Jandimar ativ5

40 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
40
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jandimar ativ5

  1. 1. Economizar agua. Torneiras Econômicas Há duas maneiras de se reduzir o consumo de água, uma delas reduzindo a vazão do ponto de consumo, outra reduzindo o tempo de abertura do mesmo. Melhor ainda quando reduzimos os dois. Torneiras convencionais consomem acima de 5 litros porminuto, porém o que se verifica em média são vazões de 6 a 7 litros/minuto. Para redução da vazão, Arejadores Econômicos: Apenas com sua aplicação reduzem o consumo de 50 a 80%, sem perda da eficiência e do conforto. Modelos comregulador de vazão fixa para atender torneiras de lavagem demãos, com vazão de 1,8 litro/minuto e modelos com redução de vazão por simples restrição para lavagem de utensílios. Ambos com espalhamento através de micro jatos para manter a eficiência.
  2. 2. Para redução do tempo abertura há osmodelos de Torneiras Temporizadas Manuais e Eletrônicas e Sensorizadas: Reduzem o consumo de 30 a 40%, com ganhos de conforto e higiene. São também dotadas de dispositivo de vazão fixa quereduzem a vazão para 4 litros/minuto, porém com arejadores convencionais em suas versões básicas. Há de se levar em conta também a manutenção das mesmas. Dispomos de equipamentos robustos para aplicação em sanitários de alto tráfego, com garantia 4 vezes maior que a do mercado, e que portanto tem custo de manutenção muito menor.
  3. 3. Saboneteiras EconômicasEm sanitários de alto tráfego há dois grandes custos com assaboneteiras, o sabonete e a manutenção e reposição de peças. Nossassaboneteiras não trabalham com refil, sendo compatíveis com qualquertipo de sabonete ou degermante vendido em galão, o que é sempre aopção mais econômica.Quanto à manutenção dispomos de equipamentos robustos paraaplicação em sanitários de alto tráfego, com garantia 4 vezes maior quea do mercado, e que portanto tem custo de manutenção muito menor,ainda mais levando em conta que muitos destes produtos do mercadonão são passíveis de manutenção e portanto descartáveis.
  4. 4. Válvulas de Descarga EconômicaVálvulas de descarga diretas consomem acima de 15 litros porciclo, porém o que se verifica em média é 20 litros.Os vasos sanitários fabricados apartir de 2003 precisamapenas de 6 litros para uma descarga completa. Os vasos sanitários são responsáveis por 30 a 50% do consumo de água dobanheiro. Dispomos de Válvulas de Descarga Manuais eSensorizadas, ambos os modelos com ciclo exato que liberasomente os 6 litros necessários por ciclo. Além disso, asversões sensorizadas, garantem que o usuário encontre umbanheiro sempre pronto para ser utilizado.Dispensam o toque no dispositivo para seu acionamento, que éfeito automaticamente poucos instantes após o uso. Sãohigiênicas e confortáveis, inclusive facilitando o uso por partedos usuários portadores de necessidades especiais (atendemNBR9050). Dispomos ainda de alguns acessórios para reduçãoda vazão de alguns modelos de válvula de descarga disponíveisno mercado.
  5. 5. Chuveiros Econômicos Há duas maneiras de se reduzir o consumo de água, uma delas reduzindo a vazão do ponto de consumo, outra reduzindo o tempo de abertura do mesmo. Melhor ainda quando reduzimos os dois. Duchas convencionais consomem acima de 15 litros por minuto, porém o que se verifica em média sãovazões de 25 litros/minuto. Cabe ressaltar que os banhos são certamente os “vilões” de consumo de água de um banheiro, podendo representar próximo a 50% do total gasto. Para redução da vazão, Reguladores de Vazão e/ou Duchas Econômicas: Apenas com sua aplicação reduzem o consumo de 50 a 80%, sem perda da eficiência e do conforto. Com regulador de vazão fixa para atender duchas convencionais com vazão de 12 litros/minuto e Duchas Econômicas com vazões que variam de 6 a 10 Litros/minuto, estes com tecnologia de epalhamento e/ou mistura com Ar para manter a eficiência e o conforto do banho. Dispomos também de equipamentos robustos para aplicação em sanitários de alto tráfego, que reduzem custos com reposição de peças em locais públicos como clubes, academias e vestiários em geral. Para redução do tempo de abertura há os modelos de Controladores Temporizados Manuais e Eletrônicas e também versão sensorizada: Reduzem o consumo de 20 a 50%, dependendo do modelo e aplicação.Podem também ser dotados de dispositivo de vazão fixa que pode variar de 6 a 12 litros/minuto. Garantemuma utilização mais racional, inclusive garantindo o uso apenas na presença do usuário. Sua funcionalidade acaba também por reduzir o tempo de permanência do usuário. Os modelos eletrônicos podem interromper o banho após tempo programado. Cabe salientar que ao reduzir o consumo de água do banho estamos falando em reduzirproporcionalmente a energia (gás/eletricidade) utilizada para aquecimento desta água, e portanto obtém- se significativo retorno financeiro indireto.
  6. 6. Válvulas de Mictório EconômicasAs válvulas de mictório estão longe de ser preocupação quanto aoconsumo de água. Isso afirmamos, cientes da situação, que agrande maioria dos usuários deixa de fazer seu acionamento. Estefato é o causador do mau cheiro dos sanitários masculinos, e doproblema constante de entupimento das louças de mictório. Parasua solução há gastos com colocação de pastilhas odorizadoras,naftalina e/ou gelo, que trazem consigo custos operacionais ouainda sistemas de descarga constante que aí sim geram grandedesperdício de água.A solução definitiva para este problema são as válvulassensorizadas que acionam a descarga após o uso do mictório, eem sendo assim diminuindo drasticamente a mão-de-obra parasua manutenção além dos “insumos” citados anteriormente.

×