Top picks julho13_2

189 visualizações

Publicada em

Top picks julho13_2

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
189
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Top picks julho13_2

  1. 1. Ibovespa registrou a maior queda desde Outubro de 2008. Cenário continua nebuloso Hugo RosaRP , CNPI Maurício Lersch, CNPI-P Larissa Nappo, CNPI-T O Ibovespa registrou quedas de 11,3% em Junho e de 22,1% no primeiro semestre de 2013. A impressionante magnitude das perdas é consequência de uma verdadeira tempestade perfeita, que reuniu uma combinação de fatores internos e externos, a saber: (i) fundamentos macroeconômicos fracos no Brasil, com inflação alta, crescimento baixo, volatilidade do câmbio e falta de credibilidade fiscal do governo; (ii) onda de protestos no Brasil ampliou as incertezas quanto às eleições de 2014 e a percepção de risco com relação a setores regulados; (iii) forte queda das ações do Grupo EBX, que contam com peso relevante no Ibovespa; (iv) sinalização do Federal Reserve de que o programa de compra de títulos poderá ser gradualmente retirado a partir de meados do 2S13, o que fortaleceu o dólar e contribuiu para a forte saída de recursos de mercados emergentes; e (v) deterioração das expectativas quanto à economia chinesa. Há que se ressaltar, contudo, que a composição do Ibovespa gera alguma distorção quanto a real performance das ações brasileiras, pois a queda acumulado do IBX 100 em 2013 está em cerca de 11%. Em Junho, todas as nossas carteiras performaram acima do Ibovespa: Top Picks, Top 5 e Top Picks Dividendos apresentaram desvalorizações de 7,1%, 10,0% e 3,9%, respectivamente (vs -11,3% do Ibovespa). No acumulado de 2013, estas carteiras apresentam performances de -10,7%, -8,0% e +2,7%, respectivamente (vs -22,1% do Ibovespa). Para Julho, seguimos com viés negativo para o mercado de ações e sugerindo carteiras com composições predominantemente defensivas. Apenas uma modificação foi realizada na Top Picks: substituímos Vale por Gerdau, pois a última conta com um cenário ligeiramente mais positivo no curto prazo, em nossa visão. Vale notar que nosso time responsável pela cobertura do setor de Mineração & Siderurgia elevou em Abril a recomendação de Gerdau para Compra devido à perspectiva de geração de fluxo de caixa livre já em 2013. Além disso, no Citi Brazil Equity Conference realizado ao final de Junho, o management da Gerdau adotou um tom moderadamente mais positivo quanto aos próximos resultados trimestrais. No ano, VALE5 cedeu 30,5%, enquanto GGBR4 acumula perda de 29,5%. Top Picks – Julho 2013 Entra: Gerdau Sai: Vale Preço Preço Dividend Retorno Empresa Código Setor 28-jun Alvo Yield Total AmBev AMBV4 Consumo 83,52 98,10 3,1% 20,6% Brasil Brokers BBRK3 Imobiliário 6,55 8,00 5,0% 27,1% Brasil Foods BRFS3 Consumo 48,45 59,95 1,4% 25,1% Cosan CSAN3 Energia 43,26 53,00 3,3% 25,8% Duratex DTEX3 Industrials 12,82 15,50 2,1% 23,0% Even EVEN3 Construção 7,88 12,30 3,3% 59,4% Gerdau GGBR4 Materials 12,61 18,00 2,1% 44,8% Itaú Unibanco ITUB4 Bancos 28,77 41,36 3,4% 47,2% Petrobras PETR4 Energia 16,18 27,25 5,1% 73,5% Tractebel TBLE3 Utilities 34,67 34,20 7,3% 5,9% Top 5 – Julho 2013 Entraram: Gerdau e AmBev Saíram: Even e Petrobras Preço Preço Dividend Retorno Empresa Código Setor 28-jun Alvo Yield Total AmBev AMBV4 Consumo 83,52 98,10 3,1% 20,6% Cosan CSAN3 Energia 43,26 53,00 3,3% 25,8% Gerdau GGBR4 Materials 12,61 18,00 2,1% 44,8% Itaú Unibanco ITUB4 Bancos 28,77 41,36 3,4% 47,2% Tractebel TBLE3 Utilities 34,67 34,20 7,3% 5,9% Top Picks Dividendos – Julho 2013 Preço Preço Dividend Retorno Empresa Código Setor 28-jun Alvo Yield Total AmBev AMBV4 Consumo 83,52 98,10 3,1% 20,6% CCR CCRO3 Transportes 17,70 20,00 2,4% 15,4% Tractebel TBLE3 Utilities 34,67 34,20 7,3% 5,9% Ultrapar UGPA3 Energia 53,12 54,50 2,7% 5,3% VIVO* VIVT4 Telecom 50,40 56,84 7,8% 20,6% *Preço-alvo e Dividend Yield são consenso Bloomberg. Cobertura Citi foi descontinuada em março/13. Top Picks Julho/2013
  2. 2. 2 1 de julho de 2013Top Picks, VISÃO TÉCNICA Ibovespa ainda dentro do canal de alta de longo prazo O Ibovespa segue em tendência de baixa. Pelo menos é o que vimos nos últimos anos. Desde 2010 estamos renovando fundos abaixo de fundos e topos abaixo de topos, como podemos ver no gráfico na região indicada pela linha vermelha. Porém, a tendência primária (longo prazo) é de alta, conforme o canal traçado desde o fundo de 1995. Vale notar que estamos na parte de baixo deste canal e, por este motivo, podemos esperar uma força compradora nesta região. Mesmo que este importante suporte venha a ser rompido, acreditamos que o mesmo deverá ser testado mais de uma vez. Por outro lado, um rompimento deste canal de alta, nos coloca em uma situação completamente diferente: tendência primária de alta mudaria para tendência de baixa, o que poderia fazer o Ibovespa chegar à região de 42.300 e até mesmo às mínimas de 2008, na região de 29.435. No curto prazo, o cenário segue indefinido. Após a forte queda dos meses passados, o índice segue trabalhando em cima do suporte de 46.300, que coincide com a reta principal do canal de alta de longo prazo. Ainda parece não haver força compradora suficiente para impulsionar o índice, o que nos faz esperar um novo teste no suporte de 46.300. Abaixo segue a nossa visão em relação às cinco ações que compõem a Top 5: GGBR4: Escolhemos a alteração de VALE5 por GGBR4 por acreditarmos que além de GGBR estar descontada, assim como VALE, esta apresenta uma perspectiva de retorno melhor, pois, graficamente, mesmo estando em uma tendência de baixa, vem apresentando maior força compradora. TBLE3: Optamos pela manutenção da TBLE3 porque vêm trabalhando em um canal de alta. Mesmo com a queda dos últimos meses, vem demonstrando força, e caindo menos do que seus pares. ITUB4: Após a forte queda do mês passado, continua em uma tendência de alta de longo prazo. Mostrou força na região de 27.60, e esperamos que em caso de movimento de queda, não caia mais de tal região. AMBV4: Sem tendência definida no curto prazo, acreditamos na característica defensiva da ação, que nos momento de crise não caiu tanto quanto demais ações do índice. CSAN3: Assim como AMBV4, esta sem tendência definida no curto prazo. Após as quedas do último mês, mostrou força no suporte de 40,70, região que acreditamos que não será ultrapassada caso ocorram novas quedas. Ibovespa Semanal Ibovespa Diário
  3. 3. 3 1 de julho de 2013Top Picks, Top Picks – Julho 2013 AmBev (AMBV4) – Top Picks / Top 5 / Top Picks Dividendos R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 13,4 12,5 P/L 20,6 18,9 Dividend Yield (%) 3,1 3,1 N eutro A M B V4 R $ 98,10 R $ 83,52 17,5 R $ 259.922  Boas perspectivas de crescimento, forte geração de caixa e distribuição regular de dividendos conferem resiliência em condições extremas de mercado;  Iniciativas para crescimento no volume de vendas combinadas com a mais resiliente estrutura de custos do setor dão suporte para a perspectiva de bons resultados. Brasil Brokers (BBRK3) – Top Picks R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 8,0 7,1 P/L 15,1 12,6 Dividend Yield (%) 5,0 5,9 C o mpra B B R K3 R $ 8,00 R $ 6,55 22,1 R $ 1.250  Gostamos das perspectivas de crescimento do setor, da lucratividade e dos dividendos potencialmente mais altos nos próximos anos;  Atual nível de valuation de Brasil Brokers parece ser ponto de entrada atrativo após a performance relativa mais fraca em relação a LPS Brasil nos últimos 3 meses;  Brasil Brokers conta com um dividend yield estimado alto e boas perspectivas de crescimento em termos de dividendos por ação. Brasil Foods (BRFS3) – Top Picks R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 11,1 10,0 P/L 22,0 19,4 Dividend Yield (%) 1,4 1,6 C o mpra B R F S3 R $ 59,95 R $ 48,45 23,7 R $ 42.165  Companhia deve registrar um crescimento significativo dos lucros em 2013 por conta da combinação dos seguintes fatores: recuperação das margens para exportação; estabilidade dos preços dos grãos; e conclusão dos desinvestimentos suspensões de marcas relacionados à fusão de Perdigão/Sadia;  Integração das redes de distribuição de Perdigão e Sadia permitirá a captura de sinergias operacionais estimadas em R$460 milhões (14% do EBITDA anual) até o final de 2013;  Acreditamos que o crescimento de 53% no EBITDA e a recuperação de mais de 300 bps na margem EBITDA em 2013 não estão totalmente incorporados aos preços.
  4. 4. 4 1 de julho de 2013Top Picks, Top Picks – Julho 2013 CCR (CCRO3) – Top Pick Dividendos R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 8,3 7,6 P/L 20,8 18,8 Dividend Yield (%) 2,4 2,7 N eutro C C R O3 R $ 20,00 R $ 17,70 13,0 R $ 31.251  Momento favorável em termos de resultados com alguns projetos novos ganhando tração;  Modelo de negócios defensivo e proteção contra a inflação através dos reajustes tarifários anuais;  Excelentes perspectivas de crescimento considerando o amplo portfólio de projetos de infra-estrutura que vai a leilão nos próximos anos;  Bom histórico de disciplina de capital e de execução. Cosan (CSAN3) – Top Picks / Top 5 R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 8,4 6,0 P/L 24,6 18,4 Dividend Yield (%) 3,3 1,0 C o mpra C SA N 3 R $ 53,00 R $ 43,26 22,5 R $ 17.522  Ação está sendo negociada a múltiplos baixos considerando uma média de empresas similares;  Safra mais forte e aumento no preço dos combustíveis devem beneficiar resultados no segmento de açúcar e álcool;  Simplificação de estrutura societária pode ocorrer em 2013 e seria bem recebida pelo mercado em nossa visão;  Após diversas aquisições e investimentos elevados, o fluxo de caixa livre deve ser positivo nos próximos anos, o que deve diminuir o endividamento da empresa e possibilitar o aumento dos dividendos;  Aumento na rede de lojas de conveniência e migração de postos “bandeira branca” deve contribuir para os resultados dos próximos anos. Duratex (DTEX3) – Top Picks R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 7,3 6,8 P/L 13,3 12,2 Dividend Yield (%) 2,1 2,7 N eutro D T EX3 R $ 15,50 R $ 12,82 20,9 R $ 7.747  Fundamentos sólidos para o mercado de painéis de madeira no Brasil, com uma demanda saudável, disciplina na oferta e aumentos reais nos preços;  Robustez dos últimos resultados trimestrais gera risco de upside nas estimativas do consenso.
  5. 5. 5 1 de julho de 2013Top Picks, Top Picks – Julho 2013 Even (EVEN3) – Top Picks R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 7,1 6,2 P/L 6,5 5,4 Dividend Yield (%) 3,3 7,7 C o mpra / R isco A lto EVEN 3 R $ 12,30 R $ 7,88 56,1 R $ 1.838  Nossa top pick no setor imobiliário em função do valuation atrativo, principalmente considerando o bom histórico de rentabilidade;  Companhia atua principalmente no segmento de média renda em alguns Estados do país. Este foco evitou que a empresa perdesse o controle dos custos como ocorreu na maioria do setor;  A Even mostrou bom desempenho em todas as etapas do ciclo de construção nos últimos anos como aquisição de terrenos, construção e securitização de recebíveis;  A Even apresentou bons resultados nos últimos trimestres. Gerdau (GGBR4) – Top Picks / Top 5 R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 7,4 6,3 P/L 13,8 9,0 Dividend Yield (%) 2,1 3,3 C o mpra GGB R 4 R $ 18,00 R $ 12,61 42,7 R $ 20.610  Vemos a Gerdau como relativamente defensiva quando comparada à Vale, que enfrenta dificuldades ocasionadas pelo fim do superciclo das commodities;  Com os investimentos quase concluídos em aços planos e em minério de ferro, a companhia deve passar a gerar fluxo de caixa livre e reduzir endividamento;  Principais catalisadores para a ação serão os pontos de inflexão do lucro e da geração de fluxo de caixa livre a partir do 2T13. Itaú Unibanco (ITUB4) – Top Picks / Top 5 R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA na na P/L 8,8 7,6 Dividend Yield (%) 3,4 3,9 C o mpra IT UB 4 R $ 41,36 R $ 28,77 43,8 R $ 144.226  Itaú Unibanco está sendo negociado a múltiplos baixos considerando o retorno elevado (ROE);  Inadimplência mostrou sinais de acomodação nos últimos meses e esperamos redução em 2013. Queda nos spreads até agora foi moderada;  Guidance para 2013 foi positivo e devem dar sustentação às ações no curto prazo.
  6. 6. 6 1 de julho de 2013Top Picks, Top Picks – Julho 2013 Petrobras (PETR4) – Top Picks R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 4,7 4,1 P/L 6,0 5,3 Dividend Yield (%) 5,1 5,4 C o mpra P ET R 4 R $ 27,25 R $ 16,18 68,4 R $ 200.864  Boas perspectivas de crescimento, forte geração de caixa e distribuição regular de dividendos conferem resiliência em condições extremas de mercado;  Iniciativas para crescimento no volume de vendas combinadas com a mais resiliente estrutura de custos do setor dão suporte para a perspectiva de bons resultados. Tractebel (TBLE3) - Top Picks / Top 5 / Top Picks Dividendos R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 7,3 5,8 P/L 13,7 13,5 Dividend Yield (%) 7,3 4,4 N eutro T B LE3 R $ 34,20 R $ 34,67 (1,4) R $ 22.631  Geração de caixa saudável no médio prazo;  Balanço sólido, que garante crescimento e dividendos;  Melhora em governança corporativa nas transferências de ativos do controlador (GDF Suez);  Gestão de custos e de riscos superior Ultrapar (UGPA3) – Top Picks Dividendos R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 11,1 9,5 P/L 22,2 18,3 Dividend Yield (%) 2,7 3,3 N eutro UGP A 3 R $ 54,50 R $ 53,12 2,6 R $ 28.494  Empresa possui um modelo de negócios defensivo e resultados bastante previsíveis;  Resultados recentes superaram nossas projeções e consenso do mercado e devem continuar dando sustentação às ações;  Mercado precificou um risco de mudança nas margens das distribuidoras recentemente, o que acreditamos ser pouco provável.
  7. 7. 7 1 de julho de 2013Top Picks, Top Picks – Julho 2013 Vivo (VIVT4) R ating C ó digo P reço -A lvo ¹ Último P reço Upside (%) M arket C ap (M ilhõ es) M últiplo s¹ (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 4,5 4,4 P/L 12,0 11,3 Dividend Yield (%) 7,8 8,0 1) Consenso Bloomberg Cobertura Citi descontinuada em M arço - VIVT 4 R $ 56,84 R $ 50,40 12,8 R $ 54.554  Ação possui um dividend yield elevado;  Fluxo de caixa elevado e estável por conta da exposição ao segmento de telefonia fixa;  Indicadores operacionais fortes, particularmente no mercado de telefonia móvel, onde a empresa é líder de mercado. Elevada base 3G e de planos “pós-pagos” no segmento de telefonia móvel garante uma rentabilidade elevada à empresa
  8. 8. 8 1 de julho de 2013Top Picks, PERFORMANCE – TOP PICKS Junho 2013 Preço Preço Retorno Empresa Código Setor 31-mai 28-jun AmBev AMBV4 Consumo 81,95 83,52 1,9% Brasil Foods BRFS3 Consumo 49,92 48,45 -2,9% Itaú Unibanco ITUB4 Bancos 32,39 28,77 -11,2% Petrobras PETR4 Energia 20,05 16,18 -19,3% Cosan CSAN3 Energia 47,30 43,26 -8,5% Even EVEN3 Construção 8,30 7,88 -5,1% Duratex DTEX3 Industrials 14,80 12,82 -13,4% Brasil Brokers BBRK3 Imobiliário 6,60 6,55 -0,8% Tractebel TBLE3 Utilities 36,95 34,67 -6,2% Vale VALE5 Mineração 28,65 27,05 -5,6% -7,1% Ibovespa IBOV 53.506 47.457 -11,3% Últimos 12 Meses 0,3% 1,3% 4,1% 0,3% 0,0% 6,5% 3,8% -2,2% -2,6% -0,3% -2,6% -7,1% 3,2% 1,7% 3,7% -3,6% 0,7% 6,1% -2,0% -3,9% -1,9% -0,8% -4,3% -11,3% jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 dez-12 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 Citi Ibovespa Performance nos últimos 12 meses Ibovespa: -12,7% Top Picks: 0,9% Performance em 2013 Ibovespa: -22,2% Top Picks: -10,7%
  9. 9. 9 1 de julho de 2013Top Picks, PERFORMANCE – TOP 5 Junho 2013 Preço Preço Dividend Retorno Empresa Código Setor 28-jun Alvo Yield Total AmBev AMBV4 Consumo 83,52 98,10 3,1% 20,6% Cosan CSAN3 Energia 43,26 53,00 3,3% 25,8% Gerdau GGBR4 Materials 27,05 18,00 2,1% -31,4% Itaú Unibanco ITUB4 Bancos 28,77 41,36 3,4% 47,2% Tractebel TBLE3 Utilities 34,67 34,20 7,3% 5,9% Últimos 12 Meses -1,7% -0,6% 1,2% -0,6% -1,1% 7,4% 5,6% -1,3% -1,0% -1,0% 0,2% -10,0% 3,2% 1,7% 3,7% -3,6% 0,7% 6,1% -2,0% -3,9% -1,9% -0,8% -4,3% -11,3% jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 dez-12 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 Citi Ibovespa Performance nos últimos 12 meses Ibovespa: -12,7% Top 5:-4,0 % Performance em 2013 Ibovespa: -22,2 % Top 5: -8,0%
  10. 10. 10 1 de julho de 2013Top Picks, PERFORMANCE – TOP PICKS DIVIDENDOS Junho 2013 Preço Preço Dividend Retorno Empresa Código Setor 28-jun Alvo Yield Total AmBev AMBV4 Consumo 83,52 98,10 3,1% 20,6% CCR CCRO3 Transportes 17,70 20,00 2,4% 15,4% Tractebel TBLE3 Utilities 34,67 34,20 7,3% 5,9% Ultrapar UGPA3 Energia 53,12 54,50 2,7% 5,3% VIVO* VIVT4 Telecom 50,40 56,84 7,8% 20,6% *Preço-alvo e Dividend Yield são consenso Bloomberg. Cobertura Citi foi descontinuada em março/13. Últimos 12 Meses -0,9% -10,1% -9,9% 1,5% 4,3% 2,1% 3,9% 0,4% 1,4% 0,6% 0,4% -3,9% 3,2% 1,7% 3,7% -3,6% 0,7% 6,1% -2,0% -3,9% -1,9% -0,8% -4,3% -11,3% jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 dez-12 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 Citi Ibovespa Performance nos últimos 12 meses Ibovespa: -12,7% Top Picks Dividendos: -11,0% Performance em 2013 Ibovespa: -22,2 % Top Picks Dividendos: 2,7%
  11. 11. Disclaimer Este relatório foi elaborado por Hugo Cesar Smocking Rosa, Maurício Silveira Lersch e Larissa Gatti Nappo (“Analistas”), ambos analistas de investimento registrados na Comissão de Valores Mobiliários e vinculados à Citigroup Global Markets Brasil CCTVM S.A. (“CGMB”), uma afiliada do Citigroup Global Markets Inc. (“CGMI”). Fernando Siqueira é o responsável principal pelo conteúdo deste relatório de acordo com a Instrução CVM nº 483, de 6 de julho de 2010. Este material tem caráter meramente informativo, não constituindo oferta de compra ou de venda de títulos e/ou valores mobiliários pela CGMB, ainda que aqui mencionados. As informações constantes deste material podem auxiliar o investidor em suas decisões de investimento, porém o investidor será responsável, de forma exclusiva, pela verificação da conveniência e oportunidade da movimentação de sua carteira de investimentos e pela tomada de decisão quanto à efetivação de operações de compra e/ou venda de títulos e/ou valores mobiliários. Este material apresenta informações para diversos perfis de investimento e o investidor deverá verificar e atentar para as informações próprias ao seu perfil de investimento, uma vez que as informações constantes deste material não são adequadas para todos os investidores. Quaisquer projeções de risco ou retorno potenciais são meramente ilustrativas e não são e não devem ser interpretadas pelo investidor como previsão de eventos futuros e/ou garantia de resultados. Além disso, não garantimos a exatidão das informações aqui contidas e recomendamos ao investidor que não utilize este relatório com única fonte para embasar suas decisões de investimento. Os investimentos realizados pelo investidor para sua carteira estão sujeitos a diversos riscos inerentes aos mercados e aos ativos integrantes da carteira, incluindo, sem limitação, risco de mercado, risco de crédito, risco de liquidez, risco cambial, risco de concentração, risco de perda do capital investido e de disponibilização de recursos adicionais, entre outros. Com relação às companhias, mercados e valores mobiliários ora analisados, nos termos da regulamentação em vigor, os Analistas declaram que: (i) As recomendações do presente relatório de análise refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais, sendo certo que o relatório foi elaborado de forma independente, inclusive em relação à CGMB e da CGMI. (ii) A remuneração recebida pelos Analistas está condicionada ao cumprimento de premissas qualitativas e quantitativas estabelecidas pela CGMB, podendo inclusive levar em consideração o resultado total da CGMB, mas não é influenciada, direta ou indiretamente, por recomendações específicas ou opiniões expressas pelos Analistas neste relatório de análise. (iii) A CGMB é membro do grupo Citi, que possui empresas e negócios em mais de 100 países. Considerando a atual estrutura do grupo Citi, é provável que alguma empresa do grupo, inclusive as próprias CGMB e CGMI, tenham interesses financeiros e/ou comerciais relevantes em relação às companhias, mercados e aos valores mobiliários objeto do presente relatório de análise. As opiniões aqui constantes foram elaboradas com base em informações e dados obtidos de diversas fontes, inclusive no material de análise elaborado pela Citi Investment Research & Analysis (“CIRA”), conforme devidamente identificadas e indicadas no corpo do documento. CIRA é a divisão de análise de investimento da CGMI, cuja política aplicável às suas opiniões e relatórios de análises está disponível em http://www.citigroupgeo.com. O presente relatório foi elaborado de forma independente pelos Analistas vinculados à CGMB e não obstante a utilização do material de análise elaborado pela CIRA, as opiniões dos Analistas podem divergir das opiniões da CIRA. SAC Citi - Serviço de Apoio ao Cliente Reclamações, Cancelamentos e Informações 0800 979 2484 (deficientes auditivos - 0800 724 2484) Todos os dias, 24h Se não ficar satisfeito com a solução apresentada, de posse do protocolo, contate a Ouvidoria 0800 970 2484 (deficientes auditivos - 0800 722 2484). Em dias úteis das 9h às 18h Fale Conosco: www.citicorretora.com.br

×