Prof. Thiago Martins
Segundo Vinton Cerf “durante a segunda metade da próxima
década – entre 2005 e 2010 – haverá um novo
impulsionador (tecnol...
• No princípio era o FIO
Dial Modem
• Pontapé inicial
• Necessitava o computador perto
da linha
• 56kbs
• Foi sumindo a pa...
xDSL
• Digital Subscriber Line, ou linha de assinante digital
• 5x mais rápida. De 128 kbps até 24 Mbps
• Usar o telefone ...
Cabo
• Não necessita de linha telefônica
• Velocidade varia entre 70 kbps e 150 Mbps
• Necessita de um modem especial
Wi-Fi
• versão sem fio da banda larga comum
• distribuída através de um roteador especial
• Velocidade 54Mbps
• Notebooks,...
Redes ad-hoc
• Não necessita de um ponto para distribuição de sinal. Os PC´s
se comunicam entre si
• Conectar impressora
•...
Rádio
• Dispensa o fio, chega através de antenas.
• Longo alcance.
• Chuvas e ventos fortes podem desestabilizá-la
Satélit...
WAP
• A primeira grande tentativa de integrar os aparelhos
celulares à internet.
• Velocidade muito baixa.
• Poucos sites....
3G
• Transmitido juntamente com as antenas de
celular
• 7 Mbps.
• Conexão também através de notebooks.
4G
• Sinônimo de LT...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipos de conexões

340 visualizações

Publicada em

Aula de Tecnologia da Comunicação sobre tipos de conexões de internet

Publicada em: Dispositivos e hardware
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
340
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de conexões

  1. 1. Prof. Thiago Martins
  2. 2. Segundo Vinton Cerf “durante a segunda metade da próxima década – entre 2005 e 2010 – haverá um novo impulsionador (tecnológico): bilhões de aparelhos ligados à Internet” . Por fim, então, a rede de comunicações será a troca de pacotes, com a transmissão de dados sendo a responsável pelo espantoso compartilhamento de tráfego, e a transmissão de voz será apenas um serviço especializado.
  3. 3. • No princípio era o FIO Dial Modem • Pontapé inicial • Necessitava o computador perto da linha • 56kbs • Foi sumindo a partir do ano 2000
  4. 4. xDSL • Digital Subscriber Line, ou linha de assinante digital • 5x mais rápida. De 128 kbps até 24 Mbps • Usar o telefone ao mesmo tempo
  5. 5. Cabo • Não necessita de linha telefônica • Velocidade varia entre 70 kbps e 150 Mbps • Necessita de um modem especial
  6. 6. Wi-Fi • versão sem fio da banda larga comum • distribuída através de um roteador especial • Velocidade 54Mbps • Notebooks, celulares, smartphones e até mesmo alguns computadores domésticos.
  7. 7. Redes ad-hoc • Não necessita de um ponto para distribuição de sinal. Os PC´s se comunicam entre si • Conectar impressora • Games • PS3 - multijogadores
  8. 8. Rádio • Dispensa o fio, chega através de antenas. • Longo alcance. • Chuvas e ventos fortes podem desestabilizá-la Satélite • Como o rádio, só que pode ser acessada em qualquer parte do mundo. • Um dos métodos mais caros de conexão. • A velocidade fica entre 200 e 600 kbps. WiMax • Versão poderosa do WiFi (velocidade e cobertura). • Sofre interferência de chuvas e ventos. • Velocidade atinge um pico de 72 Mbps.
  9. 9. WAP • A primeira grande tentativa de integrar os aparelhos celulares à internet. • Velocidade muito baixa. • Poucos sites. EDGE • Internet xDSL em relação ao WAP. • Acesso à páginas na WEB. • 384 kbps
  10. 10. 3G • Transmitido juntamente com as antenas de celular • 7 Mbps. • Conexão também através de notebooks. 4G • Sinônimo de LTE (LongTermEvolution) • Alta velocidade de conexão (10, 50, 100 Mbs) com a mesma mobilidade do 3G; • A tecnologia já existe, mas ainda não está 100% alinhada para difusão comercial.

×