tmista
ĩampeão
Íal de judo

judoca da Acadẽrníca,
Zeỉção, Sagron-SE, este
ana, Vice-Carnpeão do
Mundìal de Veteranos
utou ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Costa ganha PS e corre a S. Bento

413 visualizações

Publicada em

Costa ganha PS e corre a S. Bento

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
413
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Costa ganha PS e corre a S. Bento

  1. 1. tmista ĩampeão Íal de judo judoca da Acadẽrníca, Zeỉção, Sagron-SE, este ana, Vice-Carnpeão do Mundìal de Veteranos utou em Málaga (Espa- rsllltado conseguỉdo na 3-601‹g l M4 foi, conjun- n ode Alexandrevìeíra, 42 (antígo atleta da Aca- ualrnente a representar r), D Inelhor resultado › por atletas da seleção omunícado de irnpren- ao DIÃRIO AS BEIRAS, ceíção era apontado dos favorítos para as ace ãs recentes classìñ- uadro de honra dos Eu- :jue jã parücìpou e, nos Ltẽ ă final, O conìmbrì- Ềsempre ỉlĩepreensĩvel. frente ao russo que jã ỉ Se sagrou vărìas vezes Jropeu e mundỉal Igor :io Conceíçăo seria Sur- corn um forte ataque Ỉtor, tcndo conseguído, dalha de prata. Jría de +100kg l M1, 0 joão Olỉveìra tambẽm vidêncía, ao alcançar O Ếpoís de ter sìdo afasta- lrt05"pe1O francẽs, que ice-Campeão, O acade- Eu nas repescagens urn ẽs, e perdeu na ñnal da 1. lrada para Teĩrno Alves, je veteranos, em -73kg Limbricense venceu os ros Cornbates, mas, aca- [O ao terccìro conlbatc Scagern, foi forçado a Ído a Iesão. l(-81kglM3)eRLúFon- VM4), não tìveram tanta am de fora das repesca- ìũonçatves DR L , -Ệ! uŕ Ẻnằ C0ìrĨ1Ểrấ. a equípa "veIĩcedora" rejubìlou pelo resul'tĨẵI‹ẵổẵn'ảỈaẩÌoỂí` 000 Antõrlỉo Costa ganhou as eleições ^'pIimã1'iaS" no PS e vai ser 0 candidato do partìdo ăs prõxi- mas Iegislativas. No concelho de Coỉrnbra, a lÌtỖIì`a ẽ ‹^esmagadora", atíngìndo Os 78 por cento. No paĩs, ãs 23H00, 0 “Site” do Pa11ỉdo Socia- Iìsta indicava uma Vítõlìa de Costa COII1 67,296 dos votos, contra 32,2% de Antônío Josẽ Seguro. NO concellìo de Coìrnbra estavam Ỉrlscritos 5.7] 3 mỉlitantes e silnpati- Zantes do PS. Destes, votaram 3.372, tendo Antõrlìo Costa obtìdo 2.642 Sufrãgios contra 713 de Seguro. A ũltìma Secção a ser apurada foi a maìor de todas, Santo Antônio dos Olỉvaìs, Onde Costa ganhou por 1001 a 1 86. _ Quanto ao dístrỉto, O DMRIO AS BEIRA5 apurOu,junt0 das duas can- dỉdaturas, que a percentagem final deverã Ser da Ordem dos 60 por cento para Antõnío Costa e de 40 por cento para AntỐnỈ0]osẽ SEg`1lI`0. Quanto ă dỉstríbuỉção das Vota- ções por Conceĩho, era Consensual que Segllro apenas ganhou em qua- tro munỉcĩpíosz Lousã, Penacova, Penela e Soure. Ao DLẮRIO AS BEIRAS, 0 díretor ,- da campanha de Antônìo Costa no dìstrìto, Mãrío Ruỉvo, saudou a "en0rrne vỉtõria" regỉstada em Coímbra e no dìstrìto, numa ”^de- monstraçăo Ỉnequĩvoca de que 0 paĩs deseja uma pOIĨÍ:íCa díferente numa nova 1ìderança”'. Por Seu turno, O coordenador da campanha vitoriosa no concelho de Coirnbra, Carlos Cỉdade, não es- condeu a "eufOrìa pelo resultado ar- rasador, que, tudo 0 Ỉrldíca, deverâ Serum dos Inaìores em todo O paĩs, paltìcularmente, nos grandes Inu- nỈcĨpỉOs”'. E concluíz '^AgOra, falta apcnas conquìstar O paĩs C derrotar Passos COeIhOy7. jã 0 lĩder da Federaçăo Dìst1'ỉtaI do PS, apoỉante de Seguro, corneçou por sublírllìar a dígnỉdade do ato e a elevada partìcipação, que fazern corn que 0 PS ẤKsaỈa maìs forte, rnaís mobílìzado E rnaís agregadOr`”. Por ísso, Pedro Coiĩnbra dã parabẽns aos dois contendores e remata: ”^A partir de agora, 0 PS tem urn Candi- dato a prỉrneìro-mìrìistro que ẽ de todos nõs E que todos queremos que derrote a dìreỉta E dê uma nova esperança aos pOrtugueses". I Fầulo Marques -ì-: ~”-` r-6 ` Iu vga' gv xp' ‹1`v.I eV :.I `°ỂắÉIfIIlI:ÁllIìIllẦkII!I lil Ì'‹II‹'“ă-L` Í'-JIIIỆII 23° 1.1' ya, Ricardo Cn Ả enq títul II den `- rú deñ O atuat mor recentemel próxima esí ou menos c tomar uma [he resta op e a bunda d e Seus efeít em suma. As eteỉções que acontel bro, estão e grau de Ínce final. E Ísso Desde logo Kneste caso de para se r estilo fecha perf0rman‹ Por Outro la trágico do C e a Ínusítad. trouxelam l to, emoçăo a[guẻm poc O candìdatc Neves, foi p Vlĩìma de ul pressorz O V que ele não das meữìor protagonist mente Se c‹ Nem 0 fact( reduz O a[h‹ gelal E o Se mento com do Sìstema Saủde, najL nua por fazá A economíz uma recess ensívet pen Ổ r-‹Ilf“-` - __.LẤ .Ả 250 uc r.-; -,-1 μìu cìalidades E depositou r Copa do ML -1 năoépalat O futuro esĩ .lIL1ỈỸlểĨ'Ể2Ỉẵl-1 -fẤẩV4.'IIlIC1ẩlrn¶ Ậ. 'r,`ìE 23 AỂÐ DE`sErEauạBRo Vítelão

×