Unificação Italiana

586 visualizações

Publicada em

Unificação Italiana

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
586
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unificação Italiana

  1. 1. Unificação italiana
  2. 2. ANTECEDENTES  Depois do Congresso de Viena a Itália ficou sob tutela da Áustria e era dividida em sete estados autônomos e as vezes rivais políticos e econômicos entre si, sendo o mais importante o Reino de Piemonte-Sardenha.
  3. 3. O nacionalismo foi o principal fator que ajudou na unificação , criou de uma identidade nacional. Risorgimento - Se propunha a difundir e lutar pelos ideais da independência e unificação da Itália.  A maior interessada na unificação italiana era a alta burguesia, pois a unificação garantiria a continuidade de desenvolvimento interno e lhe permitiria concorrer no mercado exterior e a unificação tinha um significado apenas liberal: o nacionalismo servia-lhe somente instrumento. A média burguesia e os proletariados queriam a unificação por termos republicanos. ANTECEDENTES
  4. 4.  Em 1848, deu-se a primeira tentativa de unificação: Carlos Alberto, rei de Piemonte- Sardenha, declarou guerra à Áustria mas foi derrotado. Sucede-o seu filho Emanuel II e o ideal da unificação continuou forte.  Cavour sabia que seria difícil efetuar a unificação sem o apoio estrangeiro,com isso procura o apoio da França de Napoleão lll.  Conferencia Secreta de Plombières - Napoleão e Cavour se encontram e formalizam o Tratado de Turim,que estabelecia a ajuda militar da França em caso de agressão da Áustria e em troca receberia os condados de Nice e Savoia(1858) PROCESSO
  5. 5.  Camilo Benso di Cavour(1810-1861)
  6. 6. ETAPAS DA UNIFICAÇÃO  Ruptura com a Áustria – Áustria lança um ultimato que foi considerado o ‘ato agressivo’ previsto no Tratado de Turim(1859)  Áustria X Piemonte-SardenhaFrança – Os franceses e piemonteses vencem graças a incompetência do exercito austríaco.  Ocorre uma mobilização de tropas na Prússia para ajudar a Áustria e Napoleão lll oferece o acordo de paz.Áustria continuava controlando Veneza pelo acordo de Villafranca.Piemonte anexa a Lombardia.  Anexação da Itália central – Formaram-se Assembleias Constituintes que votaram na anexação ao Reino Sardo- Piemontês(1860)
  7. 7.  Anexação do Sul da Itália – Houve uma insurreição contra o rei Francisco ll,Garibaldi com o apoio de Cavour e dos revoltosos,tomam o controle da Sicília e são eleitas Assembleias Constituintes,com isso o povo vota na anexação ao reino Sardo- Piemontês.(1860)  Anexação dos Estados Papais – Garibaldi queria tomar Roma mas o papa estava sob proteção da guarda francesa.Uma insurreição nos estados da Igreja ajudaram e o exercito Sardo- Piemontes entrou na região e expulsou os voluntários do papa.Com isso foram eleitas Assembleias Constituintes e o povo vota na anexação ao Reino Sardo-Piemontês. ETAPAS DA UNIFICAÇÃO
  8. 8. ETAPAS DA UNIFICAÇÃO  Anexação de Veneza – Em troca da neutralidade da França na guerra contra a Prússia,a Áustria cede Veneza a Itália.(1866)  Anexação de Roma  Garibaldi entra em Roma com sua tropas,Napoleão lll intercede a favor do papa.Com a derrota para a Prússia a França estava militarmente desgastada o que favoreceu aos italianos que derrotaram a França e conquistaram Roma.(1867)  O papa recusa-se a renunciar seu poder e as tropas italianas invadem a cidade.Roma rende-se em 1870 e um plebiscito consagra a anexação.  O problema criado com o papa só seria resolvido em 1929, com o Tratado do Latrão, firmados entre Mussolini e Pio XI, criando o Estado de Vaticano.
  9. 9.  Giuseppe Garibaldi(1807-1882)
  10. 10. ITÁLIA APÓS UNIFICAÇÃO
  11. 11. CONSEQUÊNCIAS  Crescimento entre as diferenças econômicas, sociais e culturais entre o norte e o sul.  Aumento da marginalidade socioeconômica da população do sul.  Aumento do Fluxo migratória para outras regiões.  Criação da Tríplice Entende(1882) com Itália,Alemanha e Império Austro-Húngaro.

×