Arca do Tesouro

1.495 visualizações

Publicada em

Apresentação do livro "Arca do Tesouro"

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
141
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arca do Tesouro

  1. 1. ' . l, 'f › r - lu. Ra , xt-u hu. hsúçr l a. ; V _Lug- . Hlu-tlu Igqrrrç; ~ › 1 - . r o G I › - 1 r a - ¡ n .
  2. 2. ÍI' À A¡ "t1. &lã-t- "Tv-p¡sr_vy » g t** l- '. 'JÁ/ Il l » . J,
  3. 3. Então as pessoas abrem os olhos devagar, muñfcoi a íífll@ liílíííll. . (III e nho . .
  4. 4. na areia da praia no cabelo das mães nos gelados que se derretem n Os 11250 S d QQ o 'va 'ip 0o
  5. 5. fr ¡Í/ 'TIÍÍÍ _ . IF/ há, I, É? KT VK x É v r n x _ ' I ' LhLfI¡ 'JW A kl l A7lll_ll"ifg, '~'*' k . u, JJÃ/ [llzll/ ILKÍTÍÕM gi Ú fl_ a / .4tl! _'”"[r›. ' . Q à! , IRÁ/ r v) ( É' S, 1 7 7X o J Í» , a o c J : Ú
  6. 6. @Spñffllñllllílll têm tosse_ A_ q @IEÚIILGLIÚUI tort0 têm saudades dos amigos que desapareceram protestam por ÍUUIÕiCEID e por IJMJlÓlCQl.
  7. 7. Palavras más -r boots feias *l v; 4_ lDOMItILGIS curtas _ É fáceis d1fíce1s _p _ã r ÊEIÃÉMÊJGULLCIULS antipáticas
  8. 8. ofetada as AS «bm-f ~ ltas» (lb «fe1as». ., As «sim ' - Püt1cas» à ca I . ° 1 As «face1s»u0 murro: : as <fant1paticas». ., «d1f1ceis». ._ E por aí fora. ..
  9. 9. Dorme à pressa. Sonha à pressa. Acorda à pressa Veste-se à pressa. Sai à pressa. Estuda à pressa. Come à pressa. Sorri à pres. ... . Ííílãlaürt Não sorri a pressa.
  10. 10. ,llllllllllllltllilll María já entendeu que isso precisa de tempo ç de muito tempo e não se consegue quando de todos os cantos da casa de todas as salas de aula de todas as ruas de todos os passeios de todas as lojas de todos os autocarros só se ouvem vozes irritadas zangadas estafadas complicadas vozes fartas! fartas!
  11. 11. São as pessoas com a sua voz de Inverno. Asua terrível ú 1 _ . _ I __ msuportavel ÍWÍITÍ. 73.13 ÍlÍl. ";F'ÊlÍIÍÍiL®>l-: Maria suspira sempre fundo, muito fwfmôü 49W _ quando chega a casa.
  12. 12. __. _.. ._. _., r_r. _.-. _. . __ __-_. .__. .. ... ..__. _
  13. 13. E para que servem os abraços e os beijinhos e as festas e o mimo e o colo e os sorrisos p *e as lágrimas? Para que serve o que não serve nem para comer nem para beber nem para tirar o frio IICIII para tirar o calor ntãlgllli para dar dinheiro . l ; J para curar gripes MJ ; J LJ . para arranjar emprego
  14. 14. um duas A . tre Vlnfecenl mil MUITAS vezes _. ___. ._, «_r. _.-. _.__ . _-: _.. . . .aew
  15. 15. . , t ' 1 msuportavel emve voz de Inverno í. _.-__. _.¡__. _.-. _.. ... ._›_. _.. u-yw
  16. 16. IVÍQS ("Ílbjrr 14.73 #j Ç l r </ r,, ›ol*1” lv_ l_
  17. 17. Um gato cinzento minúsculo macio enroscado ronminloíimlídlíl 0lTlJlÍii"Õ (1, _ x 'if ! íllllll 1 “n _fr n' ›: !m4 (7 @eu r V' l 5'] _J : _< l ; l n_ , l u» , l fl: Iúl a7¡ 1 ( I ); : . im 'l l @lo r
  18. 18. f; ^ . iiiifül_ lll e. . g1

×