439 – Aos pés de Cristo prostrados
De Cristo ressurgido,
Aos seus pés nos prostramos;
Com fé O adoramos,
Do mundo é o Salvador;
Nós, crentes redimidos,
Por s...
Tudo que nós sofremos,
Cristo já tem provado,
Ao pecador cansado,
Pode, quer ajudar;
Oh! Quanta dor nós vemos,
Cristo na c...
"Eu tenho sede", exclama
O divina! Cordeiro,
Pregado no madeiro,
Na cruz da maldição;
Oh! Quanto Cristo ama
O pecador perd...
A nós, que santos somos,
Dá-nos e vera graça,
Para que assim se faça,
Em nós o Teu querer,
Na cruz achar nós fomos
Consolo...
A nós, que santos somos,
Dá-nos e vera graça,
Para que assim se faça,
Em nós o Teu querer,
Na cruz achar nós fomos
Consolo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

439 aos pés de cristo prostrados

233 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

439 aos pés de cristo prostrados

  1. 1. 439 – Aos pés de Cristo prostrados
  2. 2. De Cristo ressurgido, Aos seus pés nos prostramos; Com fé O adoramos, Do mundo é o Salvador; Nós, crentes redimidos, Por sangue já lavados, Na graça bem guardados, Temos de Deus favor!
  3. 3. Tudo que nós sofremos, Cristo já tem provado, Ao pecador cansado, Pode, quer ajudar; Oh! Quanta dor nós vemos, Cristo na cruz sofrendo, Com sede ali morrendo, Para o mortal salvar!
  4. 4. "Eu tenho sede", exclama O divina! Cordeiro, Pregado no madeiro, Na cruz da maldição; Oh! Quanto Cristo ama O pecador perdido, Pois sangue tem vertido, Para lhe dar perdão!
  5. 5. A nós, que santos somos, Dá-nos e vera graça, Para que assim se faça, Em nós o Teu querer, Na cruz achar nós fomos Consolo abundante, Graça de Deus bastante, E divina! poder!
  6. 6. A nós, que santos somos, Dá-nos e vera graça, Para que assim se faça, Em nós o Teu querer, Na cruz achar nós fomos Consolo abundante, Graça de Deus bastante, E divina! poder!

×