O trabalho como assistente técnico de perícias judiciais

9.929 visualizações

Publicada em

Algumas dúvidas respondidas sobre o trabalho do perito assistente técnico de perícias judiciais.

Rui Juliano - Perícias
Site: www.manualdepericias.com.br
Email: ate@manualdepericias.com.br
Telefone: 0800 600 3622

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.929
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O trabalho como assistente técnico de perícias judiciais

  1. 1. O trabalho comoassistente técnicode perícias judiciaisAlgumas dúvidas respondidas sobreo trabalho do perito assistente.
  2. 2. Informações repassadas pelo perito, como proceder:O perito se reúne com os assistentes técnicos no início de perícia (início deprodução de prova) ou em reuniões subsequentes, caso o perito os convide.Postura dos peritos experientes:• Não dizer o que concluem sobre o que examinam e vistoriam na frente dos assistentes, partes e advogados para não causar confusão ao fazer uma declaração inapropriada.• Podem emitir sua conclusão referente à perícia, verbalmente, no final das diligências, se sentir necessidade de confirmar se essa está correta.• Se o perito declarar nada na vistoria ou em outros encontros, o assistente só tomará conhecimento quando ele entregar seu laudo no processo. A partir daí, o assistente tem dez dias para examinar o laudo, fazer as críticas positivas e negativas sobre o trabalho do perito, e entregar o parecer técnico.
  3. 3. Divergência de informações entre o perito e o assistente, quem decide?Competências do assistente técnico:• Tem o mesmo acesso que o perito tem a documentos relativos à perícia.• Não depende do perito para escrever o parecer.• Deve procurar por embasamentos, assim como o perito procura.• Não é obrigado a entregar o parecer.O laudo do perito e os pareceres dos assistentes técnicos das partes estarãono processo quando o juiz for proferir a sentença. Normalmente hádivergências entre o que diz o perito e os assistentes. A divergência poderá sertotal ou parcial.O juiz escolherá uma ou mais provas dentro do processo para fundamentarsua sentença.
  4. 4. Se for conveniente para o juiz, ele pode desconsiderar todo o trabalho realizado pelo perito?O juiz pode escolher o laudo do perito, pareceres dos assistentes, outroslaudos, que as partes tenham juntado no processo, ou qualquer outra provaque o processo contenha.Com isso, o juiz não é obrigado a seguir o laudo do perito.Mesmo o perito sendo um auxiliar da Justiça, o juiz pode se fundamentar comoutras provas, desconsiderando o trabalho daquele que tem confiança epodendo seguir totalmente o que trata o parecer do assistente.
  5. 5. Acompanhe a Rui Juliano – Perícias:Site: www.manualdeperícias.comFacebook: Rui Juliano – PeríciasTwitter: @Rui_JulianoLinkedin: Rui JulianoBlog: www.ruijuliano.com

×