OLIMPÍADAS ESPECIAIS
Alguns anos atras, nas olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental ou física, alinha...
  Ao sinal t o d o s   partiram, não exatamente em  disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e...
Todos, com exceção de um garoto que tropeçou no asfalto e caiu rolando, e começou a chorar.
  Os outros  oito  ouviram o choro. Diminuíram o  passo e olharam para trás. Então viram o que aconteceu com o colega e vo...
  Uma das meninas, portadora de síndrome de Down, ajoelhou-se, deu um beijo no garoto e lhe disse: "pronto, agora vai...
O estádio inteiro se levantou e os aplausos duraram muitos minutos. E as pessoas que estavam lá, naquele dia, continuam re...
  Porque, lá no fundo, nós sabemos que o que importa mesmo não é ganhar sozinho.  O que importa nesta vida é ajudar os out...
REFLETINDO...
Nesses dias de pressas e atropelos, quando cada um quer chegar em primeiro lugar na corrida para o sucesso, vale a pena fa...
  Refletir sobre a recompensa que nos aguarda ao final da escalada.
  Pensar se valerá a pena receber um prêmio pelo esforço individual, se, para chegar lá passamos por cima daqueles que est...
O desejo de vencer é nobre, desde que o acompanhe o sentimento de fraternidade, de solidariedade.
Como diz o cancioneiro popular, "é impossível ser feliz sozinho".  Se formos o vencedor, para que a nossa vitóri...
Por tudo isso, façamos das nossas lutas diárias uma olimpíada especial tanto quanto aquela de Seattle.
  Se por ventura percebermos que alguém caiu, detenhamos o passo, e, se for preciso, voltemos para estender-lhe a mão e aj...
  Afinal de contas, não sabemos se  logo m ais não seremos nós que estaremos no  chão   espera ndo que alguém ouça os noss...
  Quando alguém caminha só, pode ser detido por qualquer obstáculo no caminho, por menor que ele seja.
Mas se nos acompanham outros  companheiros de ca minhada,  seremos fortes o basta nte  para remover ou superar grandes des...
  Porque, lá no fundo, nós sabemos que o que importa mesmo não é chegar sozinho.
  O que importa nesta vida é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir o passo e mudar o curso.
PENSEMOS NISSO!!! Fonte: Site “Momento Espírita” Formatação: jairowildgen2@hotmail.com Fotos: Internet www.slideshare.net/...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Olimpíadas Especiais

5.362 visualizações

Publicada em

Você vai se emocionar com esta história e ainda levará lições para o seu dia a dia!!

Publicada em: Esportes, Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.362
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Olimpíadas Especiais

  1. 1. OLIMPÍADAS ESPECIAIS
  2. 2. Alguns anos atras, nas olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental ou física, alinharam-se para a largada da corrida dos cem metros rasos.
  3. 3.   Ao sinal t o d o s partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.
  4. 4. Todos, com exceção de um garoto que tropeçou no asfalto e caiu rolando, e começou a chorar.
  5. 5.   Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então viram o que aconteceu com o colega e voltaram. Todos eles.
  6. 6.   Uma das meninas, portadora de síndrome de Down, ajoelhou-se, deu um beijo no garoto e lhe disse: "pronto, agora vai sarar". E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada.
  7. 7. O estádio inteiro se levantou e os aplausos duraram muitos minutos. E as pessoas que estavam lá, naquele dia, continuam repetindo essa historia até hoje. E por que?
  8. 8.   Porque, lá no fundo, nós sabemos que o que importa mesmo não é ganhar sozinho.  O que importa nesta vida é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir o passo e mudar o curso.
  9. 9. REFLETINDO...
  10. 10. Nesses dias de pressas e atropelos, quando cada um quer chegar em primeiro lugar na corrida para o sucesso, vale a pena fazer uma pausa para pensar onde queremos chegar.
  11. 11.   Refletir sobre a recompensa que nos aguarda ao final da escalada.
  12. 12.   Pensar se valerá a pena receber um prêmio pelo esforço individual, se, para chegar lá passamos por cima daqueles que estavam no chão, ou daqueles que nós mesmos derrubamos.
  13. 13. O desejo de vencer é nobre, desde que o acompanhe o sentimento de fraternidade, de solidariedade.
  14. 14. Como diz o cancioneiro popular, "é impossível ser feliz sozinho".  Se formos o vencedor, para que a nossa vitória tenha graça, é preciso que a compartilhemos, no mínimo, com uma pessoa. Senão a vitória não tem sentido.
  15. 15. Por tudo isso, façamos das nossas lutas diárias uma olimpíada especial tanto quanto aquela de Seattle.
  16. 16.   Se por ventura percebermos que alguém caiu, detenhamos o passo, e, se for preciso, voltemos para estender-lhe a mão e ajudá-lo a levantar-se.
  17. 17.   Afinal de contas, não sabemos se logo m ais não seremos nós que estaremos no chão espera ndo que alguém ouça os nossos so luços de dor e pare para nos ajudar a levantar e retomar o passo.
  18. 18.   Quando alguém caminha só, pode ser detido por qualquer obstáculo no caminho, por menor que ele seja.
  19. 19. Mas se nos acompanham outros companheiros de ca minhada, seremos fortes o basta nte para remover ou superar grandes desafios.
  20. 20.   Porque, lá no fundo, nós sabemos que o que importa mesmo não é chegar sozinho.
  21. 21.   O que importa nesta vida é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir o passo e mudar o curso.
  22. 22. PENSEMOS NISSO!!! Fonte: Site “Momento Espírita” Formatação: jairowildgen2@hotmail.com Fotos: Internet www.slideshare.net/jairowildgen

×