RESULTADOS DA 1ª APLICAÇÃO NAS
CAPITAIS BRASILEIRAS (2015)
Outras
Experiências
Bem Sucedidas
Contribuições
das
Organizações
Participantes
HISTÓRICO
Indicadores de Transparência
Muni...
ENTIDADES PARTICIPANTES
METODOLOGIA
BLOCOS
SUB-BLOCOS
• 129 questões relativas
aos aspectos centrais
sobre transparência na
administração pública.
RESULTADOS
MACAPÁ
PORTO VELHO
MACEIÓ
MANAUS
PALMAS
CAMPO GRANDE
GOIÂNIA
RIO DE JANEIRO
FORTALEZA
JOÃO PESSOA
BRASÍLIA
CUIÁBA
SÃO PAUL...
CIDADE DE REFERÊNCIA
Se uma cidade reunisse as melhores práticas de cada uma das outras
prefeituras, qual seria a sua nota...
RANKING GERAL DAS CIDADES
A Média Nacional de Transparência contou com 41,78 pontos.
Nove Cidades obtiveram pontuação acim...
DISTRIBUIÇÃO DAS CIDADES POR NÍVEL DE TRANSPARÊNCIA
Rio de Janeiro (RJ) 38,57
Salvador (BA) 38,08
Goiânia (GO) 35,54
Flori...
DISTRIBUIÇÃO DE CIDADES POR NÍVEL DE TRANSPARÊNCIA
Nenhuma cidade alcançou o nível “Muito Baixo” ou “Muito Alto”
O nível “...
RANKING POR REGIÕES
Recife (PE) 53,81
João Pessoa (PB) 48,57
MÉDIA NACIONAL 41,78
Fortaleza (CE) 40,34
Natal (RN) 40,23
Sa...
REGIÃO NORTE
Nenhuma cidade da região Norte obteve pontuação superior à média
nacional.
Apenas a cidade de Rio Branco logr...
REGIÃO SUDESTE
Duas cidades da região Sudeste estão entre as três com melhor
desempenho nacional: Vitória (1º) e São Paulo...
REGIÃO SUL
Dentre as cidades da região sul, duas possuem um nível de transparência
considerado “Alto”, estando acima da mé...
PONTOS CRÍTICOS OBSERVADOS
14 cidades não possuem registro de realização de Audiência Públicas.
11 cidades não possuem Con...
Relatório Final
Relatório final com análise detalhada estará disponível em outubro no
site:
www.cidadetransparente.org.br
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lançamento Indicadores da Cidade Transparente

1.068 visualizações

Publicada em

Resultado da avaliação das 26 capitais estaduais e do Governo do Distrito Federal. Os resultados foram divulgados no dia 23/09/2015

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.068
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
550
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lançamento Indicadores da Cidade Transparente

  1. 1. RESULTADOS DA 1ª APLICAÇÃO NAS CAPITAIS BRASILEIRAS (2015)
  2. 2. Outras Experiências Bem Sucedidas Contribuições das Organizações Participantes HISTÓRICO Indicadores de Transparência Municipal e Estadual
  3. 3. ENTIDADES PARTICIPANTES
  4. 4. METODOLOGIA BLOCOS SUB-BLOCOS • 129 questões relativas aos aspectos centrais sobre transparência na administração pública.
  5. 5. RESULTADOS
  6. 6. MACAPÁ PORTO VELHO MACEIÓ MANAUS PALMAS CAMPO GRANDE GOIÂNIA RIO DE JANEIRO FORTALEZA JOÃO PESSOA BRASÍLIA CUIÁBA SÃO PAULO VITÓRIA 0.00 10.00 20.00 30.00 40.00 50.00 60.00 70.00 80.00 90.00 100.00 20.52 22.44 24.67 25.78 26.01 26.89 30.04 31.05 31.47 31.63 32.16 34.83 35.54 38.08 38.57 40.23 40.34 41.10 48.57 50.70 50.75 53.81 58.10 69.22 73.62 75.73 76.10 98.38 Nota RANKING GERAL DAS CIDADES
  7. 7. CIDADE DE REFERÊNCIA Se uma cidade reunisse as melhores práticas de cada uma das outras prefeituras, qual seria a sua nota? Esse é o exercício da Cidade de Referência A nota seria 98,28– classificação de transparência nível “Muito Alto” Mostra que as soluções para muitas deficiências podem ser encontradas em outras administrações públicas e demonstra também que o nível de exigência pode ser aumentado.
  8. 8. RANKING GERAL DAS CIDADES A Média Nacional de Transparência contou com 41,78 pontos. Nove Cidades obtiveram pontuação acima da Média Nacional. Nenhuma delas é da Região Norte. A pontuação possível projetada na Cidade Referência é de 98,38 pontos. Cerca de 30% maior que a maior pontuação obtida por uma cidade (Vitória, com 76,10 pontos) A cidade com pior desempenho foi Macapá, com 20,52 pontos, e com nível de transparência considerado “baixo”.
  9. 9. DISTRIBUIÇÃO DAS CIDADES POR NÍVEL DE TRANSPARÊNCIA Rio de Janeiro (RJ) 38,57 Salvador (BA) 38,08 Goiânia (GO) 35,54 Florianópolis (SC) 34,83 Campo Grande (MS) 32,16 Boa Vista (RR)31,63 Palmas (TO) 31,47 Belém (PA) 31,05 Manaus (AM) 30,04 São Luís (MA) 26,89 Maceió (AL) 26,01 Aracaju (SE) 25,78 Porto Velho (RO) 24,76 Teresina (PI) 22,44 Macapá (AP) 20,52 Cuiabá (MT) 58,10 Recife (PE) 53,81 Brasília (DF) 50,75 Belo Horizonte (MG) 50,70 João Pessoa (PB) 48,58 Rio Branco (AC) 41,10 Fortaleza (CE) 40,34 Natal (RN) 40,23 Vitória (ES) 76,10 Curitiba (PR) 75,73 São Paulo (SP) 773,62 Porto Alegre (RS) 69,22 Nenhuma Nenhuma MUITO ALTO ALTO MÉDIO BAIXO MUITO BAIXO
  10. 10. DISTRIBUIÇÃO DE CIDADES POR NÍVEL DE TRANSPARÊNCIA Nenhuma cidade alcançou o nível “Muito Baixo” ou “Muito Alto” O nível “Médio” de transparência compreende 6 das 27 cidades avaliadas A absoluta maioria das cidades (17) tem o nível de transparência considerado “Baixo”.
  11. 11. RANKING POR REGIÕES Recife (PE) 53,81 João Pessoa (PB) 48,57 MÉDIA NACIONAL 41,78 Fortaleza (CE) 40,34 Natal (RN) 40,23 Salvador (BA) 38,08 São Luís (MA) 26,89 Maceió (AL) 26,01 Aracaju (SE) 25,78 Teresina (PI) 22,44 Vitória (ES) 76,10 São Paulo (SP) 75,73 Belo Horizonte (MG) 50,70 MÉDIA NACIONAL 41,78 Rio de Janeiro (RJ) 38,57 Curitiba (PR) 76,10 Porto Alegre (RS) 69,22 MÉDIA NACIONAL 41,78 Florianópolis (SC) 34,83 Cuiabá (MT) 58,10 Brasília (DF) 50,75 MÉDIA NACIONAL 41,78 Goiânia (GO) 35,54 Campo Grande (MS) 32,16 MÉDIA NACIONAL 41,78 Rio Branco (AC) 41,10 Boa Vista (RO) 31,63 Palmas (TO) 31,47 Belém (PA) 31,05 Manaus (AM) 30,04 Porto Velho (RO) 24,67 Macapá (AP) 20,52
  12. 12. REGIÃO NORTE Nenhuma cidade da região Norte obteve pontuação superior à média nacional. Apenas a cidade de Rio Branco logrou um nível de transparência considerado “Médio”. Todas as demais cidades (Boa Vista, Palmas, Belém, Manaus, Porto Velho e Macapá) obtiveram um nível de transparência considerado “Baixo”.
  13. 13. REGIÃO SUDESTE Duas cidades da região Sudeste estão entre as três com melhor desempenho nacional: Vitória (1º) e São Paulo (3º) Na região, apenas a cidade do Rio de Janeiro se encontra abaixo da média nacional, com um nível de transparência considerado “Baixo”
  14. 14. REGIÃO SUL Dentre as cidades da região sul, duas possuem um nível de transparência considerado “Alto”, estando acima da média nacional: Curitiba(2º) e Porto Alegre (4º). Na região, apenas Florianópolis está abaixo da média nacional, com um nível de transparência considerado “Baixo”.
  15. 15. PONTOS CRÍTICOS OBSERVADOS 14 cidades não possuem registro de realização de Audiência Públicas. 11 cidades não possuem Conselhos de Saúde ativos. 4 cidades não possuem Ouvidorias Gerais do Município. 3 cidades não possuem canais de participação ativos (Audiências, Conselhos e Ouvidoria), tendo zerado este bloco durante a avaliação 10 cidades não divulgam informações sobre pessoal, obtendo nota zero em termos de divulgação dessas informações 3 cidades não possuem Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), conforme estabelece a LAI
  16. 16. Relatório Final Relatório final com análise detalhada estará disponível em outubro no site: www.cidadetransparente.org.br www.jogoslimpos.org.br contato@cidadetransparente.org.br

×