Aula 03 04 e 5 o desktop do windows 7

1.794 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.794
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
251
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
166
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 04 e 5 o desktop do windows 7

  1. 1. Professor Diego Rocha
  2. 2. Propriedades do Menu Iniciar  Para visualizar as características do menu Iniciar, clique com o botão direito do mouse sobre o Iniciar Propriedades:
  3. 3. Propriedades do Menu Iniciar  A opção Privacidade possibilita armazenar e exibir programas e itens abertos recentemente no menu Iniciar.
  4. 4. Propriedades do Menu Iniciar
  5. 5. Barra Início Rápido  Ao lado direito do botão Iniciar e ocupando um pequeno espaço da Barra de Tarefas encontra-se a barra de ferramenta denominada Início Rápido.  Esta barra permite o lançamento rápido de aplicações. Desta forma, pode-se personalizá-la acrescentando os atalhos dos ícones que considera mais importantes para a sua comunicação com Windows 7.
  6. 6.  or padrão de instalação do Windows 7, Início Rápido apresenta os seguintes ícones:
  7. 7.  Qualquer outro ícone de aplicativo ou mesmo ícone de arquivos particulares podem ser acrescentados à barra de ferramentas Início Rápido, realizando o processo arrastar e soltar e será explicado posteriormente.
  8. 8. Área de Notificação  No canto esquerdo inferior do desktop se encontra a Área de notificação que é utilizada pelo sistema para fornecer avisos sutis aos usuários e informar a respeito dos serviços que podem vir a se tornar ativos no sistema.
  9. 9.  Por "avisos sutis" entenda a entrada nesta área de pequenos ícones que informam status de situações que estão ocorrendo no sistema.  Por exemplo: ao chegar um correio eletrônico, um ícone com o formato de uma carta será adicionado a esta área informando que existe uma correspondência para ser lida.
  10. 10. Área de Notificação
  11. 11.  Para configurar a Área de Notificação, clique com o botão direito do mouse sobre a mesma e escolha Propriedades:  No item Ícones do Sistema podem-se ativar os itens que gostaria que fossem exibidos na Área de Notificação, como Relógio, Volume, Rede e Energia.
  12. 12. Caixa de diálogo Propriedades da Área de Notificação
  13. 13. Lixeira  Todo e qualquer arquivo ou pasta que for excluído será removido automaticamente para a Lixeira. Os arquivos podem ser recuperados, o que permite recuperar arquivos excluídos acidentalmente, basta clicar com botão direito do mouse sobre o arquivo a ser recuperado e escolher Restaurar, o arquivo será restaurado ao seu local de origem.
  14. 14. Conteúdo da lixeira
  15. 15.  A Lixeira é um objeto e como tal possui propriedades que permitem a sua configuração. Para verificar as propriedades da lixeira, clique com o botão direito do mouse nalixeira e escolha Propriedades.
  16. 16. Propriedades da lixeira
  17. 17.  Nesta configuração perceba que em Configurações do local selecionado a Lixeira possui Espaço disponível de 2150MB. Esse valor pode ser alterado digitando-se um novo valor no campo.
  18. 18.  Os arquivos também podem ser removidos diretamente sem passar pela lixeira habilitandose: Não mover arquivos para a Lixeira. Remover arquivos imediatamente quando excluídos. Outro detalhe é a confirmação de exclusão que pode ser desabilitada em Exibir caixa de diálogo de confirmação de exclusão.   Recomenda-se que os arquivos excluídos sejam movidos para a lixeira e a confirmação de exclusão esteja habilitada.
  19. 19. Aula 04 - Estratégia de operação do Windows 7
  20. 20. Botão Direito do Mouse   Em função da orientação da interface para o objeto, a Microsoft decidiu adotar principalmente o botão direito do mouse como principal estratégia para a operação do Windows.
  21. 21.  Por vícios ou comodidade a maior parte das pessoas utiliza apenas o botão esquerdo do mouse, dificultando a comunicação com Windows.  O botão direito do mouse dá acesso ao chamado Menu Rápido do Windows. Esse menu permite saber os tipos de tarefas que podem ser realizadas com um objeto.  Por exemplo, para saber o que se pode fazer com o objeto Computador não se deve chegar até este objeto e realizar duplo clique, mas sim um simples clique com o botão direito.
  22. 22. Menu de contexto do ícone Computador
  23. 23.  A cortina apresentada por esta operação permite saber todas as atividades que podem ser realizadas com o objeto, que, por exemplo, são: Abrir, Gerenciar, Mapear unidade de rede ou Desconectarunidades de rede, Criar atalho, Excluir ou Renomear ou ainda ver a folha de Propriedades.  A partir deste momento será enfatizado o uso do botão direito do mouse. Ele é muito importante na operação do sistema.
  24. 24.  Antes de mecanicamente clicar no objeto com o botão esquerdo do mouse, pense se não existe uma função mais simples e que poderia ser realizada em menos passos a partir do uso do botão direito.
  25. 25. A Interface do Windows  A interface do Windows foi concebida baseada no conceito de objetos.  Nas versões anteriores do Windows (3.0, 3.1 e 3.11) a interface foi desenhada com ênfase no software aplicativo. O usuário inicialmente carregava o aplicativo para, a partir dele, passar a procurar o dado a ser manipulado.
  26. 26.  Por exemplo, para redigir uma carta inicialmente era carregado o Word para depois ser criado o arquivo que conteria a carta. Em Windows 95, 98, Me, XP, Vista e agora no 7 a interface foi desenhada com orientação para o dado e não para o aplicativo. Isso significa que o usuário não precisa saber onde se encontra o aplicativo que será utilizado, mas sim onde estão os dados. A partir dos dados o Windows executa automaticamente os aplicativos.
  27. 27.  Para escrever uma carta em Word iniciando pelo dado e não pelo aplicativo:  posicione o cursor do mouse em qualquer ponto no chamado Desktop;  clique com o botão direito do mouse;  aponte para o comando Novo. Perceba que existem várias opções de novos itens para serem criados.
  28. 28. Criando um novo documento através do Desktop
  29. 29.  Clique no subcomando Documento de Texto. Este clique pode ser efetuado tanto com o botão esquerdo como com o botão direito do mouse. Será apresentado no desktop o novo arquivo do Bloco de Notas.
  30. 30. Novo documento do Bloco de Notas
  31. 31.  Perceba que o nome deste novo documento está em azul, isto significa que está selecionado.  com o nome selecionado digite o novo nome e tecle <Enter>. No exemplo o nome será Teste, portanto, digite-o;  dê duplo clique nesse documento ou ainda utilize o botão direito do mouse e escolha o comando Abrir. Automaticamente será apresentada uma janela do Bloco de Notascom o novo arquivo criado.
  32. 32.  Perceba neste exemplo que o usuário carregou o aplicativo a partir do documento e não o contrário. É o bastante para o usuário saber onde se encontra o dado ou o documento com o qual deseja trabalhar, pois a partir dele é que será acessado o aplicativo correspondente. O Windows permite, também, a criação de pastas para organizar os documentos, utilizando o mesmo conceito e facilidade.
  33. 33. Gadgets  Este recurso permite organizar as informações que você deseja acessar rapidamente, sem congestionar o seu espaço de trabalho no Desktop. Gadgets são miniprogramas personalizáveis que exibem informações continuamente atualizadas e permitem executar tarefas comuns sem abrir uma janela. Por exemplo, você pode exibir boletins meteorológicos atualizados regularmente, manchetes de notícias e uma apresentação de slides.
  34. 34.  Para ativar os Gadgets, clique com o botão direito do mouse na área de trabalho, selecione Gadgets.
  35. 35. Janela de Gadgets
  36. 36.  Para adicionar Gadgets na área de trabalho dê duplo clique sobre o Gadget desejado e o mesmo será inserido na área de trabalho.
  37. 37. Gadgets Relógio e Quebra-cabeça
  38. 38.  Para mover o Gadget de posição, clique com o botão esquerdo em cima dele e arraste-o, para removêlos, basta aproximar o mouse sobre o Gadget e clicar em Fechar (X).
  39. 39. Trabalhando no Desktop do Windows  A maior parte das operações de Windows é realizada no desktop onde os objetos são representados por Ícones e Janelas. Eles podem ser movidos, ativados, desativados, apagados, alterados, etc. Estas e outras tarefas são apresentadas a seguir.
  40. 40. Lançando aplicativos  Aplicativos são programas desenvolvidos para realizar tarefas como processar texto, realizar desenhos, etc.  Navegando a partir do botão Iniciar - consiste em utilizar o botão Iniciar para navegar pelos programas. Suponha que seja preciso lançar a aplicação Calculadora que se encontra no grupo de programas Acessórios:
  41. 41.  clique no botão Iniciar;  clique na opção Todos os Programas;  clique na opção Acessórios;  clique no acessório Calculadora.
  42. 42. Instâncias de aplicativos  Quando um aplicativo permitir, será possível efetuar o seu lançamento para o desktop mais de uma vez.  Chama-se Instância cada lançamento do mesmo aplicativo.  Por exemplo, pode-se lançar duas vezes a Calculadora para trabalhar com dois cálculos diferentes.
  43. 43. Instância de aplicativos
  44. 44.  A maior parte dos aplicativos de Windows permite mais de uma instância de si. As vantagens são inúmeras, a começar pela facilidade de visualização de mais de um documento ao mesmo tempo e ainda a edição e troca de informações entre documentos de um mesmo padrão.
  45. 45. Planos de execução dos aplicativos  O plano Primário também chamado de Foreground equivale ao aplicativo que está ativo em tela. Apenas um aplicativo pode estar neste plano. Normalmente este aplicativo é o que está em uso pelo usuário.
  46. 46.  O plano Secundário também chamado de Background equivale aos demais aplicativos que foram lançados para o desktop, mas que não estão com o controle do usuário no momento.
  47. 47.  Por exemplo: Pode-se estar no plano primário elaborando um texto no Word enquanto, no plano secundário, o computador estaria imprimindo um orçamento financeiro, gerando gráficos, acessando a Internet, organizando um banco de dados, etc.
  48. 48. Janela do Bloco de Notas em Foreground e demais aplicativos em Background
  49. 49.  A janela que está em Foreground estará sempre com a barra de título em destaque.
  50. 50. Tipos de Janelas  Para cada aplicação que é lançada no desktop é aberta uma janela. As janelas mais comuns de Windows são: Janelas de Aplicativo e Janelas de Documento:  Janelas de Aplicativo - ao lançar o WordPad que se encontra no grupo de Todos os programas, Acessórios é aberta uma janela de aplicativo para abrigá-lo. As janelas de aplicativos podem ser facilmente reconhecidas, basta observar o nome do aplicativo e o nome do documento associado a ele na barra superior da janela.
  51. 51. Janela documentos
  52. 52.  Janelas de Documentos -ficam contidas nas janelas de aplicativo e armazenam o dado em processamento. Normalmente, os aplicativos de Windows são escritos para conter mais de uma janela, apesar de existirem também, aplicativos que utilizam apenas uma janela.  O WordPad só consegue trabalhar com uma janela de documento. O Microsoft Excel pode trabalhar com várias janelas ao mesmo tempo.
  53. 53. Janela de Documento
  54. 54. Como Sair do Windows 7?  uas são as maneiras de sair de Windows 7: Fazer     o Logoff ou Desligar. Ao Desligar você estará fechando uma sessão e abandonando o sistema operacional no qual é realizado o logon. Percorra as seguintes etapas: clique no botão Iniciar; selecione a opção Desligar.
  55. 55. Menu Desligar
  56. 56. Na caixa de diálogo apresentada em tela pode-se escolher entre:
  57. 57. Aula 05 - Elementos e Organização de janelas
  58. 58. Os elementos de uma Janela  Todas as janelas do Windows (de aplicativos ou documentos) apresentam elementos comuns para proporcionar funcionalidade em seu uso. A interface do Windows padroniza os formatos e os elementos das janelas para todas as aplicações.  A figura apresenta e relaciona visualmente os elementos principais contidos nas janelas:
  59. 59. Elementos de uma janela
  60. 60. Menu de Controle  Permite diversas operações sobre as janelas através do teclado.  Para obter acesso ao Menu de Controle de uma janela basta clicar o botão esquerdo do mouse no ícone de Menu de Controle, que sempre aparece do lado esquerdo da janela com símbolos variados.
  61. 61.  As opções de comando disponíveis no Menu de Controle       são: Restaurar - retorna ao último formato ocupado pela janela na tela; Mover - permite a movimentação da janela com as teclas de seta ou mouse; Tamanho - permite a alteração do tamanho com as teclas de seta ou mouse; Minimizar - minimiza a janela na forma de botão na Barra de Tarefas; Maximizar - maximiza a janela em toda a tela; Fechar - encerra o aplicativo fechando a janela.
  62. 62.  Alguns destes comandos também podem ser encontrados no canto superior direito da janela.
  63. 63. Botões Restaurar, Minimizar, Maximizar e Fechar
  64. 64. Título da Janela  O Título da Janela fica na chamada Barra de Título. O nome da aplicação e o nome do documento são apresentados nesse local.  A Barra de Título possui intensidade e cor diferentes das demais barras para chamar a atenção em relação ao documento em produção, ou seja, o documento que está em primeiro plano.  Para movimentar uma janela de aplicativo aponte o cursor do mouse para a barra de título da janela e efetue o movimento de arraste
  65. 65. Guias  Em Windows todos os aplicativos possuem Guias. Cada guia possui comandos que podem ser usados em um determinado aplicativo.  Para navegar nas guias:  Clique o botão esquerdo do mouse sobre a guia escolhida.
  66. 66. Exemplos de Guias
  67. 67.  Existem dois tipos de barras de rolagem: a barra de rolagem Vertical e a barra de rolagem Horizontal.  A Barra de rolagem vertical permite a visualização dos dados contidos num documento. Dentro da barra de rolagem encontra-se um pequeno bloco chamado de Slide ou Elevador.
  68. 68.  Arrastando este elevador pode-se subir ou descer, obtendo as informações contidas no documento.  A barra de rolagem horizontal permite a rolagem do documento de maneira horizontal.
  69. 69. Botões de Acesso Rápido  Permite o acesso rápido a determinadas Ferramentas. Este item será estudado em outros módulos.
  70. 70. Barra de Status  Fornece informações relativas ao documento.
  71. 71. Movendo e Dimensionando janelas  Que tal assistir TV em uma janela, navegar na Internet em outra e estar ao mesmo tempo escrevendo um texto?  Para isso as janelas devem ser gerenciadas de tal forma que se possam visualizar todas ao mesmo tempo ou pelo menos, parte delas.  Para mover manualmente uma janela:
  72. 72.  posicione o apontador do mouse na Barra de Títulos;  pressione o botão esquerdo do mouse e arraste a janela para a posição desejada;  solte o botão do mouse.
  73. 73.  ara Dimensionar uma janela:  verifique se a janela do aplicativo está restaurada;  posicione o apontador do mouse em qualquer canto ou lateral da janela até que o cursor apresente um dos formatos (setas) ;
  74. 74.  no momento que o formato de cursor mudar de seta para um dos formatos apresentados, pressione o botão do mouse e o arraste. A janela será redimensionada;  solte o botão do mouse.  Através da movimentação e redimensionamento das janelas pode-se organizar melhor o desktop.
  75. 75. Organizando Janelas no Desktop   Podem-se organizar janelas no desktop de forma manual ou automática. No item anterior foi explicada a forma manual.  Para organizar as janelas de forma automática é necessário da ajuda do Windows. Siga as etapas:  posicione o apontador do mouse na Barra de Tarefas e clique com o botão direito.
  76. 76.  Neste menu de contexto são encontrados os comandos de organização: Janelas em cascata, Janelas Empilhadas, Janelas lado a lado e Mostrar área de trabalho.
  77. 77. Organização de janelas disponíveis
  78. 78.  Em seguida será explicado cada comando. Para tanto é necessário que você lance alguns aplicativos no Desktop:  no menu Iniciar, Acessórios, abra os programas: Calculadora, WordPad e Bloco de Notas.
  79. 79. Janelas em Cascata  Janelas em Cascata representam uma metáfora. Permite que as aplicações que estiverem abertas no desktop (não as minimizadas) sejam organizadas na forma de cascata.
  80. 80. Janelas Em cascata
  81. 81. Janelas Empilhadas  Este comando permite que as janelas sejam empilhadas, ou seja, sobrepostas.
  82. 82. Janelas Empilhadas
  83. 83. Janelas Lado a Lado  Este comando faz com que as janelas ativas no desktop sejam colocadas lado a lado.
  84. 84. Janelas Lado a Lado
  85. 85. Aero Peek  O Aero Peek permite que você enxergue através de outras janelas abertas no Windows 7. Basta apontar o mouse para a borda direita da barra de tarefas, veja as janelas abertas ficarem transparentes instantaneamente, revelando todos os ícones e gadgets.
  86. 86. Botão Aero Peek
  87. 87.  Clicando com o botão esquerdo nesse botão todas as janelas são minimizadas simultaneamente. Clicando novamente, todas as janelas são maximizadas simultaneamente.  Este recurso não se aplica a edição Windows Starter.
  88. 88. Aero Shake   Esse recurso pode economizar tempo se você desejar se concentrar em uma única janela sem minimizar todas as outras janelas abertas de uma vez.  Pressione o botão esquerdo do mouse na Barra de Título e mantenha pressionado, dê uma leve sacudida. Todas as janelas abertas exceto a que você está sacudindo foram minimizadas. Faça o mesmo procedimento para maximizar todas as janelas.  Este recurso não se aplica a edição Windows Starter.
  89. 89. Aero Snap  O Aero Snap é um novo recurso para redimensionar as janelas abertas, simplesmente arrastando-as para as bordas da tela através da Barra de Título.  Dependendo de onde você arrastar uma janela, será possível expandi-la verticalmente, colocá-la na tela inteira ou exibi-la lado a lado com outra janela.
  90. 90.  Para retornar a janela ao tamanho original, arraste a Barra de Título da janela em direção oposta à parte superior da área de trabalho e, em seguida, solte.
  91. 91. Janelas expandidas utilizando o Aero Snap
  92. 92. Saltando entre Janelas  Quando o desktop apresenta uma grande quantidade de aplicações, crescem as dificuldades de operação do Windows. Para saltar entre as aplicações utilize as alternativas:  Barra de Tarefas - basta clicar no botão relativo à aplicação desejada na Barra de tarefas.  Caso aponte para o botão minimizado a identificação aparecerá conforme a figura:
  93. 93. Apontando para o botão do aplicativo WordPad
  94. 94.  <Alt> +<Tab> - quando você mantém pressionada a tecla <Alt> e pressiona a tecla <Tab> é apresentada uma janela com as aplicações representadas por seus ícones. Escolha o ícone desejado mantendo <Alt> pressionado e navegando entre os ícones com toques na tecla <Tab>. Ao escolher o ícone de aplicativo para o qual deseja saltar ou tornar ativo, solte a tecla <Alt>. Automaticamente o aplicativo é apresentado em tela.
  95. 95. Exemplo da alternância entre janelas <Alt>+<Tab>

×