Comunidade Editoria 2

324 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunidade Editoria 2

  1. 1. 8 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 trabalho com idosos? você trabalhou? todos os amigos que me apoiaram durante LUCIANO MOTTA: 2006. Com 6 alunos LUCIANO MOTTA: Tenho eles como meu essa caminhada. Minha família, Deus,a você, idosos. Hoje são 180. Isso abriu hori- curriculo e levo isso com muito orgulho. Já @lpistte DJ Funk, que sempre levou meu 8 zontes e fez surgir vários núcleos de tiver o prazer de trabalhar com Mc Dieddy nome por onde passou e ao meu grupo de 3 dança de rua. (rap do pirão), Mr. Mú. Já me apresentei no jovens e idosos que eu amo muito. Sem eles C ESSE É O RITMO: Onde funciona o programa da Xuxa, programa do Gugu, Super não existiria o Professor Luciano Motta. E, 7 projeto? Pop, Programa do Latino e participei do dvd para os jovens, fiquem longe das drogas, O 3 LUCIANO MOTTA: Temos 4 núcleos: da Furacão 2000 (Clássicos do Funk). álcool, andem sempre em boas companhias, N - no Horto do Barreto, onde tudo ESSE É O RITMO: Você já chegou a viajar estudem, pois sem estudo não há futuro, T começou, no Viva Vida (Fonseca), no através da dança? cuidem bem dos seus filhos e seus avós. 7 A Sesc Niterói e Viva Idoso (Santa Rosa). LUCIANO MOTTA: Viajei pelo Brasil quase Se não têm nada pra fazer em casa, procurem 0 T ESSE É O RITMO: Onde você já foi com todo,e no exterior tive o prazer de mostrar a “Dança de Rua”. Seremos sua segunda 0 os idosos? nossa dança na Bolívia e Argentina. família. ANO 1 MENSAL AGOSTO DE 2009 2°ROUND O 6 LUCIANO MOTTA: Conseguimos ESSE É O RITMO: Aonde pretende chegar CONTATO HIP-HOP IDOSO E JOVEN: matérias em jornais e revistas. Fomos no Globo Repórter, Programa da Eliana, Teatro Municipal, Teatro Popular, Caio com os idosos do Hip Hop? LUCIANO MOTTA: Pretendo conquistar o mundo com eles. Mostrar para as pessoas 2720-5140 / 2613-6620 / 8307-5747 PAC volta à ação na Vila Ipiranga NK Embora a obra inaugural tenha ocorrido em 27 de TE DJ FU @LPIST MO Martins, Itanguá, São Gonçalo e Rio de como elas são fortes e corajosas o bastante É O RIT dezembro de 2007 e o prazo de entrega tenha sido ESSE Janeiro. (O professor se emocionou) pra enfrentar a vida através da dança. estipulado em 18 meses, as obras do Projeto de ESSE É O RITMO: A dança mudou a ESSE É O RITMO: O caminho para Aceleração do Crescimento (PAC), na Vila Ipiranga, rotina dos idosos? conquistar esse espaço foi difícil? no bairro do Fonseca, em Niterói, só começaram de JOVENS E IDOSOS NA LUCIANO MOTTA: Muitos tinham LUCIANO MOTTA: Nada é fácil. Antes, fato em fevereiro deste ano. Apesar de todo o atraso, ONDA DO HIP-HOP depressão, síndrome do pânico... dançarinos eram vistos como homosexuais. muitos moradores e a associação encontram-se Parte II Através da dança, reconquistaram a Muita gente não sabe que a dança é universal. satisfeitos com a retomada das obras. O Presidente, Neste número daremos seqüência à matéria autoestima e a vontade de viver. Ficam Não tem raça, cor, ou sexualidade. Celso Paulo Pereira dos Santos, 52, informou que estão com o professor de Hip Hop Luciano Motta, felizes com a dança. São os artístas da ESSE É O RITMO: Deixe um recado para os fazendo o possível para recuperar o tempo perdido família. jovens e adolescentes. sem deixar a qualidade do serviço cair. Pag 3 com uma entrevista que vale a pena. ESSE É O RITMO: Em que ano começou o ESSE É O RITMO: Com que artistas LUCIANO MOTTA: Quero agradecer a COMUNICAÇÃO E MARKETING TOCHA PÕE FOGO ZÉ DE MOHURA FALA ALEXANDRE MENDES VISITA A COMISSÃO SOBRE BAIÃO NA COMUNIDADE DA IGREJINHA NA PISTA ORGANIZADORA Pag 6 COLUNA “SUA MA- PRÓ-CONFERÊNCIA JESTADE O BAIÃO” DE COMUNICAÇÃO Pag4 CLEBER ARAÚJO PROMOVE ENCON- LANÇA UM OLHAR TROS PARA DEFINIR SOBRE A EDUCAÇÃO COMPOSIÇÃO E Pag 7 ORGANIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA ESPORTE A ponte de inegável valor histórico está abandonada. Faltam projetos sociais. MUNICIPAL - GINÁSTICA NO MOR- Uma creche e o programa Médico de Pag4 RO DA PENHA Família fazem falta para a população local. Veja esse bate papo. Pag 7 - MORADORES DA JONATAS BOTELHO ITABORAÍ APOSTA EM PIS- TÊM AULAS DE JUDÔ CICULTURA COMO ALTER- NATIVA PARA FAMÍLIAS E DANÇA. ANUNCIE AQUI: COMU Pag 4 CARENTES DE ÁREA RURAL Pag 6
  2. 2. 2 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 7 CIRCULAÇÃO A cada número, novas comunidades estarão fazendo parte desta listagem. EDITORIAL Conseguimos chegar intactos ao segundo round dessa luta. Uma luta que Visita à comunidade da Igrejinha Texto e fotos por: Alexandre Mendes trabalhar, mas não têm com quem deixar Coloque sua comunidade neste circuito os filhos.” O saneamento funciona envolve várias outras. Que apóia e recebe Em dúvida O presidente da Associação de precariamente. e receba nosso jornal em sua apoio. Que acaba e recomeça a cada mês, Moradores da Igrejinha e Largo da Batalha associação. Olá Pessoal! Wiliam também reivindica a para trazer até você o registro de um povo (Niterói/RJ), Ílio de Oliveira da Silva, 52, reforma do campo de futebol, com - Alarico de Souza Sou de Umbuzeiro, na Paraíba, e quero massacrado por uma dura realidade e um mecânico aposentado, mais conhecido como iluminação e uma grade de proteção. “O · parabenizar a todos da comunidade. · - Mercadinho das Famílias sistema político corrupto e egoísta, que Wiliam, nos recebeu calorosamente. Ele já auxílio das autoridades vem, normal- Gostaria de tirar uma dúvida: favorece uma minoria. Minoria que mesmo havia lido a primeira edição do nosso jornal e mente, em época de eleição.” O bom Vocês são de UMBUZEIRO, ou de São · - Aldeia Imbuy acomodada nessa situação, já começa a gostou. trabalho do capoeirista Odinei Sebastião do Umbuzeiro???. perceber que assim não dá para ficar. Que Durante a conversa, nos contou as (Mestre Formiga) foi destacado pelo · - Ministério do Baião Visitem: www.umbuzeiro9.blogspot.com alguma coisa tem de acontecer antes que vitórias e dificuldades encontradas pela presidente como um importante projeto Zé Roberto · - Aldeia Indígena Guarani seja tarde. comunidade na obtenção dos seus direitos. que acontece na Igrejinha. RESPOSTA: (Camboinhas) Podemos construir uma realidade A comunidade também tem sua Fala Zé Roberto! onde a paz, o amor e o equilíbrio social “Nosso trabalho é árduo, relevância histórica, pois ela fazia parte · - Morro da Charitas Na verdade, a equipe Comunidade sejam alcançados e desfrutados por todos. da “Fazenda Piratininga”. Possui uma - Andorinhas Onde a vida recupere seu valor, e o bem Editoria é formada por pessoas de Niterói, como em qualquer outra ponte centenária, chamada de “Ponte Rio de Janeiro, e alguns valorosos estar seja um direito inalienável. Onde colaboradores de outros lugares. comunidade.” Wilian dos Escravos”. Por muito tempo, · - Morro da Penha todos deem as mãos e caminhem rumo a Entre estes, está o Zé de Mohura e seu esta foi o único acesso à região, mas EXPEDIENTE · - Barraca Sol e Lua (Feira um mundo melhor. projeto do Ministério do Baião. Ele sim é A iluminação e a água são serviços atualmente está abandonada e carente de São Cristóvão) O que estamos esperando? de Umbuzeiro. considerados, por Wiliam, como satisfatórios, de reparos. Wiliam pede atenção ao fato O Presidente da Associação nos DIRETORES: Ainda estamos de pé. mas ele se queixa da falta de alguns programas de que ela deveria ser tombada, o que conta um pouco sobre problemas e FABIO DA SILVA BARBOSA · - Morro do Céu Agradecendo divulgação de evento (Blog) Vamos a luta do governo, como o Médico de Família e uma traria, inclusive, o turismo para o local, soluções LUIZ HENRIQUE PEIXOTO CALDAS Obrigado! · - Barreira creche comunitária: “Algumas mães querem beneficiando a todos. JORNALISTA RESP.: · - Paulada O BERRO Paz. das crianças da classe pobre principal causa do problema, a postura da marginalização. A criança de classe É o que é O Berro é um fanzine mensal de contos, poesias, Jaime “Diko” Lopes (dominada). Como justificativa para escola como instituição a serviço da dominante, entrando na escola, dá MARCO BONETTI · -Beltrão textos, crítica social, comporta-mento, atitute, Resposta: essa “fatalidade” elaboraram a sociedade capitalista assumindo e valori- sequência ao que já foi aprendido na MTB: 15930 quadrinhos e o que mais der na telha. Paz para todos Ideologia do Dom, que só considera a zando a cultura da classe dominante. familia e sociedade. Ao contrário, o pobre · - Portugal Pequeno EDITORES: Por: Cleber Araujo capacidade intelectual do indivíduo. Ou As três teorias apresentaram fatores tem que aprender uma nova linguagem, FABIO DA SILVA BARBOSA · - Boa Vista Mais um irmão divulga o Comunidade Editoria e busca participação ANUNCIE AQUI: que, Neste artigo reflito sobre um tema COMU COMU seja, a oportunidade que a escola dá é igual para todos, o que vai definir o fortemente presentes em nosso sistema edu- cacional. A aptidão intelectual é um fator que novos hábitos e costumes para ser aceito. Descobre que sua cultura e tudo o que ele LUIZ HENRIQUE PEIXOTO CALDAS · - Preventório Caros amigos lutadores sociais, “roubei” nos últimos anos, tem pautado os meios de desempenho do aluno é o dom: in- ainda influencia a divisão de turmas colegiais é, não é aceitável. Desenvolve o sentimento FOTOGRAFIA: algumas fotos do COMUNIDADE para comunicação quando se referem ao ensino. teligência, aptidão e talento individual. em fracas e fortes, determinando quem vai de inferioridade, não o aprendizado. · - Cavalão FABIO DA SILVA BARBOSA divulgar o trabalho entre meus amigos do O sistema de cotas para alunos da rede Assim, a escola não seria a responsável fazer faculdade e obter sucesso profissional Devemos cobrar dos governantes LUIZ HENRIQUE PEIXOTO CALDAS · - Rocinha Orkut. Fiz o mesmo no FaceBook. Se de ensino público, negros e mestiços, pelo fracasso, mas sim a falta dessas e quem será apenas mais uma peça de troca mais do que cotas para ingressar na faculda- quiserem, me passem os créditos das beneficiando o ingresso nas universidades características no aluno. no mercado de trabalho. de. Não que essas iniciativas não sejam ILUSTRAÇÃO E TEXTO: · - Comunidade Pesqueira de fotos para, também, divulgá-los. Gostaria Outra pesquisa sobre a causa do A questão cultural é a que mais implica válidas, mas, como foi citado, apenas Itaipu PARA PEDIDOS E CONTATOS: públicas, tem sido motivo de muitas ALEXANDRE MENDES cx postal: 100050, Niterói,RJ, fracasso escolar da classe pobre no sucesso e fracasso do aluno. O fato da poucos da nossa classe conseguem con- de colaborar. Um forte abraço. discussões. O principal argumento de quem COLABORADORES: · - Rua da Lama cep: 24020971 Saulo se manifesta contra, é a afirmação de que as resultou na Ideologia da Deficiência escola assumir os valores da classe domi- cluir o ensino médio, e com deficiências. O e-mail: o.berro@hotmail.com cotas são um tiro que vai sair pela culatra por Cultural. O que é defendido por esta nante, inclusive a linguagem, como padrão, que devemos cobrar é uma educação digna - REVISÃO: · - Cubango Resposta: WINTER BASTOS ser um projeto que reforça e estimula o ideologia é a superioridade da cultura fortalece a idéia preconceituosa de que a para nossas crianças e adolescentes, para Ajuda é sempre bem vinda. O que é para · - Sindicato dos Armadores racismo. Já quem se manifesta a favor justifica da classe dominante (elite). O grande cultura da classe dominada é inferior. A que no futuro possam conquistar a o bem é sempre bom. Quanto aos créditos argumento dos partidários dessa idéia escolha de uma cultura é a prática perfeita da verdadeira igualdade social. - TEXTOS: de Pesca que o sistema é uma questão de justiça para todas as fotos são de Fabio da Silva os que têm menos oportunidade social. é que o meio em que vive a criança da @LPISTTE DJ FUNK WINTER BASTOS · - Eucalipto Barbosa e Luiz Henrique Peixoto Caldas. A indagação que faço é diferente. Não classe dominada é deficiente, privado POLIMENTO E-MAIL: me questiono se é justo ou injusto, mas a de cultura. Isso teria como conse- CLEBER ARAÚJO - Sítio da Aldeia comunidadeeditoria@yahoo.com.br pergunta que constantemente faço é: por que quência a falta de estímulos neces- PROFISSIONAL os jovens da rede pública, principalmente os sários para o aprendizado. Assim como AGRADECIMENTOS: · - Iara BLOG: de comunidades carentes, normalmente não a Ideologia do Dom, a Ideologia da - Polimento à máquina - Aos nossos familiares, amigos e a todos que www.comunidadeeditoria.blogspot.com tiveram paciência com nossas loucuras e acredi- · - Vila Ipiranga alcançam sucesso nos processos de seleção? Deficiência Cultural aponta o aluno - Cera cristalizadora ORKUT: TELEFONES: Os sintomas que afligem a educação como responsável pelo fracasso escolar, taram, ao menos por um momento, que conse- · - Jurujuba DOCINHO, SALGADINHO, pública podem ser percebidos, não só isentando a escola . - Proteção total contra TORTA SALGADA, DELICIAS DE Comunidade 81227937 guiríamos desfazer os limites entre sonho e rea- · - Viradouro CHOCOLATES, MESA DE FRIOS Editoria 78128471 mediante o massivo fracasso nos Uma terceira explicação partiu maresia e poluição lidade. vestibulares, mas ao longo de todo o da Ideologia das Diferenças Culturais. · - Martins Torres E MESA DE CAFÉ DA MANHÃ processo escolar, pelas reprovações e desis- Tal pensamento reconhece as diver- Faça manutenção na - Agradecimentos especiais: A todos os *A opinião dos colunistas não membros de associações, organizações e reflete necessariamente a do tências. Uma minoria consegue concluir o sidades de culturas: diferentes umas pintura do seu carro e - Peixe Galo ACEITAMOS ENCOMENDAS ensino médio e prestar vestibular. das outras, porém igualmente lideranças comunitárias, além dos moradores que jornal. Os anúncios também estruturadas, coerentes e complexas. proteja seu patrimônio. - Xurupita Na década de sessenta, uma série de sempre colaboraram e nos receberam tão bem. são de inteira responsabilidade Este veículo é de vocês. - Igrejinha LIGUE: dos anunciantes. estudos foram realizados nos EUA para Ao contrário das outras duas TEL: (21) 9939-5624 2628-9727 / 8688-5496 / 8791-3105 diagnosticar as causas do fracasso escolar ideologias, esta diagnosticou, como
  3. 3. 6 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 3 NA PISTA... Aldeia Imbuhy ainda teme por sua moradia PERSONALIDADE Vila Ipiranga fala sobre o PAC. Texto e fotos por: sendo construída uma quadra Por Winter Bastos Enquanto homens poliesportiva e, nos arredores, uma A Aldeia Imbuhy é uma comunidade de pescadores fundada no século XIX entre os bairros de Texto e foto por: Fabio da Silva Barbosa e Luiz Henrique Peixoto Caldas Severino, Fabio da Silva Barbosa e Luiz Henrique Peixoto Caldas Depois de mais de um ano paradas, as creche e um centro de cidadania. Uma pracinha também está sendo construída em uma rua próxima. A Rua José Agra já trabalham por toda a localidade, a dire- toria e a presidência Piratininga e Jurujuba, em Niterói (RJ). o amigo das comunidades obras do PAC recomeçaram na Vila Ipiranga está praticamente pronta. Uma reforma da Associação se re- A permanência da comunidade tem Ele já tra- o curso em Copacabana. “Estavam exigindo (em fevereiro deste ano). O presidente da na quadra da Escola de Samba Sabiá, únem e fiscalizam o relevância ecológica, social e histórica: balhou na esse curso para poder trabalhar. Só com a associação de moradores, Pastor Celso, dentro da própria comunidade, está andamento das o- ecológica por viver em perfeito entro- construção ci- experiência não estava conseguindo comentou que “elas estão em um processo tendo seu início aguardado em breve. bras. A comunidade samento com o ambiente natural há mais vil, já foi co- de aceleração, até porque existe uma data para emprego”, conta Severino. Um Salão de festas será construído em e sua liderança es- zinheiro e vi- ser entregue”. O prazo, segundo o de um século, ao contrário do tipo de Trabalhou então em uma lanchonete cima da nova quadra. tão interagindo de gia. Atual- Presidente, é de 18 meses. O Diretor de empreendimento que querem impor na mente é por- em Botafogo. Passou por alguns prédios Mas como nada pode ser forma positiva com região; social por lá residirem famílias em várias funções, até chegar no edifício Departamento da Associação, Geraldino, perfeito, algumas áreas ficaram de fora o projeto teiro e pro- que se tornariam sem-teto se expulsas; move eventos em que atua como porteiro há 11 anos. confirma o que foi dito pelo Presidente e já que o projeto foi idealizado de acordo histórica pela comunidade fazer parte da culturais e Nesse meio tempo, se envolveu em projetos acredita que a obra trará muitos benefícios. com a realidade de 2004 e de lá para cá a memória do município e lá ter sido projetos es- como o da escolinha de futebol no “A comunidade está melhorando muito.” comunidade já cresceu, aumentando Texto e foto: Fabio bordada a primeira bandeira nacional portivos. campinho em Rio do Ouro. “O projeto já fez Irã, suplente de Geraldino, destaca a assim, suas necessidades. Na última vez TOCHA da Silva Barbosa (por Dona Flora Simões de Carvalho). Aos 56 anos, Severino é um exemplo 8 anos. Gastei R$ 3.000 em material esportivo importante parceria feita com as firmas que em que foi feito o Senso (o que, segundo e Luiz Henrique HUMANA No final do século XIX, o de luta. Em sua cidade de origem, Natal (RN), para trabalhar com 35 crianças. O nome do estão prestando os serviços. As duas firmas moradores, já faz mais de 4 anos, Peixoto Caldas INCENDEIA O exército pediu permissão aos moradores trabalhou desde os 16 anos na casa de um projeto foi escolhido por uma mãe: Criança que estão trabalhando no lugar são a passando do período em que deveria MUNDO para ocupar a Ponta do Imbuhy. Os médico, como jardineiro. Depois entrou no deFuturo Futebol Clube. A idéia ainda CONSTRUCON, na parte de obras, encostas ser refeito) levantou-se que a localidade Nome: Jorge Almeida, Jimi Cliff, Bob pescadores, gentilmente, deram a ramo da hotelaria. Veio para o Rio no início existe, mas, por falta de apoio e incentivo e pavimentação e a CEMP OLIVEIRA na parte possuia 12.000 moradores, divididos em Marley, Baiano ou Djavan. permissão e hoje estão sendo amea- dos anos 80, e arrumou seu primeiro emprego financeiro, o projeto está parado.” Mesmo de água e esgoto. Em ruas como a Getúlio 4.000 famílias. çados por esse exército. em Niterói, na construção de um prédio em assim, Severino ainda aposta em eventos e Vargas e travessas como a Odete, as turmas O Tesoureiro Ilton, conta que a Mais conhecido como: Homem Tocha Não podemos calar diante dessa frente à comunidade Souza Soares. iniciativas culturais. compostas por moradores do próprio lugar associação já possui 600sócios e que a Idade: 44 dão duro para deixar sua comunidade mais atrocidade que – para gerar lucro a uns Depois trabalhou no restaurante Tentou carreira política partidária, busca por parcerias e projetos sociais Resume: Fui há pouco tempo para o Japão. poucos – ameaça o meio ecológico e a bonita. “Pelo menos oitenta por cento da mão Rincão Gaúcho, como cozinheiro, por 6 que definiu como uma grande ilusão. Entre para a Vila Ipiranga é um dos focos da Já viajei toda a América Latina. Todo o vida de dezenas de trabalhadores. meses. Saiu deste para trabalhar como vigia suas últimas empreitadas está o apoio a de obra é local. Isso foi uma coisa que associação. Outro diretor empenhado Brasil. Faço artesanato há 23 anos. Pena que vocês vieram de dia. Se tivesse de noi- Mesmo, atualmete, estando aparente- mente sob controle, o processo ainda na Rua Gavião Peixoto, em Niterói. Trabalhava de dia para fazer o curso de cultura nordestina, promovendo eventos junto ao Ministério do Baião, como a ANUNCIE AQUI: COMU Celso. COMU pedimos desde o início.” Esclarece Pastor nessa luta é o Daniel e a Vice Presidente Iara. “Eles são muito importantes em te, ia mostrar o número que faço do Tocha. está em andamento e nada foi resolvido. hotelaria no Senac durante a noite. Terminou excursão à feira de São Cristovão. Onde ficava o antigo campinho está nossa luta”, garante o Presidente. Piscicultura vira Comunidade do Eucalipto Pescadores reformam alternativa para popula- continua CARROS A ALERGOFATE capela em Itaipu ção carente em Itaboraí sem solução para seus PARTIR DE Alergia e Imunologia Dr. Luiz Querino de Araújo Caldas Texto e foto por: Fabio da Silva Barbosa Depois de oito anos de espera, a problemas Consultas e Luiz Henrique Peixoto Caldas justiça liberou os devotos de São Pedro A Prefeitura de Itaboraí, por meio da R$ 5.000,00 VACINAS: para reformar a capela do santo, em Secretaria de Agricultura, promoveu uma -VARICELA (CATAPORA); Vacinas Itaipu, Niterói. Os pescadores artesanais palestra gratuita no Centro Comunitário de da região estão se mobilizando para Sambaetiba no último dia 23/07 às 16h sobre - ROTAVÍRUS; - FEBRE AMARELA; Fisioterapia “Piscicultura Familiar”. viabilizar a idéia. A Veterinária Renata Brandão expli- -HEPATITE A (ADULTO E INFANTIL); Convênios O pescador Chico, da Associação Livre dos Pescadores e Amigos da Praia cou que os tanques-rede foram escolhidos -HEPATITE B ( ADULTO E INFANTIL); Particular de Itaipu (Alpapi), nos mostrou os por mostrarem um resultado expressivo em - HEPATITE A + B; planos para a nova capela e garantiu curto espaço de tempo e falou que Itaboraí é - MMR; Localizada próximo ao Niterói Shopping que a inauguração contará com uma um município com elevado número de famílias - PNEUMOCÓCICA 23 - VALENTE; missa campal, pedindo melhorias na carentes em área rural e que este projeto beneficiará as famílias com insumos para uma - PREVENAR; Segunda à Sexta: praia, além de um batizado. Também Texto e foto: estão tentando trazer uma apresentação criação intensiva de tilápia, gerando todo um Fabio da Silva -DTP E DTPA (ADULTO E INFANTIL); 09:00 às 19:00h de capoeira e um grupo de samba. suporte para o início do cultivo até sua pri- Barbosa - HPV; Um mural será feito junto à ilumi- meira comercialização. e Luiz Henrique -MENINGITE C (ADULTO E INFANTIL); nação que promete efeito surpre- A Prefeitura pretende implantar esses Peixoto Caldas - MENINGITE A + C (ADULTO E INFANTIL); endente na estátua de São Pedro. O programas autossustentáveis nas comuni- Conversamos outro dia com Aldeci Nica - INFLUENZA (GRIPE); santo é tido como padroeiro dos dades dando às famílias envolvidas todo o (foto) que nos contou sobre a situação em - HAEMOPHILUS B; pescadores. Outra obra importante para suporte para iniciar uma produção sua comunidade (Eucalipto, no Fonseca, AV NILO PEÇANHA 1157, PONTE SECA / SG - RJ eles é uma reestruturação no entorno economicamente rentável. Após a palestra, Niterói) continuar a mesma de nossa última -VACINAS CONJUGADAS. da capela. Xico falou que já estão os agricultores interessados foram cadas- visita: graves problemas de pavimentação e TEL: 2601-5460 / 7847 - 2624 Rua Luiz Leopoldo Fernandes Pinheiro, 551 Email: ALERGOFATE@HOTMAIL.COM pensando na forma de realizar essa trados. Receberão agora um curso e saneamento. Até quando o povo vai ter de salas 711 / 712 - Centro - Niterói - RJ Xico e a capela em obra empreitada após concluírem a atual. assistencia técnica. esperar a solução? LORENZO - EDUARDO Tel.: (21) 2621-5421 Fax: (21) 2719-4566 WWW.WORKFATE.COM.BR
  4. 4. 4 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 ALÉM DOS MUROS - JUL/09 5 A HORA E A VEZ DAS Sua Majestade o Baião LAZER E CULTURA Comunicação ganha espaço em Niterói COMUNIDADES 100.1 FM SÁBADO Uma coluna por Zé de Mohura 10:00 - 12:00 A plenária do dia 22 encheu o auditório da OAB DENTISTA DR. RICARDO RIBEIRO CONVÊNIOS Texto e foto: Fabio da Silva Barbosa Viações: Santo Antônio, e Luiz Henrique Peixoto Caldas Pendotiba Interessados em debater sobre os Entre temas discutidos, esteve a polí- Eu sou o Zé de Mohura princípios fundamentais para uma comunica- tica pública de educação e a comunicação e Garcia Homem de expressão ção democrática, e propor novos rumos para comunitária. Nomes como Claudio Salles, do Na qualidade de Nordestino a efetivação da Conferência Municipal, a movimento Pop Goiaba, e Mario Eugenio, TEL: 2616-8113 O baião nasceu no Sul e se expandiu da Mantenho a tradição Comissão Organizadora Pró-Conferência de da FANIT, são frequentes nos eventos. Da literatura sou o Menestrel LARGO DA BATALHA cidade ao sertão. Com o apoio do Cordel, Comunicação realizou, mês passado, ple- No país inteiro é aguardado o fim de Xote, Xaxado e Rojão, expandiu-se pelo Sou poeta de cordel nárias municipais e reuniões com objetivo impasses que causam obstáculos a etapa Brasil. Luiz Gonzaga difundiu essa cultura, de definir a composição e organização da nacional. Manifestações estão marcadas se tornando o Rei do Baião. Contato 3611-2052 Conferência Municipal de Comunicação. para este mês. Judô e dança estão entre as opções oferecidas ESPORTE ANUNCIE AQUI: COMU AQUI: COMU Ginástica no Morro da Penha para os moradoes da Jonatas Botelho Texto e foto por: Fabio da Silva Barbosa Texto e foto por: Fabio da Silva Barbosa e Luiz Henrique Peixoto Caldas e Luiz Henrique Peixoto Caldas Todas as segundas, quartas e sextas, A Associação de Moradores da a partir das 7h, o dia começa com ginástica Jonatas Botelho (a que havíamos nos referido no Morro da Penha, na Ponta da Areia, erradamente em matéria anterior como sendo Niterói. A associação, agora sob a adminis- do Cubango) já começou a oferecer vários tração de Adriano Boinha, Presidente, e cursos gratuitos aos moradores. Cursos como Selma Santos, Vice-presidente, conta com a o de Manicure, da professora Cristiane, e ajuda da professora Karine dos Santos. pintura em tecido, da Senhora Dades, mostram Selma, que foi uma das fundadoras da novas possibilidades para o aumento da renda associação em 1985, contou que “Karine dá familiar que podem ser feitas de forma aula por amizade. Para ajudar a comunidade.” autônoma. A professora e suas alunas As aulas acontecem na quadra ou na Existe também a aula de dança da sede da associação, dependendo do tipo de professora Tatiana Santos, 26, que já conta Mineiro (a exercício. “Normalmente, o alongamento é com 17 alunas: quatro de manhã e treze à noite. cima) e feito na Associação.” explica a professora. A professora, moradora local, nos contou que Tatiana (ao sempre trabalhou em comunidades e que sua lado) dão aula é de Dança Afro, mas que mistura exemplo de elementos contemporâneos. solidarieda- A cima o presi- A aula de Judô é oferecida por de, distribu- dente da associa- Eduardo Mineiro. As dificuldades são muitas indo seu ção, Boinha. Ao e Mineiro alerta sobre a necessidade de apoi- conhecimen- lado Selma e o para conseguirem melhor estrutura. “Uma to de forma Karine: Amizade das prioridades é o tatame, que não temos”. voluntára.. e cooperação

×