Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Faculdade de Tecnologia - FAT

Professor: Dr. Nilo Antônio de Souza Sampai...
Introdução

A Lei estadual sobre
o sistema de cotas
foi criada com o
intuito de reduzir as
diferenças sociais.
Introdução

Ferramentas da estatística
descritiva e representação
gráfica foram utilizadas na
análise do vestibular da
UER...
Introdução

O presente artigo irá
apresentar um
modelo utópico de
distribuição de
vagas para cotistas
na UERJ.
Objetivos
O objetivo do artigo
é analisar o sistema
de ingresso na
UERJ, e propor um
modelo que seria
ótimo.
Média Aritmética

Xi = valor da variável i
n = número de vezes que ela aparece
Relação candidato vaga
Relação candidato vaga
Relação candidato vaga
Relação candidato vaga
Cálculo das médias da relação candidato vaga:
a) Rede Pública:

b) Negros e Indígenas:

c) Pessoas ...
Relação Candidato Vaga
Foi feito o mesmo com os outros dados:
Dados Descritivos
Dados Descritivos
Dados Descritivos
Dados Descritivos
Média dos Dados Descritivos:
Desvio Padrão Populacional

= desvio-padrão populacional
µ = média populacional
Xi = valores da amostra e
N = número de el...
Cálculo do Desvio Padrão:
Rede Pública
Dados: 1,54 (2010)
1,74 (2011)
1,31 (2012)



1,54 - 1,53 = 0,01
1,74 – 1,53 = 0,2...
Desvio Padrão Populacional
Tabela 7: Desvio-padrão da relação candidato/vaga

Fonte: Autoria própria

(*) Pessoas com defi...
Desvio Padrão Populacional
Tabela 8: apresenta o desvio-padrão em relação aos dados
descritivos (inscritos, classificados ...
Representação Gráfica
Mais eficiente na visualização!!!
Gráfico de Colunas ou Barras
Análise dos dados em gráficos de
colunas – Relação Candidato x Vaga
•

Relação candidatos por vagas do ano de 2010

35000
...
Análise dos dados em gráficos de
colunas – Relação Candidato x Vaga
•

Relação candidatos por vagas do ano de 2011

45000
...
Análise dos dados do estudo em
gráficos de colunas – Relação
Candidato x Vaga
•

Relação candidatos por vagas do ano de 20...
Análise dos dados em gráficos de colunas –
Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas
Não Reservadas
•

Dados absolutos –...
Análise dos dados do estudo em gráficos de
colunas – Dados Descritivos e Número de
Vagas / Vagas Reservadas para a Rede Pú...
Análise dos dados em gráficos de colunas –
Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas
Reservadas Para Negros e Indígenas
...
Análise dos dados em gráficos de colunas –
Dados Descritivos e Número de Vagas /
Vagas Reservadas para (*)
•

Dados absolu...
Gráfico de Setores
Análise dos dados em gráficos de setores –
Candidatos matriculados
• Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2010...
Análise dos dados em gráficos de setores –
Candidatos matriculados
• Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2011
Análise dos dados em gráficos de setores –
Candidatos matriculados
• Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2012
Análise da disponibilidade de vagas
Análise da disponibilidade de vagas
Média das vagas disponibilizadas nos anos de 2010, 2011 e 2012.
Modelo utópico
A proposta de modelo é
utópica pois a Lei
4151/2003 regulamenta a
porcentagem de vagas que
devem ser destin...
Modelo utópico

C. F. L
Modelo utópico
Modelo utópico

C. F. L
Modelo utópico
Modelo utópico
Conclusões
- A eficiência do modelo da UERJ em vigor
é de 92,45% em média.
- O modelo ideal oferece uma eficiência de
mais...
Conclusões
- Atualmente sobram cerca de 398,67
vagas.
- O modelo ótimo reduziria para no mínimo
249 vagas.

C. F. L
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prof.Dr. Nilo SanpaioTrabalho de estatistica alunos uerj

318 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre politicas afirmativas na UERJ. Disciplina de Estatistica, 4° periodo, Prof.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prof.Dr. Nilo SanpaioTrabalho de estatistica alunos uerj

  1. 1. Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ Faculdade de Tecnologia - FAT Professor: Dr. Nilo Antônio de Souza Sampaio Equipe: Camila Akemi de Paiva Ochiai Seixas – 2012.1.00602.11 Elaine Xavier Dias – 2012.1.03276.11 Eliane Xavier Dias – 2012.1.03788.11 Letícia Midori Arashiro - 2012.1.00648.11 Luana Souza Almeida – 2012.1.00626.11
  2. 2. Introdução A Lei estadual sobre o sistema de cotas foi criada com o intuito de reduzir as diferenças sociais.
  3. 3. Introdução Ferramentas da estatística descritiva e representação gráfica foram utilizadas na análise do vestibular da UERJ.
  4. 4. Introdução O presente artigo irá apresentar um modelo utópico de distribuição de vagas para cotistas na UERJ.
  5. 5. Objetivos O objetivo do artigo é analisar o sistema de ingresso na UERJ, e propor um modelo que seria ótimo.
  6. 6. Média Aritmética Xi = valor da variável i n = número de vezes que ela aparece
  7. 7. Relação candidato vaga
  8. 8. Relação candidato vaga
  9. 9. Relação candidato vaga
  10. 10. Relação candidato vaga Cálculo das médias da relação candidato vaga: a) Rede Pública: b) Negros e Indígenas: c) Pessoas com Deficiência, filhos de policias civis e militares, etc:
  11. 11. Relação Candidato Vaga Foi feito o mesmo com os outros dados:
  12. 12. Dados Descritivos
  13. 13. Dados Descritivos
  14. 14. Dados Descritivos
  15. 15. Dados Descritivos Média dos Dados Descritivos:
  16. 16. Desvio Padrão Populacional = desvio-padrão populacional µ = média populacional Xi = valores da amostra e N = número de elementos da população.
  17. 17. Cálculo do Desvio Padrão: Rede Pública Dados: 1,54 (2010) 1,74 (2011) 1,31 (2012)  1,54 - 1,53 = 0,01 1,74 – 1,53 = 0,21 1,31 – 1,53 = - 0,22 [(0,01)² + (0,21)² + (-0,22)²] / 3 =0,031 Desvio Padrão: √0,031 = 0,1757 Média = 1,53
  18. 18. Desvio Padrão Populacional Tabela 7: Desvio-padrão da relação candidato/vaga Fonte: Autoria própria (*) Pessoas com deficiência, integrantes de minorias étnicas, filhos de policiais civis e militares, bombeiros militares e inspetores de segurança e administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço.
  19. 19. Desvio Padrão Populacional Tabela 8: apresenta o desvio-padrão em relação aos dados descritivos (inscritos, classificados e matriculados). Fonte: Adaptada do Vestibular da UERJ (*) Pessoas com deficiência, integrantes de minorias étnicas, filhos de policiais civis e militares, bombeiros militares e inspetores de segurança e administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço.
  20. 20. Representação Gráfica Mais eficiente na visualização!!!
  21. 21. Gráfico de Colunas ou Barras
  22. 22. Análise dos dados em gráficos de colunas – Relação Candidato x Vaga • Relação candidatos por vagas do ano de 2010 35000 32557 29727 30000 25000 20000 15000 10000 5247 5000 2841 1621 1054 1174 1054 35 298 0 total não-reserva rede publica relação canditato x vaga Inscritos nº Vagas negros / indígenas pessoas com deficiência / filhos de policiais
  23. 23. Análise dos dados em gráficos de colunas – Relação Candidato x Vaga • Relação candidatos por vagas do ano de 2011 45000 40000 38159 34799 35000 30000 25000 20000 2011 Inscritos 15000 10000 2011 nº Vagas 5292 2865 5000 1847 1063 1477 1063 36 301 rede publica negros / indígenas pessoas com deficiência / filhos de policiais 0 total não-reserva relação canditato x vaga
  24. 24. Análise dos dados do estudo em gráficos de colunas – Relação Candidato x Vaga • Relação candidatos por vagas do ano de 2012 45000 40205 37742 40000 35000 30000 25000 20000 2012 Inscritos 15000 2012 nº Vagas 10000 5316 2878 5000 1401 1067 1037 1067 rede publica negros / indígenas 25 304 0 total não-reserva relação canditato x vaga pessoas com deficiência / filhos de policiais
  25. 25. Análise dos dados em gráficos de colunas – Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas Não Reservadas • Dados absolutos – informativo sobre inscritos, classificados, matriculados e número de vagas entre os anos de 2010 a 2012, somente vagas não reservadas. 40000 37742 34799 35000 30000 29724 25000 20000 15000 10000 5000 3563 3159 2841 3576 3411 2865 3734 3617 2878 0 2010 Inscritos 2011 Classificados Matriculados 2012 Nº de vagas
  26. 26. Análise dos dados do estudo em gráficos de colunas – Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas Reservadas para a Rede Pública • Dados absolutos – informativo sobre inscritos, classificados, matriculados e número de vagas entre os anos de 2010 a 2012, somente vagas reservadas aos candidatos da rede pública de ensino. 2000 1847 1800 1624 1600 1401 1400 1200 1000 903 917 837 1067 1063 1054 857 834 759 800 600 400 200 0 2010 Inscritos 2011 Classificados Matriculados 2012 Nº de vagas
  27. 27. Análise dos dados em gráficos de colunas – Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas Reservadas Para Negros e Indígenas • Dados absolutos – informativo sobre inscritos, classificados, matriculados e número de vagas entre os anos de 2010 a 2012, somente vagas reservadas aos candidatos negros ou indígenas. 1600 1477 1400 1200 1174 1063 1054 1067 1037 1000 800 665 698 648 682 670 622 600 400 200 0 2010 Inscritos 2011 Classificados Matriculados 2012 Nº de vagas
  28. 28. Análise dos dados em gráficos de colunas – Dados Descritivos e Número de Vagas / Vagas Reservadas para (*) • Dados absolutos – informativo sobre inscritos, classificados, matriculados e número de vagas entre os anos de 2010 a 2012, somente vagas reservadas aos candidatos com deficiência e filhos de policiais civis e militares, de bombeiros militares e de inspetores de segurança e administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço 350 304 301 298 300 250 200 150 100 50 35 26 24 36 25 22 25 21 21 0 2010 Inscritos 2011 Classificados Matriculados 2012 Nº de vagas
  29. 29. Gráfico de Setores
  30. 30. Análise dos dados em gráficos de setores – Candidatos matriculados • Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2010 350 300 304 301 298 250 200 150 100 50 35 26 24 36 25 22 25 21 21 0 2010 Inscritos 2011 Classificados Matriculados 2012 Nº de vagas
  31. 31. Análise dos dados em gráficos de setores – Candidatos matriculados • Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2011
  32. 32. Análise dos dados em gráficos de setores – Candidatos matriculados • Porcentagem de candidatos matriculados no ano de 2012
  33. 33. Análise da disponibilidade de vagas
  34. 34. Análise da disponibilidade de vagas Média das vagas disponibilizadas nos anos de 2010, 2011 e 2012.
  35. 35. Modelo utópico A proposta de modelo é utópica pois a Lei 4151/2003 regulamenta a porcentagem de vagas que devem ser destinadas à política de ações afirmativas.
  36. 36. Modelo utópico C. F. L
  37. 37. Modelo utópico
  38. 38. Modelo utópico C. F. L
  39. 39. Modelo utópico
  40. 40. Modelo utópico
  41. 41. Conclusões - A eficiência do modelo da UERJ em vigor é de 92,45% em média. - O modelo ideal oferece uma eficiência de mais de 95%
  42. 42. Conclusões - Atualmente sobram cerca de 398,67 vagas. - O modelo ótimo reduziria para no mínimo 249 vagas. C. F. L

×