ERRC-2014

191 visualizações

Publicada em

Apresentação na Escola Regional de Redes de Computadores 2014

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ERRC-2014

  1. 1. Avaliação e Comparação do Desempenho das Ferramentas OpenStack e OpenNebula Carlos A. F Maron¹, Dalvan Griebler², Adriano Vogel¹, Claudio Schepke³ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores – Faculdade Três de Maio (SETREM) – Três de Maio – RS – Brasil ²Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) – Porto Alegre – RS – Brasil ³Laboratorio de Estudos Avançados em Computação (LEA) - Campus Alegrete Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) – Alegrete – RS – Brasil
  2. 2. ROTEIRO • Introdução • Contribuições • Ambiente de testes • Ferramentas • Benchmarks • Gráficos • Teste de Hipótese • Conclusão • Trabalhos futuros
  3. 3. INTRODUÇÃO • Computação em Nuvem. • Popularização das tecnologias de nuvens. • Ferramentas de administração de nuvem com diferentes características [Thome et al. 2013, Maron et al. 2014].
  4. 4. CONTRIBUIÇÕES • Avaliação do desempenho das ferramentas de administração de nuvem OpenStack e OpenNebula. • Análise comparativa das diferenças entre as ferramentas e o ambiente Nativo.
  5. 5. AMBIENTES DE TESTES
  6. 6. FERRAMENTAS • Versão Havana • Keystone • Neutron (OpenvSwitch) • Nova • Cinder • Glance • Virtualizador KVM • Versão 4.7.80 • Sunstone • One • Virtualizador KVM
  7. 7. BENCHMARKS MEMÓRIA STREAM PROCESSADOR LINPACK DISCO IOzone REDE IPerf 40 Repetições
  8. 8. TESTE DE HIPÓTESE • SPSS • 95% • Sig. < 0,05 • Hipóteses formais H0: A == B H1: A =! B
  9. 9. TESTE DE HIPÓTESE – Nativo vs Nuvem H0: Ambiente Nativo == Ambiente Nuvem (OpenStack e OpenNebula) H1: Ambiente Nativo != Ambiente Nuvem (OpenStack e OpenNebula) Característica Sig. C1...|...C2 C1: OpenStack X Nativo (Diferença entre as médias) C2: OpenNebula X Nativo (Diferença entre as médias) LINPACK 0,000 | 0,000 3,45046E8 3,50751E8 IPerf 0,000 | 0,000 28,07000 0,55250 STREAM ADD COPY SCALE TRIAD 0,000 | 0,000 0,000 | 0,000 0,000 | 0,000 0,000 | 0,000 1,00449E7 1,17791E7 1,30331E7 1,08540E7 7,27433E6 8,58201E6 9,65217E5 1,79163E7 IOzone WRITE REWRITE READ REREAD 0,009 | 0,000 0,000 | 0,000 0,031 | 0,000 0,000 | 0,000 1,51111E5 1,13147E5 1,94943E6 4,83874E5 3,07730E5 2,96457E5 4,00799E6 1,12463E6
  10. 10. TESTE DE HIPÓTESE – Ambiente Nuvem H0: Infraestrutura OpenStack == Infraestrutura da OpenNebula H1: Infraestrutura OpenStack != Infraestrutura OpenNebula Característica Sig. OpenStack X OpenNebula Processador 0,000 5,70420E6 (Ω) Rede 0,000 27,51750 (Ω) Memória ADD COPY SCALE TRIAD 0,000 0,000 0,000 0,000 2,77061E6 (Ω) 3,19706E6 (Ω) 1,39983E7 (Ω) 7,06232E6 (β) Armazenamento WRITE REWRITE READ REREAD 0,002 0,000 0,012 0,000 1,56618E5 (β) 1,83311E5 (β) 2,05856E6 (β) 6,40755E5 (β)
  11. 11. CONLUSÃO vs • Operações de Disco • Maior complexidade de configuração • Instabilidade de alguns componentes (Ex: Neutron, Nova) • Operações com memória, rede e processador • Maior facilidade na configuração
  12. 12. TRABALHOS FUTUROS
  13. 13. AGRADECIMENTOS
  14. 14. REFERÊNCIAS Corradi, A., Fanelli, M., and Foschini, L. (2014). VM consolidation: A Real Case Based on OpenStack Cloud. Future Generation Computer Systems, 32(0):118 – 127. Field, A. (2009). Discovering Statistics Using SPSS. SAGE, Dubai, EAU. Hwang, J., Zeng, S., Wood, T., et al. (2013). A Component-Based Performance Comparison of Four Hypervisors. In Integrated Network Management (IM 2013), 2013 IFIP/IEEE International Symposium on, pages 269–276. IEEE. Marinescu, D. (2013). Cloud Computing: Theory and Practice. Elsevier, 225 Wyman Street, Waltham, 02451, USA. Maron, C. A. F., Griebler, D., and Schepke, C. (2014). Comparação das Ferramentas OpenNebula e OpenStack em Nuvem Composta de Estações de Trabalho. In: 14a Escola Regional de Alto Desempenho do Estado do Rio Grande do Sul - ERAD/RS, pages 173–176, Alegrete, RS, Brazil. Sociedade Brasileira de Computação - SBC. OpenNebula (2014). OpenNebula (Official Page) <http://opennebula.org/>. Last access in October, 2014.
  15. 15. REFERÊNCIAS OpenStack (2014a). Designing for Cloud Controllers and Cloud Management <http://docs.openstack.org/openstack-ops/content/cloud controller design.html>. Last access in November, 2014. OpenStack (2014b). OpenStack roadmap <http://openstack.org/software/roadmap/>. Last access May, 2014. Thome, B., Hentges, E., and Griebler, D. (2013). Analise e Comparação de Ferramentas Open Source de Computação em Nuvem para o Modelo de Serviço IaaS. In: Escola Regional de Redes de Computadores (ERRC), pages 1–4, Porto Alegre, RS, Brazil. Sociedade Brasileira de Computação - SBC. Xavier, M., Neves, M., Rossi, F., Ferreto, T., Lange, T., and Rose, C. D. (2013). Performance Evalution of Container-based Virtualization for High Performance Computing Environments. In 21st Euromicro International Conference on Parallel, Distributed and Network-Based Processing (PDP), pages 233–240, Belfast, UK. IEEE. Zia, A. and Khan, M. (2012). Identifying Key Challenges in Performance Issues in Cloud Computing. In Modern Education and Computer Science Press, pages 59–68. Modern Education and Computer - I.J.
  16. 16. Avaliação e Comparação do Desempenho das Ferramentas OpenStack e OpenNebula Carlos Alberto Franco Maron - francocaam@gmail.com Dalvan Griebler - dalvan.griebler@acad.pucrs.br

×