SlideShare uma empresa Scribd logo
A VIDA ENSINA
Se você pensa que sabe; que a vida lhe
mostre o quanto não sabe.
Se você é muito simpático mas leva meia
hora para concluir seu pensamento; que
a vida lhe ensine que explica melhor o
seu problema, aquele que começa pelo
fim.
Se você faz exames demais; que a vida
lhe ensine que doença é como esposa
ciumenta: se procurar demais, acaba
achando.
Se você pensa que os outros é que sempre são isso ou
aquilo; que a vida lhe ensine a olhar mais para você
mesmo.
Se você pensa que viver é horizontal, unitário, definido,
monobloco; que a vida lhe ensine a aceitar o conflito
como condição lúdica da existência.
Tanto mais lúdica quanto mais complexa.
Tanto mais complexa quanto mais consciente.
Tanto mais consciente quanto mais difí­cil.
Tanto mais difí­cil quanto mais grandiosa.
Se você pensa que os outros é que sempre são
isso ou aquilo; que a vida lhe ensine a olhar mais
para você mesmo.
Se você pensa que viver é horizontal, unitário,
definido, monobloco; que a vida lhe ensine a
aceitar o conflito como condição lúdica da
existência.
Tanto mais lúdica quanto mais complexa.
Tanto mais complexa quanto mais consciente.
Tanto mais consciente quanto mais difí­cil.
Tanto mais difí­cil quanto mais grandiosa.
Que a vida nos ensine, a todos, a nunca dizer
as verdades na hora da raiva. Que desta
aproveitemos apenas a forma direta e lúcida
pela qual as verdades se nos revelam por seu
intermédio; mas para dizê­las depois.
Que a vida ensine que tão ou mais difí­cil do
que ter razão, é saber tê­la.
Que aquele
garoto que não
come, coma.
Que aquele que
mata, não mate.
Que aquela
timidez do
pobre passe.
Que a moça
esforçada se
forme.
Que o jovem jovie.
Que o velho velhe.
Que a moça moce.
Que a luz luza.
Que a paz paze.
Que o som soe.
Que a mãe manhe.
Que o pai paie.
Que o sol sole.
Que o filho filhe.
Que a árvore arvore.
Que o ninho aninhe.
Que o mar mare.
Que a cor core.
Que o abraço abrace.
Que o perdão perdoe.
Que tudo vire verbo e verbe.
Verde. Como a esperança.
Pois, do jeito que o mundo vai, dá vontade de apagar e
começar tudo de novo.
A vida é substantiva, nós é que somos adjetivos.
Por Lourdes Bernadete C. Bispo
Imagens- Internet
Texto- Artur da Távola
Música- Moonlight

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
Eterno drummond
Eterno drummondEterno drummond
Eterno drummond
 
eterno drumond
eterno drumondeterno drumond
eterno drumond
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
O que é eterno
O que é eterno  O que é eterno
O que é eterno
 
Mtvs Eterno
Mtvs EternoMtvs Eterno
Mtvs Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno Drummond
Eterno  DrummondEterno  Drummond
Eterno Drummond
 
Rev. destino
Rev. destinoRev. destino
Rev. destino
 
Algumas coisas que permanecem
Algumas coisas que permanecemAlgumas coisas que permanecem
Algumas coisas que permanecem
 
Eterno Drumond
Eterno DrumondEterno Drumond
Eterno Drumond
 
Mtvs eterno
Mtvs eternoMtvs eterno
Mtvs eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 
Eterno
EternoEterno
Eterno
 

Destaque (8)

Coisas que a vida ensina depois dos 40 k
Coisas que a vida ensina depois dos 40   kCoisas que a vida ensina depois dos 40   k
Coisas que a vida ensina depois dos 40 k
 
Satellite terre
Satellite terreSatellite terre
Satellite terre
 
Brehat
BrehatBrehat
Brehat
 
Satellite terre
Satellite terreSatellite terre
Satellite terre
 
Thrapie anti stress
Thrapie anti stressThrapie anti stress
Thrapie anti stress
 
Fotos da Terra
Fotos da TerraFotos da Terra
Fotos da Terra
 
Paintings musée d'orsay paris
Paintings musée d'orsay   parisPaintings musée d'orsay   paris
Paintings musée d'orsay paris
 
Louvre u geziyoruz
Louvre u geziyoruzLouvre u geziyoruz
Louvre u geziyoruz
 

Semelhante a A vida ensina

Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
Adriana Sales Zardini
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
MariadoCarmoAlves9
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
MariadoCarmoAlves9
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
MariaCarmen49
 
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdfAUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
VIEIRA RESENDE
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
MariadoCarmoAlves9
 
O Tesouro Da Vida
O Tesouro Da VidaO Tesouro Da Vida
O Tesouro Da Vida
Rita Steter
 
Mistérios da vida(2)
 Mistérios da vida(2) Mistérios da vida(2)
Mistérios da vida(2)
ilce marinho
 

Semelhante a A vida ensina (20)

A vida ensina 8
A vida ensina 8A vida ensina 8
A vida ensina 8
 
Livro O sentido da vida.pdf
Livro O sentido da vida.pdfLivro O sentido da vida.pdf
Livro O sentido da vida.pdf
 
O sentido da vida
 O sentido da vida O sentido da vida
O sentido da vida
 
O Sentido Da Vida
O Sentido Da VidaO Sentido Da Vida
O Sentido Da Vida
 
Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
Cartas para madame austen edição 05 abril de 2013
 
Mistérios..
Mistérios..Mistérios..
Mistérios..
 
Jornal Mente Ativa 8
Jornal Mente Ativa 8Jornal Mente Ativa 8
Jornal Mente Ativa 8
 
Para bem viver a vida
Para bem viver a vidaPara bem viver a vida
Para bem viver a vida
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
 
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdfAUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
AUGUSTO CURY - Treinando a Emocao Para Ser Feliz.pdf
 
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdfTreinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
Treinando a Emocao Para Ser fel - Augusto Cury.pdf
 
Ensaios
EnsaiosEnsaios
Ensaios
 
Apresentação lívia
Apresentação líviaApresentação lívia
Apresentação lívia
 
O Tesouro Da Vida
O Tesouro Da VidaO Tesouro Da Vida
O Tesouro Da Vida
 
O tesouro da vida
O tesouro da vidaO tesouro da vida
O tesouro da vida
 
Mistérios da vida
Mistérios da vidaMistérios da vida
Mistérios da vida
 
Mistérios da vida(2)
 Mistérios da vida(2) Mistérios da vida(2)
Mistérios da vida(2)
 
Parentela corporal e espiritual
Parentela corporal e espiritualParentela corporal e espiritual
Parentela corporal e espiritual
 

A vida ensina

  • 2. Se você pensa que sabe; que a vida lhe mostre o quanto não sabe. Se você é muito simpático mas leva meia hora para concluir seu pensamento; que a vida lhe ensine que explica melhor o seu problema, aquele que começa pelo fim. Se você faz exames demais; que a vida lhe ensine que doença é como esposa ciumenta: se procurar demais, acaba achando.
  • 3. Se você pensa que os outros é que sempre são isso ou aquilo; que a vida lhe ensine a olhar mais para você mesmo. Se você pensa que viver é horizontal, unitário, definido, monobloco; que a vida lhe ensine a aceitar o conflito como condição lúdica da existência. Tanto mais lúdica quanto mais complexa. Tanto mais complexa quanto mais consciente. Tanto mais consciente quanto mais difí­cil. Tanto mais difí­cil quanto mais grandiosa.
  • 4. Se você pensa que os outros é que sempre são isso ou aquilo; que a vida lhe ensine a olhar mais para você mesmo. Se você pensa que viver é horizontal, unitário, definido, monobloco; que a vida lhe ensine a aceitar o conflito como condição lúdica da existência. Tanto mais lúdica quanto mais complexa. Tanto mais complexa quanto mais consciente. Tanto mais consciente quanto mais difí­cil. Tanto mais difí­cil quanto mais grandiosa.
  • 5. Que a vida nos ensine, a todos, a nunca dizer as verdades na hora da raiva. Que desta aproveitemos apenas a forma direta e lúcida pela qual as verdades se nos revelam por seu intermédio; mas para dizê­las depois. Que a vida ensine que tão ou mais difí­cil do que ter razão, é saber tê­la.
  • 6. Que aquele garoto que não come, coma. Que aquele que mata, não mate. Que aquela timidez do pobre passe. Que a moça esforçada se forme.
  • 7. Que o jovem jovie. Que o velho velhe. Que a moça moce. Que a luz luza. Que a paz paze. Que o som soe. Que a mãe manhe. Que o pai paie. Que o sol sole. Que o filho filhe. Que a árvore arvore. Que o ninho aninhe. Que o mar mare. Que a cor core. Que o abraço abrace. Que o perdão perdoe. Que tudo vire verbo e verbe. Verde. Como a esperança.
  • 8. Pois, do jeito que o mundo vai, dá vontade de apagar e começar tudo de novo. A vida é substantiva, nós é que somos adjetivos.
  • 9.
  • 10. Por Lourdes Bernadete C. Bispo Imagens- Internet Texto- Artur da Távola Música- Moonlight