37.março 2012 revista

300 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
300
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

37.março 2012 revista

  1. 1. 37ª edição, março de 2012 EDIÇÃO ESPECIAL3 anos vendo, falando e ouvindo de tudoque é bom e de tudo que é do bem.
  2. 2. 06 ......... ............ ............ .. ... 11 ............ ............ ............ ............ 12 ........ ............ ...... ............ ...... ............ .... ............ .... ............ .... ............ .... 14 ............ ............ ............ ............ mun do .... .. ............ .... ............ .... ............ ... 27 Eu no ............ ............ ............ ............ ............ ............ .... ............ .... ............ . 21 do + alizad o ............ ............ ............ Corren Person ............ ............ ............ mento .... .... .... . 22 Treina a ...... ............ ............ ............ o positiv .... ............ ...... ............ .... ............ . 26 ntaçã ............ ............ ............ ............ Alime .. ............ .... ............ .... ............ .... ............ 29 icho .. ............ ............ ............ .......... É o b o da .... .. ............ ............ .. ............ 1 na m ............ ............ ............ ........ 3 Você ............ ............ ............ ............ ade .. ............ ............ ............ .... 33Quem curte Qualidade de Vida em Brasília, ............ .. Pós-ati vid ............ ............ ............ stilo .. ............ ............ ............ ..... 34 com e ............ ............ ........ ............ ............ Viver cinem as ............ ...... ............ ............ agora nos encontra no Facebook. nos Águas .. .. Breve ............ ............ ta das ............ ............ ce Fes ............ ............ Aconte sição .. ............ e Expo ............ A contec ows ............ ce Sh Aconte /posiatividade Espaço reservado ao leitor para envio de sugestões, dúvidas e críticas através do e-mail: falaleitor@posiatividade.com.br PARABÉNS, A REVISTA TÁ REDONDINHA! Valdinei Santos Jornalista Responsável Mel Simões Colunista Página 22 Acácio Tolentino Colunista “Eu no mundo“ 3 anos de muita Rafael Ajuz Colunista “Você na Moda” Equipe Finíssimo POSIATIVIDADE!!! Colunista “Viver com Estilo” Sandra Tumelero Colunista “É o Bicho” Ricardo Antônio Colunista “Correndo +” Renato André Colaborou nesta edição: Karen Moreno Fotografia Equipe POSIATIVIDADE Projeto Gráfico e Diagramação Azê Marketing Impressão Athalaia Gráfica e Editora Contato Comercial (61) 9261-2778 comercial@posiatividade.com.br www.posiatividade.com.br A Revista POSIATIVIDADE não se responsabiliza pelos anúncios veiculados, como também não se responsabiliza pelas matérias publicadas, que são de responsabilidade de seus autores.
  3. 3. Natureza aeu no mundo nosso favor: agroecologia! Por Rafael Ajuz P or que não aliar a produção de alimentos mento e umidade necessários à chegada de ou- com a recuperação de nossas florestas? To- tras espécies mais sensíveis que irão dos sabem que o aumento da demanda gradativamente substituindo as pioneiras, até por alimentos é constante e que o meio ambiente atingirem um estágio conhecido como clímax, ou inicial, como piteiras, feijão-guandu e capim ele- sua função. Obviamente, que de uma maneira está cada vez mais degradado. Logo, se existisse seja, o ponto em que a floresta pode ser conside- fante, que iniciarão o processo de recomposição muito mais intensa devido às podas regulares e a tecnologia capaz de conciliar o aumento da pro- rada em ‘certo equilíbrio’. Digo, ‘certo equilíbrio’ dos solos com a adubação verde, graças a grande constante dispersão de sementes. Paralelamente dução de alimentos com a recuperação de áreas pois na natureza o que se observa é uma constan- quantidade de matéria orgânica. Posteriormente, à nossa intervenção, os animais começarão a sur- já degradadas, poderíamos resolver es- te mudança, com um fluxo constante e dinâmi- plantas como bananeira, mandioca, abacaxi, gir e a ajudar nesta tarefa. ses dois grandes desafios e final- co de energia, na qual inhame e abóbora, podem ser incorporadas a Um grande exemplo deste ‘poder’ de trans- mente presenciar um exem- cada vez mais a ener- esse consórcio. A medida que as plantas vão cres- formação é dado pelo grande Ernst Götsch, co- plo de desenvolvimento gia oriunda do sol vai cendo, é importante a realização de podas, onde nhecido pelo sul da Bahia como o homem que realmente sustentável. se incorporando todo o material resultante deve ser espalhado faz chover. Isso graças ao seu projeto de recupe- Bom, essa tecnolo- ao sistema, sendo pela própria área, a fim de formar a serra pilheira, ração de áreas degradas da Mata Atlântica, onde gia já existe, e já sempre reciclada, que agregará a matéria orgânica ao solo. Dando a chuva já era escassa e os córregos da região apresenta excelen- juntamente com os continuidade ao processo, uma série de semen- eram menos de meia dúzia. Hoje o que se vê é tes frutos: é a nutrientes oriundos tes de plantas nativas podem ser coletadas pela uma floresta rica com mais de 17 córregos, a vol- agroecologia! do solo, dando a região e distribuídas ao longo de toda a área a ta da chuva e tudo isso aliado a uma grande pro- A agroeco- oportunidade de ser recuperada. Além disso, mudas de pupunha, dução de cacau e outros alimentos. logia visa utilizar uma infinidade de frutíferas, café e outras tantas plantas podem ser Resumindo, basta um planejamento inicial de os serviços eco- organismos, fun- introduzidas continuamente nesse laboratório ao que tipo de planta é apta para cada região e cada lógicos a favor gos, bactérias, ani- ar livre. fase deste processo de regeneração. Assim, com da produção de mais e vegetais, Essa maneira, que a princípio pode parecer a nossa “forcinha”, elas responderão de maneira alimentos e ou- completarem seus desorganizada de se introduzir as plantas, na ver- surpreendente, com frutos de qualidade, recupe- tros insumos a ciclos de vida. dade, funcionará perfeitamente como ocorreria rando a biodiversidade, os recursos hídricos, partir da observação Quando nos de- na natureza, onde cada indivíduo esperará o mo- além de trazer uma excelente fonte de renda! dos sistemas natu- paramos com uma área mento certo para se desenvolver e cumprir com a rais. Podemos acele- abandonada, onde o solo rar processos como a pobre já não serve nem para sucessão vegetal, que seria a recupe- pasto, podemos interferir, de ma- ração de uma área que se encontra com seu neira positiva, para o início e aceleração Rafael Ajuz é biólogo, mestre em Biologia Animal pela UnB. Atua no Licenciamen- solo empobrecido e exposto às intempéries, a deste complexo processo de revegetação. Neste to Ambiental de empreendimentos de infraestrutura de energia, com a análise do partir de espécies vegetais pioneiras, que garanti- intuito, devemos introduzir o máximo de semen- componente biótico. rão matéria orgânica, aeração do solo, sombrea- tes e/ou mudas, de preferência pioneiras na fase Contato: 61 9261-2778 ou eunomundo@posiatividade.com.br 7
  4. 4. 8 9
  5. 5. Estresse Térmico e aclimatação na Corrida Por Renato André Renato André Silva é graduado, mestre e doutorando em Educação Física (CREF 1114G/DF). Atua como fisiologista do exercício e coordenador de exames de desempenho humano do Centro de Excelência em Medicina do Exercício (CEMEx/ Golden Spa) . Contatos: 61 9261-2778 ou correndo+@posiatividade.com.br10 11
  6. 6. dificação do corpo, mas sim como No mês das mulheres instrumentos para a manutenção dele após algum método, como por exemplo, a cirurgia descubra de uma vez plástica. Portanto a mulher perfeita é aquela por todas como ter um que entende que os cuidados com a saú- de vêm em primeiro lugar, o corpo se corpo perfeito! modifica e se torna perfeito para você. Vale ressaltar que a vaidade, o controle o peso e o cuidado com a aparência, são de suma importância sim, porém Por Acácio Tolentino você não deve se tornar “escrava” de P um padrão de beleza que não se encai- rimeiramente gostaria de parabe- por um profissional de Educação Física quali- xa com o seu perfil, com a sua origem nizar as mulheres pelo dia 8 de ficado) possui uma alimentação equilibrada e feminilidade, afinal se tornar “escra- março, afinal foram muitas con- e descansa adequadamente, com certeza é va” de algo tão banal só fará esque- quistas realizadas até aqui e com uma mulher saudável e consequentemente cer-se de todas as conquistas até en- certeza outras hão de vir! Porém, uma luta perfeita. Infelizmente o problema é que o tão. que vêm mudando o comportamento fe- conceito de perfeição para o público femini- Pratique exercícios físicos regula- minino nos últimos anos é o da busca pelo no está baseado na figura imaginária de uma res, equilibre sua alimentação, descanse corpo perfeito. mulher que praticamente não existe, do tipo e viva plenamente, sem se prender a pa- A indústria da beleza nunca investiu e magra, cabelo liso, pele de porcelana, silico- drão algum, pois assim o seu corpo agrade- ganhou tanto dinheiro como nos dias de nada (no mínimo, seios e bumbum), pernas cerá todo o cuidado e respeito que você terá hoje, chega a ser cruel algumas falsas pro- musculosas, braços torneados, abdômen tra- com ele, de forma saudável, garantindo assim messas relacionadas a produtos vado, e é claro, sem celulites ou estrias. Che- sua perfeição. “incríveis”que se tornam altamente vendá- ga a parecer que as pessoas não estão viven- Encerro esse texto com as palavras da Jor- veis quando o assunto é o culto a beleza. do em um mundo real e sim no virtual, onde nalista Responsável da Revista POSIATIVIDA- As principais mídias (TV, revistas, internet) o photoshop é o certo e a versão original é a DE, Melina Simões, que homenageou as mu- noticiam, a todo instante, métodos para errada, fortalecendo ainda mais essa cultura lheres no dia 8 de março da seguinte maneira: que uma mulher seja perfeita, cosméticos, que vêm “escravizando” as mulheres para “Todas as mulheres têm algo de muito receitas de alimentos e exercícios milagro- esse padrão inexistente. especial...! Têm suas particularidades que sos, suplementos, tratamentos estéticos, Métodos ineficientes de exercícios físi- as definem, que as diferenciam, não só medicamentos e cirurgias plásticas são o cos, como os de baixa intensidade ou mesmo umas das outras, como também dos ho- foco quando o assunto é a perfeição. E o os de intensidade muito elevada, como tam- mens, o que as tornam um tanto quanto pior é que são promessas em curto prazo bém a ausência de variação dos exercícios, sagradas. Boa parte delas possui a luz da de “ser mulher”! que acabam por seduzir ainda mais o pú- falta de orientação de um profissional de feminilidade, são fortes e ao mesmo tempo Meus parabéns a to- blico alvo, fazendo acreditar que os hábitos Educação Física, academias de baixo custo e suaves e delicadas...! das as mulheres que fa- saudáveis de vida, como a boa alimentação sem orientação, entre outros problemas vêm Segue, nessa mensagem, meu profundo zem deste mundo uma e os exercícios físicos regulares são insufi- aumentado ainda mais a descrença que a ati- respeito e meu mais sincero abraço, pelo morada melhor, que vocês cientes para se alcançar o tão sonhado ob- vidade física pode ser um meio para ter um processo diário, algumas vezes exaustivo, sejam livres e felizes, hoje e jetivo.Mas a grande questão a ser tratada é: corpo saudável e consequentemente perfei- mas profundamente delicioso, que é o dom sempre!!!” O que é uma mulher perfeita? Alguém co- to. Além disso, o valor que é creditado para nhece uma mulher perfeita? Onde está? as cirurgias, medicamentos e clínicas de esté- Como ela é? O que ela faz para ser perfeita? tica é muito maior do que para um programa As respostas para essas perguntas são de exercícios bem elaborado, que esteja de O Personal Trainer Acácio Tolentino é especialista em programas de exercícios físicos simples e começam da seguinte maneira: A acordo com seu objetivo, respeitando seu para idosos. Pós graduado em reabilitação cardíaca e grupos especiais (obesidade, mulher perfeita é uma mulher saudável e corpo. É inacreditável, mas dificilmente a ati- hipertensão, osteoporose e diabetes). Membro da Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde. Palestrante sobre qualidade de vida, emagrecimento e exercícios físi- ponto final. Uma mulher que pratica exercí- vidade física regular ou os bons hábitos ali- cos para idosos. Coach Profissional pela Academia Brasileira de Coaching. cios físicos, (de forma regular e orientada mentares são relatados como formas de mo- Contato: 61 9261-2778 ou personal@posiatividade.com.br12 13
  7. 7. Abacate: bom pra saúde, excelente para a Performance! Por Karen Moreno O abacate é uma fruta originária é o beta-sitosterol que tem estrutura química se- do México e países da América melhante ao colesterol (o colesterol é utilizado no do Sul. É provável que tenha nosso organismo para a produção de hormônios vindo para o Brasil no início do século sexuais); XIX. Trata-se de um alimento ri- 3) ção antiinflamatória e a atividade moduladora A quíssimo em nutrientes, do sistema imune. especialmente potás- A explicação desses poderes: sio, substâncias antio- 1) O efeito antiestrogênico será benéfico ao xidantes como as vita- reduzir sintomas típicos da ação do hormônio minas A, C e E e feminino como retenção hídrica e aumento glutationa (antioxi- de peso, além de regularizar o ciclo mens- dante com alto po- trual e prevenir contra cânceres de útero der anticanceríge- e de mama. no) e gorduras 2) A inibição da conversão de tes- monoinsaturadas tosterona em DHT pode auxiliar no (que combatem o combate de problemas tipicamente colesterol ruim – masculinos, pois o DHT é o principal LDL). Essas subs- hormônio a conferir essas caracte- tâncias ajudam na rísticas masculinas, incluindo calví- cie, acne e câncer de próstata. proteção do siste- 3) E por fim, este “hormônio ve- ma cardiovascular e getal” pode ser de extrema impor- previnem contra o tância para atletas e praticantes de câncer e outras doen- atividade física, já que atua como pro- ças crônicas. tetor e fortalecedor do sistema imune, Esses benefícios, no auxiliando também na recuperação muscu- entanto já são relativamente lar e prevenção de lesões. Tudo que os atletas e bem conhecidos. Portanto vim res- desportistas precisam em suas fases mais intensas saltar aqui outros “poderes” do de treino. abacate: É importante ressaltar que os benefícios são 1) feito antiestrogênico; E muitos, mas o abacate é um alimento calórico; por- 2) nibidor da conversão de testos- I tanto deve ser introduzido na alimentação com cau- terona em dihidrotestosterona (DHT). tela, após o cálculo adequado das necessidades in- Essas ações devem-se aos fitosteróis, dividuais. Portanto procure um nutricionista e conhecidos como hormônios vege- desfrute de todos os seus poderes. Afinal A SUA tais. O fitosterol presente no abacate ALIMENTAÇÃO FAZ A DIFERENÇA! Karen Moreno é nutricionista formada pela Universidade de Brasília, Especial- ista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho e Sócia-proprietária de Clínica 449 – Nutrição esportiva - desde 2001. Contato: (61)9261-2778 ou alimentacao@posiatividade.com.br14 15
  8. 8. A PREVENÇÃO É O MELHOR REMÉDIO por Ricardo Antônio Silva S abendo que uma cobra raramente ataca dos como pomares, matas e lavouras; quando não se sente ameaçada ou provo- c) Ter cuidado no momento de subir em árvores cada, é possível entender que a maioria dos ou investigar locais, como troncos de madeira acidentes é causada por uma aproximação inad- que possam servir de esconderijo para os ani- vertida com o animal. Com a chegada das esta- mais; ções quentes - Primavera e Verão – aumenta o d) Evitar a manipulação indevida e o acúmulo de risco de acidentes, em virtude das em 1.968, esta- Sofá Safari criado serpentes restos de alimentos e lixo que possam atrair roe- o radical design italiano pós rem mais ativas emmoderno, de alimentação e aca- relação à Andrea Branzi dores - a base da alimentação das serpentes ve- salamento, e das pessoas que vivem nas cidades nenosas; procurarem Típica poltrona modernista, sítios e o campo para as férias em e) Evitar sair à noite, principalmente, nas proximi- criação dos anos 50 dades de córregos ou beira de rios e; fazendas. De acordo com dados do Ministério da Saú- f) Não combater os inimigos naturais das ser- de, cerca de 20 mil pessoas são picadas, anual- pentes, como emas e gaviões. mente, por serpentes venenosas. Chama a aten- Crendices populares acerca dos métodos ção, não por acaso, o fato da maioria dos para tratamento fazem-nos acrediatr que é pos- acidentes, aproximadamente 70% dos casos, en- sível reverter um quadro de envenenamento volverem homens. São eles que em virtude do com ligeira segurança; porém, não se trata um trabalho ou simples desbravamento de áreas ru- paciente picado por cobra, com chás, torniquetes rais, acabam por se expor mais ao perigo. ou sugando seu sangue. O sucesso do tratamen- to depende da rapidez no atendimento médico; Para evitar acidentes, recomenda-se: lembrando que estamos falando de áreas rurais, a) Buscar informações prévias acerca do local de onde o socorro costuma ser demorado. visita; Portanto, vale lembrar para aqueles que tra- b) Permanecer calçado, de preferência com botas balham ou querem desfrutar das coisas da terra, e sapatos fechados, em ambientes desconheci- que prevenir ainda é o melhor remédio. Fotos: Reprodução Ricardo Antonio Silva é Médico Veterinário CRMV/GO Nº 5283, Especialista e Mestrando em Ciência Animal. Atua como Fiscal Estadual Agropecuário da Agência Goiana de Defesa Agropecuária – AGRODEFESA. Contato: (61)9261-2778 ou eobicho@posiatividade.com.br16 17
  9. 9. 18 19
  10. 10. Próxima Capital Fashion Week será na Embaixada da Itália Por Bruno Santos A cabou o suspense! Nos próximos dias 29 e 30 Fotos : Bruno Santos e Reprodução de março, a Embaixada da Itália receberá a edição Pocket de Inverno 2012 da Capital Fashion Week. O motivo do local tem uma explica- ção: este é o Ano da Itália no Brasil. Desde a edição de Verão 2011, a idealizadora da CFW, Márcia Lima, já conversava com sua amiga, e embaixatriz, Antonella La Francesca, sobre como se- ria o formato da semana de moda, inserido na pro- Embaixatriz Antonella La Francesca e Marcia Lima gramação de eventos que celebram a cultura italiana sign, não apenas no vestuário, mas incluindo acessó- em uma linguagem nacional. rios, mobiliário e decoração, por exemplo. O tema da edição de inverno é uma homena- “A ideia é dar um olhar voltado aos negócios de gem à Itália e a grande estrela é a Gattinoni, grife moda. Para trabalharmos com estratégia o design italiana que produz tanto haute couture como prêt- que sai da capital federal”, contou Marcia. Por isso, a -à-porter. “Ainda estou conversando com Antonella parte de business da CFW começa a ganhar corpo sobre o dia do desfile Gattinoni. Ele irá abrir ou encer- na edição de Inverno para que, em agosto, durante rar a CFW com uma apresentação de alta-costura”, o Verão 2013, esteja fortalecida. disse Marcia Lima ao Finíssimo. Como essa edição acontece em uma embaixada, Sann Marcuccy, Anna Paula Osório, Fernanda vale lembrar que uma série de cuidados com a segu- Ferrugem e Ivan Hugo são alguns dos estilistas de rança merecem atenção especial. Para ter acesso à Brasília já confirmados. semana de moda, além de estar com o convite em Começando por essa edição, a Capital Fashion mãos, o público da CFW deverá apresentar docu- Week deseja dar destaque mais abrangente ao de- mento de identificação. Sobre a possível programação de palestras, Mar- cia Lima diz que está em negociação com a equipe da Apex Brasil, uma das patrocinadoras do evento. Por oito anos, o foco da Capital Fashion Week foi explorar um produto ‘Made in Brasília’. Nesse perío- do, cerca de 50 jovens estilistas passaram pelo con- curso Novos Talentos. Com a saída da faculdade Iesb, ex apoiador da semana de moda, o evento está em busca de um Detalhe da Embaixada da Itália no Brasil. Prédio sediará a próxima novo patrocinador, para fazer parte desta vitrine es- edição da Capital Fashion Week , edição Pocket de Inverno 2012. sencialmente brasiliense. ´ W W W . F I N I S S I M O . C O M . B R20 21
  11. 11. A revista POSIATIVIDADE está comple- que tratam do assunto, temos a denomina- tando 3 anos de existência e muito suces- da “Pós-atividade”, voltada para o lazer, a so! Nessa edição comemorativa de aniver- cultura e o entretenimento. Não encontra- sário, nós da revista POSIATIVIDADE mos nenhum espaço melhor do que a pró- gostaríamos de agradecer a todos que pria “Pós-atividade” para agradecer a todos participaram dessa trajetória, como tam- os artistas que apoiam a informação gra- bém aos que nos apoiaram durante todo tuita através de nossa revista, pois sabem esse período, e é claro, queremos agrade- que as informações contidas na POSIATIVI- cer a você leitor, por sem você a revista DADE enriquecem a vida de nossos leito- POSIATIVIDADE não existiria. res, e é justamente por isso que acredita- Voltada para a qualidade de vida a re- mos que vale lembrar quem são os artistas vista POSIATIVIDADE, entre outras colunas que já estiveram por aqui! 3 anos de muita POSIATIVIDADE!!!22 23
  12. 12. Agradecemos também a todos que fizeram parte dessa jornada: colaboradores, par- ceiros, e clientes que sabem que a qualidade de vida é essencial para podermos desfru- tar de uma vida plena e feliz! Nosso muito obrigada a todos da equipe POSIATIVIDADE, que com muito esforço, trabalho e dedicação, faz o possível (e o impossível) para que POSIATIVIDADE continue crescendo e chegando nas mãos do nosso querido público! A todos vocês deixamos o nosso sincero agradecimento! Fiquem certos de que nós daremos continuidade ao nosso trabalho através da Revista POSIATIVIDADE, com essa mistura de Positivo com Atividade, colocando aquilo que faz bem em prática, movimen- tando tudo e todos para um mundo melhor! Afinal, estamos sempre trabalhando em cima da seguinte meta: trazer mais POSIATIVIDADE a sua vida!!!24 25
  13. 13. jeto dos edifícios da cidade de Brasília, enquanto Fernando e Humberto Campana – Os Ir- Lúcio Costa desenvolveu o plano da cidade. O pro- mãos Campana, um dos poucos brasileiros jeto de Lúcio Costa punha em prática os conceitos que possuem peças no MOMA (Museu de Arte ESTILOS DE MOBILIÁRIO: modernistas de cidade: prioridade ao automóvel na rede viária facilitando o deslocamento e blocos de edifícios afastados em pilotis sobre grandes áre- Moderna) de Nova Iorque, possuem reconhe- cimento internacional por seus trabalhos, onde transformam elementos do cotidiano sem ne- O MOBILIÁRIO BRASILEIRO DO SÉCULO XX as verdes. Niemeyer utilizou-se pioneiramente do nhum valor O DESIGN MODERNO E PÓS-MODERNO concreto armado, um material da construção civil em peças que possui estruturas metálicas no seu interior de caráter por Sandra Tumelero provendo resistência aos esfor- extremamen- O Chaise de Oscar Niemeyer ços de tração, te artístico. A desenvolvimento do mobiliário brasileiro do século XX inicia-se com uma ruptura com além da resis- criatividade os padrões europeus, sobretudo o português do período colonial. Busca-se uma iden- tência à compres- dos Irmãos tidade nacional, muito embora as tendências europeias da Bauhaus tenham sido ainda são que o concreto Campana é inspiradoras. Privilegiam-se as formas orgânicas e os materiais nativos. puro já possuía. Através uma recusa de suas palavras percebe- contemporânea à O Modernismo -se sua preferência: “Não é o estética funcional do mo- ângulo reto que me atrai, nem dernismo, à padronização O modernismo no Brasil, comparado a deixava aparente correias de couro e encaixes a linha reta, dura, inflexível, cria- da produção industrial do outros movimentos modernistas no resto do rústicos. Ficou famoso por sua poltrona Mole, da pelo homem. O que me atrai é a Estilo Internacional e à angulação mundo, iniciou-se tardiamente por volta da projetada com a intenção de ser um sofá “es- curva livre e sensual, a curva que encontro reta e geométrica do movimento De Stijl. O década de 20. Considera-se a Semana de Arte parramado”. nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos design dos irmãos Campana utiliza-se de con- Moderna realizada em São Paulo, em 1.922, o seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher ceitos de reuso e do ready made, vão do ar- início do modernismo no Brasil. Em 1.946, desembarcava no Brasil Lina Bo preferida. De curvas é feito todo o universo, o uni- tesanato à indústria criando uma ponte entre Um dos maiores nomes do modernismo Bardi, italiana que vinha junto da missão italia- verso curvo de Einstein”. As obras tanto de Oscar a arte, o design pós-moderno e a tecnologia. brasileiro é Joaquim Tenreiro, português que na em fuga da Segunda Guerra. Lina desenvol- Niemeyer quanto de Lúcio Costa possuem grande O conceito ready made utiliza-se de objetos in- chegou ao Brasil em 1.929, desenvolveu um veu projetos arquitetônicos com bastante ên- influência de Le Corbusier e seu Estilo Internacional dustrializados já feitos para serem descontextu- trabalho fortemente aliado à realidade brasi- fase entre a relação do indivíduo e do espaço sobre o qual já falamos em artigo anterior. Nie- alizados associando-os então ao meio artístico. leira, usando madeiras tipicamen- (público, doméstico meyer levou também à madeira as curvas do te brasileiras como a imbuia, o ou institucional). concreto, produzindo design de mobiliário. É cedro, a peroba e o jacarandá, Foi autora de im- ilustrativo do seu trabalho a chaise. e levando em conta a tradição portantes projetos artesanal brasileira. O con- como o MASP forto nos seus (1.947) Museu O Design Pós-Moderno móveis era de Arte de primordial. São Paulo. O Design pós-moderno começa a acentu- Te n r e i r o Realizou vá- ar-se por volta dos anos 60 e 70, é principal- foi o autor rias pesquisas mente caracterizado pelo desprendimento, é dos móveis para no nordeste buscan- eclético, mistura vários estilos, busca a estéti- o projeto de uma do sempre uma iden- ca bem humorada, a ironia ou a não-estética. residência de Os- tidade brasileira em Representava a pluralidade cultural de uma car Niemeyer em suas criações. sociedade sem fronteiras, globalizada e con- Cataguases, Minas Oscar Niemeyer é temporânea. Sofá Papel – Irmãos Campana, 1.993 Gerais. um ícone da arquite- Poltrona Mole de Sérgio Rodrigues Outra personali- tura moderna, conheci- dade marcante do de- do internacionalmente pelos Sandra Tumelero é designer de interiores e engenheira eletricista gradu- sign brasileiro foi o arquiteto edifícios públicos da cidade de ada pela Napier University, em Edinburgh UK, tendo realizado mostras Sérgio Rodrigues. Buscava uma linguagem pró- Brasília. Arquiteto escolhido pelo Presidente como Morar Mais e Casa Cor, atua no mercado de design de interiores em Brasília. pria, seu mobiliário era de certa forma pesado, Juscelino Kubitschek, foi responsável pelo pro- Contato: 61 9261-2778 ou vivercomestilo@posiatividade.com.br26 27
  14. 14. Confira aqui os ganhadores do Oscar 2012 Melhor filme: “O artista” Melhor Direção: Michel Hazanavicius - “O artista” Melhor ator: Jean Dujardin - “O artista” Melhor atriz: Meryl Streep - “A dama de ferro” Melhor ator coadjuvante: Christopher Plummer - “Toda forma de amor” Melhor atriz coadjuvante: Octavia Spencer - “Histórias cruzadas” Melhor roteiro original: “Meia-noite em Paris” (Woody Allen) Melhor roteiro adaptado: “Os descendentes” (Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash) Melhor filme estrangeiro: “A separação” – Irã Melhor animação: “Rango” Melhor documentário: “Undefeated” Melhor documentário curta-metragem: “Saving face” Melhor curta-metragem de animação: “The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore” Melhor curta-metragem: “The shore” Direção de arte: “A invenção de Hugo Cabret” Fotografia: “A invenção de Hugo Cabret” Melhor figurino: “O artista” Melhor maquiagem: “A dama de ferro” Melhor edição: “Os homens que não amavam as mulheres” Melhor trilha sonora original: “O artista” – Ludovic Bource Melhor canção original: “Man or Muppet”, de “Os Muppets” música e letra de Bret McKenzie Edição de Som: “A invenção de Hugo Cabret” Mixagem de som: “A invenção de Hugo Cabret” Efeitos visuais: “A invenção de Hugo Cabret”28 29
  15. 15. e acontec FESTA DAS ÁGUAS 2012 PRÉVIA DO FESTIVAL DAS áGUAS C onscientizar a população sobre a importância da educação ambiental foi o principal objetivo do Festival das Águas, que teve sua primeira edição em junho do ano passado. Atividades ambientais, culturais e esportivas fizeram parte da programação do evento, que foi realizado na Concha Acústica – Brasília-DF, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, festejado no dia 5 de junho. A diversidade musical fez parte da proposta cultural do primeiro Festival das Águas, sendo que as variadas atrações musicais se revezaram em três palcos montados na Concha Acústica: o Palco Principal, o Palco Alternativo e o Palco Feira Ambiental. Em 2011 o público pôde con- ferir shows de artistas renomados, entre eles, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Jorge Aragão, CPM22, NX Zero, Titãs, Pitty, MV Bill, Ponto de Equilíbrio e Planta e Raiz. Não sabemos quais serão as atrações para esse ano, porém já adiantamos que haverá uma novidade: o palco “Brasília Capital do Rock”. Enquanto o Festival das Águas não chega, o público poderá desfrutar de mais um grande evento realizado pelos seus idealizadores: A Festa das Águas 2012 – Prévia do Festival das Águas, que acontecerá nos dias 24 e 25 de março, na Torre de TV – Brasília –DF. Confira a programação: Sábado: 24 de março de 2012 Di Boresti – 19h. Dudu Aire – 20h. Homem de Pedra – 21h. Família Lima – 22h. Samba’n Roll- 23h. Domingo: 25 de março de 2012 Surf Sessions – 17h. Maskavo – 18h. Nação Zumbi – 19h. Chimaruts – 20. Detonautas – 21h. ENTRADA: 1 KG de alimento não perecível. INFORMAÇÕES: 7812 4402 / 88*19050 A POSIATIVIDADE limita-se apenas à divulgação das informações fornecidas pelas empresas promotoras de eventos aos meios de comunicação.30 31
  16. 16. acontece exposição SOBRE A vida e a obra de Alfredo da Rocha Vianna Filho, mais conhecido como Pixinguinha, são tema da exposição que o CCBB Brasília exibe a partir do dia 13 de março. O lançamento da mostra foi celebrado com um espetáculo gratuito onde a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro interpretou o concerto “Pixinguinha Sinfônico”. “O objetivo é fazer com que o público possa entender a importância do Pixinguinha para musica brasileira no século 20 e para a cultura popular. A mostra passa pelos principais momentos da vida dele, o início da carreira, a convivência com um família muito musical – todos os irmãos tocavam, o pai também era flautista. Com 14 anos ele já tinha carteira de musico profissional e já tocava em bares”, contou a curadora da mostra, Lu Araújo, que pesquisa a obra de Pixinguinha desde 1997 e acredita que essa seja a maior exposição já dedicada ao músico. Os visitantes da mostra poderão ver mais de 800 fotos da carreira de Pixinguinha, além de documentários sobre a obra do músico. Também estão expostos objetos pessoais do músico, como passaporte, gravatas, chapéu e dois de seus instrumentos originais: um saxofone e uma flauta. “Temos várias versões da música, com intérpretes como Elis Regina, Tom Jobim, Tom Zé, Roberto Carlos, Maria Bethânia e Elizeth Cardoso. ‘Carinhoso’ é sem sombra de dúvidas o maior sucesso dele. E Não é só isso: é um dos maiores sucessos da música popular brasileira. Em todos os levantamentos feitos sobre as músicas brasileiras mais tocadas e gravadas, ela sempre está entre 10”, afirmou a curadora. A mostra, que pode ser apreciada pelo público até o dia 6 de maio de 2012, traz uma abordagem completa da obra do músico, com acervo especialmente cedido pela família e por colecionadores. A exposição retoma a biografia de Pixinguinha para relembrar sua importância na música popular brasileira, confira: Pixinguinha Data: 13 de Março a 6 de Maio. Hora: Terça a Domingo das 9h às 21h. Local: Galeria II e Pavilhão de Vidro - CCBB Brasília - Setor de Clubes Sul, trecho 2. Ingressos: Entrada franca. Informações: (61) 3108-7600 A POSIATIVIDADE limita-se apenas à divulgação das informações fornecidas pelas empresas promotoras de eventos aos meios de comunicação.32 33
  17. 17. acontece shows The mamas & The papas Enquanto os EUA se preocupavam com guerras nas décadas de 1960 e 70, no cenário artístico a linguagem falava em paz e amor. Na música, um dos grupos que mais se destacou foi o The Mamas & The Papas, tanto que o grupo americano faz sucesso até hoje e comprovará isso no mês de março, quando estarão no Brasil. Devido a turnê nas Filipinas, a data do show do grupo The Mamas & The Papas foi alterada para o dia 24 de março no mesmo local, o Minas Brasília Tênis Clube. A atração The Fingers comanda a abertura do evento com o melhor do flash back dos anos 60, 70 e 80. Nos intervalos, Djs renomados garantem a melhor seleção Disco Club por toda a noite. The Mamas & The Papas Data: 24 de Março, Sábado. Hora: 22h. Local: Minas Tênis Clube - Setor de Clubes Norte Pontos de venda: Bilheteria do Minas Tênis Clube Brasília C Informações: (61) 9639-1495 /8272-9035 M Y Arena do Forró Ressaca Oficial CM Especial do Carnaval MY CY CMY K Arena do Forró faz sua primeira edição especial no dia 24 de março, a partir das 22h. O evento que Mega show com Asa de Águia, Tomate e Psirico na acontecia desde 2004 todas as quintas-feiras, passa a acontecer uma vez por mês, sempre com 2 Ressaca Oficial do Carnaval. Dia 17 de Março, a partir das atrações de peso. Nesta edição o autêntico forró pé- 19h30 no Pavilhão de Exposições. de-serra vem com a tradição de mais de 50 anos de carreira do Trio Nordestino e a inovação e energia do Ressaca Oficial do Carnaval Quinteto Dona Zaíra. Data: 17 de Março, Sábado. Arena do Forró Especial Hora: 19h:30m. Local: Pavilhão do Parque da Cidade. Data: 24 de Março, Sábado. Pontos de venda: Aloha (Taguatinga Shopping), Hora: 22h. Fnac (Park Shopping), Free Corner (Brasília Shopping), Local: Arena - Setor de Clubes Sul, trecho 3. Tele-Entrega: (61) 4141-8007 / 8428-1888 / Informações: (61) 9982-0123 9209-1074 / 8154-0416 (venda no cartão) A POSIATIVIDADE limita-se apenas à divulgação das informações fornecidas pelas empresas promotoras de eventos aos meios de comunicação.34 35
  18. 18. Podemos fazer o nosso anúncio depois. Agora, queremos pensar no seu. AZÊ. Chegamos em Águas Claras. One Park Mall, Sala 407, Águas Claras. (61) 3964 1364 | azemarketing.com.br36

×