Programa de Disseminação de Estatísticas do Trabalho   Ministério do Trabalho e        Emprego MTE       Fundo de Amparo a...
Mercado de Trabalho Fontes de Informação   Censo Demográfico   Censo Demográfico   Pesquisas Domiciliares   Pesquisas Dom...
Mercado de Trabalho Conceitos   PIA --População em Idade Ativa -10 anos ou mais   PIA População em Idade Ativa -10 anos o...
SEGMENTOS DEMOGRÁFICOS E DE MERCADO DE TRABALHO                                                                       CAGE...
Registros Administrativos do MTE CAGED  Cadastro Geral de Empregados e Desempregados  (Lei nº 4923/65) RAIS  Relação Anu...
CAGED – Cadastro Geral de Empregados e DesempregadosObjetivos Operacionais 1. Acompanhar ee fiscalizar ooprocesso de admis...
RAIS – Relação Anual de Informações SociaisObjetivos Operacionais 1. Subsidiar oocontrole da nacionalização do trabalho co...
Declaração – Quem deve declarar ? CAGED CAGED                                   RAIS                                      ...
Formas e Prazos de DeclaraçãoCAGED – Entrega pela Internet Prazo para entrega: Prazo para entrega:   Até oodia 07 do mês...
Desagregação Geográfica Brasil Brasil Região Natural Região Natural UF UF Região Metropolitana Região Metropolitan...
Desagregação Setorial  CNAE ––1980  CNAE 1980   Grande Setor (06)   Grande Setor (06)   Setor (09)   Setor (09)   Sub...
Desagregação Ocupacional  CBO 1994 (até 2002)  CBO 1994 (até 2002)       GRANDE GRUPO (8)       GRANDE GRUPO (8)      ...
Informações Disponíveis: Estabelecimento  CAGED //RAIS  CAGED RAIS  Admissões:  Admissões:       Primeiro emprego,      ...
Informações Disponíveis: Empregado  Vínculo  Vínculo                  Individual                            Individual   ...
Uso das InformaçõesOperacional1.   Seguro-Desemprego2.   Primeiro Emprego3.   Abono Salarial4.   Fiscalização5.   Intermed...
Uso das InformaçõesEstatístico1. Acompanhamento do nível, flutuação ecaracterização do emprego2. Política e evolução salar...
Principais Vantagens e Limitações dos Registros Administrativos   Vantagens   Vantagens  1. Levantamento em nível de est...
Forma de Disseminação das Informações1. Processamentos Específicos2. Solicitações Especiais3. Acesso On-Line4. CD/DVD-ROM5...
Disseminação das InformaçõesEm CD / DVD ROM1.   RAIS - Vínculos e     Estabelecimentos2.   RAISMIGRA - Painel e Vínculo3. ...
Disseminação das InformaçõesDisponível na INTERNET1.   RAIS - Vínculos e Estabelecimentos;2.   RAIS Migra - Painel e Víncu...
Registros Administrativos X Bases Disponíveis                                  RAIS Estabelecimentos                      ...
Registros Administrativos X Bases Disponíveis                        RAIS Estabelecimentos                        RAIS Est...
Exemplos de Utilização das Informações Disponíveis                             23 /33
Flutuação do Emprego Formal, por Setor de Atividade Estado de Pernambuco - 1º Trimestre de 2010                          ...
Admissões Formais, por Escolaridade Estado de Pernambuco - 1º Trimestre de 2010                                Fonte: MTE...
Estoque do Emprego Formal, por Setor de Atividade e Gênero Pernambuco - 2008                                        Fonte...
Número de Vínculos ativos por ano Pernambuco – 2005/20081.350.000 1.350.0001.300.000 1.300.0001.250.000 1.250.0001.200.00...
O que é o X-OLAP? É um Sistema Gerenciador de Bases de Dados, implementado  de forma que os dados armazenados em seu acer...
Características Gerais Capacidade de armazenamento Tratamento de grandes volumes Velocidade na manipulação dos dados U...
Principais conceitos Habilitação Tabulação                    Para acesso as                                Para acesso ...
Outras Informações Mais informações sobre o PDET   www.mte.gov.br/pdet Dúvidas freqüentes sobre as bases RAIS e CAGED (F...
Apoio aos usuários do PDETRio de Janeiro e Espírito Santo          Paraná e Santa Catarinamterio@datamec.com.br           ...
MINISTÉRIO DO            TRABALHO E EMPREGO            Departamento de Emprego e Salário --DES            Departamento de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação base de dados

457 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação base de dados

  1. 1. Programa de Disseminação de Estatísticas do Trabalho Ministério do Trabalho e Emprego MTE Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT Departamento de Emprego e Salário - DES Coordenação Geral de Estatísticas do Trabalho – CGET 11/03/2011 1 /33
  2. 2. Mercado de Trabalho Fontes de Informação Censo Demográfico Censo Demográfico Pesquisas Domiciliares Pesquisas Domiciliares   PNAD ––Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios   PME ––Pesquisa Mensal de Emprego, PME Pesquisa Mensal de Emprego,   PED ––Pesquisa de Emprego eeDesemprego. PED Pesquisa de Emprego Desemprego.   PDS ––Pesquisa Desemprego eeSubemprego PDS Pesquisa Desemprego Subemprego Pesquisas Setoriais (Pesquisa Industrial, Pesquisa do Comércio, etc..) Pesquisas Setoriais (Pesquisa Industrial, Pesquisa do Comércio, etc..) Registros Administrativos Registros Administrativos   RAIS ––Relação Anual de Informações Sociais RAIS Relação Anual de Informações Sociais   CAGED ––Cadastro Geral de Empregados eeDesempregados CAGED Cadastro Geral de Empregados Desempregados 2 /33
  3. 3. Mercado de Trabalho Conceitos PIA --População em Idade Ativa -10 anos ou mais PIA População em Idade Ativa -10 anos ou mais PEA --População Economicamente Ativa --Parcela da PIA que PEA População Economicamente Ativa Parcela da PIA que está ocupada, empregada ou desempregada, pressionando o está ocupada, empregada ou desempregada, pressionando o mercado de trabalho. mercado de trabalho. Pessoas Ocupadas --pessoas que detinham um trabalho regular Pessoas Ocupadas pessoas que detinham um trabalho regular e contínuo no período de referência ou que, mesmo não tendo e contínuo no período de referência ou que, mesmo não tendo trabalho, tinham uma ocupação da qual se encontravam trabalho, tinham uma ocupação da qual se encontravam temporariamente afastadas por motivos de férias, licença etc. temporariamente afastadas por motivos de férias, licença etc. Pessoas Desocupadas --pessoas que no período de referência Pessoas Desocupadas pessoas que no período de referência tomaram alguma providência efetiva de procura por trabalho tomaram alguma providência efetiva de procura por trabalho 3 /33
  4. 4. SEGMENTOS DEMOGRÁFICOS E DE MERCADO DE TRABALHO CAGED CAGED SETOR FORMAL SETOR FORMAL POP. POP. OCUPADA OCUPADA RAIS RAIS SETOR INFORMAL SETOR INFORMAL POP. POP. ECON. ATIVA ECON. ATIVA PEA PEA ABERTO ABERTO POP. EM POP. EM IDADE IDADE ATIVA ATIVA POP. POP. PIA PIA DESEMPREGADA DESEMPREGADA >=10 anos >=10 anosPOP. POP.TOTAL TOTAL OCULTO POR TRABALHO PRECÁRIO OCULTO POR TRABALHO PRECÁRIO POP NÃO ECONOMICAMENTE POP NÃO ECONOMICAMENTE OCULTO OCULTO ATIVA - -PNEA ATIVA PNEA OCULTO POR DESALENTO OCULTO POR DESALENTO POP EM IDADE NÃO-ATIVA POP EM IDADE NÃO-ATIVA PINA PINA <10 anos <10 anos 4 /33
  5. 5. Registros Administrativos do MTE CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Lei nº 4923/65) RAIS Relação Anual de Informações Sociais (Decreto nº 76.900/75) 5 /33
  6. 6. CAGED – Cadastro Geral de Empregados e DesempregadosObjetivos Operacionais 1. Acompanhar ee fiscalizar ooprocesso de admissão eedispensa do empregado 1. Acompanhar fiscalizar processo de admissão dispensa do empregado 2. Estabelecer medidas contra oodesemprego eedar assistência aos 2. Estabelecer medidas contra desemprego dar assistência aos desempregados desempregados 3. Subsidiar aafiscalização do trabalho 3. Subsidiar fiscalização do trabalho 4. Viabilizar oopagamento do Seguro-Desemprego 4. Viabilizar pagamento do Seguro-Desemprego 5. Atender aareciclagem profissional eeaarecolocação no mercado de trabalho 5. Atender reciclagem profissional recolocação no mercado de trabalho (intermediação) (intermediação) 6. Compor ooCNIS --Cadastro Nacional de Informações Sociais 6. Compor CNIS Cadastro Nacional de Informações SociaisObjetivos Estatísticos 1. Subsidiar aadefinição de políticas públicas 1. Subsidiar definição de políticas públicas 2. Gerar estatísticas conjunturais sobre oomercado de trabalho formal brasileiro 2. Gerar estatísticas conjunturais sobre mercado de trabalho formal brasileiro 3. Fornecer informações sobre oomercado de trabalho formal brasileiro 3. Fornecer informações sobre mercado de trabalho formal brasileiro 6 /33
  7. 7. RAIS – Relação Anual de Informações SociaisObjetivos Operacionais 1. Subsidiar oocontrole da nacionalização do trabalho conforme aaLei dos 2/3 1. Subsidiar controle da nacionalização do trabalho conforme Lei dos 2/3 2. Prestar subsídios ao controle relativo ao FGTS eeààPrevidência Social 2. Prestar subsídios ao controle relativo ao FGTS Previdência Social 3. Viabilizar oopagamento do Abono Salarial (Art.no 239 CF eeLei no 7.998/90) 3. Viabilizar pagamento do Abono Salarial (Art.no 239 CF Lei no 7.998/90) aos trabalhadores com renda média de até dois salários mínimos aos trabalhadores com renda média de até dois salários mínimos 4. Compor ooCNIS --Cadastro Nacional de Informações Sociais 4. Compor CNIS Cadastro Nacional de Informações SociaisObjetivos Estatísticos 1. Subsidiar as políticas de formação de mão-de-obra eeaapolítica salarial 1. Subsidiar as políticas de formação de mão-de-obra política salarial 2. Fornecer informações sobre oomercado de trabalho formal brasileiro 2. Fornecer informações sobre mercado de trabalho formal brasileiro 7 /33
  8. 8. Declaração – Quem deve declarar ? CAGED CAGED RAIS RAIS 1. Todo empregador que tenha em- 1. Todo empregador que tenha em- 1. Todos os empregadores conforme 1. Todos os empregadores conforme pregado cujo contrato de trabalho pregado cujo contrato de trabalho definido na CLT; definido na CLT; seja regido pela CLT eeque tenha seja regido pela CLT que tenha 2. Todas as pessoas jurídicas de 2. Todas as pessoas jurídicas de tido movimentação no mês: tido movimentação no mês: direito privado, inclusive as direito privado, inclusive as  Admissão  Admissão empresas públicas; empresas públicas;  Desligamento  Desligamento 3. Empresas individuais, inclusive as 3. Empresas individuais, inclusive as  Transferência  Transferência que não têm empregados; que não têm empregados;  Morte  Morte 4. Órgãos da administração direta ee 4. Órgãos da administração direta  Aposentadoria  Aposentadoria indireta dos governos federal, indireta dos governos federal, estadual eemunicipal; estadual municipal; 5. Empregadores rurais --pessoas 5. Empregadores rurais pessoas físicas físicas 8 /33
  9. 9. Formas e Prazos de DeclaraçãoCAGED – Entrega pela Internet Prazo para entrega: Prazo para entrega: Até oodia 07 do mês subseqüente ao da movimentação Até dia 07 do mês subseqüente ao da movimentaçãoRAIS – Entrega pela Internet  Prazo para entrega:  Prazo para entrega: De janeiro aamarço do ano subseqüente ao ano-base De janeiro março do ano subseqüente ao ano-base 9 /33
  10. 10. Desagregação Geográfica Brasil Brasil Região Natural Região Natural UF UF Região Metropolitana Região Metropolitana Município Município Micro-região Micro-região Meso-região Meso-região Capital Capital Outros* Outros* *) Agregações Personalizadas((*) Agregações Personalizadas 10 /33
  11. 11. Desagregação Setorial CNAE ––1980 CNAE 1980  Grande Setor (06)  Grande Setor (06)  Setor (09)  Setor (09)  Sub-setor (26)  Sub-setor (26) CNAE ––1995* CNAE 1995*  Seção (17)  Seção (17)  Divisão (59)  Divisão (59) (*))CAGEDDaapartirrdo anoo an (* CAGE parti dortir do base 1996, ,eeRAIS aapa rtir do base 1996 RAIS pa anoobase 1994. . an base 1994 CNAE ––2.0** CNAE 2.0** (**) CAGEDDaapartirrdo anoo (**) CAGE parti do r do an rti  Seção (21)  Seção (21) base 1998, ,eeRAIS aapa rtir do base 1998 RAIS pa  Divisão (87)  Divisão (87) anoobase 2006. . an base 2006  Grupo (285)  Grupo (285)  Classe (674)  Classe (674) 11 /33
  12. 12. Desagregação Ocupacional CBO 1994 (até 2002) CBO 1994 (até 2002)   GRANDE GRUPO (8) GRANDE GRUPO (8)   SUBGRUPO (87) SUBGRUPO (87)   GRUPO DE BASE (343) GRUPO DE BASE (343) CBO 2002 (a partir de 2003) CBO 2002 (a partir de 2003)  FAMILIA OCUP ––Família Ocupacional, criada em 2002 (4 dígitos)  FAMILIA OCUP Família Ocupacional, criada em 2002 (4 dígitos)  SB GRUP OCUP ––Subgrupo Ocupacional, criado em 2002 (3 dígitos)  SB GRUP OCUP Subgrupo Ocupacional, criado em 2002 (3 dígitos)  SBGRUP PRINC ––Subgrupo Ocupacional Principal, criado em 2002 (2 dígitos)  SBGRUP PRINC Subgrupo Ocupacional Principal, criado em 2002 (2 dígitos)  GR GRUP OCUP ––Grande Grupo Ocupacional, criado em 2002 (1 dígito)  GR GRUP OCUP Grande Grupo Ocupacional, criado em 2002 (1 dígito) 12 /33
  13. 13. Informações Disponíveis: Estabelecimento CAGED //RAIS CAGED RAIS Admissões: Admissões:   Primeiro emprego, Primeiro emprego,   Reemprego, Reemprego,   Reintegração,e Reintegração,e   transferência de transferência de CAGED CAGED entrada. entrada. Variação Absoluta Variação Absoluta Variação Relativa Variação Relativa Desligamentos: Desligamentos:   Dispensados, Dispensados,   Espontâneos, Espontâneos, RAIS RAIS   Término de contrato, Término de contrato,   Aposentadoria, Aposentadoria,  Número de vínculos (empregos) ativos em  Número de vínculos (empregos) ativos em   Mortes, Mortes, 31/12 31/12   Transferência de saída. Transferência de saída. 13 /33
  14. 14. Informações Disponíveis: Empregado Vínculo Vínculo Individual Individual   Tempo de emprego Tempo de emprego Gênero Gênero   Horas trabalhadas Horas trabalhadas Faixa Etária Faixa Etária   Remuneração Remuneração Grau de Instrução Grau de Instrução   Tipo de Tipo de movimentação movimentação RAIS RAIS  Tipo de Vínculo  Tipo de Vínculo  Empregado em 31/12  Empregado em 31/12  Nacionalidade  Nacionalidade 14 /33
  15. 15. Uso das InformaçõesOperacional1. Seguro-Desemprego2. Primeiro Emprego3. Abono Salarial4. Fiscalização5. Intermediação6. Programas de geração de Emprego e Renda7. Qualificação/Requalificação Profissional8. Compor o CNI 15 /33
  16. 16. Uso das InformaçõesEstatístico1. Acompanhamento do nível, flutuação ecaracterização do emprego2. Política e evolução salarial3. Caracterização do perfil dos admitidos edos desligados4. Implantação de Projetos5. Estudos e pesquisas em geral 16 /33
  17. 17. Principais Vantagens e Limitações dos Registros Administrativos  Vantagens  Vantagens 1. Levantamento em nível de estabelecimento 1. Levantamento em nível de estabelecimento 2. Tempestividade 2. Tempestividade 3. Caráter Censitário 3. Caráter Censitário 4. Amplo conteúdo de variáveis 4. Amplo conteúdo de variáveis 5. Estabilidade do conteúdo ao longo do tempo (séries históricas) 5. Estabilidade do conteúdo ao longo do tempo (séries históricas)  Limitações  Limitações 1. Omissões 1. Omissões 2. Erros nas declarações 2. Erros nas declarações 3. Atraso nas respostas 3. Atraso nas respostas 17 /33
  18. 18. Forma de Disseminação das Informações1. Processamentos Específicos2. Solicitações Especiais3. Acesso On-Line4. CD/DVD-ROM5. Internet Web Site: http://www.mte.gov.br Web Site: http://www.mte.gov.br E-mail: cget.sppe@mte.gov.br E-mail: cget.sppe@mte.gov.br 18 /33
  19. 19. Disseminação das InformaçõesEm CD / DVD ROM1. RAIS - Vínculos e Estabelecimentos2. RAISMIGRA - Painel e Vínculo3. CAGED Estatístico 19 /33
  20. 20. Disseminação das InformaçõesDisponível na INTERNET1. RAIS - Vínculos e Estabelecimentos;2. RAIS Migra - Painel e Vínculo;3. CAGED Estatístico;4. Evolução do Emprego segundo o CAGED (EEC);5. CAGED Estabelecimento;6. Perfil do Município;7. ISPER (Informações para o Sistema Público de Emprego e Renda);8. Anuário Estatístico RAIS;9. Comportamento do Emprego Formal por UF. 20 /33
  21. 21. Registros Administrativos X Bases Disponíveis RAIS Estabelecimentos RAIS Estabelecimentos RAIS RAIS RAIS Empregados RAIS Empregados Registros Registros RAISMIGRA RAISMIGRAAdministrativosAdministrativos CAGED CAGED CAGED Estatístico CAGED Estatístico 21 /33
  22. 22. Registros Administrativos X Bases Disponíveis RAIS Estabelecimentos RAIS Estabelecimentos RAIS Empregados RAIS Empregados Aplicativo X-OLAP Aplicativo X-OLAP RAISMIGRA RAISMIGRA CAGED Estatístico CAGED Estatístico 22 /33
  23. 23. Exemplos de Utilização das Informações Disponíveis 23 /33
  24. 24. Flutuação do Emprego Formal, por Setor de Atividade Estado de Pernambuco - 1º Trimestre de 2010 Fonte: MTE/CAGED. 24 /33
  25. 25. Admissões Formais, por Escolaridade Estado de Pernambuco - 1º Trimestre de 2010 Fonte: MTE/CAGED. 25 /33
  26. 26. Estoque do Emprego Formal, por Setor de Atividade e Gênero Pernambuco - 2008 Fonte: M TE / RAIS 2006 26 /33
  27. 27. Número de Vínculos ativos por ano Pernambuco – 2005/20081.350.000 1.350.0001.300.000 1.300.0001.250.000 1.250.0001.200.000 1.200.0001.150.000 1.150.000 Número de Vínculos Número de Vínculos1.100.000 1.100.0001.050.000 1.050.0001.000.000 1.000.000 950.000 950.000 2005 2005 2006 2006 2007 2007 2008 2008 Fonte: M TE / RAIS 2006 27 /33
  28. 28. O que é o X-OLAP? É um Sistema Gerenciador de Bases de Dados, implementado de forma que os dados armazenados em seu acervo possam ser utilizados no apoio a gestão (na forma de Bases de Dados Analíticas) ou no tratamento estatístico (Bases de Dados Estatísticas). Ferramenta que possibilita o acesso às bases estatísticas do MTE. 28 /33
  29. 29. Características Gerais Capacidade de armazenamento Tratamento de grandes volumes Velocidade na manipulação dos dados Uso dos recursos de "double-click", arrasto (drag-and-drop) e do botão direito do mouse 29 /33
  30. 30. Principais conceitos Habilitação Tabulação Para acesso as Para acesso as Dicionário de dados definições ee definições terminologias, acesse terminologias, acesse Arquivo (base) oomódulo de Ajuda do módulo de Ajuda do Variável X-OLAP X-OLAP Categoria Dimensões da tabulação 30 /33
  31. 31. Outras Informações Mais informações sobre o PDET www.mte.gov.br/pdet Dúvidas freqüentes sobre as bases RAIS e CAGED (FAQ) http://www.mte.gov.br/pdet/ajuda/faq/bd_conceit_conteudo.asp Acesso as publicações das instituições do PDET http://www.mte.gov.br/pdet/o_pdet/o_programa/publicacoes/publicacoes.asp Comunidade Virtual do PDET (enviar mensagem para) basesmte-subscribe@yahoogrupos.com.br 31 /33
  32. 32. Apoio aos usuários do PDETRio de Janeiro e Espírito Santo Paraná e Santa Catarinamterio@datamec.com.br mtecwb@datamec.com.br(21) 3523-7680 (fone) (41) 2102-5711 (fone)(21) 3523-7638 (fone) (41) 2102-5728 (fax)(21) 3523-7871 (fax)    Regiões Norte e NordesteSão Paulo mtessa@datamec.com.brmtespo@datamec.com.br (71) 2102-3956 (fone)(11) 3305-1654/1646 (fone) (71) 2102-3930 (fax)(11) 3305-1653 (fax)    Rio Grande do SulMinas Gerais mtepoa@datamec.com.brmtebhz@datamec.com.br (51) 4009-2101 (fone)(31) 3323-2602 (fone) (51) 3328-1954 (fax)(31) 3335-1875 (fax)   Distrito Federal e Região Centro-Oestecget.sppe@mte.gov.br(61) 3317-6667 (fone)(61) 3317-8272 (fax)   32 /33
  33. 33. MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Departamento de Emprego e Salário --DES Departamento de Emprego e Salário DES Coordenação Geral de Estatísticas do Trabalho --CGET Coordenação Geral de Estatísticas do Trabalho CGETEsplanada dos Ministérios --Bloco F --Edifício anexo, ala B, sala 211 Esplanada dos Ministérios Bloco F Edifício anexo, ala B, sala 211 Brasília / DF --70059-900 Brasília / DF 70059-900 Tel: (61) 3317.6666 /6667 --Fax: (61) 3317.8272 Tel: (61) 3317.6666 /6667 Fax: (61) 3317.8272Web Site: http://www.mte.gov.br E-mail: cget.sppe@mte.gov.brWeb Site: http://www.mte.gov.br E-mail: cget.sppe@mte.gov.br 33 /33

×