Empreendedorismo
Porque é tão difícil dar o primeiro passo?
Primeiros Passos
Startups
Easy Taxi
$1B
Spotify
$8B
The New York Times & Startupi
*Expectativa com a próxima rodada de investimento
Uber
$5...
Estatísticas
25% falham no primeiro ano
36% falham no segundo ano
44% falham no terceiro ano
50% falham no quarto ano
Harv...
Lucas de Freitas
CEO
lucasfpfs@gmail.com
Guilherme Zaia
CCO & iOS Dev
zaiaguilherme1@gmail.com
Erick Amoedo
CTO
erick.amoe...
www.quickhub.me
Startups e Empreendedorismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Startups e Empreendedorismo

140 visualizações

Publicada em

Palestra dada na semana da Facet sobre empreendedorismo e startups, palestrantes forma o Guilherme Zaia, Erick Amoedo e Lucas de Freitas.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • LUCAS: Apresentação pessoal/saudação
  • LUCAS: Exemplos de que qualquer um pode empreender e muitos até o fazem sem saber. Outros exemplos de simples, porém grandes empreendedores (Enéas e Tião etc)

    Erick: Empreender requer um perfil diferenciado, A pessoal nao pode ser a favor da comodidade. E um fato muito importante e ter a nocao que os resultados nao tendem a surgir do dia para noite.

    Zaia:Em muitos casos você tem vontade de começar e sabe dessas dificuldades, a maioria dos meus mentores recomendam e eu passo adiante, você pode começar fazendo um modelo de negócio e depois começar a validar o problema e a solução, pra validar inicialmente você pode ir perguntando para amigos e pessoas aleatórias sobre a ideia pra ver se existe o interesse nela. Quase sempre as pessoas ficam com medo de compartilhar a ideia por que podem copiar, mas não é verdade porque só você que vai trabalhar duro na ideia que você acha boa.
  • LUCAS: Onde nasceu o QH, projeto que apresentaremos logo nos próximos slides

    ZAIA: Primeiro, acho que vocês não conhecem o startup weekend… levanta a mão quem já participou ou quem conhece.
    Ele é um evento que dura 54 horas, dividido entre três dias, o primeiro você apresenta a ideia pra todos e forma uma equipe, no segundo você começa a trabalhar na ideia (fazendo o modelo de negocio, validando e começando um protótipo) e no terceiro você junta termina o que fez e apresenta a startup para uma banca, que é geralmente feita por representantes de aceleradoras.
    A metodologia do startup weekend na minha opnião é a melhor forma de você iniciar um negocio e ver se realmente vale a pena começar a gastar tempo nele, só que você precisa também levar em conta o feedback dado pelos jurados e mentores.
    Pra explicar isso, deixa eu contar um pouco da minha experiência que tive nas duas vezes que participei desse evento.

    O primeiro, foi em setembro de 2014, o Startup Weekend Mobile qu aconteceu na Abril, logo no primeiro dia, eu e uma amigo pensamos que tínhamos uma ideia revolucionaria que ninguém tinha mas , sem zoar, durante as apresentações apareceu 7 ideias parecidas…
    Já no segundo dia, começamos a fazer o modelo de negócio, dai o segundo problema, a ideia abrangia muitas coisas, então juntamos toda a equipe e escolhemos só uma atividade principal e começamos a partir dela. Enquanto isso a gente recebia feedback de mentores, quase todos ruins por causa do nosso cliente e algumas boas, na verdade uma boa, essa já foi uma validação negativa da ideia mas como a gente já tinha se apaixonado pela startup não demos importância a isso. Depois nos fomos validar a ideia e a gente viu que realmente existia o problema mas não conseguimos ver se ela realmente seria usada.
    No terceiro dia, acabamos de finalizar o prototipo e apresentamos o pitch dela, resultado não ficamos nem em quarto lugar e recebemos como feedback dos jurados, que a ideia era boa mas pra conseguir converser o mercado a usar ia ser dificil.
    Lição aprendida?... Não, ficamos por mais 4 meses trabalhando nessa ideia, até não arranjar clientes, na verdade, encontramos um que estava afim de testar. Ai agora sim, vimos que tinhamos falhado desde sempre, mas nunca usamos a validação ou os feedbacks para pivotar a ideia para uma coisa que podia dar certo.

    Ja no segundo startup weekend que foi em fevereiro desse ano, fui para ajudar alguma ideia que eu gostasse e não para dar uma ideia, me juntei com uma startup que era um curso de ingles por video-conferencia q seria inovador, seria, pq descobrimos que existe dezenas de soluções iguais, perdemos o sábado inteiro levando negações dos mentores até que chegou no final do dia, mas especificamente as 21 que a equipe decidiu mudar de ideia completamente e começar do zero de novo. A gente virou de sabado pra domingo pra reunir dados que validassem a ideia e para montar um modelo de negocio, conseguimos a tempo mas dessa vez a gente foi com um pequeno problema, tinha dados externos que validassem a ideia mas nossa equipe nao tinha validado. Fomos para a presentação mesmo assim, resultado ficamos em segundo lugar na frente do Lucas.
  • LUCAS: Startups tem alto risco, porém quando crescem, o fazem com rapidez muito grande. A infraestrutura de uma startup pra uma média ou grande empresa tradicional traz vantagens lucrativas. Muitas empresas possuem grandes equipes de fábrica, telemarketing e demoram anos pra se estruturar. Contrastando, startups possuem equipes mínimas e geram muito mais receita com muito mais fluidez, liberdade e simplicidade.

    ZAIA:O easy taxi é um exemplo de startup formada no startup weekend que hoje deve ser avaliada em torno de 1B.

    Erick: um detalhe interessante sobre a startup Spotfy e de que n’ao existe fronteiras para receber aporte. Ela iniciou suas atividades na europa, e mesmo assim recebeu investimento e conselhos do mesmo cara que disseminou o network do Mark Zuguer em Sao francisco, o talentoso criador do Napster.

    Easy Taxy consegue grande parte da sua monetizacao buscando parcerias com outros APP, oferecendo parte do lucro com seus parceiros.
  • Zaia: Parece facil pelo que a gente mostrou mas não é bem assim

    Erick - Nao existe empreendedor de sucesso do dia para noite. o Mark msm, antes do facebook quebrou outras startup como o facesmash. o Romero do buscape, conseguiu quebrar 4 empresas que tinham a mesma ideologia do Buscape e que hoje foi vendida para uma indiana por 300 milhoes. ja o Eike batista conseguiu falir 9 empresas e agora por final por blefar, acabou por desestruturar suas empresas. mas vemos ainda que o espirito de empreendedor, ele ainda tem.
  • Startups e Empreendedorismo

    1. 1. Empreendedorismo Porque é tão difícil dar o primeiro passo?
    2. 2. Primeiros Passos
    3. 3. Startups Easy Taxi $1B Spotify $8B The New York Times & Startupi *Expectativa com a próxima rodada de investimento Uber $50B*
    4. 4. Estatísticas 25% falham no primeiro ano 36% falham no segundo ano 44% falham no terceiro ano 50% falham no quarto ano Harvard Business School
    5. 5. Lucas de Freitas CEO lucasfpfs@gmail.com Guilherme Zaia CCO & iOS Dev zaiaguilherme1@gmail.com Erick Amoedo CTO erick.amoedo@live.com
    6. 6. www.quickhub.me

    ×