SlideShare uma empresa Scribd logo
Robson Trindade
Marca Registrada
Visagismo
Universidade Anhembi Morumbi
Professor
Robson Trindade
História
Conhecimentos geométricos que foram fundamentais para
as descobertas dos físicos e engenheiros que
apareceram mais de mil anos depois.
Kepler,Newton e
Einstein.
bem como profissionais modernos que estudam
Visagismo.
Proporção e harmonia. Beleza e Estética
História
Deus
é o primeiro Visagista da humanidade.
Pitagoras 586 ac.
Teoria das proporções
Platão
A beleza é o que importa!
Aristóteles
que pode garantir a beleza é o equilíbrio nas proporções.
Livro da Matemática
Clifford A. Pickover
Librero
Conceito
Para vislumbrar o futuro é preciso ser visionário!
Você receberá informações que
conceituam o VISAGISMO,
método aplicado de BELEZA PLENA,
que obedece filosofia e padrão
internacional.
Jean Claude Juillard
Visagismo Look Total
Um Coaching para sua Vida
Visagismo – Os pensadores da era moderna
ÒFernand Aubry
ÒSuzane Caygill
ÒBrigitte Gaultier
ÒJean Claude
Juillard
Cabeleireiro
Uma pessoa não
deve dizer, eu sou
Cabeleireiro, mas
sim dizer eu estou
cabeleireiro
ESTILISTA
O
CABELEIREIRO
CAPAZ DE
FAZER A
LEITURA DE
UMA IMAGEM, E
COPIAR.
Visagista Técnico
– Profissional
com
conhecimento
superficial – e
com capacidade
de oferecer um
trabalho
diferenciado
Visagista
Profissional
Graduado
Com
conhecimento
de beleza
plena,
harmonia ,
proporções
matemáticas e
geométricas.
Visagismo
VISAGISMO
é um tema tratado com diversas perspectivas
e gera questões em várias esferas dos
ambientes profissional, social e privado.
A Consultoria Visagista
é uma Analise Investigativa Interna e
observativa Externa.
O Dossie é o processamento de todas as
informações, com projetos e
encaminhamentos.
As novas possibilidades
O diferencial
do método de VISAGISMO,
é que a cliente tem participação ativa,
exprimindo seus desejos e anseios,
estilo e as suas proporções.
Desta maneira, evita-se que o
profissional imponha suas ideias.
Permissão e Exigência
O VISAGISMO
permite ao profissional ter a capacidade de
trabalhar com todos os tipos de cliente.
Em contrapartida exige que ele modifique e
aprimore sua linguagem, aprenda a
vender
DIAGNÓSTICO VISAGISTA
e esteja aberto aos limites e as opiniões de
suas clientes.
Tipos de Consultoria Visagista
“Consultoria Visagista Plena”40 projetos digital
R$ 12.410,00
"Consultoria Visagista” 5 projetos digital
R$ 3.320,00
"Consultoria Visagista Facial Digital”
R$ 1.880,00
Rosto é a obra de arte...
1- Cavidade Orbital;
2- Cílios;
3- Osso zigomático;
4- Região do Maxilar;
5- Osso Nasal;
6- Osso Frontal.
Através do visagismo,
a pessoa passa por um processo de
auto conhecimento e melhor visualização.
Visagismo
4
Existem quatro ferramentas básicas
para o desenvolvimento de um correto
Diagnóstico Visagista,
Os formatos devem ser observados
internamente e externamente.
Le Guide du Relooking Visage
Sandra Guérin & Franck Guérin
Visualização
Existem sete tipos de Rostos Primários
Formato Redondo
Redondo
Cor Azul
Família A:
Não gosta de mudar
de rosto. Estilo
clássico ou natural.
Este tipo de cliente
quer olhar-se no
espelho e reconhecer-
se
Redondo:
ou Circular: Angelical ou Infantil Afetiva, sociável, emocional,
lógica.Adepta das transformações seguras.
O formato redondo não tem ângulos definidos e são mais largos nas
maçãs, com o maxilar e as têmporas suavizadas.
Origem
Asiática e Indígena
Família A Cor Azul
O rosto redondo precisa ser alongado, por isso são recomendados
brincos com linhas mais retas e sempre verticais, pois, para obter o
equilíbrio, é preciso alongar as laterais. Indicam-se brincos grandes,
longos, em formato de pingente, angulares, soltos, assimétricos e
quadrados. Evite argolas muito grandes e modelos volumosos.
Formato Quadrado
Quadrado
Cor Vermelha
Família A:
Não gosta de mudar
de rosto.
Estilo clássico ou
natural.
Este tipo de cliente
quer olhar-se no
espelho e
reconhecer-se.
Quadrado:
Sólida, Lógica, sensível na relação preço, qualidade e tempo.
Cliente Cerebral, Qualidades Masculinas
Futuro:
Formato ideal de rosto.
Origem:
Norte da Europa – Alemães, escandinavos e Ingleses
Portanto, em muitos Americanos e Brasileiros do Sul
Família A Cor Vermelha
Este formato de rosto já possui equilíbrio natural, mas recomenda-se
evitar os brincos grandes horizontalmente.
Indicam-se brincos largos, longos e geométricos. Evite os redondos,
pequenos e triangulares.
Formato Retângulo alto
Retângulo Alto
Cor Laranja
Família B: Quer mudar
um pouco, mas quer
reconhecer se no
espelho. Estilo clássico
e moderno. Representa
a maioria da clientela no
salão
Proporção mais próxima
da Áurea
Já o rosto retangulo alto deve abusar de peças volumosas e
arredondadas. A idéia é alargar um pouco o rosto, preenchendo as
laterais com o acessório.
Retângulo alto:
ou de base alta, Equilíbrio dentro da modernidade.
Cliente preocupada com a forma
Origem:
Norte da Europa – Alemães, escandinavos e Ingleses
Portanto, em muitos Americanos e Brasileiros do Sul
Família B Cor Laranja
Formato Retângulo Baixo
Retângulo Baixo
Cor Magenta
Família B:
Quer mudar um pouco,
mas quer reconhecer se
no espelho. Estilo
clássico e moderno.
Representa a maioria
da clientela no salão.
Retângulo Baixo:
ou de base baixo, Materiais, texturas, conforto, fluidez, cliente gestual
Família B Cor Magenta
Origem:
Norte do Brasil
Pará
Colonização Portuguesa pura.
Formato Triângulo Alto
Triângulo Alto
Cor Amarelo
Família C:
Clientes
modernas que
querem mudar o
rosto
Formato muito
fotogênico.
Triângulo Alto:
ou e base alta, Visual, moda, extrovertida, ego forte, cliente visual.
queixo é pontudo, mas nem sempre pronunciado. Focada em criação e
pouco na realidade. Facilmente envolvida.
As pessoas normalmente não conseguem perceber qual o seu formato de
rosto
Importante para a cliente, sim, mas importante para o profissional de
beleza.
Use as Arramagens que facilitará o exercícios com os olhos.
Família C Cor Amarelo
Origem:
Brasileira
Four Seasons
Formato Triângulo baixo
Triângulo Baixo
Cor Verde
Família C:
Clientes modernas
que querem mudar o
rosto
Triângulo Baixo:
ou de base baixa,
emocional, gosta de materiais e da natureza .
Habitualmente são pessoas bem seguras de poucos viagens filosóficas.
Com referencia a cor, demonstra a sua frieza ou segurança no
proceder.
Família C Cor Verde
Comumente :
Encontrado em pessoas da melhor idade
visão externa do rosto e pessoas com
características duvido especiais
Formato Losango
Losango:
Cor Branca
Família C:
Clientes
modernas que
querem mudar o
rosto
Losango:
Facilmente confundido como Oval,
Estilo pessoal muito afirmado. Obrigação de respeitar o gosto dela.
Mais próximo do oval, objeto de desejo das pessoas. Observe as características
dos triângulos.
Família C Cor Branca
Parecido com o oval, tem a maça do rosto pronunciada, quase nenhuma
definição no maxilar e queixo pequeno. A diferença esta na testa, que neste
caso é estreita
Origem:
Brasileira - Four Seasons
Depois de conhecer as formas do rosto é preciso
observar a visão tridimensional.
A visão irá influenciar a observância quanto ao
resultado.
Concavo Convexo Normal
Visão tridimensional
Pescoço e Ombros
Depois de conhecer as formas do rosto e da
cabeça é preciso observar a base de apoio
destas estruturas.
A visão irá colaborar para seu diagnostico,
facilitando a identificação.
Pescoço...........Curto / Normal / Longo
Ombros............Estreito / Médio / Largo
Régua Medidor REI
Medições e marcações na horizontal, revelam...
• 1ª Testa/Sobrancelhas = Razão / Inteligência
• 2ª Sobrancelhas/Nariz = Emoção
• 3ª Nariz/Queixo = Intuição / Vontade
Razão
Emoção
Intuição
5.5
5.1
6.5
A Arte Prática da Leitura Facial
Simon G. Brown
A Arte Prática da Leitura Facial
Simon G. Brown
A Arte Prática da Leitura Facial
Simon G. Brown
A Arte Prática da Leitura Facial
Simon G. Brown
AA AB BB
A Arte Prática da Leitura Facial
Simon G. Brown
Consultoria Visagista Facial Parcial
As Medições na Historia
A imagem mostra um
dispositivo que foi usado
por Hollywood make-up
artistas que lhes permitiu
analisar o rosto e ver
exatamente onde as
correções necessárias a
serem feitas em seu
rosto. O dispositivo de
medição foi
desenvolvido por Max
Factor um dos pioneiros
da indústria de
cosméticos.
Se a pessoa não for estudada
Frida Khalo;
estrutura para suportar
o corpo
Os Fundamentos
da Linguagem Visual
A Linguagem Visual é compreendida por dez
fundamentos extremamente necessários;
Relacionados na ordem de importância
para o nosso estudo de
Visagismo...
1-Saber como a luz funciona e como manipular os
efeitos de luz e sombra para criar volume.
2-Saber como funciona a cor.
3-Saber como funciona a perspectiva tonal e como
trabalhar esse conceito nos planos do rosto e da
cabeça.
4-Saber como o olho é direcionado numa
imagem pelas linhas e formas, e como
funcionam os conceitos de estrutura e
ritmo.
5-Entender a maneira como perceber as
proporções do rosto.
6-Aprender de que forma empregar eixos na
observação do rosto.
7-Absorver os fundamentos da composição
e das proporções áureas.
8-Estar familiarizado com os fundamentos de
textura.
9-Estar preparado para perceber os
espaços.
10-Conhecer os princípios da perspectiva
linear.
Os Fundamentos
- Composição ( Equilíbrio)
- Estrutura ( Ritmo )
- Proporção ( Harmonia da imagem )
- Concepção de espaços ( Forma )
- Perspectiva tonal ( Planos )
- Luz e sombra ( Volume )
- Cor ( efeitos e infinitas possibilidades )
- Textura e expressão ( Movimento e Volume )
- Perspectiva linear ( Profundidade )
- Eixos verticais ou horizontais
Gestual intuitivo
Morfologia da Silhueta Divisão em três partes
Silhueta
Os Gestos da Cliente
A gestual intuitiva é a linguagem não verbal,
aquela do inconsciente.
É a linguagem dos olhos, dos dedos
( comportamental – o gesto que traduz )
1- Dividida em 3 estruturas:
Os cabelos não tocam os ombros
e a cintura e bem delimitada.
2- Dividida em 2 estruturas:
Os cabelos não tocam os ombros,
mas as partes 2 e 3 estão unificadas
ou os cabelos tocam os ombros mas
a cintura esta bem delimitada.
3- Uma Única estrutura:
As três partes são interligadas.
Os cabelos tocam os ombros ou as
roupas são coladas ao corpo e os
cabelos não têm volume.
Proporção
Com referência a moda se mede
as proporções dos ombros aos
quadris...
Proporção
• Ninguém é igual a ninguém, todo mundo tem
particularidades que podem ser valorizadas
ou disfarçadas através do que veste.
• Para escolher melhor, com consciência, é
necessário bom conhecimento das
proporções do corpo para usar a favor,
elementos que equilibrem e harmonizem a
silhueta.
Proporção
• As três medidas mais importantes (em
qualquer corpo) são: ombros, cintura e
quadris (medidas sempre horizontais).
Silhueta Triangular ou Triângulo Baixo
Silhueta Triangular ou
Triângulo Baixo
• Para diminuir visualmente o quadril, vale escolher
caimentos soltos e suaves, nada justo ou grudado na
pele, sempre em cortes retos e não enviesados;
• Para aumentar ombros e seios vale chamar atenção
sempre para cima e para o centro do dorso - com peças
mais chamativas, com detalhes e acessórios.
• Blusas com decotes horizontais, tipo ombro-a-ombro e
canoa, golas volumosas ou com babados.
Silhueta Triângulo Invertido
• Quem tem essa silhueta tem também
pernas finas.
Silhueta Triângulo Invertido
• Minimizar visualmente a largura dos
ombros e acrescentar volume à parte
inferior do corpo, chamar mais atenção
para o centro do corpo (e desviar a
atenção das "bordas");
• Atrair o olhar para o meio e para o
rosto (pescoço e colo).
Silhueta Triângulo Invertido
• Calças com cortes largos e bocas largas, tipo
pantalonas, calças jeans com lavagens claras - tudo
que acrescenta volume à parte inferior da silhueta,
como saias evasê, saias rodadas e minissaias com
volume.
• Para blusas, abotoamentos de camisa são ótimos,
mangas lisas e retinhas, alças largas (em camisetas)
e decotes redondos ou em V.
• Os melhores modelos para casacos e jaquetas são
aqueles com o comprimento de blazer (cobrindo o
bumbum) porque alongam o tronco visualmente,
alinhando a silhueta.
Silhueta Ampulheta ou
Losango Invertido
Proporção do corpo baseado
no tamanho da cabeça.
Homem 1,80 cm
Do alto da cabeça até a parte inicial do queixo.
Com o auxilio de uma fita métrica faça a medição.
Da cabeça até queixo inf.
Do queixo ao tórax
Encontre o local lateral
Do tórax a cintura
Da cintura ao quadril
Do quadril a coxa em direção aos pés.
Quando você criar um penteado ou corte
para o sua cliente , é importante
lembrar essas proporções. Nota-se que
o penteado/corte muito grande ou muito
pequeno para estrutura da cliente fará
uma diferença incrível, está alteração
vai refletir um equilíbrio entre o corpo e
a cabeça.
Proporção do corpo baseado
no tamanho da cabeça. Mulher
1,70cm
Fazemos outras medições
tais como:
• Horizontal – As partes da silhueta
1 / 2 / 3
• Vertical – Do cavalo aos pés / cabeça
• Diagonal – Quadris aos ombros
Os tamanhos
diferentes
Estes corpos apresentam as características
geralmente alongadas/ longilíneos
essas pessoas têm pernas longas, braços
longos e extensão/ comprimento do pescoço
também.
Em relação ao seu tamanho grande, a
cabeça pode parecer pequeno em proporção
ao seu corpo.
As Mulheres deste tipo têm um
tamanho de cerca de 1,70 ou
superior
Os Homens 1,80 ou mais.
Essas pessoas precisam de volume
pequeno ou ombros o cabelo mais
comprido tocar para as mulheres. Os
homens usavam o cabelo mais longo e
maciço formas.
Nos exemplos abaixo e observe a
diferença criado por cabelo muito curto,
médio-cuto e médio-longo.
Grande
Que este tamanho de
características do corpo
delgado geral.
Essas pessoas têm
pernas longas, braços
longos e pescoço
também aumenta.
Comparado a seu
grande tamanho, a
cabeça pode parecer
pequeno em proporção
ao seu corpo.
As mulheres deste
tipo têm um tamanho
de cerca de 1,70 m
ou mais, homens e
1,80 ou mais.
Estas pessoas
precisam de volume
pequeno ou ombros
o cabelo mais
comprido tocar para
as mulheres.
Os homens usavam
o cabelo mais longo
e maciço formas.
Nos exemplos
abaixo e observe as
diferenças criadas
pelo cabelo muito
curto, curto ou
médio-médio-longo
Médio
Altura normal,
ombros quadrados,
em geral, bem
proporcionados. uma
mulher esta neste
categoria podendo
ter aproximadamente
1,60m -1,70m.
Um homem tem
1,70m - 1,80m.
Esses clientes
podem incluir quase
todos os tipos de
estilos de cabelo,
cabelos longos ou
curtos.
Cabelo curto com
volume em cima fará
com que eles
pareçam maiores
volumes menores
perto dos ombros.
Pequeno
Rebento de uma
mulher de 1,60 m -
ou menos, um
1.70m homem ou
menos.
Um penteado com
volume no topo é
aconselhada.
garantira que seu
cabelo afete os
ombros
Isto irá
aumentar o
volume do
conjunto e iria
fazê-los
parecer
menores.
Nesta fase de
observação,
identificar o espaço
ocupado pelo corpo.
comprimento,
largura. Ver todas,
imagine todos os
volumes que podem
fazer o cabelo na
altura ou largura,
proporção e
equilíbrio com o
resto do corpo.
Se o cabelo for
muito volumoso e
cumprido e o
rosto pequeno e
a silhueta fina
haverá uma
desarmonia nas
proporções.
O melhor
equilíbrio é
silhueta fina com
o cabelo em
menor volume.
Redondo A Azul
Quadrado A Vermelho
Retângulo Alto B Laranja
Retângulo Baixo B Magenta
Triângulo Alto C Amarelo
Triângulo Baixo C Verde
Losango C Branco
1. Perfeccionista
2. Prestativo
3. Bem-sucedido
4. Romântico
5. Observador
6. Questionador
7. Sonhador
8. Confrontador
9. Preservacionista
Personalidades
9
sanguineo
colérico
melancolico
fleumático
Temperamentos
4
1. Ar
2. Fogo
3. Água
4. Terra
Elementos da
Natureza
4
TEMPERO SENSAÇÃO ORGÃO
4 4 4
pimenta picante sangue
sal salgado figado
azeite amargo rins
vinagre azedo pulmão
PONTO
POSITIVO
PONTO
NEGATIVO
CARACTERISTICAS
4 4 4
simpatia pavio curto vivazes
emocional arrogante inertes
apatico acomodado ágeis
disciplinado indeciso etágicos
ESTILO FAMILIA OLFATIVA
7 6
moderna
sedutora citrica
classica floral
romantica frutal
esportiva herbal
criativa amaderado
elegante oriental
Formas de andar
*Clássica
*Possessiva
*Olhar para cima
*Cliente introvertido
*Cliente felina
*Adaptável
*Entre outras
FORMA DE MUDAR A DIREÇÃO
*Grande virada
*Virada direta
*Virada rápida
*Virada reviravolta
*Anda olhando para trás
Forma de Pentear-se
Procedimento:
- Colocar a cliente de costas para o espelho
- Despenteá-la com a palma da mão no sentido contrário
ao penteado.
Para isto, despentear 5 zonas:
- Frontal
- Temporais ( 2 )
- Pariental ( Ponto pivot )
- Occipital ( nuca )
Resultados possíveis
Pedir para a cliente se repentear,
sempre de costas para o espelho e sentada.
Despenteá-la uma segunda vez em pé.
A simétrica dilatada.................................
A simétrica extrovertida...........................
A simétrica dilatada
Movimenta as mãos de
Forma a dar volume ao
Cabelo. Gosta de
Mobilidade e espaço
Não gosta de linhas
Certas e de roupas justas
E tecidos rígidos.
Gosta de movimento.
A simétrica extrovertida
Mãos paralelas em
simetria.
Gosta que o
rosto apareça.
Extrovertida, cartesiana,
(Espírito metódico e racional)
Organizada. Privilegia o
Rosto sobre os cabelos.
Geralmente usa roupas
práticas
A introvertida
Tem tendência a alinhar
Os cabelos em contato
Com o rosto e pescoço.
Não gosta que o rosto
Sobressaia. O cabelo
Parece uma espécie de
Proteção. É introvertida
E misteriosa.
A afetiva
Gosta de cortes curtos
ou de prender os cabelos
As mãos tocam a nuca.
Não dá grande
Importância aos cabelos.
É mais atenta ao corpo,
Ao seu interior.
Prefere roupas mais
sensuais.
A TURBILHÃO
As mãos penteiam e
despenteiam os cabelos,
Sem direção definida.
Não suporta a linearidade
Criativa, instintiva,
hipersensível ao
ambiente. Gosta de
mudar de jóias e de
roupas.
A assimétrica
Penteia-se sempre do
Mesmo modo em
Assimetria. Se uma
Grande mecha projeta-se
Para frente, a outra está
Para trás. Gosta de
Movimentos dinâmicos.
Suas roupas são
Geralmente clássicas.
Visão tridimensional
A forma
Da
cabeça
Rosto e seus complementos...
Perfil...........Côncavo/Convexo/Normal
Pescoço........Curto/Proporcional/Longo
Ombros..........Estreito/Proporcional/Largo
Cores & Formas
Harmonia e Caráter
Dados preferenciais, que resultam de teste e avalições.
O Guia Completo da Cor
• Livro essencial para a consiência
das Cores
Tom Fraser / AdamBanks
ANÁLISE DE CORES & COLORAÇÃO
PESSOAL
• O QUE É A ANÁLISE DE CORES?
Processo pelo qual se define a coloração pessoal de um indivíduo, mas;
Frank Zappa disse que escrever sobre música era “como dançar sobre
arquitetura.”
Assim escrever sobre as cores é como voar por sons e saberes jamais entendi
ou visto anteriormentes.” Amauri T.
• Tomamos como base para análise:
a combinação das cores e tons de seus olhos, pele e cabelo
A cor influencia tudo, modelando, acidental ou intencionalmente, nossa
percepção. A ciência da cor é perturbadoramente complicada.
• Buscamos
Harmonia entre a coloração pessoal e as cores que deverão ser usadas
– as cores positivas, palheta pessoal
A cor poe comunicar complexas interações de Associação e simbolismo ou uma
simples mensagem, mais clara que as palavras.
Cores
• POR QUE É IMPORTANTE?
Porque gera inúmeros benefícios para a cliente.
Se você vai a um estádio, certifique-se de que sua camisa não seja a única vermelha em um mar
de azul. A cor é um assunto tão sensível quanto religião ou política, e está frequentemente
vinculada a ambas.
Há verdades universais sobre nossa interpretação das cores ou tudo é relativo? Semiótica,
Psicologia e misticismo contam histórias conflitantes.
• VISUAL : Ele projetará uma melhor aparência
• EMOCIONAL: Se sentirá melhor e mais seguro
• ECONÔMICO: Comprará certo, aumento do potencial de uso
das peças.
O QUE ANALISAMOS NA CÔR - CARACTERÍSTICAS DAS
CORES
• COR (Matiz)
• A cor em si: azul x amarelo x verde...
• LUMINOSIDADE (Profundidade, Intensidade)
• Quão profunda (menos luminosa) ou clara (mais luminosa) uma cor é
• Quão luminosa – mais luminosa (mais próxima do preto),mais luminosa (mais próxima do branco)
• TEMPERATURA
• Quantidade de amarelo /laranja ou azul na composição da cor
• Cor quente x cor fria (vermelho tomate x vermelho cereja)
• SATURAÇÃO (Pureza, Brilho, Vivacidade)
• Quão saturada (pura) uma cor é
• Quantidade de cinza: mais cinza (menos saturada, mesnos pura)
• pura x mate, brilhante x fosca
Coloração
pessoal
Das muitas diferentes maneiras de ver a cor surgem modos de
usá-las para modelar o ambiente, e seguimos explorando a
aplicação da cor no lar, nos edifícios, na arte e no design.
• Por meio da história, nossas atitudes - pessoais ou profissionais
– em relação à cor são moldadas pelos gostos e normas
dominantes.
• Mas quando estes são parte de uma visão de mundo coerente
e distintiva, e quando são simples preconceitos que deveriam
ser deixados de lado?
Para não arriscar um efeito imprevisível, somos muitas vezes
tentados a evitar totalmente a cor. Para não passar mensagens
indesejadas.
Trabalhar com cor pode ser extremamente difícil – mais do que
experimentar formas.
Grafite
Presente em todas as paissagens acinzentadas das cidades
A energia das cores
Para dar vida à sua vida, nada melhor do que se valer do uso das
cores. Confira como elas podem influenciar na harmonia da sua
imagem, no seu dia-a-dia e até no humor.
Por: Redação Clube Vida Moderna
• As cores e os significados
• São três as cores conhecidas como primárias:
vermelha, azul e amarela. No geral são mais
ricas e intensas. Já as secundárias, laranja,
verde e violeta, são mais ambíguas e tênues.
• As cores vivas animam a imagem das pessoas
tristes e sóbrias. As escuras equilibram a
imagem pessoas mais iluminadas.
Vermelha
• É uma cor intensa, cheia de emoções. Sugere
motivação, entusiasmo. É a cor da paixão, da
sensualidade e dos impulsos. Cultiva a
intimidade, por isso é excelente para
demonstrar sentimentos. Por ser quente, é
ideal para harmonizar pessoas frias ou ainda
acentuar mais carater a pessoas quentes.
Azul
• A azul é inspiradora. Lembra o céu, o mar, as
coisas belas da natureza. Transmite paz,
confiança, admiração. É uma cor
tranqüilizante. Estimula pensamentos claros.
É a única cor que tem o poder de desintegrar
energias negativas. A azul deve ser usada
intensamente nas próximas estações; Não deve
ser usada, pois essa cor não facilita a interação e
comunicação entre as pessoas.
Amarelo
• Cor que se assemelha ao Sol e, portanto, tem
poder. Amarelo é a cor da esperança,
jovialidade e alegria. É compreensiva e
inspiradora. Essa cor favorece a capacidade de
decisão. Recomendada para climas frios, pois
gera calor.
Harmonia Caráter
Leve
Corretivo
Paris
Dia
Versolatto
Tipo Latino
Realismo
Forte
Acentuado
Londres
Noite
Hercovitch
Tipo Germânico
Abstrato
Formas Formas Formas
Formas
• Os elementos conceituais não são visíveis.
Assim, o ponto, a linha, o plano ou o volume, quando são visíveis
convertem-se numa forma.
Uma forma pode ser criada com o objetivo de transmitir um
significado ou uma mensagem, ou pode ser meramente decorativa.
Pode ser simples ou complexa, harmoniosa ou discordante. (
Carater )
Em sentido estrito, as formas são contornos compactos e positivos
que ocupam um espaço e diferenciam-se do fundo.
Forma é tudo o que se pode ver.
Tudo o que tem configuração, dimensão, cor e textura – ocupa
espaço, sinaliza uma posição e indica uma direção.
Uma forma criada, pode basear-se na realidade – reconhecível – ou
ser abstrata – irreconhecível.
Formas
• Forma (construção)
• Forma (filosofia da linguagem)
• Forma geométrica
• Forma física
Forma & Estrutura
A estrutura governa o modo como uma forma é construída e
distribuída na relação espacial do quadro visual.
É a organização geral, segundo princípios conceptuais, dos
elementos visuais que caracterizam a forma.
A aparência externa da forma pode ser complexa, mas a sua
estrutura pode ser relativamente simples.
Por vezes a estrutura interna de uma forma pode ser de difícil
compreensão ( quem a pessoa é ) e depois de
formalizada/formatada, a parte externa tratada visualmente ( quem
ela pretende ser ), revela-se no sentido de um maior entendimento e
fruição.
SOBRANCELHAS...
Designer = Estilista que faz
Design = Projeto
de Sobrancelhas
Formatos de
Sobrancelhas
Arqueada Retas Arredondadas Largas Suavemente
arqueadas
Podemos... escolher um molde,
mas sem duvida;
baseado nas linhas do rosto.
Formas de complementar
uma correção
Delineado com lápis
Aplicação de sombras
Preenchimento com Henna
Micro pigmentação Dérmica
Linguagem
Dicas que permitirão uma melhor comunicação
com a cliente.
Algumas vezes, a comunicação interativa com a
cliente é freada por uma série de hábitos
inconvenientes dos quais e necessário
libertar-se a qualquer custo
Referências
sobre as Linhas
• 1º Vertical : Estrutura e controle
• 2º Horizontal : Estabilidade e imobilidade
• 3º Inclinada : Dinamismo
• 4º Curva Ampla: Expressa sensualidade,
lirismo (expressão dos sentimentos através da
paixão).
• 5º Curva Fechada : Sensação de conturbação
• 6º Seqüência de Curvas : Alegria e infantilidade
Linguagem Geográfica
Redondo : Submisso, divertido, pureza infantil, calmo e
harmonizador.
Quadrado : Autoritário, poder de autoridade, repressor, firme, subjulgador,
intelectual, objetivo e direto.
Retangulo Alto: Poder financeiro, inteligente, alegre, vaidoso, consumista e bem
sucedido.
Retangulo Baixo: Segurança, fiel, mobilidade, enraizado, sólido e estável.
Triangulo Invertido : Inteligente, criativo, dinâmico, Instabilidade, sem
equilíbrio e volátil.
Triangulo Baixo : Força, irracional,naturalista, organizado e prestativo.
Losango: Instabilidade, superficial, emotivo, apaixonado e volúvel.
Como funciona cada lado do nosso
corpo?
• “O lado esquerdo controla o lado direito
do corpo.”
• O lado esquerdo é racional (tem
consciência).Usado para descobrir o que
a pessoa quer utilizar no corte por
exemplo.
• O lado direito é intuitivo não consciente. A
execução( o fazer) o corte envolve o lado
direito.
O Profissional que tem braços cruzados o
mão ou bolso não parece receptivo
Postura ereta e braços ao longo do corpo.
Colocar-se inteiramente à frente do
cliente.
Colocar-se de ¾, assim a cliente pode
visualizar ao redor
Dar leitura de distração ( Caras,
Vogue) para uma nova cliente ou uma
cliente que vem para uma transformação.
Dar um livro de formas e cores
Colocar o penteador imediatamente na
cliente
(Apaga o estilo e as cores da cliente)
Fazer uma análise imediata
Fazer Shampoo imediatamente
(Cabeça molhada = nua)
Fazer uma análise imediata
Errado Certo
Lados do rosto diferentes Assimetria Natural
Gordo / Grande Zona Dominante
Magro Fino
Ruga Linha de Expressão
Rosto Duro Traços Fortes
Mostrar Fazer sobressair
Tirar / Esconder Traços Diminuídos
Cortar Recorte
Brancos Despigmentação Natural
Errado Certo
Vocabulário Técnico
Descoloração Limpeza Demaquiante
Esconder Diminuir
Ondulação Mise en Forme
Olhar Visualizar
Tintura Coloração
Pois não Seja bem vindo
Vocabulário Técnico
Embelezar Maquilar
Estado definitivo Permanente
Cores Nuances
Chapinha Piastra
Escova Brushing
Piranha Garra / grampo
Vocabulário Técnico
Tirar Sombrancelha Modelar Sobrancelhas
Pintar Maquiar
Em volta da cabeça Visão Tridimensional
Marcar Agendar
Lavagem Serviço de Xampu
Indicar Sugerir
As Múltiplas Inteligências
• Inteligência Lógica (Matemática, ciência)
• “ Lingüística (literatura)
• “ Visual e Espacial
(Desenho,imagem)
• “ Musical (Música)
• “ Corporal (Esporte,dança,ritmo)
• “ Inter Pessoal (Auto-estima)
• “ Naturalista (Natureza, ecologia)
• “ Espiritual
Universidade Anhembi Morumbi
Visagismo e Terapias capilares
São Paulo - Brasil
Obrigado !!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Limpeza de Pele
Limpeza de PeleLimpeza de Pele
Limpeza de Pele
Julie Christie Do Brasil
 
Apresentação congresso de tricologia goiania
Apresentação congresso de tricologia goianiaApresentação congresso de tricologia goiania
Apresentação congresso de tricologia goiania
francinewelch13
 
Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha
escolaestetica23
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagem
karolstahr
 
Colorimetria treinamento comercial março2010
Colorimetria treinamento comercial março2010Colorimetria treinamento comercial março2010
Colorimetria treinamento comercial março2010
Bogarim.net
 
Equilibrio fisiologico capilar
Equilibrio fisiologico capilarEquilibrio fisiologico capilar
Equilibrio fisiologico capilar
Dwellx Tecnologia que Embeleza
 
TCC VISAGISMO
TCC VISAGISMOTCC VISAGISMO
Cosmetologia - Buona Vita Cosméticos
Cosmetologia - Buona Vita CosméticosCosmetologia - Buona Vita Cosméticos
Cosmetologia - Buona Vita Cosméticos
Buona Vita
 
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-finalmmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
Juliane Campos
 
Visagismo
VisagismoVisagismo
Visagismo
Tina Moura
 
Cosmetologia
CosmetologiaCosmetologia
Cosmetologia
Marciomimoto
 
Aula limpeza de pele
Aula limpeza de peleAula limpeza de pele
Aula limpeza de pele
Dry Rodrigues
 
Química dos cabelos 3°4
Química dos cabelos 3°4Química dos cabelos 3°4
Química dos cabelos 3°4
Química Cool
 
Maquiagem
MaquiagemMaquiagem
Maquiagem
Canal Maktub
 
E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem
Cristiane Biondi
 
Acne Fisioterapia Dermatofuncional
Acne Fisioterapia DermatofuncionalAcne Fisioterapia Dermatofuncional
Acne Fisioterapia Dermatofuncional
Universidade Norte do Paraná
 
Auto maquiagem
Auto maquiagemAuto maquiagem
Auto maquiagem
Profissão Maquiagem
 
Tricologia
TricologiaTricologia
Tricologia
Marciomimoto
 
A estrutura do cabelo apostila colorimetria
A estrutura do cabelo apostila colorimetriaA estrutura do cabelo apostila colorimetria
A estrutura do cabelo apostila colorimetria
Joaquim Wilmar
 
Maquilhagem
MaquilhagemMaquilhagem
Maquilhagem
Teresa Castilho
 

Mais procurados (20)

Limpeza de Pele
Limpeza de PeleLimpeza de Pele
Limpeza de Pele
 
Apresentação congresso de tricologia goiania
Apresentação congresso de tricologia goianiaApresentação congresso de tricologia goiania
Apresentação congresso de tricologia goiania
 
Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagem
 
Colorimetria treinamento comercial março2010
Colorimetria treinamento comercial março2010Colorimetria treinamento comercial março2010
Colorimetria treinamento comercial março2010
 
Equilibrio fisiologico capilar
Equilibrio fisiologico capilarEquilibrio fisiologico capilar
Equilibrio fisiologico capilar
 
TCC VISAGISMO
TCC VISAGISMOTCC VISAGISMO
TCC VISAGISMO
 
Cosmetologia - Buona Vita Cosméticos
Cosmetologia - Buona Vita CosméticosCosmetologia - Buona Vita Cosméticos
Cosmetologia - Buona Vita Cosméticos
 
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-finalmmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
mmm149250956 apostila-sobrancelhas-final
 
Visagismo
VisagismoVisagismo
Visagismo
 
Cosmetologia
CosmetologiaCosmetologia
Cosmetologia
 
Aula limpeza de pele
Aula limpeza de peleAula limpeza de pele
Aula limpeza de pele
 
Química dos cabelos 3°4
Química dos cabelos 3°4Química dos cabelos 3°4
Química dos cabelos 3°4
 
Maquiagem
MaquiagemMaquiagem
Maquiagem
 
E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem
 
Acne Fisioterapia Dermatofuncional
Acne Fisioterapia DermatofuncionalAcne Fisioterapia Dermatofuncional
Acne Fisioterapia Dermatofuncional
 
Auto maquiagem
Auto maquiagemAuto maquiagem
Auto maquiagem
 
Tricologia
TricologiaTricologia
Tricologia
 
A estrutura do cabelo apostila colorimetria
A estrutura do cabelo apostila colorimetriaA estrutura do cabelo apostila colorimetria
A estrutura do cabelo apostila colorimetria
 
Maquilhagem
MaquilhagemMaquilhagem
Maquilhagem
 

Semelhante a Visagismo novo-2008-robson-trindade-

Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
Visagismo Digital
 
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
Visagismo Digital
 
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvadorFernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
Jackeline Guimaraes
 
Sobrancelhas sob medida
Sobrancelhas sob medidaSobrancelhas sob medida
Sobrancelhas sob medida
Laisse Fernanda
 
Visagismo
VisagismoVisagismo
Visagismo
Laura Rocha
 
O Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EVO Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EV
Catarina'a Silva
 
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
DhyuliTavares
 
Odesenhodorosto
OdesenhodorostoOdesenhodorosto
Odesenhodorosto
Jackeline Guimaraes
 
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelhaOdesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Jackeline Guimaraes
 
Proporções do Rosto
Proporções do RostoProporções do Rosto
Proporções do Rosto
Artur Coelho
 
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
Visagismo Digital
 
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptxModelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
Lílian Galvão Joel Silva
 
Tarefa Como Oferta- Beleza
Tarefa Como Oferta- Beleza  Tarefa Como Oferta- Beleza
Tarefa Como Oferta- Beleza
Jaciara Alves
 
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdfClaudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
ClaudianiVeiga
 
Arte4ef
Arte4efArte4ef
A barba não passa de moda
A barba não passa de modaA barba não passa de moda
A barba não passa de moda
Paulo Mirpuri
 
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortesCurso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
diegosouzasalao
 
Escovas e penteados katia
Escovas e penteados katiaEscovas e penteados katia
Escovas e penteados katia
Kátia Rumbelsperger
 
Aula maquiagem
Aula maquiagemAula maquiagem
Aula maquiagem
Luciana Velasquez
 
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
Cristiano Pereira
 

Semelhante a Visagismo novo-2008-robson-trindade- (20)

Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
Visagismo consultoria-beleza-robson-trindade-2
 
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
Visagismo curso-consultoria-robson-trindade-3
 
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvadorFernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
Fernanda pagani de souza schutz e mirella salvador
 
Sobrancelhas sob medida
Sobrancelhas sob medidaSobrancelhas sob medida
Sobrancelhas sob medida
 
Visagismo
VisagismoVisagismo
Visagismo
 
O Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EVO Desenho do Rosto EV
O Desenho do Rosto EV
 
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
Apostila design de sobrancelhas (atualizada 2024)
 
Odesenhodorosto
OdesenhodorostoOdesenhodorosto
Odesenhodorosto
 
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelhaOdesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
Odesenho micropigmentaçao, estética, sobrancelha
 
Proporções do Rosto
Proporções do RostoProporções do Rosto
Proporções do Rosto
 
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
Visagismo visagista-robson-trindade-beleza-imagem-cabeleireiro-6
 
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptxModelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
Modelo de Dossiê de consultoria de imagem.pptx
 
Tarefa Como Oferta- Beleza
Tarefa Como Oferta- Beleza  Tarefa Como Oferta- Beleza
Tarefa Como Oferta- Beleza
 
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdfClaudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
Claudiani-Veiga-de-Souza-Leite-Consultoria-de-Imagem-Book.pdf
 
Arte4ef
Arte4efArte4ef
Arte4ef
 
A barba não passa de moda
A barba não passa de modaA barba não passa de moda
A barba não passa de moda
 
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortesCurso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
Curso para barbeiros iniciantes com 4 passo a passo de cortes
 
Escovas e penteados katia
Escovas e penteados katiaEscovas e penteados katia
Escovas e penteados katia
 
Aula maquiagem
Aula maquiagemAula maquiagem
Aula maquiagem
 
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
3 - Desenhando as sobrancelhas.pdf
 

Mais de Visagismo Digital

Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
Visagismo Digital
 
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
Visagismo Digital
 
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
Visagismo Digital
 
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
Visagismo Digital
 
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
Visagismo Digital
 
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
Visagismo Digital
 
Ion jet tratamento com led azul
Ion jet   tratamento com led azul Ion jet   tratamento com led azul
Ion jet tratamento com led azul
Visagismo Digital
 
A visão de um visagista a respeito do visagismo
A visão de um visagista a respeito do visagismoA visão de um visagista a respeito do visagismo
A visão de um visagista a respeito do visagismo
Visagismo Digital
 
Visagismo acadêmico por robson trindade o consultor visagista
Visagismo acadêmico por robson trindade   o consultor visagistaVisagismo acadêmico por robson trindade   o consultor visagista
Visagismo acadêmico por robson trindade o consultor visagista
Visagismo Digital
 
Visagismo Clima e cor - MBA VIsagismo
Visagismo Clima e  cor -  MBA VIsagismo Visagismo Clima e  cor -  MBA VIsagismo
Visagismo Clima e cor - MBA VIsagismo
Visagismo Digital
 
Visagismo - O futuro do novo mercado de beleza
Visagismo - O futuro do novo mercado de belezaVisagismo - O futuro do novo mercado de beleza
Visagismo - O futuro do novo mercado de beleza
Visagismo Digital
 
Visagismo oficina dos cortes
Visagismo oficina dos cortes Visagismo oficina dos cortes
Visagismo oficina dos cortes
Visagismo Digital
 
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade FappesPrimeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
Visagismo Digital
 
Faça seus cachos em casa
Faça seus cachos em casaFaça seus cachos em casa
Faça seus cachos em casa
Visagismo Digital
 
Living proof style
Living proof styleLiving proof style
Living proof style
Visagismo Digital
 
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
Visagismo Digital
 
Visagismo prática robson_trindade
Visagismo prática robson_trindadeVisagismo prática robson_trindade
Visagismo prática robson_trindade
Visagismo Digital
 
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e onduladosVisagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
Visagismo Digital
 
Com que cara que eu vou
Com que cara que eu vouCom que cara que eu vou
Com que cara que eu vou
Visagismo Digital
 
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoalPossibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
Visagismo Digital
 

Mais de Visagismo Digital (20)

Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-8
 
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
Visagismo visagista-robson-trindade-imagem-beleza-10
 
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
Visagismo visagista-imagem-robson-trindade-beleza-9
 
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
Visagismo visagista-imagem-beleza-imagem-robson-trindade-5
 
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
Visagismo robson-trindade-beleza-imagem-1
 
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
Visagismo Acadêmico - o melhor de 2007
 
Ion jet tratamento com led azul
Ion jet   tratamento com led azul Ion jet   tratamento com led azul
Ion jet tratamento com led azul
 
A visão de um visagista a respeito do visagismo
A visão de um visagista a respeito do visagismoA visão de um visagista a respeito do visagismo
A visão de um visagista a respeito do visagismo
 
Visagismo acadêmico por robson trindade o consultor visagista
Visagismo acadêmico por robson trindade   o consultor visagistaVisagismo acadêmico por robson trindade   o consultor visagista
Visagismo acadêmico por robson trindade o consultor visagista
 
Visagismo Clima e cor - MBA VIsagismo
Visagismo Clima e  cor -  MBA VIsagismo Visagismo Clima e  cor -  MBA VIsagismo
Visagismo Clima e cor - MBA VIsagismo
 
Visagismo - O futuro do novo mercado de beleza
Visagismo - O futuro do novo mercado de belezaVisagismo - O futuro do novo mercado de beleza
Visagismo - O futuro do novo mercado de beleza
 
Visagismo oficina dos cortes
Visagismo oficina dos cortes Visagismo oficina dos cortes
Visagismo oficina dos cortes
 
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade FappesPrimeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
Primeiro MBA visagismo e estética - Faculdade Fappes
 
Faça seus cachos em casa
Faça seus cachos em casaFaça seus cachos em casa
Faça seus cachos em casa
 
Living proof style
Living proof styleLiving proof style
Living proof style
 
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
Penteado de vanguarda_robson_trindade_parte_p1
 
Visagismo prática robson_trindade
Visagismo prática robson_trindadeVisagismo prática robson_trindade
Visagismo prática robson_trindade
 
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e onduladosVisagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
Visagismo harmonização estética dos cabelos cacheados crespos e ondulados
 
Com que cara que eu vou
Com que cara que eu vouCom que cara que eu vou
Com que cara que eu vou
 
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoalPossibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
Possibilidades da consultoria visagista de imagem pessoal
 

Visagismo novo-2008-robson-trindade-

  • 3. História Conhecimentos geométricos que foram fundamentais para as descobertas dos físicos e engenheiros que apareceram mais de mil anos depois. Kepler,Newton e Einstein. bem como profissionais modernos que estudam Visagismo. Proporção e harmonia. Beleza e Estética
  • 4. História Deus é o primeiro Visagista da humanidade. Pitagoras 586 ac. Teoria das proporções Platão A beleza é o que importa! Aristóteles que pode garantir a beleza é o equilíbrio nas proporções. Livro da Matemática Clifford A. Pickover Librero
  • 5. Conceito Para vislumbrar o futuro é preciso ser visionário! Você receberá informações que conceituam o VISAGISMO, método aplicado de BELEZA PLENA, que obedece filosofia e padrão internacional. Jean Claude Juillard Visagismo Look Total Um Coaching para sua Vida
  • 6. Visagismo – Os pensadores da era moderna ÒFernand Aubry ÒSuzane Caygill ÒBrigitte Gaultier ÒJean Claude Juillard Cabeleireiro Uma pessoa não deve dizer, eu sou Cabeleireiro, mas sim dizer eu estou cabeleireiro ESTILISTA O CABELEIREIRO CAPAZ DE FAZER A LEITURA DE UMA IMAGEM, E COPIAR. Visagista Técnico – Profissional com conhecimento superficial – e com capacidade de oferecer um trabalho diferenciado Visagista Profissional Graduado Com conhecimento de beleza plena, harmonia , proporções matemáticas e geométricas.
  • 7. Visagismo VISAGISMO é um tema tratado com diversas perspectivas e gera questões em várias esferas dos ambientes profissional, social e privado. A Consultoria Visagista é uma Analise Investigativa Interna e observativa Externa. O Dossie é o processamento de todas as informações, com projetos e encaminhamentos.
  • 8. As novas possibilidades O diferencial do método de VISAGISMO, é que a cliente tem participação ativa, exprimindo seus desejos e anseios, estilo e as suas proporções. Desta maneira, evita-se que o profissional imponha suas ideias.
  • 9. Permissão e Exigência O VISAGISMO permite ao profissional ter a capacidade de trabalhar com todos os tipos de cliente. Em contrapartida exige que ele modifique e aprimore sua linguagem, aprenda a vender DIAGNÓSTICO VISAGISTA e esteja aberto aos limites e as opiniões de suas clientes.
  • 10. Tipos de Consultoria Visagista “Consultoria Visagista Plena”40 projetos digital R$ 12.410,00 "Consultoria Visagista” 5 projetos digital R$ 3.320,00 "Consultoria Visagista Facial Digital” R$ 1.880,00
  • 11. Rosto é a obra de arte... 1- Cavidade Orbital; 2- Cílios; 3- Osso zigomático; 4- Região do Maxilar; 5- Osso Nasal; 6- Osso Frontal. Através do visagismo, a pessoa passa por um processo de auto conhecimento e melhor visualização.
  • 12. Visagismo 4 Existem quatro ferramentas básicas para o desenvolvimento de um correto Diagnóstico Visagista, Os formatos devem ser observados internamente e externamente. Le Guide du Relooking Visage Sandra Guérin & Franck Guérin
  • 13. Visualização Existem sete tipos de Rostos Primários
  • 14. Formato Redondo Redondo Cor Azul Família A: Não gosta de mudar de rosto. Estilo clássico ou natural. Este tipo de cliente quer olhar-se no espelho e reconhecer- se
  • 15. Redondo: ou Circular: Angelical ou Infantil Afetiva, sociável, emocional, lógica.Adepta das transformações seguras. O formato redondo não tem ângulos definidos e são mais largos nas maçãs, com o maxilar e as têmporas suavizadas. Origem Asiática e Indígena Família A Cor Azul O rosto redondo precisa ser alongado, por isso são recomendados brincos com linhas mais retas e sempre verticais, pois, para obter o equilíbrio, é preciso alongar as laterais. Indicam-se brincos grandes, longos, em formato de pingente, angulares, soltos, assimétricos e quadrados. Evite argolas muito grandes e modelos volumosos.
  • 16. Formato Quadrado Quadrado Cor Vermelha Família A: Não gosta de mudar de rosto. Estilo clássico ou natural. Este tipo de cliente quer olhar-se no espelho e reconhecer-se.
  • 17. Quadrado: Sólida, Lógica, sensível na relação preço, qualidade e tempo. Cliente Cerebral, Qualidades Masculinas Futuro: Formato ideal de rosto. Origem: Norte da Europa – Alemães, escandinavos e Ingleses Portanto, em muitos Americanos e Brasileiros do Sul Família A Cor Vermelha Este formato de rosto já possui equilíbrio natural, mas recomenda-se evitar os brincos grandes horizontalmente. Indicam-se brincos largos, longos e geométricos. Evite os redondos, pequenos e triangulares.
  • 18. Formato Retângulo alto Retângulo Alto Cor Laranja Família B: Quer mudar um pouco, mas quer reconhecer se no espelho. Estilo clássico e moderno. Representa a maioria da clientela no salão Proporção mais próxima da Áurea
  • 19. Já o rosto retangulo alto deve abusar de peças volumosas e arredondadas. A idéia é alargar um pouco o rosto, preenchendo as laterais com o acessório. Retângulo alto: ou de base alta, Equilíbrio dentro da modernidade. Cliente preocupada com a forma Origem: Norte da Europa – Alemães, escandinavos e Ingleses Portanto, em muitos Americanos e Brasileiros do Sul Família B Cor Laranja
  • 20. Formato Retângulo Baixo Retângulo Baixo Cor Magenta Família B: Quer mudar um pouco, mas quer reconhecer se no espelho. Estilo clássico e moderno. Representa a maioria da clientela no salão.
  • 21. Retângulo Baixo: ou de base baixo, Materiais, texturas, conforto, fluidez, cliente gestual Família B Cor Magenta Origem: Norte do Brasil Pará Colonização Portuguesa pura.
  • 22. Formato Triângulo Alto Triângulo Alto Cor Amarelo Família C: Clientes modernas que querem mudar o rosto Formato muito fotogênico.
  • 23. Triângulo Alto: ou e base alta, Visual, moda, extrovertida, ego forte, cliente visual. queixo é pontudo, mas nem sempre pronunciado. Focada em criação e pouco na realidade. Facilmente envolvida. As pessoas normalmente não conseguem perceber qual o seu formato de rosto Importante para a cliente, sim, mas importante para o profissional de beleza. Use as Arramagens que facilitará o exercícios com os olhos. Família C Cor Amarelo Origem: Brasileira Four Seasons
  • 24. Formato Triângulo baixo Triângulo Baixo Cor Verde Família C: Clientes modernas que querem mudar o rosto
  • 25. Triângulo Baixo: ou de base baixa, emocional, gosta de materiais e da natureza . Habitualmente são pessoas bem seguras de poucos viagens filosóficas. Com referencia a cor, demonstra a sua frieza ou segurança no proceder. Família C Cor Verde Comumente : Encontrado em pessoas da melhor idade visão externa do rosto e pessoas com características duvido especiais
  • 26. Formato Losango Losango: Cor Branca Família C: Clientes modernas que querem mudar o rosto
  • 27. Losango: Facilmente confundido como Oval, Estilo pessoal muito afirmado. Obrigação de respeitar o gosto dela. Mais próximo do oval, objeto de desejo das pessoas. Observe as características dos triângulos. Família C Cor Branca Parecido com o oval, tem a maça do rosto pronunciada, quase nenhuma definição no maxilar e queixo pequeno. A diferença esta na testa, que neste caso é estreita Origem: Brasileira - Four Seasons
  • 28. Depois de conhecer as formas do rosto é preciso observar a visão tridimensional. A visão irá influenciar a observância quanto ao resultado. Concavo Convexo Normal Visão tridimensional
  • 29. Pescoço e Ombros Depois de conhecer as formas do rosto e da cabeça é preciso observar a base de apoio destas estruturas. A visão irá colaborar para seu diagnostico, facilitando a identificação. Pescoço...........Curto / Normal / Longo Ombros............Estreito / Médio / Largo
  • 30. Régua Medidor REI Medições e marcações na horizontal, revelam... • 1ª Testa/Sobrancelhas = Razão / Inteligência • 2ª Sobrancelhas/Nariz = Emoção • 3ª Nariz/Queixo = Intuição / Vontade
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. A Arte Prática da Leitura Facial Simon G. Brown
  • 38. A Arte Prática da Leitura Facial Simon G. Brown
  • 39. A Arte Prática da Leitura Facial Simon G. Brown
  • 40. A Arte Prática da Leitura Facial Simon G. Brown
  • 41. AA AB BB A Arte Prática da Leitura Facial Simon G. Brown
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 47. As Medições na Historia A imagem mostra um dispositivo que foi usado por Hollywood make-up artistas que lhes permitiu analisar o rosto e ver exatamente onde as correções necessárias a serem feitas em seu rosto. O dispositivo de medição foi desenvolvido por Max Factor um dos pioneiros da indústria de cosméticos.
  • 48. Se a pessoa não for estudada Frida Khalo; estrutura para suportar o corpo
  • 49. Os Fundamentos da Linguagem Visual A Linguagem Visual é compreendida por dez fundamentos extremamente necessários; Relacionados na ordem de importância para o nosso estudo de Visagismo...
  • 50. 1-Saber como a luz funciona e como manipular os efeitos de luz e sombra para criar volume. 2-Saber como funciona a cor. 3-Saber como funciona a perspectiva tonal e como trabalhar esse conceito nos planos do rosto e da cabeça.
  • 51. 4-Saber como o olho é direcionado numa imagem pelas linhas e formas, e como funcionam os conceitos de estrutura e ritmo. 5-Entender a maneira como perceber as proporções do rosto. 6-Aprender de que forma empregar eixos na observação do rosto.
  • 52. 7-Absorver os fundamentos da composição e das proporções áureas. 8-Estar familiarizado com os fundamentos de textura. 9-Estar preparado para perceber os espaços. 10-Conhecer os princípios da perspectiva linear.
  • 53. Os Fundamentos - Composição ( Equilíbrio) - Estrutura ( Ritmo ) - Proporção ( Harmonia da imagem ) - Concepção de espaços ( Forma ) - Perspectiva tonal ( Planos ) - Luz e sombra ( Volume ) - Cor ( efeitos e infinitas possibilidades ) - Textura e expressão ( Movimento e Volume ) - Perspectiva linear ( Profundidade ) - Eixos verticais ou horizontais
  • 54. Gestual intuitivo Morfologia da Silhueta Divisão em três partes
  • 55. Silhueta Os Gestos da Cliente A gestual intuitiva é a linguagem não verbal, aquela do inconsciente. É a linguagem dos olhos, dos dedos ( comportamental – o gesto que traduz )
  • 56. 1- Dividida em 3 estruturas: Os cabelos não tocam os ombros e a cintura e bem delimitada. 2- Dividida em 2 estruturas: Os cabelos não tocam os ombros, mas as partes 2 e 3 estão unificadas ou os cabelos tocam os ombros mas a cintura esta bem delimitada. 3- Uma Única estrutura: As três partes são interligadas. Os cabelos tocam os ombros ou as roupas são coladas ao corpo e os cabelos não têm volume.
  • 57. Proporção Com referência a moda se mede as proporções dos ombros aos quadris...
  • 58. Proporção • Ninguém é igual a ninguém, todo mundo tem particularidades que podem ser valorizadas ou disfarçadas através do que veste. • Para escolher melhor, com consciência, é necessário bom conhecimento das proporções do corpo para usar a favor, elementos que equilibrem e harmonizem a silhueta.
  • 59. Proporção • As três medidas mais importantes (em qualquer corpo) são: ombros, cintura e quadris (medidas sempre horizontais).
  • 60. Silhueta Triangular ou Triângulo Baixo
  • 61. Silhueta Triangular ou Triângulo Baixo • Para diminuir visualmente o quadril, vale escolher caimentos soltos e suaves, nada justo ou grudado na pele, sempre em cortes retos e não enviesados; • Para aumentar ombros e seios vale chamar atenção sempre para cima e para o centro do dorso - com peças mais chamativas, com detalhes e acessórios. • Blusas com decotes horizontais, tipo ombro-a-ombro e canoa, golas volumosas ou com babados.
  • 62. Silhueta Triângulo Invertido • Quem tem essa silhueta tem também pernas finas.
  • 63. Silhueta Triângulo Invertido • Minimizar visualmente a largura dos ombros e acrescentar volume à parte inferior do corpo, chamar mais atenção para o centro do corpo (e desviar a atenção das "bordas"); • Atrair o olhar para o meio e para o rosto (pescoço e colo).
  • 64. Silhueta Triângulo Invertido • Calças com cortes largos e bocas largas, tipo pantalonas, calças jeans com lavagens claras - tudo que acrescenta volume à parte inferior da silhueta, como saias evasê, saias rodadas e minissaias com volume. • Para blusas, abotoamentos de camisa são ótimos, mangas lisas e retinhas, alças largas (em camisetas) e decotes redondos ou em V. • Os melhores modelos para casacos e jaquetas são aqueles com o comprimento de blazer (cobrindo o bumbum) porque alongam o tronco visualmente, alinhando a silhueta.
  • 66. Proporção do corpo baseado no tamanho da cabeça. Homem 1,80 cm Do alto da cabeça até a parte inicial do queixo. Com o auxilio de uma fita métrica faça a medição. Da cabeça até queixo inf. Do queixo ao tórax Encontre o local lateral Do tórax a cintura Da cintura ao quadril Do quadril a coxa em direção aos pés.
  • 67. Quando você criar um penteado ou corte para o sua cliente , é importante lembrar essas proporções. Nota-se que o penteado/corte muito grande ou muito pequeno para estrutura da cliente fará uma diferença incrível, está alteração vai refletir um equilíbrio entre o corpo e a cabeça. Proporção do corpo baseado no tamanho da cabeça. Mulher 1,70cm
  • 68. Fazemos outras medições tais como: • Horizontal – As partes da silhueta 1 / 2 / 3 • Vertical – Do cavalo aos pés / cabeça • Diagonal – Quadris aos ombros
  • 70. Estes corpos apresentam as características geralmente alongadas/ longilíneos essas pessoas têm pernas longas, braços longos e extensão/ comprimento do pescoço também. Em relação ao seu tamanho grande, a cabeça pode parecer pequeno em proporção ao seu corpo.
  • 71. As Mulheres deste tipo têm um tamanho de cerca de 1,70 ou superior Os Homens 1,80 ou mais.
  • 72. Essas pessoas precisam de volume pequeno ou ombros o cabelo mais comprido tocar para as mulheres. Os homens usavam o cabelo mais longo e maciço formas. Nos exemplos abaixo e observe a diferença criado por cabelo muito curto, médio-cuto e médio-longo.
  • 74. Que este tamanho de características do corpo delgado geral. Essas pessoas têm pernas longas, braços longos e pescoço também aumenta. Comparado a seu grande tamanho, a cabeça pode parecer pequeno em proporção ao seu corpo.
  • 75. As mulheres deste tipo têm um tamanho de cerca de 1,70 m ou mais, homens e 1,80 ou mais. Estas pessoas precisam de volume pequeno ou ombros o cabelo mais comprido tocar para as mulheres.
  • 76. Os homens usavam o cabelo mais longo e maciço formas. Nos exemplos abaixo e observe as diferenças criadas pelo cabelo muito curto, curto ou médio-médio-longo
  • 78. Altura normal, ombros quadrados, em geral, bem proporcionados. uma mulher esta neste categoria podendo ter aproximadamente 1,60m -1,70m. Um homem tem 1,70m - 1,80m.
  • 79. Esses clientes podem incluir quase todos os tipos de estilos de cabelo, cabelos longos ou curtos. Cabelo curto com volume em cima fará com que eles pareçam maiores volumes menores perto dos ombros.
  • 81. Rebento de uma mulher de 1,60 m - ou menos, um 1.70m homem ou menos. Um penteado com volume no topo é aconselhada. garantira que seu cabelo afete os ombros
  • 82. Isto irá aumentar o volume do conjunto e iria fazê-los parecer menores.
  • 83. Nesta fase de observação, identificar o espaço ocupado pelo corpo. comprimento, largura. Ver todas, imagine todos os volumes que podem fazer o cabelo na altura ou largura, proporção e equilíbrio com o resto do corpo.
  • 84. Se o cabelo for muito volumoso e cumprido e o rosto pequeno e a silhueta fina haverá uma desarmonia nas proporções. O melhor equilíbrio é silhueta fina com o cabelo em menor volume.
  • 85. Redondo A Azul Quadrado A Vermelho Retângulo Alto B Laranja Retângulo Baixo B Magenta Triângulo Alto C Amarelo Triângulo Baixo C Verde Losango C Branco
  • 86. 1. Perfeccionista 2. Prestativo 3. Bem-sucedido 4. Romântico 5. Observador 6. Questionador 7. Sonhador 8. Confrontador 9. Preservacionista Personalidades 9
  • 88. 1. Ar 2. Fogo 3. Água 4. Terra Elementos da Natureza 4
  • 89. TEMPERO SENSAÇÃO ORGÃO 4 4 4 pimenta picante sangue sal salgado figado azeite amargo rins vinagre azedo pulmão
  • 90. PONTO POSITIVO PONTO NEGATIVO CARACTERISTICAS 4 4 4 simpatia pavio curto vivazes emocional arrogante inertes apatico acomodado ágeis disciplinado indeciso etágicos
  • 91. ESTILO FAMILIA OLFATIVA 7 6 moderna sedutora citrica classica floral romantica frutal esportiva herbal criativa amaderado elegante oriental
  • 92. Formas de andar *Clássica *Possessiva *Olhar para cima *Cliente introvertido *Cliente felina *Adaptável *Entre outras
  • 93. FORMA DE MUDAR A DIREÇÃO *Grande virada *Virada direta *Virada rápida *Virada reviravolta *Anda olhando para trás
  • 94. Forma de Pentear-se Procedimento: - Colocar a cliente de costas para o espelho - Despenteá-la com a palma da mão no sentido contrário ao penteado. Para isto, despentear 5 zonas: - Frontal - Temporais ( 2 ) - Pariental ( Ponto pivot ) - Occipital ( nuca )
  • 95. Resultados possíveis Pedir para a cliente se repentear, sempre de costas para o espelho e sentada. Despenteá-la uma segunda vez em pé. A simétrica dilatada................................. A simétrica extrovertida...........................
  • 96. A simétrica dilatada Movimenta as mãos de Forma a dar volume ao Cabelo. Gosta de Mobilidade e espaço Não gosta de linhas Certas e de roupas justas E tecidos rígidos. Gosta de movimento.
  • 97. A simétrica extrovertida Mãos paralelas em simetria. Gosta que o rosto apareça. Extrovertida, cartesiana, (Espírito metódico e racional) Organizada. Privilegia o Rosto sobre os cabelos. Geralmente usa roupas práticas
  • 98. A introvertida Tem tendência a alinhar Os cabelos em contato Com o rosto e pescoço. Não gosta que o rosto Sobressaia. O cabelo Parece uma espécie de Proteção. É introvertida E misteriosa.
  • 99. A afetiva Gosta de cortes curtos ou de prender os cabelos As mãos tocam a nuca. Não dá grande Importância aos cabelos. É mais atenta ao corpo, Ao seu interior. Prefere roupas mais sensuais.
  • 100. A TURBILHÃO As mãos penteiam e despenteiam os cabelos, Sem direção definida. Não suporta a linearidade Criativa, instintiva, hipersensível ao ambiente. Gosta de mudar de jóias e de roupas.
  • 101. A assimétrica Penteia-se sempre do Mesmo modo em Assimetria. Se uma Grande mecha projeta-se Para frente, a outra está Para trás. Gosta de Movimentos dinâmicos. Suas roupas são Geralmente clássicas.
  • 102. Visão tridimensional A forma Da cabeça Rosto e seus complementos... Perfil...........Côncavo/Convexo/Normal Pescoço........Curto/Proporcional/Longo Ombros..........Estreito/Proporcional/Largo
  • 103. Cores & Formas Harmonia e Caráter Dados preferenciais, que resultam de teste e avalições.
  • 104. O Guia Completo da Cor • Livro essencial para a consiência das Cores Tom Fraser / AdamBanks
  • 105. ANÁLISE DE CORES & COLORAÇÃO PESSOAL • O QUE É A ANÁLISE DE CORES? Processo pelo qual se define a coloração pessoal de um indivíduo, mas; Frank Zappa disse que escrever sobre música era “como dançar sobre arquitetura.” Assim escrever sobre as cores é como voar por sons e saberes jamais entendi ou visto anteriormentes.” Amauri T. • Tomamos como base para análise: a combinação das cores e tons de seus olhos, pele e cabelo A cor influencia tudo, modelando, acidental ou intencionalmente, nossa percepção. A ciência da cor é perturbadoramente complicada. • Buscamos Harmonia entre a coloração pessoal e as cores que deverão ser usadas – as cores positivas, palheta pessoal A cor poe comunicar complexas interações de Associação e simbolismo ou uma simples mensagem, mais clara que as palavras.
  • 106. Cores • POR QUE É IMPORTANTE? Porque gera inúmeros benefícios para a cliente. Se você vai a um estádio, certifique-se de que sua camisa não seja a única vermelha em um mar de azul. A cor é um assunto tão sensível quanto religião ou política, e está frequentemente vinculada a ambas. Há verdades universais sobre nossa interpretação das cores ou tudo é relativo? Semiótica, Psicologia e misticismo contam histórias conflitantes. • VISUAL : Ele projetará uma melhor aparência • EMOCIONAL: Se sentirá melhor e mais seguro • ECONÔMICO: Comprará certo, aumento do potencial de uso das peças.
  • 107. O QUE ANALISAMOS NA CÔR - CARACTERÍSTICAS DAS CORES • COR (Matiz) • A cor em si: azul x amarelo x verde... • LUMINOSIDADE (Profundidade, Intensidade) • Quão profunda (menos luminosa) ou clara (mais luminosa) uma cor é • Quão luminosa – mais luminosa (mais próxima do preto),mais luminosa (mais próxima do branco) • TEMPERATURA • Quantidade de amarelo /laranja ou azul na composição da cor • Cor quente x cor fria (vermelho tomate x vermelho cereja) • SATURAÇÃO (Pureza, Brilho, Vivacidade) • Quão saturada (pura) uma cor é • Quantidade de cinza: mais cinza (menos saturada, mesnos pura) • pura x mate, brilhante x fosca Coloração pessoal
  • 108.
  • 109. Das muitas diferentes maneiras de ver a cor surgem modos de usá-las para modelar o ambiente, e seguimos explorando a aplicação da cor no lar, nos edifícios, na arte e no design. • Por meio da história, nossas atitudes - pessoais ou profissionais – em relação à cor são moldadas pelos gostos e normas dominantes. • Mas quando estes são parte de uma visão de mundo coerente e distintiva, e quando são simples preconceitos que deveriam ser deixados de lado? Para não arriscar um efeito imprevisível, somos muitas vezes tentados a evitar totalmente a cor. Para não passar mensagens indesejadas. Trabalhar com cor pode ser extremamente difícil – mais do que experimentar formas.
  • 110.
  • 111. Grafite Presente em todas as paissagens acinzentadas das cidades
  • 112. A energia das cores Para dar vida à sua vida, nada melhor do que se valer do uso das cores. Confira como elas podem influenciar na harmonia da sua imagem, no seu dia-a-dia e até no humor. Por: Redação Clube Vida Moderna • As cores e os significados • São três as cores conhecidas como primárias: vermelha, azul e amarela. No geral são mais ricas e intensas. Já as secundárias, laranja, verde e violeta, são mais ambíguas e tênues. • As cores vivas animam a imagem das pessoas tristes e sóbrias. As escuras equilibram a imagem pessoas mais iluminadas.
  • 113. Vermelha • É uma cor intensa, cheia de emoções. Sugere motivação, entusiasmo. É a cor da paixão, da sensualidade e dos impulsos. Cultiva a intimidade, por isso é excelente para demonstrar sentimentos. Por ser quente, é ideal para harmonizar pessoas frias ou ainda acentuar mais carater a pessoas quentes.
  • 114.
  • 115.
  • 116. Azul • A azul é inspiradora. Lembra o céu, o mar, as coisas belas da natureza. Transmite paz, confiança, admiração. É uma cor tranqüilizante. Estimula pensamentos claros. É a única cor que tem o poder de desintegrar energias negativas. A azul deve ser usada intensamente nas próximas estações; Não deve ser usada, pois essa cor não facilita a interação e comunicação entre as pessoas.
  • 117.
  • 118.
  • 119. Amarelo • Cor que se assemelha ao Sol e, portanto, tem poder. Amarelo é a cor da esperança, jovialidade e alegria. É compreensiva e inspiradora. Essa cor favorece a capacidade de decisão. Recomendada para climas frios, pois gera calor.
  • 120.
  • 121.
  • 124. Formas • Os elementos conceituais não são visíveis. Assim, o ponto, a linha, o plano ou o volume, quando são visíveis convertem-se numa forma. Uma forma pode ser criada com o objetivo de transmitir um significado ou uma mensagem, ou pode ser meramente decorativa. Pode ser simples ou complexa, harmoniosa ou discordante. ( Carater ) Em sentido estrito, as formas são contornos compactos e positivos que ocupam um espaço e diferenciam-se do fundo. Forma é tudo o que se pode ver. Tudo o que tem configuração, dimensão, cor e textura – ocupa espaço, sinaliza uma posição e indica uma direção. Uma forma criada, pode basear-se na realidade – reconhecível – ou ser abstrata – irreconhecível.
  • 125. Formas • Forma (construção) • Forma (filosofia da linguagem) • Forma geométrica • Forma física
  • 126. Forma & Estrutura A estrutura governa o modo como uma forma é construída e distribuída na relação espacial do quadro visual. É a organização geral, segundo princípios conceptuais, dos elementos visuais que caracterizam a forma. A aparência externa da forma pode ser complexa, mas a sua estrutura pode ser relativamente simples. Por vezes a estrutura interna de uma forma pode ser de difícil compreensão ( quem a pessoa é ) e depois de formalizada/formatada, a parte externa tratada visualmente ( quem ela pretende ser ), revela-se no sentido de um maior entendimento e fruição.
  • 127. SOBRANCELHAS... Designer = Estilista que faz Design = Projeto de Sobrancelhas
  • 128. Formatos de Sobrancelhas Arqueada Retas Arredondadas Largas Suavemente arqueadas Podemos... escolher um molde, mas sem duvida; baseado nas linhas do rosto.
  • 129. Formas de complementar uma correção Delineado com lápis Aplicação de sombras Preenchimento com Henna Micro pigmentação Dérmica
  • 130. Linguagem Dicas que permitirão uma melhor comunicação com a cliente. Algumas vezes, a comunicação interativa com a cliente é freada por uma série de hábitos inconvenientes dos quais e necessário libertar-se a qualquer custo
  • 131. Referências sobre as Linhas • 1º Vertical : Estrutura e controle • 2º Horizontal : Estabilidade e imobilidade • 3º Inclinada : Dinamismo • 4º Curva Ampla: Expressa sensualidade, lirismo (expressão dos sentimentos através da paixão). • 5º Curva Fechada : Sensação de conturbação • 6º Seqüência de Curvas : Alegria e infantilidade
  • 132. Linguagem Geográfica Redondo : Submisso, divertido, pureza infantil, calmo e harmonizador. Quadrado : Autoritário, poder de autoridade, repressor, firme, subjulgador, intelectual, objetivo e direto. Retangulo Alto: Poder financeiro, inteligente, alegre, vaidoso, consumista e bem sucedido. Retangulo Baixo: Segurança, fiel, mobilidade, enraizado, sólido e estável. Triangulo Invertido : Inteligente, criativo, dinâmico, Instabilidade, sem equilíbrio e volátil. Triangulo Baixo : Força, irracional,naturalista, organizado e prestativo. Losango: Instabilidade, superficial, emotivo, apaixonado e volúvel.
  • 133. Como funciona cada lado do nosso corpo? • “O lado esquerdo controla o lado direito do corpo.” • O lado esquerdo é racional (tem consciência).Usado para descobrir o que a pessoa quer utilizar no corte por exemplo. • O lado direito é intuitivo não consciente. A execução( o fazer) o corte envolve o lado direito.
  • 134. O Profissional que tem braços cruzados o mão ou bolso não parece receptivo Postura ereta e braços ao longo do corpo. Colocar-se inteiramente à frente do cliente. Colocar-se de ¾, assim a cliente pode visualizar ao redor Dar leitura de distração ( Caras, Vogue) para uma nova cliente ou uma cliente que vem para uma transformação. Dar um livro de formas e cores Colocar o penteador imediatamente na cliente (Apaga o estilo e as cores da cliente) Fazer uma análise imediata Fazer Shampoo imediatamente (Cabeça molhada = nua) Fazer uma análise imediata Errado Certo
  • 135. Lados do rosto diferentes Assimetria Natural Gordo / Grande Zona Dominante Magro Fino Ruga Linha de Expressão Rosto Duro Traços Fortes Mostrar Fazer sobressair Tirar / Esconder Traços Diminuídos Cortar Recorte Brancos Despigmentação Natural Errado Certo
  • 136. Vocabulário Técnico Descoloração Limpeza Demaquiante Esconder Diminuir Ondulação Mise en Forme Olhar Visualizar Tintura Coloração Pois não Seja bem vindo
  • 137. Vocabulário Técnico Embelezar Maquilar Estado definitivo Permanente Cores Nuances Chapinha Piastra Escova Brushing Piranha Garra / grampo
  • 138. Vocabulário Técnico Tirar Sombrancelha Modelar Sobrancelhas Pintar Maquiar Em volta da cabeça Visão Tridimensional Marcar Agendar Lavagem Serviço de Xampu Indicar Sugerir
  • 139. As Múltiplas Inteligências • Inteligência Lógica (Matemática, ciência) • “ Lingüística (literatura) • “ Visual e Espacial (Desenho,imagem) • “ Musical (Música) • “ Corporal (Esporte,dança,ritmo) • “ Inter Pessoal (Auto-estima) • “ Naturalista (Natureza, ecologia) • “ Espiritual
  • 140. Universidade Anhembi Morumbi Visagismo e Terapias capilares São Paulo - Brasil Obrigado !!!