Escola Secundária da Lixa

O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis




             ...
O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis   2008/2009



Objectivo

   Construir um ca...
O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis   2008/2009



Material

       Placa de ma...
O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis   2008/2009



   6. Prender o motor ao resp...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Actividade Experimental Carrinho Fotovoltaico

1.060 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.060
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Actividade Experimental Carrinho Fotovoltaico

  1. 1. Escola Secundária da Lixa O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis Actividade Experimental Carrinho Fotovoltaico Equipa de Trabalho Diana Abreu Elisabete Costa Fernando Barbosa José Silva Manuel Vale Pedro Teles
  2. 2. O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis 2008/2009 Objectivo Construir um carrinho fotovoltaico. Introdução Teórica Como já sabes actualmente perante um consumo descontrolado das chamadas fontes de energia não renováveis, tem-se procurado alternativas. Uma delas consiste no aproveitamento da energia irradiada pelo Sol. A energia solar pode ser aproveitada sob a forma de energia térmica para cozinhar (através da construção de fornos solares) ou aquecer água (através da construção de colectores solares) ou pode ser convertida em energia eléctrica, utilizando as chamadas células fotovoltaicas. As células fotovoltaicas convertem a irradiação solar em electricidade a partir de processos que se desenvolvem ao nível atómico nos materiais de que são constituídas. A verdadeira compreensão deste fenómeno, levou cerca de cem anos a esclarecer, embora o processo de produzir corrente eléctrica em meio contínuo tenha sido relatado desde 1839. Os principais componentes da célula fotovoltaica, também designada pilha fotovoltáica correspondem às camadas (em sandwich) de materiais semicondutores onde é produzida a corrente eléctrica. Existem um número variado de materiais adequados para serem utilizados como uma pilha todos com vantagens e inconvenientes. Não se pode dizer actualmente, que existe um material semicondutor “ideal”, pois a sua utilização está directamente ligada à aplicação, ao seu custo, eficiência e duração. Além dos materiais semicondutores, a célula fotovoltaica apresenta dois contactos metálicos, em lados opostos, para fechar o circuito eléctrico. O conjunto encontra-se encapsulado entre um vidro e um fundo, essencialmente para evitar a sua degradação com os factores atmosféricos: vento, chuva, poeira, vapor…e assim manter as condições ideais de operação por dezenas de anos. Na actividade experimental que se segue, pretende-se construir um carrinho fotovoltaico ou seja dar a conhecer uma aplicação prática da energia solar fotovoltaica. Construção de um Carrinho Fotovoltaico Página 2
  3. 3. O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis 2008/2009 Material  Placa de madeira.  Duas células fotovoltáicas de 1V cada.  Um motor de. 3V.  Dois Eixos metálicos.  Quatro rodas de plástico.  Duas roldanas de plástico.  Um elástico.  Fios de ligação.  Serra eléctrica de recortes.  Parafusos e porcas.  Fio de arame. Procedimento Experimental 1. Colocar em cima da mesa todo o material necessário à concretização do projecto. 2. Utilizando a serra eléctrica de recortes, cortar a placa de madeira para construir o chassis. 3. Aplicar no chassis, lateralmente, dois cortes para encaixar as rodas. 4. Com o berbequim, fazer furos no chassis e fazer passar fios de arame por eles de forma a fixar os eixos metálicos, em cuja extremidade entretanto se colocou as rodas, à parte inferior do chassis. 5. Acoplar uma das roldanas com uma das rodas e a outra com o motor e fixar o suporte para o motor na placa de madeira com parafusos e porcas. Construção de um Carrinho Fotovoltaico Página 3
  4. 4. O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis 2008/2009 6. Prender o motor ao respectivo suporte com 2 fios de arame. 7. Colocar os dois painéis fotovoltaicos associados em série no chassis e ligá-los ao motor. 8. Expor o carrinho fotovoltaico ao Sol e aguardar. Observação Conclusão Construção de um Carrinho Fotovoltaico Página 4

×