OBJETIVOESTRATÉGICO                                                                  ESTRATÉGIAS SETORIAIS                ...
OBJETIVOESTRATÉGICO                                                                             ESTRATÉGIAS SETORIAIS     ...
OBJETIVOESTRATÉGICO                                                                  ESTRATÉGIAS SETORIAIS                ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metas 2012 2015

1.252 visualizações

Publicada em

Metas ief 2012-2015

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
439
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metas 2012 2015

  1. 1. OBJETIVOESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS SETORIAIS PROGRAMA AÇÃO PRODUTO / META 1. Dinamização das Cadeias Produtivas da Manutenção de Serviços · Manutenção, conservação, aparelhamento e reaparelhamento do IEF. ADMINISTRATIVO GERENCIAMENTO Sociobiodiversidade Administrativos (sede ORDENAR E INTENSIFICAR O APROVEITAMENTO AMBIENTAL E SOCIALMENTE 1.1 Fomentar a transferência de tecnologia e do IEF) assistência técnica continuada para o manejo · Manutenção, conservação, aparelhamento e reaparelhamento dos florestal comunitário e familiar, em áreas de Manutenção de Serviços várzeas e terra firme para a produção de açaí, Escritórios Regionais do IEF. Administrativos castanha, andiroba e outras espécies; (Escritórios Regionais) 1.2 Fomento a produção de açaí através do manejo, plantio, escoamento, comercialização e apoio a · Construção da Sede do IEF (Macapá); pesquisa sobretudo relacionada ao manejo em Estruturação da Sede e · Construção de 5 escritórios regionais nos municípios de Mazagão, áreas de grota; Unidades (Escritórios 1.3 Fomento a produção de castanha através do Laranjal do Jari, Porto Grande, Tartarugalzinho e Bailique); Regionais) do IEF manejo, secagem, escoamento, comercialização e apoio a pesquisa sobretudo relacionada a · Articulação de políticas públicas com entidades governamentais e CORRETO DAS FLORESTAS tecnologia de secagem solar, mapeamento e não-governamentais; sanidade alimentar; MODERNIZAÇÃO INSTITUCIONAL Fortalecimento das · Manutenção e atualização do site do IEF; 2 Ordenar a produção madeireira ações de comunicação · Manutenção e atualização do Sistema Interno de Comunicação 2.1 Fomentar a regularização e verticalização do IEF · Publicação de Serie Técnica do IEF; do setor madeireiro com repartição justa e · Publicação de Boletim Informativo do IEF; equitativa dos benefícios do uso da · Inserções em mídia. biodiversidade; · Informatizar rotinas administrativas; 2.2 Atrair empresas madeireiras com Modernização da gestão · Atualização da base de dados do RH; responsabilidade socioambiental e que utilizem mão de obra e fornecedores administrativa · Sistema de banco de dados da Institucional implantado; locais; · Consultoria para auxiliar no planejamento estratégico. 2.3 Implementação das concessões florestais na · Implementação de Programa de capacitação de Servidores; Floresta Estadual do Amapá (FLOTA); · Implantação de políticas de valorização do servidor; Gestão Estratégica de 2.4 Monitorar a atuação de empresas que · Implantação de política de desempenho pessoal e coletivo. exploram florestas comunitárias; Pessoas 3 Fomentar programa estadual de incentivo a · Desenvolvimento e implantação do processo de avaliação do Clima valoração e pagamento de serviços ambientais; Organizacional do IEF. 4 Fomentar o plantio de florestas energéticas · Adquirir Sistemas informatizados para auxiliar na tomada de associado a verticalização do setor da mineração; decisões; Gestão estratégica de 5 Promover a recuperação de passivo ambiental e · Manter e melhorar os sistemas de apoio a gestão, como: GP-WEB e áreas alteradas em Áreas de Preservação Permanente Informações para SISCOM; tomada de decisão (APP) e Reserva Legal (RL). · Integração e compartilhamento de base de dados entre as instituições do Setor Econômico e AmbientalMatriz – PPA – Instituto Estadual de Florestas - IEF 1
  2. 2. OBJETIVOESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS SETORIAIS PROGRAMA AÇÃO PRODUTO / META 1. Dinamização das Cadeias Produtivas da Fomento a viveiros Sociobiodiversidade florestais, florestas · Viveiros- 6 ORDENAR E INTENSIFICAR O APROVEITAMENTO AMBIENTAL E SOCIALMENTE CORRETO DAS 1.1 Fomentar a transferência de tecnologia e energéticas e · Mudas – 60.000 mudas ano assistência técnica continuada para o recuperação de áreas · Plantio e/ou recuperação florestal – 60 há/ano PROGRAMA ESTADUAL DE MANEJO FLORESTAL manejo florestal comunitário e familiar, em alteradas (Nº de famílias assistidas – 96) áreas de várzeas e terra firme para a produção de açaí, castanha, andiroba e · Produtores capacitados - 100 a.a outras espécies; Fomento ao manejo · Áreas assistidas – 30 a.a COMUNITÁRIO E FAMILIAR 1.2 Fomento a produção de açaí através do florestal madeireiro (Nº de famílias assistidas – 520) manejo, plantio, escoamento, comercialização e apoio a pesquisa · Diagnóstico estatístico do setor madeireiro sobretudo relacionada ao manejo em áreas · No famílias com acesso credito (PPI Floresta, PRONAF Floresta, FRAP) de grota; · Produtores capacitados para o manejo de produtos florestai não- 1.3 Fomento a produção de castanha através do Fomento ao manejo madeireiros – 2000 a.a manejo, secagem, escoamento, florestal não-madeireiro · Áreas assistidas com PLA – 1000 a.a comercialização e apoio a pesquisa (açaí,castanha,andiroba, (Nº de famílias assistidas – 12.000) sobretudo relacionada a tecnologia de cipós etc..) · Diagnóstico estatístico do setor não madeireiro secagem solar, mapeamento e sanidade · No famílias com acesso credito (PPI Floresta, PRONAF Floresta, FRAP) alimentar; Inovação tecnológica · Mapeamento de castanhais -600 2. Ordenar a produção madeireira para o manejo de (Nº de familias assistidas 600) FLORESTAS 2.1 Fomentar a regularização e verticalização castanhais do setor madeireiro com repartição justa e Inovação tecnológica · Secadores solares -5 equitativa dos benefícios do uso da para secagem da (Nº de fcomunidades assistidas – 15) biodiversidade; castanha 2.2 Atrair empresas madeireiras com Geração de índices · -Índices técnicos de processamento em pequenas serrarias; responsabilidade socioambiental e que técnicos no (Nº de serrarias amostradas – 25) utilizem mão de obra e fornecedores processamento da locais; madeira 2.3 Implementação das concessões florestais na Implementação do Plano GESTÃO DA FLORESTA ESTADUAL Floresta Estadual do Amapá (FLOTA); de Manejo da · O Plano de Manejo consolidado e publicado 2.4 Monitorar a atuação de empresas que FLOTA/AP exploram florestas comunitárias; Criação do Cadastro 3. Fomentar programa estadual de incentivo a · Banco de dados de criado. 01 valoração e pagamento de serviços ambientais; Estadual de Florestas · Sistema de Informação para acesso público implantado. 01 4. Fomentar o plantio de florestas energéticas Públicas do Amapá · Cadastro Estadual de Florestas Públicas elaborados- 01 DOAMAPÁ associado a verticalização do setor da (CEFP/AP). mineração; Georreferenciamento das 5. Promover a recuperação de passivo ambiental e · Georreferenciamento realizado - 03 a.a. Unidades de Manejo áreas alteradas em Áreas de Preservação · 400.000 ha até 2015. Florestal (UMF) Permanente (APP) e Reserva Legal (RL). Plano Anual de Outorga · Plano de outorga da floresta elaborado e implantado - 01 Florestal (PAOF) Precificação do Edital de · Editais de Licitação elaborados Licitação · 04 a.aMatriz – PPA – Instituto Estadual de Florestas - IEF 2
  3. 3. OBJETIVOESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS SETORIAIS PROGRAMA AÇÃO PRODUTO / META Programa de capacitação 1. Dinamização das Cadeias Produtivas da em Pagamento por ORDENAR E INTENSIFICAR O APROVEITAMENTO AMBIENTAL E SOCIALMENTE Sociobiodiversidade Serviços Ambientais; 1.1. Fomentar a transferência de tecnologia e Mercado de Carbono; assistência técnica continuada para o manejo Elaboração de Projetos florestal comunitário e familiar, em áreas de de Redução de Emissões 15 técnicos capacitados em mercado de carbono várzeas e terra firme para a produção de açaí, por Desmatamento e -4 técnicos capacitados em sistemas de monitoramento de projetos REDD. castanha, andiroba e outras espécies; Degradação Florestal · 1.2. Fomento a produção de açaí através do (REDD); e Monitoramento manejo, plantio, escoamento, comercialização e da Dinâmica Florestal e FOMENTO AOS SERVIÇOS AMBIENTAIS apoio a pesquisa sobretudo relacionada ao do Desmatamento nas manejo em áreas de grota; áreas de Projetos de 1.3. Fomento a produção de castanha através do REDD CORRETO DAS FLORESTAS manejo, secagem, escoamento, comercialização Realização de e apoio a pesquisa sobretudo relacionada a Diagnósticos do meio tecnologia de secagem solar, mapeamento e físico, biótico fauna e · - Diagnóstico Consolidado-01 sanidade alimentar; socioambiental da área do 2. Ordenar a produção madeireira 2.1. Fomentar a regularização e verticalização do Projeto Piloto de REDD setor madeireiro com repartição justa e Elaboração e validação do Documento de Concepção equitativa dos benefícios do uso da · DCP validado - 01 biodiversidade; do projeto (DCP) de 2.2. Atrair empresas madeireiras com REED da FLOTA/AP responsabilidade socioambiental e que utilizem Implantação de um mão de obra e fornecedores locais; sistema de monitoramento 2.3. Implementação das concessões florestais na para mecanismo de · Sistema implantado - 01 Floresta Estadual do Amapá (FLOTA); REDD no Estado do 2.4. Monitorar a atuação de empresas que Amapá exploram florestas comunitárias; 3. Fomentar programa estadual de incentivo a valoração e pagamento de serviços ambientais; 4. Fomentar o plantio de florestas energéticas Certificação do Projeto associado a verticalização do setor da Piloto de REDD da · Projeto certificado - 01 mineração; FLOTA/AP 5. Promover a recuperação de passivo ambiental e áreas alteradas em Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL).Matriz – PPA – Instituto Estadual de Florestas - IEF 3

×