A arte testemunhando a história
 
 
 
 
 
<ul><li>Embora as figuras mostrem pessoas diferentes, executando trabalhos diferentes, em épocas diferentes observamos em ...
<ul><li>Como podemos observar essas diferenças? </li></ul><ul><li>Quais são elas? </li></ul><ul><li>Se existem diferenças ...
<ul><li>Millet sugere um clima de equilíbrio e tranqüilidade ao quadro, pelo movimento rítmico e pela distribuição das fig...
<ul><li>Hoje em dia ainda existe desigualdade social? </li></ul><ul><li>Será que ainda encontramos trabalho escravo no Bra...
 
 
 
 
 
Arfescos  egípicios <ul><li>Cenas cotidianas de colheita e trabalho braçal </li></ul><ul><li>O faraó acreditava que assim ...
 
 
As respigadeiras   Jean-François Millet (1814-1875), <ul><li>A pintura denuncia a injustiça e a desigualdade. </li></ul><u...
 
Junho   irmãos Limbourg ( 1413-1416) <ul><li>Estação da colheita </li></ul><ul><li>os camponeses ceifam os prados em harmo...
 
Café Cândido Portinari <ul><li>Na obra o autor representa o trabalho escravo dos negros </li></ul><ul><li>A importância do...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Arte Testemunhando A HistóRia

3.824 visualizações

Publicada em

polly morais

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.824
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Arte Testemunhando A HistóRia

  1. 1. A arte testemunhando a história
  2. 7. <ul><li>Embora as figuras mostrem pessoas diferentes, executando trabalhos diferentes, em épocas diferentes observamos em cada uma delas através dos ambientes retratados as condições em que se encontravam: </li></ul><ul><li>O que podemos observar de mais semelhante nas imagens aqui retratadas? </li></ul><ul><li>São semelhantes na sua essência porem possuem grandes diferenças </li></ul>
  3. 8. <ul><li>Como podemos observar essas diferenças? </li></ul><ul><li>Quais são elas? </li></ul><ul><li>Se existem diferenças e desigualdades sociais ocorridas na época em que cada obra foi feita, como podemos pêrcebe-las? </li></ul>
  4. 9. <ul><li>Millet sugere um clima de equilíbrio e tranqüilidade ao quadro, pelo movimento rítmico e pela distribuição das figuras em primeiro plano. De que forma o pintor conferiu dignidade ao trabalho das respigadeiras? </li></ul>
  5. 10. <ul><li>Hoje em dia ainda existe desigualdade social? </li></ul><ul><li>Será que ainda encontramos trabalho escravo no Brasil? </li></ul><ul><li>De que tipo? </li></ul><ul><li>Que injustiças e desigualdades sociais você gostaria de combater, no mundo atual? </li></ul>
  6. 16. Arfescos egípicios <ul><li>Cenas cotidianas de colheita e trabalho braçal </li></ul><ul><li>O faraó acreditava que assim representando essas imagens as colheitas seriam sempre fartas e se perpetuaria mesmo após a sua morte. </li></ul>
  7. 19. As respigadeiras Jean-François Millet (1814-1875), <ul><li>A pintura denuncia a injustiça e a desigualdade. </li></ul><ul><li>O que indica, na pintura, a intenção de retratar o mais fielmente possível a vida na zona rural? </li></ul>
  8. 21. Junho irmãos Limbourg ( 1413-1416) <ul><li>Estação da colheita </li></ul><ul><li>os camponeses ceifam os prados em harmonia </li></ul>
  9. 23. Café Cândido Portinari <ul><li>Na obra o autor representa o trabalho escravo dos negros </li></ul><ul><li>A importância do cultivo de café </li></ul><ul><li>O semblante cansado dos escravos </li></ul><ul><li>A autoridade do capataz sobre os negros. </li></ul>

×