Aulas 01 e 2 iniciando no windows 7

8.294 visualizações

Publicada em

0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
270
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
837
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aulas 01 e 2 iniciando no windows 7

  1. 1. Sistemas Operacionais  Um computador é um sistema integrado de hardware (máquina) e software (programas). Operar um computador significa se comunicar com ele através de seu software e hardware.
  2. 2.  Usuário é o nome das pessoas que usam ou operam um computador.  Ao conjunto de programas que permitem a operação de um computador dá-se o nome de sistema operacional.
  3. 3.  Os sistemas operacionais são a base para se ter um relacionamento com o computador, tanto do ponto de vista de operação, como de programação. Para que o software se comunique com o hardware é necessária à intermediação do sistema operacional.
  4. 4. Alguns tipos de sistemas operacionais (C.L.I e G.U.I)  Sistemas operacionais de linhas de comandos permitem a comunicação do usuário com o computador através de comandos escritos via teclado e são chamados de CLI -Command Line Interface (Interface de Linha de Comandos). Como exemplo de CLI tem o sistema operacional Microsoft MS DOS.  As principais características deste tipo de sistemas operacionais são:
  5. 5.  comunicação na forma de texto feita via teclado;  para o uso de especialista em informática;  uso de computadores nos anos 70 e 80;  linhas de comandos que devem ser digitadas, contendo palavras-chave que o sistema entenderá e executará, originando uma ação a ser realizada pelo computador;  Exemplos: o CP/M, o MS DOS e o UNIX.
  6. 6. Sistema operacional C.L.I
  7. 7.  Sistemas operacionais gráficos permitem a comunicação do usuário com o computador através do mouse e ícones.  Ícones: são pequenos objetos gráficos utilizados em tela para representar dados ou aplicações.
  8. 8. Área de trabalho do Windows 7
  9. 9.  As principais características de um sistema operacional gráfico são:  comunicação de forma gráfica através do mouse;  para usuários que não tenham iniciação em informática;
  10. 10.  utilização da metáfora da mesa de trabalho (desktop) que representa uma mesa eletrônica constituída de objetos como ícones, janelas, cortinas, caixas de diálogo, elevadores, botões de rádio, etc.;  navegador de Web integrado ao ambiente operacional;
  11. 11.  Exemplos: Windows, OS/2, MAC OS da Apple e ambientes gráficos UNIX (OS/F, X Windows, etc.).  Os sistemas operacionais GUI proporcionam aos usuários maior facilidade na operação e comunicação com os computadores.
  12. 12. Hardware para trabalhar com Windows 7  Os requisitos recomendados para a execução do     sistema Windows 7 são: Processador de 1 gigahertz (GHz) ou superior de 32 bits (x86) ou 64 bits (x64); 1 gigabyte (GB) de RAM (32 bits) ou 2 GB de RAM (64 bits); 16 GB de espaço em disco disponível (32 bits) ou 20 GB (64 bits); Dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou superior.
  13. 13.  equisitos adicionais para usar determinados recursos:  acesso à Internet;  dependendo da resolução, a reprodução de vídeo pode exigir mais memória e hardware gráfico mais avançado;  alguns jogos e programas podem exigir uma placa gráfica compatível com Dir ectX 10 ou superior, para o melhor desempenho;
  14. 14.  para alguns recursos do Windows Media Center, um      sintonizador de TV e hardware adicional podem ser necessários; o Windows Touch e os Tablet PCs exigem hardware específico; o Grupo Doméstico exige uma rede de 2 ou mais computadores com o Windows 7; a execução de DVD/CD requer uma unidade ótica compatível; o BitLocker exige Trusted Platform Module (TPM) 1.2; o BitLocker To Go exige uma unidade flash USB;
  15. 15.  o Modo Windows XP exige mais 1 GB de RAM, mais 15 GB de espaço disponível em disco e um processador compatível com virtualização de hardware com Intel VT ou AMD-V ativados.
  16. 16.  A funcionalidade do produto e os gráficos podem variar com base na configuração do seu sistema. Alguns recursos podem exigir hardware avançado ou adicional. Alguns recursos poderão exigir acesso à Internet.  Lembre-se que há profissionais de Informática de diversas áreas que poderão orientá-lo de forma correta para a aquisição de hardwares compatíveis com o seu computador.
  17. 17. Windows 7: Starter, Home Premium, Professional, Ultimate  A seguir, você poderá verificar a comparação resumida entre eles que são produtos que fornecem um vasto conjunto de benefícios, compartilhando a mesma aparência geral e um grande número de características em comum.
  18. 18. Como entrar no Windows 7?  Para entrar no Windows 7 basta ligar o computador.  O Windows 7, como seus antecessores, se comunicará automaticamente com o hardware do computador configurando todos os parâmetros e dispositivos.  Ao ligar o computador, ele realiza o boot. Boot é o termo técnico para indicar a carga de um sistema operacional.
  19. 19.  Ao finalizar o boot o Windows 7 apresenta a Janela de Boas-Vindas onde será necessário preencher seu nome de usuário e senha e clicar no botão para iniciar. Em seguida é apresentada sua plataforma gráfica conhecida como mesa de trabalho, área de trabalho ou desktop. É através do desktop que o usuário passa a se comunicar com o Windows 7.
  20. 20. Ajuda e Suporte do Windows 7  Dentro do sistema se encontra a Ajuda (Help) do Windows 7. A Ajuda deve ser utilizada sempre que se necessita de mais informações sobre o computador e localizar respostas para dúvidas que possa ter durante o processo.  Acesse pelo botão Iniciar o item Ajuda e Suporte.
  21. 21. Ajuda e Suporte do Windows 7
  22. 22.  Ela permite, ainda, que os usuários possam buscar suporte técnico em diversos outros sites, caso o conteúdo apresentado não seja suficiente.  Site Web: http://support.microsoft.com/windows7
  23. 23. Aula 02 - Sistema e dispositivos de entrada  A maior parte dos problemas em um sistema operacional só pode ser resolvida quando o sistema possui ferramentas que informam a respeito do que aconteceu. Windows 7 traz um conjunto enorme de ferramentas que proporcionam esta facilidade.
  24. 24.  Encontram-se informações sobre cada um dos dispositivos instalados, tanto componentes de software como de hardware, e verificar desta forma, quais deles estão provocando problemas. O principal utilitário é chamado de "Informações do sistema".
  25. 25.  Neste aplicativo se encontra o menu Ferramentas do Sistema, que fornece acesso a outros aplicativos que complementam as operações de reconhecimento do sistema. Estes utilitários normalmente devem ser utilizados por especialistas.
  26. 26.  Para acessar estas informações:  clique no botão Iniciar;  aponte para Todos os Programas, Acessórios, Ferramenta do Sistema;  selecione a opção Informações do sistema.
  27. 27. Informações do Sistema
  28. 28. Utilizando o teclado para se comunicar com o Windows 7  O teclado deve ser utilizado para fornecer informações ao computador, portanto, é também um dispositivo de entrada, assim como o mouse.  A maioria dos teclados apresenta as teclas, de forma universal, na mesma disposição de uma máquina de escrever. Além destas, outros tipos e conjuntos fazem parte dos teclados de computadores.
  29. 29.  As principais teclas ou conjunto de teclas em um teclado de computador são:
  30. 30.  Apesar de não se sugerir a substituição do mouse pelo teclado para uso em Windows 7, pode ser que em algumas situações seu uso possa ser mais direto e simples. O Windows apelida as combinações de teclas de "teclas de atalho". Elas dão acesso rápido e fácil a menus e comandos do Windows.
  31. 31.  As principais teclas de atalho de Windows são:  <Alt> + <I> - proporciona acesso ao botão Iniciar na Barra de Tarefas. Depois de realizado o acesso utilize o teclado de setas para navegar entre os grupos. Não funciona com programas abertos;
  32. 32.  <Ctrl> + <Esc> - mesma função de <ALT> + <I>, mas     funciona também com programas abertos; <Alt> + <Tab> - alternativa para alternar entre os aplicativos que estão ativos no desktop; <Print Screen> - permite a captura da tela atual do Windows 7; <Alt> + <Print Screen> - captura apenas a janela ativa. Não é preciso decorar o uso das teclas em Windows 7, pois as funções do mouse as substituem totalmente. Quando necessário indica-se a sua melhor situação de uso.
  33. 33. Usando o mouse no Windows 7  As interfaces gráficas foram desenvolvidas para facilitar a comunicação do usuário com o computador.  O teclado, para muitos, é uma barreira a ser vencida no uso de um computador. Na tentativa de substituir o teclado em um grande número de operações surgiu o mouse.  O mouse é um periférico de entrada, da classe dos apontadores, que permite controle de movimentos de um cursor que é apresentado em tela.
  34. 34. Mouse
  35. 35. Função do mouse  Um cursor equivale a um pequeno objeto gráfico que é apresentado em tela. O mouse exerce controle sobre o cursor na tela do computador. À medida que se move o mouse numa superfície, este cursor se desloca também na tela.
  36. 36.  O mouse age como uma extensão de nossa mão permitindo a seleção e mudança de posição do cursor e de objetos em tela, dependendo do tipo de movimento que se realiza. Em Windows, a maior parte das funções a serem realizadas em tela com os objetos pode ser tanto com o uso do mouse como do teclado. A escolha é do usuário.
  37. 37. Formatos do cursor do mouse  O cursor ou apontador do mouse corresponde a um pequeno gráfico ou ícone em tela. A seta é o principal formato que o cursor do mouse assume.
  38. 38. Formatos do cursor do mouse
  39. 39.  A presença do cursor é sempre garantida na tela do Windows por representar, na maior parte das vezes, o status (condição) do sistema naquele momento.  Por exemplo: quando uma nova aplicação está sendo iniciada ou quando os objetos estão sendo movidos no desktop o sistema indica essa nova situação ao usuário através da mudança do cursor do mouse.
  40. 40. Movimentos do mouse  Comandos equivalem a ordens que são enviadas ao sistema operacional. Através do mouse se realizam ações que resultam em comandos para o Windows 7. Não é difícil utilizar o mouse. Além de um pouco de prática e certa técnica deve-se, primeiramente, conhecer os movimentos que podem ser realizados com ele.  Com estes cinco movimentos se podem realizar todos os tipos de tarefas de comunicação no Windows 7 ou em qualquer um de seus aplicativos.
  41. 41. Movimentos do mouse
  42. 42. Tipos de periféricos apontadores (Mouse, TrackBall, Touchpad)  Um mouse tem um botão principal e um botão secundário. Use o botão inicial do mouse para selecionar e clicar nos itens, posicionar o cursor em um documento e arrastar itens.
  43. 43.  Use o botão direito do mouse para exibir um menu de tarefas ou opções que mudam de acordo com o local em que você clica. Esse botão é útil para realizar tarefas rapidamente. Geralmente, o botão principal é o esquerdo. Em um trackball, o botão principal é o inferior.
  44. 44.  É possível inverter os botões e usar o botão direito como o principal.  Atualmente, a maioria dos mouses inclui um mecanismo cíclico que ajuda você a se deslocar pelos documentos com mais facilidade. Esse mecanismo também pode ter a mesma função de um terceiro botão.
  45. 45. Figura de um trackball Figura de um touchpad
  46. 46.  Se o botão tiver um mecanismo cíclico, role-o para deslocar-se para cima ou para baixo em um documento ou uma página da Web. No caso do Touchpad, você utiliza o dedo da mão numa tela (pad) para deslocar o apontador em um documento ou em uma página web. Muito utilizado em notebooks.
  47. 47. Configuração do mouse  Como se usa o mouse durante todo o curso, configure- o de forma que sua utilização fique fácil e rápida.  Para configurar o mouse:  acesse o botão Iniciar;
  48. 48.  clique na opção Painel de controle;  dê um clique no Grupo Hardware e Sons;  no grupo Dispositivos e Impressoras clique na opção Mouse;
  49. 49. Painel de Controle do Windows 7
  50. 50.  é apresentada a caixa de diálogo Propriedades de Mouse. Essa caixa possui cinco guias: Botões, Ponteiros, Opções de Ponteiro, Roda e Hardware:
  51. 51. Configurações do mouse
  52. 52.  A guia Botões permite:  Configuração dos botões: se você for canhoto pode inverter os botões direito e esquerdo;  Velocidade do clique duplo: para configurar a velocidade do clique duplo;  Trava do clique:com este recurso não é necessário segurar o botão do mouse enquanto realiza um arraste.
  53. 53.  A guia Ponteiros permite:  Esquema: podem-se escolher esquemas alternativos para o cursor. 
  54. 54.  A guia Opções de ponteiro permite:  Movimento: permite melhorar a velocidade de deslocamento do ponteiro em tela;  Apontar para o botão padrão: faz com que o cursor fique posicionado no botão padrão da janela aberta;
  55. 55.  Visibilidade: com o campo Exibir Rastro do Ponteiro, permite deixar um rastro do ponteiro onde o mouse estiver percorrendo. O campo Ocultar ponteiro ao digitar, onde o cursor será escondido pelo Windows 7 durante uma digitação qualquer, e o campo Mostrar local do ponteiro quando a tecla <Ctrl> for pressionada, permitindo a visualização do cursor do mouse quando a perder. Isto ocorre com frequência em computadores portáteis que utilizam telas de cristal líquido.
  56. 56.  A guia Roda permite:  Rolagem vertical: mostra o número de linhas que o cursor se movimenta ao rolar um ponto no mouse;  Rolagem horizontal: mostra o número de caracteres a cada vez que rolar o mouse.
  57. 57.  A guia Hardware permite:  Nome e tipo do mouse: mostra o nome e o tipo do mouse que foram instalados na sua máquina;  Propriedades do dispositivo: exibe o fabricante, o local e o status do mouse.
  58. 58. Escrevendo à mão  O Windows traz uma nova opção de entrada de dados, a ferramenta Tablet PC com escrita simulando uma caneta óptica usada em dispositivos portáteis como Palm Top. Localizada em Iniciar, Todos os programas, Acessórios, Tablet PC, Painel de Entrada do Tablet PC.
  59. 59. Painel de entrada do Tablet PC
  60. 60.  Escreva à mão e a palavra entendida será exibida assim que soltar o mouse, caso esteja correto clique em Inserir e o texto será inserido onde o cursor estiver localizado, caso a palavra esteja incorreta faça um traço horizontal no meio da palavra errada e escreva novamente. Você pode usar a opção de teclado de toque clicando no desenho de um teclado circundado em vermelho acima.
  61. 61. O Desktop do Windows 7  Ao iniciar o Windows 7 é apresentada em tela a interface gráfica conhecida como Mesa de trabalho, Área de trabalho ou simplesmente Desktop.  Chama-se esta tela de mesa de trabalho pelo fato de Windows 7 ser comparado a uma mesa de trabalho real contendo objetos gráficos. Da mesma forma que se utiliza uma mesa de trabalho para espalhar, movimentar, agrupar e selecionar objetos, no Windows 7 utiliza-se a tela do computador como sendo a mesa de trabalho e os ícones como sendo os objetos desta mesa.
  62. 62.  essa metáfora, a mesa de trabalho real se tornou uma mesa de trabalho digital e por que não dizer, "Virtual". A máquina de escrever se tornou um processador de textos, a calculadora ficou eletrônica, o lixo é digital, as mensagens e comunicação ficaram interativas. É a partir deste desktop que se tem acesso aos ícones de Atalho e a Barra de Tarefas do Windows 7 e se inicia a comunicação com o sistema.
  63. 63. Conceito de ícone  Icon em inglês, ou Ícone em português é a palavra mais utilizada em sistemas operacionais gráficos.  Ícone é um pequeno objeto gráfico. Sua função é a de representar, em pequenas figuras, os objetos que deverão ser manipulados na mesa de trabalho. Cada objeto de Windows terá um ícone para representá-lo.
  64. 64. Exemplos de Ícones do Windows 7
  65. 65.  Ícones podem ser manipulados no desktop. Para     mudar a localização de um ícone no desktop: mova o cursor do mouse para o ícone correspondente; pressione e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse sobre este ícone; movimente o mouse efetuando a operação de arraste do ícone; escolha uma posição de tela e em seguida, solte o botão esquerdo do mouse.
  66. 66. Conceito de objeto  O Windows 7 utiliza o tema objetos para propor a comunicação do usuário com o computador. Os objetos podem ser avaliados, analisados e abertos e possuem propriedades que indicam as suas características, além de poderem sofrer alterações. Através das propriedades dos objetos pode-se redefinir sua forma de atuação no Windows 7.
  67. 67.  Como exemplo pode-se alterar sua cor, formato, aparência, a forma que tratam dados, etc.  Cada objeto apresenta propriedades específicas que o definem no ambiente Windows.
  68. 68.  Principais objetos de Windowssão:  Bibliotecas;  Pastas;  Programas;  Dados;  Dispositivos como: impressoras e modems;  Processos (pequenos programas Windows).
  69. 69.  Objetos possuem Propriedades. No Windows 7 cada objeto possui uma Janela de propriedades. Através dela as propriedades de um objeto podem ser alteradas.  Para visualizar a Janela de propriedades de um objeto como, por exemplo, Computador:
  70. 70.  clique com o botão direito do mouse no objeto desejado;  posicione o cursor no comando Propriedades;  clique neste comando. São apresentadas as Propriedades do objeto selecionado:
  71. 71. Propriedades do item Computador
  72. 72. Anatomia do Desktop  A maioria das ações realizadas no Windows é feita a partir do Desktop. Ao iniciar o Desktop do Windows 7 só aparecerá o ícone lixeira.  O Desktop é muito útil na organização dos objetos utilizados com maior frequência. Assim sendo, as bibliotecas, pastas e os objetos mais utilizados (favoritos) podem ser deixados no Desktop para facilitar o acesso.
  73. 73. Anatomia do Desktop do Windows 7
  74. 74.  Para ativar os componentes mais importantes, como     por exemplo, Computador, Rede, Arquivos do usuário e Painel de Controle você deve: clicar com o botão direito no Desktop; no menu aberto, clique na opção Personalizar; na janela Aparência e Personalização, clique em Alterar ícones da Área de Trabalho; selecione as opções: Computador, Arquivos do usuário, Rede, Lixeira e Painel de Controle e depois clique no botão OK.
  75. 75.  Automaticamente aparecerão no Desktop os ícones     selecionados. Para disponibilizar um objeto no desktop utiliza-se um objeto virtual chamado Atalho ou Shortcut. Para criar um atalho, você deve: clicar com o botão direito no objeto a ser criado um atalho; no menu aberto, aproxime o mouse na opção Enviar para; clique em Área de trabalho (criar atalho).
  76. 76. Barra de Tarefas  A missão principal da barra de tarefas é proporcionar acesso rápido aos aplicativos que estiverem ativos no desktop. A Barra de tarefas ajuda o usuário a manipular os aplicativos que estão sendo executados ao mesmo tempo no desktop.
  77. 77. Barra de Tarefas do Windows 7
  78. 78.  Nesta barra você encontra o botão Iniciar, a barra de ferramentas Início Rápido, os botões que dão acesso aos aplicativos carregados, à Área de Notificação, ao Relógio e ao botão Aero Peek.  Perceba na figura que todas as aplicações que foram lançadas ao desktop estão sendo representadas por botões na Barra de Tarefas.  A Barra de tarefas pode ser arrastada para qualquer lateral da tela, uma vez que a opção Bloquear a Barra de Tarefas esteja desativada.
  79. 79.  Para desativá-la:  clique com o botão direito na Barra de tarefas;  no menu aberto, verifique se a opção Bloquear a Barra de tarefas está desativada.  Para arrastá-la para outro lugar da tela:  pressione com o botão esquerdo do mouse nela e a arraste para um dos cantos do desktop;  em seguida, solte o botão do mouse. Ela, automaticamente, será redimensionada naquele local.
  80. 80. Desktop com a Barra de Tarefas do lado esquerdo
  81. 81.  A Barra de Tarefas é um objeto e como tal possui propriedades. Para visualizá-las:  clique com o botão direito na Barra de Tarefas;  no menu aberto escolha a opção Propriedades;  na guia Barra de Tarefas, você tem as opções de configuração da barra de tarefas:
  82. 82. Propriedades da Barra de Tarefas
  83. 83.  Bloquear a barra de tarefas - quando ativada esta opção, a barra de tarefas não pode ser movida.  Ocultar automaticamente a barra de tarefas - a barra fica oculta na parte inferior da tela, mas reaparece quando o cursor é movido para a parte inferior do desktop (uma pequena linha horizontal na parte inferior da tela).
  84. 84.  Usar ícones pequenos - diminuem o tamanho dos ícones da barra de tarefas;  Botões da barra de tarefas - colocam na barra de tarefas todos os programas semelhantes que se encontram no Desktop agrupados ou não.  Visualizar a área de trabalho com o Aero Peek quando ativada, o botão mostra sua área de trabalho em segundo plano. Este recurso não se aplica à edição Windows Starter.
  85. 85. Menu Iniciar e todos os seus componentes  A maioria das atividades pode ser iniciada a partir do botão Iniciar. O qual na versão atual apresenta-se pelo botão . Ao clicar no botão Iniciar da Barra de Tarefas é apresentado um menu com uma lista dos principais recursos e funções oferecidos pelo Windows 7.
  86. 86. Menu Iniciar
  87. 87.  Nesse menu encontram-se as opções:  Windows Search -pesquisa que permite a procura de programas, arquivos, pastas, sites e outros;
  88. 88. Menu Iniciar com uso do Windows Search
  89. 89.  Todos os Programas - permite acesso a todas as aplicações que estão instaladas no Windows;
  90. 90. Menu Iniciar exibindo Todos os Programas
  91. 91. Menu Iniciar e todos os seus componentes (cont.)  Aplicações mais utilizadas -permitem acesso automático aos aplicativos mais utilizados pelo usuário do computador;  Ponto de partida - permite acesso rápido às configurações mais comuns feitas em seu computador;
  92. 92. Ponto de Partida
  93. 93. Notas Autoadesivas  Notas Autoadesivas - para escrever listas e fazer anotações rapidamente;
  94. 94.  Arquivos do usuário - esta pasta é o local padrão onde os aplicativos de Windows 7 armazenam os documentos produzidos pelo usuário. O Windows 7 fornece uma caixa de diálogo oferecendo o acesso à pasta Documentos, Imagens, Músicas e Jogos;
  95. 95. Pastas de Arquivos do usuário
  96. 96. Computador  Computador -todos os recursos existentes no computador se encontram neste ícone;
  97. 97. Janela Computador
  98. 98.  Ao abri-lo é apresentada uma tela contendo:  Ícones que representam unidades de disco como disquete, disco fixo, disco removível, CD ROM; Pasta Rede, Bibliotecas (Documentos, Imagens, Músicas, vídeos), Unidades mapeadas (se você estiver trabalhando em Rede).
  99. 99.  Os nomes dos objetos podem ser alterados de acordo com a preferência do usuário.  Painel de Controle - apresenta vários elementos fornecendo opções para alterar a aparência e funcionalidade do computador, adicionar ou remover programas, adicionar novos hardwares e contas de usuários;  Dispositivos e Impressoras - exibe e gerencia dispositivos, impressoras e trabalhos em impressão;
  100. 100.  Programas Padrão -permite associar um tipo de arquivo a um aplicativo para que ao ser acessado o arquivo seja aberto automaticamente pelo aplicativo associado;  Ajuda e Suporte - informações sobre como realizar uma variedade de tarefas com o Windows 7.

×