Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante,
simples e romântica na sua nudez, car...
Um pouco de Historia e curiosidades

dizem que

A Ermida da Nossa Senhora do Guadalupe
É nesta ermida, diz a lenda, que or...
Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, car...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico

323 visualizações

Publicada em

É nesta ermida, diz a lenda, que orava o Infante D. Henrique, pedindo a Deus que iluminasse o caminho aos seus navegadores. Num estilo romano-gótico, presume-se que remonte ao século XIII, de eventual origem templária. Existem muitos “segredos” por contar aqui. Vale a pena uma visita para os descobrir

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico

  1. 1. Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, surge isolada no meio do arvoredo circundante, simples e romântica na sua nudez, caracterizada pelos estilos romano e gótico. Ecossistemas conclui os Arranjos Exteriores (Ajardinamentos ,caminhos pedonais ,plantações, rede de rega e hidro sementeiras para o Empreiteiro Imosoudos S.A.
  2. 2. Um pouco de Historia e curiosidades dizem que A Ermida da Nossa Senhora do Guadalupe É nesta ermida, diz a lenda, que orava o Infante D. Henrique, pedindo a Deus que iluminasse o caminho aos seus navegadores. Num estilo romano-gótico, presume-se que remonte ao século XIII, de eventual origem templária. Existem muitos “segredos” por contar aqui. Vale a pena uma visita para os descobrir. Que a mesma estaria assombrada As origens da pequena Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe datam provavelmente do século XIII e têm origem templária. Nela coexistem elementos góticos com uma estrutura ainda comprometida com soluções românicas. A fachada principal revela uma organização comum no gótico inicial de carácter modesto ou rural, com um portal ogival sem arquivoltas e capitéis, sobrepujado por uma rosácea simples. O interior é de nave única. A capela-mor, coberta por abóbada artesoada, é a parte mais interessante do monumento em termos artísticos. A decoração variada dos capitéis inscreve-se numa corrente gótica bastante activa no século XIII Um velho postal onde se confundia que a Ermida, de Nossa Senhora de Guadalupe. Repare-se no estado em que a ermida se encontrava. Servia de palheiro para os animais. O chão está forrado de palha e há mesmo uma argola para prender os burros. Um sacrilégio denunciado por Mário Lyster Franco no Diário de Notícias o que levou a que as autoridades civis e religiosas em 1960 , já com a ermida de cara lavada, descerrassem uma placa nas comemorações Henriquinas de 1960. (ver post anterior). A imagem da Virgem foi-nos cedida pela dona Ilídia pessoa idosa, (hoje no lar de Sagres) muito religiosa e ligada à Igreja , que nos afirmou ser a antiga imagem que se encontrava em Guadalupe.

×