¡“

 

' |  O_ J w 1
; 
l
c
* _ ' . A32.- . .-
* ___. __. t--""'
- . -au-cn-
_ -~
r _- «q»
a.  .
l»
. q
a
,4
n 1 _
. 
. , ...
_
l mumcopa!  '

Ívutlqhv rh(an
"vn ›r nn ííhiu_ &Fnvrnrkhvu

Campo da Restauração,  7400-223 Ponte de Sor
Telefone:  2422...
mu.  .. r- ~. .›. ~

    
   

co. ooooooooo . __, 
° 0 ° O °: ::. -.: '.*. í*. "°'; ^'r: .8. g 

   

 Conno ao Ano¡ o Cu...
.rar z ° "p _t c

üfe"

ST ? RÍA e historias

L
' í

"x
. Í
v¡

rllSTORlA DE PORTUGAL l FUNDO wTU/ tl. 

5 a 1a:  de outub...
Biblioteca /  Arquivo Historico

      
     

  

MRS

DHLLOUIHY

VIROU/ HR M100 l.  F? 

   

  

'uu-cf _
j¡ (da dos¡ I...
B? ) cutu bro _É
10H00-18H00

Centro de Artes e Cultura
Biblioteca Municipal

Encontro de Bibliotecas do Alto Alentejo

Es...
BPQUIVO

u
~ s

municipal

POPITIÍ UE SUR

O¡ lfgjzüáWã da Airenua
do 347m8 a ruim-Vara
começa u a ¡níaiar as
virhas europ...
17-30 outubro

Centro de Artes e Curtura
João Luís Silva |  Conñdentes de Maria

Exposição que tem corno crtaietivcr tes-
...
¡. -

v": 
Rg
' -m
. 
«
 - 404
i '-3
l
l. 

w 5;.  ih si! 

g,  t ¡gç . t n.  
. .it «i  . 

 55"' ! '72

i;  i1_ f. 
45V ...
~x
, s

outubro

: :Lj r. '; *rx

Centro deArtes e Cultura
Sete Sois Sete Luas

Cláudio César |  Antologa

Claudia:  Cesar...
. ru'
*| .~'A 
*xx* 4.. 
L'“_u. ;n_  . J
. x í j ¡
u-. ..Lunruànt
. -7. p.  - p»
'f l,  l A
. .r-gr H
. PNL.  1
7.'. 

. a...
rea”. 
m_ . VJ l lscJv

r** « v_

. ' É¡  --NJ
1,1/ i'm
~ 4 lrÍ

    

V  - : :ñàgJ . .L-[Çiá-_Làfi b¡

«ouvem» . ..Luz-r ...
17/18 OUTUBRO
21H00

Sexo,  Amor e Terapia
de Tonie Marshall

Judith é uma mulher que vive
abertamente a sua sexualida-
de...
Centro de Artes e Cultura

Festa do Idoso:  Sor Sem Idade

Evento cledloaáu:  a querri nas merece.  i o qu' al
«estao Il" ...
t.  GQntÍtctb s 

Câmara Municipal de Ponte de Sor:  Bombeiros Voluntários de Ponte
242291580 de Sor: 

242292160
Centro d...
Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor
Avenida da Liberdade.  64 - F
7400-218 Ponte de Sor
Telefone:  242 292 070
cacge...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Agenda CAC outubro 2015

53 visualizações

Publicada em

Agenda CAC outubro 2015

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
53
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agenda CAC outubro 2015

  1. 1. ¡“ ' | O_ J w 1 ; l c * _ ' . A32.- . .- * ___. __. t--""' - . -au-cn- _ -~ r _- «q» a. . l» . q a ,4 n 1 _ . . , . . _ J . r Uutubru - %
  2. 2. _ l mumcopa! ' Ívutlqhv rh(an "vn ›r nn ííhiu_ &Fnvrnrkhvu Campo da Restauração, 7400-223 Ponte de Sor Telefone: 242291580 Fax:242291589 geral@cm-pontedesor. pt httpsi/ /wwwfacebook. com/ municipiopontedesor httpz/ /wwwcm-pontedesorpt/
  3. 3. mu. .. r- ~. .›. ~ co. ooooooooo . __, ° 0 ° O °: ::. -.: '.*. í*. "°'; ^'r: .8. g Conno ao Ano¡ o Cultura do Ponto do Soa Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor Avenida da Liberdade, 64 - F 7400-218 Ponte de Sor Telefone: 242 292 070 cacgera| @gmail. com https: //www. facebook. com/ cac. pontedesor httpz/ /bibliotecapontesor. wordpresscom/
  4. 4. .rar z ° "p _t c üfe" ST ? RÍA e historias L ' í "x . Í v¡ rllSTORlA DE PORTUGAL l FUNDO wTU/ tl. 5 a 1a: de outubro e segunda a quarta 18H00/ 19H30 Centro de Artes e Cultura Arquivo Histórico Municipal Biblioteca Municipal Oficina de _genealogia e paleografia O Arquivo Histórico Municipal e a Biblioteca Mu- nicipal de Ponte de Sor organizam a Oficina de genealogia e paleografia que decorrerá em seis sessões, com a duração total de nove horas. A Oficina tem como objetivos fornecer os conheci- mentos básicos para quem quer elaborar uma árvore genealógica (como começar e em que arquivos e documentos procurar informação). bem como habilitar os participantes com algu- mas noçóes de paleografia, ferramenta necessá- ria à leitura de documentos manuscritos anterio- res ao século XX inscriçoes até 3-3 de Setembro Entrada Livre Centro de Artes e Cu tura 2422020993 cacgeralêrgmalcom 6 / 20 outubro 18H30/ 19H30 Centro de Artes e Cuttura Biblioteca Municipal Conversas Com História e histórias Nesta atividade de convivio e partilha de conheci- mento, podera usufruir de conversas conduzidas pelas Profas. Conceição Loureiro e Ana Bela Cas- telo onde. num ambiente intimista. se pretende fomentar a cultura do público relativamente à His- tória de Portugal, partilhar historias de vida relacio- nadas com a história local e debater ideias sobre os acontecimentos mais importantes da atualida- de.
  5. 5. Biblioteca / Arquivo Historico MRS DHLLOUIHY VIROU/ HR M100 l. F? 'uu-cf _ j¡ (da dos¡ Io u. ltAItTYK UIIYCISII Reg 5:: - de 2651371910 de l/ i-; ruei Arms: - resid-: rrre en' Fame : e scr taco: : em : E : c- urnz-de 1835 , áHl/ PS . humanista ; ão co Csncelhc» de Fiz-de de EL-: r Livro se recuso ce testa wierrosnsaõ-'ssr 'l i Centro de Artes e Cultura Biblioteca Municipal 14 outubro 18H30 Clube de Leitura Através desta iniciativa, a Biblioteca Municipal de Ponte de Sor promove mensalmente a partilha de pontos de vista acerca de uma obra selecionada. na crença de que o debate enriqiiecera a sua lei- tura Todos os meses é também selecionado um convidado literário que procede a introdução do livro, antes de se dar inicio a uma partilha de idei- as Este mes o livro escolhido e de uma das nrais respeitadas escritoras do seculo XX. Virginia Wo- olt Mrs Cellovzay consta na lista dos 100 melho- res livros de todos os tempos do The Guardian e faz também parte da selecção dos 100 melhores livros redigidos em ingles da revista TIME. outubro Centro de Artes e Cultura Arquivo Histórico Municipal Documento do mês “Doctmentos do mes' e uma mostra mensal pa- tente no átrio do Centro de Artes e Cultura de Pon- te de Scr que visa divulgar o patrimonio doou mental e historico do concelho. recorrendo sobre- tudo a fontes do Arquivo Historico Municipal. No mes de outubro, em que o Arquivo organiza. em conjunto com a Biblioteca Municipal, uma “Oficina de genealogia e paleogratia" damos a conhecer dois tipos de documentos que podem ser usados na investigação genealógica, nomeadamente. os livros de registo de testamentos e os cadernos de recenseamento nrilitar ou «dos mancebos sujeitos ao serviço rriilitai»
  6. 6. B? ) cutu bro _É 10H00-18H00 Centro de Artes e Cultura Biblioteca Municipal Encontro de Bibliotecas do Alto Alentejo Este encontro. direcionado para os profissionais de Bibliotecas do Alto Alentejo. tem como objetivo fo- mentar a discussão sobre assuntos práticos com que os profissionais das Bibliotecas desta região se deba- tem quotidianamente. ao mesmo tempo que se pro- cura estreitar relações institucionais e profissionais entre estas. O encontro. subordinado ao tema "Captação de no- vos publicos", conta ainda com a presença do Prof. Paulo Leitão, doutorado em Ciércias da Informação. responsavel pelo setor de Sistemas de Informação da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian e docente nos cursos de Mestrado de Ciencias da lnfomiaçáo e da Documentação da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade de l_isboa. IÉ_, _'4,, 1 outubro Centro de Artes e Cultura Biblioteca Municipal Autordo mês Hélia Correia, professora de portugués no ensino se- cundário. é uma ¡Jrolfñca autora da qual podem ser lidos livros de ficção. poesia e teatro. Tem como obras mais reconhecidas a novela Montedermo e os romances Casa Eterna e Soma A Biblioteca Municipal de Ponte de Sor deixa uma nota de destaque para o facto de o ensino secundário portugués poder contar com professores desta qualidade e homenageia Helia Correia elegendo-a como autora do mes.
  7. 7. BPQUIVO u ~ s municipal POPITIÍ UE SUR O¡ lfgjzüáWã da Airenua do 347m8 a ruim-Vara começa u a ¡níaiar as virhas europeias a pau de Frarça ru ¡vnrm da d-fnfañ-“z -Tin : CEO Pcirtuçga. ” to c» segundo pas a se! s rc-«Íid I : Íi n po: c: sia: - mseto. cujos [JPHBÍ : os efeitos se vaifma- «am na regis: : diníceñ- sr: : ! end-a ficado a' cncuwssrilos Liurawte duas décadas N? ) een-auto a ; Jam : fa decada ce 1830 a ? tlnxcra n'.1$*. 'or. i«s-7 po: quase 10cm o t mtona nazuonaí ahh; rtcia (amu-an . Gigi/ NI 3-1 o pau "aro 16H30 Centro de Artes e Cultura Conferência | A fíloxera na vinícuttura em Ponte de Sor (séculos XIX-XX) | Prova de Vinhos Por Canos Manuel Faísca Iuiarques Balão o AHU Nerutep e Por: te ce Sc' Atowjancia um hisrfrrrzçrr-j) ÍCS' ponsáu-cl pu alteraz çúes pzufuwaids na vn nur cultura eum- pe a. esta ccmuyvíca- çi-: u pretende eluzi- da' mg'. ams das cerxsequerwcías da : Ííoxera HE. regiao e no con-: tfho (tê Pon- tc cf. : hi0 ana' exjsbrá urira ; Java de virños ccm cvagenw no concizfho ci: : Pon- le ue Scr LUHO for ma Ce da' a comu? - cer a gira-ncia qvuaíacia- de de m1 renasicido setor da economia lata! nmnh' (Ía R . ›' POSI N H ›
  8. 8. 17-30 outubro Centro de Artes e Curtura João Luís Silva | Conñdentes de Maria Exposição que tem corno crtaietivcr tes- temunhar o arvor cue as conrunida-jes cristãs têm por Nossa Senhora. Esta exposição está dividida em quatro es- paços o primero e dedicado a Santos devotos de Nossa Senhora. .lã o se- gundo apresenta as relíquias de vários Santuários . Nfarianos no mundo. en- quanto o terceiro centra-se em objetos refigiosos de figuras púbíicas e por ultimo exibe-se um painel invocando a irmã Lúcza. pastorinha de Fátima e a grande confidente da Virgem traria co seculo 3-3( outubro Centro de Artes e Curtura lvlunicípio de Ponte de Sor Ponte de Sor. 30 Anos de Cidade Exp-osLão que marca a contemoraçãcr dos 30 nos da eievaçào : :e Ponte -: le Sor a cindacle 'rate-se de luna mostra fotografica. em que e posshrei obse- var a exrotuçào das zonas mais coni- cas de Ponte de Sor seo-do qJe o ob- serva-: lcr e'. confrontado com uni carre- gado contraste entre o cassa-cio e o peseníe IJFLÊ-aYTSÍlCiO »oa c o : :ie es- ooerda podemos observar a ei. rc› ação da zona ribeirinha. zona nobre . sentore apreciada pe os pontessorenses que. para ale-n* dc repouso vexoejante cue prc-oociona conta ainda com uma pscina _rm campo tenis e um ant. - : eatro
  9. 9. ¡. - v": Rg ' -m . « - 404 i '-3 l l. w 5;. ih si! g, t ¡gç . t n. . .it «i . 55"' ! '72 i; i1_ f. 45V 'vn ' ' _-_ p. __ *i | - ' . i t l crf¡ y I . l d_ - , - ¡ ¡ v_ , ' 'n . _ , ” E 's i-L-7._°-v~l 7". : › “ *zi #W j. outubro ¡nz-Lpux; -uc- ntro de Artes e Curtura João Espadinha Graça | STiLTSKiN i: str- r- intão i7w°~l siñ-inrir: : Lzeii ciJi'i'iei; :iJ; -.. -_; di; iii'a›, ;iiiari~u : route-ria ea. ; rein Jentaoas e inseridas num contexto quotidiano sendo destacadas do LITTXVC”SO fantastico cíos con- tos : :ara _izoirogrçni o dia a dia comum Lmbiara ClBSIiHdUá a todas as idades a exposição terno potencial partvcirlrir de interessar as mentes mais jovens urna vez que as criancas tesao imerise. cilidade em reconhecer ¡Jersonagensi como o Ca- oiicínmo Vitermcllto ou a (jlHlÍltÊfiÍlÊi. trata-sa: : noi- ianto de uma boa oportunidade de as por em contacto com este tipo de registo artistico m pirinvrrti tritrigirri' Ti'
  10. 10. ~x , s outubro : :Lj r. '; *rx Centro deArtes e Cultura Sete Sois Sete Luas Cláudio César | Antologa Claudia: Cesar. um artista que . não cabe en) 5.' mesmo. A sua cura tem irma ¡nter. ~7.'r'i'e de in- cmtmt nunkño ostic- pa _cicsscrcz t; :: sv tarrui; cu nao us art: : Liass-ar diante ue urria n l ' uma oeste artista e ficar inddeienne. A rlrttenr nrruftr. : ! errtbra o esrsiluíto i'. vur_. íet›; ~ LIC' me oljr . San p 77:1.: iÍF a l 'v : â . JI "a 'JU 'A »o C 'Ti 1 zados. '14 V¡ '. . . z sd_ _ aq) 's u_ o ¡VC- . q. ' as. .I 1 1 l ¡. l nã* c? CJÊTÉ E C ESÀONÁINÍVÍ' U9 D" . '33 *JÊÍâÚ fc? 7 Ef' I ai' Fc¡ '
  11. 11. . ru' *| .~'A *xx* 4.. L'“_u. ;n_ . J . x í j ¡ u-. ..Lunruànt . -7. p. - p» 'f l, l A . .r-gr H . PNL. 1 7.'. . a ) v' . .. a** . .o x outubro Centro de Artes e Cuttura Casas de Fronteira e Alorna Ricardo Cruz | Ribeira do Sor r' : :rügrafar a Rrbefra 13': : &Icr Garrafa¡ a . nan/ reza onde cres- ci. ;me preciso e que írr/ /us-. ñ- 05a o ; meu nmç~rjo de estar : va ruída. Deixar-me rr ao será-vêr aguas e oa corrente. Enncrosanwente. .oo-r exwrrc . avar- fvervs urerrdejar7tes Caprar as fartura: wegefaçà o. cfesfru rar c"? som da 551113, rias awe. : #da cuc- a agua transporta : :fe um . fa do ; Lira o our/ o. num ciclo perfeíío de energia. Lx- pscra/ .lugares . 'e. -'. 'IJL; í-us e rrvex_ , pícradxma lugares con/ vcczdczs. aire/ aulas , oc-Ju . ho/ nara Luga- cnc-"os (je n70!? 5.013s. Cap far a rãfveira vazia de pvessoas, para pague¡ u'e. r'_›: a-. ›'as a 55%: : e puxar ; pe-fas suas nuerrvjrbs. Serra¡ que o que vao e ! vivi/ ía Que tudo o que me rox abala: me _Dêffêwtfr un*- pouczí- e, <w'sfe . no (gua sou. Pegar . na ccáquirva. .Scam . saber esperar o nwo-rrúenrc: e a fu: cena, apreciar tuJu calma» . mente. CorvjLrgyar tudo. encontrar me e fztrfaxecer-nve. (Ricardo Cruz)
  12. 12. rea”. m_ . VJ l lscJv r** « v_ . ' É¡ --NJ 1,1/ i'm ~ 4 lrÍ V - : :ñàgJ . .L-[Çiá-_Làfi b¡ «ouvem» . ..Luz-r - . 57;¡ . 3;: : C [JTU F 3 : :o 15H00 A Ovelha Choné de ? viam Burton e R. Slaizala A (Íírucfhrx Cl" *na ml: : n : :m- par' A vicia qi. . rita Cau ri. ; ia rot na erifiactriha e Oure- ¡ha conj~_. a3 rm plano r: -r*. :_: _;s3- HHIJEAJ pega. ugiisegii_ r pri «Jia dr: lirrlgri (ÍI- rilnnrf) . rlri (ÍÍVr-vlmri Chorê ÕESCOTIÍICÊIÍELSE u: la- rrirzriti: : faz com cio: : o manja* so' figgrio-. Xzor acabe: 'carga da c; imra cl*- qr: r: rfñnn -Cíonw êiwlllíd -; l-: i relrrarliv; e «se Eliza: 'XçÃhÕFB tem de deixar a -JIWÊFI : ::. :.~l. a rurrrnizezra vez na su vida ». - w: a' dk* a 'Íirçiwrie CÍsçlaze ñ F' . .iJSllTl Fletcner iífmn Syiíf-; eos Curti: : D43', 1. 'í-rlàfi qua: ii ? Í 15:'- CLJTL. f? F: O 21H00 Homem ! nacional de Mc Orly Al lan O prolerssczr ria FHJaJiia me passa rtnzzir ima fase dexíressr- e s; rn prcazloliwirzíacli; !ão rriudause ; sara uma noiva Ll- rxzíriílij_ ac : :lu C3' Sã: *ser -smvcil- ou eriwociowalirertle ouvi : :rias m ; JlWCJlClS muita: ijiiesreen- tes E : rum raariia' com pin. : rffàâilílfs ITLJPWiTrFTS 611.1* Abü_ fcrrurrarrieriie. asazsa por ouvi- iima camaras: : q%. ..= _- : ra a Êñlãl r_i~astre: aml›cnte a leur-a CCirTIÇI se a 5 rriesríii; (JiflffijJliê um “aC/ UCI prCJCJ-sitry LÍÍJIÍVISÍIÍWClIÃÍ . Júfgfl ; _ii ii H* 30:: : ri ix Errrria SÍOWB. .JL-nie Elzfxilkvxí-i; r- ÍÉKTN-u” F'r'is›. '^'~¡ 37' 'i l3.: ar'. .à: _lzirerw E2 ? il C: IIÍJiJÇCIíI' EU . Írrationaf Ãlan K-“ffif H : .21 í t l . ' i iO/ ê l rfiiirimzãzíi 15H00 Sem Saída de . John Emil( Düzvüle Santi. ; e im rr-»leer . rrren *arcbrltra| jíg'1u, I1e'Yír: [c$ rlD . .mini 'icãnríh lÍílliÍt_ r / ilTT-. ":H”›IÍ! ›'7Í! Í! Lorri sua. ldrii lia. icçorriegta. a 'IPM nim pair: (tri 'iiliÍlff-ÃÍC- rain Ásia ! Jal crus-gia ao seu (least no . |.: ::l; Líi. :i. '.^, rr: :r ri: : por s¡ no LUWUD de Ullid xriçiíizwld 1c'r-'i_*'lci rt ilriza. e 'Jhñfi-ÍÍ. ? a miar-ln. sofre- mi irriizzieulcr-eizi ÕÍRQLNÊ lÍ-Íl ; varre : :os rebefrjes, eles 53:3 Ob(l-I3Í. CÍÇJS a ijznzijintrar ucsespcrçtlaiiierite uma. Ítlrlíllã PF* hiçi' ›: ~r 1 : ng: rançra i ll' L" Fran: :- Eic-snaw (Du-zen vrrrgçrw Lab: : tzijfl Strfirg g5# . NHS s: Clisre Cicare- E37 Cariri: .làxlrn E2 V. l~l duraçg; ;LJ
  13. 13. 17/18 OUTUBRO 21H00 Sexo, Amor e Terapia de Tonie Marshall Judith é uma mulher que vive abertamente a sua sexualida- de. Lambert é um ex- nrnfomanlaco. atualmente na fase final de um longo trata mento (Juando Judith passa a trabalhar no consultorio de Lambert (terapeuta de casais) a atração entre os dois e ins- tantânea e . Judith parte para cima Lambert tenta resistir. uma vez que emocionalmente só se sente disponivel para uma relaçao sem sexo - ~' “ Sophie lvíarceatr Pa- trick Bruel, e Sylvie Vartan 92.5 Cartão Jovem E2 duração 85' . fia Hu¡ , _. :_. q,'¡' ' r r' U-, J / »à / ÍrÇ N: ' N 4 É .4 '_-" _Õ (P- - sgíjb' », 31 OUTUBRO 21H00 Black Mass de Scott Cooper Frhitey Bulger, irmao de um senador dos Estados Unidos. foi um dos criminosos mais famosos da ltistoria do sul de Boston. Bulger trabalhou oo- mo informacfor do FBI para derrubar Luna familia de mafi- osos. mas acabou traído pela agência. tornando-se num dos homens mais procurados do país. Baseado em factos verfdioos. este e um filme no qual podemos ver uma das actuações mais fascinantes de Johny Depp nos LlÍÍlFnOS 24 e 25 OUTUBRO 21H00 - - -Ç i, Johnny Depp. Dakota &EÊÃÍCÊÍÍAZZNS . Johnson e B Cumberbatch, 82 , 5 Pvl_ 'G LÍVIASS Cartão . Jovem C2 duração 122' Jules Ostin e a criadora de um bem-strcedido site de venda de roupas. Quando a sua em- presa inicia um projeto de con trataçáo de idosos cabe-lhe trabalhar com o viúvo Ben Whi- ttaker. Aos 70 anos. Ben leva e . uma vida monotona evé o l É; estagio como uma oportunida T A s de de se reinventar. Depois de “ ' ' enfrentar um inevitável choque de gerações. acaba por con- quistar os colegas de trabalho e começa a aproximar-se de f; - -' -« i . Jules. l . ._. _.-« Robert de Niro eAnne í - - . -'› Hathaway 82.5 Cartao . bi/ em E2 tvl,6 duração: 121* - -
  14. 14. Centro de Artes e Cultura Festa do Idoso: Sor Sem Idade Evento cledloaáu: a querri nas merece. i o qu' al «estao Il" --l llClES. entre culta: :itivlda-ílef-s. urna ca- nwis~rliaçzla ínterçzgerac: :ma: «mia sessàzi : :e esclare- ciirier1to con'. o titulo 23433.35 Abaríiul fiador. farm . a reñrinss: 'fs; «'5r: _e e anna aula de . CHãSllCvñ ztmza cícsti' a izxziizulriçrã-. o mi gcnzl a ritoirrisçiges Ê i: itãllãzPÍL-Í (para nado em v. '.~. *.^. ' CTN-lili"iÍ6-«'›ÍH'1,Í' p' Cine-Teatro de Ponte de Sor lwirirciiiro (lc Ponte (lc Sor I Encontro de Saúde Mental de Ponte de Sor O de ? tronte «Clí- Sor im . dos : rio XXl a 'É-. IJ' L err: (lets l-“n na CiITÍñÍIíf assuntos «nais l': +'1t'll'1r3'WI+3.5 do s» t. lÍITÍV-"Éz ctzntlriiia ch citín di? viu: flr-f-. .. Trinanrlçv DNC! a . mczvtãncia Clã¡ lÊ'l'lÍ. "u"t'Yf"~'ÇrÍ'-Í¡ O ir: : ? Effa conduzi- (,113 pc' »a 'Já Lirtfsstaorais esueçial dale. V: .a mt: ›rrwi; -:: i:: =:5 r: - c porem: : ozta nado em inn-im' cm : c -itc 21233" pt Centro de Artes e Cuttura_ Çñcinal Mamãs Sem Dúvidas | nrc! a!w. ";-; i cmi o r: r'; :í¡el. ~.-›; ) de suporim i ouvidas es- S-ÇVICEA 2;. J-IIÇTCÉYTTÉZS a : n›. ::xif: .j: rltÍ~i'›: i.; iflifl QTETÂTQZÉÍÍTILÍTLPA' t: : Esta Uilçlfld tratara assuituus carmo a anta rnartnçm os Leci-flores do . Te í. -"-. n'ic~nto materno 0.1 a iit ÍVHÇÍÍJ rf* crlzilf: : rfc» corda-ri IlTlt' : rca i: :orr; ::: alter teiai- _ ! PE2.3 true. r. '-: rm; ::; .i: :«3 e priston? ) dC-TJVnfrdU em' 'eram-x to: De¡ da com
  15. 15. t. GQntÍtctb s Câmara Municipal de Ponte de Sor: Bombeiros Voluntários de Ponte 242291580 de Sor: 242292160 Centro do Artes; (3 Cultura do Ponte do SO! í l annácia Matos lemandes: 242292070 242260364 GNR do Ponto do Sor l armácia Carvalho Pinto: 242202707 242292070 CCTIÍfO de Sziilrlr: de Ponto de Sor: farmácia Silva Godinho: 242292000 242202707
  16. 16. Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor Avenida da Liberdade. 64 - F 7400-218 Ponte de Sor Telefone: 242 292 070 cacgeral@gmail. com liltpsz/ /wwwfacebook. com/ caopontedesor httpt/ /bibliotecapontesor. wordpress. com/

×