou e começou a andar! A menina
tinha 12 anos de idade. Os pais, obviamente, não
continham a alegria, mas Jesus deu ordens estritas para
que não contassem nada a ninguém e ordenou: “Deem a
ela alguma coisa para comer”.
Mateus 5.12-24 e 35-43
sábado, 6 de julho de 13
O texto mostra que Jesus é a
esperança dos
desesperançados. O impossível
pode acontecer quando Jesus
intervém.
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a Jesus
com um senso de urgência
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a Jesus
com um senso de urgência
O sofrimento muitas vezes pavimenta o
nosso caminho para Deus.
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
transpor barreiras para ir a Jesus
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
transpor barreiras para ir a Jesus
Barreira da Posição
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
transpor barreiras para ir a Jesus
Barreira da Posição Barreira da Oposição
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
prostrar-se aos pés de Jesus
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
prostrar-se aos pés de Jesus
Jairo se humilhou diante de Jesus.1
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
prostrar-se aos pés de Jesus
Jairo se humilhou diante de Jesus.1
Jairo clamou com perseverança.2
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
prostrar-se aos pés de Jesus
Jairo se humilhou diante de Jesus.1
Jairo clamou com perseverança.2
Jairo clamou com fé.3
sábado, 6 de julho de 13
O desespero de Jairo levou-o a
prostrar-se aos pés de Jesus
Jairo se humilhou diante de Jesus.1
Jairo clamou com perseverança.2
Jairo clamou com fé.3
Jesus vai com Jairo Levando Esperança para o seu
desespero
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco podemos ter a
certeza que ele se importa com a nossa dor
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco podemos ter a
certeza que ele se importa com a nossa dor
Jesus se importa com você. Sua causa
toca-lhe o coração.
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco os imprevistos humanos
não podem frustrar os propósitos divinos
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco não precisamos
temer más notícias
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco não precisamos
temer más notícias
As más notícias podem nos
abalar, mas não abalam o nosso
Senhor. Elas podem pôr um fim
nos nossos recursos, mas não
nos recursos de Jesus.
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco não precisamos
temer más notícias
As más notícias podem nos
abalar, mas não abalam o nosso
Senhor. Elas podem pôr um fim
nos nossos recursos, mas não
nos recursos de Jesus.
Quantos as coisas parecem totalmente
perdidas, com Jesus elas ainda não estão
perdidas.
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco não
precisamos nos impressionar com
os sinais da morte
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco, a morte
não tem a última palavra
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco, a morte
não tem a última palavra
Hoje ele dá vida aos que estão
mortos em seus delitos e pecados.
sábado, 6 de julho de 13
Quando Jesus vai conosco, o choro
da morte é transformado na alegria
da vida.
sábado, 6 de julho de 13
Jesus é a esperança dos
desesperançados.
sábado, 6 de julho de 13

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Só por amor
Só por amorSó por amor
Só por amor
mmboanova
 
Nome sobre todo nome
Nome sobre todo nomeNome sobre todo nome
Nome sobre todo nome
Robson Carmo
 
Humildade A Beleza Da Santidade
Humildade   A Beleza Da SantidadeHumildade   A Beleza Da Santidade
Humildade A Beleza Da Santidade
guestf162c0
 

Destaque (20)

Uma resposta para si mesmo
Uma resposta para si mesmoUma resposta para si mesmo
Uma resposta para si mesmo
 
Tende VóS
Tende VóSTende VóS
Tende VóS
 
Só por amor
Só por amorSó por amor
Só por amor
 
Fundamentos
FundamentosFundamentos
Fundamentos
 
Poucos recursos, grandes resultados!
Poucos recursos, grandes resultados!Poucos recursos, grandes resultados!
Poucos recursos, grandes resultados!
 
FéFé
 
Saco De Carvao
Saco De CarvaoSaco De Carvao
Saco De Carvao
 
Escola 1 fé em jesus
Escola 1   fé em jesusEscola 1   fé em jesus
Escola 1 fé em jesus
 
Ele é contigo
Ele é contigoEle é contigo
Ele é contigo
 
A dimensão da fé 2
A dimensão da fé   2A dimensão da fé   2
A dimensão da fé 2
 
FéFé
 
Fé humana e fé divina!
Fé humana e fé divina!Fé humana e fé divina!
Fé humana e fé divina!
 
Princípios Básicos de fé
Princípios Básicos de féPrincípios Básicos de fé
Princípios Básicos de fé
 
Filipenses (Estudo 2)
Filipenses (Estudo 2)Filipenses (Estudo 2)
Filipenses (Estudo 2)
 
Retorno à Vida Corporal
Retorno à Vida CorporalRetorno à Vida Corporal
Retorno à Vida Corporal
 
SEMELHANTES A CRISTO
SEMELHANTES A CRISTOSEMELHANTES A CRISTO
SEMELHANTES A CRISTO
 
Nome sobre todo nome
Nome sobre todo nomeNome sobre todo nome
Nome sobre todo nome
 
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
 
Humildade A Beleza Da Santidade
Humildade   A Beleza Da SantidadeHumildade   A Beleza Da Santidade
Humildade A Beleza Da Santidade
 
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola DominicalJESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
JESUS, O MODELO IDEAL DE HUMILDADE – Lição 04 – Escola Dominical
 

Mais de Tiago de Souza

Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de JesusQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Tiago de Souza
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Tiago de Souza
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nósJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Tiago de Souza
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazioJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Tiago de Souza
 

Mais de Tiago de Souza (20)

Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1
 
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
 
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
 
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
 
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
 
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de LiderarLiderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
 
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de JesusDia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
 
Disciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoDisciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - Oração
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de JesusQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de PauloQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
 
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de DaviQuando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da DescrençaVivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
 
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igrejaConversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nósJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazioJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de anunciar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de anunciar JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de anunciar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de anunciar Jesus
 

Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte

  • 2. Jesus Ressuscitou, e daí? Ele Veio para Morrer e foi por nós sábado, 6 de julho de 13
  • 3. Jesus Ressuscitou, e daí? Sábado Depois da Morte Esperança em Meio a Desesperança sábado, 6 de julho de 13
  • 4. “Após a travessia, uma imensa multidão formou-se à beira-mar. Um dos líderes da sinagoga, chamado Jairo, foi falar com Jesus. Ajoelhou-se diante dele e suplicou: “Minha filhinha está à beira da morte. Vem comigo e impõe as mãos sobre ela para que melhore”. Jesus foi com ele, e a multidão inteira os acompanhou, apertando-o e empurrando-o.” sábado, 6 de julho de 13
  • 5. Enquanto ele ainda falava, algumas pessoas chegaram da casa do líder da sinagoga e informaram: “Sua filha morreu. Por que continuar incomodando o Mestre?”. Ouvindo o que diziam, Jesus tranquilizou o homem: “Não dê atenção a eles, apenas confie em mim”. Ele não permitiu que ninguém fosse com ele, exceto Pedro, Tiago e João. Entraram na casa, abrindo caminho entre os fofoqueiros, sempre ávidos por uma novidade, e pelos vizinhos, que haviam trazido comida. Jesus foi ríspido com eles: sábado, 6 de julho de 13
  • 6. “Por que todo esse falatório e essa choradeira sem sentido? A criança não está morta; está dormindo!” As pessoas na casa zombavam dele, achando que ele não sabia o que estava dizendo. Contudo, Jesus dispensou todos eles, chamou o pai e a mãe da criança e seus companheiros e entrou no quarto da menina. Segurando a mão dela, ordenou: “Talita cumi”, que significa: “Menina, levante-se!” Ela se levantou e começou a andar! A menina tinha 12 anos de idade. Os pais, obviamente, não continham a alegria, mas Jesus deu ordens estritas para que não contassem nada a ninguém e ordenou: “Deem a ela alguma coisa para comer”. Mateus 5.12-24 e 35-43 sábado, 6 de julho de 13
  • 7. O texto mostra que Jesus é a esperança dos desesperançados. O impossível pode acontecer quando Jesus intervém. sábado, 6 de julho de 13
  • 8. O desespero de Jairo levou-o a Jesus com um senso de urgência sábado, 6 de julho de 13
  • 9. O desespero de Jairo levou-o a Jesus com um senso de urgência O sofrimento muitas vezes pavimenta o nosso caminho para Deus. sábado, 6 de julho de 13
  • 10. O desespero de Jairo levou-o a transpor barreiras para ir a Jesus sábado, 6 de julho de 13
  • 11. O desespero de Jairo levou-o a transpor barreiras para ir a Jesus Barreira da Posição sábado, 6 de julho de 13
  • 12. O desespero de Jairo levou-o a transpor barreiras para ir a Jesus Barreira da Posição Barreira da Oposição sábado, 6 de julho de 13
  • 13. O desespero de Jairo levou-o a prostrar-se aos pés de Jesus sábado, 6 de julho de 13
  • 14. O desespero de Jairo levou-o a prostrar-se aos pés de Jesus Jairo se humilhou diante de Jesus.1 sábado, 6 de julho de 13
  • 15. O desespero de Jairo levou-o a prostrar-se aos pés de Jesus Jairo se humilhou diante de Jesus.1 Jairo clamou com perseverança.2 sábado, 6 de julho de 13
  • 16. O desespero de Jairo levou-o a prostrar-se aos pés de Jesus Jairo se humilhou diante de Jesus.1 Jairo clamou com perseverança.2 Jairo clamou com fé.3 sábado, 6 de julho de 13
  • 17. O desespero de Jairo levou-o a prostrar-se aos pés de Jesus Jairo se humilhou diante de Jesus.1 Jairo clamou com perseverança.2 Jairo clamou com fé.3 Jesus vai com Jairo Levando Esperança para o seu desespero sábado, 6 de julho de 13
  • 18. Quando Jesus vai conosco podemos ter a certeza que ele se importa com a nossa dor sábado, 6 de julho de 13
  • 19. Quando Jesus vai conosco podemos ter a certeza que ele se importa com a nossa dor Jesus se importa com você. Sua causa toca-lhe o coração. sábado, 6 de julho de 13
  • 20. Quando Jesus vai conosco os imprevistos humanos não podem frustrar os propósitos divinos sábado, 6 de julho de 13
  • 21. Quando Jesus vai conosco não precisamos temer más notícias sábado, 6 de julho de 13
  • 22. Quando Jesus vai conosco não precisamos temer más notícias As más notícias podem nos abalar, mas não abalam o nosso Senhor. Elas podem pôr um fim nos nossos recursos, mas não nos recursos de Jesus. sábado, 6 de julho de 13
  • 23. Quando Jesus vai conosco não precisamos temer más notícias As más notícias podem nos abalar, mas não abalam o nosso Senhor. Elas podem pôr um fim nos nossos recursos, mas não nos recursos de Jesus. Quantos as coisas parecem totalmente perdidas, com Jesus elas ainda não estão perdidas. sábado, 6 de julho de 13
  • 24. Quando Jesus vai conosco não precisamos nos impressionar com os sinais da morte sábado, 6 de julho de 13
  • 25. Quando Jesus vai conosco, a morte não tem a última palavra sábado, 6 de julho de 13
  • 26. Quando Jesus vai conosco, a morte não tem a última palavra Hoje ele dá vida aos que estão mortos em seus delitos e pecados. sábado, 6 de julho de 13
  • 27. Quando Jesus vai conosco, o choro da morte é transformado na alegria da vida. sábado, 6 de julho de 13
  • 28. Jesus é a esperança dos desesperançados. sábado, 6 de julho de 13