O popplet tutorial

664 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
409
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O popplet tutorial

  1. 1. O Popplet é um serviço gratuito de acesso online que permite organizar ideias, além defacilitar a compreensão de planificações complexas. Oferece aos seus utilizadores umaplataforma de comunicação visual onde é possível colocar imagens, mensagens, vídeos,gerir links, pensar visualmente, criar diagramas e compartilhar e colaborar com outraspessoas, entre outros serviços.1 - Para utilizar o aplicativo, primeiramente, é preciso fazer um cadastro no site, a fim decriar uma conta individual para o utilizador. http://popplet.com/2 - Devemos prencher as informações solicitadas nos campos que aparecerem no ecrã ecompletar essa etapa.3 – Assim que terminarmos o registro, ou o login, somos redirecionados automaticamentepara a página de criação do nosso trabalho. Nesse momento, escolhemos o nome doprojeto e a cor de fundo que ele terá.4 - Ao clicar duas vezes em qualquer parte da tela, abre-se uma janelinha de edição.Nessa pequena caixa, devemos dar nome aos itens que vão fazer parte do nosso mapamental. O nome do criador do popplet aparece em todas as caixas, no exemplo dado embaixo, uma Dianne é a mentora do projeto.5 - Cada janela de edição possui funcionalidades que podem ser personalizadas:a) “Change colors” é responsável pela alteração da cor que contorna o objeto.b) O botão “Type stuff” (A) tem a mesma utilização que um clique simples sobre acaixa: permite a inserção de texto.c) O terceiro da lista, "Draw things”, e simbolizado por um pequeno lápis, permite-nos desenhar figuras, a fim de ilustrar o quadro.d) Por último, o “Upload Things” possibilita-nos inserir arquivos a partir doFacebook, do Flickr, do YouTube ou de uma pasta localizada no computador.
  2. 2. 6 - Após criar várias caixas, podemos ligá-las puxando uma das bolinhas brancas comcontorno cinza, que aparecem nas quatro extremidades do objeto, até a outra caixa, coma qual desejamos criar uma relação. A linha entre as duas é criada automaticamente.7 - O fundo também possui possibilidades de edição. Podemos aproximar ou afastar avisão dos objetos com o botão do rato ou por meio da função “Zoom”, localizada na partesuperior do ecrã. A cor do fundo pode ser modificada a qualquer momento, por meio deum botão localizado a seguir à função “Zoom”.8 - No ícone de configurações, simbolizado por uma roda dentada, podemos, porexemplo, organizar todo o mapa mental de uma só vez, adicionar comentários, exportar oprojeto ou adicionar novos autores, ou seja, permitir que outras pessoas colaborem comcomentários, imagens e/ou videos.9 – Outro aspeto interessante desta ferramenta é a possibilidade de a podermos partilharcom amigos de redes sociais por meio do botão “Share”, que permite o envio do nossotrabalho diretamente para o Facebook, para o Twitter ou para o email de amigos. Alémdisso, nessa mesma tela, podemos embeber o seu código de incorporação, podendoinseri-lo em sites ou blogues que também sejam da nossa autoria.
  3. 3. 10 - A desvantagem desta ferramenta é o fato de não apresentar uma versão emportuguês. Ela é exibida inteiramente em inglês.Desejo a todos uma boa exploração e uma boa utilização desta ferramenta que mepareceu útil e de fácil utilização.Helena Quadrado

×