ANGELOLOGIA I
OS ANJOS DE DEUS
APRESENTAÇÃO
É com alegria e muito prazer que escrevo a respeito dos anjos, visto que este ...
em um grave acidente, mas está vivo e forte para contar a história? Quantas vezes você
sentiu que alguém estava lhe guarda...
perto, mas eu nada fiz, estava paralisado como que sonhando, mas realmente o
caminhão vinha em nossa direção. Acredito que...
fato de haver até Igrejas Evangélicas adorando anjos. Vou explicar como é essa idolatria
dentro das Igrejas, mas primeiro ...
doutrina dos anjos era exagerada a extremos, veio congregar conosco, mas sua mente
estava deteriorada. Ela pensava não ser...
propósito. Gostaria de frisar que as visões angelicais nunca vem acrescentar nada a
Palavra de Deus e sim confirma-la, com...
QUEM DÁ ORDENS AOS ANJOS?
Já ouvi pregadores mandar aos anjos como alguém manda o seu cachorro pegar o gato
que entra no q...
A) – Eles não são seres humanos glorificados e nem possuem definição sexual:
“Mestre, Moisés disse: Se morrer alguém, não ...
C) – Eles são numerosos: “E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos
seres viventes e dos anciãos; e o nú...
primeiros príncipes dos céus (Dn.10:13). Ele é uma espécie de administrador angélico de
Deus para o juízo. O seu nome ocor...
3) “...e com duas(asas) voavam” (Is.6:2). Agora sim, depois de aprendermos a ter
reverência e prudência podemos nos entreg...
(Dn.8:16). Enviado para explicar a profecia das setenta semanas(Dn.9:21). Enviado,
especialmente, a Zacarias e a Maria (Lc...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Angeologia i

234 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Angeologia i

  1. 1. ANGELOLOGIA I OS ANJOS DE DEUS APRESENTAÇÃO É com alegria e muito prazer que escrevo a respeito dos anjos, visto que este é um assunto muito em voga. Diversas teorias e idéias sobre este tema são conferenciados sem haver preocupação com o que a Palavra de Deus realmente esclarece sobre o assunto. Igrejas de anjos espalham-se por toda parte e até Igrejas evangélicas exacerbam os agentes de Deus - esses que deveriam ser bênçãos e não idolatria barata! Qualquer um que se habilite a falar de anjos deve ter o mínimo de conhecimento das Escrituras Sagradas. Ao explorar o tema referido, não temos a intenção de falar tudo a respeito do assunto, mesmo porque muitas coisas não estão reveladas (Dt.29:29) e outras não sabemos mesmo. O que irei compartilhar é quase tudo que sei, para tentar lhe ajudar e edificá-lo com este ensino. Por isso, boa leitura! “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia” (Sl.34:7-8). AINDA BEM QUE OS ANJOS ESTAVAM PERTO “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?”(Hb.1:14) É fato consumado de que os anjos fazem parte da vida de todos os cristãos. Por essa causa temos que procurar conhecermos o máximo a respeito do que a Bíblia nos revela. Conhecendo bem a Palavra nos ajudará a não sermos enganados pelo diabo e seus demônios (que são anjos caídos). “E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz(IICor.11:14). Discernir é a nossa missão e responsabilidade, visto que a Palavra está à nossa disposição para examinarmos a vontade. A você que é cristão, gostaria de lhes fazer umas perguntas: Você já se sentiu protegido numa circunstância que parecia impossível escarpar? Já se deparou com um animal feroz que repentinamente ficou manso? O carro que vinha na sua direção e o motorista pareceu fazer uma manobra impossível e você nada sofreu? Em uma viagem você já foi envolvido
  2. 2. em um grave acidente, mas está vivo e forte para contar a história? Quantas vezes você sentiu que alguém estava lhe guardando mesmo sem ter ninguém por perto? Poderíamos lhe fazer varias perguntas de livramentos, mas creio que o leitor entendeu e definitivamente já vivenciou uma circunstância parecida. Quero relatar dois testemunhos envolvendo um livramento angelical: Certa noite eu tive um sonho com um dos nossos diáconos, o qual trabalhava cerca de quinze quilômetros de sua casa, fazendo esse percurso de bicicleta. Neste meu sonho o irmão sofria um sério acidente e ficava no chão como morto. Quando o encontrei na reunião daquela noite, com sabedoria, lhe contei o sonho e pedi para interceder pela sua vida. O irmão prontamente colocou-se a orar comigo. No outro dia, no horário de ir trabalhar, sua bicicleta estava quebrada, forçando-o a ir de circular. O ponto de ônibus ficava do lado oposto da pista que dava para o seu serviço, sendo que esta rodovia é uma das mais movimentadas – a Washington Luiz. No final do dia o irmão locomoveu-se para margem da rodovia, a qual tinha que atravessar, mas repentinamente um carro se desgovernou e veio em sua direção. O irmão ficou atônito sem saber para que lado correr, fechando os seus olhos clamou pelo Senhor. Ao abrir os olhos ele estava do outro lado da pista sem haver mexido um músculo, são e salvo. Acreditamos que um anjo de Deus livrou o nosso irmão da morte dando-lhe grande vitória. Aleluia!!! Um desses livramentos aconteceu em uma viagem que realizei para a cidade de Campo Grande. As rodovias do nosso Estado até que são razoáveis, mas as do Mato Grosso do Sul não são nada boas. Bem, saímos de SJ. Rio Preto no Domingo por volta de 23 horas. Eu estava já um tanto cansado, pois havia na tarde daquele dia, o domingo, levado um jovem em Bauru para passar por um período de recuperação em uma casa especializada. Cheguei naquele dia por volta das 21hs, descansei apenas por duas horas e às 23hs estava novamente na rodovia. Viajei acompanhado de dois obreiros, que como eu queriam ver o palestrante americano, que estaria na segunda feira pela manhã dando início num congresso de milagres. Eu nem imaginava que o maior milagre veria no caminho, mesmo antes de ali chegar. Era quase 5hs da madrugada, os meus olhos estavam pesados e cansados, apesar de até aquela hora eu pouco ter dirigido, mas era minha vez de pegar o volante e assim eu o fiz. Na pista eu ia com o carro bem centralizado, até queimando um pouco de faixa por ser às margens da rodovia cheia de buracos. Lá na frente apontou um caminhão de boi e por ser plana a rodovia ambos andávamos bem. O detalhe que assim como eu ele vinha queimando faixa e provavelmente estava com tanto sono quanto eu. O caminhão chegava cada vez mais
  3. 3. perto, mas eu nada fiz, estava paralisado como que sonhando, mas realmente o caminhão vinha em nossa direção. Acredito que o caminhoneiro também não estava bem, de repente um forte barulho e de minha parte só deu tempo de chamar por Jesus. Naquele momento só eu estava acordado ou meio acordado. O irmão que esta do meu lado acordou assustado com tamanho barulho. Foi ai que me dei conta do ocorrido, não conseguindo nem mesmo controlar o carro. Quando voltei ao controle do carro estava na contra mão da pista, por provisão não vinha nem um carro naquela mão. Diminui bastante a velocidade do carro e voltei para minha mão, mas eu imaginava o carro todo arrebentado e um grande arrombo em sua lateral. Tremendo e quase chorando disse ao irmão que precisava parar o carro, o que fiz prontamente. Antes de descermos fizemos uma oração e concordamos que o carro estivesse em condições para prosseguirmos, pois estávamos muito longe de alguma cidade. Ao descermos do carro levamos outro choque, não podia ser verdade, nós ouvimos o choque do caminhão com o carro e o barulho foi muito grande, mas milagrosamente não havia nem um arranhão no veículo. Começamos a chorar e glorificar o nome do Senhor, pois o seu anjo havia nos guardado poderosamente debaixo de suas asas. Sabíamos disso, pois havíamos orado pedindo por essa proteção. Aleluia !!! Os anjos do Senhor estão conosco. CULTO AOS ANJOS Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar. Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus (Ap.22:8-9). Existem varias religiões que cultuam os anjos realizando assim o que poderíamos chamar de “angelolatria”. Nunca vimos tantos bruxos e feiticeiros falarem sobre anjos. Muitos desses nunca tiveram o menor contato com a Bíblia e a sua teologia. Escrevem e recebem suas “revelações” tudo através de falsos sonhos e contatos com seres iluminados. Após isso, eles escrevem livros e mais livros, e colocam tudo o que escreveram como verdade para um publico místico e sem um pingo de senso de Deus e sua Palavra. Com o passar do tempo tudo isso está se tornando um comércio lucrativo e diabólico; velas, fotos angelicais, livros, incenso, pingentes, chaveiro e muito mais que está formando um império que enriquece esses verdadeiros charlatões “espirituais”. Saibam que é pecado adorar a criatura invés do Criador. O que me deixa mais triste é o
  4. 4. fato de haver até Igrejas Evangélicas adorando anjos. Vou explicar como é essa idolatria dentro das Igrejas, mas primeiro leiamos: “Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto dos anjos, baseado-se em visões, enfatuado sem motivo algum na sua mente carnal”.(Cl.2:18) Observemos o texto acima, o qual esta relacionando duas frases; culto aos anjos com visões carnais. Gostaria, que meu amado leitor, entendesse que; tudo que chama a atenção para si, tirando a glória do Senhor Jesus, é idolatria. O centro do culto tem que ser a glorificação do Senhor Jesus, nada deve ou deveria chamar a tenção para si. Observemos que, nesses cultos “angelicais”, quando alguém “vê” um anjo o povo fica pasmo e inflamado, como se aquele anjo fosse o próprio Cristo. Saibam que nem sempre a presença de um anjo indica a presença de Deus, vejamos na Palavra: “Disse mais o Senhor a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que fizeste subir da terra do Egito, para a terra a respeito da qual jurei a Abraão, a Isaque, e a Jacó, dizendo: a tua descendência a darei. E enviarei um anjo adiante de ti (e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus), para uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo de cerviz dura; para que não te consuma eu no caminho”(Ex. 33:1-3). No texto de Êxodo vemos um fato interessante, onde o anjo iria a frente do povo para lhes dar vitória, mas o própria Deus não iria. O Senhor recusará ir pelo fato do povo ter feito um bezerro de ouro e o adorado. No meio desse povo teria anjo, milagres, água saindo da pedra, pão vindo do céu, carne de codornas, roupas que cresciam no corpo, sapatos que cresciam nos pés e..., mas Deus não queria se dispor a ir com os idolatras. É com esse exemplo que quero chamar a sua atenção para o fato dessa angelolatria no meio da Igreja Evangélica, onde pregadores, para mexer com a platéia, só dispõe de chavões como; “Estou vendo um exército de anjos dentro deste prédio”; “O anjo esta passando e vai arrebatá-lo”; “Estou vendo os anjos derramando virtudes sobre a Igreja”. Quero deixar claro que creio na manifestação angelical no meio da Igreja e que esses ditos acima até podem acontecer, mas a exacerbação disso não agrada a Deus. Esses ditos são mencionados muitas vezes para emocionar os ouvintes da platéia. É ai que Deus para de ser glorificado e começa a idolatria. Certa irmã que saiu de uma dessas Igrejas, onde a
  5. 5. doutrina dos anjos era exagerada a extremos, veio congregar conosco, mas sua mente estava deteriorada. Ela pensava não ser salva por ainda não ter visto nenhum anjo. Foi lhe ensinado que crentes salvos tinham que ver anjos, mas não é isso que a palavra de Deus nos ensina, muito pelo contrário, o bem aventurado é quem não vê e crê. Leiamos: “Disse-lhe Jesus: Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram(Jo.20:29). Quando mostrei e expliquei esse versículo para a irmã um grande peso lhe saiu das costas e a certeza da salvação renasceu em sua vida. Você, que lê esta apostila, se viu algum anjo - glória Deus, mas se não viu - aleluia, és bem aventurado. Não se preocupe em ter visões angelicais, mas em ter comunhão com Deus e seu Espírito. Esses pregadores com certeza serão cobrados por Deus, nem tanto pelo show, mas pelo ensino emotivo e errado. Certo pastor e amigo meu via muitos anjos em suas reuniões, era até impressionante como seres tão espetaculares e assustadores (os anjos em sua forma angelical a nós é assustador) não o impressionava. Em uma de nossas conversas ousei perguntar-lhe sobre os anjos que eram visto em suas reuniões. Neste dia meu amigo pareceu um tanto sem jeito na minha presença ao ponto de ficar calado por um bom tempo. Então ele começou a falar: “- Na verdade eu não vejo os anjos, mas apenas declaro pela fé que eles estão presentes. Eu sei que deixo parecer que estou mesmo vendo, mas fé é fé”. Ao ouvir esta afirmação fiquei um tanto atônico e lhe respondi que isso era sofisma (a arte de dizer uma verdade para enganar) e que Deus não precisava disso para levar a platéia a glorificação. Expliquei que realmente os anjos estão nas reuniões da Igreja (em forma invisível), mas deixar transparecer que se está vendo-os chegava a ser maligno. Naquele instante o irmão sentiu o seu erro e me garantiu que só faria algo parecido se realmente acontecesse e se o Espírito Santo assim o orientasse. Fiquei bastante feliz com o entendimento do irmão e vi a Palavra se cumprir; “Não repreendas ao escarnecedor, para que não te odeie; repreende ao sábio, e amar-te- á(Pv.9:8). O profeta Daniel (Dn.8:27) quando teve a visão do anjo do Senhor quase morreu e ainda ficou três dias de cama. Daniel era um homem consagrado e experimentado na obra do Senhor, mas sentiu o peso da visão. Saibam que ver anjos é assunto sério, tem que haver preparo, consagração e principalmente propósito. Acredito que sempre que um servo de Deus tem uma visão há um propósito por trás disso. Foi assim com Daniel, Isaías, Jeremias, Ezequiel e muitos outros e sempre com propósitos. Deus não fica mostrando anjos para matar curiosidades de homens ou para que creiam nele. Anjos são mensageiros e mensageiros só se deslocam a algum lugar quando há uma missão e
  6. 6. propósito. Gostaria de frisar que as visões angelicais nunca vem acrescentar nada a Palavra de Deus e sim confirma-la, como em todos os casos citados acima. Leiamos: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema (Gl.1:8-9). ANJO DA GUARDA “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra”(Sl.34:7). “Vede, não desprezeis a nenhum destes pequeninos; pois eu vos digo que os seus anjos...” (Mt.18:10) “Eles então diziam: É o seu anjo”(At.12:15). Embora existam outros, acredito que os textos acima já dão para explanarmos o que quero lhes transmitir. Acredito piamente que cada servo de Deus, temente ao Senhor é protegido por um guardião celeste designado para o livrar de todos os males. Foi o caso de Pedro que se encontrava preso por Herodes. Estava acorrentado a dois soltados, quatro escoltas de quatro soldados cada e uma grande porta de ferro prendiam Pedro, mas quando Deus tem propósito nada pode impedi-lo. A Igreja orava, clamava e intercedia pelo seu amado líder e Deus que ouve tudo ouviu as suplicas. Nessa hora o Senhor deu ordem ao anjo que guardava Pedro (Sl.91:11) e o milagre ocorreu. No meio da noite Pedro é acordado por um ser muito lindo, sem saber o que realmente estava ocorrendo ele se levanta já sem nada o prendendo. Os soldados todos nos seu postos, olhos bem abertos, mas que não conseguem ver Pedro e o anjo saindo. As portas das celas uma a uma foram se abrindo automaticamente, como em uma garagem moderna que se abre ao apertar de um botão. Quando Pedro se dá realmente conta do acontecido está no meio da rua e bem longe da cadeia. ALELUIA!!! Locomove-se até ao local que oravam por ele e bate à porta, persiste em bater e ninguém ouve, mas a garota Rode percebe o barulho e pergunta quem bate, de felicidade a menina volta gritando pela sala que Pedro esta a porta . Alguém diz que é o seu anjo, mas Rode afirma que é Pedro. Quando fizeram a confirmação e abriram a porta lá estava Pedro que entrando explicou como o anjo o libertará. Glória Deus, como é bom sabermos que temos a proteção de Deus. Leia também o caso de Eliseu e seu moço, o texto encontra-se em II Reis capítulo 6 ai você ficará mais convicto da proteção do Senhor. ALELUIA!!!
  7. 7. QUEM DÁ ORDENS AOS ANJOS? Já ouvi pregadores mandar aos anjos como alguém manda o seu cachorro pegar o gato que entra no quintal. É mais ou menos assim: “Anjo pega esse demônio e o tira daqui”; “vai lá e traga-me dinheiro”; “Entra naquele fórum e rasgue aquele processo”; mas saibam que de nós os anjos não recebem ordens. Um texto mal interpretado é o de Hb.1:14; vejamos: “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?” Veja, ministradores não quer dizer subalternos ou empregados. O texto deixa claro que os anjos lutam por nós, guardando-nos de ciladas, livrado-nos do mal e nos protegendo dos demônios. É para isso que os anjos servem, não para ser subalterno de homens e isso esta demonstrado no texto de Ap.22:9 – “Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus”. A palavra conservo significa servo com, ou seja, o anjo disse que ele servia a Deus junto com João, mas vejamos mais o que diz a Palavra: “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos(Sl.91:11). Nesse Salmos está claro que Deus dá as ordens aos anjos, mas quero ainda que você medite no texto quando Jesus estava sendo preso e Pedro quis reagir, veja o que lhe é dito: “Ou pensas tu que eu não poderia rogar a meu Pai, e que ele não me mandaria agora mesmo mais de doze legiões de anjos?(Mt.26:53). Jesus, em forma humana, foi o homem mais cheio do Espírito Santo que passou pela terra e o que ele diz a Pedro quando cercado pelos soldados que o prendia? Ele declara que se não fosse para se cumprir as escrituras rogaria ao Pai e o Pai enviaria mais de doze legiões de anjos. Entenda, o Pai mandaria e não ele, pois só o Pai tem autoridade sobre os seus anjos. É claro que se quisermos clamar mais proteção a Deus e pedirmos em oração que os anjos nos guarde é perfeitamente certo. Medite também na história de Elizeu, que quando cercado pelos soldados da Siria contemplou um grande exército de anjos ao redor do exército inimigo e fez a seguinte oração: “Quando os sírios desceram a ele, Eliseu orou ao Senhor, e disse: Fere de cegueira esta gente, peço-te. E o Senhor os feriu de cegueira, conforme o pedido de Eliseu (IIRs.618). Eliseu não deu nenhuma ordem aquele exército celeste, mas orou ao Senhor e teve a vitória. Que aprendamos essa verdade, é melhor falar com Deus do que com anjos. ALELUIA!!! A NATUREZA DOS ANJOS
  8. 8. A) – Eles não são seres humanos glorificados e nem possuem definição sexual: “Mestre, Moisés disse: Se morrer alguém, não tendo filhos, seu irmão casará com a mulher dele, e suscitará descendência a seu irmão. Ora, havia entre nós sete irmãos: o primeiro, tendo casado, morreu: e, não tendo descendência, deixou sua mulher a seu irmão; da mesma sorte também o segundo, o terceiro, até o sétimo. depois de todos, morreu também a mulher. Portanto, na ressurreição, de qual dos sete será ela esposa, pois todos a tiveram? Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não compreendendo as Escrituras nem o poder de Deus; pois na ressurreição nem se casam nem se dão em casamento; mas serão como os anjos no céu. E, quanto à ressurreição dos mortos, não lestes o que foi dito por Deus: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, ele não é Deus de mortos, mas de vivos (Mt.22:24:32). O texto em supra refere-se a pergunta feita pelos saduceus (que não acreditavam na ressurreição) sobre o sexo dos ressurretos, ou seja, aqui está sendo discutido sobre a sexualidade de alguém, no caso os ressurretos. Jesus, entretanto, acrescenta os anjos na conversa e os declara como assexuados. Ele diz que os salvos serão como os anjos que não se casam e nem se dão em casamento, ou seja, desprovidos de qualquer órgão sexual. Gravem bem isso anjos não possui sexo e nem são pessoas boas que tornaram- se anjos. Apesar de todas as vezes que anjos, que tomaram formas humanas (não corpos humanos) aparecerem como varões, provavelmente isso ocorreu pelo fato de que nos tempos bíblicos a mulher tinha menos expressão. Imagine Abraão conversando com três lindas mulheres em sua tenda! Com certeza ia ser meio constrangedor. B) – Eles são espíritos:” Não são todos eles(os anjos) espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?”(Hb.1:14) . A bíblia não declara do que é feito o espírito, mas declara que tudo que é vivo e racional é composto de espírito. Certa feita observei uma matéria sobre espírito em uma revista científica. Os cientistas querem saber qual é a composição do espírito, se é luz concentrada ou energia decomposta e formatada de outra maneira. Acredito que vão ter que estudar muito, mas se vão chegar a alguma conclusão só Deus sabe. Fiquemos com o que a Bíblia fala sobre o assunto. Na Quarta dimensão (a dimensão do espírito) nada é da mesma composição daqui, mas um dia Deus nos revelará tudo. O que podemos afirmar é que criaturas invisíveis estão andando por ai, umas boas que querem o seu bem, outras querendo o contrário.
  9. 9. C) – Eles são numerosos: “E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos seres viventes e dos anciãos; e o número deles era miríades de miríades; e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares (Ap.5:11). A quantidade exata de anjos só Deus sabe. Um terço rebelou-se contra o Senhor (Ap.12), mas dois terços estão conosco. Devemos ficar certos que o número não deve ser pequeno, pois é falado de miríades que refere-se a uma quantidade incalculável. D) – Sábios: “Sábio, porém, é meu senhor, conforme a sabedoria do anjo de Deus, para entender tudo o que há na terra (IISm.14:20). A Bíblia nos mostra que os anjos tem grande sabedoria, mas não são oniscientes, ou seja, não sabem todas as coisas. Só Deus pode e sabe todas as coisas. E) Eles são poderosos: “Sucedeu, pois, que naquela mesma noite saiu o anjo do Senhor, e feriu no arraial dos assírios a cento e oitenta e cinco mil deles: e, levantando-se os assírios pela manhã cedo, eis que aqueles eram todos cadáveres (IIRs.19:35). O poderio angelical supera a mais forte bomba nuclear e deixa longe qualquer poder humano mesmo somado a esse as máquinas modernas. Entretanto, mesmo com tanto poder, não são onipotentes. Só Deus é Todo Poderoso. AOS ANJOS - UM EXÉRCITO BEM ORGANIZADO No exército brasileiro temos uma hierarquia formada com zelo e ordem. Do soldado até o Ministro das Forças Armadas vemos perfeita ordem. Cada um tem o seu papel e função bem definida e com rigor cada posto cumpri a sua função. Agora, se no exército terreno temos tamanha ordem imaginemos no celestial! Vejamos agora algumas dessas hierarquias reveladas na Bíblia: ARCANJO “Mas quando o arcanjo Miguel...”(Jd.Vrs.9) O texto bíblico não fala de arcanjo no plural, mas no singular, palavra que a Bíblia só aplica a Miguel, se bem que haja vestígios de que antes da sua queda, Lúcifer também era um arcanjo. O prefixo arca sugere um anjo chefe, principal ou poderoso. Assim, Miguel é agora o anjo acima de todos os anjos, reconhecido como sendo um dos
  10. 10. primeiros príncipes dos céus (Dn.10:13). Ele é uma espécie de administrador angélico de Deus para o juízo. O seu nome ocorre por quatro vezes na Bíblia, em Daniel 10:13; 12:21; Judas vrs.9 e apocalipse 12:7. É sugerido em I Tessalonicenses 4:16. (EETD) SERAFINS “No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo. Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória”.(Is.6:1-3) É uma ordem de anjos, somente mencionada na visão de Isaías. Os serafins de seis asas estavam por cima do Senhor. Clamavam proclamando os atributos da santidade de Deus. Louvavam a santidade e a glória do Senhor dos exércitos com tanto vigor que as bases do limiar se moveram e o santo lugar se encheu de fumaça, enquanto desempenhavam o seu ministério de expiação. (Boyer) Acredito que na hora que a Igreja se reuni para louvar a Deus os serafins se fazem presentes (ICor.11:10), não que outras classes de anjos deixem de estar presentes, mas louvor e serafins estão intimamente ligados. Aprendendo com os Serafins Observemos três importantes comportamentos dos serafins no culto a Deus: 1) “...com duas (asas)cobriam os seus rostos...” (Is.6:2). Neste ato de cobrir os rostos devemos notar a postura de reverência ao Senhor nosso Deus na hora da adoração. Quanta falta de respeito notamos nesses últimos dias em nossos cultos. As pessoas comparecem diante de Deus de qualquer maneira e qualquer jeito. Igrejas, na hora do louvor, parecem menos comportadas que discotecas. Que aprendamos com esses seres e sejamos mais reverentes diante do nosso Santo Deus. 2) “...e com duas(asas) cobriam os seus pés...” (Is.6:2). No cobrir dos pés vemos prudência. Isso é pelo fato de nossos pés serem nossos condutores. Leiamos: ”Tornou-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Replicou-lhe Jesus: Se eu não te lavar, não tens parte comigo” (Jo.13:8). Preste mais atenção aonde você anda pisando, observe se Jesus iria freqüentar os mesmos lugares que você. Entretanto, se andou em lugares desagradáveis, peça perdão agora e o Senhor te lavará.
  11. 11. 3) “...e com duas(asas) voavam” (Is.6:2). Agora sim, depois de aprendermos a ter reverência e prudência podemos nos entregar a Deus em adoração. Esse voar na presença de Deus significa uma entrega total em espírito e em verdade. QUERUBINS Uma das categorias de anjos. Eles estavam ao oriente do jardim do Éden, Gn.3:24. Querubins foram feitos de ouro no propiciatório, Ex.25:18. As cortinas do Tabernáculo eram bordadas com figuras de querubins, Ex.26:1. Senhor dos exércitos, entronizado entre os querubins, I Sm.4:4, cavalgava em um querubim, II Sm.22:11; Sl.18:10. Foi feito dois querubins de madeira de oliveira, I Rs.6:23. Eles estendiam as asas sobre o lugar da arca, I Rs.8:7. Eles estavam ao lado (Ez.10:13), e são querubins da glória (Hb.9:5). (Boyer) Suas características de inteligência, atitudes de servo, poder e natureza estão representados nos seus quatro rostos, nas faces: do homem, do boi, do leão e da águia. Tinham mãos para servir e quatro asas para mobilidade, moviam-se ao impulso das ordens de Deus (Leia: Ez.1 e 10). Parece que havia também querubins de duas asas, leiamos:” No oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um com dez côvados de altura. Uma asa de um querubim era de cinco côvados, e a outra de cinco côvados; dez côvados havia desde a extremidade de uma das suas asas até a extremidade da outra(I Rs.6:23-24). Apesar do texto ser insuficiente para provar que há querubins de duas asas, não deixar de ser uma evidência. É claro que pelo texto os querubins seriam bem pequenos e de madeira, o que não é verdade, mas temos que levar tudo em consideração. No caso do profeta Ezequiel é vista criaturas exóticas com quatro rostos, quatro asas (Ez.1 e 10) e não têm dúvidas ao declarar serem os querubins. O MENSAGEIRO A palavra anjo, tanto no hebraico como no grego, significa mensageiro. Sabemos que há anjos que se ocupam em louvar, outros em guerra, outros em guardar nações, mas sempre trazendo o recado de Deus. Quero frisar a classe que se incumbe de trazer o recado de Deus. O mais sublime desses mensageiros é Grabriel. O seu nome significa “homem de Deus”. É de alta categoria angelical, mas não é chamado de arcanjo nas Escrituras. Foi enviado para explicar a visão de um carneiro e um bode, a Daniel
  12. 12. (Dn.8:16). Enviado para explicar a profecia das setenta semanas(Dn.9:21). Enviado, especialmente, a Zacarias e a Maria (Lc.1:”19-26). (Boyer com algumas mudanças). OS MINISTÉRIOS DOS ANJOS - Com Cristo: Predisseram o seu nascimento (Lc.1:26-33); anunciaram seu nascimento (Lc.2:13); Protegeram a criança (Mt.2:13); Fortaleceram a Jesus depois da tentação (Mt.4:11); Estavam preparados para defendê-lo (Mt.23:53); Confortaram-no no Getsêmani (Lc.22:43); Rolaram para longe a pedra que fecha o sepulcro do Senhor (Mt.28:2); Anunciaram a ressurreição (Mt.28:6). - Com os crentes: Os ajudam (Hb.1:14); Estão envolvidos com as respostas de orações (At.12:7); Observam os crentes e suas experiências (ICor.4:9; Itm.5:21); Os encorajam em casos específicos (At.27:23-24); Estão interessados nos esforços evangelísticos (Lc.15:10; At.8:26); Ministram aos justos na hora da morte (Lc.16:22; Jd.vrs.9). - Com as nações: O arcanjo Miguel parece ter um relacionamento estreito com Israel (Dn.12:1); Os anjos estão envolvidos nos juízos da Tribulação (Ap.8; 9; 16). - Com os descrentes: Anunciam juízos iminentes(Gn.19:13;Ap.14:6-7); Aplicam o juízo divino (At.12:23); Agem como ceifeiros na separação no fim dos tempos (Mt.13:39). (Bíblia Anotada)

×